Mês de junho chega ao fim, guerra na Ucrânia não – veja a situação atual no mapa

52

O Ministério da Defesa da França publicou o mapa da situação das frentes de combate da guerra na Ucrânia neste último dia de junho. Confira as principais informações:

A situação geral é que a contra-ofensiva ucraniana, lançada nos primeiros dias de junho, continua em grande parte das frentes de combate, porém sem alcançar avanços notáveis.

Ainda assim, segundo o MD da França, as forças ucranianas parecem estar se fortalecendo em alguns lugares da frente, e a revolta dos mercenários do Grupo Wagner, que lutaram por muitos meses do lado Russo, não afetou a situação nas frentes.

Seguem os principais acontecimentos em cada frente, ocorridos no período entre 26 e 30 de junho de 2023:

1 – Frente Nordeste:

Segundo o MD Françês, não houve nenhuma mudança significativa nesta área. As Forças Armadas da Federação Russa parecem fazer uma pausa operacional. Prosseguem, porém, os ataques de artilharia de ambos os lados.

2 – Frente Centro-Leste:

As Forças Armadas Ucranianas avançam para Bakhmout, reforçando suas posições. No entanto, as tropas russas ainda mantém a cidade sob seu poder.

3 – Frente Sudeste:

As forças ucranianas continuam sua ofensiva sem realmente romper as linhas de defesa da Rússia. As tropas ucranianas, aparentemente, atravessaram o Dnieper ao sul de Kherson para criar um cabeça de ponte ao sul.

O Ministério da Defesa da França tem se destacado desde o início da guerra na Ucrânia, em fevereiro de 2022, pela publicação contínua de mapas da situação geral nas frentes de combate, com bastante exatidão (dada a escala maior que é utilizada), o que inclui os resumos dos movimentos nas várias frentes, seja nas fases em que as tropas russas tinham a iniciativa e conquistavam terreno, seja nas fases em que as tropas ucranianas retomavam áreas.

Nos primeiros meses, a periodicidade das atualizações era quase diária, hoje é de cerca de três mapas por semana. Para acessar a página com os mapas desde o início do conflito e relembrar todos os acontecimentos e trocas de posições, clique aqui.

Subscribe
Notify of
guest

52 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nilton L Junior
Nilton L Junior
11 meses atrás

Segundo o MDF Russa os Franceses não tem a menor ideia do que se passa na zona de operações especial que agora é operação antiterrorista, só estranhei que não falaram do tal dia D.

Last edited 11 meses atrás by Nilton L Junior
Underground
Underground
11 meses atrás

Os ucranianos lançaram a ofensiva em toda linha de contato. São pequenos grupos atacando as posições fortificadas russas. Porém, ao mesmo tempo é continuamente, estão atacando a retaguarda russa: depósitos de munição, de combustível, centros de comando, radares, sistema de defesa e equipamentos, aviões e helicópteros. Esses ataques são tão ou mais importantes, pois vai paulatinamente minando as forças russas. Entendo que, e é chute mesmo, que em algum momento, em um ponto qualquer, as defesas russas vão desabar e ai sim as forças ucranianas vão intensificar os ataques.

Pedro
Pedro
Reply to  Underground
11 meses atrás

E ai o Papai Noel chegou…

Os caras acreditam em cada coisa

Adriano
Adriano
Reply to  Pedro
11 meses atrás

Isso é um torcedor, faltou só dizer se quem faz o gol é o 9 ou o zagueiro

Mcruel
Mcruel
Reply to  Pedro
11 meses atrás

Verdade… bem lá em cima tem um comentarista que acredita ser uma operação especial /antiterrorista. Nunca foi guerra… Cada um acredita no que quer…

José
José
Reply to  Pedro
11 meses atrás

Vocês também acreditam no Hitler russo….rsrs

Charles
Charles
Reply to  Underground
11 meses atrás

Fora da realidade esse comentário!

José
José
Reply to  Charles
11 meses atrás

Diga porque por favor….

C G
C G
Reply to  Underground
11 meses atrás

Tbm acho que é isso, a iniciativa mudou 100% de lado, uma hora esse atrito vai mostrar uma brecha!

gordo
gordo
11 meses atrás

“… porém sem alcançar avanços notáveis.”
O terreno é pra lá de desfavorável para a Ucrânia. Eles tem que se deslocar por áreas planas e com vegetação baixa, um homem em pé fica exposto o que dizer então de um MBT ou um blindado, dificilmente algo escapa da vigilância dos drones. O pouco se fala das baixas ucranianas, mas elas são altas e em grande parte graças aos helis de ataque e os Su-25 que estão tendo o trabalho facilitado pelo terreno que expõe as tropas e veículos.

Bosco
Reply to  gordo
11 meses atrás

Os caças ocidentais devem chegar logo à mão dos ucranianos e aí veremos ações como o de apoio aéreo aproximado que pelo jeito os caças de origem russo não são aptos a realizar. Também o Ocidente deve liberar munição cluster para os ucranianos . Depois os ucranianos se virem para limpar o seu território das granadas não explodidas . A prioridade é limpar agora a infestação russa. Obuseiros e foguetes do sistema MLRS/HIMARS lançando munição burra de fragmentação (obus M864 de 155 mm e M-26) combinado com o apoio aéreo aproximado pode mudar essa situação de recuperação lenta de território… Read more »

Bosco
Reply to  Bosco
11 meses atrás

E quando for entregue os ATACMS não esquecer das versões “cluster” e não só a versão com ogiva unitária.
Mudando de pato pra ganso eu fico pensando o quão inútil são esses Su e MiGs russos. Ainda bem que não embarcamos nessa barca furada.
Pensar que até eu já advoguei para a FAB compra uma meia dúzia de Su-34 armados com mísseis Oniks para a defesa costeira. Vade-retro…

LUIZ
LUIZ
Reply to  Bosco
11 meses atrás

O cara faz analise de equipamentos bélicos como torcedor. Que credibilidade tem ??

Bosco
Reply to  Bosco
11 meses atrás

E os ________ não venham falar de “game changer”.
O único “game changer” dessa guerra até agora foi o “imparável” Kinzhal e vimos muito bem como ele foi eficaz.
Até o tosco Shahed iraniano se saiu melhor em importunar os ucranianos que o imparável míssil hipersônico, uma das seis armas putinescas do juízo final.

COMENTÁRIO EDITADO. MANTENHA O RESPEITO E NÃO ROTULE OS OUTROS PARA NÃO SER ROTULADO. LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Godo
Godo
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Pelo visto o próximo game changer são os f16 e as munições cluster rsrars

Bosco
Reply to  Godo
11 meses atrás

Eu citei vc no comentário anterior.

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Sim foi, mandou uma bateria Patriot para o saco e até agora nenhum abatido. E não me venha com fotos daquela bomba velha, já foi comprovado que não era um Kinzhal.

gordo
gordo
Reply to  Bosco
11 meses atrás

É uma boa análise, muito bem alinhavada. A questão é, já combinaram com os Russos? Digo isso porque lá no início da invasão se falava em um passeio, só que não combinaram com os Ucranianos e deu no que deu.

Bosco
Reply to  gordo
11 meses atrás

Gordo,
O que os russos e pró-russos falavam antes da invasão era previsão e que tinha como base o provável comportamento da vítima , no caso, a Ucrânia, já eu não fiz previsão alguma acerca do comportamento do agressor.
Fiz um comentário técnico muito bem embasado pelos fatos há pelo menos uns 70 anos, que é a ajuda substancial ao avanço de tropas em terra quando recebem apoio da aviação.

Antunes 1980
Antunes 1980
11 meses atrás

Ambos os lados não tem contingente e equipamentos suficientes para avançar de forma considerável.

Esse “empate” vai longe. Se depender dos dois, a guerra vai durar mais uns 5 a 10 anos.

Tem que haver uma saída !

Last edited 11 meses atrás by Antunes 1980
Charles
Charles
Reply to  Antunes 1980
11 meses atrás

Concordo!

Bosco
Reply to  Antunes 1980
11 meses atrás

E tem! É só a Rússia se retirar e os responsáveis por crimes de guerra serem julgados e punidos e a Rússia indenizar a Ucrânia. Simples!

Godo
Godo
Reply to  Bosco
11 meses atrás

E os responsáveis ucranianos por crimes guerra? Para vc, esses devem ficar impunes? Isso é torcida

Bosco
Reply to  Godo
11 meses atrás

Com certeza. É torcida!

Gilson Elano
Gilson Elano
Reply to  Godo
11 meses atrás

Quem praticou on assalto a mão armada, foi a Rússia e não o contrário.

Vitor
Vitor
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Exato Bush ( filho ) e Obama esses cometeram mais de um milhão de mortos no Afeganistão, Iraque , Síria e Líbia a pocresia é tal que um deles ganhou o prêmio Nobel da paz proferida por órgão Norueguês .

Bosco
Reply to  Vitor
11 meses atrás

Torça contra o Obama e o Bush.

pangloss
pangloss
Reply to  Vitor
11 meses atrás

Eu acho muito curiosa essa indignação seletiva da torcida russa.
Se os EUA cometeram barbaridades (e cometeram, mesmo), isso é recebido por vocês como um sinal de que a Rússia pode e deve cometer barbaridades semelhantes.
Mas vocês não censuram os erros americanos? Não deveriam censurar os erros de outras origens?
Coerência!

Pragmatismo
Pragmatismo
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Guerra e moral não combinam.

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Bosco
11 meses atrás

No dia que os americanos forem julgados e punidos pelo que fizeram no Vietnã, Iraque e Afeganistão quem sabe.

Bosco
Reply to  Antunes 1980
11 meses atrás

Se não for assim que a Ucrânia permaneça resistindo por 20 anos como fizeram os bravos talibãs e os vietcongues.
Um povo que foi vítima da Rússia no passado (Holodomor) não pode sucumbir agora a esse mesmo algoz, sob pena de serem completamente exterminados pelo fuher que ocupa o Kremlin.

Godo
Godo
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Vítima da russia? O certo é união sovietica, mas o ensino de história no Brasil é complicado rsra

Bosco
Reply to  Godo
11 meses atrás

A URSS era um império da Rússia com nome pomposo que eventualmente colocava um líder não russo para defender os interesses dos comunistas russos (sovietes) e com isso passar a narrativa de que era uma federação democrática.
*Salvo engano só Brejnev não era russo.

Last edited 11 meses atrás by Bosco Jr
Franz A. Neeracher
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Acho que vc se contradisse…..ou eu entendí errado.

“Colocava um líder não russo” ao mesmo tempo diz “salvo engano só Brejnev não era russo”.

Ou seja, quase todos foram russos….com exceção de Brejnev e Stalin.

Bosco
Reply to  Franz A. Neeracher
11 meses atrás

A bem da verdade todos os líderes da URSS nasceram russos já que a Ucrânia e Georgia faziam parte do Império Russo quando eles nasceram.

Last edited 11 meses atrás by Bosco Jr
Bosco
Reply to  Franz A. Neeracher
11 meses atrás

?????
Nenhuma contradição.
“Salvo engano só Brejnev não era russo” porque podia haver outros “não russos” dos quais não me lembrava.
Vc citou outro, o Stalin.
Agradeço!

Franz A. Neeracher
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Tranquilo, mas eu entendí que se vc diz que:

” A URSS colocava um líder não russo para defender os interesses….”

Ate aí tudo bem…..entende-se que para salvar as aparências de uma democracia inexistente, os líderes eram “não russos”.

O que não é verdade, visto que somente dois deles não foram russos

No final vc diz:

“Salvo engano só Brejnev não era russo.”

Entede-se que então a maioria eram de russos.

Abs!

Bosco
Reply to  Godo
11 meses atrás

Aproveite a sua disposição de ensinar história e ensina para o Ocidente e a OTAN que a Rússia não é a reminiscência da URSS/Pacto de Varsóvia.

Bosco
Reply to  Godo
11 meses atrás

A Ucrânia então foi vítima dela mesmo já que ela era parte da União Soviética?
Eu acho que o que é deficiente no Brasil é o ensino de lógica

M4|4v1t4
M4|4v1t4
11 meses atrás

E pode ter certeza que tem gente que ganha muito bem e trabalha exaustivas 4 horas por dia 5 dias por semana para fazer isso.
Alias, devem ter trabalhado uns 500 franceses para produzir esse PDF com essas informações incríveis.

Vive la France !

Bosco
Reply to  M4|4v1t4
11 meses atrás

E vivi le socialisme…
*Não sei francês.rsss

Bosco
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Depois da ajuda do Google: Et vive le socialisme!

Arthur
Arthur
11 meses atrás

Em suma: a Ucrânia segue avançando de forma lenta lenta, gradual e continua e, tal qual o sol, daqui há um dia, nos próximos 5 bilhões de anos, finalmente chegará na primeira linha de defesa russa. Óbvio que diante de tanto sacrifício, Zelensky já encontrou a maneira de superar eventuais obstaculos: há três dias atrás pediu à Suprema Rada a liberação da c-a-n-a-b-i-s, tanto para fins terapêuticos, como para resolver problemas psicosociais. Então já sabem, quando o russo se defrontar com uma pequena neblina frente de combate, não será a “névoa da guerra” e sim, monte de ucraniano “puxando fumo”.

Allan Lemos
Allan Lemos
11 meses atrás

Sempre soube que essa tal contraofensiva era mais bravata do comediante fanfarrāo do que algo realmente eficiente e eficaz.

Nem mesmo com a crise interna com o Wagner os ucranianos conseguiram ganhos significativos, isso é vergonhoso.

A OTAN precisa pôr um fim nesse banho de sangue parando de apoiar os delírios do comediante, já foram longe demais.

Gilson Elano
Gilson Elano
Reply to  Allan Lemos
11 meses atrás

_____

APAGADO. COMENTÁRIO REPETIDO.

José
José
Reply to  Allan Lemos
11 meses atrás

Delírios do comediante? Comediante é seu ditador russo. O tal “comediante” pra vocês esya sendo muito Homem pra bater de frente com a covarde Rússia. E vai bater mais e mais!

Maurício.
Maurício.
11 meses atrás

É impressionante como a Rússia avançou pouco nessa guerra, a região de Donbas e Criméia nem podem ser contadas, pois já tinham controle russo. Lembro que tinha um pessoal que achava que a Rússia queria conquistar praticamente metade da Ucrânia para a tal “Nova Rússia”, mas para isso acontecer, a Rússia ainda tem que ocupar praticamente o dobro ou mais do que já “conquistou”, e pelo andar da carruagem, acho que vai ficar nisso.

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Maurício.
11 meses atrás

Maurício, a Rússia avançou muito mais do que mostra o mapa atual. Mas perdeu boa parte do terreno conquistado no início do conflito e agora só domina o que mostra o mapa.

Veja o link ao final da matéria e explore os mapas divulgados desde o início do conflito. Você verá que por volta de março-abril do ano passado a área conquistada era muito maior, e que depois, em setembro-outubro, voltou a diminuir

Maurício.
Maurício.
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
11 meses atrás

Verdade, mas mesmo assim não foram competentes em manter as aéreas ocupadas, nesse quesito, méritos para os ucrânianos.

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Maurício.
11 meses atrás

Certamente. Os mapas mostram isso com clareza.

Cansado
Cansado
11 meses atrás

Será que vamos mandar soldados nossos para essa guerra?
Como falam no sul, “o cavalo não passa encilhado duas vezes”.
Não podemos perder essa oportunidade de nossos generais e soldados ganharem experiência.

Jose silva
Jose silva
11 meses atrás

O putin será deposto e a guerra vai acabar.
Cada vez mais o alto escalão das forças armadas, políticos,oligarcas vão minar o Putin,sem contar a imensidão de famílias que perderam seus entes queridos que cada vez mais clamam por respostas.
A Rússia esta se curvando economicamente, politicamente para a China por uma guerra contra um povo irmão.