domingo, dezembro 4, 2022

Saab RBS 70NG

LIVE: 3ª fase da Guerra da Ucrânia: um bombardeio massivo inicia da nova onda de ataque russa

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A guerra da Ucrânia já se desdobra com 7 meses de escalada em um contexto crescente de agravamento das hostilidades.

A decretação da mobilização parcial pela Rússia após a perda de territórios conquistados em Kharkiv e Izium em setembro diante de uma poderosa ofensiva ucraniana e com ataques de mísseis de cruzeiro a inúmeros alvos militares e civis da infraestrutura crítica da Ucrânia como resposta da Rússia ao ataque terrorista na ponte da Crimeia.

Para analisar o contexto operacional e os cenários deste conflito de proporções mundiais, teremos conversando com o Felipe os professores e especialistas Ricardo Cabral e Rodolfo Queiroz Laterza, estudiosos de conflitos armados.

Não perca esta live no canal Base Militar Vídeo Magazine.

- Advertisement -

67 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

67 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alessandro Almeida
Alessandro Almeida
1 mês atrás

Aumento de ataques russos.
Aumento de exponencial de homens e equipamentos.
Vem uma nova fase por aí?

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Você fala de novas fases a tantos meses, que já perdeu qualquer significado. Muda de nick de novo e tenta outra abordagem.

Moises
Moises
Reply to  Leandro Costa
1 mês atrás

Isso escrito no título da postagem.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Sim, e eu já estava prevendo isso 27 dias atrás.

Olavo nunca teve razão, mas eu sempre tenho.

Hugs and kisses!

IMG_20221011_120203.jpg
europeu
europeu
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

acho melhor dedicar-se à astrologia!! tem razão de certeza…
é mesmo isso, os ucranianos a seguir morrem!! andou a ler alguns blogs russos? Aqueles que falam nos recuos estratégicos!?
O ucranianos têm um exército de 700 mil homens para ocupar o terreno e a população à espera deles com flores e abraços.
Vai inventar coisas para o Pescov.

Alessandro Almeida
Alessandro Almeida
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Os ucanianos estão jogando milhares e milhares de soldados no moedor apenas para ganhar alguns quilômetros.
Zelensky e, por óbvio, a OTAN pouco se importam com as enormes perdas humanas que estão sofrendo.
Como se isso fosse desgastar a Rússia.
Aí, do nada, a Rússia lança seu maior ataque.
E vem mais.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Não é Zelensky, espertão..

É o povo ucraniano, que n está afim de viver sob jugo russo..

Se você gosta pega um avião e vai você pra lá…

Hcosta
Hcosta
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Outro que está muito preocupado com as vidas dos Ucranianos…

Mas nenhuma palavra para condenar quem os estão a matar…

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

É aquela síndrome de culpar a vítima do estupro pela agressão. Cada maluco que aparece…

Underground
Underground
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Hoje assisti a entrevista de um brasileiro que mora em Kiev: os ucranianos estão sendo unânimes no apoio à Zelensky. Sabem das enormes perdas de vidas de seus soldados. Sabem do custo da guerra. Sabem da destruição de seu país. Sabem que podem morrer, mas estão unidos e em apoio ao sei Presidente, que tem indo sempre visitar a frente de batalha.
E os russos? Onde está Putin? Onde estão os uniformes? Onde estão as roupas de frio? Onde estão as armas? Onde estão os soldados?

Neural
Neural
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Zelensky não está nem aí pra população civil, desde que o pó dele chegue, e o jatinho pra ele fugir a qualquer momento esteja disponível

Marcelo
Marcelo
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Os ataques russos com mísseis de longo alcance a civis terão as seguintes consequências: 1) envio imediato de sistemas de defesa antiaérea mais modernos para a Ucrânia; 2) aumento do apoio financeiro e militar da OTAN e dos EUA para a Ucrânia; 3) indignação mundial e corrosão definitiva de qualquer apoio à Rússia; 4) redução ainda maior do estoque de mísseis de longo alcance da Rússia sem qualquer efeito prático no campo de batalha; 5) aumento da pressão interna sobre o governo russo. Mister Putin está com o Kruschev na mão. Segue a contra ofensiva ucraniana …

Alessandro Almeida
Alessandro Almeida
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

E por falar em ataques com mísseis de longo alcance foram reportados abates de um Mig-29 e um Su-27 ucranianos por Migs-31 russos com mísseis ar-ar R-37.

Bruno
Bruno
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Fontes por favor. Para de encher o forum com suas ladainhas…

M.@.K
M.@.K
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Boa tarde Antônio… aeronaves ucranianas sendo abatidas, porém, estas já teriam sido neutralizadas já no início do conflito. Estranho, vc não concorda? Algo de errado não está certo.. hehehe.

Alessandro Almeida
Alessandro Almeida
Reply to  M.@.K
1 mês atrás

De repente estão na Polônia, Romênia e etc.
O fato é que levantou voo, caiu.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Aconteceu exatamente isso con um SU-25 russo. Acho que foi fadiga de material. Manutenção ruim, sabe como é, né? A asa se partiu e o SU-25 se espatifou na beirada da pista. Sinto pelo piloto, que morreu.
https://www.google.com/amp/s/www.businessinsider.com/video-shows-russia-jet-crashing-right-after-takeoff-ukraine-2022-9%3famp

MFB
MFB
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Só escreve mentiras xings. Se todos os relatos de abates que você deu aqui fossem verdadeiros, a Ucrânia teria pedido mais de 10x sua força aérea. Patético. Em tempo: não consegue nem usar o mesmo nome mais que uma ou duas semanas agora? Nem o nome tu consegue manter…

Bruno
Bruno
Reply to  MFB
1 mês atrás

Um verdadeiro bobão esse fã de ditador…muda toda hora de apelido e não adianta nada.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Fonte, por favor. Não acreditamos em foram reportados.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Mas vc disse que a FA ucraniana havia sido destruída nas primeiras horas de invasão em fevereiro … não é verdade ? O que estão fazendo operacionais em 10/2022 ?

Outro ponto importante, os céus ucranianos hoje estão perigosos demais para colocar um Mig-31 fazendo patrulha na região… um alvo gigantesco para sistemas ucranianos ….os russos tem Su-30 e Su-35 que são mais aptos para isto ….

Mig-31 são aviões defensivos e quase que exclusivos para proteger solo russo de aviões de ataque e mísseis de cruzeiro ….

A fonte citada por vc não é confiável …

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Coloca mais uma,

6) a destruição e mortes de civis vai elevar ainda mais a resistência ucraniana disposta em expulsar os russos….

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Onde alguns vêem força eu vejo fraqueza!

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Como nova fase ?

Não seria um passeio de poucos dias ?

PACRF
PACRF
1 mês atrás

Com esse “ataque massivo” a Rússia vai acabar zerando seus estoques de mísseis de cruzeiro. Já está difícil conseguir soldados para lutar na guerra, e sem material bélico para atacar a longa distâncias, vai ficar difícil ganhar uma guerra, que parecia tão fácil e está se revelando uma verdadeira “pedreira” para o russos.

Felipe
Felipe
Reply to  PACRF
1 mês atrás

fonte?

PACRF
PACRF
Reply to  Felipe
1 mês atrás

Reportagens de diversos meios de comunicação, considerando que nenhum dos dois lados envolvidos divulga informações oficiais sobre a guerra. Aliás, a Rússia sequer admite estar em guerra…

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Não tem estoque que se sustente se os alvos forem parquinhos infantis e blocos residenciais!

LUIZ
LUIZ
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Será 2 semanas de bombardeios em toda a Ucrânia.

Rogério
Rogério
1 mês atrás

Fase 3: Eliminação de todos os playground. Pois ali nascem o desejo de liberdade rsss

AMBAR
AMBAR
1 mês atrás

Penso que a melhor visão que se possa ter de uma guerra é visualizando um mapa dos contendores , analisando os seus interesses mediatos e imediatos, as implicações políticas e econômicas e o alcance das consequências. O interesse imediato da Rússia é manter a sua saída para o mar. A proteção dos territórios atacados incessantemente pelos falantes de lingua russa na Ucrânia pôde esperar até esse ponto limite que fez que a Rússia reagisse antes que fosse tarde demais.Agora não tem mais volta. Os negociadores do primeiro momento foram calados ou assassinados, Schultz teve que engolir seco as ordens do… Read more »

Marcelo
Marcelo
Reply to  AMBAR
1 mês atrás

Fonte: vozes que zumbem dentro da sua cabeça.

AMBAR
AMBAR
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Sugestão de fonte confiável: https://www.voltairenet.org/article218094.html

Andre
Andre
Reply to  AMBAR
1 mês atrás

Saida para o mar?????

Você chegou a olhar o mapa ou está apenas brincando de papagaio de pirata e nem se deu ao trabalho de conferir a bobagem que copiou?

A Rússia não precisa de nenhum território ucraniano, nem a Criméia, para ter saida para o mar Negro. Agora, com a entrada da Finlândia na Otan, apesar das ameaças russas, a saída para o oceano báltico está seriamente comprometida.

AMBAR
AMBAR
Reply to  Andre
1 mês atrás

Oi? Será que meu mapa geopolítico está errado? Ou os tratados que limitavam os avanços da OTAN em direção aos mares circundantes da Rússia quando da dissolução da URSS foram uma ficção? Vejamos que os desafios que Rússia enfrenta sobre saídas são econômicos, políticos e físicos de seu enorme território. Acima do território Russo não há nada e nem ninguém a não ser geleiras. Como poderia ela desenvolver seu enorme território ou fazer mercancia se não pelo sudoeste seu principal mercado. A Rússia é banhada ao Norte pelo Oceano Glacial Ártico e ao Oeste pelo Oceano Pacífico, não tendo o país acesso direto nem ao… Read more »

George
George
Reply to  AMBAR
1 mês atrás

Amigão. Só duas palavras para você. “Viajou” e “ maionese”.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  AMBAR
1 mês atrás

Achei que Rússia tivesse acesso direto ao Atlântico com a Frota do Norte… Vale pontuar que a maioria dos portos russos congela durante parte do inverno, mas ainda assim eles têm saída para o Atlântico. Peço a gentileza de me corrigir caso tenha errado. Muito obrigado.

Mauro
Mauro
Reply to  AMBAR
1 mês atrás

Queria entender você ! Diga … vc acha que a Ucrânia não deveria reagir e entregar seu território e seu povo ao invasor russo em troca de diminuir as mortes ? Você aceitaria isso aqui no Brasil ? Se um país nos invadisse você aceitaria que o Governo rasgasse a cláusula pétrea da constituição federal que versa que nosso território é inviolável é indivisível? A Ucrânia e todos os países possuem algo semelhante em suas constituições… inclusive a Rússia que versa que ofensas ao território russo serão respondidos com resposta nuclear!

AMBAR
AMBAR
Reply to  Mauro
1 mês atrás

Brasil não tem história, tem narrativas e, creia-me se um país poderoso pusesse suas botas aqui, muitos brasileiros saudariam sua bandeira, como aliás, já fez um presidente brasileiro. Já a Ucrânia foi parte da Rússia de 1667 a 1918, sem contar o período que integrou a URSS.

Mauro
Mauro
Reply to  AMBAR
1 mês atrás

Pois é… todos sabemos desses fatos da Ucrânia ter sido parte da Rússia e da ex-URSS … o povo q originou a povoação da Ucrânia é diferente do povo russo q veio do norte. Parece q os Cossacos são os seus descendentes. Estamos falando de quase 20% do povo ucraniano com raizes na Rússia e parentes em cada país ! Contudo. Tem algo q está claro. O povo ucraniano não quer essa mudança de país e de bandeira e não aceitou a ocupação. Tem um exemplo de um ano atrás … o Afeganistão fez sumir bilhões de dólares e uma… Read more »

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
1 mês atrás

Essa guerra de fato já está perdida pela russia… Eles não têm capacidade de avançar e nem de manter regiões conquistadas. Agora precisa ver como irão reagir as contra ofensivas e qual será a extensão dela. A única certeza é que essa região ficará mais instável do que nunca e por muitos anos! Tudo dependerá da forma como o sucessor do putin irá conduzir a situação!

Alessandro Almeida
Alessandro Almeida
Reply to  Jefferson Ferreira
1 mês atrás

Na boa.
Estão chamando o novo Comandante do Exército russo de General Armageddon.
Eu acho melhor os ucranianos se prepararem.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Já desativou o Patrício ?

Hcosta
Hcosta
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Quantas vezes já ouvi essa?
Sai um comandante e vem outro, normalmente um que esteve na Síria e é um carniceiro…
Parece que já foram afastados 6 generais, excluindo os que morreram…

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

E o general gordão como era o apelido dele?

Fabio_bsb
Fabio_bsb
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Lembrei dele. Acho que era só gordão . Mas depois dele veio o açougueiro de qualquer coisa, o carniceiro de não sei o que etc. agora é o Armageddon.

Rogerio
Rogerio
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

preparação, rsss. Russo nem conhece essa palavra, ja conseguiram comprar roupas de inverno da Turquia? O inverno esta chegando!!

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Na situação que chegou mesmo que o putin desse a ordem da lançar os artefatos nucleares, provavelmente não seria cumprida… Ele, já tá condenado e não acredito que nenhum general vai ter o peito de assumir essa fardo!

Marcelo
Marcelo
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Acho que em breve o novo comandante do exército russo será lembrado apenas comp general bombinha.

mac
mac
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Daqui a pouco ele também vai ser afastado, ou os ucranianos “afastam” ele…

dfa
dfa
1 mês atrás

Os alemães também fizeram isso aos Britânicos na IIGM…
A Luftwaffe trocou alvos militares por alvos civis por ordem de Hitler como vingança do ataque em solo alemão.
Foi a pior coisa que fizeram, deram fôlego a RAF para respirar e tornaram a sociedade civil mais unida que nunca no esforço de guerra.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  dfa
1 mês atrás

A diferença é que a Ucrânia não tem uma RAF. Podem até ter alguns avanços sem apoio aéreo, mas não conseguirão reverter o resultado do jogo.

O avião segue sendo o decisor de um conflito, e a Ucrânia não tem nenhum.

Last edited 1 mês atrás by Inimigo do Estado
Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Nem a Russia, ela tem de atacar de longe pois se fizer apoio aproximado é abatido.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Apoio aproximado é para suporte de fogo para a infantaria avançar, para atacar a infraestrutura de guerra ucraniana se ataca de longe mesmo.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

A diferença é que os alemães tinham FFAA que executavam avanços com armas combinadas e foram parados pelo canal. A Rússia não tem FFAA para isso e foram parados pelos Ucranianos.

Se a Rússia tem aviões, ela não consegue os utilizar direito pois não conseguem alcançar superioridade aérea e o espaço aéreo sobre a linha de frente continua contestado.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Leandro Costa
1 mês atrás

Foram parados pelos ucranianos mas por quanto tempo? Lembra da batalha das Ardenas? Pois é, mesmo com inúmeras armas antiaéreas e sem nenhum avião no ar, os alemães acabaram derrotados pelo esmagador poder aéreo aliado.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Pois é, mas não estamos vendo o esmagador poder aéreo Russo. Ao mesmo tempo também não estamos percebendo qualquer sinal de pujância da indústria militar Russa em repor as perdas que estão ocorrendo no teatro de operações, assim como a Alemanha não tinha como repor as perdas devido ao constante bombardeio e interdição aliados. Já a Ucrânia está recebendo um fluxo constante de material de guerra, está conseguindo treinar mais pessoal e tem pessoal com nível de treinamento mais alto devido ao fato de terem mobilizado desde os primeiros dias de conflito. A Rússia ainda tem muito material para queimar,… Read more »

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

A Ucrânia não tem nenhum caça desde fevereiro, segundo alguns aqui.
Mas sempre vai surgindo relatos, dos mesmos, de caças ucranianos abatidos.
Vai entender

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Felipe Morais
1 mês atrás

Sempre pode surgir um teco teco reconstruido de algum buraco uai.

Bruno
Bruno
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

A força aérea ucraniana acabou ? Foi completamente destruída?

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

É aí q erra. O decisor do conflito é o infante. Olha o exemplo q tanto gostam: Afeganistão. A Rússia enfrentará resistência enquanto estiver em solo, no qual não houver legitimidade pra estar, por parte da população. As áreas q conquistado, embora tenham maioria de origem russa, tem uma “minoria” bem grande contra, além de próprios de origem russa contra. Essa guerra tem tudo pra durar muito tempo. E ainda há uma diferença entre Ucrânia pros russos e Afeganistão pros EUA. No Afeganistão, as tropa não desistiu de lutar. Foi o governo q não queria manter mais. Na Ucrânia, a… Read more »

Jagdv#44
Jagdv#44
1 mês atrás

Vamos para 10 meses de guerra e o tonhooo da lua só faz falar de novas fases da guerra e trocar de apelido.
Que tristeza.

Wellington jr
Wellington jr
1 mês atrás

O desespero russo tá tão grande que estão criando a nova linha Sigfried com direito a “dentes de Dragão”, fossos anti tanque e longas linhas de trincheiras. Agora está confirmado que os comandantes russos estão presos em 1945. Hoje se sabe que a engenharia de combate consegue superar todos esses obstáculos facilmente fazendo uso de artilharia e aviação (aprendida lá na segunda guerra mundial), como estamos vendo a evolução da infantaria motorizada esse tipo de estrategia defensiva não tem mais efeito impeditivo ou que encurrala as forças inimigas em um determinado ponto para serem suprimidas pela defesa, existe os Drones… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Wellington jr
Alberto
Alberto
1 mês atrás

Sendo pragmático, sem torcida, as 2 regiões do sul e as 2 do leste da Ucrânia já são da Rússia, no final o custo para a Rússia não foi tão pesado, para a Ucrânia praticamente foi a médio prazo o fim do estado ucraniano e para a Europa o colapso econômico, para os EUA mais uma derrota geopolítica, amenizada pelos bilhões em gás e armamentos que estão vendendo para os europeus.

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Alberto
1 mês atrás

não foi? 60 mil soldados mortos e feridos, quase 7 mil equipamentos perdidos. Fora toneladas de munição. E sendo mais pragmatico as 4 regioes não são da Russia ainda, não foi assinado o amisticio e pelo andar da carruagem logo a Russia perde mais terreno.

Andre
Andre
Reply to  Alberto
1 mês atrás

“sendo pragmático, sem torcida”

Hahahahah

Vc estava em coma nos últimos 2 meses?

Alberto
Alberto
1 mês atrás

Enquanto isso o dragão chinês só fortalecendo sua musculatura…

Últimas Notícias

Empresa alemã produzirá munição do Gepard na Espanha

A Rheinmetall, depois de adquirir o mundialmente famoso fabricante espanhol de munições Expal Systems SA, planeja estabelecer a produção...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -