EUA e OTAN são a maior fonte de risco para a paz e segurança internacionais: porta-voz da defesa da China

94

Beijing, 27 jul (Xinhua) — Os Estados Unidos e a OTAN são a maior fonte de risco e instabilidade para a paz e a segurança internacionais, disse um porta-voz de defesa chinês na quinta-feira.

Tan Kefei, porta-voz do Ministério da Defesa Nacional, fez as observações ao responder a uma consulta da mídia sobre o comunicado da recente Cúpula da OTAN em Vilnius.

Tan disse que, como bloco militar, a OTAN é conhecida por ter o maior arsenal nuclear do mundo e segue uma política de primeiro uso de armas nucleares.

Nos últimos anos, os Estados Unidos continuaram a promover o compartilhamento nuclear, vendendo as chamadas “ameaças à segurança”. Segundo relatos, os Estados Unidos implantaram mais de 100 armas nucleares em alguns países europeus, agravando seriamente o risco de proliferação nuclear global e conflito nuclear.

De acordo com Tan, a China persegue firmemente uma estratégia nuclear de autodefesa e está sempre comprometida com uma política de “não uso inicial” de armas nucleares.

“Instamos a OTAN a tomar medidas práticas para rebaixar o papel das armas nucleares na segurança nacional e nas políticas de segurança coletiva e manter efetivamente a estabilidade estratégica global”, disse Tan.

Subscribe
Notify of
guest

94 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
MARS
MARS
11 meses atrás

Uma raposa querendo roubar o lugar da outra no galinheiro…

AMX
AMX
Reply to  MARS
11 meses atrás

Excelente!

paulof
paulof
11 meses atrás

Cimeira Rússia-África, sem um ok de Pequim, acredito que o Moussa Faki (presidente da Comissão da União Africana) nunca iria tão longe, declarando que:
“Esta guerra deve terminar. E só pode terminar com base na justiça e na razão” e “As interrupções no fornecimento de energia e grãos devem terminar imediatamente. O acordo de grãos deve ser estendido para o benefício de todos os povos do mundo, em particular os africanos.”

Foxtrot
Foxtrot
11 meses atrás

“EUA e OTAN são a maior fonte de risco para a paz e segurança internacionais: porta-voz da defesa da China.”
Está aí uma verdade !

Emmanuel
Emmanuel
11 meses atrás

Não deixa de ter sua razão.

Sem torcidas, só analisar quantos conflitos foram iniciados pelo grupo US/OTAN contra Rússia/China.

Não existe inocente aí, mas colocar tudo na conta de chineses e russos chega ser uma hipocrisia.

Monarquista
Monarquista
Reply to  Emmanuel
11 meses atrás

Quais conflitos a Otan iniciou contra esses países?

Slowz
Slowz
Reply to  Monarquista
11 meses atrás

Quem bombardeou a embaixada da China ?

Carlos
Carlos
Reply to  Slowz
11 meses atrás

Quem bombardeou o consulado chinês em Odesa?

Slowz
Slowz
Reply to  Carlos
11 meses atrás

Ninguém apenas teve alguns danos por estar em um país que está em guerra …

Tanto que a China nem falou nada, morreu algum chinês ?

Já o bombardeio da OTAN contra a embaixada da China …

Monarquista
Monarquista
Reply to  Slowz
11 meses atrás

Um bombardeio errado em uma embaixada em 1999 é tudo o que você tem?

Slowz
Slowz
Reply to  Monarquista
11 meses atrás

Quer colocar no papel em quantas guerras a OTAN/EUA se envolveu desde a 2 guerra mundial ? E comparar com a China ?

Bora ?

Hcosta
Hcosta
Reply to  Monarquista
11 meses atrás

Obviamente que é um exemplo de um conflito iniciado pela OTAN…

Quem não se lembra dessa grande guerra China vs. OTAN nos anos noventa?

WSilva
WSilva
Reply to  Hcosta
11 meses atrás

A declaração é muita clara ”EUA e OTAN são a maior fonte de risco para a paz e segurança internacionais”
Estatisticamente falando o porta-voz de defesa chinês tem razão.

Duvide da honestidade de qualquer um que negar isso.

Hcosta
Hcosta
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Sim e os seus amigos da Coreia do Norte, Irão e etc… Agora tem o grupo Wagner na África, apesar a Rússia sempre ter promovido golpes de estado neste continente e sempre em favor dos ditadores, são exemplos de como estes países promovem a sua versão de “paz”.

Quantos países da OTAN estão a ameaçar invadir outros países?

WSilva
WSilva
Reply to  Hcosta
11 meses atrás

Os EUA e OTAN estão envolvidos em quase todos os conflitos, guerras e golpes de estado desde o fim da segunda guerra mundial.

E quando digo OTAN não digo todos países da Organização, na verdade dentro da OTAN há muitos países decentes, agora os troublemakers são sempre os mesmos e você sabe muito bem quem são.

Isso não quer dizer que China, Russia, Irã etc são santos, mas o que estamos debatendo aqui é a declaração do porta voz de defesa chinês e estatisticamente ele está correto.

Hcosta
Hcosta
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Ponha aí a estatística e veja se nesses conflitos não há dois lados…

Ou veja as notícias e quem apoiou golpes de estado sobre governos eleitos democraticamente no Mali e Níger?

Carlos
Carlos
Reply to  Slowz
11 meses atrás

Mais um a passar o pano. Tecnicamente em termos legais a Rússia bombardeou território chinês, não existe outra interpretação, Se gostas muito de passar o pano, passa pela Ucrânia porque lá existe muito pó e destroços causado pelos bombardeamentos russos para limpar.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Emmanuel
11 meses atrás

Já ouviu falar do conflito na Rodésia ? A guerrilha de esquerda era financiada pela URSS.

Ou ainda a guerra civil na Angola, onde a URSS e Cuba ajudavam um dos lados a tomar o poder e aniquilar o outro, a Unitas ?

É tudo igual e brasileiro fica lambendo saco de americanos, europeus, russos e chineses enquanto entrega sua soberania a quem tiver uma mala de dinheiro.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Diego Tarses Cardoso
11 meses atrás

Era a Guerra Fria. Exemplos não faltam do envolvimento dos dois lados em conflitos em quase todas as regiões do mundo.
O problema é que alguns se esquecem que tem sempre dois lados…

sub urbano
sub urbano
Reply to  Diego Tarses Cardoso
11 meses atrás

Vc sabe q tinha uma apartheid na Rodhesia né? Pior q o sul africano ainda. Se o preto olhasse pra um branco era cana. 2% de brancos ricos oprimiam 98% de negros.

AMX
AMX
Reply to  Diego Tarses Cardoso
11 meses atrás

Rodésia de ontém é o Brasil hoje/amanhã.

Lili
Lili
Reply to  Diego Tarses Cardoso
11 meses atrás

URSS não existe mais. Guerra do século são patrocinadores países da otan, líbia, servia,Afeganistão,Iraque e etc.

Carlos
Carlos
Reply to  Emmanuel
11 meses atrás

Não estás a ser demasiado ideológico? Não estás a deixar-te envolver demasiado pela propaganda? Não conheço nenhum conflito iniciado pela OTAN, que é uma organização de defesa e não de ataque a ninguém, contra a Rússia ou contra a China. Mas revendo alguns pontos, por acaso foi a OTAN que invadiu a Ucrânia? Não foi a Rússia, por acaso foi a OTAN que denunciou o acordo dos cereais? Não, foi a Rússia, mas a Rússia promete cereais grátis a meia de países africanos mas só se o Catar pagar e esses países são Mali, Burkina Faso, RCA, Somália, Eritreia e… Read more »

L G1e
L G1e
Reply to  Carlos
11 meses atrás

Não conheço nenhum conflito iniciado pela OTAN, que é uma organização de defesa e não de ataque a ninguém. Sabe de nada inocente.

Carlos
Carlos
Reply to  L G1e
11 meses atrás

Já que és sabichão, dá um exemplo. Por exemplo a invasão do Afeganistão, mas antes de continuar lê a Carta das Nações Unidas, porque só assim existirá um debate com saber e não com inocência e ignorância, e também me lembro de muitos brasileiros estarem contentes por serem membros extra OTAN, como a Colômbia, mas agora a OTAN é a organização má da fita

L G1e
L G1e
Reply to  Carlos
11 meses atrás

Líbia.

Carlos
Carlos
Reply to  L G1e
11 meses atrás

Estuda, lê e informa-te antes de escreveres disparates. Copia do Google “Frente a escalada da violência no país, a ONU autorizou, através da Resolução 1973, o estabelecimento de uma zona de exclusão aérea sobre a Líbia, marcando o início de uma intervenção armada estrangeira (liderada pela OTAN) para “proteger os civis” e, em última análise, remover Muammar Gaddafi do poder.” Pedi-te que lesses a carta das nações unidas para não cuspires para o alto, e de acordo com a língua portuguesa, não foi a OTAN que invadiu mas liderou a invasão e que não são a mesma coisa

Carlos
Carlos
Reply to  Carlos
11 meses atrás

Em resumo, pela resolução 1973, a intervenção da OTAN é legal em toda a sua extensão, mas tu necessitas rever todo o teu saber, e não deve ser difícil já que o teu saber é diminuto, mas fica uma questão qual a resolução do conselho de segurança da ONU que autoriza a invasão da Ucrânia pela Rússia? Resposta; não existe nenhuma como tal toda a gente deveria condenar esta invasão e punir exigindo a saída dos militares russos de todos os territórios que um dia reconheceu como sendo da Ucrânia. Só na república federativa é que criminoso não tem medo… Read more »

L G1e
L G1e
Reply to  Carlos
11 meses atrás

Quem criou a ONU? Quem manda na ONU? Onde fica a ONU? Quem estimulou e financiou a derrubada do governo eleito democraticamente na Ucrânia em 2014? Sabe nada inocente.

Carlos
Carlos
Reply to  L G1e
11 meses atrás

Para pessoas que não gostam do saber fica aqui dois sites e nos quais também podes baixar o arquivo com a Carta das Nações Unidas , https://brasil.un.org/pt-br/91220-carta-das-na%C3%A7%C3%B5es-unidas e https://www.un.org/en/sections/history-united-nations-charter/1945-san-francisco-conference/index.html, também podes ler quantos e quais foram os 50 países que trabalharam na elaboração da Carta das Nações Unidas, podes também saber qual o nome pelo qual ficou conhecido o Tratado de constituição da ONU, por acaso também sabes quais são os membros permanentes do Conselho de Segurança? E sabes qual é o país que mais bloqueia as resoluções do Conselho de Segurança? Que eu saiba nunca ninguém foi proibido de… Read more »

Last edited 11 meses atrás by Carlos
L G1e
L G1e
Reply to  Carlos
11 meses atrás

Quem criou e financiou a revolta armada na líbia para derrubar Muammar Gaddafi? Que interesses Muammar Gaddafi contrariou para ser retirado do poder? Quem criou e financiou a Primeira árabe contra Egito, Síria, líbia etc?

Carlos
Carlos
Reply to  L G1e
11 meses atrás

Já te respondi a este tem ou se quiseres lê a resolução 1973 do Conselho de Segurança que legitima toda a intervenção na Líbia e mais uma questão, a Primavera árabe começou na Tunísia e alastrou-se a muitos países árabes e de certeza não foi financiada por ninguém do ocidente. Não sou professor de história nem de geoestratégia para estar aqui a debater assuntos com alguém que não tem conhecimentos, nem neurónios para pensar por si sem que traga a propaganda atrás.

Augusto
Augusto
Reply to  Carlos
11 meses atrás

“Não conheço nenhum conflito iniciado pela OTAN” Sim pela própria organização não, mas por alguns de seus estados membros a vários casos nos últimos anos. Em geopolítica não existem mocinhos, mas e fato que os Americanos e seus aliados ocidentais, desestabilizaram diversos países nos anos do pós guerra fria (agora para qual finalidade ai são outros quinhentos). Siria, Libia, Iraque, e até mesmo a Ucrânia são alguns exemplos aonde o bloco ocidental atuou para desestabilizar esses países. Na Guerra Fria, tinha até a desculpa do aspecto ideológico do confronto, mas nos anos 90 em diante, deveria ter sido uma época… Read more »

Carlos
Carlos
Reply to  Augusto
11 meses atrás

“seus estados membros a vários casos nos últimos anos”, o “a” faz parte do verbo haver e escreve-se com “h” “há” por isso em vez de estares a repetir a propaganda russa diz, deves estudar porque o que afirmas são apenas falsidades e em qualquer caso lê a carta das nações unidas e no caso da Líbia a resolução 1973 do conselho de segurança autoriza a intervenção na Líbia tornando deste modo legal toda a açáo da OTAN e os chineses terão alguma vez razão quando houver transparência, imprensa livre e defenderem a propriedade intelectual alheia e não fazerem cópias,… Read more »

Augusto
Augusto
Reply to  Carlos
11 meses atrás

“seus estados membros a vários casos nos últimos anos”, o “a” faz parte do verbo haver e escreve-se com “h” “há”, obrigado professor Pasquale pela aula gratuita. “em vez de estares a repetir a propaganda russa”, de forma alguma, ambos possuem as mãos sujas de sangue de inocentes, prefiro acreditar no que o coronel americano disse na entrevista abaixo: https://www.forte.jor.br/2022/05/29/coronel-richard-black-eua-esta-conduzindo-o-mundo-para-a-guerra-nuclear/ “imprensa livre” se você acha que temos imprensa livre (pelo menos a grande mídia) aqui no Ocidente então você e bastante ingênuo. E claro que o nível de liberdade de imprensa aqui nem se compara com o que acontece na… Read more »

Carlos
Carlos
Reply to  Augusto
11 meses atrás

Quando Walt Disney visitou o Brasil, criou alguns personagens entre os quais o Professor Pardal, e se o Pasquale andou contigo na escolinha eu não sei, não o conheço. Se tiveres algum conhecimento deves lembrar-te do caso Watergate, caso este investigado por dois jornalistas e que levou à queda de um presidente. Dá-me um exemplo destes, desses países paradisíacos que defendes, e se houve algum com coragem para iniciar uma investigação, esse já deve estar a fazer de tijolo algures no mundo. A China nunca interveio em país nenhum, nem sequer invadiu o Vietnã e acabou invadida pelo Vietnã. Nunca… Read more »

Last edited 11 meses atrás by Carlos
Felipe
Felipe
Reply to  Carlos
11 meses atrás

Precisa pesquisar mais. O portavox foi claro em “Otan e EUA”
https://pt.wikipedia.org/wiki/Envolvimento_dos_Estados_Unidos_em_mudan%C3%A7as_de_regime

Carlos
Carlos
Reply to  Felipe
11 meses atrás

Deves ter sido tu que escreveste este artigo na Wikipédia? Nunca deves esquecer-te que ninguém é santo e que há interferências em muitos estados, mas isso não é nenhuma exclusividade dos EUA e atualmente existem três bons exemplos com golpes militares no Mali, Burkina Faso e agora no Níger e em todas surgem bandeiras russas nas manifestações de apoio aos golpes.

Carlos
Carlos
Reply to  Carlos
11 meses atrás

Apenas para lembrar que os EUA entraram em guerra com a Espanha para libertar Cuba e as Filipinas com os quais não podia fazer negócio, Muitas das intervenções aconteceram antes da existência da ONU e depois da criação da ONU claro que existem intervenções com base na guerra fria, mas o ajudar não querer dizer dominar pela força e todo o mundo sabe onde a imprensa não é livre, onde a propaganda impera e onde o domínio pela força também impera e existem alguns pontos neste artigo com os quais não concordo, mas seria maçante estar aqui a contestar.

Antonio Cançado
Reply to  Emmanuel
11 meses atrás

Hipocrisia é achar que chineses e russos não são piores que EUA e OTAN…

Magaren
Magaren
Reply to  Emmanuel
11 meses atrás

Maldita Otan que invadiu a Ucrania!

Carvalho
Carvalho
11 meses atrás

A OTAN não é mais defensora do Atlantico Norte apenas….
Os arranjos para se tornar uma defesa dos regimes (e valores – sejam estes quais forem) do Ocidente, já vão muito adiantados.
Sobe no bonde quem quer….e principalmente…que se enquadra.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Carvalho
11 meses atrás

Rapaz, olha que eu prefiro ver o Brasil na Otan que subalterno chinês. Nunca vi um país da Otan escravizar seu povo, já a turma do pacto de Varsóvia.

Heinz
Heinz
Reply to  Diego Tarses Cardoso
11 meses atrás

Yugures ? Tibetanos? Estudar é sempre bom.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Heinz
11 meses atrás

Toda a gente sabe que o Tibete é na Antártida…

E a China e os Russos são os grandes libertadores desses regimes principalmente na Coreia do Norte, Irão, Síria, Myanmar, o bloco de Leste, etc. E sem falar na própria população…

Realista
Realista
Reply to  Heinz
11 meses atrás

Uigures mamadeira de p1r…. das relações internacionais.

Tibet saiu do controle da China durante o século das humilhação e viviam em uma teocracia escravista tanto que Dalai Lama é odiado lá .

Só um pequeno resumo .

WSilva
WSilva
Reply to  Realista
11 meses atrás

Dalai Lamas são uma especie de João de Deus 100 vezes mais degenerados.

Augusto
Augusto
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Sim, concordo e olha que até gostava dele, velho nojento que de iluminado não tem nada.

L G1e
L G1e
Reply to  Diego Tarses Cardoso
11 meses atrás

Eu prefiro que o Brasil não seja subalterno da China e de ninguém. E que não esteja na OTAN. 21#5#15

Waldir
Waldir
11 meses atrás

Acho as ditaduras hipócritas demais. Sei que os americanos não são anjos mas quem sempre ameaça ou ameaçou a paz mundial ao longo da história sempre foram as ditaduras na história. Assim como hoje. China, KN, Rússia, Nazis, Stálin, Mussolini, Iran, etc.. alguns são ditadores puros, outras ditadores disfarçados, mas em todos não existe alternância de poder, mídia livre e liberdade.

Werner
Werner
Reply to  Waldir
11 meses atrás

Mas os EUA tb patrocinaram muitas ditaduras ou carinhosamente algumas teocracias que lhes obedeçam.
No fundo americanos,chineses,europeus e russos lutam para não perderem o poder sobre os outros países.

Manus Ferrum
Manus Ferrum
Reply to  Waldir
11 meses atrás

Pelo visto nunca ouviu falar da Operação Gladio.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
11 meses atrás

Esse é o problema dos sulamericanos e africanos: Se acharem primitivos em relação aos outros.

Silveira
Silveira
Reply to  Diego Tarses Cardoso
11 meses atrás

Concordo, não são primitivos, são corruptos.

Antonio Cançado
Reply to  Diego Tarses Cardoso
11 meses atrás

Mas são, amigo, infelizmente.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Diego Tarses Cardoso
11 meses atrás

“Excepcionalismo: Excepcionalismo é a percepção ou crença de que uma espécie, país, sociedade, instituição, movimento, indivíduo ou período de tempo é “excepcional” (ou seja, incomum ou extraordinário) e portanto, está fora das normas, princípios, direitos ou obrigações consideradas “normais”. O termo carrega a implicação, especificada ou não, de que o referente é superior de alguma forma. Embora a ideia pareça ter se desenvolvido em relação a uma época, hoje é aplicada particularmente em relação a nações ou regiões específicas. Reivindicações de excepcionalidade foram feitas por muitos países, incluindo Estados Unidos, Austrália, França, Alemanha, Grécia, Índia, Paquistão, Japão Imperial, Irã, Israel,… Read more »

Luis H
Luis H
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

ninguém falou em excepcionalismo. analfabetismo funcional não requer refutação de mal entendidos, ainda assim para esclarecer a terceiros, o terópode comentou apenas o óbvio, pessoas e povos são diferentes, ninguém é perfeito mas tem alguns q são escória da humanidade por questões éticas como o pcc e seu papagaio engana-trouxas, e outros não.

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Diego Tarses Cardoso
11 meses atrás

Os europeus que ainda não abandonaram a idéia de serem seres superiores.
Primitivo é o sujeito que denigre o próprio país.

Bueno
Bueno
Reply to  Comte. Nogueira
11 meses atrás

Os seres Iluminados superiores da Europa Lançaram só no Sex XVIX o mundo em 2 Guerras mundiais, dividiram países para roubá-los … isto sem contar as guerras anteriores, cada um querendo ser superior ao outro para mandar na Europa e no Mundo.  França, Alemanha e Inglaterra sempre Bucaram impor suas regras e expandir suas fronteiras….
Assim é mundo, os mais fortes impõem suas regras

AMX
AMX
Reply to  Bueno
11 meses atrás

“Os seres Iluminados superiores da Europa…”
Que papinho mais gasto…

Augusto
Augusto
Reply to  Bueno
11 meses atrás

“só no Sex XVIX o mundo em 2 Guerras mundiais”

seculoXVIX? E isso mesmo????

Bueno
Bueno
Reply to  Augusto
11 meses atrás

XIX

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
11 meses atrás

Negócios com a China ok, sermos escravizados não. Somos grandes demais para sermos meros serviçais.

Augusto
Augusto
Reply to  Diego Tarses Cardoso
11 meses atrás

Grandes ou não, podemos até não ser escravos de nenhuma potencia, mas serviçal ai o buraco ai e mais embaixo, e a única e exclusiva culpa somo nos mesmos.

Dagor Dagorath
Dagor Dagorath
11 meses atrás

Vou mais além, e digo que EUA/OTAN, Rússia, China, Paquistão, Irã, Coreia do Norte e Israel são as maiores fontes de risco para a paz internacional…

Enquanto isso, o resto do mundo (incluíndo o Brasil) são chacoalhados para lá e para cá nessa luta dos rochedos com os mares.

Antonio Cançado
11 meses atrás

Pois é, os EUA e a OTAN dizem exatamente a mesma coisa da China e da Rússia…rsrsrsrs

Andromeda1016
Andromeda1016
11 meses atrás

Neste momento sem dúvida. A China tem tanto potencial para o mesmo mal quanto a Otan e a gringada, mas quem está de fato agindo para espalhar insegurança e risco para a paz mundial agora é a Otan. Com a economia baseada na geração de dívida e tento ultrapassado o limite de endividamento, precisam encontrar novos mercados para onde possam estender suas dívidas e continuar a sustentar sua prosperidade.

Francisco Vieira
Francisco Vieira
11 meses atrás

Cada um que venda o seu peixe!

Maurício.
Maurício.
11 meses atrás

O sujo falando do mal lavado, nada de novo. Já quanto ao “promover o compartilhamento nuclear”, ué, vocês seguem os passos dos americanos, que façam o mesmo, simples assim, ampliem suas bases ao redor do mundo e levem suas nukes junto, o resto é mimimi e blá blá blá.

Slowz
Slowz
11 meses atrás

Até agora não vi a China fazendo uma aliança militar pra cercar os EUA .. e também não vejo os chineses com navio militar/PA no golfo do México .

Muito menos colocando armas nucleares na fronteira com os EUA .

Last edited 11 meses atrás by Slowz
KKce
KKce
Reply to  Slowz
11 meses atrás

Não faz pq n tem com quem fazer haha

Realista
Realista
Reply to  KKce
11 meses atrás

Venezuela e Cuba é logo ali.

Realista
Realista
Reply to  Slowz
11 meses atrás

Na verdade os EUA estão roubando petróleo na Síria

Carlos
Carlos
11 meses atrás

“OTAN é conhecida por ter o maior arsenal nuclear do mundo” como é que se pode fazer esta afirmação pois sabe-se o número de ogivas nucleares que tem os EUA, o UK, a França e a Rússia, mas ninguém sabe o número de ogivas que tem Israel, Paquistão, India, Coreia do Norte, Irã e China? A China é tudo menos transparente. Todo o mundo fala dos investimentos chineses em África, mas estes correspondem apenas a 1% dos investimentos chineses, o que existe é muito crédito ou seja dinheiro a China empresta dinheiro a todo o mundo mesmo que estes não… Read more »

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Carlos
11 meses atrás

Com certeza menos ogivas que os americanos, que tem o segundo maior arsenal nuclear. Somadas o Reino Unido e a França, certamente passam a Rússia, que ainda tem o maior número de ogivas nucleares. Então, sim, a afirmação do porta-voz chinês está correta. A OTAN tem de fato o maior número de ogivas. Israel, Paquistão, Índia e Coreia do Norte, somados devem dar algo equivalente ao RU+França.

Carlos
Carlos
Reply to  Filipe Prestes
11 meses atrás

Se não se sabe quantas ogivas nucleares esses países têm, está a fazer contas do faz de conta que está tudo certo, e pode-se fazer outro calculo, a Rússia e a China podem ter mais ogivas do que o resto do mundo, já Trump exigia que fosse feito uma inspeção aos arsenais chineses para se saber quantas ogivas existem na China, mas a China nunca permitiu porque com os acordos START sabe-se quantas ogivas existem nos EUA, França, UK e Rússia mas de outros países ninguém sabe.

Heinz
Heinz
11 meses atrás

Falou o porta voz do país que constrói ilhas e entope de material militar nas ZEE de outros países.

Last edited 11 meses atrás by Heinz
Realista
Realista
Reply to  Heinz
11 meses atrás

Certo é invadir e roubar petróleo de outros países.

Heinz
Heinz
Reply to  Realista
11 meses atrás

Um fato não muda ou justifica o outro.🤷

Francisco Vieira
Francisco Vieira
11 meses atrás

Fará alguma diferença quando o alcance de 500km estiver liberado pelo Tio Sam.

Last edited 11 meses atrás by Francisco Vieira
Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
11 meses atrás

Para o mundo ter alguma paz, é preciso haver um equilíbrio de poder.
Um sistema de freios e contrapesos.
A consequência nefasta para os demais coadjuvantes é se submeter aos desígnios desta “esfera de influência” que tende a ser muito polarizada.
Ao se alinhar com uma, automaticamente se exclui da outra…

L G1
L G1
11 meses atrás

Tudo indica que os EUA, Europa, Japão, Austrália e outros aliados vão entrar em guerra contra a China logo logo. Ou no mínimo vão aplicar as sanções que foram aplicadas contra a Rússia, e tirar a China do sistema econômico mundial.A cada dia está esquentando mais e a china está tentando ganhar tempo, mas já está se preparando. Hoje 70% dos grãos em estoque no mundo estão na China.Vamos aguardar. 25#5#15

WSilva
WSilva
Reply to  L G1
11 meses atrás

A China representa 18% do pib global, a Russia 3.2%.

Essa ideia de guerra é ótima para vender livros(ruins), ganhar views, ficar famoso na web etc, na pratica está bem longe de acontecer, pelo menos entre potências nucleares.

L G1
L G1
Reply to  WSilva
11 meses atrás

EDITADO

6 – Mantenha-se o máximo possível no tema da matéria, para o assunto não se desviar para temas totalmente desconectados do foco da discussão;

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Hcosta
Hcosta
11 meses atrás

O senhor sabe qual é o maior país do Mundo?

Sobre o maior país do mundo estes dois são completamente diferentes…

marku
marku
11 meses atrás

e ta errado ??????

Gabriel BR
Gabriel BR
11 meses atrás

Eu falo isso já tem década

Heinz
Heinz
11 meses atrás

Qual a fonte?

Machado
Machado
11 meses atrás

O mundo nunca terá paz enquanto EUA e OTAN não serem destruídos

koppa
koppa
11 meses atrás

A mensagem por trás dessa declaração me parece diferentes da que foi interpretada por alguns. Ele se referia especificamente ao arsenal nuclear dos EUA e da OTAN. A China possui abertamente uma política de segundo uso, isso é, as armas nucleares só seriam lançadas após a China ser atacada com armas nucleares. Os EUA, assim como a Rússia, não possuem abertamente essa política. Além disso, 5 países da OTAN (Bélgica, Itália, Holanda, Alemanha e Turquia) abrigam bombas nucleares B61, sob comando de tropas americanas. O foco aqui parece ser não em guerras convencionais, mas sim a estabilidade e segurança nuclear.… Read more »

Nonato
Nonato
11 meses atrás

Cinismo típico do comunismo.
Na verdade, a China é a maior ameaça para a paz mundial.
A começar pelos vizinhos cujos territórios querem tomar.
Se não fossem os Estados Unidos, hoje o mundo todo falaria alemão ou russo.
Por causa do “imperialismo” americano a China cresceu.
Cresceram também Alemanha e Japão, inimigos dos Estados Unidos em 1945.
A China quer dominar o mundo.
Durante a Guerra da Coreia, o General Mcarthur propôs soltar uma bomba atômica na China.
O presidente americano não aceitou…

Augusto
Augusto
Reply to  Nonato
11 meses atrás

“Durante a Guerra da Coreia, o General Mcarthur propôs soltar uma bomba atômica na China.”

Uma não, pelas continhas de padaria dele deveriam ser umas 60, os alvos seriam portos e grandes centros populacionais, o louco queria começar a terceira guerra mundial por não conseguir empurrar os chineses e seus 300mil homens de volta para a outra margem do Yalu.

L G1e
L G1e
Reply to  Nonato
11 meses atrás

Só uma. O objetivo era destruir as maiores cidades da China. O maluco se tivesse apoio iria matar milhões de pessoas. E não resolveria nada pois 90% da população da China morava na zona rural. E a guerra iria continuar. E como hoje atacar o afeganistao com bombas atômicas. Misericórdia.21#5#15

Augusto
Augusto
Reply to  L G1e
11 meses atrás

Exatamente, não ia mudar nada e ainda de quebra iria obrigar a URSS entrar no conflito, tornando um guerra regional em uma guerra mundial.