Rússia perde vantagem na artilharia e tem dificuldades para conter contraofensiva ucraniana

49

As limitações nas capacidades da artilharia russa e as vantagens ucranianas no fogo de contra-bateria estão a forçar os russos a desviarem-se da sua própria doutrina, informou a RUSI (The Royal United Services Institute). A RUSI afirmou que as forças russas têm tentado adaptar a sua doutrina de fogo desde antes do início das operações de contraofensiva ucranianas. A RUSI observou que as forças russas estão tentando priorizar a precisão do ataque em detrimento do volume porque não têm munição suficiente para sustentar o fogo de artilharia doutrinariamente designado, têm dificuldades em transportar um grande volume de munição para áreas da linha de frente e estão vendo uma eficácia decrescente dos ataques em massa à medida que perdem radares de contra-bateria e suas armas sofrem desgaste de tubo.

A RUSI afirmou que as forças russas estão a tentar aumentar a produção de projéteis guiados por laser Krasnopol e o uso de drones Lancet (munições suicidas), a fim de aumentar a precisão e reduzir o número de munições utilizadas em ataques. A RUSI também observou que as forças russas prepararam frequentemente as suas posições de combate para demolição remota com explosivos improvisados, em vez de atacarem as suas próprias posições com artilharia após a retirada das forças russas, como dita a doutrina russa.

Estas adaptações sugerem que a redução das capacidades da artilharia russa pode estar a enfraquecer ainda mais a defesa russa em certos sectores, uma vez que o fogo de artilharia é uma componente crítica da defesa elástica russa. Uma mudança para uma doutrina de fogo mais precisa pode permitir que as forças russas reforcem estas capacidades, mas as restrições à capacidade de treino russa provavelmente impedirão as forças russas de implementar esta mudança em grande escala no curto prazo. Fontes russas têm afirmado continuamente, desde o início da contra-ofensiva, que os russos não possuem capacidades suficientes de contra-bateria em vários sectores da frente.

O Comandante do Centro de Inteligência das Forças de Defesa da Estônia, Coronel Margo Grosberg, relatou em 1º de setembro que as capacidades da artilharia ucraniana são “iguais ou até melhores” que as das forças russas e foram capazes de empurrar as unidades de artilharia russas para trás da linha de frente, impedindo-as de apoiar as forças russas.

FONTE: ISW

Subscribe
Notify of
guest

49 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Oplot
Oplot
10 meses atrás

[Meio OFF] Aparentemente o primeiro Challenger já foi perdido.

comment image

Infantaria_leve_BiABR
Infantaria_leve_BiABR
10 meses atrás

É muita notícia triste para os _________. O invasor está sendo arrancado e extirpado da Ucrânia. Não está sendo fácil, o custo é alto. Mas pelo desespero dos milbloguers russos, a casa tá caindo.

COMENTÁRIO EDITADO. NÃO ROTULE PARA NÃO SER ROTULADO. MANTENHA O RESPEITO. LEIA AS REGRAS DO BLOG:

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Ruy de Souza Pereira
Reply to  Infantaria_leve_BiABR
10 meses atrás

Bom dia, a Rússia como nação invasora , deveria analisar se vale a pena conquistar o leste da Ucrânia, visto que não são bem vindos nestas regiões, a não ser por algumas elites que desejam se manter no poder. Para os russos não vale a pena. Precisa que os comandantes russos deem um comando de retirada dos soldados russos nestas regiões hoje ocupadas

Godo
Godo
Reply to  Ruy de Souza Pereira
10 meses atrás

Meu querido. Depois de tudo que ocorreu, vc realmente, realmente acha que a russia vai simplesmente sair? A vida não é um morango, estamos no mundo real

MARCELO MARIANO
MARCELO MARIANO
Reply to  Ruy de Souza Pereira
10 meses atrás

Desde o início a OTAN e a midia amestrada insiste nessa mesma toada de que a Rússia é incompetente, os russos estão morrendo feito moscas, está sem munição, a Ucrania está ganhando a guerra, etc …
Tudo bem, continuem vivendo em Nárnia se essa é a escolha que vocês preferem.
O problema é que a realidade está tão escancarada que até essa midia comprada já começou a mudar a conversa.

Cassini
Cassini
Reply to  Infantaria_leve_BiABR
10 meses atrás

Já pode acordar agora, _______.

COMENTÁRIO EDITADO. NÃO ROTULE PARA NÃO SER ROTULADO.

MANTENHA O RESPEITO. LEIA AS REGRAS DO BLOG:

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Marcelo
Marcelo
10 meses atrás

Que continue assim até a expulsão total dos russos……..

Rafael
Rafael
10 meses atrás

Parei de ler quando vi a palavra sectores. Os portugueses também são “isentos” nas reportagens. São tão isentos quanto a TASS e a CNN. A artilharia russa está tão ruim que em alguns meses vão partilhar a Rússia 20 países.

George
George
Reply to  Rafael
10 meses atrás

Não entendi a relação entre os portugueses (que você cita) com o texto da ISW (que é a fonte).

Nei
Nei
Reply to  Rafael
10 meses atrás

Esse boldo está estragado meu caro, troca aí.

É impossível que vocês não acompanhem os blogs Russos, que afirmam isso diariamente.

Oráculo
Oráculo
10 meses atrás

Uma coisa que o texto fala percebe-se no Telegram. A quantidade de vídeos do LANCET atingindo blindados, tanques e canhões ucranianos aumentou absurdamente nas últimas semanas. Antes os russos postavam um vídeo de um drone atingindo o alvo, com ângulos diferentes, replay, etc. Agora fazem videos de 2 ou 3 minutos com os LANCETS atingindo vários alvos em cada vídeo. E postam vários desses por dia. Tem eles acertando de tudo, canhões, morteiros, HUMVEES, M113, BMPs, tanques… Já do lado ucraniano o que aumentou bastante, muito mesmo, foram vídeos daqueles drones quadricópteros atingindo trincheiras/soldados/bunkers. É de dar pena como a… Read more »

soldado imperial
soldado imperial
Reply to  Oráculo
10 meses atrás

Enquanto existir o depósito americano de armas no deserto chamado Amarg e similares que os americanos possuem, a Russia tá frita.
O problema é que a velharia da era sovietica está acabando e os depositos americanos estão cheios, basta transferir pra Ucrania. Segue o baile

rfeng
rfeng
Reply to  soldado imperial
10 meses atrás

Amarg e só para aviões.

MARCELO MARIANO
MARCELO MARIANO
Reply to  soldado imperial
10 meses atrás

EDITADO:
4 – Não escreva em maiúsculas, o que equivale a gritar com os demais. As maiúsculas são de uso exclusivo dos editores para dar destaque às advertências nos comentários eventualmente editados ou apagados.

LEIA AS REGRAS PARA COMENTÁRIOS:
https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Diego
Diego
Reply to  Oráculo
10 meses atrás

Exato! O lancet estão sendo usados em quantidades muito grande,mas já li que a produção dos mesmo não vão conseguir sustentar tamanha demanda.
Não sei se o caro colega percebeu o aumento do uso das krasnopol,desde o fim de maio,são vários vídeos de ataques com a mesma, impressiona a precisão do acerto em seus alvos.
Outro detalhe que não posso deixar passar, o uso do TOS com as munições termobaricas, já faz tempo que não vejo vídeos de uso.

Magaren
Magaren
10 meses atrás

Por isso estão sendo ajudados pelas potencias: Coreia do Norte e Irã.

“Que fase!” como diz o narrador.

Recruta zero
Recruta zero
10 meses atrás

vamos fazer uma conta simples ,um obuseiro 155mm em combate pode fazer a média de 50 disparos diários em fogo contínuo ,cada projétil com propelente pode pesar cerca de 70 kilos, e cerca de 3,5toneladas de munições por dia ou 105 toneladas por mês, imagina a logística e o tamanho dos depósitos que tem que ficar próximo da área de operação dos grupos e baterias de artilharia .São alvos fáceis fáceis para o HIMARS ou drones. aquele tipo de operação na SGM hoje em dia e de difícil execução.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Recruta zero
10 meses atrás

Recruta, existem vários pontos para explicar a questão, como vc bem pontuou. A artilharia de 155mm ocidental é mais precisa e possui muito mais alcance que a 152mm em uso pelos russos. Some-se a isso a maior eficiência da contra-bateria Ucraniana e o resultado é esse que vemos. Portanto , a artilharia Ucraniana é muito mais mortal que a russa. De fato, a maioria das bocas de fogo russas são de épocas soviéticas, e já devem ter superado em muito sua expectativa de vida útil. Um exército sério substituiria tais tubos cançados, mas a Rússia precisa manter a cadência de… Read more »

Henrique A
Henrique A
10 meses atrás

Na Rússia não tem stencil? Essas letras pintadas com trincha de qualquer maneira dão um ar bem amador.

rodes
rodes
10 meses atrás

Já tem áudios de russos no front no desespero. Que a artilharia deles é alvo ininterrupto de contra artilharia da UKR.

Pedro
Pedro
10 meses atrás

Boa piada!

Nuno Taboca
Nuno Taboca
Reply to  Pedro
10 meses atrás

Os soldados russos mortos discordam. Ontem três caminhões chegando com reforços, cheios de munição e soldados foram obliterados pelas munições cluster .
Triste. Os jovens russos dizimado pelas ambições de um ditador invasor. Estão sendo expulsos e mortos a troco de nada

Pedro
Pedro
Reply to  Nuno Taboca
10 meses atrás

Realmente, o Zelensky tem de cair. Ditador e corrupto. É muito triste ver o povo libertado pela Rússia sofrer com as tentativas recorrentes e sem sucesso, de invasão.

Estão realmente sendo expulsos e mortos a troco de nada.

Victor F
Victor F
Reply to  Pedro
10 meses atrás

O Pix com certeza já caiu na conta…

Magaren
Magaren
Reply to  Pedro
10 meses atrás

Boa Pedro “reis”, sentimos sua falta.

De resto concordo, imprensa que não fala bem da Rússia não é imprensa.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Magaren
10 meses atrás

A regra é clara se for a favor da Rússia é válido, se não for a favor da Rússia deve ser tratado como fase.

Nuno Taboca
Nuno Taboca
Reply to  Pedro
10 meses atrás

O Putin que é democrata né ?

O Prigozin sentiu um pouco da “democracia” russa. Derrubaram um avião para provar.

Piada.

Os russos não viverão muito bem.pelos próximos 30 anos. Os que não morrerem, sentirão os efeitos no bolso. Talvez a oligarquia corrupta russa e os blogueiros $$$$ que são patrocinados para espalhar mentiras não sentirão tanto. Mas a fonte um dia seca hein

Pedro
Pedro
Reply to  Nuno Taboca
10 meses atrás

Putin é um santo! É o mais moderado de todos que postulam o cargo de presidente da Russia.

Você deveria levantar a mão pro céu.

E quem disse que importa se o regime é ditadura ou não?

Nuno Taboca
Nuno Taboca
Reply to  Pedro
10 meses atrás

Pelo menos nisso concordamos. Só tem psicopata no governo da Rússia . Podiam isolar a pocilga e deixar os russos se matarem. Não incomodando resto do mundo

Nei
Nei
Reply to  Pedro
10 meses atrás

Boa piada também!

Nilton L Junior
Nilton L Junior
10 meses atrás

Noticia para animar avestruz

George
George
Reply to  Nilton L Junior
10 meses atrás

Não sei dizer, mas para animar urso não serviu muito.

Eromaster
Eromaster
Reply to  Nilton L Junior
10 meses atrás

Verdade!

deadeye
deadeye
10 meses atrás

Ué, mas a Ucrânia não ia ficar sem munição de 155mm primeiro pq a Rússia produz 1 quintilhão de projeteis por mês??

RPiletti
RPiletti
Reply to  deadeye
10 meses atrás

Por semana…

Vitor
Vitor
10 meses atrás

EDITADO

Nuno Taboca
Nuno Taboca
Reply to  Vitor
10 meses atrás

Texto fiel e correto é do Intelslava no telegram né ?

Jodreski
Jodreski
10 meses atrás

O exército Russo assim como a VKS foram para a guerra na Ucrânia, o que voltará deles de lá é bem incerto!
Acho que a força menos afetada pelas baixas é a marinha Russa, pq a quantidade de aeronaves, helis, pilotos, blindados (e seus ocupantes), peças de artilharia e seus operadores assim como baterias SAM é bem expressiva.
Rússia demorará décadas para repor o que perdeu nessa guerra em termos de material e pessoal. Que tiro de 120mm no próprio pé! Putin que cag…..
Obs: isso sem mencionar o que sobrará da economia russa e de sua indústria bélica.

KKce
KKce
Reply to  Jodreski
10 meses atrás

Repor pessoal vai demorar ainda mais, quantidade de homem é bem inferior ao de mulheres e a mulherada não anda querendo ter filho. Estavam até oferecendo benefícios para incentivar gestação.

Diego
Diego
Reply to  Jodreski
10 meses atrás

Olha… Mas no fim disso tudo com todas as baixas e quebradeira dos dois lados, esses dois países vão ser os mais experientes na arte da guerra moderna.
Quando vejo essa guerra, vejo duas forças que a cada dia aprende e se adapta a nova realidade,acredito que esse conflito mudou e mudara completamente a maneira de combater.
Se cada lado tirar proveito de todo aprendizado, de todo erro e acerto, com certeza vão ser dois oponentes de respeito.

Zé Rato
Zé Rato
10 meses atrás

691 peças de artilharia destruídas só num mês?

O exército português não deve ter tido esse número de diferentes peças de artilharia ao longo dos últimos 120 anos.

Dá uma ideia da escala gigantesca a que está a ser travada esta guerra, a que alguns ainda chamam eufemisticamente de “operação especial localizada”.

KKce
KKce
10 meses atrás

Mas no telegram me disseram que a contraofensiva falhou e a Rússia já estava quase chegando em Madrid.

Eromaster
Eromaster
10 meses atrás

A vantagem e superioridade da Ucrânia só aparecem nos jornais do tio sam. No campo de batalha nada.

Vitor
Vitor
Reply to  Eromaster
10 meses atrás

Virou festa em comemorar vidraça para o Ucras…os números estão aí 400 mil Ucras na máquina de moer carne e 17 % do território .

Nuno Taboca
Nuno Taboca
Reply to  Vitor
10 meses atrás

Fonte: Arial 12

400 mil só no primeiro de guerra. Já tá beirando os 7 milhões de soldados Ucrânianos. Acredita pow. Eu vi intelslava

Topol
Topol
10 meses atrás

Isso é meio óbvio né caríssima redação da RUSI, todos os exércitos do mundo buscam exatamente isso, precisão redução de baixas, redução de custos e redução de perdas, aumento da efetividade, ganho de tempo, ganho de moral, etc… a busca por uma melhoria na qualidade da artilharia é um processo evolutivo natural ainda mais para um exército como o russo que está combatendo sozinho contra mais de 30 países

Bispo
Bispo
10 meses atrás

Complicado: CNN’s vs Sputniknews … já chegaram aos portões de Stalingrado ou Polônia é a próxima ..😵‍💫

Ricardo
Ricardo
10 meses atrás

Pepe Escobar e o Coronel McGregor discordam e quem duvidar é marionete duzamericanu.

Aladaf
Aladaf
10 meses atrás

Acabou o Dinheiro! (Assinado: Marcio Bragovstky, Ministro da Economia da Russia).