Um relatório da inteligência dos EUA que deixou de ser classificado avaliou que a guerra na Ucrânia custou à Rússia 315 mil soldados mortos e/ou feridos, ou quase 90% do pessoal que tinha quando o conflito começou, disse uma fonte familiarizada com a inteligência nesta terça-feira.

O relatório também avaliou que as perdas de pessoal e veículos blindados de Moscou para os militares da Ucrânia atrasaram a modernização militar da Rússia em 18 anos, disse a fonte.

A embaixada russa e o Ministério da Defesa russo não responderam imediatamente aos pedidos de comentários.

Autoridades russas disseram que as estimativas ocidentais do número de mortos russos na guerra são muito exageradas e quase sempre subestimam as perdas ucranianas – que as autoridades russas dizem serem vastas.

A fonte falou enquanto o presidente ucraniano Volodymyr Zelenskiy fez um último apelo aos legisladores dos EUA no Capitólio para que mantivessem o fluxo de ajuda militar dos EUA para Ucrânia, primeira reunião a portas fechadas com senadores dos EUA.

A fonte disse que o relatório de inteligência dos EUA avaliou que a Rússia iniciou a invasão em grande escala da Ucrânia em fevereiro de 2022 com 360.000 militares.

Desde então, constatou o relatório, 315 mil soldados russos, ou cerca de 87% do total com o qual iniciou a guerra, foram mortos ou feridos, disse a fonte.

A fonte disse que essas perdas são a razão pela qual a Rússia foi forçada a afrouxar os padrões de recrutamento e a recrutar condenados e civis mais velhos para serem destacados para a Ucrânia.

“A escala das perdas forçou a Rússia a tomar medidas extraordinárias para sustentar a sua capacidade de lutar. A Rússia declarou uma mobilização parcial de 300 mil cidadãos no final de 2022 e flexibilizou os padrões para permitir o recrutamento de condenados e civis mais velhos”, afirmou.

O exército russo ficou com 1.300 veículos blindados no campo de batalha e tem de reforçar essas forças com tanques T62 produzidos na década de 1970, disse a fonte.

Kiev trata as suas perdas como um segredo de Estado e as autoridades dizem que a divulgação do número pode prejudicar o seu esforço de guerra. Uma reportagem do New York Times de agosto citou autoridades dos EUA afirmando que o número de mortos na Ucrânia estava próximo de 70 mil.

Escrevendo no jornal ucraniano Tyzhden, o historiador Yaroslav Tynchenko e o voluntário Herman Shapovalenko disseram no mês passado que o projeto Livro da Memória de Shapovalenko confirmou 24.500 mortes ucranianas em combate e não-combate. usando fontes abertas.

O número real provavelmente foi maior, disseram eles.

FONTE: Reuters

Subscribe
Notify of
guest

161 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
lucena
lucena
2 meses atrás

O resumo da opera ucraniana Vs Russa …. é que os recursos da OTAN para os ucranianos estão minando… os recursos recente que a Ucrânia recebeu do tio Sam demostra isso.
.
Como a Ucrânia vai ternar essa guerra ?… geograficamente e economicamente ?

Underground
Underground
Reply to  lucena
2 meses atrás

Como a Ucrânia vai terminar? Não faço ideia. Mas com certeza não será os 100% que os russos pretendiam.
Quanto aos recursos minando…. bom, isso tem sido falado tem um bom tempo.
Caminhamos agora para dois anos de guerra.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Underground
2 meses atrás

Na verdade, o que mais falta nessa guerra é informação e fonte fidedigna. Peguemos como exemplo dois dos maiores canais especializados em assuntos militares do YouTube do Brasil. Um deles aponta que Ucrânia está levantando (e conseguindo recursos) com a Otan para continuar. Outro, que os recursos (tanto materiais quanto humanos) da Ucrânia estão acabando, que esta já queria ter negociado com a Rússia e a Otan (mais especificamente, os EUA) não permitiu. Este canal por sinal, mudou seu posicionamento geopolítico a partir de mudanças políticas (principalmente eleitorais) ocorridas aqui no Brasil. Ficou mais nítido quando políticos foram (e ainda… Read more »

Last edited 2 meses atrás by MMerlin
Gerson Carvalho
Gerson Carvalho
Reply to  Underground
2 meses atrás

Ze foi ver o Tio Sam esta semana e saiu de mãos vazias!

Heinz
Heinz
Reply to  lucena
2 meses atrás

Geograficamente eu acho que não vai reconquistar muito território, apesar deu torcer para isso. Economicamente em frangalhos né, já viu algum estado que foi assolado pela guerra em seu território ficar com a economia bombando?

Satyricon
Satyricon
Reply to  Heinz
2 meses atrás

Ambos países sairão desse conflito com suas economias em frangalhos.
Nada vai mudar isso.
A diferença é que a Rússia nunca mais será vista como receptiva ao capital ocidental, e só terá a China para apoia-la, enquanto a integração à UE trará boas perspectivas à Ucrânia.

Charle
Charle
Reply to  Satyricon
2 meses atrás

Só se for de exploração ou como estado-tampão para um suposto futuro avanço russo.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Charle
2 meses atrás

E quais são os países, que entraram para a UE, onde isso aconteceu?

Quem gosta de usar o termo estado-tampão são os apoiantes do regime Russo, apesar de estado-tampão para eles significar estado vassalo…

Mig25
Mig25
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Estado Tampão é um conceito de Relações Internacionais usado há séculos e implantado por todas as potências em algum momento. como por exemplo, o Uruguai, que conseguiu sua independência para ser um Estado Tampão entre Brasil e Argentina. Não se trata de um termo usado apenas por russófilos.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Mig25
2 meses atrás

Presumo onde esta conversa vai acabar mas o discurso do estado tampão é usado para justificar a invasão. Mas a Ucrânia não era um estado tampão, basta comparar com a Finlândia, e não iria invadir a Rússia ou ter dezenas de bases da OTAN, laboratórios para fabricar armas químicas ou biológicas, nucleares, etc… A grande ameaça da Ucrânia é a vontade do seu povo em querer uma democracia liberal e livrar-se da herança Soviética de corrupção, que também era usada como uma das “armas” da Rússia para controlar os países vassalos, e da sua influência nas políticas internas. E será… Read more »

Bento Ferreira Perrone
Bento Ferreira Perrone
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

A Ucrânia historicamente sempre fez o papel de uma zona de amortecimento entre potências que brigavam entre sí, e é só por isso que ela existe como país. Fora esse papel nunca fez sentido ou deu certo em nada, e só se desenvolveu e industrializou por política da união soviética e muito investimento. A Ucrânia é o estado tampão por excelência goste-se do termo ou não, o papel dela sempre foi de para-choque entre russos, turcos, poloneses, lituanos, católicos, e ocidentais em geral. Não tô dizendo que não tem direito de autodeterminação, de ser um país e de ser livre… Read more »

Caerthal
Caerthal
Reply to  Bento Ferreira Perrone
2 meses atrás

Esse papel histórico da Ucrania se deve a pelo menos dois fatores: 1. Estar na divisa entre o Mundo Ocidental e o Russo Ortodoxo (em algum momento Comunista) e
2. Ser por si só um país bem dividido culturalmente, o que torna a tarefa de escolher alianças algo profundamente problemático.

Charle
Charle
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Por que em todos arremedos de argumentação preparados por vocês, são utilizados termos tais como: “russófilo”, “comunista”, “vá para Cuba” etc.? Você não sabe o que é um “Estado-Tampão”? Explique-me, por favor, o que tem a ver o uso que fiz desse termo geopolítico com o meu posicionamento ideológico particular? E mesmo que eu seja “de esquerda”, nesse caso, não sou à favor dessa intervenção russa. Embora eles tenham tido os seus motivos (motivos deles) que pouco são explorados, esmiuçados e comentados aqui na trilogia. Quer eu simpatize com um dos dois lados do conflito quer não, eu não gosto… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Charle
Hcosta
Hcosta
Reply to  Charle
2 meses atrás

Se apoia a Rússia, é um apoiante de ditaduras. Se não fosse esse pormenor ainda poderíamos discutir esquerda ou direita mas essa questão só a levanto dentro do contexto de uma democracia. Estado tampão ou neutro, depende da perspetiva ou como é usado. No contexto da propaganda Russa, isso é usado para justificar a sua invasão, mesmo não tendo motivos para isso. E no tempo de armas nucleares a justificação da sua existência como “barreira” para a sua autodefesa deixa de fazer sentido. O problema é mesmo uma democracia liberal na Ucrânia e não a OTAN, os EUA, etc… Se… Read more »

JHF
JHF
Reply to  Satyricon
2 meses atrás

A ideia sempre foi essa desde o início. Retirar a Rússia como.fornecesor de energia para a Europa, limitar sua economia, drenar seus recursos e avisar o país diplomaticamente. Muitos destes objetivos foram parcialmente alcançados, outros nem tanto. Já a Ukrania aceitou a “virada” para a UE e tentou entrar na OTAN. Até agora não conseguiu estes objetivos e como país está dividido, diminuído, arrasado economicamente e desaparecendo demográficamente.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Satyricon
2 meses atrás

Tem um documentário de como as belas ucranianas em Odessa são exportadas para o exterior:https://youtu.be/37OtV3Z_yDk?si=rpJtZhGBAykJad7w

Mafix
Mafix
Reply to  lucena
2 meses atrás

Olha os ucranianos receberam recursos na escala de 1 para 10 do que os russos tem logo não tem como esperar nada magico por parte do exercito ucraniano .

Agora se os ucranianos recebem de equipamentos na quantidade de igual que os russos tem acho que eles estavam em Moscow desfilando…

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  lucena
2 meses atrás

Sempre foi esse o “papel” da OTAN nessa guerra… Fornecer equipamentos “defasados”, porém, ainda muito úteis contra a Russia e a “conta gotas” que é para não dar motivo para Russia usar armas nucleares… E apesar de isso custar “caro” para OTAN, custa muito mas para Russia, pois no caso da OTAN são quase 30 paises enviando recursos… Quanto a estar “minando” os recursos da Ucrânia, acho muito mais fácil acabar os da Russia primeiro, tanto que já estão usando o estoque de armas da Coreia do Norte pra suprir munições e outros equipamentos… A Russia já está no limite… Read more »

fish
fish
Reply to  lucena
2 meses atrás

A Ucrânia irá sofrer a longo prazo, as taxas de natalidade que já eram baixíssimas antes da guerra e das de Ucranianos indo morar e viver no exterior era altíssimas, com a guerra esse rombo irá ser mais que duplicado.

Infraestrutura é reconstruída, algum oligarca ucraniano amigo do governo vai pegar os contratos de reconstrução e é isso.

JHF
JHF
Reply to  fish
2 meses atrás

Os contratos de reconstrução já estão com os.banvos que forneceram a maior parte dos empréstimos de guerra. As grandes senhoras da guerra americanas e algumas européias vão disputar a aplicação destes recursos no terreno e já devemos ter oligarcas do grupo do ZeLenski e outras figuras do primeiro escalão político e militar da Ukrania como executores finais destas somas de grana. Hoje em dia todo conflito tem seu banco executor desde o início. Os contratos de reconstrução pagam os equipamentos cedidos com financiamento diverso por diferentes canais. Quase sempre a banda toca desta forma.

JHF
JHF
Reply to  JHF
2 meses atrás

Bancos*

sagaz
sagaz
Reply to  lucena
2 meses atrás

E a matéria fala sobre a Rússia. Essa torcida é fogo, nem questionam a “mãe Rússia”, afinal é óbvio que é uma tirania pária mundial, apenas apontam para os outros para comparar.

Patta
Patta
2 meses atrás

A indústria de tanques da Rússia é boa. Não vai demorar muito pra que os tanques perdidos nessa “operação especial” sejam substituídos por tanques mais novos. Contudo, as sanções dos EUA e UE devem fazer efeito a partir daí, fazendo com que a Rússia se isole mais e mais da Europa e se aproximando mais da China.

Last edited 2 meses atrás by Patta
Underground
Underground
Reply to  Patta
2 meses atrás

Tanques custam caro, muito caro. Com certeza vão repor. Difícil vai ser repor as perdas humanas.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Patta
2 meses atrás

A Rússia não tem a capacidade produtiva como pensam, o quadro economico que o pais mergulhou vai levar um tempo considerável para repor as perdas na Ucrânia .

Realista
Realista
Reply to  Plinio Jr
2 meses atrás

Na verdade o ocidente pensou a mesma coisa que a Rússia não aguentaria bancar a guerra e muito menos as sanções… e advinha quem errou ?

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Realista
2 meses atrás

Enquanto que vc e outros disseram que a Ucrania não aguentaria 01 semana, bem,,,, advinha quem errou ?

fish
fish
Reply to  Plinio Jr
2 meses atrás

Esse cope que a Rússia quebrou e não sei o que, que tem fila pra ir no mercado, mendigos por todos os lados nunca acabam, engraçado que os brasileiros indo fazer turismo lá não veem nada disso.

Mafix
Mafix
Reply to  Patta
2 meses atrás

O problema é a produção principal russa é de t72 e t90 que digamos não são nada modernos fora que essa guerra não vimos batalhas de tranques vs tanques e sim infataria vs infataria aos montes ….

Talisson
Talisson
Reply to  Mafix
2 meses atrás

Não existe isso de tanque bom ou tanque ruim. Existe o tanque que tu produz e pode repor e aquele tanque que é fabricado em outro país qualquer e que hoje ou amanhã te deixará na mão.

Patta
Patta
Reply to  Mafix
2 meses atrás

Os t72 e t90 são bons, não posso dizer que sejam modernos pois são de projetos de mais de 23 anos. Posso dizer que eles são antigos bons por que eles suprem as necessidades e cumprem seus papeis muito bem. A guerra da ucrânia é basicamente guerra de trincheira/urbana/ e em campos de plantação.
A questão dos tanques, é que boa parte dos dois lados já foram destruidos com ataques de drones/armas anti-tanque/ ou por outros tanques.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Patta
2 meses atrás

Tem F-22 Raptor com 26 anos de idade. É ruim?

Agora um MBT produzido há alguns meses, com canhão novo, sensores novos, blindagem nova não é considerado moderno porque o projeto original tem mais de 20 anos?

Então os M1A2 SepV3 também não são modernos?
E os Leo2A8 também não são modernos?

Patta
Patta
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

Disse o Mafix:“t72 e t90 que digamos não são nada modernos” os t90 é uma copia melhorada dos t72, por isso digo que não são modernos. São equipamentos antigos mordenizados. Já o f22, a boieng e a lockheed martin juntamente com o Governo dos EUA fizeram esse caça com tecnologia de ponta e com equipamentos que os EUA possuem. Mesmo assim continua sendo antigo e não obsoleto.

Last edited 2 meses atrás by Patta
Hcosta
Hcosta
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

Já viu o motor dos MBT’s?
E a dificuldade para criarem um novo motor para o T-14?

Não foi por acaso que um T-14 parou no desfile…

Patta
Patta
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Aqui o link do motor do T14

“O motor do T-14 Armata é uma cópia russa do motor alemão Simmering SLA 16, também conhecido como Porsche Tour 212 . No entanto, o motor russo foi projetado pela Transdiesel Design Bureau como uma unidade compressora em estações de bombeamento de óleo e gás, e não para um tanque.”

Armata – o fim da história – Forças Terrestres – Exércitos, Indústria de Defesa e Segurança, Geopolítica e Geoestratégia (forte.jor.br)

Last edited 2 meses atrás by Patta
Mafix
Mafix
Reply to  Patta
2 meses atrás

T-72 data de criação 1967–1973

Creio que o T-90 é um T-72 com melhorias logo projeto antigo.

(acho que o povo sovietico aqui do site não conhece ou esquece que os russos sempre ficam melhorando projetos antigos e raramente fazem um projeto do zero)

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Mafix
2 meses atrás

O T-72 entrou em serviço em 1973. Os americanos e os alemães perceberam que ficaram para trás e desenvolveram o Leopard 2 que entrou em serviço em 1979 e o Abrams que entrou em serviço em 1980. São contemporâneos. O T-90 é um MBT bem mais novo que entrou em serviço em 1992. Um Leopard 2A8 é muito mais avançado e moderno que um Leopard 2 de 1979. Da mesma maneira um M1A2 SepV3 é muito mais moderno que um Abrams de 1980. Da mesma maneira o T-90M cuja produção em série foi iniciada em 2021, é um MBT muito… Read more »

Patta
Patta
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

“Um Leopard 2A8 é muito mais avançado e moderno que um Leopard 2 de 1979” Todo equipamento que é antigo seja o T72 ou o M1a2 Abrams de 1980 é modernizado. No caso do T72 é o T90 e do M1a2 Abrams 80′ é o M1A2 SepV3. Isso serve pra navios, caças, carros e vários outros equipamentos. Um breve exemplo: Eu compro um fusca 68′, ele é um carro antigo correto?. Eu pego esse fusca e modifico ele para os padrões atuais. Você concorda que ele foi modernizado? O caso dos F5 da Fab: Aviões antigos que foram modernizados pela… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Patta
Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Patta
2 meses atrás

O sr. diz que um T-90M não é moderno porque é de um projeto originário antigo. O sr. está errado.
Se o sr. dissesse que não é algo revolucionário, ai concordo.

Moderno é algo novo, atual, etc. O contrário de moderno seria algo velho, antigo e obsoleto.

Oráculo
Oráculo
Reply to  Mafix
2 meses atrás

Opa, ocorreram várias batalhas tanque x tanque sim. E não foram poucas.

E nem precisa ir no Telegram procurar. No YouTube mesmo o que tem de vídeos de tanques destruindo outros tanques nessa guerra é uma grandeza.

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Oráculo
2 meses atrás

Não sou torcedor de nenhum lado, mas nesses vídeos do YT, invariavelmente as vitórias de combate de tanques foi russa.

Nei
Nei
Reply to  Comte. Nogueira
2 meses atrás

Obrigação. Os Russos tinham T-90 e T-72 mais atualizados, enquanto a Ucrânia, tinha mais obsoletos.
No fim, eram equipamentos Russos (soviéticos).

A comparação com tanques ocidentais, acredito não ter ocorrido ainda.

Igor pereira
Igor pereira
Reply to  Mafix
2 meses atrás

Não duvido nada o governo da Russia incentivar ou obrigar a gravidez, na 1 guerra sairam com mais de 9 milhões de baixas, e mandaram ter filhos, na 2 mais 20 milhões, e mandaram ter muito mais filhos, a Russia sempre colocou vida como números, se o Putin perder 1 milhão de soldados nada vale para ele, vai mandar fazer mais.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Igor pereira
2 meses atrás

Veja o exemplo da China, não é só mandar e de repente conserta-se algo e sem fazer nada sobre as suas verdadeiras causas.

Se começar a fazer algo agora, só terá efeitos daqui a muitas décadas e, com este regime, quanto mais tempo estiver no poder, mais tempo demorará a encontrar o equilíbrio.

Underground
Underground
2 meses atrás

Advivika: há controvérsias entre as perdas de ambos os lados, conforme a fonte, mas os números variam entre 1×8 e 1×20.

Igor pereira
Igor pereira
Reply to  Underground
2 meses atrás

O unico que disse a verdade foi o Prighozin dos 30 mil em Bakmhut, e por isso virou saudade

Gabriel BR
Gabriel BR
2 meses atrás

Na guerra quase ninguém diz a verdade .

Werner
Werner
2 meses atrás

Essa guerra vai ficar conhecida como a mais mentirosa de todos os tempos,dizer que a Rússia invadiu com 360 mil soldados(quando dizem que foram menos de 200 mil) e que perderam 315 mil e a Ucrânia só 70 mil ou 24.500 é para encher o ego de alguém ou enganar os que se querem enganar. Não a Rússia não perdeu esse número todo e nem a Ucrânia perdeu só isso(foi muito mais),pois se esses números fossem verdadeiros a Ucrânia ,já teria expulsado os russos e marchando em direção a Moscou. Na guerra a primeira vítima é a verdade, e nessa… Read more »

Mafix
Mafix
Reply to  Werner
2 meses atrás

Nem em 100 anos vamos saber o numero atual visto que muita gente foi embora da Ucrania e o governo russo nunca vai divulgar os numeros …

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Werner
2 meses atrás

O número de 315 mil perdas do lado russo inclui mortes e feridos. Já o número de 70 mil para a Ucrânia diz respeito apenas ao número de mortos, por isso a discrepância.

Joao
Joao
Reply to  Bruno Vinícius
2 meses atrás

Diz pra ele, q quem sabe ler tá na frente de muita gente….

Caerthal
Caerthal
Reply to  Werner
2 meses atrás

Sim. A postura certa é duvidar de todos os fatos e opiniões, inclusive as nossas.

Fëanor
Fëanor
2 meses atrás

Não só as perdas de materiais bélicos, mas principalmente a perda humana (notadamente, a masculina) de ambas as partes.

A etnia eslava oriental está sendo comprometida com essa guerra. Triste isso!

Nemo
Nemo
Reply to  Fëanor
2 meses atrás

Um homem e nove mulheres podem gerar nove bebês em nove meses. Uma mulher e nove homens apenas um bebê. É só proteger as mulheres e deixar a natureza seguir seu curso. É igual gado, mande os machos para o açougue e cuide das fêmeas.

Carlos I
Carlos I
Reply to  Nemo
2 meses atrás

Fosse fácil assim, a não ser que você trate às pessoas como gado e às insemine a força a realidade é bem diferente. Observe o que ocorreu com a Paraguai depois da guerra, quanto tempo levaram para recuperar a população masculina, sobre etnias a dos Paiaguás foi extinta muito provavelmente em virtude dessa guerra.

Jefferson B
Jefferson B
Reply to  Fëanor
2 meses atrás

A natureza mostra que a população do leste europeu está velha e cansada. Isso é um fato!
A Rússia como sociedade está totalmente frágil.

adriano Madureira
adriano Madureira
2 meses atrás

“Um relatório da inteligência dos EUA que deixou de ser classificado avaliou que a guerra na Ucrânia custou à Rússia 315 mil soldados mortos e/ou feridos, ou quase 90% do pessoal que tinha quando o conflito começou, disse uma fonte familiarizada com a inteligência nesta terça-feira. O relatório também avaliou que as perdas de pessoal e veículos blindados de Moscou para os militares da Ucrânia atrasaram a modernização militar da Rússia em 18 anos, disse a fonte”. Relatório da inteligência americana?! Aquela mesma que disse que havia armas QBN no Iraque,e que indicavam que o exército afegão resistiria até dois anos… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  adriano Madureira
2 meses atrás

O que aconteceu a 7 de Setembro?

Sulamericano
Sulamericano
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Desfile em Brasília para a comemoração do dia da independência.

Heinz
Heinz
2 meses atrás

Essa guerra se tornou um verdadeiro banho de sangue, dos dois lados, mas parece que o lado russo tem um desprezo maior pela vida de seus soldados.

nereu
nereu
Reply to  Heinz
2 meses atrás

Vc já viu vídeos dos ucranianos sendo atigindos por drones dentro de botes inflaveis no Rio Dnipro com a água próxima à 0°

Talisson
Talisson
Reply to  Heinz
2 meses atrás

Na contra ofensiva ucraniana de Bakmut vimos que os comandantes ucranianos também não se importam muito com a vida dos seus soldados. E tem mais exemplos. Exemplos não faltam.

Heinz
Heinz
Reply to  Talisson
2 meses atrás

Sim, mas os russos são piores. Cara a diferença entre vídeos que vejo em canais pró russos das perdas Ucranianas, e dos vídeos que vejo nos canais pró Ucranianos das perdas russas, é muito alta, os russos morrem muito mais, ninguém me contou, eu vejo nos grupos dos dois lados. Os Ucranianos tem baixas altíssimas, mas a dos russos beira a insanidade, o que os comandantes russos fazem com seus soldados é literalmente assassina-los muita das vezes, é cada missão tosca que são enviados..

Oráculo
Oráculo
Reply to  Heinz
2 meses atrás

Vídeos de dezenas de mortos tem dos dois lados. Isso não é parâmetro pra nada.

Inclusive da até pra saber em qual período da guerra tá morrendo mais soldados de cada lado.

Vou citar exemplos de 2023.
No início da contraofensiva ucraniana a proporção de vídeos de soldados ucranianos aniquilados subiu assustadoramente.

Já agora no ataque russo em Avdvika, o que mais tem são vídeos de soldados russos abatidos.

Heinz
Heinz
Reply to  Oráculo
2 meses atrás

“Não é parâmetro para nada”
O que seria parâmetro? Uma reportagem da BBC ou da Sputnik?
Se você quer negar aquilo que está em centenas de vídeos, o problema não são eles, e sim você.

Talisson
Talisson
Reply to  Heinz
2 meses atrás

Ainda acho que a Ucrânia só está resistindo (e bravamente) justamente por causa do desprezo pela vida da tropa. Isso aliado a titubieza russa em atacar as rotas de suprimento, em especial os trilhos e pontes.

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Oráculo
2 meses atrás

E a destruição completa da cidade de Avdvika também serve para algum parâmetro. Verdadeira terra arrasada, aliás deixou de ser cidade para virar uma grande pilha de escombros.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Talisson
2 meses atrás

Esses pro ocidente pensam que o ocidentais e os ucranianos se comportam como Rambos que não deixam seus homens para trás. Ninguém quer morrer em situação nenhuma principalmente numa guerra. Muitos são covardes e abandonam os soldados a própria sorte. Esses comandantes pensam primeiro na vida deles e na família. Independente de nacionalidade covardes existe em todas as corporações militares. Parem de ver filmes de Hollywood.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Heinz
2 meses atrás

Geralmente ganha a guerra quem tem o conceito de perdas aceitáveis mais medonho.

Emmanuel
Emmanuel
2 meses atrás

A modernização das forças armadas russas está atrasada desde 1991 quando a URSS caiu.

O resto é conversa mole.

ODST
ODST
2 meses atrás

Tem gente achando que os russos terão material em excesso ao final (quando?) da guerra… Vai nessa…

General de Sofá
2 meses atrás

Eu acredito que a Guerra da Ucrania foi um dos maiores erros da história da Rússia. No fim das contas, tiveram perdas enormes, tanto de pessoal, quanto material, para ganharem uma nova fronteira com a OTAN de 1300 km, um pedaço da Ucrania e uma guerra sem fim.
Honestamente, fazendo um exercício de “e se”, acredito que se a Rússia não tivesse interferido na Ucrânia, invadido a Crimeia, e etc, nem Ucrânia, Suécia e Finlândia estariam na OTAN hoje, e os Russos estariam recebendo $ de investimentos internacionais

Rafael Aires
Rafael Aires
Reply to  General de Sofá
2 meses atrás

O objetivo do Putinho foi alcançado. Ucrânia não faz parte da Otan (e nunca fará) e está ficando sem apoio da Europa e EUA. Se EUA e Europa estão nessa pra tirar dinheiro do contribuinte e dar para as empresas que vendem armas, imaginem o Putin o que tá fazendo. Rússia tem mais expertise nisso. Rsrs Além disso, a fronteira com a Finlândia é, na maior parte, floresta (congelada numa boa parte do ano). Não dá pra colocar veículo de combate em floresta, tem que usar infantaria a pé. A Ucrânia é estepe e é onde iniciou a história da… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Rafael Aires
2 meses atrás

“Verdade”, a Rússia está mais “forte” do que antes e ter mais países na OTAN, a aumentar o orçamento e com uma fronteira terrestre a poucas centenas de km’s da principal base naval Russa faz tudo parte do plano…

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  Rafael Aires
2 meses atrás

Claro que os EUA não deixariam a Russia ou a China se aliar ao Canadá e México.
Mas para impedir isso eles não invadiriam o Canadá e o México.
O que eles fariam, e fizeram, foi integrar as economias do Canadá e México à americana. Já ouviu falar do NAFTA?
Está aí a diferença entre uma democracia e um governo de autocratas.

Rafael Aires
Rafael Aires
Reply to  EduardoSP
2 meses atrás

O que Europa e EUA não entendem (acho que entendem sim, pois isso “forçou” a comprarem menos combustíveis da Rússia e mais dos EUA) é que para os políticos russos, a Ucrânia e Bielorrússia, ou Belarus, nunca fará parte de uma aliança que foi formada para combater à Rússia. Não vou nem entrar no mérito se é certo ou errado. Mas a região da Ucrânia e da Bielorrússia é onde foi “formado” a Rússia. Se tiverem base de Otan nesses dois países, o presidente da Rússia que permitir isso, acabou a carreira ou será morto. O presidente da Ucrânia sabe… Read more »

LUIZ
LUIZ
Reply to  General de Sofá
2 meses atrás

Se os russos não tivesse agido seria pior. Um vizinho altamente armado cheio de bases do ocidente na Ucrânia e o fim da base naval de Sebastopol. Um Mar Negro sob o poder dos EUA. A Ucrânia seria mais um estado dos EUA servindo de leão de chácara contra os russos. Vc enxerga os russos pela ótica ocidental e cometerá erros de análises.

” Vou ficar quietinho porquê o ocidente ta enchendo meu cofrinho de dólares e euros”

Henrique A
Henrique A
2 meses atrás

A melhor razão para manter o serviço miliar obrigatório (SMO) é gerar reservas mobilizáveis treinadas em caso de graves baixas ou/e expansão.

Os russos tinham um SMO. Por qual razão foram obrigados a mobilizar presidiários e homens de meia idade fora de forma?

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Henrique A
2 meses atrás

É o mesmo que mandar vacas velhas para o abate: elas darão carne do mesmo jeito, ruim é obvio, mas darão.

Oráculo
Oráculo
Reply to  Henrique A
2 meses atrás

A matéria não cita que os presidiários russos não lutaram pelo Exército russo e sim no Grupo Wagner. Viraram mercenários. Existe uma diferença entre um exército mobilizar reservistas e outra em aceitar presidiários. A matéria omite isso. Nesse ponto acredito que os russos foram inteligentes, e também extremamente cruéis. Mobilizaram reservistas e ao mesmo tempo “abasteceram” o grupo mercenário com criminosos. E enquanto treinavam os reservistas do Exército, quem morria aos milhares eram os presidiários-mercenários, que foram mandados pro Front na base do “esse é um fuzil, aqui você mira, atira, recarrega, atira de novo. Pronto, já está apto para… Read more »

Oráculo
Oráculo
Reply to  Henrique A
2 meses atrás

Sobre “homens de meia idade” lutando. Se não me engano a idade limite para reservistas de 1° categoria do Exército Brasileiro é de 55 anos. Ou seja, se entrarmos numa guerra, quem temais de 50 anos e serviu o EB pode ser chamado a qualquer momento. E eles não escolhem por idade na hora da chamada. Vão convocando conforme o tipo de unidade que precisam montar. Ou seja, quando a corda aperta, os “homens de meia idade” vão pro pau também. E a corda dos russos já apertou além do aceitável faz mais de um ano. Uma coisa que os… Read more »

Vitor
Vitor
2 meses atrás

Porta voz da OTAN quem acredita ?

Maurício.
Maurício.
Reply to  Vitor
2 meses atrás

Te garanto que muitos acreditam, principalmente aqui no Brasil…Rsrsrs.

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
2 meses atrás

Nenhum exército no mundo consegue sustentar uma guerra com uma perda de 90% do seu pessoal… isso se chama derrota… por óbvio como a guerra não acabou com a vitória da ucrânia esses números estão bem longe da realidade…

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Jefferson Ferreira
2 meses atrás

Na verdade esse números não são para quem estuda e é familiarizado com o assunto. Na verdade é para a opinião pública leiga, que compreende a grande maioria e que vai ignorar totalmente a veracidade dessas informações. Olharão esse número e dirão: “Os rusos estão realmente f**os, continuem a ajudar a Ucrânia. Slava Ucrânia!”.

Igor pereira
Igor pereira
Reply to  Jefferson Ferreira
2 meses atrás

Tudo mentira isso, se qualquer lado perdesse 300 mil a guerra ja tinha acabado, 300 mil perdas os campos iriam ficar vazios, e os campos e trincheiras Russas estão cheios, agora que mais de 50 mil Russos morreu eu acho provável.

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  Igor pereira
2 meses atrás

Em geral se considera que para cada morto há três feridos. 70 mil mortos implicariam em 210 mil feridos e 280 mil baixas.
Agora, feridos podem voltar ou não à ativa, depende das lesões.

Felipe
Felipe
2 meses atrás

Da mesma fonte que Putin estava com câncer terminal e não duraria 1 mês (há 2 anos atras)

JapaSp Jantador
JapaSp Jantador
Reply to  Felipe
2 meses atrás

E quem sabe ja nao morreu, tem no mínimo 2 clones. Sabemos que quem manda é o Kremlin. Putin apenas incorpora todos os burocratas dessa estrutura

LUIZ
LUIZ
Reply to  JapaSp Jantador
2 meses atrás

Ta bom Paul Mccartney morreu de acidente nos anos 60 e ta ai o clone dele em turnê no Brasil.

Paulo Roberto
Paulo Roberto
Reply to  JapaSp Jantador
2 meses atrás

Quem manda é o Kremlin??Por favor,poderia explicar essa afirmação,já que o Kremlin é a sede do governo russo?

Maurício.
Maurício.
Reply to  Felipe
2 meses atrás

Ele também estava com Parkinson, seria traído pelos oligarcas, amanheceria com a boca cheia de formigas, cometeria suicídio com um tiro na nuca, tomaria chá de polônio, seria morto pelo Wagner Group, Prigozhin tomaria o seu lugar, seria traído pelos militares, morreria por um disparo de javellin e não duraria até o final de 2022…

Infantaria_leve_BiABR
Infantaria_leve_BiABR
Reply to  Felipe
2 meses atrás

Ou que a rússia tomaria kiev em uma semana.

Ou que 200 baterias de himars tinham sido destruídas…

eliton
eliton
2 meses atrás

Porque não 20 anos ou 17 anos? Porque especificamente 18 anos?
315 mil russos mortos? Como que eles sabem?
24.500 ou 70 mil soldados ucranianos mortos? Só engana quem faz força para ser enganado
Enfim, voltamos a programação normal.

Paulof
Paulof
Reply to  eliton
2 meses atrás

Eles contam com estatística do país excesso de mortes, nada informado diferente acreditasse que seja aquele evento, entre outros mecanismos.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  eliton
2 meses atrás

Se o numero de baixas ucranianas(incluindo material bélico) forem verdadeiramente reveladas, a opinião pública ocidental demandará o fim do conflito imediatamente, o que não é do interesse da maioria dos membros da OTAN, principalmente EUA e RU.

Gustavo
Gustavo
2 meses atrás

Inteligência americana, querendo vender seu peixe para continuar financiar a guerra, eleição chegando, Biden querendo falar para seus eleitores que russia esta levando prejuízo que não vai sobreviver.

Fábio
Fábio
2 meses atrás

EDITADO

Charle
Charle
2 meses atrás

Eu pensando que fosse o oposto. Que as malditas guerras é que impulsionassem o avanço tecnoindustrial.

Marcus Pedrinha Pádua
Marcus Pedrinha Pádua
2 meses atrás

Provavelmente o que está ocorrendo é justamente o contrário: a FR está usando a experiência que obtem no conflito para corrigir erros em sua organização e equipamentos, testar novos métodos, armas e sistemas e apurar lacunas em suas doutrinas e parque bélico. Com base nisso ela, por exemplo, abriu mão de sua estrutura de BTGs na organização da força terrestre, introduziu drones de vários tipos em sua ordem de batalha, aperfeiçoou sua organização e eletrônica ligadas à defesa antiaérea, iniciou a utilização em massa de bombas stand-off, dentre outras coisas. A Rússia terminará essa guerra com as forças militares mais… Read more »

Junior
Junior
Reply to  Marcus Pedrinha Pádua
2 meses atrás

Verdade!!!

Bispo
Bispo
2 meses atrás

O festival de mentiras e meias verdades é uma arma de guerra, como os nazistas bem ensinaram , “uma mentira repetida 1000 vezes se torna uma verdade” – Joseph Goebbels.

O que é evidente, sem $$$ e armas dos EUA a Ucrânia vai para vala , independente de quantos russos já foram.

Vitor
Vitor
Reply to  Bispo
2 meses atrás

Vamos aos fatos com armas treinamento e doutrina da OTAN a Ucrânia vai para mesa de negociação enfraquecida.

Bispo
Bispo
Reply to  Vitor
2 meses atrás

Os “financiadores” da Ucrânia , sabem que a Rússia pode manter essa guerra por anos, injetar $$$ por prazo indefinido , desgasta politicamente qualquer “governo democrático”.

Como justificar para o cidadão “comum” , envio de bilhões para um país do outro lado do mundo , enquanto ele luta para pagar as contas.

Até o presente , os EUA enviaram U$130 bilhões, União Europeia U$92.5 bilhões.

Somados a Ucrânia já recebeu mais de U$222 bilhões e militares nada mudou.

Infantaria_leve_BiABR
Infantaria_leve_BiABR
Reply to  Bispo
2 meses atrás

Um “democrata” aqui, defendendo as vantagens de uma ditadura. Que maravilha é a internet. Até mesmo dar vozes a quem defende entregar o poder uma nação na mão de um ditador. rsrs Que defesa de ditadura mais límpida. Puro suco de fanatismo

A C
A C
2 meses atrás

Entendo que o numero de baixas ucranianas estah bastante subestimado e talvez nunca vamos saber dos verdadeiros numeros.

Quanto aos russos, a vasta maioria dos recem-recrutados sao oriundos do interior do pais, de cidades rurais daquele gigante pais minimizando assim o impacto na opiniao publica dos grandes centros urbanos. Quanto a populacao carceraria, bem…

BraZil
BraZil
2 meses atrás

Bom dia a todos. Qual a fonte mesmo dessas informações? gabinete do presidente fantoche? Acho que o próprio Zé anotou esses números. Não poderiam ser mais desfavoráveis para quem está ganhando a guerra. E isso é fato

Orivaldo
Orivaldo
2 meses atrás

Fiquem firme Russos Brasileiros. Mais 100,000 detentos e Kiev vai cair

Kkce
Kkce
Reply to  Orivaldo
2 meses atrás

Oa trombadinhas de moscow vão passar a virada do ano em kiev kk

Marcos
Marcos
2 meses atrás

Vendo por uma outra perspectiva, a Rússia não está empregando parte de sua elite bélica neste conflito( vide manobras militares com outros países enquanto se desenrola a guerra) para ter , caso a guerra se agrave para o lado russo , uma força de combate eficaz. Reiterando que é uma perspectiva que eu teria, caso achasse a invasão da Ucrânia como peixe pequeno. Mas como sou leigo e jamais saberia o tamanho e a complexidade de gerenciar uma estrutura bélica do tamanho da pertencente a Rússia, posso estar 100% equivocado.

Orivaldo
Orivaldo
Reply to  Marcos
2 meses atrás

VDV que o diga

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
2 meses atrás

A máquina de propaganda as vezes chega nos limites do razoável.
Só há perdas russas, tanto material quanto humana.

Luís Henrique
Luís Henrique
2 meses atrás

Quem acredita neste relatório são as mesmas pessoas que assistem jornal da Globo. kkkk Este relatório é propaganda pura. A Rússia aumentou a produção de armas e equipamentos militares e aumentou o efetivo. As maiores perdas são em blindados, mas a produção também aumentou muito. Os russos haviam contratado 160 T-90M em 2019 para receber nos próximos anos com cadência de 40 ou 50 MBT por ano. Agora já divulgaram que pretendem produzir até 1.500 MBT por ano. Mesmo que esta informação russa esteja exagerada, mesmo que produzam metade disso, em alguns anos terão muito mais T-90M novos do que… Read more »

JapaSp Jantador
JapaSp Jantador
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

Nao faz diferença tanques e carros na guerra moderna o peso deles é mínimo. Serão destruídos por drones ou um soldado portando lança míssel. Ou ainda, artilharia.

Last edited 2 meses atrás by JapaSp Jantador
Hcosta
Hcosta
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

Sempre o mesmo discurso… Eram para ser quantos T-14? E a restante família Armata? Isso é que era uma modernização… E sem falar que ainda continuam a produzir modelos antigos… Por enquanto ainda estão a correr atrás do prejuízo… E os números enganam muito. Já tinham muitos blindados antes da guerra mas o calcanhar de Aquiles era o treinamento, comunicações, manutenção, equipamentos óticos de nova geração (alguns eram produzidos na França), corrupção, etc… Se gastassem menos em construir novos veículos e investissem nestas áreas, aí é que ficava preocupado, se bem que ainda demoraria anos para atingir o mesmo nível… Read more »

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Decidiram continuar a modernização dos T-72 e T-90, além da construção de novos T-90M em 2018 porque consideraram o Armata muito caro para produção em massa. E não viam necessidade para isso, até porque na época o orçamento militar russo havia sido reduzido. Mas continuaram o desenvolvimento e fizeram um pedido de 160 unidades. No futuro é muito provável que irão aumentar a produção, mas no momento o T-90M atende muito bem e é bem mais barato. Algumas fontes indicam que em 2011 o T-90 custava cerca de 118 mi de rublos. O Armata foi estimado em 500 mi de… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

Havia um que afirmava que a Rússia não tinha blindados mais modernos para não provocar a OTAN… Se não tem blindados mais modernos é porque não tem capacidade para isso. Recursos não faltam, o problema é como são e foram geridos nas últimas décadas ao fazerem parte de um ciclo vicioso de corrupção, demagogia política e falta de inovação, mantendo a produção de produtos obsoletos, entre muitos outros fatores. Fala muito do T-90 e o que acha da produção do T-54, T-62 e de outros? E com muitos destes a serem retirados de armazenamento e anunciados como se fossem novinhos… Read more »

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Pois é. Parece que os russos ficaram muito satisfeitos com o desempenho dos T-80 BV principalmente por sua velocidade incomparável e resolveram reiniciar a produção de uma versão moderna do mesmo.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

Se acha que umas óticas com 30 anos e um sistema de tiro e pouco mais, é modernizar… Daqui a pouco põe um GPS num t-34 e é mais uma modernização… E uma velocidade incomparável com o quê? Mais 7 km/h do que um Leo 1, um modelo iniciado em 1956? O que diz teria alguma lógica se a Rússia somente produzisse o T-90 e tendo muitas fábricas aptas a fazer isso. Mas não, é mais do mesmo, mantêm fábricas obsoletas e chegaram ao ponto de não conseguirem fabricar, em larga escala, nada que seja moderno, apenas atualizar alguns sistemas.… Read more »

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

O T-80 BVM é uma modernização que foi aprovada em 2017 e teve início em 2019, então é bem recente. Não é só “umas óticas”, a turbina ucraniana de 1.000 HP é substituída por uma russa de 1.250 HP. O canhão é novo 2A46M-5, mesmo usado nos T-90. Foi adicionado proteção reativa do tipo Relikt que é de 3a geração, superior ao Kontact-5, além do sistema de mira Sosna-U. Não são 7 km/h, várias mídias ocidentais continuam divulgando a velocidade do T-80 original que era de 70 km/h. Este T-80 BVM com turbina mais potente atinge 80 km/h e é… Read more »

Rodrigo Frizoni
Rodrigo Frizoni
2 meses atrás

Só para ter ideia, desde 2014 quando foram impostas sanções a rússia, ela não conseguiu produzir mais o T-14 em escala, imagina agora depois que perderam dois terços da sua força de tanques. A russia entrou em um buraco sem fim e os EUA não usaram nem 3% do seu orgamento anual em ajuda para a Ucrania

Vitor
Vitor
Reply to  Rodrigo Frizoni
2 meses atrás

Olha não sou otimista…vinte anos de ocupação do Afeganistão…2 trilhões gasto…a sair com o rabo no vão das pernas no aeroporto de Cabul com gente pendurado no trem de pouso do avião…

KKce
KKce
Reply to  Vitor
2 meses atrás

Os russos (soviéticos) que o digam, só ficaram lá por 10 anos, saíram correndo e anos depois entraram em colapso, os EUA ao menos continuou de pé e no posto de maior potência militar e econômica haha

Rodrigo Frizoni
Rodrigo Frizoni
Reply to  Vitor
2 meses atrás

Oq uma coisa ta a ver com outra ? A russia perdeu sua elite militar e maior parte de seus equipamentos, sem falar do rombo economico

Maurício.
Maurício.
2 meses atrás

“Um relatório da inteligência dos EUA.” A mesma “inteligência” das armas de destruição em massa do Saddam e dos 90 dias que o governo afegão duraria sem a presença americana, que na verdade passou de 90 dias para 9 horas…rsrsrs. Outra coisa, como anda a tão falada (agora nem tanto) contraofensiva? Ninguém mais fala dos Bradley, Leopard e M109 destruídos… Aliás, alguém viu o Abrams no front? Como anda o Himars e o tão falado ATACMS? Quanto ao território, a Rússia vai ficar com o que conseguiu roubar até agora, não possuem mais condições de roubar mais terras, e vai… Read more »

Vitor
Vitor
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

Já especulam que os americanos estão pedindo de volta os Abrams para não passar vergonha no front.

Bosco
Bosco
Reply to  Vitor
2 meses atrás

Vitor,
Foi noticiado que quem anda querendo as velharias de volta são os russos. Acho que você se equivocou nessa.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Vitor
2 meses atrás

Não duvido nada, até porque, está muito estranho essa ausência do Abrams do front de batalha…

Bosco
Bosco
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

Rsss
Essa maquiada que você dá no final (“a Rússia vai ficar com o que conseguiu roubar“) para passar por isentão é hilária. rsss

Maurício.
Maurício.
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Olha quem falando…😂 O sujeito que tenta pagar de isentão quando a ditadura Saudita está em jogo… “O pensamento da esquerda determina aos seus ativistas que eles devem escolher lados. Mesmo numa terra distante lá no forevis do Judas agente aqui do Brasil fica escolhendo o lado.” “Essa questão é entre os filhos de Alá e eles que se virem com Ele.” “Na verdade não faço a mínima ideia do que tá acontecendo lá e nem tô interessado.” Viu só! Tu tentando dar uma de isentão para defender a Arábia Saudita…🤷🏻‍♂️😂 Quanto a Rússia, está errada em invadir a Ucrânia,… Read more »

LUIZ
LUIZ
2 meses atrás

“Kiev trata as suas perdas como um segredo de Estado e as autoridades dizem que a divulgação do número pode prejudicar o seu esforço de guerra. Uma reportagem do New York Times de agosto citou autoridades dos EUA afirmando que o número de mortos na Ucrânia estava próximo de 70 mil.”

Vamos divulgar as perdas do inimigo e as nossas vamos esconder ou colocar números menores.

Olha o padrão usado pela transparência ucraniana e ocidental kkk.

Dizem que o ocidente não esconde nada ao contrário de Rússia e China.

rfeng
rfeng
2 meses atrás

Mais uma reportagem voltada para propaganda nunca a não ser em guerras as armas são mais desenvolvidas, atraso chega a ser piada, ou alguem acredita que as armas russas agora são piores que as do começo do conflito.
Algumas fontes falam em 1 milhão de baixas Ucranianas(mulheres aarecendo no cmpo de batalha assim como adolescentes, tem filmes lá no lost armour), então tirem as suas conclusões

Hcosta
Hcosta
Reply to  rfeng
2 meses atrás

Eu acredito e não é só na qualidade, é também na quantidade.

Junior Souza
Junior Souza
2 meses atrás

O impacto na economia russa vai ser sentido por gerações, até 2014 a Rússia era uma potência em expansão, com uma crescente influência sobre a Europa, mas tudo isso foi ralo abaixo……
Digo e repito, um erro estratégico de proporções poucas vezes vista na história..

Vitor
Vitor
Reply to  Junior Souza
2 meses atrás

Eu ouço isso no Brasil faz 50 anos…cuidado sua memória foi capturado por agente estrangeiro…kkk

Renato B.
Renato B.
2 meses atrás

Esse tipo de relatório deve ser visto nas linhas e entrelinhas. Nas entrelinhas soa como “pelo menos atrapalhamos os caras” mas me parece que o ocidente está jogando a toalha em relação à uma vitória da ucrânia. O que, convenhamos, era o mais provável. Ainda que eu acredite que a invasão tenha sido um erro monumental do Putin, me parece que ele vai sobreviver a esse erro.

Vitor
Vitor
Reply to  Renato B.
2 meses atrás

Conclusão a NATO só bate em cachorro morto.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Vitor
2 meses atrás

Guerras custam muitas vidas e dinheiro, se for para perder melhor nem entrar mesmo.

Carlos Campos
Carlos Campos
2 meses atrás

Papel da Ucrania está sendo cumprido com sucesso

pragmatismo
pragmatismo
2 meses atrás

Relatório feito para a Reuters.

Luiz
Luiz
2 meses atrás

Reuters sobre Ucrânia? Não obrigado…

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
2 meses atrás

Essa imagem do carro de combate destruído é assustadora, olhem como o tubo do canhão ficou esgarçado.

Gavião
Gavião
2 meses atrás

Infelizmente esta é uma guerra onde a Ucrânia não tem como vencer. Aliás, os únicos países que poderiam vencer a Rússia seria os EUA ou a China. Enquanto a Ucrânia tem de ficar a mercê da ajuda internacional, a Rússia produz todo o seu armamento e munições. Por outro lado, a Ucrânia é muito grande para a Rússia vencer, pelo menos do jeito que Putin imaginava no começo. Então eu creio que a situação deverá ficar neste impasse, por muito tempo.

Bosco
Bosco
Reply to  Gavião
2 meses atrás

Se você tá dizendo…
Agora, estranho que o chinelado Vietnã com ajuda da China e da URSS venceram os americanos e o turbantado Afeganistão venceu os soviéticos com um pequena ajuda americana e depois venceram os americanos sem ajuda de ninguém (salvo Alá).
Nessa sua bola de cristal você não vê nenhuma chancezinha dos ucranianos vencerem os russos não?

Last edited 2 meses atrás by Bosco Jr
Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Sim, nada é impossível.
Acho que dá para considerar 1% de chance da Ucrânia vencer.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

De fato, há um abismo entre achar que a Rússia vai ganhar e torcer para ela ganhar. Eu acho mais provável que os dois lados saiam cantando vitória, mas o que importa vai ser o saldo e quem vai ficar vivo para contar a história.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Bosco, tenta ser sincero e imparcial, tu realmente acha que a Ucrânia tem alguma chance de recuperar todos os territórios mais a Criméia, mesmo depois da completa falha da tal contraofensiva? A tão falada contraofensiva recuperou o que até agora?Ela alcançou os objetivos? O tal “Gavião” nem precisa ter uma “bola de cristal” para ver o que vai acontecer, basta olhar os mapas e como a guerra está indo, ou melhor, quase indo, já que praticamente ninguém avança.

Gabriel Pereira Lima
Gabriel Pereira Lima
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

Exato, esse conflito tá numa espécie de impasse, hoje mesmo vi um vídeo com dezenas de soldados Rússus mortos é também um vídeo de dezenas de soldados Ucrânianos mortos ambos numa espécie de estratégia de lançar buxas canhão para combates suicidas.

Lyw
Lyw
2 meses atrás

Há menos de um mês o general Mark A. Milley, presidente do Estado-Maior Conjunto dos EUA, soltou sem querer querendo que mais de 100.000 soldados de cada lado foram mortos ou feridos desde o início da guerra em fevereiro de 2022. Estes dados não levavam em consideração as últimas batalhas desde outubro…

Os números variam muito, a depender da fonte que se está lendo a informação.

A questão é que a imprensa de cada lado costuma inflacionar as perdas do “outro lado”.

https://www.nytimes.com/2023/08/18/us/politics/ukraine-russia-war-casualties.html

Bosco
Bosco
2 meses atrás

Sem querer ser chato mas não seria “atrasarão” ?

R_Cordeiro
R_Cordeiro
2 meses atrás

Eu vejo da seguinte forma… A guerra um dia vai acabar e a Russia ganhando ou perdendo vai precisar remodelar todo seu plantel de equipamentos, eliminou-se a possibilidade de recauchutar os equipamentos da antiga URSS e nao ha outra alternativa à projetar e construir novos, com uma bagagem absurda do que funciona e nao funciona num campo de batalha moderno. Sem contar o saber como se comporta os melhores equipamento dos seus adversarios OTAN. Acredito que sem essa queima de equipamentos em estoque o desenvolvimento tecnologico ficaria atrasado mais uns 20 anos, pq é muito mais facil “modernizar” algo antigo,… Read more »

Gabriel Pereira Lima
Gabriel Pereira Lima
Reply to  R_Cordeiro
2 meses atrás

Sim, antes da guerra na Ucrânia a Rússia não tinha kits de orientação para suas bombas burras como o JDAM americano, não dava importância para drones ou para artilharia sobre rodas como o Caesar francês, estão tentando trocar os seus obsoletos veículos de transporte BTRs por uma versão mas ocidental, dispositivos de guerra eletrônica sendo melhor que Mísseis ant-aéreos, nos tanques mesmo o T-90 ser uma plataforma soviética é com problemas já conhecidos já provou ser melhor em vários aspectos que os tanques ocidentais, sem falar nas doutrinas militares, essa conflito é um verdadeiro campo de testes que veremos em… Read more »

Charles
Charles
2 meses atrás

Relatório que “deixou de ser classificado”. Eu não acredito em nenhuma fonte de informação vindo do governo Americano, Russo ou britânico em relação a número de baixas de nenhum lado.
Desinformação é uma arma de guerra.

Luis
Luis
2 meses atrás

Acho que o Brasil deveria investir em mísseis de longo alcance, se possível nucleares, tipo 11 mil km de alcance

ChinEs
ChinEs
2 meses atrás

Eu acho que é ao contrário, essa Guerra acelerou a modernização Russa… Sempre foi assim desde Napoleão… até Hitler e agora se repete a mesma história.

Jonathan Pôrto
Jonathan Pôrto
2 meses atrás

O povo da praça Maidan pediu prosperidade da União Européia, jamais ingressar na OTAN, mas os líderes ucranianos incluindo Zelensk não deu ouvidos, Moscou cansou de alertar, ainda vi comentários de pessoas que afirmavam, a Rússia tá quebrada economicamente, as guerras são caras, não haverá guerra,olha, as sanções econômicas vão acabar com a guerra, agora ficam calados fingindo que nunca fizeram tal afirmação,mas essa gente ainda acha que suas argumentações fracassadas lhes dá crédito pra continuar opinando e espalhando suas fakenews, sem reparar ou reconhecer que erraram feio além de debocharem de quem acertou em cheio!!!

Rick
Rick
2 meses atrás

O esforço de guerra russo hoje já usa até cubanos.

Os russos mesmo simplesmente estão fugindo para lutar numa guerra que não é deles.

Daqui a pouco vamos ver unidades africanas lutando na Russia.

JHF
JHF
Reply to  Rick
2 meses atrás

Tivemos, temos e sempre teremos mercenários atuando em todas as guerras, de todos os lados.

André Luís
André Luís
2 meses atrás

Como a OTAN foi derrotada e humilhada pelos Russos, o que resta agora é propagandear narrativas para, digamos assim, não ficar muito feio!! Tipo: “eu tomei uma surra violenta, mas ele deve ter ficado com dor no braço de tanto me bater”….rs!

SlavaKatervina, venceu PÁTRIA RÚSSIA.

flight falcon
flight falcon
2 meses atrás

O que me deixa surpreso é que sempre observamos as estatísticas de um Exercito grande, bem equipado, com muitos soldados, etc
Na hora do combate esses soldados não podem ser utilizados?
São uma reserva ou inativos que são convocados?
Isso que fiquei na dúvida de como é feita essa contabilização.