Stoltenberg: bandeira da Finlândia será hasteada na OTAN nos próximos dias. Suécia se juntará “em breve

58

O secretário-geral da Nato, Jens Stoltenberg felicitou a ratificação turca da candidatura da Finlândia à Nato e assegurou que a bandeira do país será hasteada nas instalações da Aliança Atlântica já “nos próximos dias”.

Ainda, Stoltenberg manifestou-se esperançoso de que a Suécia se junte à Nato a curto prazo, mal se resolvam as questões da ratificação, que teimam em chegar por parte da Turquia e Hungria.

“Dei os parabéns ao Presidente Niinistö pela conclusão da histórica ratificação do acesso da Finlândia à Nato. Aguardo com ansiedade pelo momento de levantar a banderia da Finlândia na sede da Nato nos próximos dias. Junto somos mais fortes e mais seguros”, escreveu nas redes sociais o líder da Aliança.

Sobre a ratificação da adesão da Suécia, Stoltenberg já adiantou que espera que ocorra “em breve” e “o mais rapidamente possível”.

A Suécia e a Finlândia apresentaram, a 18 de maio de 2022, uma candidatura conjunta, motivadas pela invasão da Rússia à Ucrânia, e terminando a posição de neutralidade que mantinham.

Recorde-se que, ainda antes da guerra na Ucrânia, a Rússia exigiu que a Nato assegura-se que a Ucrânia e a Geórgia não se tornariam membros da Aliança, algo que foi recusado. Assim, uma das justificações dadas por Putin para justificar a invasão doi precisamente a de impedir que a Ucrânia se juntasse à Nato.

Do total de 30 países-membros da Nato, só a Turquia e Hungria mostraram resistência na conclusão do processo de ratificação da candidatura conjunta dos dois países, sendo que acabaram por dar a ‘luz verde’ à Finlândia.

Já quanto à Suécia, Ancara exige que a Suécia deixe de apoiar grupos curdos e extradite os elementos que tem em território nacional, já que são considerados terroristas pelo Governo turco. A Turquia exige que sejam aplicadas as novas medidas antiterrorismo naquele país, o que deverá acontecer no verão.

A Hungria justifica o atraso na ratificação da candidatura sueca com o facto de anteriores governos terem manifestado posições a favor da suspensão de fundos europeus pagos ao país.

FONTE: SAPO

Subscribe
Notify of
guest

58 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ildo
Ildo
10 meses atrás

Agora pode solicitar formalmente uma investigação sobre “quem” executou o atentado terrorista no Nord Stream em área da OTAN…

C G
C G
Reply to  Ildo
10 meses atrás

Mais fácil saber quem mandou matar John Kennedy, todo mundo tinha motivos!

Ildo
Ildo
Reply to  C G
10 meses atrás

Por favor… Qual o motivo russo de explodir o próprio gasoduto? Sendo inclusive que nessa época existiam canais extraoficiais alemães de negociação com os russos? Até os carangueijos do Báltico sabem mutíssimo bem que foi os EUA e países da OTAN! O relatório bombástico de Seymour Hersh sobre isso é público. Jornalista ocidental e mainstream! Ou seja, terrorismo de países da OTAN contra outro! Isso já entrou para história como uma das maiores infâmias e vexames da história da Europa. Perderam completamente a dignidade em sua submissão total aos EUA. Porque EUA e europeus bloquearam na ONU a proposta de… Read more »

Ildo
Ildo
Reply to  C G
10 meses atrás

EDITADO

Last edited 10 meses atrás by Guilherme Poggio
Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Ildo
10 meses atrás

Caro. Você tem razão em vário pontos, contudo no cenário político dos EUA, o partido Democrata está á esquerda do partido Republicano, principalmente pela sua ligação com o movimento sindical dos EUA. O partido Democrata tem acolhido diversos políticos mais á esquerda, inclusive de visão mais socialista, como Bernie Sanders, ainda que seja bastante criticado pelo apoio que a maioria democrata costuma dar às ações militares do governo. Os EUA têm um sistema pluripartidário, mas na prática atua como se fosse um sistema bipartidário, o que dificulta muito o fortalecimento de partidos mais á direita ou á esquerda. É interessante… Read more »

Ildo
Ildo
Reply to  Camargoer.
10 meses atrás

EDITADO

Ildo
Ildo
Reply to  Ildo
10 meses atrás

O meu comentário foi editado mas outros trantando desse assunto não…

EU conheço as regras objetivas da trilogia; já as subjetivas de sua aplicação…

Last edited 10 meses atrás by Ildo
Nativo
Nativo
Reply to  C G
10 meses atrás

EDITADO

Last edited 10 meses atrás by Guilherme Poggio
Nativo
Nativo
Reply to  Nativo
10 meses atrás

Uma comparação entre essas teorias dominação de dominação comunista, com as teorias da conspiração de dominação sionista foi bloqueada? Estranho.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Ildo
10 meses atrás

Como parece insinuar que não podiam ter sido os Russos por ser numa área OTAN, pergunto qual é a distância entre o local das explosões e o território Russo?

Para além de ser um atestado de incompetência por considerar que os Russos não têm essa capacidade mesmo a uma grande distância do seu território e numa área da “OTAN”…

Ildo
Ildo
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

Como esperado vosmecê irá corroborar a narrativa literal dos EUA/OTAN. E ignorar os fatos, evidências, lógica, o que é minimamente verossímil.

Então responda uma questão simples:

Porque EUA e europeus bloquearam na ONU a proposta de investigação internacional?

Hcosta
Hcosta
Reply to  Ildo
10 meses atrás

Sei tanto como o senhor mas o senhor pensa que sabe mais do que os outros…

Ildo
Ildo
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

Sabe? Então responda post meu acima em resposta minha ao CG; aliás, já perguntei a ti mesmo: Qual a lógica dos russos explodirem o próprio gasoduto enquanto, inclusive, estavam em canais secretos com industriais alemães a revelia do governo alemão, absolutamente vasssalo aos EUA em detrimento dos Interesses Nacionais da Alemanha? Porque EUA e europeus bloquearam na ONU a proposta de investigação internacional do atentado terrorismo ao Nord Stream? Acham mesmo que fora da bolha do “ocidente coletivo” satélite dos EUA alguém acredita nessa narrativa completamente furada dos EUA/OTAN? Se algum país dessa “aliança” tivesse a mínima dignidade (e não… Read more »

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
10 meses atrás

Quando a guerra começou, pouco mais de um ano atrás, um de meus primeiros comentários foi de que isso abriria a porta para a Finlândia e Suécia entrarem na OTAN. Os putinetes responderam que isso jamais aconteceria, que a população e políticos desses países não queriam e que eles não tomariam esse passo por medo da reação russa… Erraram; como erraram e continuam errando sobre o sucesso da invasão, a queda de Kyiv, o congelamento da Europa e inúmeras outras previsões afirmando que agora sim, finalmente a Rússia dará seu coup de grâce, derrotando a Ucrânia e seus aliados da… Read more »

Last edited 10 meses atrás by Bruno Vinícius
Oliveira Barros
Oliveira Barros
Reply to  Bruno Vinícius
10 meses atrás

Grave erro estratégico da OTAN.
Além de apenas ‘formalizar’ a participação de Suécia e Finlândia, visto já serem aliadas da Organização, está causando a destruição de um possível aliado que era muito maior, mais poderoso e estrategicamente melhor situado geograficamente, que era a Ucrânia.
E ainda obrigaram a Rússia a colocar armas atômicas em Belarus, a pouquíssimos quilômetros de Varsóvia e Berlim.
Alemães e poloneses estão felizes da vida com isso.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Oliveira Barros
10 meses atrás

Ah claro, porque os Iskanders em Kaliningrado não tinham alcance suficiente para atacar Varsóvia e Berlim… Por favor, não trate todos como se fossem idiotas.

Oliveira Barros
Oliveira Barros
Reply to  Bruno Vinícius
10 meses atrás

Idem e ibidem com relação a mísseis ocidentais na Polônia, Alemanha e Romênia.
Para que a Ucrânia?.
Como diz o ditado: Quem tem olho grande……

Ildo
Ildo
Reply to  Oliveira Barros
10 meses atrás

Como citado, os EUA tem armas nucleares em vários países da OTAN; há décadas…

Impressionante como no ocidente se reproduz narrativa dos EUA/OTAN acriticamente…

Vide Crise dos Mísseis em Cuba; a URSS só instalou armas nucleares lá depois de os EUA intalarem perto de sua fronteira na Turquia… E o acordo foi de ambos retirarem… Mas esses detalhes não são observados no ocidente, obviamente… É o “mundo livre” contra a “cortina de ferro”…

E agora a Rússia parea a dissuasão e é a “agressora”, “hostil” aos probres países “defensivos” da OTAN…

Last edited 10 meses atrás by Ildo
Ildo
Ildo
Reply to  Bruno Vinícius
10 meses atrás

Quem começou esse movimento foi os EUA/OTAN; a Rússia só reagiu e começou a parear a dissuasão.

Ninguém lembra da estória furada de instalação de sistemas antimísseis na Europa Oriental por causa do Irã?

Foi a OTAN que se expandiu para o leste!

É incrível o malabarismo para legitimar a hostilidade dos EUA/OTAN…

Last edited 10 meses atrás by Ildo
Hcosta
Hcosta
Reply to  Ildo
10 meses atrás

O senhor parece um aprendiz do multi nicks mas anda um bocado atrasado. Os argumentos que usa já foram usados pelo seu mestre e a realidade já provou que estavam errados.

Pelo menos aprenda com ele e evolua ou procure novo material…

Ildo
Ildo
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

Vosmecê que só está repetindo a tática Ad hominem de acusar outros antagonistas de ser um “nick do Kings” na falta de argumentos minimamente lógicos, com história e geopolítica minimamente verossímeis.

Ainda no aguardo de algum argumento plausível sobre o Nord Stream…

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  Ildo
10 meses atrás

Na verdade foram os países do leste europeu que correram a pedir o ingresso na OTAN para se proteger do “risco Rússia”.
E a invasão da Ucrânia mostrou que eles estavam certos.

Elias Jabour
Elias Jabour
Reply to  EduardoSP
10 meses atrás

E a ‘invasão’ da Ucrânia também mostra que não é apropriado desafiar a Rússia.
Que fique de lição, neste primeiro momento, para Letônia, Estônia, Lituânia, Polônia e Moldávia.

Ildo
Ildo
Reply to  EduardoSP
10 meses atrás

É, na “história” e “geopolítica” da CNN, The Guardiam, G1, Netflix, Disney, etc…

suTERMINATOR
suTERMINATOR
Reply to  EduardoSP
10 meses atrás

Países do Leste; Me ingressem na Otan porque quero levar um Nuke na cabeça já no inicio da invasão.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Oliveira Barros
10 meses atrás

Que diferença isso faz? A guerra continua, a OTAN cada vez mais forte e a Rússia mais fraca…

As armas nucleares na Bielorrússia não têm nenhuma relação com a OTAN mas sim com manter os dois regimes no poder.
Talvez, com uma derrota cada vez mais provável, a Rússia possa usar isso como moeda de troca. Aparentemente ninguém está preocupado com isso.

Mas continue que o seu aprendiz parece engolir tudo o que diz…

Ildo
Ildo
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

“OTAN cada vez mais forte e a Rússia mais fraca”…

Gostaria de fazer um encomenda de hardware de estoques da OTAN e, sobretudo, munição…

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  Oliveira Barros
10 meses atrás

Considerando que a Rússia tem armas atômicas com alcance intercontinental, colocá-las mais ou menos perto da Europa não faz diferença alguma. Tanto faz ficar nos Urais ou na Bielorrússia.

Elias Jabour
Elias Jabour
Reply to  EduardoSP
10 meses atrás

Quanto mais perto, menor o tempo de reação.
Além da possibilidade de se usar armas menores, até táticas.

Ildo
Ildo
Reply to  Elias Jabour
10 meses atrás

É incrível não?

Não sabe a diferença entre TBM, SRBM, IRBM e ICBM…

C G
C G
Reply to  Oliveira Barros
10 meses atrás

Para todos vermos como o sistema de “likes” e “dislikes” está corrompido, as 18:34 desta sexta feita esse comentário absurdo empatado em 17 X 17!

Elias Jabour
Elias Jabour
Reply to  C G
10 meses atrás

Talvez porque 17 achem absurdo e outros 17, não.

Ildo
Ildo
Reply to  C G
10 meses atrás

Quem sabe será porque cada vez menos gente acredita na narrativa mitômana dos EUA/OTAN…

Elias Jabour
Elias Jabour
Reply to  Bruno Vinícius
10 meses atrás

EDITADO

Last edited 10 meses atrás by Guilherme Poggio
Plinio Jr
Plinio Jr
10 meses atrás

Parabéns para o grande estrategista de Moscou, com a invasão a Ucrânia sob justificativa que a mesma iria entrar na OTAN (e uma hora vai) conseguiram a proeza de centenas de quilometros de fronteira Sueco-Finlandesa sob tutela da Aliança ….ou seja , se o pretexto era evitar uma enorme fronteira com a OTAN, a invasão da Ucrania não serviu para este objetivo …e antes que o fã clube do minion de Moscou se manifeste, Suécia e Finlândia não são a Ucrânia….não estando na OTAN e pior ainda quando estiverem na aliança

Oliveira Barros
Oliveira Barros
Reply to  Plinio Jr
10 meses atrás

Os EUA queriam a grande fronteira ucraniana.
Perderam.
Agora, os europeus estão vindo com um papo de estabelecer forças de paz da OTAN na Ucrânia.
Putin já falou: Nem pensem nisso. Podem esquecer.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Oliveira Barros
10 meses atrás

A Otan terá duas enormes fronteiras com a Rússia, com suecos e finlandeses e com a Ucrânia …para o desespero do minion da Moscou ….

Os russos morrem de medo da OTAN entrar no conflito diretamente.

Elias Jabour
Elias Jabour
Reply to  Plinio Jr
10 meses atrás

Primeiro que a Suécia não faz fronteira com a Rússia.
Segundo que fronteira da Finlândia com a Rússia fica 6 meses com 1 metro de neve e outros seis meses com dezenas de milhares de pântanos e lagos.
Não serve para operações militares.
Tanto é que a Rússia nem se opôs à entrada delas na OTAN, ao contrário da Ucrânia que está terminantemente proibida de fazê-lo.
Além disso, a parte estratégica da fronteira finlandesa, a União Soviética tratou de colocá-la sob sua guarda após a vitória russa sobre a Finlândia na 2ª G.M.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Elias Jabour
10 meses atrás

Se os russos não estão se importando com isto porque os estava ameaçando caso entrassem na organização ??

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Elias Jabour
10 meses atrás

Estamos vendo isto na Ucrânia

Ildo
Ildo
Reply to  Plinio Jr
10 meses atrás

É, realmente estão de parabéns em se transforem em alvos…

Que geração na Escandinávia… Zero em História e Geopolítica do século XX…

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Ildo
10 meses atrás

a invasão da Ucrânia deixou claro que enquanto o minion estiver no poder em Moscou ele será uma ameaça para a Europa, estando ou não na OTAN… estando na aliança eles até podem virar alvos, mas é bom lembrar que os russos tbm serão alvos..

Ildo
Ildo
Reply to  Plinio Jr
10 meses atrás

A única ameaça a Europa se chama OTAN. Que nunca passou de uma “organização” de europeus atuando como proxys da Política de Estado dos EUA a revelia de seus próprios Interesses Nacionais, Soberania e segurança.

Nada mais gráfico do que o atentado terrorista ao Nord Stream…

No aguardo de algum argumento plasuível que não seja a narrativa completamente furada e vergonhosa dos EUA/OTAN…

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Ildo
10 meses atrás

A OTAN não invadiu países como a Geórgia, tomar a Criméia e invadir de forma covarde a Ucrania ….

Ildo
Ildo
Reply to  Plinio Jr
10 meses atrás

O mesmo revisionismo barato de sempre… Mas só engana absolutos ignorantes em história e geopolítica.

Foi a Geórgia que atacou;

A Crimeia voltou a Federação Russa após referendo em que a esmagadora maioria da populaão votou a favor;

A Guerra na Ucrânia começou em 2014; mais de 8000 civis rusófios mortos até fevereiro de 2022; e vão continuar repetindo essa narrativa rasa…

Oliveira Barros
Oliveira Barros
10 meses atrás

Isso não muda nada, visto que em uma guerra, Finlândia e Suécia vão se unir contra Rússia e China de qualquer forma.
Mais do mesmo.
Agora, o importante é que a Rússia e a China resolveram partir para cima de uma vez e estão avançando pelo Mundo afora em questões políticas, econômicas e militares.
Erro crasso de avaliação dos EUA e OTAN.

MFB
MFB
Reply to  Oliveira Barros
10 meses atrás

Parabéns Vladimir Vladimirovitch Putin , funcionário do ano da OTAN. Fique calmo Qings, basta não invadir mais nenhum país que o sofrimento termina.

gordo
gordo
10 meses atrás

Natural, informalmente Suécia e Finlândia sempre foram alinhados e colaboradores da OTAN. A diferença é que agora podem abrigar armas nucleares táticas da OTAN em seus territórios e tropas. A questão que passa despercebida é a real função da OTAN, o braço armado da UE, EUA e OCDE. É a OTAN que faz o serviço quando essas organizações não conseguem convencer politicamente que a proposta deles é a melhor (pra eles). Veremos isso na Amazônia, os interesses dessa turma aí. Vão se impor economicamente e ir ajeitando aquela guarda compartilhada do patrimônio natural da humanidade e se precisar a OTAN… Read more »

Oliveira Barros
Oliveira Barros
Reply to  gordo
10 meses atrás

E, acredite, von der Leyen resolveu ameaçar a China dizendo que vai ‘investigar’ a participação chinesa junto a sua aliada, a Rússia.
Como se as coisas não estivessem péssimas para a Europa, resolveram afrontar o maior consumidor de seus produtos.
Os ratos resolveram rugir.
Só que ela esqueceu de ler as declarações do MD chinês dizendo que o Exército da China está pronto para defender, junto com a Rússia, a nova justiça internacional.
Como dito aqui, o caldo entornou de vez para o Ocidente.

Ildo
Ildo
Reply to  Oliveira Barros
10 meses atrás

A  von der Leyen entrará para a história deste momento como uma das figuras mais patéticas dentre os absolutos fantoches de Washington na OTAN/UE…

A Europa perdeu completamente a dignidade; o vexame é histórico e mundial; se comportam como colônia de quinto mundo dos EUA. E inda se orgulham…

Chega a ser dispótico…

Agressor's
Agressor's
Reply to  gordo
10 meses atrás

As potências e suas coisas, quanta gente morre por ambição, por poder, por riquezas… As vezes tenho dó da humanidade. Usa tanta inteligência para fazer tanta desgraça….

Last edited 10 meses atrás by Agressor's
Hcosta
Hcosta
Reply to  gordo
10 meses atrás

Gostaria de um exemplo do que falou. E qual foi a guerra que a OTAN começou e sem falar qual foi o território anexado?

Agora a Amazônia serve de argumento para qualquer coisa. A Suécia e a Finlândia entram para a OTAN e o passo seguinte é a conquista da Amazônia…

Ildo
Ildo
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

Iuguslávia, Líbia, Iraque, Afeganistão…

Exemplos gráficos da “liberdade e democracia” levada pela OTAN…

Pedro Fullback
Pedro Fullback
10 meses atrás

EUA e Europa perdendo terreno no Oriente Médio, no Continente Africano, na América Latina, na Ásia, mas os caras estão dizendo que a OTAN deu um passo estratégico. Estão perdendo de 7×1 mas estão comemorando um gol.

Zorann
Zorann
10 meses atrás

É uma nova guerra fria.

Isto é natural

Antonio Cançado
10 meses atrás

PARABÉNS, Vladimir!
Grande estrategista e estadista…rsrsrsrsrs

Elias Jabour
Elias Jabour
Reply to  Antonio Cançado
10 meses atrás

Vai custar mais três mísseis nucleares à Rússia.

Camargoer.
Camargoer.
10 meses atrás

Olá a todos. Tenho pensando sobre o ingresso da Finlândia e Suécia na OTAN. Creio que muda pouca coisa no contexto geopolítico. Ainda há muita confusão entre o cenário de um conflito com a ex-URSS e o atual em torno da Rússia. A Rússia nunca foi e nem é uma ameaça aos dois países. O contexto da invasão da Ucrânia nada tem a ver com a Finlândia ou Suécia. Evidentemente, é uma vitória diplomática dos EUA e fico pensando quais foram os argumentos usados pelos EUA para convencer os dois países a ingressar na OTAN. Aliás, fico pensando em quais… Read more »