Além dos Bradleys norte-americanos, Ucrânia deve receber Marders alemães

A Alemanha e os Estados Unidos enviarão veículos blindados para a Ucrânia, disseram os líderes dos dois países em um comunicado conjunto.

O anúncio foi feito após um telefonema entre o chanceler alemão Olaf Scholz e o presidente Joe Biden na quinta-feira.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, pediu que os veículos aumentem significativamente o poder de fogo de seus militares na guerra em curso com a Rússia.

Os EUA forneceriam veículos de combate de infantaria Bradley, enquanto a Alemanha forneceria veículos de combate de infantaria Marder, disseram as duas nações.

A Alemanha também enviaria um sistema de mísseis Patriot, após a doação de Washington no mês passado, para ajudar a repelir ataques de mísseis e drones russos.

Scholz e Biden acrescentaram que receberiam “doações adicionais de sistemas de defesa aérea e veículos de combate” dos aliados.

A Alemanha não especificou quantos veículos Marder seriam fornecidos, mas Der Spiegel informou que poderia ser até 40.

Duas autoridades dos EUA disseram que o pacote de armas dos EUA para a Ucrânia incluiria cerca de 50 veículos de combate Bradley. Também estariam incluídos Humvees e um grande número de mísseis e outras munições.

Até agora, a Alemanha concordou em fornecer à Ucrânia tanques antiaéreos “Gepard”, mas não os veículos de combate de infantaria Marder que Kiev pediu repetidamente .

A hesitação do Ocidente em enviar armamentos avançados gira em torno do medo de provocar a Rússia.

A França anunciou que também enviaria “tanques leves”.

Ucrânia rejeita trégua de Natal de Putin

O presidente russo, Vladimir Putin, ordenou um cessar-fogo unilateral de 36 horas na Ucrânia para o Natal ortodoxo.

A Ucrânia e seus aliados rapidamente o rejeitaram.

O presidente Volodymyr Zelenskyy chamou o anúncio de “uma cobertura” para as tropas russas bloquearem os avanços ucranianos.

Em comentários dirigidos à Rússia, Zelenskyy disse que a guerra “acabará quando seus soldados partirem ou quando os expulsarmos”.

O anúncio de Putin veio após pedidos de cessar-fogo do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, e do líder espiritual da Rússia, patriarca Kirill.

O cessar-fogo começaria às 12h do dia 6 de janeiro e continuaria até as 24h do dia 7 de janeiro.

A Ucrânia rejeitou a medida, dizendo que a Rússia deve deixar os territórios ocupados antes que uma trégua possa ocorrer.

FONTE: DW

Subscribe
Notify of
guest

169 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Truthnews
Truthnews
24 dias atrás

Salganhada logística que os pensadores ucranianos enfrentam, mas já provaram imensas vezes serem capazes de atingir capacidade operacional rapidamente com diversos e complexos equipamentos, desta vez não será diferente , inclusive será melhor Agora que o Bradley chegou e a Rússia bufou a Ucrânia terá finalmente o seu principal IFV até ao fim da invasão. Ainda que o alucinado diga que “é para ser destruído” vai ser uma importante ajuda aos ucranianos. Ao contrário de muita coisa doada/vendida antes que por vezes até nos questionamos se justifica toda a logística e formação para meia dúzia de equipamentos envelhecidos, o stock… Read more »

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Truthnews
24 dias atrás

Creio que a pequena quantidade seja apenas um início para treinamento de operadores. Estamos falando da maior potência bélica atualmente no planeta que nem ligou suas indústrias de defesa no modo de guerra, diferente da Rússia os EUA estão leves e livres para produzir e municiar os Ucranianos, já os Russos encontram problemas para repor suas perdas pois a maioria dos equipamentos são da era sovietica.
Acredito que os próximos passos são caças e MBTs, estes só virão quando a defesa antiaérea na Ucrânia criar uma zona de proteção mínima.

cerberosph
cerberosph
Reply to  Wellington Jr
24 dias atrás

O problema é achar Ucrânianos para opera-los, isso não tem como repor fácil , não é a toa que cada dia vai aumentando o número de conselheiros, voluntários e etc.

Alfredo
Alfredo
Reply to  cerberosph
23 dias atrás

E a Rússia ligou a ‘velocidade de cruzeiro’ no quesito causar baixas no inimigo.
Até o militar americano do grupo de mercenários Mozart saiu fora de lá dizendo que não dá.
Muitas baixas, material inadequado e escasso.
Muitos mercenários estão indo embora e dizem a mesma coisa.
Achavam que seria como no Afeganistão e que a Ucrânia é um verdadeiro inferno por causado pelos russos.

Nei
Nei
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Legal né, exatamente igual a Rússia.

Arthur
Arthur
Reply to  Nei
23 dias atrás

Igual ao Wagner, fala sério. Por acaso não foi o Wally que ficou apenas dois meses e depois voltou corrido com o rabo no meio das pernas, porque na Ucrânia era muito perigoso? MARICAS!

Alfredo
Alfredo
Reply to  Nei
23 dias atrás

Acabou de ser publicado que a Ucrânia está tirando tropas de Backmuth e enviando para a fronteira da Bielorússia ante um iminente ataque russo.
Aguardemos.

George
George
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

E nem assim o Vagner toma a cidade.

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

O que a Rússia ganha com cada ucraniano morto e o que ela perde com cada Russo morto?

Pedro
Pedro
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Velocidade de cruzeiro, mas não andou um metro.

Daniel
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

alfredinho o puxa saco do putin

George
George
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Muitos mercenarios russos também estão indo embora. Deixando Bahmut e Indo para o inferno.

Lucio Costa
Lucio Costa
Reply to  Alfredo
22 dias atrás

As baixas ucranianas em frentes como Soledar e Bakhmut são catastróficas… Mas, como o regime de Kiev fantoche dos EUA/OTAN está lixando, segue o moedor de ucranianos da guerra de procuração de Washington…

Last edited 22 dias atrás by Lucio Costa
Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Lucio Costa
20 dias atrás

400 soldados Russos mortos em uma só saraivada de HIMARS.

Já são mais de 100 mil Russos mortos na Ucrânia.

Armamento Americano continua punindo e humilhando os Russos.

Last edited 20 dias atrás by Tadeu Mendes
Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Alfredo
22 dias atrás

A única velocidade de cruzeiro que a Rússia tem mostrado é velocidade de cruzeiro Moskava!

Nilo
Nilo
Reply to  cerberosph
23 dias atrás

Biden já disse, Macron confessou, a intenção é prolongar a guerra fazer Rússia sangrar, do lado da Rússia idem, a máquina de guerra é triturar ossos.

Alfredo
Alfredo
Reply to  Wellington Jr
23 dias atrás

A maior potência bélica do Planeta perdeu a guerra no Afeganistão e está com seus estoques de armamentos se esgotando.
E não manda seus homens para a Ucrânia.
Esse papo não cola mais.

A6MZero
A6MZero
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

E a “segunda maior potencia bélica” não consegue conquistar um área do tamanho de MG após ter alegado que destruiu todo sua Força Aérea e todo o exercito Ucraniano na primeira semana do conflito.

E olha que o referido inimigo é uma pequena potencia regional equipado principalmente com sobras soviéticas…

Realista
Realista
Reply to  A6MZero
23 dias atrás

Diferença é que o Afeganistão não era bancado por 30 países quando a super potencia invadiu .. já a Ucrânia tem uma aliança militar bancando .

A6MZero
A6MZero
Reply to  Realista
23 dias atrás

Bom a segunda potencia também perdeu no Afeganistão, e perdeu tão feio que ajudou a colapsar toda a URSS…

George
George
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

“Potência bélica”? “derrota no Afeganistão”? Ah, você está falando da Rússia.

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Wellington Jr
23 dias atrás

A pergunta é: estariam os EUA interessados em ligar o grosso de sua indústria de guerra somente por causa da Ucrânia? Eu acho que não.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Wellington Jr
23 dias atrás

Justamente por usarem muito material da época soviética e que a Rússia não tem falta de munição e blindados. Talvez aja gargalo na personificação dos blindados reserva, mas ter, eles tem e muito.

Mgtow
Mgtow
Reply to  Truthnews
24 dias atrás

Hahaha
Nárnia é aqui?

Carioca
Carioca
Reply to  Mgtow
23 dias atrás

Exatamente. Nárnia é aqui, afinal vocês fãs do Putin escrevem aqui ne ?:Rs

Last edited 23 dias atrás by Carioca
Arthur
Arthur
Reply to  Carioca
23 dias atrás

Não fico lambendo o r… do Zelenski.

M4l4v1t4
M4l4v1t4
Reply to  Truthnews
23 dias atrás

Esquece MBT, eles morreram. O envio de IFV é justamente porque já se sabe disso.
MBT só fazem sentido na US Army e em alguns outros poucos exércitos exércitos.
O míssil anticarro mudou tudo.

Zé Carlos
Zé Carlos
Reply to  M4l4v1t4
22 dias atrás

Bradley se desmanchando no Iraque;
A Ucrânia precisa de coisa mais forte.

https://www.youtube.com/watch?v=wJshBTB_khw

m4l4v1t4
m4l4v1t4
Reply to  Zé Carlos
21 dias atrás

Esse vídeo mostra o Bradley, que é um IFV, explodindo por conta da detonação de uma IED ou menos provavelmente uma mina AT. NENHUM IFV resiste a uma explosão de uma mina AT ou um IED da mesma proporção. Esse vídeo me parece ser uma IED, tenho 99% de certeza. Um jamming radio contra IED, como o que o Centauro 2 possui de fábrica, já evitaria esse ataque. IFV cumprem a missão; MBT não! Isso é um fato. MBT são alvos caros e mais fáceis para mísseis e canhões anticarro; IFV mantém a infantaria munida de sistemas anticarro afastada salvo… Read more »

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  m4l4v1t4
20 dias atrás

IFV e MBT cumprem missões diferentes, o IFV veio para substituir o APC não o MBT.

E mais um detalhe, IFV opera junto com MBT, um complementa o outro, eles não são excludentes e também já tem um protótipo de MBT que incorpora lições dos combates na Ucrânia que é o KF-51 Panther.

Nilo
Nilo
24 dias atrás

A Rheinmetall agradece, o veículo de combate alemão tem 50 anos livra-se e ainda ganha dinheiro com a modernização. Fabriciio Lustosa tens razão absoluta depois de 1943 os russos estarão destruindo blindados alemães novamente e exatamente naquela região. Os membros da OTAN já se tornaram partes de fato no conflito, transmitem dados de satélite e outros dados de inteligência ao comando ucraniano, participam do planejamento e condução de operações militares, fornecem equipamentos, como os HIMARS fornecidos pelos EUA mataram 89 militares na noite de domingo em que russos denunciam que são tb operados por norteamericanos. e relatam que foram 6… Read more »

Last edited 24 dias atrás by Nilo
Underground
Underground
Reply to  Nilo
24 dias atrás

89 é o número de soldados encontrados. Dizem que havia tanta munição que o prédio e quem estava dentro foi pulverizado.
A estimativa é que foram mais de 400.

Alfredo
Alfredo
Reply to  Underground
23 dias atrás

Depois dos 300 de Pavlovka, agora os 400 de Makiivika.
Parece até que os ucranianos estão vencendo a guerra
No mesmo dia, os russos destruíram um hotel em Kiev cheio de mercenários e uma outra base de mercenários onde tinha um depósito de munição em Kramatorsk.
Mas isso não vem ao caso.
O importante é o avanço em Soledar e Backmuth.
Os ucranianos não aceitaram a trégua de Natal, então os russos estão avançando.

Alfredo
Alfredo
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Segue a foto da situação em Soledar.
Ontem.

IMG_20230106_093715_421.jpg
Alfredo
Alfredo
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

E hoje.
Vão cair.

IMG_20230106_093715_051.jpg
Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Ué….faz um ano que escutamos este papos e não sai o lugar ….

George
George
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Faz meses que você repete e mesma ladainha. “Cidade x vai cair”. “Povoado y será derrotado”. E a única coisa que a gente vê é os russos dando marcha ré.

Nei
Nei
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Avançando 100 metros por dia ali e avançando para trás 2 km em outro.
Para de lamber Russos seu fanático.

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Nei
23 dias atrás

São 300 mil russos contra quase 1 milhão de ucranianos e é uma operação de desmilitarização. Dá trabalho mandar tanta gente para a cova sem um extermínio em massa de civis ucranianos, como os EUA fizeram deliberadamente no Iraque, Afeganistão e Vietnã.

Alfredo
Alfredo
Reply to  Inimigo público
23 dias atrás

O pessoal ainda não entendeu que não vale a pena a Rússia convocar um ou dois milhões de soldados e acabar a guerra em seis dias.
A estratégia russa é destruir o Exército ucraniano, mesmo que para isso cause centenas de milhares de baixas no inimigo.
Isso é chamado de desmilitarização.
E é exatamente isso que os russos estão fazendo.

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Os caras são bons mesmo, hein?
Uma nova doutrina…. Pra matar muitos, preciso gastar ao máximo o q tenho, com bastantes baixas e prejuízo…. Oooxxaaa

Daniel
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

alfredinho o puxa saco do putin

George
George
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

A única desmilitarização que está acontecendo é no exército russo. O exército ucraniano nunca esteve tão forte desde a sua criação.

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Inimigo público
23 dias atrás

EUA foi tão mauzinho, q em todos os lugares, foram pra casa com uma galera correndo atrás pranto junto….

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Para a dita segunda potencia militar há um ano neste atoleiro w não sai do lugar….e vc falando que em uma semana chegaria a Paris…

Quem não aceita trégua geralmente está em questão de vantagem e não quer desperdiça-la… mas vc aqui a milhares de km enxerga outra coisa …seja feliz….

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

E oque ela ganhou com isso? e a que custo?

Alfredo
Alfredo
Reply to  Palpiteiro
23 dias atrás

O que ela ganha?
A desmilitarização da Ucrânia.
A que custo?
Relativamente pouco, visto que só agora estão chegando a 400 mil soldados.
Sem contar a barafunda que está se tornando a Europa.

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Coloca em U$.
A Ucrânia perdendo a Rússia ganha dinheiro?
A Europa perdendo a Rússia ganha dinheiro?
Cobre as despesas e o impacto na economia?
Essa conta fecha em quantas décadas?

Alfredo
Alfredo
Reply to  Palpiteiro
23 dias atrás

Cara!
Os EUA devem devem quase 33 trilhões de dólares e continuam existindo.
Fique tranquilo.

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Eu não perguntei da Europa, dos EUA ou da Ucrânia, eu perguntei da Rússia.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

É que o EUA são, senão a maior, uma das maiores entradas de grana dentro de sua ecônomia.

A Rússia tem como entrada o que?

Gás
Petróleo
Armamentos
Karpeski
Ballet Bolshoi
Pavlova por (Marmitex)

…..o que mais?

Irish Green
Irish Green
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Alfredo, quanto estão te pagando pra vir aqui despejar esse monte de bobagem?
Você quer parecer uma multidão e fica mudando o nome a toda semana…
Já deu, velho. Para de encher o saco com esse papinho comunista e vê se abre a mente e veja outras opiniões e outras visões de mundo.
Você não precisa bancar o advogado do Putin nem do Stalin pra ter atenção. Basta ter argumentos interessantes e inteligentes.

André K
André K
Reply to  Irish Green
23 dias atrás

Eu já fiz essa pergunta quando ele ainda usava o pseudônimo Antonio Kings, mas ele não responde. Eu também queria qual é o valor que vale a pena passar tanta vergonha.
Outra hipótese mais razoável é gerar engajamento, não dá para negar que isso funciona.

Zé Carlos
Zé Carlos
Reply to  Irish Green
23 dias atrás

Mimimi.

Kira
Kira
Reply to  Irish Green
23 dias atrás

Tô começando a acreditar numa história que ouvi tempos atrás, que existia internautas pagos mundo a fora para falar bem da Rússia

Lucio Costa
Lucio Costa
Reply to  Irish Green
22 dias atrás

Outras visões de mundo ou visão de colonizado pró-EUA/OTAN?

Pelo nick nem precisa responder…

Daniel
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

alfredinho o puxa saco do putin

Monarquista
Monarquista
Reply to  Nilo
23 dias atrás

Ou seja, o Putin, que no inicío do comflito alardeou que traria consequencias terríveis a quem interferisse no conflito, fica caladinho com a Otan em campo.

Mais resumidamente, o filho da Putin está borrado de medo da Otan por o p@# na mesa e tocar eles da Ucrânia abaixo de fogo.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Monarquista
23 dias atrás

É o que sempre me lembro.
Da fala do Putin intimidando quem quer que fosse.
Logo na primeira semana, depois dos misseis de cruzeiro terem cruzados os céus da Ucrânia, o ocidente já percebeu que o Urso só arrotou, não esbravejou.

Já tinham uma mesa de militares Otan e EUA planejando como iriam começar a “torção de aço” dos tanques nas ruas das cidades ucranianas.

Alfredo
Alfredo
Reply to  Nilo
23 dias atrás

O problema da Alemanha é que seus blindados estão bem aquém do que se espera deles.
O Leopard foi um desastre com os turcos e são cada vez maiores e mais frequentes as críticas ao caríssimo Puma.
Parece que os alemães esqueceram como se faz blindados.g
Desde os Panthers e Tigers da 2a GM.
Em que pese derrotados pelos soviéticos.

A6MZero
A6MZero
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Amigo o desempenho dos Marder em combate foi extremamente elogiado tanto no Kosovo quanto no Afeganistão.

É um veiculo muito resistente e aguenta como poucos, no Afeganistão um IED com 200kg detonou um Marder, o veiculo é tão robusto que houve apenas uma baixa na tribulação o restante da tribulação foi ferida mais saiu viva.

Alfredo
Alfredo
Reply to  A6MZero
23 dias atrás

Primeiro que Kosovo e Afeganistão não são parâmetros de guerra moderna de alta intensidade.
Segundo que 200 kg de explosivos afundam até um navio.
Não acredito.

A6MZero
A6MZero
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

O que a Rússia está fazendo também não é parâmetro de guerra moderna (artilharia cega, ataques contra infra estrutura civil e avanço de infantaria sem apoio) bem similar a 2 guerra e ao Vietnã.

Quanto ao marder tem algumas reportagens de jornais alemães e discussões na internet sobre o fato e a veracidade dele…

https://www.bild.de/politik/ausland/bundeswehr-einsatz/wahrheit-ueber-kampf-in-afghanistan-18382098.bild.html

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  A6MZero
22 dias atrás

Marder é um excelente IFV.
Pena q é velho.
O substituto não está desenrolando no mesmo nível….

rfeng
rfeng
Reply to  Nilo
23 dias atrás

Nilo as reservas são essenciais para qualquer exercito a Ucrânia e prova disso a OTAN não tem mais reservas, o único pais que ainda pode sustentar o conflito e os EUA que tem 3500 Bradleys na reserva, mas e a reserva estratégica dos EUA e esta sendo utilizada e sem volta já que o novo veiculo pra substituir o Bradley nem foi aprovado ainda.

Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
Reply to  Nilo
23 dias atrás

Primeiramente obrigado por lembrar, confesso que quando comecei a ler o artigo foi a primeira coisa q veio à cabeça: novamente blindados alemães sendo destruídos na mesma região e, exatamente, 80 anos depois. Parece que vai ser para comemorar aniversário, bodas de carvalho. Eu tenho certeza que tenho a antipatia de pelo menos um moderador desse site, o que torna difícil ter os comentários liberados. Brincadeiras à parte, existem algumas semelhanças nos contextos dos conflitos de 80 anos atrás com o q ocorre agora: é uma ampla aliança à acossar a Rússia desde antes de 2014 e bem mais agora,… Read more »

Lucio Costa
Lucio Costa
Reply to  Fabricio Lustosa
22 dias atrás

Parabéns pela paciência…

Esse povo colonizado pró-EUA/OTAN vive em coma numa bolha…

A Ucrânia está sendo destroçada dia após dia; as baixas são catastróficas; e repetem diariamente aqui e em outros espaços a narrativa mentira e criminosa dos EUA/OTAN e do regime fantoche de Kiev…

Soledar e Bakhmut são apenas alguns dos moedores de ucranianos do momento e não vão ser alguns Bradleys (ou outra rapa de tacho) que irão mudar o cenário tenebroso para o que sobrar das FAs ucranianas (e mercenários absolutamente estúpidos para continuar lá) nos próximos meses.

Last edited 22 dias atrás by Lucio Costa
Mgtow
Mgtow
24 dias atrás

De nada vai adiantar.
Ucrania tornou um saco sem fundo para os equipamentos ocidental. Sao destroçados sistematicamente assim que entram em açao no conflito. A artilharia russa é avassaladora. Nao é torcida. Tô acompanhando .

PSTx27
PSTx27
Reply to  Mgtow
24 dias atrás

Deve estar lá no front vendo ao vivo
Por que Kiev ainda não foi tomada?

glasquis 7
Reply to  Mgtow
24 dias atrás

Sao destroçados sistematicamente assim que entram em açao no conflito. A artilharia russa é avassaladora.”

Tá e então, por que a guerra não acabou?

Carioca
Carioca
Reply to  glasquis 7
23 dias atrás

Não liga…ele vive no mundo de joguinho da vó ! Deve andar vestido de soldado e tudo pelas ruas desse nosso Brasil.

Nei
Nei
Reply to  glasquis 7
23 dias atrás

Verdade, pois se entram e são destruídas na hora e leva quase 30 dias para chegar novos (ajuda), os Russos deveriam ter tomado a EUROPA toda já.

suterminator
suterminator
Reply to  glasquis 7
21 dias atrás

Porque o suprimento ocidental é muito grande.

Andre
Andre
Reply to  Mgtow
24 dias atrás

“não é torcida”

Hahahahhahahaha

Tá acompanhando bem hein. A Rússia destrói, destrói e avança para trás.

Alfredo
Alfredo
Reply to  Mgtow
23 dias atrás

E eu que pensava que a Infantaria era a Rainha da Armas.
Parece que é a Artilharia.
E russa!

Saudações.

Nei
Nei
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Devaneios!

Carioca
Carioca
Reply to  Nei
23 dias atrás

Nei. Esse ser ainda entrega a paçoca sobre o cessar-fogo temporário da Russia.
Fake news do ditador bandido russo, pois segundo Tonho, não param de atacar. Logo não tem e nunca teve cessar fogo algum russo.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Carioca
23 dias atrás

A pior parte é o Tonho se transfigurar em multifaces.
Tem lógica isso?

Alfredo
Lustosa
Kings
Sei la quantos mais.

George
George
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

A Rússia está se destruindo na Ucrânia.

Nei
Nei
Reply to  Mgtow
23 dias atrás

Torcida pura! Fã dos Russo e não consegue ver outras fontes.

eliton
eliton
24 dias atrás

A Rússia não tem satélite espião? Todos esses veículos devem ir por trem, acredito que não seja coisa de outro mundo identificar quais as linhas férreas que cruzam a fronteira da Ucrânia com outros países. É só seguir todo trem que passa por lá, ver onde ele descarrega a carga e fazer chover mísseis. Na minha cabeça isso é muito mais efetivo do que gastar milhões de dólares todos os dias pra explodir gerador de energia.

Nei
Nei
Reply to  eliton
23 dias atrás

Sim, é tão fácil assim mesmo.

Mundo da fantasia aí está grande!
Obs: Pare de assistir filmes.

eliton
eliton
Reply to  Nei
23 dias atrás

Eu já vi um vídeo feito por um satélite onde ele acompanhava uma patrulha russa. Pode ser que tenham achado os soldados na sorte, mas prova que impossível não é.
tem também uma noticia de que um submarino foi encontrado por um satélite que viu o rastro dele no mar.

Last edited 23 dias atrás by eliton
eliton
eliton
Reply to  Nei
23 dias atrás

Eu já vi um vídeo feito por um satélite onde ele acompanhava uma patrulha russa. Pode ser que tenham achado os soldados na sorte, mas prova que impossível não é.
Tem também uma noticia de que um submarino foi encontrado por um satélite que viu o rastro dele no mar.

Alfredo
Alfredo
Reply to  eliton
23 dias atrás

Nem precisa disso.
Basta um informante entre os milhões de pró-russos que vivem na Ucrânia.

George
George
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Putin vai lutar até o último russo na Ucrânia.

Alfredo
Alfredo
Reply to  eliton
23 dias atrás

Existe um grande túnel nos Cárpatos chamado Beskides por onde passa toda a ajuda militar ocidental vinda da Polônia.
Não sei o motivo da Rússia não desabilita-lo.
Tal como as maiores pontes do Dniepr.
Talvez seja o coração bondoso de Putin.

Mgtow
Mgtow
24 dias atrás

Vai chorar?
Administração, olha o palavreado do sujeito.
Tinha parado de comentar pq muitos dos meus comentarios nao são aprovados. Não teço um unico xingamento em minhas analises

Alfredo
Alfredo
Reply to  Mgtow
24 dias atrás

Hoje estão sendo postadas muitas fotos de enormes quantidades de material russo e bielorusso na fronteira.
Lukashenko está na fronteira.
Analistas militares comentam que o solo está congelando é está ficando adequado para operações militares.
Vem coisa aí.

glasquis 7
Reply to  Alfredo
24 dias atrás

Desde fevereiro que “está vindo coisa aí” mas, até agora, Kiev não caiu.

Rocha comanf
Rocha comanf
Reply to  glasquis 7
23 dias atrás

Kiev nao vai cair militamente e sim na política o restante do pais sera anexado

Alfredo
Alfredo
Reply to  glasquis 7
23 dias atrás

Parece que vc gosta muito dos ucranianos.
Pois então, comece a rezar por eles.
Vão precisar.

Nei
Nei
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Novamente só suposições.

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Meu palpite é que esta fácil para o governo Bielorusso cair e esse país migrar para a Otan.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Esperando sentado a Rússia atravessar a fronteira da Bielorrússia e tentar quebrar as defesas ucranianas na direção de Kiev. Só lembrando que as tropas russas atuais são inferiores às tropas que invadiram à Ucrânia em 24 de fevereiro.

Last edited 23 dias atrás by Marcelo
Cansado
Cansado
Reply to  Marcelo
23 dias atrás

Não é ironia, é sério, fiquei na dúvida: por que são inferiores às que iniciaram a invasão?

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Cansado
22 dias atrás

As que iniciaram a invasão eram tropas profissionais, com anos de treinamento e até experiência real em alguns casos, com os melhores equipamentos disponíveis no exército russo.

As de agora são recrutas com pouco tempo de treinamento e equipamentos bem inferiores, contra um exército muito melhor equipado que em fevereiro de 2022 e com soldados melhor treinados e muito motivados.

George
George
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Putin vai lutar até o último bielorrusso para se manter no poder.

Alfredo
Alfredo
Reply to  George
22 dias atrás

O Batalhão Volat, de bielorussos pro-Ucrânia está sendo destroçado em Backmuth.
Sem novidades.
Mais um.

Lucio Costa
Lucio Costa
Reply to  Alfredo
22 dias atrás

Bielorussos neonazistas! Como quase todos mercenários que lutam contra os russos na Ucrânia…

Plinio Carvalho
Plinio Carvalho
24 dias atrás

Será que agora a Ucrânia ganha?

Andre
Andre
24 dias atrás

Trégua? Cessar fogo?

O Putin já está pedindo penico?

europeu
europeu
Reply to  Andre
23 dias atrás

E vai ter…!!

papa Noel.jpeg
Kommander
Kommander
Reply to  europeu
23 dias atrás

Bela montagem, da próxima vez contrate um editor melhor.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Kommander
23 dias atrás

Pode até ser uma montagem, mas ainda há 20 Himars na Ucrânia … semeando fogo guiado sobre as tropas russas com precisão de atirador de elite … lembrando que mais 16 serão enviados em breve para o campo de batalha na Ucrânia.

Maurício.
Maurício.
23 dias atrás

Se os americanos realmente mandarem o Bradleys para a Ucrânia mas sem os Abrams, será um erro, tem duplas que não se deve separar, essa é uma delas.😂

Rocha comanf
Rocha comanf
23 dias atrás

Cara vendo o moedor de Bakmut a russia ta moendo os ucranianos , eles nao sabem mas o que fazer vejo morrendo as dezenas , veiculos ocidentais sendo destruido , e nao bla bla de midia eu tou no grupo do telegram que posta dos dois lados e em bakhmut os ucranianos perdem terreno dia a pos dia baixa de ambos os lado porem mais do lado ucraniano e palhaco do zelensky vai levar seu pais para buraco !!!

Carlos
Carlos
Reply to  Rocha comanf
23 dias atrás

Isso aí, ele deveria entregar seu país para os invasores, historicamente isso sempre deu certinho né? Cada uma.
Como andam às coisas na fazendinha?

Carioca
Carioca
Reply to  Rocha comanf
23 dias atrás

Pronto. Mais um de grupo de telegram, whatsapp.
Agora pode entrar, roubar o que quiser, inclusive território, e a Ucrânica ficar rindo e entregar tudo.
Cada um que aparece.
E outra…só a Ucrânia perde ? Tá complicada essa torcida ai…

Last edited 23 dias atrás by Carioca
Alfredo
Alfredo
Reply to  Carioca
23 dias atrás

Manda quem pode.
Obedece quem tem juízo.

Carioca
Carioca
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Assume o roubo de território na maior caroça….devia ser banido do fórum.

Last edited 23 dias atrás by Carioca
suterminator
suterminator
Reply to  Carioca
21 dias atrás

No telegram mostra os dois lados, aqui na mídia ocidental mostra somente, uma ou outra noticia de algum tanque russo destruido rs.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Rocha comanf
23 dias atrás

Estamos esperando sentados os russos tomarem a megalópole de Bakhmut. As tropas russas estão há meses tentando, gastando mais projéteis de artilharia do que são capazes de repor e perdendo centenas de soldados todos os dias. Um mercenário do grupo Wagner reclamou que cada casa em Bakhmut é uma fortaleza. Mas os russos podem continuar tentando a sorte para, talvez, conquistar uma vitória de Pirro.

Andre
Andre
Reply to  Rocha comanf
22 dias atrás

Moedor de bakmuth??

Eu só vejo a Rússia e seu avanco Putin para trás há 5 meses.

Em novembro o Da Lua sonhou que bakmuth tinha caído….

Humilde Observador
Humilde Observador
23 dias atrás

Se tem um país que vai poder dizer que operou de quase tudo, nas, mais diferentes e adversas situações será a Ucrânia.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Humilde Observador
23 dias atrás

Verdade. Quanto tecemos críticas á uma Índia, Egito ou outros países que tem uma salada mista de fornecedores etc, pensamos que seria uma tragédia a questão da logística em um momento de necessidade como conflito ou guerra. Más tem um ponto ai que a meu ver é muito mais interessante do que o simples fato de possuir muito material por diversas fontes. Eu me refiro ao treinamento. Vejam. Índia. Egito e outros países que tem diversos aparelhos ainda que os tenham, treinam com estes aparelhos por anos, decadas e constroem diretrizes, doutrinas de modo que extraiam destes as suas melhores… Read more »

Humilde Observador
Humilde Observador
Reply to  Rogério Loureiro Dhiério
23 dias atrás

Por um lado ter muitos fornecedores dificulta a logística por outro, te dá certa liberdade em qualquer cenário dado que não se fica preso a ninguém. Ter um único fornecedor barateia e facilita as coisas por um lado, por outro te deixa refém de um fornecedor (principalmente, se você não produz seu próprio material).

Arthur
Arthur
23 dias atrás

A coisa tá ficando feia. Essas wunderwaffe já não empolgam mais. Antes era até divertido ouvir as façanhas dessas “armas maravilhosas”, mas o que vai se extrair de veículos um pouco melhores que um M113? Tem canhão de 30mm, o Bradley serviu na Guerra do Golfo, que o Marder não dá pane como no Puma. E? Vão dizer que as ‘technical’ estão sendo estracalhadas e que esses dois transportes ao menos darão certa proteção às tropas. O perfil do Bradley é absurdamente alto, até um velho caolho identificaria o veiculo de longe. Se as tropas ucranianas estão sendo moídas em… Read more »

Mercenário
Mercenário
Reply to  Arthur
23 dias atrás

As tropas russas “não” estão sendo “moídas” em Bakhmut, pode acreditar (no que quiser).

O Bradley tem um canhão de 25mm e o míssil TOW. Na Guerra do Golfo tiraram de combate diversos T72 de origem soviética.

Arthur
Arthur
Reply to  Mercenário
23 dias atrás

Seriam mais úteis no Afeganistão, onde a guerra seria assimétrica e com alguma chance de sucesso. Pena que a OTAN foi corrida de lá. Mas contra inimigo com mísseis anti-tanque, soa como piada… Me faz lembrar de um vídeo onde soldados ucranianos retiram o que restou da guarnição de um M113.

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Arthur
23 dias atrás

Pra quem não tem nada, metade é o dobro.

Peter Nine Nine
Peter Nine Nine
Reply to  Arthur
23 dias atrás

Pelo contrário, em cenários como o Afeganistão, rapidamente se foi percebendo que o uso de veículos de lagartas nem era assim tão fulcral, o que justifica por exemplo o desenvolvimento dos MRAPs que atualmente vemos. Os Bradleys tiveram muito sucesso e foram fulcrais na limpeza de forças iraquianas (uma das mais capazes forças da altura) nos anos 90 e, mais tarde nos anos 2000 (já relativamente enfraquecidas e tecnologicamente estagnadas). Bradleys são um complemento, a serem usados em conjunto com MBTs e infantaria em engajamentos cimentados no movimento rápido, com o uso possível de armas combinadas. Quanto a armamento anti-tanque… Read more »

Mercenário
Mercenário
Reply to  Arthur
22 dias atrás

Pelo contrário.

São muito úteis ao prover mobilidade e proteção à infantaria.

ATGM todos os beligerantes utilizam. Ainda assim, tanto ucranianos quanto russos utilizam os BMP, que são tão ou mais suscetíveis do que os Bradley.

Com o TOW integrado, os Bradley podem tirar de combate os MBT T72. Da mesma forma os Marder, com o Milan ATGM.

Alfredo
Alfredo
Reply to  Arthur
23 dias atrás

Exatamente.
Estão entregando veículos muito altos e com blindagem fraca.
São estraçalhados pelos russos.
Tem foto de veículos ucranianos destruídos que fica até difícil identificar qual era.
Imagine o que sobra dos ocupantes.

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

A Rússia recebeu alguma coisa de graça nessa guerra?

Quanto custa destruir um desses equipamentos que os Ucranianos recebem de graça?

Arthur
Arthur
Reply to  Palpiteiro
23 dias atrás

Como é que é? A Ucrânia está recebendo de graça? Dá onde? Por quem? Isso tudo tem preço. Agora sou eu quem pergunto: de que fonte saiu este absurdo? The Guardian?

Talisson
Talisson
Reply to  Palpiteiro
23 dias atrás

De graça? Agora pegou pesado.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Palpiteiro
23 dias atrás

Não existe almoço grátis. Por não ter meios próprios e capacidades próprias, a Ucrânia não tem a quem recorrer senão aos que querem barganhar a sua integridade territorial. Um dia a conta chega. Em resumo, a Ucrânia tem de escolher entre cair de joelhos para a Rússia nessa invasão ou, no futuro ficar de 4 para o ocidente. Eu acredito que o final disso tudo será uma Ucrânia dividida onde a parte Russa ficará obviamente ás mercês do Kremilin e comendo batata com arroz o ano todo e a outra parte 100% ucraniana vendida ao ocidente más desenvolvida no entanto,… Read more »

Peter Nine Nine
Peter Nine Nine
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Veículos altos e com blindagem fraca. Os Bradley não têm a blindagem de um MBT, mas oferecem maior proteção que os comparáveis sistemas vistos em uso pelos russos e é a altura da sua torre que lhe permite encontrar soluções de tiro que o BMP historicamente encontra dificuldades em encontrar. A teoria soviética de tanques e blindados “rasteiros” já foi posta de lado por mais que uma vez, em muito limitando a habilidade do veículo de encontrar soluções de tiro em ambiente urbano e, em campo aberto sendo muitas vezes obrigado a expor o resto da viatura, abandonando posições de… Read more »

Last edited 23 dias atrás by Peter Nine Nine
Nilton L Junior
Nilton L Junior
23 dias atrás

Agora vai V.

Mas troféu para a prateleira Russa isso se capturarem alguns abandonado como foi aquele da Turquia.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Nilton L Junior
23 dias atrás

Na guerra de informação nenhum dos lados perde todos ganham

Up date.jpg
Marcelo
Marcelo
23 dias atrás

Primeiro a França se comprometeu a entregar unidades do AMX-10 RC à Ucrânia. Depois os EUA decidira fornecer Bradleys e, a esse respeito, o principal porta-voz do Pentágono, general Pat Ryder, disse o seguinte: “O Bradley fornece uma capacidade blindada que pode transportar infantaria mecanizada para a batalha em apoio a operações ofensivas e defensivas, fornecendo um nível de poder de fogo e blindagem que trará vantagens no campo de batalha.” Logo em seguida, a Alemanha decidiu fornecer unidades do Marder à Ucrânia. Tanto os americanos quanto os alemães já concordaram em treinar soldados ucranianos sobre como operar esses veículos.… Read more »

Last edited 23 dias atrás by Marcelo
Alfredo
Alfredo
Reply to  Marcelo
23 dias atrás

Pronto!
Nova dupla de comediantes.
Zelensky e Marcelo.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Humor pressupõe inteligência.

Daniel
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

alfredinho o puxa saco do putin

George
George
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Zelensky é comediante. Putin é palhaço.

Kommander
Kommander
Reply to  Marcelo
23 dias atrás

Quando eu tô sem nada pra fazer venho aqui rir dos comentários do Sr Marcelo, baita de um comediante.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Kommander
23 dias atrás

Seu riso não vai mudar a situação das tropas russas na Ucrânia. Uma Operação Militar Especial de 316 dias sem conquistar nenhum objetivo militar importante. A Rússia está gastando mais munições do que é capaz de repor e vendo seus soldados morrendo às centenas todos dias. Mas o riso é livre … então ria, meu caro.

Marcelo
Marcelo
23 dias atrás

No começo da invasão russa a Ucrânia usava veículos de origem soviética ou pós-soviéticos de fabricação própria. Com o desenrolar do conflito militar, as tropas ucranianas começaram a utilizar veículos ocidentais, como Bushmasters australianos, Dziks poloneses e Spartans britânicos. Agora se juntarão a esses dezenas veículos de combate de infantaria Bradley americanos e Marder alemães, bem como caça-tanques franceses AMX-10. Apesar da resistência ao envio dos tanques de batalha principais M1 Abrams e Leopard II, os veículos blindados anunciados são, em muitos aspectos, mais adequados ao tipo de guerra e às táticas militares que os ucranianos têm usado contra os… Read more »

Alfredo
Alfredo
Reply to  Marcelo
23 dias atrás

Se juntarão?
Já tá tudo destruído.
Algum comentário sobre o desempenho dos Bushmasters a não ser servir de alvo para os russos e sarcófago para os ucranianos?

Carioca
Carioca
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Fontes: Devaneios de uma sexta louca.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Está tudo destruído igual aos 60 himars. Segue a Operação Militar Especial de 316 dias na Ucrânia. Esperando sentado a Europa congelar, o ocidente entrar em profunda crise econômica e a gigantesca cidade de Bakhmut ser conquistada pelos russos.

Silent Eagle
Silent Eagle
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

Assim como todos veículos russo independente de modelos tão sendo destruídos. cade o terminator fodão, ue sumiu estranho né.

Daniel
Reply to  Alfredo
23 dias atrás

alfredinho o puxa saco do putin

Alberto
Alberto
23 dias atrás

É nítido pela quantidade e qualidade de equipamento militar fornecido que a estratégia dos EUA não é fazer a Ucrânia ganhar a guerra, mas apenas prolongar. Quanto mais tempo durar, melhor para os EUA que estão lucrando bilhões em vendas de armas e gás para os países europeus, ao mesmo tempo que tentar com a prolongação do conflito desgastar a Rússia. Enquanto os ucranianos acreditarem na marionete do Ocidente Zelenski e estiverem dispostos a morrer as centenas todos os dias o plano dos EUA irá continuar funcionando.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Alberto
23 dias atrás

Que argumento robusto. Quer dizer que a Rússia está tendo dificuldades para enfrentar as velharias da OTAN e dos EUA? Mas não foi o Putin que pediu uma tregua de Natal? Acho que ele está esperando que o Papai Noel atenda o pedido de milhares de armas modernas e de soldados bem treinados. Mas Putin é um menino mau … não vai ganhar o presente.

Peter Nine Nine
Peter Nine Nine
Reply to  Marcelo
23 dias atrás

Sim, o Putin pediu a trégua para o Natal ortodoxo, dia dos reis, mas atacou a Ucrânia no dia 25, quanto muitos ucranianos estavam de facto a festejar a ocasião. Um gozo.

Ele que enfie a trégua onde o sol não brilha.

Jose
Jose
Reply to  Alberto
23 dias atrás

Exatamente um comentario sensato , concordo plenamente! O zelensky e uma marionete !

M4l4v1t4
M4l4v1t4
23 dias atrás

Bom, conforme venho dizendo a anos e com direito a muita bronca, censura e cancelamento por parte das viúvas da cavalaria mecanizada, os MBTS estão mortos. Eles só fazem diferença em exércitos muito completos e complexos como na US Army. IFV, em linhas (camadas), protegendo a infantaria armada com míssil anticarro, é uma combinação vencedora que nenhuma força blindada composta por MBT pode vencer. Os mísseis anticarros deram ao IFV, mesmo aqueles desprovidos de mísseis anticarro, uma importância muito grande no campo de batalha. Até mesmo HMMWV são capazes de realizar assaltos à fortificações com mais eficiência do que os… Read more »

Inimigo público
Inimigo público
23 dias atrás

“vem tranquilo” Ka 52, 2023.

images (79).jpeg
Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Inimigo público
23 dias atrás

É…

alligator.jpg
Peter Nine Nine
Peter Nine Nine
Reply to  Leandro Costa
23 dias atrás

tranquilo …

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Leandro Costa
22 dias atrás

“Desculpe, não sabíamos que era invisível”

R.jpg
Last edited 22 dias atrás by Inimigo público
George
George
Reply to  Inimigo público
21 dias atrás

Não entendi o que isso tem com o texto ou com a discussão.

Zé Carlos
Zé Carlos
Reply to  Inimigo público
23 dias atrás

Jacaré tá com fome!

George
George
Reply to  Zé Carlos
23 dias atrás

Jacaré banguela.

Marcelo
Marcelo
23 dias atrás

A respeito da batalha por Bakhmut, o analista militar Agil Rustamzade disse o seguinte: “Na semana passada vimos o apogeu da luta por Bakhmut. O máximo que as forças russas podiam fazer era penetrar nos arredores da cidade. Depois disso, eles foram enxugados, e não há mais mão de obra e munição suficientes que possam aumentar a tensão das capacidades ofensivas do PMC Wagner neste eixo. O que aconteceu perto de Bakhmut provavelmente entrará nos livros de história, e acho que isso não acontecerá novamente no século XXI. Isso é um massacre. Isso aconteceu apenas durante a Primeira Guerra Mundial,… Read more »

Lucio Costa
Lucio Costa
Reply to  Marcelo
21 dias atrás

Yahoo? Fonte esperada de pró-EUA/OTAN… = *…  “Análise” de generais de TV de West Point? As perdas ucranianas em Bakhmut são catastróficas; enviaram continuas reservas durante as últimas semanas e mesmo assim perdem terreno progressivamente; idem na área de Soledar. Isso não é guerra de EUA/OTAN contra algum exército esfarrapado no Oriente Médio ou Ásia central (e mesmo assim são expulsos com o rabo entre as pernas). É guerra contra um Exército que em fevereiro de 2022 tinha milhares e milhares de carros de combate, IFVs e peças de artilharia; mais do que os Exércitos da Alemanha, Grã-Bretanha e França… Read more »

George
George
Reply to  Lucio Costa
21 dias atrás

Um exército que se dizia em pé de igualdade com o exército dos Estados Unidos e não consegue tomar uma cidadezinha do desgastado exército ucraniano. Isso já diz muito.

Marcelo
Marcelo
23 dias atrás

Em relação ao desempenho do M2 Bradley Fighting Vehicle no campo de batalha, nada melhor do que depoimentos de quem os comandou durante a Batalha de 73 Easting no Iraque durante a Operação Tempestade no Deserto em 1991. O Sargento David Lawrence narra que deu a ordem para atirar em um alvo com seu tubo lançado, opticamente rastreado, guiado por fio míssil destruidor de tanques, ou simplesmente TOW, e que, menos de meio minuto depois do disparo, a torre de um T-72 iraquiano foi arrancada de seu casco na explosão que se seguiu. O TOW é mais antigo e menos… Read more »

Peter Nine Nine
Peter Nine Nine
23 dias atrás

É triste, uma trilogia que em tempos tinha um espaço de comentários onde sabia bem perder umas horas de vez em quando a discutir assuntos militares, tornou-se uma porcaria da espaço onde comentaristas mais parecem bots e a própria trilogia de vez em quando é forçada a satisfazer uma certa cambada de ignorantes publicando fake news justificadas pela necessidade de imparcialidade, como se as duas coisas andassem de mãos dadas. A respeito da matéria, o Bradley, assim como o Marder serão uma mais valia para os ucranianos, que pouco a pouco aproximam as suas forças da desejada integração com as… Read more »

Bardini
Bardini
Reply to  Peter Nine Nine
23 dias atrás

Plano Brazil 2.0

Peter Nine Nine
Peter Nine Nine
Reply to  Bardini
22 dias atrás

Não sei o que quer dizer.

Ivan
Ivan
Reply to  Peter Nine Nine
20 dias atrás

Melhor não saber.
Conhecer o sítio é perda de tempo.

Rafael
Rafael
22 dias atrás

Pesadelo logístico!! um dos problemas de não se ter uma força padronizada, já pensou receber a peça ou pior a munição errada

Marcelo
Marcelo
22 dias atrás

Parece que os russos, depois de falhar repetidamente por meses em Bakhmut, resolveram voltar seus esforços para Soledar … mas lá também há feroz resistência ucraniana, cujas tropas continuam dominando a cidade. Enquanto isso a Rússia vai empilhando tropas e material bélico na fronteira com a Bielorrússia … e os ucranianos já estão reforçando as defesas na direção de Kiev. Há muitas fotos e vídeos bem esclarecedores nessa matéria do site The War Zone.
https://www.thedrive.com/the-war-zone/ukraine-situation-report-mining-town-of-soledar-holds-against-latest-russian-onslaught

Last edited 22 dias atrás by Marcelo
Marcelo
Marcelo
22 dias atrás

E segundo a máxima de que uma foto fala mais do que mil palavras … eis a foto de um tanque de guerra ucraniano após ser atingido por uma munição de vadiagem russa Lancet … o dano foi tão “extenso” que qualquer martelinho de ouro brasileiro conserta sem muito esforço.

Screenshot_20230107-202018_Chrome.jpg
Peter Nine Nine
Peter Nine Nine
22 dias atrás

Pode ser que seja um sinal que esta cambada de fake bots seja mandata passear de uma vez por todas, deixando o espaço de comentários para quem da área militar queira discutir, como no passado foi.

Patricio Martinelli
Patricio Martinelli
21 dias atrás

https://youtu.be/nYbIAomB1cc canhao no 6×6 frances