A administração do presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou hoje (07/07/2023) um novo pacote de assistência adicional de segurança para a Ucrânia.

Hoje, o Departamento de Defesa ( DoD ) anunciou assistência adicional de segurança para atender às necessidades críticas de segurança e defesa da Ucrânia. Esta autorização é o quadragésimo segundo levantamento de equipamentos da Administração Biden dos inventários do Departamento de Defesa para a Ucrânia desde agosto de 2021. Este pacote fornecerá à Ucrânia sistemas e munições de artilharia adicionais, incluindo munições convencionais aprimoradas de dupla finalidade altamente eficazes e confiáveis ( DPICM), sobre o qual a Administração conduziu extensas consultas com o Congresso e nossos Aliados e parceiros. Também inclui munições adicionais de defesa aérea, veículos blindados, armas antiaéreas e outros equipamentos para ajudar a Ucrânia a proteger seu povo e combater a guerra de agressão da Rússia.

Os recursos deste pacote incluem:

  • Munições adicionais para sistemas de defesa aérea Patriot;
  • Mísseis AIM-7 para defesa aérea;
  • Sistemas antiaéreos Stinger;
  • Munição adicional para sistemas de foguetes de artilharia de alta mobilidade ( HIMARS );
  • 31 obuseiros de 155 mm;
  • Munição de artilharia de 155 mm, incluindo DPICM e de 105 mm;
  • 32 IFV Bradley;
  • 32 APC Stryker;
  • Equipamento de limpeza de minas;
  • Mísseis lançados por tubo, com rastreamento óptico e guiado por fio ( TOW );
  • Javelin e outros sistemas e foguetes anticarro;
  • Munições aéreas de precisão;
  • Sistemas aéreos não tripulados tipo Pinguin;
  • 27 veículos táticos para recuperar equipamentos;
  • 10 veículos táticos para rebocar e transportar equipamentos;
  • Munições e sistemas de demolições para eliminação de obstáculos;
  • Armas pequenas e mais de 28 milhões de cartuchos de munição e granadas;
  • Peças de reposição e outros equipamentos de campo.

Os Estados Unidos continuarão trabalhando com seus Aliados e parceiros para fornecer à Ucrânia recursos para atender às necessidades imediatas do campo de batalha e aos requisitos de assistência de segurança a longo prazo.

FONTE: defense.gov

Subscribe
Notify of
guest

87 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Agressor's
Agressor's
11 meses atrás

Mas esses tipos de armas não são proibidas?! Pelo que me lembro até o nosso país foi ameaçado e coagido pelos eua por sondar desenvolver esse tipo de munição…

Last edited 11 meses atrás by Agressor's
MFB
MFB
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

São proibidas para quem concordou com a proibição. Simples assim.

Agressor's
Agressor's
Reply to  MFB
11 meses atrás

Mas se o nosso país desenvolve e produz esse tipo de munição, então porque assinaria um negócio desse? Com que intento isso? O braziu é assinante desse tratado?

Last edited 11 meses atrás by Agressor's
Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

Não é. Leia os links que coloquei logo na primeira resposta ao seu comentário, horas atrás, logo abaixo.

Last edited 11 meses atrás by Fernando "Nunão" De Martini
Nei
Nei
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

Não assinou.

Nei
Nei
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

A própria Rússia está utilizando na Ucrânia, tem vários vídeos desse tipo de munição.

Bosco
Bosco
Reply to  MFB
11 meses atrás

E não são os EUA que “ameaçam” quem descumpre o tratado ou quem não se filia a ele.
Claro, para quem vê americano debaixo da cama e dentro do armário …

tome
tome
Reply to  Bosco
11 meses atrás

então quem tiver pode usar e a vontade

Bosco
Bosco
Reply to  tome
11 meses atrás

Tome, Estará sujeito à sanções na medida em que um país utilizar armas tidas como “proibidas” e essas irão sendo implementadas na medida em que as armas continuarem a ser utilizadas. Em tese isso serve para os EUA , Rússia, China… independente deles serem signatários ou não, mas não somos ingênuos e sabemos que na prática fica mais complicado sancionar esses países. O que os EUA , assim como a China ou a Rússia, fazem quando um país periférico usa esse tipo de armamento , é criticar , sancionar, e a parte civil americana também irá dar pitaco já que… Read more »

Francisco Vieira
Francisco Vieira
Reply to  Bosco
11 meses atrás

As armas de “destruição em massa” baratas são proibidas apenas para os países fracos militarmente.

Bosco
Bosco
Reply to  Francisco Vieira
11 meses atrás

Francisco,
Infelizmente a noção de paraíso perfeito só existe no imaginário religioso e marxista.
No mundo real as relações entre países não é diferente das relações entre pessoas.
A igualdade absoluta é um conceito impraticável.

AVISO DOS EDITORES:

6 – Mantenha-se o máximo possível no tema da matéria, para o assunto não se desviar para temas totalmente desconectados do foco da discussão;

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Francisco Vieira
Francisco Vieira
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Verdade!
Quem tiver mulher bonita, prepare as armas que tem…

Nei
Nei
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Para alguns aqui Bosco, tudo é “culpa dos americanos”. Não são “santos”, mas a raiva, já está impregnada no ser dessas pessoas.

Bosco
Bosco
Reply to  Nei
11 meses atrás

Nei,
Como o que essa turma defende não tem muitos atributos virtuosos que possam ser exaltados a maneira de promoverem suas preferências é demonizando o outro e para isso lançam mão da relativização de tudo o quanto há.
Como não tem jeito de tecer elogios à Rússia sem que pareçam cômicos o jeito é falar mal dos EUA e do Ocidente em geral. É sem dúvida uma estratégia de discussão interessante e legítima, só que entre adultos, é ineficaz.

Last edited 11 meses atrás by Bosco Jr
Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

O Brasil não “sonda desenvolver” esse armamento, ele é efetivamente produzido aqui há muito tempo.

https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2022/03/03/interna_internacional,1349724/amp.html

Lembramdo também que, quanto a acordos internacionais relacionados a esse tipo de arma, “Estados Unidos, Rússia e Ucrânia não fazem parte desta convenção contra o uso de armas de dispersão, que incluem as bombas de fragmentação.”

https://pt.euronews.com/2023/07/07/eua-vao-fornecer-bombas-de-fragmentacao-a-ucrania-diz-fonte-citada-pela-associated-press

Agressor's
Agressor's
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
11 meses atrás

Amigo vc não precisa me negativar por isso, eu só lancei uma dúvida aqui, porque comentaram tempos atrás sobre essas coisas entendeu. E eu me lembro de comentarem aqui sobre os eua ameaçar e coagir o nosso país de querer “mexer” com esse tipo de munição. Se eles podem exportar, então a gente pode também se quiser?!

Last edited 11 meses atrás by Agressor's
Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

Agressor’s,

De onde você tirou essa conclusão de que eu te negativei?

Eu estou debatendo o assunto como qualquer um. Prefiro gastar o dedo digitando palavras do que apertando polegar pra cima ou pra baixo.

E não, eu não fui um dos 7 (até o momento em que eu escrevo esta resposta, 20:56 de 7 de julho de 2023) que negativaram seu comentário…

Estou clicando agora num positivo pra você, nos dois comentários, tá bom?

Last edited 11 meses atrás by Fernando "Nunão" De Martini
Agressor's
Agressor's
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
11 meses atrás

Tá certo, eu também só positivei vc…

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

Pronto. Ganhou mais um dedão pra cima.

Bosco
Bosco
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
11 meses atrás

O Brasil, além de bombas de fragmentação, fabrica o sistema ASTROS, que é basicamente um sistema de espalhamento de granadas.

Monarquista
Monarquista
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

E lembrando que a Rússia até atingiu áreas civis ucranianas com munição desse tipo.

https://www.dw.com/en/russia-uses-cluster-bombs-extensively-in-ukraine-report-says/a-62927491

Heinz
Heinz
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

pergunta aos russos que jogam munições de fósforo branco em cidades inteiras da Ucrânia como ( bahkmut, Marinka, Avidka, Mariupol, Soledar, Kharkiv) se são proibidas…

Agressor's
Agressor's
Reply to  Heinz
11 meses atrás

Eu não duvido que eles façam isso mesmo. Nada do que ocorre hoje no mundo geopolítico é preto e nem branco, mas sim cinzento. Não existe embate nenhum de mocinhos contra bandidos nesse negócio todo. Mas alguns pontos são bem claros nesse conflito: – O exército ucraniano recebeu ajuda de unidades paramilitares “ultranacionalistas” que cometeram crimes de guerra na região contra os de etnia russa que nunca foram e jamais serão investigados. – Nas eleições realizadas na Ucrânia logo após o golpe da euromaidan(cujos protestos não foram nada espontâneos), muitas regiões do leste não puderam participar dessas eleições e partidos… Read more »

Last edited 11 meses atrás by Agressor's
Bosco
Bosco
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

Ainda que seja verdade (e eu não acredito que seja) isso não justifica que alvos civis sejam atingidos de forma indiscriminada e proposital, principalmente por armas “cluster” e incendiária.

Jose
Jose
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Suas palavras amigo, “”Infelizmente a noção de paraíso perfeito só existe no imaginário religioso e marxista. No mundo real as relações entre países não é diferente das relações entre pessoas. A igualdade absoluta é um conceito impraticável””. Não entendo a surpresa quanto aos meios utilizados nesse conflito em especifico, infelizmente essa sempre foi, ainda é, e aparentemente será por muito tempo a realidade do ser humano, nada diferente do que fizemos nesses milhares de anos e milhares de guerras. AVISO DOS EDITORES: 6 – Mantenha-se o máximo possível no tema da matéria, para o assunto não se desviar para temas… Read more »

Jose
Jose
Reply to  Jose
11 meses atrás

Caro moderador desculpe, mas li e reli e não consegui entender em qual parte está a violação das regras, em qual parte desviei do assunto, se procurar de onde tirei essa afirmação do amigo Bosco vera que foi desse post mesmo, e tudo tem a ver com o tema já que estamos nos referindo ao fato das armas utilizadas nessa guerra serem ou não “aceitáveis”, só complementei dizendo que em todos os conflitos todos violam as “regras” desde que o mundo é mundo, grato. AVISO DOS EDITORES: O REFERIDO COMENTARISTA TAMBÉM RECEBEU AVISO, COM O OBJETIVO DE QUE O DEBATE… Read more »

Jose
Jose
Reply to  Jose
11 meses atrás

Caro moderador sequer pensei nesse tema marxista, religiosos ou sei lá o que, a questão caso não tenham entendido foi só uma colocação de que o ser humano age assim (utiliza de qualquer meio) e que guerras são assim, nada além disso, muito menos questões religiosas ou doutrinarias, de qualquer forma ok, sem mais.

Nei
Nei
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

Se a metade que você escreveu for verdade, mesmo assim, a Rússia invadiu um país soberano, com o qual se comprometeu não invadir e diariamente atinge alvos civis na Ucrânia, alvos esses não um pouco relativo ao ganho na “operação especial”.

Marcos Silva
Marcos Silva
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

A prioridade agora é dizimar os bandidos russos. E quem defende,se associa ou é pró-Russia é pior que os próprios russos.

José
José
Reply to  Marcos Silva
11 meses atrás

Perfeito !

cerberosph
cerberosph
Reply to  Heinz
11 meses atrás

A Rússia não utilizou bombas de fósforo branco, sua doutrina é a de utilização de bombas de termite, visualmente parece com fósforo branco mas atinge temperaturas bem mais baixas e são bem mais baratas.

Henrique
Henrique
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

não pra Rússia que usa elas

agora se a Rússia usa ele legitima a Ucrânia usar, simples

Felipe
Felipe
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

Pois é, bateu desespero nos EUA. Já perderem um estoque de munição de urânio empobrecido agora mandaram as cluster. As consequências na população civil ucraniana não é prioridade para Zelensky muito menos para os EUA.

M4|4v1t4
M4|4v1t4
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

De Fevereiro do ano passado para cá, apareceram centenas de vídeos que mostram os russos usando munição cluster terra-terra e ar-terra. Ou vai dizer que não sabia?

Os russos usam uma variadade enorme de munições cluster. Inclusive minas antipessoais lançadas por morteiro.

Alias, os russos usam munição de fósforo branco e monóxido de carbono.

MFB
MFB
11 meses atrás

Isso vai diminuir pouco do conforto dos russinhos na linha de frente.

Nuno Taboca
Nuno Taboca
Reply to  MFB
11 meses atrás

Tem que desalojar a praga do solo ucraniano.

fjuliano
fjuliano
11 meses atrás

Joga no ar galvão mais esse gueimiêtiânjier, enquanto levas de ucranianos vão sendo ceifados indiscriminadamente.

Bosco
Bosco
Reply to  fjuliano
11 meses atrás

Sim, em guerra há um conceito que é denominado de “reciprocidade”.
Os nazistas tinham agentes químicos letais mas não os utilizaram na SGM porque sabia que haveria reciprocidade.
Ao meu ver os ucranianos podem utilizar até Napalm e fósforo branco contra os russos já que foram atacados por armas incendiárias. Reciprocidade!!!

Magaren
Magaren
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Só o fato de serem usurpadores do territorio ucraniano já da liberdade para a ucrania usar.

Bosco
Bosco
Reply to  Magaren
11 meses atrás

Concordo!
Ao se defender de injusta agressão vale tudo , isso tanto no âmbito pessoal quanto entre nações.
Assegurando que a reação será contra o agressor somente.
A população civil russa , ainda que copartícipe do governo criminoso russo, não deve ser diretamente atingida.

Nuno Taboca
Nuno Taboca
Reply to  fjuliano
11 meses atrás

Os únicos que acreditam nisso são vcs,. A rússinha já usou o que tinha. Agora até canhão naval soldado em mtb estão apelando. O avanço lento, mas continuo vai desalojar os ratos invasores. Agora com munição cluster,nem nas trincheiras os invasores estarão seguros.
Questão de tempo pra escória fugir, e quiçá, derrubar o imperador fujão .

Bosco
Bosco
Reply to  Nuno Taboca
11 meses atrás

Nuno,
Eu tive uma leve suspeita que algo não estava indo conforme os planos quando os russos colocaram toras de madeira para defender seus veículos que avançavam sobre Kiev. rrss
De lá pra cá já vimos de tudo que é gambiarra do exército de Brancaleone liderado pelo Belo Antônio.

Allan Lemos
Allan Lemos
11 meses atrás

OFF – Nāo quero falar de política mas acho que nesse caso é relevante, ano passado havia um deputado que queria passar um PL para proibir esse tipo de muniçāo no Brasil.

O PL nāo passou na comissāo graças ao trabalho do excelente Deputado Luiz Phillipe, mas o author prometeu tentar novamente em uma nova legislature. Espero que ele nāo tenha sido eleito.

Fiquemos atentos aos sabotadores da soberania nacional.

fjuliano
fjuliano
11 meses atrás

Diz o ditado popular q na guerra não existem regras. Estamos a presenciar a guerra mais destrutiva no continente europeu desde a sgm, e é cheia de regras, ao menos em cima da mesa. O governo do boneco de prateleira não pode usar as armas doadas pelos “países do bem” contra território russo “o mal” de antes de 2013/14. Então vem mais essa leva de armas dos “países que lutam pela liberdade e a pessoa de bem”, armas que são para…. para…. escalar essa desgraça toda. Só um adendo: armas nucleares são absurdas e apocalípticas, sim são. E as armas… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  fjuliano
11 meses atrás

Eu não sei se os países da OTAN são países do bem e lutam pela liberdade e pelas pessoas de bem mas tenho certeza, juntos com muitos aqui na Trilogia, que a Rússia não é.
Então ,essa sua retórica é completamente inútil já que não convence ninguém (a não ser os de sempre) que a OTAN está promovendo a guerra e o Putin é um anjo da paz celestial.

Sergio
Sergio
11 meses atrás

Entra em desespero, quem está recuperando e não os que estão avançando.

Last edited 11 meses atrás by Sergio
LUIZ
LUIZ
Reply to  Sergio
11 meses atrás

Vc deve consumir muitas informações ocidentais pra comentar assim. Quem está avançando tá perdendo muitos equipamentos e soldados. Os ganhos territoriais tá sendo um suicídio pra os ucranianos. Os russos não precisa avançar. O terreno a frente se encontra todo minado. Quem tem que avançar é os ucranianos as custas de muitas vidas perdidas e multilações.

Last edited 11 meses atrás by LUIZ
Bosco
Bosco
11 meses atrás

Desespero algum. A operação especial atabalhoada do Putin está só no começo.
Enquanto o Putin já esgotou sua gama de armas “revolucionárias” as da OTAN ainda estão só no começo.

Recruta Zero
Recruta Zero
11 meses atrás

Daqui há 50 anos ainda vai ter gente morrendo por causa desse tipo de munição igual no Vietnan e Laos.

Bosco
Bosco
11 meses atrás

Lista de munições “cluster” dos EUA ainda em operação:
Submunição Mk-118 (antiblindados)
Bomba cluster Rockeye.

Submunição DPICM (antiblindados , antimaterial e antipessoal)
Obus de 105 mm (M915, M916, M444)
Obus de 155 mm (M483 e M864)
foguete M-26
Foguete M-26A1
“Foguete guiado” M-30
Foguete de 70 mm Hydra 70 M261

Submunição BLU-97/B (antiblindado, antimaterial e antipessoal)
Bomba planadora JSOW A
Bomba CBU-87 CEM
Bomba guiada CBU-103 WCMD
Míssil Tomahawk BGM-109D

Submunição M74 (antimaterial e antipessoal)
Míssil ATACMS Block I e Block IA

Submunição inteligente Skeet:
Bomba CBU-97
Bomba guiada CBU-108 WCMD

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Pode-se acrescentar um projétil de 127 mm (Mark 172 HE-ICM) do canhão naval Mk-45 que é carregado com a submunição DPICM e também tem o projétil de morteiro de 120 mm (M984) com a submunição DPICM.

Francisco Vieira
Francisco Vieira
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Esses tipos de munição merecem um artigo especial. São muito engenhosas.

Bosco
Bosco
Reply to  Francisco Vieira
11 meses atrás

Francisco, Só de curiosidade, sob as submunições utilizadas ainda pelos americanos: MK-118: forma de um dardo, com aletas, peso de 600 g, tem uma carga HEAT, com função antiblindagem e antipessoal. – DPICM: forma de um cilindro com 4 cm de diâmetro , pesando 300 g, com uma tira estabilizadora, tem uma carga HEAT, com função antiblindagem e antipessoal. – BLU-97: forma de um cilindro mais longo , com 6,8 cm de diâmetro , peso de 1,5 kg, com um “paraquedas” inflável que serve como estabilizador, tem uma carga tipo HEAT, com função antiblindagem, antimaterial e antipessoal. – M74: forma… Read more »

Henrique A
Henrique A
Reply to  Bosco
11 meses atrás

É impressionante o arsenal americano. Eles fabricam de tudo numa variedade e quantidade incrível. Eu acho que se juntar todos os europeus da OTAN não tem um arsenal tão diverso.

Nuno Taboca
Nuno Taboca
Reply to  Henrique A
11 meses atrás

A Rússia, em guerra, aumenta seu budget militar em 10%, chegando a 80 bilhões de dólares anual. Eua, em tempo de paz, gastando 1.8% do PIB, é de 850 Bi. Imagina esses caras em tempo de Guerra. É impressionante a quantidade de material bélico que os EUA podem produzir.

Henrique A
Henrique A
Reply to  Nuno Taboca
11 meses atrás

O pessoal que fala que o EUA está em “decadência” deixam suas visões prejudicarem seu julgamento. Eles são a potência superior hoje e não tem rivais; A China ainda tem que comer muito arroz pra igualar.

Só como exemplo, eles podem converter até 35 Abrams pra variante mais moderna por mês só com a mão de obra atual, se eles expandirem podem converter ainda mais: https://twitter.com/ThrustWR/status/1669936344892600320

Henrique A
Henrique A
11 meses atrás

Os dois lados já utilizam munição cluster desde o início da guerra. A diferença agora é que a Ucrânia vai receber munição cluster americana ao invés de recorrer ao estoque soviético.

Henrique A
Henrique A
11 meses atrás

Ao que tudo indica os americanos irão fornecer a munição DPICM que é um projétil de artilharia de 155mm que transporta 88 submunições anti-carro.

Destro
Destro
11 meses atrás

Ué quem vai lançar estas munições? F16?

Outra aeronave não me recordo

Nei
Nei
Reply to  Destro
11 meses atrás

Acredito ser lançado por peças de artilharia.

Bosco
Bosco
Reply to  Destro
11 meses atrás

Destro,
A bomba CBU-87 se abrindo e lançando submunições BLU-97 postada logo na abertura do artigo é apenas ilustrativa. Por enquanto a OTAN está fornecendo apenas “projéteis” carregados com as submunições denominadas de DPICM que como citei acima são lançadas por obuseiro, HIMARS , etc.

Fernando Botelho
Fernando Botelho
Reply to  Destro
11 meses atrás

No artigo fala.

Munição de artilharia de 155 mm, incluindo DPICM e de 105 mm;”

DPICM é o “nome científico” das munições cluster.

Bosco
Bosco
Reply to  Fernando Botelho
11 meses atrás

Fernando ,
Na verdade DPICM é o termo de um tipo de submunição de pequenas dimensões (diâmetro de 40 mm e peso de 300 g, dotado de uma carga penetrante tipo HEAT) que é feita para caber em pequenos invólucros , tais como projéteis de 155 mm, 105 mm, foguetes de 70 mm e foguetes de 227 mm do sistema HIMARS/MLRS.

Nei
Nei
11 meses atrás

Desespero dos EUA? Exemplo de desespero é a Rússia, atacar alvos civis diariamente, usar bombas de fósforo, usar T-55, parar de usar a Força Aérea no front, ameaçar usar nukes, Kinzal super trunfo.

Carlos 07
Carlos 07
11 meses atrás

É um apoio considerável! A OTAN está apostando alto, pois retirar todos esses equipamentos de seus países componentes, não é qualquer coisa. O que chama atenção é que provavelmente os 28 milhões de cartuchos, para fuzis e armas leves, só devem durar algumas semanas. É um embate violento!

Arthur
Arthur
11 meses atrás

Mais um game changer? Tá bom, põe na conta… próximo!!

Nuno Taboca
Nuno Taboca
Reply to  Arthur
11 meses atrás

Relaxa. Pode não ser nenhuma bala de prata, mas o avanço continua. Devagar, mas sem retroceder.aos poucos desalojando os invasores.

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Nuno Taboca
11 meses atrás

Em qual universo paralelo? Até o partido republicano já admite que essa contraofensiva não vai funcionar, e estão pedindo que Biden envie mísseis de longo alcance.

Bosco
Bosco
Reply to  Arthur
11 meses atrás

Só de armas guiadas já foram enviadas para a Ucrânia as seguintes:
Mísseis sup-ar
Stinger
Slamraam (AIM-120)
Hawk
Sea Sparrow
PAC-2
PAC-3
Starstreak
RBS-70
Iris-T
Crotale
Mistral
Piorun

Mísseis sup-sup
M30A1
M31
GL-SDB
TOW II
Javelin
NLAW
Switchblade 300
Switchblade 600
Harpoon
Brimstone
Excalibur 155 mm
BONUS 155 mm
Smart 155 mm
kit PGK pra projéteis de 155 mm
APKWS 70 mm
TRLG230
Milan

mísseis ar-sup
HARM
JDAM-ER
Storm Shadow
MAM-C
MAM-L

Heinz
Heinz
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Mas são em muito pouca quantidade Bosco, acaba que os números importam muito também.

Faver
Faver
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Impressionante. Quem aguenta tudo isto?

Tuacha
Tuacha
11 meses atrás

Faça o que digo, não faça o que eu faço!

Djalma
Djalma
11 meses atrás

Já começou a gritaria das _______. A Rússia está usando essas munições inclusive em áreas civis, desde fevereiro de 2022.
A diferença é que essas americanas tem 98% de aproveitamento então os russos estão ferrados.

COMENTÁRIO EDITADO. NÃO ROTULE PARA NÃO SER ROTULADO. MANTENHA O RESPEITO E LEIA AS REGRAS DO BLOG:

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

André Luís
André Luís
11 meses atrás

Bateu o desespero na OTAN, vão apelar para o que tiverem.
Senta o aço, Rússia!
Sem dó!

_________

COMENTÁRIO EDITADO.

5 – Não use o espaço de comentários como palanque para proselitismo político, ideológico, religioso, para praticar ou difundir posturas racistas, xenófobas, propagar ódio ou atacar seus desafetos. O espaço dos comentários é para debate civilizado, não para divulgação, propaganda ou interesses pessoais;

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

José
José
Reply to  André Luís
11 meses atrás

Que comentário desprezível

Felipe
Felipe
11 meses atrás

Bateu desespero na Otan pra ter que usar essas bomba que causarão mortes em civis ucranianos e viola todas convenções da ONU

Monarquista
Monarquista
Reply to  Felipe
11 meses atrás

A Rússia já usa essas bombas na Ucrânia. Então bateu o desespero nos russos antes?

Maurício.
Maurício.
11 meses atrás

Olhem o que John McCain dizia já lá em 2014 sobre o uso de bombas/foguetes de fragmentação pela Ucrânia sobre áreas civis. “Acho que se tivéssemos fornecido a eles as armas de que precisam, eles não teriam sentido a necessidade de usar bombas de fragmentação. Então, é parcialmente nossa culpa.” Agora vejam o que já dizia a Human Rights Watch, também já lá em 2014: https://www.hrw.org/news/2014/10/20/ukraine-widespread-use-cluster-munitions Ou seja, no quesito bombas/foguetes de fragmentação, ambos os lados já usam desde 2014! Ou seja, isso não é novidade para ninguém, e nesse quesito, não existem santos, porque ambos os lados usam, o… Read more »

Rodes
Rodes
11 meses atrás

A potencinha usa esse tipo de munição desde o primeiro dia de guerra. Está certo os UKR em usarem também.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
11 meses atrás

Interessante observar qual delas vai causar mas estragos a dos Russos ou a do imperialismo atlanticista.

Sergio
Sergio
11 meses atrás

Se for para ceifar mais cabeças de russos com menos baixas, não é desespero, mas sim vantagem. Desespero é quem vai estar embaixo, recebendo na testa uma cluster.

Bosco
Bosco
11 meses atrás

Essa nova bomba que colocaram a foto é a SUU-30/B que lança a submunição esférica BLU-61 , que não está mais em operação (salvo se estiver na reserva) .

Bosco
Bosco
11 meses atrás

Interessante das submunição tipo BLU-61 com forma esférica é que ela precisa girar para armar a espoleta que funciona por impacto. Se a bomba (invólucro) não abrir ela cai no chão com todas as submunições intactas.
Daí essa foto que mostra uma bomba (provavelmente o invólucro SUU-30) aberta com todas as submunições dentro.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Ou foi lançada de baixa altitude tipo alijada, estava com pressa por conta dos manpad na área.

Bosco
Bosco
Reply to  Nilton L Junior
11 meses atrás

Ou…”
Não entendi o uso da conjunção alternativa “ou” tendo em vista que eu não citei o porquê da bomba não ter aberto.

Mirão
11 meses atrás

EDITADO

BraZil
BraZil
11 meses atrás

Stablishment e seus cupinchas passando vergonha. Quadragésimo pacote de ajuda, muitos equipamentos retirados das próprias FFAA do tio Sam, sem contar as retiradas dos aliados, gigantescas sansões sem precedentes etc etc. Breve veremos doações de que? Arleigh Burkes, Raptors, Subs Los Angeles com Tomahawk, Joga a pia da cozinha titio Biden…