Informações provenientes das mídias sociais indicam que as forças russas possivelmente estão usando munição fabricada em Myanmar no campo de batalha na Ucrânia.

Fotografias publicadas em 26 de julho sugerem que as forças russas na Ucrânia podem estar usando projéteis de morteiro de 120 mm feitos em Myanmar e estão supostamente tentando remover evidências da origem dos projéteis antes do uso.

https://twitter.com/UAWeapons/status/1684251307689771011

Subscribe
Notify of
guest

83 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Jagdverband#44
Jagdverband#44
10 meses atrás

Que fase!

fjuliano
fjuliano
Reply to  Jagdverband#44
10 meses atrás

É uma loucura né cara! Como esses russos passaram de motores de geladeiras, pás, munição de paus e pedras, presidiários lançados de catapultas copiadas dos romanos para “munição fabricada em Myanmar ” uma loucura! Desse jeito o boneco zé vai ter que pegar carona no próximo satélite para pedir ajuda para Marte.

Pedro
Pedro
Reply to  fjuliano
10 meses atrás

não entendi a festa sendo que isso comprova que os estoques russos devem estar baixos para utilizar munição de outra procedência.

Ciclope
Ciclope
Reply to  Pedro
10 meses atrás

Como um pais com estoque gigantesco, que sempre fabricou a própria munição sem depender de ninguém e é o segundo maior exportador do mundo, ficaria sem munição básica?
E compraria munição para uso, diferente das que usam.

Underground
Underground
Reply to  fjuliano
10 meses atrás

Loucura total!
De segunda potência militar, tendo de pedir arrego junto ao Eixo do Mal: Irã Coreia do Norte e agora Myanmar.

Ciclope
Ciclope
Reply to  Underground
10 meses atrás

Ninguém sabe se realmente estão recebendo munição desses países ou se é campanha de difamação contra a Rússia e seus aliados!
Não duvido nada que um dia, quando algum militar oi diplomata russo de alta patente vier ao Brasil eles digam, Rússia pede ou compra munição do Brasil.

José
José
Reply to  Ciclope
10 meses atrás

Já já aparece alguma munição proveniente de alguma ditadura africana e tal…depois esse pessoalzinho reclama da ajuda militar a Ucrânia.

Hcosta
Hcosta
Reply to  fjuliano
10 meses atrás

A realidade é lixada…

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Jagdverband#44
10 meses atrás

Qual o problema? Os EUA usam pecinhas da China no F-35…..

Rogério
Rogério
Reply to  Inimigo público
10 meses atrás

so prova que os estoques estão baixos

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Inimigo público
10 meses atrás

Qual peça?

Matheus
Matheus
10 meses atrás

EDITADO:

Prezado “Matheus”, “Max”, “Andrade”, “KKce” e demais nomes de usuário.

Pela terceira vêz:

Decida-se por um nome de usuário; o novo software não é ainda perfeito, mas é muito bom.
Melhor que o anterior, assim usando diferentes nomes de usuário, seus comentários muito provavelmente serão bloqueados pelo sistema.

O aviso também vale para os demais comentaristas que gostam de fazer a mesma coisa, totalmente inútil e desnecessária.

C G
C G
Reply to  Matheus
10 meses atrás

Parabéns, estou muito feliz em ler essa moderação, ninguém aguentava mais, eu cheguei a contar o Antônio com 6 contas em um mesmo post uma vez, ele conversava com ele mesmo, deus do céu!

Rogério
Rogério
Reply to  C G
10 meses atrás

devem ser os diversos alter egos dele kkkkkkk

Nuno Taboca
Nuno Taboca
Reply to  Matheus
10 meses atrás

Parabéns aos administradores. É insano, o que fazem ao poluir o debate. Meus cumprimentos, e estão certos em expor essas fraudes.

RPiletti
RPiletti
Reply to  Matheus
10 meses atrás

Aeeee… 👏🏻👏🏻👏🏻

Rogério
Rogério
Reply to  Matheus
10 meses atrás

Adeus Multinicks, kkkkkkk

Alecs
Alecs
Reply to  Matheus
10 meses atrás

Parabéns pela moderação!

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Matheus
10 meses atrás

Parabéns show…torcida tem agora um cara cria 20 Nicks e fica discutindo entre eles é caso a ser estudado

Heinz
Heinz
10 meses atrás

Já vi russos usando projeteis de myanmar,armênia, China, Irã, Coréia do norte, Azerbaijão, Bielorússia.
Quanto a Ucrânia, já vi de vários países da Otan, mas o que chama mais atenção é o uso de projéteis do Irã, azerbaijão, e até mesmo russos, capturados.

Romão
Romão
10 meses atrás

comment image

.
Essa aqui é a Pistole vz. 24: uma pistola fabricada pela Checoslováquia (In Memoriam) e muito usada durante a segunda guerra mundial… Pela Alemanha! Outras armas búlgaras, romenas, albanesas e italianas foram usadas pelos alemães também.

O problema não era saber onde foi fabricada, o problema mesmo era estar na frente dela.

Last edited 10 meses atrás by Romão
Guacamole
Guacamole
Reply to  Romão
10 meses atrás

Pela foto, penso ma ergonomia dessa pistola.

Ou melhor eu a falta dela.

Magaren
Magaren
10 meses atrás

Cinto está apertando.

Estou no aguardo dos mig29 e mig 21 voando nos céus fornecidos pela coreia do norte.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Magaren
10 meses atrás

Migs-29 a Rússia tem as centenas. Semana passada um lote de Sukhois foi entregue. Acho que vc deveria procurar se informar mais.

naval762
naval762
10 meses atrás

Daqui a pouco vai ter munição brasileira nas mãos dos russos.

Jagdverband#44
Jagdverband#44
Reply to  naval762
10 meses atrás

Venezuelana

Ciclope
Ciclope
Reply to  naval762
10 meses atrás

Falar que a Rússia compra isso ou aquilo de país A ou B e fácil!
Não explicam e nem provam nada.
Não existe lógica do maior fabricante de artilharia e o segundo maior exportador de armas, nao ter estoque E cadência de fabricação de munição básica e comprar munição de países igualmente sob sanções, e sob ameaça de guerra ou países não totalmente aliados.

Bosco
Bosco
Reply to  Ciclope
10 meses atrás

Mas para quem gasta 70.000 projéteis por dia (de acordo com alguns) nesses mais de 500 dias já foram mais de 35 milhões de projéteis.
Não é de se admirar que a produção russa não consiga acompanhar.

Munhoz
Munhoz
Reply to  Bosco
10 meses atrás

São entre 30.000 a 50.000 por dia segundo a midia ocidental mesmo !
Agora o estranho é a Ucrania sofrer 10 x menos baixas que os russos disparando 10 x menos projéteis !
Cada um acredita no que deseja nessa historia, como o serviço secreto britanico que já falou diversas vezes que a Russia tinha munição para 3 meses no maximo !

Rogério
Rogério
Reply to  Munhoz
10 meses atrás

Bom, pela sua logica a guerra ja teria acabado.

Bosco
Bosco
Reply to  Munhoz
10 meses atrás

Munhoz,
Gastar milhões de projéteis no mato não mata ninguém. A doutrina de artilharia russa é da SGM , já a doutrina de artilharia da Ucrânia é da OTAN, que prioriza a precisão em detrimento do volume de fogo.

Munhoz
Munhoz
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Bosco
Vc se engana sobre isto pois os russos também tem munições guiadas
https://vk.com/video-31371206_456268537
E agora os russos também conseguem interferir no GPS das munições ocidentais
Esse negocio de padrão OTAN etc é conversa

Bosco
Bosco
Reply to  Munhoz
10 meses atrás

Apenas 1% da munição de artilharia de tubo da OTAN é guiada. Não me refiri à munição guiado quando citei a doutrina de maior precisão da OTAN.
A gastança de munição inútil por parte da Rússia é notória. Até mesmo em veículos de combate isso é visível haja vista o Terminator com uma taxa de tiro de 1600 t/min contra 200 t/min do CFV M-3.

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
10 meses atrás

A precisão da artilharia de tubo e foguete é relativa a fazer projéteis (burros) caírem em locais onde existam alvos que possam ser neutralizados e tem a ver com um alto nível de consciência situacional promovida por equipes avançadas desmontadas ou em veículos de combate, aeronaves de reconhecimento (drones, helicópteros, etc) , radares de contrabateria, sistemas de apoio eletrônico, etc.
O que é burrice é atirar centenas de projéteis em locais ermos ou em cidades evacuadas apenas por vingança e demonstração de desprezo pela vida humana.

Last edited 10 meses atrás by Bosco Jr
LUIZ
LUIZ
Reply to  Bosco
10 meses atrás

A doutrina da OTAN ,um tanque russo destruiu 8 brindados ucranianos. Tem video no Telegram pra provar. Os ucranianos caíram numa armadilha fomentada pelos EUA. Agora estão sem saída. A linha principal de defesa russa é muito forte e dificilmente os ucranianos passarão por ela.

Eddy
Eddy
Reply to  LUIZ
10 meses atrás

posta o vidio ai….

Francisco Vieira
Francisco Vieira
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Resposta elucidativa! Haja linha de montagem, em um só país, para fazer mais de 70.000 projéteis por dia!
-Será que existe?

Bosco
Bosco
10 meses atrás

Uma outra característica russa que salta aos olhos é a padronização dos calçados. Aquele conguinha preto é taticamente adequado para … jogar queimada.

Magaren
Magaren
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Não deve durar nada.

Imagina andar em um terreno acidentado com um sapato que é quase de papel? Devem ter os pés destruidos.

Munhoz
Munhoz
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Bem estranho também é os russos tirarem uma foto de 2 soldados segurando a munição e depois da munição separada, seria para fazer graça ??
Qual seria o motivo para os russos fazerem essas imagens, ??

Hcosta
Hcosta
Reply to  Munhoz
10 meses atrás

Deve ser fake… Como o Moskva que se afundou numa tempestade

Ciclope
Ciclope
10 meses atrás

Não me levem a mal, a Rússia ter dificuldade de fabricar um míssil, uma bomba guiada, um drone, armas que precisam de circuito eletrônicos importados até pode ser, agora ter dificuldade de fabricar munição básica, pé de boi, que aliás eles eram o segundo maior exportador e o maior fabricante do mundo, e muita forçado. Daqui a pouco vão falar que os Russos estão usando munição de fuzil do Brasil.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Ciclope
10 meses atrás

Munição há de vários tipos. E cada um tem as suas limitações no seu fabrico e armazenamento. A grande vantagem dos Russos era a grande quantidade armazenada e sabe-se lá em que condições eram armazenadas ou se não foram desviadas. E tem a questão de muitas peças serem incompatíveis entre si, obrigando a manter um stock ainda maior e muitas vezes obsoleto. Algo semelhante com os blindados. Isso de ser o maior nem sempre significa que é o melhor sistema. Muitas vezes são os mais frágeis… Mas pode ser interpretado como um sintoma das dificuldades da capacidade industrial Russa ou… Read more »

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

E os desvios dos estoques? Deve estar aparecendo muita baixa contábil

Jadson S. Cabral
Jadson S. Cabral
Reply to  Ciclope
10 meses atrás

O problema, creio eu, não é a complexidade da munição, mas sim a quantidade que eles precisam fabricar

Oráculo
Oráculo
10 meses atrás

Provavelmente o estoque russo já está a beira do “limite estratégico” definido pelos seus militares. O mesmo problema que a OTAN tem enfrentado para abastecer os Ucranianos. E as fábricas do país não conseguem acompanhar a demanda gigantesca do front de batalha. Daí só existe uma solução. Ou muda a forma de guerrear, e como a artilharia é a base da campanha militar russa na Ucrânia, seria algo quase impossível de se fazer. Ou compra de quem quiser vender. No caso da Rússia com todas essas sanções, só dos países aliados de Moscou. E podem aguardar que em breve veremos… Read more »

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Oráculo
10 meses atrás

Isso prova que ir à guerra sem aliados ajudando é suicídio.

Bosco
Bosco
Reply to  Vinicius Momesso
10 meses atrás

Isso prova que ir à guerra confiando numa provável atitude do inimigo em vez de na sua própria capacidade é suicídio.

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Isso prova que as potências estavam mal acostumadas a lidar com guerras de contra-insurgencia, que demandava pouca munição. Agora que estão enfrentando outro país minimamente capaz em termos logísticos estão vendo o quão cara é a logística de guerra de atrito.

Bosco
Bosco
Reply to  Vinicius Momesso
10 meses atrás

A Rússia na verdade apenas replicou o que a sua militância faz como prática. Acreditou na sua própria narrativa falaciosa de poder imparável e fez pouco caso do inimigo, exatamente como a militância.
Já os ucranianos sabiam que bastava resistir por tempo suficiente para todo o castelo de cartas narrativo ruir e fizeram o oposto do que sabiam que os russos esperavam deles.
O comediante pianista se mostrou um enxadrista 7D enquanto o enxadrista se tornou um comediante sem graça.

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Sim realmente muito inteligente o xadrez 7D do comediante pianista, a Ucrânia virou um país inviavel pelos próximos 50 anos, visto que não tem dinheiro mais nem para pagar suas instalações governamentais. Acho que essa seu catálogo de baladeiras deixou passar batido.

Last edited 10 meses atrás by Inimigo público
Bosco
Bosco
Reply to  Inimigo público
10 meses atrás

A economia o Zelensky vê depois. Lembra?
Um milagre de cada vez. A prioridade agora é extirpar o câncer do imperialismo criminoso.

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Não, não pode ver depois, pois o COVID não destruiu fábricas, usinas de energia, ferrovias portos, etc, tudo isso na loucura de provocar seus vizinhos entrando em alianças políticas com inimigos desses vizinhos.

Bosco
Bosco
Reply to  Inimigo público
10 meses atrás

Mas matou 112 mil ucranianos. Bem menos que os mafiosos russos com sua artilharia cega e criminosa.
Sei que quem defende o Putin não tem a vida humana como um valor absoluto mas tenho certeza que para os ucranianos o bens materiais que os russos destruíram e ainda destroem são muito menos importantes que as vidas perdidas.
Eles irão se recuperar tão logo a infestação seja eliminada.

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Perdão!
Fiz um texto incompreensível.
Quis dizer que “o COVID matou 112 mil ucranianos, portanto, bem MAIS que os mafiosos russos com sua artilharia cega e criminosa.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Bosco
10 meses atrás

“Mas matou 112 mil ucranianos”

Fonte: ???

Bosco
Bosco
Reply to  LUIZ
10 meses atrás

Google.

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Inimigo público
10 meses atrás

Ucrânia vai ter financiamento e crédito e a Rússia?

Hcosta
Hcosta
Reply to  Inimigo público
10 meses atrás

Já deve ter mais dinheiro destinado à reconstrução do que à guerra.
Até porque a maior parte do equipamento enviado já foi pago há muito e está nas reservas.

E quem tornou países inviáveis economicamente por 50 anos não foram os EUA ou a UE.
É uma lição que os países de Leste nunca irão esquecer…

Felipe M.
Felipe M.
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

É uma lição que os países de Leste nunca irão esquecer…”
E, em razão dessa lição, estão dispostos a ir até as últimas consequências para não passarem por isso novamente.

Isso, o tal inimigo público aí, ou melhor, inimigo da lógica ou da coerência, ignora ao querer dizer que o tal “comediante”, deveria agir de outra forma.

Fica a pergunta…de que outra forma deveria reagir?

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Inimigo público
10 meses atrás

Inviável nos próximos 50 anos????Quem disse isso???!!?
Putin time.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Essa guerra vem mostrando que o ocidente não estava preparado pra guerra de alta intensidade. Estavam acostumados as guerras no Oriente Médio e na África contra pés de chinelo portando Ak-47 montados em cavalos. Estão enviando centenas de brindados de todos os tipos pra serem destruídos no terreno altamente minado e lamaçento da Ucrânia.

Munhoz
Munhoz
Reply to  Oráculo
10 meses atrás

O que ninguem presta atenção é quem está por tras dos russos, a China no momento esta comprando matéria prima a metade do preço de mercado, tenha certeza de uma coisa, os chineses são os ultimos a querer ver a Russia derrotada, vc tem que imaginar a capacidade chinesa também na sua avaliação,

Last edited 10 meses atrás by Munhoz
Alecs
Alecs
Reply to  Munhoz
10 meses atrás

Os chineses são os primeiros a querer ver a Rússia atolada por anos nessa guerra para poderem continuar comprando matéria prima barata. Além do mais, devem torcer para a Rússia continuar sendo sancionada pelo ocidente para que eles possam vender seus produtos de qualidade inferior pelo mesmo preço aos russos.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Munhoz
10 meses atrás

Então se os Chineses estão a lucrar com esta guerra porque deverão fazer alguma para ajudar na vitória Russa?

Mas aparentemente já percebeu que a Rússia não vai lá sozinha. Resta esperar pela ajuda “milagrosa” dos Chineses…

O muro de Berlim já caiu há mais de 30 anos. O que surpreende é alguém que ainda acredita na propaganda deste tipo de regimes…

Magaren
Magaren
Reply to  Munhoz
10 meses atrás

A russia é o amigo lerdo na estratégia de fuga de ataques de zumbi, sempre tenha um amigo mais lento ao lado para servir de comida.

Felipe M.
Felipe M.
Reply to  Munhoz
10 meses atrás

É muito simples o cálculo chinês. De todos, são os que estão se beneficiando mais do conflito. Para eles, está ótimo como está, os russos afundados no conflito e eles assumindo uma boa fatia do mercado interno russo, na prestação de serviços e fornecimento de bens, além de conseguir adquirir insumos e matéria prima a preços bem inferiores. Mas, seu comentário quer dar a entender que a China poderia vir a ajudar diretamente a Rússia. Salvo um caso de guerra em larga escala, duvido muito. Têm muito a perder. E sabem do seguinte. Mesmo aos trancos e barrancos, os russos… Read more »

Nilton L Junior
Nilton L Junior
10 meses atrás

Munição é munição, não importa de onde venha, vai fazer o mesmo estrago que as munições Russa esta fazendo no pobres ucras, é Z batendo U apanhando e UE pagando a fatura da NATO.

Jagder#44
Jagder#44
Reply to  Nilton L Junior
10 meses atrás

Ou seja, antifa batendo em…. antifas!

José
José
Reply to  Nilton L Junior
10 meses atrás

EDITADO

6 – Mantenha-se o máximo possível no tema da matéria, para o assunto não se desviar para temas totalmente desconectados do foco da discussão;

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Nilton L Junior
10 meses atrás

Bate, bate, nos cívis, pois militarmente, dá dois passos para a frente e 3 para trás. A única coisa que sabem fazer, é lançar mísseis de longo alcance, contra civis e esconder-se em trincheiras, pois bater de frente contra os Ucranianos, perdem sempre, como se viu quando as forças especiais dos dois lados, bateram de frente, deixaram logo de tentar entrar na área metropolitana de Kiev. É quase como os confrontos dos tanques, os mbt’s Ocidentais só são destruídos por helicópteros de ataque, drones ou munições vadias, pois os Russos deixaram de mandar, os seus T-90 para bater de frente… Read more »

Cassini
Cassini
10 meses atrás

Nada de alarmante. Para ambos os lados, a intensidade da guerra superou as expectativas e a demanda superou a capacidade de produção. O Ocidente tem estoques perigosamente te baixos e precisam fabricar muita munição para abastecer os ucranianos; os russos disparam 10 vezes do que o inimigo e não conseguem produzir o suficiente para manterem o ritmo, logo recorrem a estoques de aliados e a outras fontes.

Nada de novo no front.

Rodes
Rodes
10 meses atrás

EUA e Rússia tendo que raspar os estoques de seus antigos aliados da epoca da Guerra Fria.

Dias atrás, os EUA foram atrás de antigos sistemas HAWK desativados em Taiwan.

Acho que isso ainda vai chegar em nós.

Last edited 10 meses atrás by Rodes
Magaren
Magaren
Reply to  Rodes
10 meses atrás

Se quiserem F5 podemos mandar.

Jadson S. Cabral
Jadson S. Cabral
Reply to  Magaren
10 meses atrás

Não estamos mandando nem ambulância… não pode desagradar a Moscou, pq de maneira incrível, o segundo maior produtor agrícola do mundo depende de importação de fertilizantes da Rússia

Underground
Underground
Reply to  Jadson S. Cabral
10 meses atrás

Fake.
O Brasil não depende de fertilizantes da Rússia. Comprava dos russos porque era mais barato.

Rodes
Rodes
Reply to  Jadson S. Cabral
10 meses atrás

Vai chegar e não serão os russos a pedir.

L G1
L G1
10 meses atrás

Que legal a China está enviando munição da Birmânia seu aliado para não diz

L G1
L G1
10 meses atrás

EDITADO

6 – Mantenha-se o máximo possível no tema da matéria, para o assunto não se desviar para temas totalmente desconectados do foco da discussão;

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
10 meses atrás

Se a munição é para matar e ela mata eu acho normal o uso.Se não fizesse estrago nenhum por defeito aí sim.Segue o baile.

Rick
Rick
10 meses atrás

Munição de Myammar. Drones iranianos. Pneus chineses. T-55 e T -64.

Daqui a pouco vamos ver o T-34 combatendo de novo.

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
Reply to  Rick
10 meses atrás

Mas essas armas citadas matam ainda com eficiência e baixo custo.Voce já se imaginou no terreno com a missão de destruir um T34?Precisaria saber de seus pontos fracos para atacar neles.

Vitor
Vitor
10 meses atrás

Urso está sem munição eu vi isso na Globbbbbo.