Satélite da NASA detectou destruição de sistema S-400 russo na Crimeia

85

O sistema de monitoramento de incêndios da NASA, conhecido como FIRMS, detectou uma forte mancha de calor no Cabo de Tarkhankut, península de Crimeia, hoje pela manhã. A interpretação dada a esta mancha seria a destruição de um sistema de defesa antiaérea de longo alcance S-400 russo.

O Sistema de Informações de Incêndio para Gerenciamento de Recursos ( FIRMS ) distribui dados de incêndio ativos próximos em tempo real ( NRT ) do espectrorradiômetro de imagem de resolução moderada ( MODIS ) a bordo dos satélites Aqua e Terra e do Visible Infrared Imaging Radiometer Suite ( VIIRS ) a bordo do S-NPP e NOAA 20 ( formalmente conhecido como JPSS-1 ). Globalmente, esses dados estão disponíveis dentro de 3 horas após a observação por satélite, mas para os EUA e Canadá as detecções de incêndio ativas estão disponíveis em tempo real.

Imagens divulgadas na internet mostram a filmagem dessa destruição a partir de um drone ucraniano. Devido à pequena quantidade destes poderosos sistemas, a perda dele terá impactos negativos para a defesa aérea russa na região.

 

Subscribe
Notify of
guest

85 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Underground
Underground
10 meses atrás

O Patriot russo destruído.

KKce
KKce
10 meses atrás

Virou carvão haha

Diego
Diego
10 meses atrás

Bem…foi uma baita explosão.
Interessante e que depois desse ataque, dois SU-34 teve êxito em destruir um S-300 na região de Nikolaev.
Comparado os dois ataques, no S-400 tudo indica que foi usado uma arma stand-off e a presença de um drone filmando tudo.
Já no ataque Russo, dois caças pra fazer o mesmo trabalho e um drone filmando tudo.

glasquis7
Reply to  Diego
9 meses atrás

O Interessante é a suposição de que o Drone usado pro ataque não foi detectado pela bateria.

Diego
Diego
Reply to  glasquis7
9 meses atrás

Exato!!! Quando disse o drone filmando tudo, justamente nas duas ocasiões nenhum dos lados abateu os mesmo

Jagdverband#44
Jagdverband#44
10 meses atrás

US$ 500 MI queimados.

Magaren
Magaren
Reply to  Jagdverband#44
9 meses atrás

Queria ver o prejuízo total já que possueam números estimados de destruição de equipamentos.

Mr.Guara
Mr.Guara
Reply to  Magaren
9 meses atrás

Fiz uma analise inicial, olhando apenas para MBTs, Helicópteros e Aviões. utilizando os dados organizados pelo site Oryx e os dados publicados pelo governo Ucraniano (esses eu utilizei como um teto). Os valores ficariam ate agora entre USD 20 bi e 50 bi (perda do equipamento depreciado + substituição do mesmo). A Forbes em Novembro de 22 tinha estimado um custo da guerra em USD 80 bi, na epoca meus numeros estavam em 12-30, estrapolando estaria na casa dos 130-140bi de custo total. Isso é uma tentativa de aproximação e há muita coisa dedusida como o calculo da depreciação e… Read more »

Bispo
Bispo
10 meses atrás

Obviamente todos os dados de geolocalização etc ao cubo , foram passados pela OTAN(mais EUA e Inglaterra)… Ucranianos somente “apertaram o botão”.

Essas destruições “pontuais” são tipo “jogar para a plateia” visto que na linha de frente estão mais atolados que caminhão na transamazônia quando chove…ou…tem alguma valia militar ?

Pedro
Pedro
Reply to  Bispo
10 meses atrás

Claro que tem valia. Permite a operação de aviões ucranianos sem ameaça de mísseis terra ar na localidade.

Augusto
Augusto
Reply to  Bispo
9 meses atrás

A destruição de um S-400 você chama de pontual? Uma baita perda para os russos na região isso sim.

Felipe
Felipe
Reply to  Bispo
9 meses atrás

Engraçado como não divulgaram as imagens de satelite de quando o Patriot foi destruido

Nickless
Nickless
Reply to  Felipe
9 meses atrás

Ué, pq a Rússia não divulgou essas fotos do suposto lançador patriot destruído? todo mundo sabe a resposta.

Santamariense
Santamariense
Reply to  Felipe
9 meses atrás

A rússia não tem satélites também? Nem um dronezinho para filmar?

Nei
Nei
Reply to  Felipe
9 meses atrás

Se tivesse destruído, não estaria funcionando dias após a suposta destruição.

Foi danificado, mas não destruído.
Dymitri deve ter errado o local exato, por 2 copos de whisky tomado a mais.

Antunes 1980
Antunes 1980
10 meses atrás

SCALP neles !

Nuno Taboca
Nuno Taboca
10 meses atrás

Tudo certo na invasão. O custo desse aí é besteira. Rumo a Kiev

glasquis7
Reply to  Nuno Taboca
9 meses atrás

 Rumo a Kiev”

É, o lema do Putin deve ser esse agora “Kiev 2050!”

Satyricon
Satyricon
10 meses atrás

Ué, mas não era super phodastico esse sistema?

Parafuso por parafuso, senhores.

Segue o jogo.

Felipe M.
Felipe M.
Reply to  Satyricon
9 meses atrás

Nesse conflito, acho complicado dizer esse tipo de coisa “ué, não era um sistema fodástico”? É a mesma coisa de quem falava que o Leo 2 não prestava pq um pessoal de chinela tinha destruído alguns. O mesmo com o Abrams. Simplesmente, naquela época, e ainda hoje, é fato que há uma imensa maior dificuldade de emprego de blindados em razão da profusão de boas armas anticarro na linha de frente. Aí aqui pode entrar a diferença da capacidade de sobrevivência da tripulação quando o blindado é alvejado. Mas é outra história. O mesmo se aplica aos sistemas antiaéreos. O… Read more »

Hélio
Hélio
Reply to  Felipe M.
9 meses atrás

Depois de ver Onibus espaciais explodirem, nunca mais acreditei em sistemas fodasticos.

Kommander
Kommander
10 meses atrás

Como sabem que era um S-400? 🤔

Felipe
Felipe
Reply to  Kommander
9 meses atrás

Confia

Nei
Nei
Reply to  Kommander
9 meses atrás

Alguns dias antes, turistas da Crimeia tiraram fotos do mar e ao fundo dava para identificar o S-400, a inteligência Ucraniana aproveitou a oportunidade.

Inimigo público
Inimigo público
10 meses atrás

Não dá nem para ver direito os veículos no vídeo, como sabem que era um S-400? Esses ucranianos são uma piada, não conseguem nem furar a primeira linha defensiva russa e ficam destruindo caminhão tanque e dizendo que era S-400, abatendo bomba voadora BETAB e dizendo que era Kinzhal.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Inimigo público
10 meses atrás

Cara, isso não é explosão de combustível. Só essa dica.

O famoso dois pesos e duas medidas. Na hora que um video muito menos detalhado aparece com alegação que um Patriot destruído, aí vale qualquer coisa. Mas quando é Russo, não vale nada. É tudo fake, mesmo vindo de duas fontes diferentes.

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Leandro Costa
10 meses atrás

No vídeo do suposto Patriot destruído dá para perceber claramente uma bateria em operação, pelos disparos efetuados, e em seguida uma explosão no chão, e destroços de mísseis Patriot caídos na região. Aí só vemos caminhões numa imagem que mal dá para ver o contorno dos veículos para dizer do que se trata. Poderiam ser caminhões carregados de munição que causariam uma explosão como essa. Então não insinue que há dois pesos e duas medidas se as duas situações elencadas por você são claramente diferentes. Duas fontes diferentes podem replicar a mesma coisa visto que quem gravou a imagem foi… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Inimigo público
9 meses atrás

Indica um vídeo desses Patriot no chão. Eu não vi!

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Inimigo público
9 meses atrás

Eu não insinuei nada não.

Eu afirmei mesmo.

Nei
Nei
Reply to  Inimigo público
9 meses atrás

Cadê o vídeo?

Frederickson Petersen
Frederickson Petersen
Reply to  Inimigo público
10 meses atrás

Calma. Respira!

Ricardo
Ricardo
Reply to  Inimigo público
10 meses atrás

Já furaram a primeira linha defensiva em vários pontos e ontem mesmo recuperaram uma cidade importante

sergio
sergio
Reply to  Ricardo
9 meses atrás

Qual a fonte dessas noticias, por favor????

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Inimigo público
9 meses atrás

Imagens de satélite do local antes da explosão mostram claramente que havia uma bateria de S-400 lá. Bizarra a tentativa de negar algo que só um cego não vê.

https://twitter.com/OcultaMondiala/status/1694362135768240260?t=sAbX4lJ12xBUr3Kr1wyHHw&s=19

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Bruno Vinícius
9 meses atrás

Continuo sem identificar a silhueta dos veículos, pode ser um simples caminhão carregado de munição. Manda outra imagem melhor.

Sergio
Sergio
Reply to  Inimigo público
9 meses atrás

” Continuo sem identificar a silhueta dos veículos, pode ser um simples caminhão carregado de munição. Manda outra imagem melhor.

Conhece o google?

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Sergio
9 meses atrás

Olhei no Google e a imagem é a mesma, senhor espertalhão, está achando que eu sou como você? Vocês realmente não me conhecem.

Victor F
Victor F
Reply to  Inimigo público
9 meses atrás

E todos nós agradecemos ao bom Deus por isso

Jose
Jose
Reply to  Victor F
9 meses atrás

Graças a Deus mesmo !

Felipe M.
Felipe M.
Reply to  Inimigo público
9 meses atrás

Acho que só você ainda não percebeu que ninguém tem o mínimo interesse de te conhecer e, muito menos, de estar satisfeito se você concorda ou não com algo. Se pra você só é realidade quando é de um lado, o problema é seu. Abraço.

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Felipe M.
9 meses atrás

E eu tenho interesse em conhecer alguém aqui?

Santamariense
Santamariense
Reply to  Inimigo público
9 meses atrás

Como assim? O que tu quer dizer com isso?

Nei
Nei
Reply to  Inimigo público
9 meses atrás

O que você quis dizer com isso?

Bosco
Bosco
9 meses atrás

Faço o mesmo questionamento que fiz acerca dos Patriot. Uma única explosão não desabilita a bateria. Para desabilitar a bateria de preferência têm que atingir ou o centro de comando e/ou o/s radar/es.
Pelo que entendi foi destruído um veículo lançador.

Rodrigo Frizoni
Rodrigo Frizoni
Reply to  Bosco
9 meses atrás

O vídeo completo mostra o sistema de radar destruido tbm

sergio
sergio
Reply to  Bosco
9 meses atrás

Exato, Bosco, esse sistema não foi pensado para abater Drones pequenos, pode-se alegar que segundo os Russos eles detectam alvos stealth, sim alvos muito pequenos mais voando a não sei quantos mil metros, a não sei quantos KM por hora, não se pode compara, esse trabalho seria melhor realizado pelos pantsir, que parece não tinha nenhum cobrindo a bateria do S-400.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  sergio
9 meses atrás

Pois é. A defesa em camadas parece que não estava implantada. Assim como um Patriot, os S-400 simplesmente não foram projetados para repelir esse tipo de ameaça. Simples assim.

Não existe super equipamento, mas tem gente que teima em insistir nisso.

sergio
sergio
Reply to  Leandro Costa
9 meses atrás

Exato leandro!!

Hcosta
Hcosta
Reply to  sergio
9 meses atrás

Tem a teoria de que foi um brimstone lançado de um barco…

E os Ucranianos fizeram vários ataques, nestas semanas e quase diários, com drones onde especulam que estavam a procurar os pontos fracos

sergio
sergio
Reply to  Hcosta
9 meses atrás

Outra coisa que não esta clara e quantos drones foram utilizados, um passou e atingiu o alvo, mais quantos de fato foram interceptados ?? não sabemos, todo sistema de defesa pode ser saturado ai não tem jeito.

orivaldo
orivaldo
9 meses atrás

Patriotas, tenham calma. Perdas acontecem. A vitória se aproxima !!

Sergio
Sergio
Reply to  orivaldo
9 meses atrás

” Patriotas, tenham calma. Perdas acontecem. A vitória se aproxima !! ”

Essa guerra é entre a Ucrânia e a russia, o Brasil não tem nada com isso. Então pense e tome cuidado ao usar a palavra ” Patriota “. O meu Patriotismo e de todos que entram aqui é com o Brasil. A não ser que você seja russo e esteja se dirigindo a outros russos que entram aqui.

Alecs
Alecs
Reply to  Sergio
9 meses atrás

Ele está sendo irônico, Sérgio. Lembra da foto de um Leopard (propaganda) russa que sequer tinha um tanque russo? Pois é tinha qualquer coisa na frase citando “patriotas”. Nesse caso russos.

Rodrigo Maçolla
Rodrigo Maçolla
9 meses atrás

Só tenho uma coisa a comentar Caraca ! Baita explosão !!

José Silva
José Silva
9 meses atrás

O governo Russo esperava por 1 mês de guerra…
quero ver quando sancionar países que ainda importam dos russos, dai entra em colapso total a economia russa e o Putin será deposto.
o povo russo e ucraniano não aguenta mais tanto sofrimento.

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  José Silva
9 meses atrás

Sim, vamos sancionar o Brasil que compra fertilizantes russos, um dos maiores produtores de alimentos do mundo, vai ser maravilhoso…

Jose
Jose
Reply to  Inimigo público
9 meses atrás

Não precisa comprar. Há outras fontes e, inclusive, podem ser produzidos aqui. Tchau Russia.

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Jose
9 meses atrás

Sim amiguinho vai ser muito simples e rápido produzir aqui, pode confiar.

Felipe M.
Felipe M.
Reply to  Inimigo público
9 meses atrás

Não. “Vamos sancionar o Brasil, na pouca exportação de tecnologia que possuem, ou na de calçados/vestuário, ou não de minérios e metais etc. Não vamos tocar em alimentos para não ficarmos mal falados”.

Isso seria maravilhoso para empresas como a Embraer, WEG e Vale né? Seria sensacional para os polos calçadistas do Brasil né?

José Silva
José Silva
Reply to  Inimigo público
9 meses atrás

O Brasil tem capacidade para produzir todo fertilizante que precisa, basta acabar trabalhar em prol do Brasil.
O Putin sendo deposto é o unico caminho para a paz

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  José Silva
9 meses atrás

Sim, vai ser bem rápido juntar o ferramental, as máquinas de produção, a mão de obra, a logística, confia….

Magaren
Magaren
9 meses atrás

Essa guerra no futuro será lembrada como a guerra da “desmoralização russa”.

E toma mais um prejuízo gigante na conta kkk

Jose
Jose
9 meses atrás

Os comentaristas se digladiando para defender o lado que cada um torce, quando o interessante seria comentar as táticas para destruir um sistema como esse ou um equivalente do outro lado, enfim o propósito do canal que acredito ser comentar sobre equipamentos, táticas, etc. acabou virando um campo de confronto/batalha de torcidas organizadas pelo time que sequer “conhecem”.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Jose
9 meses atrás

José, bom ponto A questão premente é como a defesa aérea russa vai se comportar de agora em diante. Deslocarão novos sistemas para a Crimea, para cobrir essa perda? Ou deslocarão sistemas para cobrir a região de Moscou e arredores, devido aos recentes e constantes ataques de drones? É evidente que a Ucrânia já descobriu como destruir tais sistemas, então o óbvio seria recuá-los, reduzindo sua exposição. Mas e aí, como fica a cobertura dos territórios invadidos? O cobertor russo é, pelo visto, muito curto. Extender suas defesas dá nisso. E lembremos que, em alguns meses, os F-16 começarão a… Read more »

JHF
JHF
Reply to  Satyricon
9 meses atrás

Eu só vejo escalada belica e mais destruição. Não tenho pessoalmente nenhum interesse neste aspecto do conflito mas imagino teremos alguma retomada de carnificina até o início do inverno, para empurrar os lados à mesa diplomática. Lá vem mais ataque a infra elétrica e frio para os Ukranianos. Em geral está claro que a contraofensiva não foi. Basta saber se queimar recurso OTAN, população produtiva e paciência dos aliados ainda tem algum custo benefício para Ukrania. As eleições nos países de apoio devem pressionar para algum lugar a já cansativa retórica midiática do atual gov Ukra. Como já falei aqui… Read more »

Alecs
Alecs
Reply to  JHF
9 meses atrás

“cansativa retórica midiática do atual gov Ukra.” Cansativa para os torcedores russos. Para os ucranianos é questão de defesa nacional. Defesa de um território reconhecido pelos países da ONU. Na verdade o mimimi de vocês é mais cansativo.

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Jose
9 meses atrás

Não apoio a Ucrânia, como claques (torcidas) de futebol, apoio porque nada fez para ser invadida, se fosse ao contrário, com toda a certeza, eu hoje apoiaria os Russos.

Jose
Jose
Reply to  Rui Mendes
9 meses atrás

Amigo é direito seu assim com de qualquer um torcer quando quiser, para quem desejar e pelo motivo que julgar valido, a minha observação se da unicamente no que diz respeito ao propósito/objetivo do canal, que a meu ver seria tratar de assuntos referente a equipamentos/estratégias/etc…, quanto a quem tem ou não razão nos conflitos não entro nesse mérito, até porque o que parece ser certo para uns para outros pode não ser, e é exatamente isso que estamos vendo aqui discussões e ofensas sobre quem é o “mocinho” e quem é o “bandido” nessa história, já o assunto que… Read more »

Ricardo
Ricardo
Reply to  Jose
9 meses atrás

Não sabia que o colega era censor oficial da página para decidir o que se deve debater ou nao e que enfoque se deveria dar aos temas ou não .

Alecs
Alecs
Reply to  Rui Mendes
9 meses atrás

Exato! É o meu pensamento também.

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Jose
9 meses atrás

Pois eh….

Maurício.
Maurício.
9 meses atrás

Provavelmente um drone Xing Ling no modo gambiarra, o Brasil deveria fazer uma grande compra no Aliexpress agora mesmo…rsrsrs.

KKce
KKce
Reply to  Maurício.
9 meses atrás

Brasil só compraria se tivesse transferência de tecnologia kk

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
9 meses atrás

Baita perda para os russos… se não repor vão tomar várias “bolas” nas costas

Felipe
Felipe
9 meses atrás

De acordo com os especialistas aqui dos comentários, assim como a “destruição” do Patriot, o sistema S-400 foi no máximo danificado, pois é composto por varias unidades que ficam separadas e longe uma do outro… Então não foi nada, a unidade que foi atingida, com certeza já foi substituída ou reparada.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Felipe
9 meses atrás

Com certeza…

Magaren
Magaren
Reply to  Felipe
9 meses atrás
Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
9 meses atrás

“sistema de monitoramento de incêndios da NASA, conhecido como FIRMS”….achei excelente a qualidade de imagem desse satélite….se a Nasa tem capacidade de colocar sensores automáticos e algoritmos complexos com capacidade suficiente de autofocar algo “fora do padrão”, no caso foi o aumento de temperatura brusca, não sei o termo, sou leigo, seria um mega Flir….agora imaginem o departamento de defesa norte americano do que são capazes.
É um bom tema para estudo.

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
9 meses atrás

Isso também têm a UE, Rússia, China, Israel, Japão, Coreia do Sul e mais países ou blocos.
Na UE é o Corpenius, se não me engano.

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Rui Mendes
9 meses atrás

Caro Rui será que um satélite americano é capaz de detectar um submarino snorkeando?

soldado imperial
soldado imperial
9 meses atrás

Não sei se o sistema é tudo isso que falam dele, tem muito exagero. O que sei é que é explode grande!! Uma explosão pra ninguém botar defeito até em festa de São João
……..

Bruno Maravilha
Bruno Maravilha
9 meses atrás

É a primeira guerra que se nota que a discussão é em torno do espetáculo relacionado com a destruição de armamento, em vez da conquista de qualquer coisa.
No placard, continuamos a ver os russos a tomarem terreno ucraniano

Ciclope
Ciclope
9 meses atrás

Notícia exagerada, pelas imagens um elemento da bateria foi destruído e não toda a bateria que compõe o sistema.
Esses sistemas são compostos de vários elementos, isso vale para o S-300, S-400, S-500, Patriot e etc.
Seria como Se um lançador dos nossos ASTROS tivesse sido destruído e se noticia-se que, bateria de ástros 2 e destruída.

António Rodrigues
9 meses atrás

A minha humilde opinião, se eu fosse do comando ucraniano apontaria o alvo ao veículo de comando do sistema s400.
Até substituir esse veículo o sistema estava fora de operação.

Arthur
Arthur
9 meses atrás

E pensar que toda a defesa aérea da Crimeia dependia desse sistema detruido… E agora José?