Os EUA estão engajados no que chamam de “competição estratégica” com a China, uma campanha a todo vapor para impedir que a segunda maior economia do mundo ganhe uma vantagem em tecnologia de ponta que pode ameaçar empregos e segurança nacional. Por um lado, o presidente Joe Biden está usando subsídios maciços para apoiar as indústrias domésticas vistas como impulsionadoras do crescimento e da inovação. Enquanto isso, seu governo está trabalhando para atrapalhar os esforços da China com restrições comerciais, listas negras e restrições ao investimento. Em resposta, o presidente chinês Xi Jinping está voltando à tradição do país de planejamento central, reunindo empresas privadas e trilhões de dólares em dinheiro público para impulsionar a pesquisa e o desenvolvimento. Para Xi, que enfatizou a segurança nacional mais do que qualquer um de seus predecessores, tornar-se autossuficiente em tecnologia crítica é imperativo para combater o que ele vê como “contenção” à medida que as tensões com os EUA aumentam.

1. O que os EUA fizeram?

A administração Biden buscou uma estratégia industrial destinada a aumentar a capacidade de fabricação em casa e diversificar as cadeias de suprimentos em áreas como energia limpa, veículos elétricos, semicondutores e computação de alto desempenho. Ao mesmo tempo, tem limitado não apenas os chips avançados, mas também os equipamentos de fabricação de chips e software de design que podem ser exportados para a China. Também está tentando cortar o financiamento: uma ordem executiva assinada em agosto impõe limites aos investimentos dos EUA em algumas empresas chinesas de semicondutores, computação quântica e inteligência artificial. Os EUA recrutaram países aliados para que fornecedores como a ASML Holding NV na Holanda e a japonesa Nikon Corp. ingressem em seus controles de exportação. O conselheiro de segurança nacional dos EUA, Jake Sullivan, disse que os EUA e seus aliados querem manter “a maior vantagem possível” para garantir que “a tecnologia que poderia inclinar o equilíbrio militar … não seja usada contra nós”.

2. Qual é a posição da China tecnologicamente?

A China tem evoluído rapidamente de imitadora para inovadora em indústrias avançadas, de supercomputadores a EVs e smartphones, ameaçando a participação no mercado dos EUA e também a segurança nacional, de acordo com um relatório deste ano da Fundação de Tecnologia da Informação e Inovação, um think tank sediado em Washington. Ela também domina o processamento global dos minerais críticos vitais para coisas como painéis solares e baterias de lítio. A China concluiu sua própria estação espacial no ano passado e planeja construir uma base lunar. A Agência de Inteligência de Defesa dos EUA disse em março que a China estava na liderança no desenvolvimento de armas hipersônicas, que podem voar rápido e baixo e carregar ogivas nucleares. Mas sua aspiração de se tornar um verdadeiro rival tecnológico dos EUA enfrenta grandes desafios. A principal delas: o país não tem controle sobre o fornecimento dos sofisticados semicondutores que são o cérebro da eletrônica moderna. Em 2021, as empresas chinesas gastaram mais de US$ 400 bilhões comprando chips baseados em tecnologia ocidental – mais do que o país gastou em petróleo. Construir capacidade de produção nacional de chips avançados é extremamente difícil, não apenas pelo custo, mas também pela velocidade com que a tecnologia evolui.

3. O que a China fez?

Este ano, o Partido Comunista pressionou o capital privado a colaborar em iniciativas governamentais destinadas a abordar áreas de fraqueza, como robótica, computação quântica e chips, em vez de serviços de internet “mais suaves”. Criou uma comissão central de tecnologia para melhorar a supervisão e deu ao Ministério da Ciência e Tecnologia poderes ampliados para ajudar a impulsionar a inovação fundamental. O partido também estabeleceu uma agência nacional para policiar e desenvolver dados como um recurso estratégico. Todas essas políticas alimentam o que é chamado de estratégia de “nação inteira”. Em março, o então primeiro-ministro Li Keqiang descreveu isso como um incentivo ao capital privado para colaborar com as principais iniciativas do governo destinadas a abordar áreas de fraqueza. Por exemplo, cidades e empresas estatais de telecomunicações concederam contratos no valor estimado de US$ 1,4 trilhão a empresas privadas como Huawei Technologies Co. e Hangzhou Hikvision Digital Technology em 2020 para estabelecer redes sem fio de quinta geração (5G), instalar câmeras e sensores e desenvolver software de IA. O objetivo era sustentar a direção autônoma, fábricas automatizadas – e vigilância em massa. A China também tem vários programas que coletivamente estão desembolsando trilhões de dólares:

4. Como vai?

Até agora, os pesados investimentos do governo chinês deram poucos frutos, com campeões estatais como Huawei, Semiconductor Manufacturing International Corp. e Yangtze Memory Technologies Co. Uma enxurrada de investigações anticorrupção no ano passado que teve como alvo pessoas ligadas ao veículo de investimento secreto do estado, conhecido como Big Fund, foi vista como reflexo da frustração oficial. Este ano, a China estaria procurando maneiras alternativas de impulsionar a indústria, como reduzir o custo dos materiais. Não está claro, porém, se Pequim está pronta para abandonar totalmente a abordagem de investimento pesado que funcionou tão bem para impulsionar seu setor manufatureiro nas últimas décadas. A Yangtze, por exemplo, garantiu US$ 1,9 bilhão em capital estatal para ajudá-la a expandir sua capacidade, embora para fabricar chips de memória menos avançados.

5. Qual é a perspectiva?

Os sinais foram decididamente confusos, como geralmente são no sistema opaco da China: o recém-nomeado primeiro-ministro Li Qiang expressou seu “apoio inabalável” ao setor privado, e o banco central anunciou que estava explorando maneiras de apoiar empresas de tecnologia – logo após a China exercer mais esforços controle sobre o Alibaba, assumindo a chamada “parte de ouro” em sua unidade de negócios de mídia. Enquanto isso, a produção chinesa de eletrônicos essenciais caiu no primeiro trimestre de 2023, uma situação que deve piorar com as restrições do governo Biden aos chips de ponta. Em abril, Xi novamente exortou as empresas a quebrar barreiras tecnológicas, dizendo que a inovação era a chave para alcançar a “autossuficiência tecnológica de alto nível”. Esse discurso veio logo depois que a China abriu uma nova frente na batalha ao anunciar uma revisão de segurança cibernética das importações da maior fabricante americana de chips de memória, a Micron Technology Inc. Em maio, a agência disse que os produtos têm riscos de segurança e decidiu bani-los de infra-estrutura – em sua primeira retaliação significativa para os controles de exportação dos EUA.

FONTE: Bloomberg, via Washington Post

Subscribe
Notify of
guest

66 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Joanderson
Joanderson
11 meses atrás

Para mim a Rússia tinha qui ter feito como os chineses, antes de peitar o Ocidente militarmente ter diversificado sua economia investido em inovações tecnológicas, como um pais pode ser uma potência Militar nuclear e aeroespacial mas não ter um carro de marca russa, não se ver uma indústria de automóveis ou de bens de consumo como eletrodomésticos de marca russa espalhadas pelo mundo.
Porém o Putin tem la seus motivos para peitar o Ocidente exageradamente dessa forma.

Magaren
Magaren
Reply to  Joanderson
11 meses atrás

E agora vão voltar 30 anos no tempo com esse isolamento do ocidente.

aloems
aloems
Reply to  Magaren
11 meses atrás

Acho que não, afinal a China é hoje um grande polo tecnológico

Ramon
Ramon
11 meses atrás

As medidas adotadas pelos EUA contra a China ao meu ver vão surtir efeitos somente no médio e curto prazo, lidar com os chineses é mais difícil do que lidar com os russos, enquanto os russos está gastando seus recursos naquele moedor de carne chamado Ucrânia a China investe em pesquisa e na economia e cada vez mais se torna uma forte candidata como uma potência permanente. Porém no campo das forças armadas eu pessoalmente creio que uma invasão chinesa a Taiwan uma hora ou outra deva acontecer, porém a China aparentemente é mais paciente do que os russos, primeiro… Read more »

Carlos
Carlos
11 meses atrás

A TSMC controla em mais de 70% do mercado mundial de semicondutores e como a empresa é Taiwanesa, a China quer controlar Taiwan e os EUA se opõem porque não querem que a China controle o mercado de semicondutores. Quem saiu vitorioso foi a Alemanha que está a ver ser construída a primeira Usina da TSMC fora de Taiwan na cidade alemã de Dresden. A China perdeu esta guerra pela atitude que teve na Praça Financeira que é Hong Kong, e nas atitudes que teve com alguns milionários chineses, entre eles Jack Ma e em sociedades onde é proibido questionamentos,… Read more »

WSilva
WSilva
Reply to  Carlos
11 meses atrás

De onde que vocês tiram essa ideia maluca de que a China quer Taiwan por causa dos chips e da TSMC?

Líderes como Sun Yat Sen, Chiang Kai Shek e Mao Ze Dong já falavam sobre a unificação da China e Taiwan há quase um século atrás quando TSCM nem sonhava em existir.

Menos videozinho de Youtube e mais livros, por favor.

Carlos
Carlos
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Em que ano Chiang Kai-Shek transferiu a sede da República da China para Taiwan? Á quanto tempo o Kuomintang deixou de ser poder em Taiwan? Deduzo que saibas o que é o Kuomintang? Desde quando os naturais de Taiwan se designam por taiwaneses e não por chineses? Quem é a presidente de Taiwan que defende a completa independência da China. Resumindo; depois de tantos anos agora surge a urgência em dominar Taiwan, por alguma coisa será, além da forte determinação dos EUA em defender Taiwan de qualquer invasão chinesa, e também sabes que a TSMC controla mais de 70% do… Read more »

WSilva
WSilva
Reply to  Carlos
11 meses atrás

‘Em que ano Chiang Kai-Shek transferiu a sede da República da China para Taiwan?” Em 1949 após perder a guerra civil chinesa. Desde 1971 a República da China não representa mais a China e o povo chinês. Para a ONU só existe uma China e é aquela com capital em Pequim sendo Taiwan parte do território chinês. ”Á quanto tempo o Kuomintang deixou de ser poder em Taiwan?” Nunca. O KMT hoje controle 13 de 22 cidades e municipios em Taiwan. O governador da capital Taipei é do KMT eleito com 43% dos votos contra 31% de seu rival do… Read more »

Carlos
Carlos
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Grande argumento, parabéns, então concordas que o Brasil deveria continuar a ser uma colónia portuguesa, tal como aconteceu nos primeiros trezentos anos do Brasil, mais nenhum povo tem direito à sua autodeterminação e ditar o seu próprio futuro. O último país que aderiu à ONU foi o Sudão do Sul que pelo teu argumento não poderia pertencer à ONU porque era território do Sudão. Felizmente Taiwan é um território livre de autocracias como tal podes ver partidos do poder e da oposição a ocuparem setores da administração pública, mas a Presidente Tsai Ing Wen foi a primeira mulher a ser… Read more »

Carlos
Carlos
Reply to  Carlos
11 meses atrás

Adicional ao comentário: Fatos sobre a China, quando a China entrou na OMC todo o mundo pensava que iria ser inundada com produtos americanos, mas o que se observou foi uma transferência da produção mundial para as usinas na China e que levou a que a China exportasse para os EUA, cinco vezes mais do que importava dos EUA e com a pandemia viu-se que o mundo estava muito dependente das usinas chinesas. A crise diplomática e politica entre os EUA e a China leva a que muitas empresas saiam da China, porque produziam na China mas exportavam para o… Read more »

WSilva
WSilva
Reply to  Carlos
11 meses atrás

”Grande argumento, parabéns, então concordas que o Brasil deveria continuar a ser uma colónia portuguesa” Você parece ter esquecido que Brasil e Portugal foram a guerra pelo território brasileiro, o Brasil venceu e mais tarde Portugal abriu mão do território brasileiro, o tratado da Paz foi assinado onde Portugal reconhece a independencia do Brasil. Nada disso aconteceu com Taiwan, a China e o povo chinês do continente e também os chineses da ilha nunca abriram mão do território total da China que inclui China continental + Taiwan e um acordo da China reconhecendo a independencia de Taiwan(que nunca foi declarada)… Read more »

Carlos
Carlos
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Dualidade de critérios, seletividade dos temas, pensamento lógico inexistente, pensamento válido para um e inválido para outro e falta de coerência A referência ao Brasil foi uma provocação, mas estiveste bem, mas nem uma só referência tua sobre o Sudão do Sul.  Tsai Ing Wen foi eleita com a maioria dos votos, pintes como quiseres a política de Taiwan, o que quer dizer que a maioria da população não se sente chinesa e foi a população mais jovem que votou na presidente taiwanesa e não os velhos caducos que ainda sonham na República da China. A população originária do Brasil… Read more »

Alexsandro
Alexsandro
Reply to  Carlos
11 meses atrás

Você sabia que Taiwan era ditadura até outro dia, né ?

Carlos
Carlos
Reply to  Alexsandro
11 meses atrás

Tsai Ing Wen foi eleita com a maioria dos votos, se isso é ditadura que todas as ditadura no mundo sejam como a taiwanesa

AMX
AMX
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Defender a independência de Taiwan não é o maior absurdo que a presidente de Taiwan defende…”

“Absurdo”? O certo então é se deixar invadir pela China comunista, somente porque têm a mesma etnia?
Por essa lógica torta, então, Hitler estava certo em querer tomar as regiões e países da Europa em que houvesse presença étnica germânica.

Gente assim depois chama os outros de “fascistas”…

WSilva
WSilva
Reply to  AMX
11 meses atrás

“Absurdo”? O certo então é se deixar invadir pela China comunista, somente porque têm a mesma etnia?” A China não defende a invasão de Taiwan pois não se invade aquilo que é seu. O objetivo da China sempre foi unificação pacifica, o uso da força militar é reservado apenas para casos extremos. ”Por essa lógica torta, então, Hitler estava certo em querer tomar as regiões e países da Europa em que houvesse presença étnica germânica.” Comparação grotesca, primeiro porque Taiwan é território chinês reconhecido pela ONU e segundo porque tanto os governos da RPC e ROC consideram ”China” a parte… Read more »

AMX
AMX
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Grotesca é sua tentativa de parecer ingênuo.
Taiwan não é da China.
E sim, ameaça invadir.
Só não vê quem não quer.
Ingenuidade intencional tem outro nome, mas vou me abster de mencionar por conta das regras.
Abç

Humberto
Humberto
Reply to  Carlos
11 meses atrás

Acontece que Taiwan sempre foi uma ilha Chinesa na costa da China, assim como Fernando de Noronha é uma ilha Brasileira na costa do Br. Quem mora lá são Chineses, a língua e a cultura são chinesa e eles foram para a ilha como oposição exilada após a revolução comunista na China. O que a América do outro lado do mundo tem haver com isso…

Carlos
Carlos
Reply to  Humberto
11 meses atrás

Os habitantes originários de Taiwan são aborígenes taiwaneses que não são etnicamente chineses. Além de línguas regionais existe uma forma de falar mandarim próprio de Taiwan assim como no Brasil se fala um português de modo diferente de Portugal e nem o Brasil, nem Portugal perdem a própria identidade assim como Portugal nunca reclamou a soberania de Fernando de Noronha já que este era português, cristão novo (judeu) nascido em Lisboa, como tal arranja outro argumento. O arquipélago das Ilhas Paracel fica mais próximo do Vietnã do que da China, tal como as ilhas Spratly fica a menos de 200km… Read more »

WSilva
WSilva
Reply to  Carlos
11 meses atrás

”Os habitantes originários de Taiwan são aborígenes taiwaneses que não são etnicamente chineses. ” ”Taiwan” é um nome de origem chinesa, os aborígenes não são chineses logo não podem ser chamados de taiwaneses, os aborígenes representam apenas 2% da população de Taiwan enquanto o restando é chinês. Taiwanês é um termo usado(de forma errada) para dirigir-se a todos aqueles que vivem na ilha tanto chineses quanto aborígenes. ”Além de línguas regionais existe uma forma de falar mandarim próprio de Taiwan assim como no Brasil se fala um português de modo diferente de Portugal” Existem dialetos regionais que também são chineses… Read more »

AMX
AMX
Reply to  Carlos
11 meses atrás

Não esqueça que por muito tempo, mesmo antes da IIGM, Taiwan foi ocupada pelo Japão, introduzindo lá modificações na língua e costumes que perduram até hj.

WSilva
WSilva
Reply to  AMX
11 meses atrás

O idioma oficial é chinês mandarim e a cultura é chinesa.

AMX
AMX
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Desculpa usada por Hitler p/ invadir Áustria e outros lugares.

Mais uma e já pode pedir a música no fan(t)á(s)tico.

WSilva
WSilva
Reply to  AMX
11 meses atrás

Não se invade aquilo que é seu. Taiwan é território chinês reconhecido pela ONU.

Se vocês querem debater algo de forma séria é melhor abandonar esse ódio morbido pela China só porque é governada pelo PCCh e começar a utilizar argumentos racionais pois essas narrativas ideologicas e mentirosas só vão enganar ignorantes que não sabem nem beabá sobre a história China.

AMX
AMX
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Se fosse da China comunista, não iam querer se separar.
Ódio mórbido? Isso é o que vc sente pela liberdade de escolha.
Ademais, se for assim, então é a China comunista que pertence à Taiwan, afinal, os comunistas lá é que tomaram o poder, ou não?
“Se vcs querem debater de forma séria…”.
Ah, então, além de desprovido de paixões, só debate sério quem pensa como vc, certo?

Heil!

WSilva
WSilva
Reply to  AMX
11 meses atrás

”Se fosse da China comunista, não iam querer se separar.” O movimento separatista em Taiwan é recente propagado pelo partido progressista que hoje governa a ilha e amplificado pela máquina de propaganda norte americana. O partido KMT que fundou a ROC(hoje Taiwan) não pensa em separarismo, pelo contrario, pensa numa unificação assim como o PCCh só que com eles no governo central. ”Isso é o que vc sente pela liberdade de escolha.” Você tem liberdade total de caçar argumentos para defender que Taiwan não é território chinês apenas satisfazer seus desejos ideologicos mas não queira estar com a razão pois… Read more »

AMX
AMX
Reply to  WSilva
11 meses atrás

“o movimento separatista de Taiwan é recente…” O quê??? E você se acha “sério”?
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!…

Boa sorte, você vai precisar.

WSilva
WSilva
Reply to  AMX
11 meses atrás

”O quê??? E você se acha “sério”?”

Sim. O movimento separatista de Taiwan é recente.

A agenda da ilha sob o governo KMT sempre foi de unificação da China com a ilha mas com eles no comando central.

AMX
AMX
Reply to  WSilva
11 meses atrás

De novo: você tem cognição zero!!

Qualquer um sabe que desde 1949 Taiwan busca fugir do domínio comunista. Mas, claro: é que vc “não sabia” disso…

WSilva
WSilva
Reply to  AMX
11 meses atrás

”Qualquer um sabe que desde 1949 Taiwan busca fugir do domínio comunista.”

Errado. Desde 1949 Taiwan busca a reunificação com a China mas com eles(KMT) no governo central e não o PCCh.

Seu conhecimento sobre China é de fato rudimentar, nem mesmo coisas básicas você sabe.

AMX
AMX
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Não precisa ter “conhecimento sobre a China” pra saber o óbvio.
Aliás, você mesmo mostra isso nos seus comentários, defendendo o indefensável.

Se Taiwan fugir do comunismo não for básico, vc ainda está na idade da pedra.

WSilva
WSilva
Reply to  AMX
11 meses atrás

”Se Taiwan fugir do comunismo não for básico, vc ainda está na idade da pedra.”

Fugiram porque perderam a guerra civil no continente. Existe uma disputa ideologica entre PCCh, KMT e agora com o DPP.

PCCh e KMT defendem uma só China que inclui China continental e Taiwan(e mais alguns territórios), DPP defende Taiwan como novo país e novo povo.

Se você ainda não entendeu isso em pleno 2023 é porque você não tem mais futuro.

AMX
AMX
Reply to  WSilva
11 meses atrás

“fugiram porque perderam a guerra civil no continente”
Jura??????

Você é que é hipócrita ao fingir não entender que há chineses que não querem o comunismo, simples assim.
Futuro é o que o povo de Taiwan quer: livre do comunismo.

WSilva
WSilva
Reply to  AMX
11 meses atrás

EDITADO:
AMX E WSILVA, A DISCUSSÃO ENTRE VOCÊS DOIS JÁ ESTÁ DURANDO VÁRIOS DIAS E AGRESSÕES CHEGANDO.
QUE TAL VOCÊS TROCAREM E-MAIL E CONTINUAREM O PAPO EM PVT?

AMX
AMX
Reply to  WSilva
11 meses atrás

EDITADO:
AMX E WSILVA, A DISCUSSÃO ENTRE VOCÊS DOIS JÁ ESTÁ DURANDO VÁRIOS DIAS E AGRESSÕES CHEGANDO.
QUE TAL VOCÊS TROCAREM E-MAIL E CONTINUAREM O PAPO EM PVT?

AMX
AMX
Reply to  AMX
11 meses atrás

Pensei que o blog era pra discussão sobre o tema.

AVISO DOS EDITORES: OS DOIS FORAM ADVERTIDOS. RELEIAM A DISCUSSÃO DE VOCÊS QUE DESVIOU PARA UMA BRIGA PEDSOAL E REFLITAM.

LEIAM AS REGRAS DO BLOG:

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Carlos
Carlos
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Falando de forma séria o território que hoje faz parte do Sudão do Sul, foi durante desde sempre território do Sudão e reconhecido pela ONU, Sudão do Sul foi apenas o último país a ser reconhecido pela ONU e como tal não se pode ignorar a realidade e a vontade dos povos usando narrativas ideológicas e mentirosas que só enganam ignorantes que pensam que a Ásia é a China

WSilva
WSilva
Reply to  Carlos
11 meses atrás

A ONU reconhece apenas a RPC como verdadeira China e Taiwan é território chinês.

A vontade dos povos nunca foi respeitada pois se fosse você nem estaria aqui pois essas terras eram dos índios invadidas por europeus.

AMX
AMX
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Nossa….
Primeiro ele defende que os europeus vieram ao Brasil “invadir” e, por isso, estão errados.
Depois, diz que Taiwan está errada porque quer “ser um país no grito” e não quer ser comunista.
Você é um perigo à sociedade, tá louco.

Carlos
Carlos
Reply to  AMX
11 meses atrás

Parabéns pela recordação da IIGG, Hitler invadiu e anexou a Áustria porque na Áustria se fala alemão, anexou os sudetas na República Tcheca porque eram populações de origem alemã e que também falavam alemão, transferência de território por paz e nem um mês demorou a ser invadida e anexada pela Alemanha Nazi

AMX
AMX
Reply to  Carlos
11 meses atrás

É o que o sabichão ali acha: China é da paz e do amor, e quem achar diferente, é levado apenas por ideologia.
kkkkkkk

Carlos
Carlos
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Tu insistes nessa burrice, o Mandarim falado em Taiwan não é o mesmo falado na China. Tsai Ing Wen foi eleita presidente e foram os jovens os que mais votaram nela porque a juventude é instruída e pensa por ela e não com a ajuda da propaganda, como tal não se sentem chineses porque também viram o que se passou em Hong Kong e quem vive numa democracia não quer viver em nenhuma autocracia e volto a insistir neste tema, as autocracias não são sociedades desenvolvidas principalmente porque estão proibidas de questionar e muito cientistas pensam que a ficção cientifica… Read more »

Carlos
Carlos
Reply to  Carlos
11 meses atrás

Já o poeta dizia “Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança;
Todo o mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.
Continuamente vemos novidades,
Diferentes em tudo da esperança;
Do mal ficam as mágoas na lembrança,
E do bem, se algum houve, as saudades.

Mas se tudo o mundo é composto de mudança,
Troquemo-lhes as voltas que ainda o dia é uma criança.

Mas tu e a China não mudam nunca, simplesmente ficaram parados no tempo

WSilva
WSilva
Reply to  Carlos
11 meses atrás

”Tu insistes nessa burrice, o Mandarim falado em Taiwan não é o mesmo falado na China.” Pare de mentir para si mesmo. A constituição de Taiwan(中華民國憲法) está escrita em chinês mandarim, os jornais são escritos em chinês mandarim, a população fala chinês mandarim. Há outros dialetos que também são chineses com exceção dos dialetos dos aborígenes. Eu mesmo fiz aulas de chinês mandarim com duas professoras de Taiwan. ”como tal não se sentem chineses porque também viram o que se passou em Hong Kong e quem vive numa democracia não quer viver em nenhuma autocracia” Eles são chineses e vão… Read more »

AMX
AMX
Reply to  WSilva
11 meses atrás

E quem disse que – etnicamente – os taiwaneses não são chineses?
Em que realidade paralela (no seu caso, deve ser oblíqua mesmo) você vive?
Estude português antes de se aventurar em outra língua, seu analfabeto funcional.

WSilva
WSilva
Reply to  AMX
11 meses atrás

”E quem disse que – etnicamente – os taiwaneses não são chineses?”

Finalmente você entendeu que quem mora em Taiwan é chinês, nasceu chinês e vai morrer chinês.

Outra coisa, mesmo se Taiwan um dia se tornar um país(de maneira correta e legal e não no grito) os habitantes continuarão sendo chineses assim como Singapura que tem mais da metade de sua população composta por chineses.

rs

AMX
AMX
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Nunca disse que não são chineses, apenas que sim, têm suas diferenças, ao contrário de você, que afirma que são idênticos.
Me ative a não quererem ser comunistas.

Vá estudar, pitaqueiro.

WSilva
WSilva
Reply to  AMX
11 meses atrás

Se trata do mesmo povo com a mesma cultura basicamente com diferenças ideologicas.

AMX
AMX
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Olhaaaa!
Finalmente acordou do coma!
Parabéns, por perceber o óbvio!!

Eis, principalmente, o motivo de Taiwan não querer “pertencer” à China.

Carlos
Carlos
Reply to  WSilva
11 meses atrás

E tu continuas a insistir na burrice, ouve um gaúcho de gema e não vais entender nada do que ele diz e ele fala português, a não ser que sejas gaúcho também. Também eu sou mentiroso mas não minto tanto dizendo que estou a aprender mandarim com duas taiwanesas, conheço alguém que está a aprender mandarim porque é gerente de uma agência bancária num lugar onde existem muitos investimentos chineses, Mas qualquer dia vais ter que aprender a comer arroz usando pauzinhos. “A ONU reconhece apenas a RPC como verdadeira China e Taiwan é território chinês.” O Sudão do Sul… Read more »

WSilva
WSilva
Reply to  Carlos
11 meses atrás

”E tu continuas a insistir na burrice, ouve um gaúcho de gema e não vais entender nada do que ele diz e ele fala português, a não ser que sejas gaúcho também.” Pare de mentir para si mesmo. Não importa se no RJ se fala biscoito e em SP bolacha, quem mora em SP e quem mora no RJ fala português. Não importa se em SP se fala pão francês e no RS se fala cacetinho, quem mora em SP e quem mora no RS fala português. Essas diferenças de palavras e até mesmo dialeto não cria uma nova familia… Read more »

Carlos
Carlos
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Neste vídeo podes ver dois portugueses falando, mas uma é micaelense e o outro nada compreende https://www.youtube.com/watch?v=6IqeBcjK_fk&t=491s e testemunhado por duas brasileiras https://www.youtube.com/watch?v=VB98R3A7SsI&t=1895s (timeline 31:29) mas tu continuas parado no tempo porque gostas ou porque te foi imposto pela propaganda e no qual aprendeste o que era kuaizi que é algo que o brasileiro normal não faz a mínima mas mesmo parado no tempo, tentas dar uma de sabichão. Ainda não conseguiste justificar à tua pessoa sobre o fato do Sudão do Sul ser um novo país, mesmo tendo sido um território do Sudão, ou seja enganaste a ti próprio… Read more »

Carlos
Carlos
Reply to  AMX
11 meses atrás

Tens toda a razão mas ele não atinge o grau de pensamento por ele próprio e mesmo sendo a mesma língua existe muitas palavras e sotaques diferentes, https://www.youtube.com/watch?v=490htEEOMmM isto é português mas só gaúcho sabe o que quer dizer

AMX
AMX
Reply to  Carlos
11 meses atrás

Sim, quis corroborar que os taiwaneses já não são idênticos aos chineses continentais.
Mas tem cego comentando seduzidos pelo comunismo chinês, achando que ideológicos são os outros, rsrs.

WSilva
WSilva
Reply to  AMX
11 meses atrás

Não são identicos não, só tem a mesma genetica, só tem a mesma cultura e o mesmo idioma. rs

AMX
AMX
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Você não sabe nada da China pra falar isso.

WSilva
WSilva
Reply to  Carlos
11 meses atrás
AMX
AMX
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Idioma oficial não anula o fato de se existirem variações e dialetos.
E não, não estou falando de “linguagem neutra” 😉

WSilva
WSilva
Reply to  AMX
11 meses atrás

Variações e dialetos que também são chineses e que pertencem a mesma familia de linguagem, com exceção dos dialetos do aborígenes que são de outra famila de linguagem.

Ai ai ai

rs

AMX
AMX
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Chinês oficial, é uma coisa; dialetos, outra.
Vide Alemanha, Itália e outros países durante suas unificações.

É, é doído falar com gente doida.

Carlos
Carlos
Reply to  WSilva
11 meses atrás

Isso não me interessa porque não contradiz nada do que disse antes e se não fores gaúcho, ouve um genuíno a falar e depois conta-me se o compreendeste, esses sites são bons para ti para aprenderes mandarim ou seres instruído na propaganda

AMX
AMX
Reply to  Carlos
11 meses atrás

Como falei: ________________, e quando lhe falta argumento, então, é porque “não sabem debater”, “não conhece nada”, “é movido por ideologia” e etc.
Bem ao estilo autoritário do governo que ele defende.
Mais um da série o inimigo do Brasil é o próprio brasileiro.

COMENTÁRIO EDITADO. DEBATA SEM FAZER ATAQUES PESSOAIS. LEIA AS REGRAS DO BLOG:

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

AMX
AMX
Reply to  AMX
11 meses atrás

Como falei, espertalhão.

Dagor Dagorath
Dagor Dagorath
11 meses atrás

O Brasil bem que podia barganhar com a China e os EUA investimento em tecnologia por aqui.

Aliás, acho até que os chineses já largaram na frente nesse sentido, pois pretendem fazer da fábrica da BYD na Bahia um hub de exportação de veículos elétricos para a AL.

Carlos
Carlos
Reply to  Dagor Dagorath
11 meses atrás

Nem Brasil, nem China e nem EUA, quem saiu a ganhar foi a Alemanha que está vendo a ser construído uma usina da TSMC em Dresden, e deves saber que a TSMC controla bem mais de 70% do mercado de chips.

Waldir
Waldir
11 meses atrás

A Rússia tem seus motivos pra não ter tempo de ter suas indústrias pq desde que acabou a união soviética o ocidental tenta entrar lá, não via a China como alvo, só agora eles viram que não é assim, mais tarde pois a Rússia entra com seu poder militar e arsenal nuclear (militar da Ucrânia é gato pingado quem tá lutando é a otan), e a China com suas tecnologias avançadas.