‘O Ocidente está ficando sem munição’, disse ele

SOCHI, 6 de outubro. /TASS/. Longe da vista do público, o Ocidente tem exigido que as tropas ucranianas avancem a todo custo, disse o presidente russo, Vladimir Putin, numa reunião do Clube Internacional de Discussão Valdai.

“O Ocidente está a ficar sem munições. Como já disse, os Estados Unidos produzem 14.000 munições de calibre 155 mm por mês, e as tropas ucranianas utilizam até 5.000 delas diariamente. O Ocidente tem tentado aumentar a sua produção para 75.000 por mês até o final do próximo ano, mas ainda está muito longe. O mesmo se aplica à Europa”, disse Putin.

“Eles disseram que forneceram [à Ucrânia] tudo o que ela precisava, com veículos blindados e munições, disseram que fizeram tudo o que podiam pela Ucrânia. Isto é o que eles disseram, eu não inventei isto. Eles declararam publicamente que tinham fizeram a sua parte, e agora cabe à Ucrânia, que precisa lançar a sua contra-ofensiva. E, fora da vista do público, acrescentam que isso deve ser feito ‘a todo custo'”, continuou ele.

“Acredite em mim, sei do que estou falando. E é exatamente isso que eles têm feito: têm tentado avançar a todo custo”, acrescentou o presidente russo.

Subscribe
Notify of
guest

65 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Henrique de Freitas
Henrique de Freitas
9 meses atrás

Que sono! Lisboa é logo ali.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Henrique de Freitas
9 meses atrás

Colocadas da forma correta, qualquer afirmação sobre Lisboa ou Kiev em poucos dias é apenas espantalho, desinformação, propaganda, operação psicológica, trolagem ou infantilidade. Pressupor que Lisboa pudesse ser tomada rapidamente é desconsiderar que o próprio Putin já disse em entrevistas e em um documentário que a Rússia não tem condições de enfrentar a OTAN convencionalmente, que a única forma de vencer a OTAN seria com armas nucleares e mesmo assim seria uma vitória pírrica. A própria afirmação de tomar Kiev em menos de um mês está subordinada a uma guerra total, com bombardeio completo e irrestrito da cidade e a… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Ten Murphy
9 meses atrás

Depende de quem o diz… Se fizer uma pesquisa em matérias anteriores, leia os comentários dos defensores de Putin a propagar essas “infantilidades”. Invadiam a Europa numa questão de semanas. Seja pela “superioridade” das forças Russas, seja pela “fraqueza” das democracias. A visão “dele” não é a profundidade estratégica, seja o que isso for, se assim fosse preparava as forças armadas e talvez assim tivessem objetivos concretos para atacar. Ainda hoje há pontes no Dnieper… Putin queria derrubar o governo e pouco mais e talvez ganhar alguns trunfos para reduzirem as sanções… E o sonho de restaurar o Império Soviético… Read more »

Pragmatismo
Pragmatismo
Reply to  Hcosta
9 meses atrás

Insiste na infantilidade

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Hcosta
9 meses atrás

As alegações desse tipo de defensor do Putin apenas demonstra que não sabem sequer o que o próprio Putin já disse em diversas entrevistas traduzidas em português, seja daquelas para repórteres internacionais, seja aqueles eventos que que ele respondia perguntas de qualquer pessoa da população, seja no documentário transformado em livro do Oliver Stone chamados As Entrevistas de Putin. A visão “dele” não é a profundidade estratégica, seja o que isso for, Profundidade estratégica é um conceito bem conhecido sobre estratégia e doutrina militar defensiva. Não usei arbitrariamente. se assim fosse preparava as forças armadas e talvez assim tivessem objetivos… Read more »

Junior
Junior
Reply to  Ten Murphy
9 meses atrás

Respondia perguntas de “qualquer pessoa da população”. Oliver Stone. A Velhinha de Taubaté revivida!

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Junior
9 meses atrás

Sua fala diz mais sobre você do que sobre mim. Perceba: Você demonstra claramente desconhecer o conteúdo tanto do documentário quanto das inúmeras entrevistas a mais de 1.400 jornalistas internacionais e independentes e a vários internautas todos os anos que o Putin tradicionalmente fazia. A não ser que você seja do tipo que acusa uma pessoa e independente do que ela diga não muda seu julgamento, ouvir o que um político diz a jornalistas internacionais e que pode ter consequências políticas sérias para ele faz mais sentido que impedi-lo de falar por pressupor que tudo que disser será mentira. Assim,… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Ten Murphy
9 meses atrás

Profundidade estratégica é um conceito da doutrina militar. Quando os objetivos não são militares mas sim políticos fica difícil construir uma estratégia militar coerente e com plano de ação bem definido. Por isso usei os exemplos das pontes de como não havia/há uma plano de ação bem definido. Se fosse uma simples conquista, atacava as pontes no Dnieper e tentaria conquistar todo o Este da Ucrânia. Se isto tem o objetivo de aumentar a profundidade estratégica, então está a falhar em todos os sentidos. E sem falar da entrada da Finlândia e da Suécia. Eu especulo sobre o que Putin… Read more »

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Hcosta
9 meses atrás

Quando os objetivos não são militares mas sim políticos fica difícil construir uma estratégia militar coerente e com plano de ação bem definido. Todo objetivo militar é político, já dizia Clausewitz. Quem define a estratégia militar é a política nacional de defesa. Depois disso é construída a doutrina. Portanto inexistem objetivos militares que não sejam políticos antes de tudo. Todavia ter um objetivo político não significa ter a capacidade de construir uma estratégia coerente sobre ele. Mais ainda, quando o objetivo político é desconhecido, fica totalmente impossível. E o objetivo do Putin é desconhecido para todo o Ocidente, e talvez… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Ten Murphy
9 meses atrás

Concordamos em discordar. Mas nunca disse que era uma guerra de expansão/anexação. Até pelo contrário. Se assim fosse o político deixava os militares tomar o comando… Os verdadeiros militares e não os políticos de farda… Mas passou a ser depois do fracasso em derrubar o governo, a correr atrás do prejuízo. Ainda passaram alguns meses até ser anunciado e feito o referendo em dois ou três dias. Mas nada relacionado com alguma estratégia militar ou algo parecido. Simplesmente está à procura de formas de sair do buraco e a limitar os estragos. E Putin o que diz e o que… Read more »

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Hcosta
9 meses atrás

Concordamos em discordar. Sim, concordamos. Mas nunca disse que era uma guerra de expansão/anexação. Até pelo contrário. E eu nunca disse que você disse isso. Você deixou claro que as ações russas evidenciam que não é uma guerra de conquista por não terem atacado as pontes nem todo o Este. Eu contrapus que não podemos saber se é uma guerra de conquista baseado nisso, primeiro por ninguém saber o objetivo da invasão e todos apenas podem especular e segundo porque pode muito bem ter sido uma guerra de conquista que deu errado por diversos erros de cálculo dos russos. Não… Read more »

deadeye
deadeye
Reply to  Hcosta
9 meses atrás

“velho general” o site de um “jornalista” conhecido por ser pro-russo e sem conhecimento técnico. É igual um tal de “pepe”

Hcosta
Hcosta
Reply to  deadeye
9 meses atrás

o artigo é do Friedman, presumo que traduzido pelo site…

deadeye
deadeye
Reply to  Ten Murphy
9 meses atrás

Sim, mas mesmo assim o “jênio” do Putin achava que a Rússia não enfrentaria resistência do Ocidente na OTAN. Então, esse é o país que vai mudar a geopolítica mundial??

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  deadeye
9 meses atrás

Sim, mas mesmo assim Não sei a qual dos meus comentários se refere. Favor fazer a gentileza de negritar a primeira frase do comentário em questão quando for comentar. Dessa vez não precisa, mas nas próximas facilita eu entender o contexto no qual você se inseriu para poder te responder mais acertadamente. o “jênio” do Putin achava que a Rússia não enfrentaria resistência do Ocidente na OTAN. Achava? E como você descobriu o que ele achava ou deixou de achar? Porque até a CIA e a NSA tem dificuldades nisso. Então, esse é o país que vai mudar a geopolítica… Read more »

Bispo
Bispo
9 meses atrás

“uma imagem vale mais que mil palavras”.. pelos dados de satélites há uma percepção clara da situação em campo… apesar de todo esforço da OTAN não houve avanço efetivo nas camadas de defesa russa.

Motivo esse , associado a eleições em N países do bloco, o desgaste natural que uma guerra prolongada trás, da escassez de tudo por lá, a começar pelo dinheiro “fácil” americano.

E … 𝑾𝒊𝒏𝒕𝒆𝒓 𝑰𝒔 𝑪𝒐𝒎𝒊𝒏𝒈

RPiletti
RPiletti
Reply to  Bispo
9 meses atrás

Tu vê… tropas ucranianas avançando contra tropas russas… no inicio da invasão eu jamais teria imaginado o cenário atual.
Deu errado p/ o Putin e não está bom para o Zé, estamos em um ponto em que ambos não podem recuar.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  RPiletti
9 meses atrás

A Rússia está aplicando uma defesa em profundidade a partir do território inimigo. Dessa forma desgasta a força oponente sem afetar fisicamente o próprio território. Já a Ucrânia faz bem se atacar alvos militares dentro do território russo com mísseis de cruzeiro. Não compartilho o receio norte-americano da Rússia atacar países da OTAN ou usar armas nucleares táticas para desescalar se isso ocorresse. Porém tem muito acordo diplomático informal que desconhecemos sobre regras de engajamento e ajuda militar estrangeira, alguns relatados por jornalistas, mas não chegam aos canais de notícias brasileiros.

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Ten Murphy
9 meses atrás

Esses acordos diplomáticos informais, provavelmente envolve o não bombardeamento de Kiev, das sedes de governo e outros centros estratégicos. Estava pensando exatamente isso quando li seu comentário: pq a Rússia não bombardeia a capital, ferrovias e centros de distribuição ucranianos, os quais devem ser de conhecimento público a (s) respectiva (s) localização (ões).

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Comte. Nogueira
9 meses atrás

Exatamente.

deadeye
deadeye
Reply to  Ten Murphy
9 meses atrás

Sim. E enquanto isso a Rússia desgasta – mais ainda, sua demografia. Vai dar muito certo!!

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  deadeye
9 meses atrás

Você precisa pensar como um russo e não como você mesmo. Concordo com você? Concordo. A questão é que a maneira russa de fazer guerra é diferente de como eu, você e o ocidente pensamos. Entender como alguém pensa não significa concordar com essa pessoa, mas ajuda a pensar em como lidar com essa pessoa em negociações, diplomacia, guerra, uma simples venda ou mesmo para fazer um amigo ou iniciar um relacionamento amoroso.

Underground
Underground
Reply to  Bispo
9 meses atrás

A Rússia acaba de utilizar um míssil Iskander de precisão contra uma vila de 300 pessoas que faziam um funeral. Cinquenta civis mortos.
A Rússia afundando cada vez mais em crimes de guerra. Mais parece os nazistas durante a segunda guerra.

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  Underground
9 meses atrás

Sinceramente me questiono se iriam gastar um míssil de milhões de dólares só para matar a família de um soldado morto… não faz muito sentido… a não ser que tivesse alvos de grande valor militar no local…

Nei
Nei
Reply to  Jefferson Ferreira
9 meses atrás

Sim, foi a Ucrânia que fez né. Passadores de panos.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Nei
9 meses atrás

Ele não negou que a Rússia fez, leia de novo. Ele disse que um ataque desse só justificaria se tivessem alvos de alto valor militar ali. Logo, havia alvos de grande valor militar no local, sejam equipamentos ou pessoas.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Ten Murphy
9 meses atrás

Provavelmente a suposição russa é que o enterro de um militar teria a presença de outros militares, e talvez alguns oficiais.

A bestialidade russa não conhece limites (ou honra).

Não bastava o luto da família.

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  Satyricon
9 meses atrás

É o que parece, porque a russia não tá podendo rasgar dinheiro não!

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Satyricon
9 meses atrás

Não dá para afirmar o que seja provável ou não, não temos os fatos, sempre os fatos. Pode ter sido isso que você disse, pode ser que tivessem informações distorcidas por algum informante, pode ser que tivessem alvos de alto valor militar claramente identificados, pode ser qualquer outra coisa que não tenhamos imaginado, moralmente defensáveis ou não, não importa, o que importa é que não sabemos, não temos os fatos que os motivaram para saber quais foram esses motivos. Por isso sua conclusão sobre a bestialidade russa se baseia em um pressuposto seu que não tem como comprovar, daí ser… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Jefferson Ferreira
9 meses atrás

Ou há algo de errado nas fontes de informação da Rússia…
Algo muito provável se for um denunciante no terreno que quer ganhar algum dinheiro fácil. E com as recompensas para alvos de grande valor, não é algo de improvável que alguns inventem alvos.
Talvez seja assim que tenham mais HIMARS destruídos do que aqueles que existem.

Mas lembro que na noite que a Ucrânia ganhou o eurofestival da canção os Russos atacaram a aldeia do grupo…

Kommander
Kommander
9 meses atrás

O “ocidente” não está em guerra diretamente, mas sabemos que tem uma participação fundamental apoiando a Ucrânia no conflito. Acho difícil que desenvolvam um esforço de guerra conjunto para a produção de munição ou mais equipamentos para Ucrânia, isso demandaria logística, manutenção, e principalmente muitos gastos, não existe almoço grátis, pra aumentar a produção, tem que aumentar os gastos, e justamente no momento que muitos países estão cortando gastos públicos. O material soviético que ainda restava com alguns países membros tá OTAN já acabou, resta os estoques americanos no deserto, mas não sabemos se estão dispostos a ficar sem reserva… Read more »

Last edited 9 meses atrás by Kommander
RDX
RDX
Reply to  Kommander
9 meses atrás

A OTAN apostou numa campanha prolongada para exaurir a economia, a indústria de defesa e/ou a capacidade das FFAA russas. Parece que o feitiço está se voltando contra o feiticeiro.

A verdade é que a Ucrânia perdeu a oportunidade de assinar um armistício ou acordo enquanto a Rússia ainda estava desorganizada. O arrogante e insensato líder ucraniano declarou publicamente que a guerra só acabaria com a devolução de todos os territórios ocupados. Talvez ela acabe antes…e com a vitória russa… pela simples falta de munição para a artilharia ucraniana.

Hcosta
Hcosta
Reply to  RDX
9 meses atrás

Uma repetição dos acordos de Minsk…
Enquanto a Rússia ocupar estes territórios haverá sempre a ameaça de uma guerra.
Burro é quem comete o mesmo erro duas vezes…

E os dirigentes políticos da OTAN nunca quiseram uma guerra longa. Basta ver os efeitos económicos nos seus próprios países.
Ainda estão a dar todo o tempo e espaço de manobra para Putin recuar apesar de achar que isso é um erro.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Kommander
9 meses atrás

Talvez. Mas visto que os europeus devem aumentar os gastos em defesa para 2% do PIB nessa década independente de guerra na Ucrânia, acho que esse aumento seria suficiente para manter uma ajuda a conta-gotas e ainda assim melhorar a própria defesa, sem desgastar o próprio país, tudo dentro do que já seria esperado. A própria guerra atual é a pá de cal que justifica esse aumento aos países que estavam mais relutantes, por exemplo, a Alemanha. Já para os americanos, é a forma mais fácil e prazerosa de desgastar a Rússia e justificar o próprio orçamento militar gigante sem… Read more »

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Kommander
9 meses atrás

O que está ocorrendo nos EUA e em certos países da Europa, é o questionamento da sociedade civil quanto aos gastos e despesas militares… Verificou-se níveis de corrupção inimagináveis, como por exemplo, aonde estão os estoques de munição? O que foi feito com o dinheiro? De repente descobriram que não havia munição estocada em grandes quantidades, não havia estoque de armas, que os equipamentos doados ou transferidos para a Ucrânia não estavam com a manutenção em dia, etc…

Last edited 9 meses atrás by Comte. Nogueira
Satyricon
Satyricon
Reply to  Kommander
9 meses atrás

A principal fonte de receitas russas, os hidrocarbonetos (petróleo e gás), caíram 69% Vou repetir: queda de 69% nas receitas Inexplicavelmente, o balanço do ministério da economia russo apresenta agora receitas extras, não ligadas a hidrocarbonetos, que reduzem enormemente esse déficit, num óbvio movimento de “maquiagem dos números”. https://youtu.be/eMId3euDDqc?si=6p7eEWTzDik5vsZt 1 Rublo hoje vale menos que U$ 0,01 (um centavo de dólar) Faça as contas. A Rússia vai implodir. E para toda aquela sapiência que acredita que o ocidente vai ficar sem munição, lembrem-se: operações militares (quase) sempre ocorrem na surdina, sob sigilo absoluto. Querem um exemplo? A Rússia alega que… Read more »

L G1e
L G1e
9 meses atrás

Essa G está igual primeiro G mundial, fronte ocidental. Trincheiras. Para avançar 1 Km Centenas de mortes todos os dias de ambos os lados. No final da primeira G mundial as fronteiras, linhas de batalha estavam praticamente igual 1914.Muito triste.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  L G1e
9 meses atrás

Essa guerra serviu apenas para redefinir estratégias, táticas e doutrinas. Por exemplo, C4ISTAR, guerra eletrônica, pequenas unidades de infantaria mecanizada apoiadas por drones, artilharia de precisão entre outros.

Mr.Guara
Mr.Guara
9 meses atrás

Nessa mesma reunião o Putin ameaçou sair de um um acordo global sobre o banimento total dos testes nucleares, e ele não é de comentar sobre esses assuntos e também não comentava muito sobre a guerra, geralmente isso ficava a cargo do Medvedev e do Prigozhin. O que será que aconteceu internamente na Russia alem da morte do Prigozhin para ele começar a comentar desta forma?

RPiletti
RPiletti
Reply to  Mr.Guara
9 meses atrás

1/3 do investimento federal russo irá para a defesa. O desgaste acontece para ambos os lados…

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Mr.Guara
9 meses atrás

Parece que o substituto do Prigozhin no Grupo Wagner, o Andrei Troshev, será responsável por liderar as tropas de voluntários russos na Ucrânia, sob o comando do Ministério da Defesa. Como toda tropa no exterior é voluntária, salvo engano, ele deverá liderar todas as tropas na Ucrânia? Essa parte me deixou confuso.

Munhoz
Munhoz
9 meses atrás

A Russia ta cozinhando devagar a Ucrânia, aos poucos a ajuda ocidental vai minguando, um politico no comando militar sempre foi um desastre e a historia esta se repetindo, a Ucrânia deveria manter a posição defensiva, ao atacar, a Ucrânia entrou no jogo da Russia, ela se desgastou tanto interna quanto externamente, perdeu equipamentos e tropas, transmitiu uma imagem de ineficácia, a partir dai ela errou mais ainda ao tentar desviar a atenção do fracasso da contra ofensiva com ataques em outras frentes, o politico e a população ocidental não é tonto, eles já perceberam o buraco sem fim que… Read more »

BraZil
BraZil
9 meses atrás

O enfraquecido Biden vai escapar do impeachment, mas não da provável derrota eleitoral esmagadora (no sentido simbólico, não necessariamente numeral) e ficaremos na expecitativa, para ver como o mundo ocidental reagirá a um novo direcionamento da política da Casa Branca. havia tanta expectativa de sucessos da mídia do stablishment antes…

Underground
Underground
Reply to  BraZil
9 meses atrás

Russos tupiniquins torcendo por Donald Trump. Quem diria !!!!

Werner
Werner
9 meses atrás

Os patrocinadores estão impacientes,mas segundo o consórcio de imprensa (de lá) e os especialistas a Ucrânia estava dando uma surra nos russos? A verdade dói,mas continua sendo a verdade que muitos não querem aceitar.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Werner
9 meses atrás

Névoa da guerra. Ninguém sabe o que está acontecendo. Todos os lados fazem guerra de propaganda e operações psicológicas. Tanto a Ucrânia pode estar nos estertores de morte quanto a Rússia pode estar a colapsar internamente e ambos aparentando estar bem para os serviços de informação. Para a Ucrânia, mais importante que equipamentos é ter reservas mobilizáveis, já que os equipamentos dependem da estratégia, e a estratégia pode mudar caso faltem determinados tipos de equipamentos.

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
9 meses atrás

Se um líder de Estado precisa citar frases como “acreditem em mim”, já fico com receio da credibilidade.

Ten Murphy
Ten Murphy
9 meses atrás

Fecha nada. Nem o Trump ganhando fecha essa torneira. Para os norte-americanos não existe forma mais fácil de desgastar a Rússia que essa guerra indireta com os russos na Ucrânia.

Junior
Junior
Reply to  Ten Murphy
9 meses atrás

Lentamente Lento.

Underground
Underground
Reply to  Ten Murphy
9 meses atrás

Não sei! A Marinha argentina, ops, russa, está deslocando todos seus navios para dentro do Rio da Pra, quero diz, para longe de Sevastopol. A coisa com certeza está dando certo para os russos.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Ten Murphy
9 meses atrás

Soldados mortos, equipamentos perdidos, economia sendo gasta em munição em vez de gastar no social. Enquanto isso americanos sentam e assistem. Nunca citei europeus, leia novamente.

Realista
Realista
Reply to  Ten Murphy
9 meses atrás

Economia da Rússia vai crescer mais do que a maioria dos países da Europa,.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Realista
9 meses atrás

Economia da Rússia vai crescer mais do que a maioria dos países da Europa.

Supondo que seja verdade, não muda meu argumento de que poderia estar crescendo ainda mais se os recursos para a guerra estivessem sendo investidos em infra-estrutura, bem-estar social etc. E há quem diga que esse crescimento é devido ao financiamento da indústria militar e portanto não é sustentável nem plausível, mas daí é outra discussão que não quero entrar.

José Martins
José Martins
Reply to  Ten Murphy
9 meses atrás

Não se desgaste a toa, não vale a pena, infelizmente há pessoas que não querem ver, não querem entender, só existe lado bom e lado mau, e parece que EUA ou Europa nunca cometeram atrocidades em guerras, não existiu guerra do Vietnã, Iraque I e II, Líbia, Afeganistão, etc; lá os países defensores da liberdade não cometeram atrocidades; óbvio que um erro não justifica o outro; muitos não lêem, não estudam, acreditam em ideologias, é resquício da guerra fria, onde se implantou esse pensamento, ” nós somos bons, eles são maus”. Não defendo esta guerra, é totalmente inútil, uma tragédia,… Read more »

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  José Martins
9 meses atrás

Não se desgaste a toa, não vale a pena, infelizmente há pessoas que não querem ver, não querem entender, só existe lado bom e lado mau

Muito obrigado, amigo. Concordo contigo. É energia e tempo que poderia aplicar na minha vida pessoal, na minha família, trabalho etc. É que tem uma mentiras tão repetidas aqui e tão absurdas que fico chocado de ninguém demonstrar o quanto são ridículas. Vale a pena sanear o ambiente, mas sem ganhar um salário para isso a perda de tempo não compensa. Abraço.

SUTERMINATOR
SUTERMINATOR
Reply to  Ten Murphy
9 meses atrás

UE tá puti.nha com essa guerra.

Profyler
Profyler
9 meses atrás

“Acredite em mim, sei do que estou falando”

Aham. Vá dormir Putin. Só não esqueça de nao acordar mais kkk

JapaSp Jantador
JapaSp Jantador
9 meses atrás

Guerra não é esse imediatismo todo pregado na mídia. Isso vai longe.
Inglaterra pagou a ultima parcela da dívida aos americanos em 2006, 61 anos após a segunda guerra.

Europa é forte e resiliente, são muitos países, já lidou com um hitler antes.

E tem os EUA bancando com juros formidáveis, para a Ucrânia é um sonho, melhor que sofrer um genocídio atrás do outro como no começo da invasão.
Eu aposto minhas fichas no establishment ocidental, nao apenas por ser um cidadão do ocidente, mas pelo que a história mostra.

Nei
Nei
9 meses atrás

Quando um ditador precisa vir a público dizer “acreditem em mim”, é porque algo errado não está certo.

Cansado
Cansado
9 meses atrás

Se engana quem acha que o prolongamento da guerra deixa o Putin contrariado.
Quanto mais se prolonga a guerra, mas a Ucrânia como “civilização” vai se esgotando e ele vai se aproveitando do tempo de guerra para fazer três serviços ao mesmo tempo: destruir a Ucrânia, conquistar território e fazer a limpeza étnica.

Francisco Vieira
Francisco Vieira
Reply to  Cansado
9 meses atrás

Quanto tempo a Rússia e a Ucrânia aguentarao nessa guerra dependerá do número de soldados disponíveis a morrer por cada país.
Tenha certeza que essa guerra não acabará por falta de munição.

André Luís
André Luís
9 meses atrás

SlavaKatervina… Glory to Urine!!!
“Até o último Ucraniano”

Clown World. 😀

BraZil
BraZil
9 meses atrás

Fala-se muito no desgaste financeiro da UE e pouco ou nada no desgaste político. Putin no poder, já se despediu do Bóris (aquele chato), se despedirá do Biden (aquele fraco), quase que o do Canadá (aquele aplaudidor de nazista) dança e breve veremos mais dança das cadeiras na UE. E o Putin cada vez mais forte. Sim. mas claro, não é o que a grande imprensa, usada sempre como referência de verdade e exatidão diz…

naval762
naval762
9 meses atrás

Que a OTAN deve estar pressionando, deve sim, mas a todo custo não.

Claudio
Claudio
9 meses atrás

Essa afirmação me faz lembrar quando Hitler ordenava que as tropas alemães avançassem na Russia, mesmo que não tivessem armas e munições em quantidades sufientes, e no caso da Ucrania sem apoio aéreo…
Mandar soldados de outros países morrer é facil…