Secretário americano Antony Blinken ligou para o chanceler brasileiro Mauro Vieira

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, agradeceu o Brasil pelo que chamou de “liderança diplomática” na busca por uma solução pacífica na disputa entre Venezuela e Guiana pela região de Essequibo.

O agradecimento foi feito em um telefonema ao chanceler brasileiro Mauro Vieira na quarta-feira (13), um dia antes da reunião do presidente venezuelano Nicolás Maduro com o presidente guianês Irfaan Ali. Os dois disseram concordar em evitar uma escalada da tensão e a fazer uma reunião no Brasil.

Na conversa com Vieira, segundo a embaixada dos EUA no Brasil, Blinken reafirmou a posição americana de que a fronteira terrestre entre Venezuela e Guiana deve ser respeitada, “a menos que, ou até que, as partes cheguem a um novo acordo ou um órgão legal competente decida de outra forma”.

Missão Haiti

Blinken e Vieira ainda discutiram o apoio à missão de segurança multinacional no Haiti contra gangues locais. O Brasil, por sua vez, reafirmou o apoio com foco no treinamento das forças policiais. O governo brasileiro se recusou a liderar a operação apesar dos pedidos da Organização das Nações Unidas (ONU).

O secretário de Estado americano ainda pediu que o chanceler Mauro Vieira acompanhe os Estados Unidos para condenar os ataques recentes do grupo rebelde houthi no Iêmen.

FONTE: CNN Brasil

Subscribe
Notify of
guest

104 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Tomcat4,5
Tomcat4,5
2 meses atrás

E o plano de sair de anão diplomático para libertador/pacificador das Américas segue correndo bem !!!hauhauhauhauhau!!!

Santo teatro Batman !!!

Realista
Realista
Reply to  Tomcat4,5
2 meses atrás

Gigante diplomático é o Brasil do ano passado que não foi chamado pra reunião do G20 e muito menos convidado pro G7. ( sem contar que era chacota internacional )

ODST
ODST
Reply to  Realista
2 meses atrás

basta pesquisar “anão diplomático” no Google para descobrir quem é a chacota mundial.

Realista
Realista
Reply to  ODST
2 meses atrás

Se quiser comparar os convites e o protagonismo que o Brasil teve só nesse 1 ano com os 4 anos anterior estou aqui ..

ODST
ODST
Reply to  Realista
2 meses atrás

Pode ser convidado por quantos quiser, agora aonde estão os feitos?

Anão diplomático. Pesquisem no Google e descubram quem é.

MLJC
MLJC
Reply to  ODST
2 meses atrás

Tem que ser muito contrário ao governo atual para levar a palavra de um estrangeiro tão a sério quanto você leva. Use sua visão/conhecimento de mundo e interprete como se deu a diplomacia brasileira durante os diferentes governos. Não fique a depender de manchetes. “O governo brasileiro convocou para consultas o embaixador em Tel Aviv após considerar inaceitável a escalada de violência e condenar energicamente o uso desproporcional da força por Israel na Faixa de Gaza” (Fonte: G1). Isso em 2014. Pelo jeito o Brasil estava certo naquela época, porque de nada adiantou as políticas israelenses para a Faixa de… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  ODST
2 meses atrás

Caro. O tamanho não importa, desde que faça o trabalho. Havia uma crise em andamento entre a Venezuela e a Guiana cujo desfecho era incerto, sendo o pior deles uma uma. Após a reunião entre os dois países, mediada por San Vicente e Granadinas com a presença brasileiras, os dois presidentes concordaram em manter o diálogo. Foi um ótimo resultado. Os dois presidentes também anunciaram uma nova reunião, desta vez no Brasil. Um excelente resultado. As recentes crises em outras regiões resultou em guerra. Aqui na América Latina, a crise tomou outra direção. Se foi um anão ou um gigante,… Read more »

BVR
BVR
Reply to  Realista
2 meses atrás

Realista, não perca energia. Até as pedras conhecem os motivos para a criação desse termo.

Mas o problema não está em quem criou, e sim em quem tomou como verdade. Em quem introjetou a ideia e transformou ela em dogma.

Pena sentir regozijo (e reproduzir) um termo que visa desqualificar a diplomacia brasileira, e não apenas um governo.

Saudações.

ODST
ODST
Reply to  BVR
2 meses atrás

Sim, todos sabem o motivo da criação do termo, que foi o Brasil apoiar o terrorismo ao invés da democracia. Simples assim.

BVR
BVR
Reply to  ODST
2 meses atrás

Desculpe mas isso é o que está na superfície. Se foi esse o motivo porque as demais chancelarias ao redor do mundo não endossaram essa opinião sobre a diplomacia brasileira ? Então o Brasil é “gigante diplomático” quando abaixa a cabeça e abre mão de posicionar-se de forma soberana; mas quando emite um posicionamento próprio – imediatamente – vira “anão diplomático” qualificado por um funcionário de 3° escalão da chancelaria do país que foi contrariado pela diplomacia brasileira, é isso ? Repito, quando um brasileiro reproduz isso assume que o país deve ficar submisso/omisso e não ter voz própria no… Read more »

Renato B.
Renato B.
Reply to  ODST
2 meses atrás

O governo israelense tentou cercear o judiciário israelense e perseguiu cidadãos israelenses que discordavam. Criaram até uma “guarda nacional” para uso interno que miou frente aos terroristas.

Já estavam até falando em guerra civil por lá até e, de repente, um fracasso de inteligência permite esse atentado gigante do Hamas.

Concordo com o BVR e se tem uma coisa que essa história não tem é simplicidade.

Last edited 2 meses atrás by Renato B.
Carlos Pietro
Carlos Pietro
Reply to  Tomcat4,5
2 meses atrás

Não é teatro, é ação.

Pragmatismo
Pragmatismo
Reply to  Tomcat4,5
2 meses atrás

É inveja?

Daniel
Daniel
Reply to  Tomcat4,5
2 meses atrás

Pois é . . . Para defender terroristas do hamas o cara é um leão. Para defender a Guiana de uma possível invasão do amiguinho comunista, o cara é um micróbio diplomático.

Jefferson B
Jefferson B
2 meses atrás

Incrível como o Brasil vai mal nessas questões internacionais, não conseguimos firmar nada. A demora para ter um discurso mais rígido diante de questões óbvias. A parte diplomática da política brasileira é muito ruim, parece não existir em alguns momentos. Casos como esse da Venezuela bastaria o Brasil falar grosso com um dos lados, no caso a Venezuela, acabando com qualquer ameaça de guerra na região. Nessa questão, na minha opinião, os EUA se saiu muito bem, ficaram analisando a postura do Brasil diante de um caso relativamente simples: invasão e anexação de terras na sua fronteira. Os EUA ficou… Read more »

Ciclope
Ciclope
Reply to  Jefferson B
2 meses atrás

Discurso mais rígido nos invialibiliza como agente neutro em uma negociação, só Brasil poderia arrumar uma inimizade de graça com um país vizinho, não importa qual!

ricardo
ricardo
Reply to  Jefferson B
2 meses atrás

Depois que o presidente em exercicio do Brasil afirma que ficou extremamente feliz de colocar um comunista no STF voce pode chegar a conclusões de que lado o governo brasileiro (e não o povo) está. Pobre de um Pais que necessita de heróis… Isso aqui parece um Faroeste… dividido entre Gado e Ladões de Cavalo. Pobre Pais…

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  ricardo
2 meses atrás

Caro Ricardo. Eu também acho importante que o STF tenha um ou uma comunista. Havia quem se preocupasse com a religião dos ministros do STF, sugerindo que era preciso ter evangélicos e católicos. Também parece importante. Também é preciso ter ateus no STF, além de negros, talvez um asiático ou indígena, mulheres e até mesmo um ou uma homossexual. Parece-me necessário que o STF tenha uma composição com diversidade ideológica, étnica e de gênero. O governador do RS assumiu sua homossexualidade. Ótimo para ele. O país já teve governadores e governadoras. Ótimo. Existem políticos de direita, de esquerda, liberais e… Read more »

RODES
RODES
2 meses atrás

kkkkkkkkkkkkkk

sim sim, todos acreditamos

Gabriel BR
Gabriel BR
2 meses atrás

É Stand Up comedy?!

Werner
Werner
Reply to  Gabriel BR
2 meses atrás

O desgoverno de lá e de cá tem 2 excelentes comediantes :um só vive tropeçando e caindo de escadas e o outro viajando e mentindo.

Nativo
Nativo
Reply to  Gabriel BR
2 meses atrás

Igual aquele program de TV que criou a piada MITO e vocês levaram a sério.

Realista
Realista
2 meses atrás

O melhor agora é a ver a cara dos defensores dos EUA se justificando K K.

ODST
ODST
Reply to  Realista
2 meses atrás

Tem o que justificar? Até aonde todos sabem o governo de esquerda do Biden sempre passou a mão na cabeça do governo de extrema esquerda do Brasil, até pra não ficar feio pro Lule. Já viu aquelas cenas em que o vencedor levanta o braço do segundo colocado em sinal de “afago”? Então…

Realista
Realista
Reply to  ODST
2 meses atrás

parei no extrema esquerda .

Faver
Faver
Reply to  ODST
2 meses atrás

Criticar o Biden, tudo certo, porque é muito fraco. Agora chamar o Biden de esquerdista é de uma falta de conhecimento incrível. Nos EUA, republicanos ou democratas, não existe esquerda ou comunismo.

Daniel
Daniel
Reply to  Faver
2 meses atrás

Mude o termo “esquerdista” para “progressista” e vai ter uma surpresa. As pautas são as mesmas.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Daniel
2 meses atrás

Uma parte das pautas sim.
Mas querer igualar integralmente “esquerdistas” com o conceito progressista, principalmente no Brasil onda classe política é self-serving (independente se de esquerda, centro ou direita) é incorreto.
Mas se rotular como tal atrai eleitores.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  MMerlin
2 meses atrás

Olá Merlin. A pauta progressista costuma ser identificada com a esquerda, mas muitos pontos da pauta progressista é defendida pela direita democrática aqui e no mundo.

A pauta da esquerda é bem maior que os movimentos identitários. Ela envolve questões bem mais fundamentais, tanto nos aspectos políticos quanto nos aspectos econômicos.

Gosto muito do livro de Bobbio sobre esquerda e direita. Sugiro o artigo “Direita e esquerda no pensamento de Norberto Bobbio” como um bom ponto de partida. Aliás, Bobbio nem mesmo menciona as questões identitárias.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Faver
2 meses atrás

Olá Faver. A definição “esquerda x direita” é sempre relativo. A comparação pode ser feita internamente ou externamente. Hoje, o parido Democrata estaria á esquerda do Republicano. Contudo, o partido Democrata estaria á direta quando comparado com a esquerda europeia ou mesmo latino-americana. A pauta econômica do partido Democrata é essencialmente liberal, ainda que ele tenha apoio da maior parte das centrais sindicais. Em termos de política externa, os dois partidos seguem a mesma cartilha. A maior diferença entre os dois partidos é nas pautas identitárias. A política nos EUA reflete a disputa entre liberais e conservadores, que moldou a… Read more »

Renato B.
Renato B.
Reply to  Faver
2 meses atrás

Esquerda mesmo só o Bernie Sanders e ele nunca será presidente.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Renato B.
2 meses atrás

Olá Renato. Pois é. Sanders parece o mais “esquerdista” que é tolerado nos EUA. No Brasil, estaria á direita de Boulos ou da Manuela D’ávila.

Eu não consigo lembrar de ninguém que possa ocupar o lugar de Sanders no futuro.

lucena
lucena
2 meses atrás

Os países da região do caribe não querem uma guerra…. é péssimo para os negócios… os EUA também não querem, contudo eles estão de olho na amazona e no caribe a muito tempo … é natural para um potência como os EUA … pois a região é de domínio dos interesses deles… assim como para China é o mar do sul da china e a indochina…., o Cáucaso e o leste europeu é para a Rússia. . Para mim… o Brasil deverá ter uma postura mais ativa no cone sul e se prepara para futuras aventuras na região por parte… Read more »

GRAXAIN
GRAXAIN
2 meses atrás

Incrível! Os EUA estão mesmo sem liderança…

Nativo
Nativo
Reply to  GRAXAIN
2 meses atrás

Kkkkkk falou o doutor em ciências políticas. Kkkkkkkk

Augustus
Augustus
2 meses atrás

Uai, gente. Como assim? Mas os “Hoje no Mundo Militar da vida” estavam falando que o papel do Brasil nessa mediação estava sendo um desastre. Agora houve elogios dos EUA? Kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Last edited 2 meses atrás by Augustus
Realista
Realista
Reply to  Augustus
2 meses atrás

O canal da mlkada vai ao delírio kkk .

ODST
ODST
Reply to  Augustus
2 meses atrás

Não houve elogio do EUA, houve afago do governo Biden para seu amigo Lule.

Realista
Realista
Reply to  ODST
2 meses atrás

Você é tão inocente e fanático que acha que existe ( amizade) em governos..

Last edited 2 meses atrás by Realista
ODST
ODST
Reply to  Realista
2 meses atrás

Olha quem está me chamando de fanático. É de cair o c* do popote vindo de um hipócrita desses.

Ivan herrera
Ivan herrera
Reply to  Realista
2 meses atrás

Realista não tem jeito ele é uma viúva da figura anterior e tem um forte complexo de VR kkkkk

ODST
ODST
Reply to  Ivan herrera
2 meses atrás

E você tem síndrome de Estocolmo. Sabe quanto a vitima se apaixona pelo criminoso que a roubou? Então… kkkkkkk

Last edited 2 meses atrás by ODST
Carlos Pietro
Carlos Pietro
Reply to  ODST
2 meses atrás

Aceita que dói menos. O Brasil está voltando a ser respeitado e reconhecido internacionalmente.

ODST
ODST
Reply to  Carlos Pietro
2 meses atrás

Blz anão diplomático kkkkkkkkkk

Ricardo
Ricardo
Reply to  ODST
2 meses atrás

Ou seja, elogio dos EUA.

Thor
Thor
2 meses atrás

Realmente, a nossa “liderança diplomática” foi muito boa. Foi tão boa que a Guiana desistiu de ficar pedindo ajuda ao Brasil e teve que pedir ajuda aos EUA. Ou seja, realmente foi muito boa, muito boa para Estados Unidos, que agora aumentou mais ainda a sua influência na região. Lembrando que o Lula insistiu em tratar os dois países da mesma forma (possível agressor e agredido na mesma balança), sendo que a Venezuela é a única culpada desse grande transtorno. O engraçado é que só foi os EUA se dispor em ajudar a Guiana que o Maduro rapidinho mudou o… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
2 meses atrás

Pois é. A coisa esta indo na direção que eu comentei que seria o mais provável acontecer, o que reforça a hipótese que o plebiscito tinha como objetivo uma movimentação em torno das eleições da Venezuela em 2024.

Vamos aguardar a pŕoxima reunião entre os dois países. Até lá, os diplomatas continuarão trabalhando para chegar a um entendimento.

Pela postura da diplomacia dos EUA, começo a pensar que a Venezuela poderá ser as sanções suspensas antes do combinado. Isso poderá dar um grande impulso á economia da Venezuela, favorecendo o governo. Parece algo mais provável agora do que antes.

Nemo
Nemo
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Lembro que eu e Camargoer havíamos defendido a importância do Brasil e o respeito que nossa diplomacia. Portanto o Brasil deveria insisto na via diplomática. Recebemos quase um milhão de negativas por isso.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Nemo
2 meses atrás

Ola Nemo. Exato. Esta primeira reunião realizada em São Vicente e Granadinas, já que o país ocupa a presidência da Celac, colocou os dois presidentes na mesa de negociação. Infelizmente, a OEA comprometeu a sua posição ao ter apoiado Guaidó antes. O Brasil também chegou a comprometer a sua capacidade de mediação diplomática inclusive com o fechamento da Embaixada brasileira em Caracas. A minha análise era que o plebiscito de Maduro tinha como objetivo a situação interna da Venezuela, nunca foi a guerra. Agora, temos que aguardar a próxima reunião. Maduro buscará uma compensação que neutralize a ideia que ele… Read more »

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Vamos ser racionais aqui:
A Guerra da Ucrânia continua comendo solta, e sem data pra acabar.
Em Israel, a mesma coisa.
No Oriente, a China se fortalecendo cada vez mais.

A última coisa do Universo que os EUA precisam nesse momento é uma guerra na “área de influência” deles, bem debaixo de seu nariz. Isso apenas desestabilizaria a região, dando mais chances da China crescer por aqui.
Pra eles, é mais racional negociar e usar a diplomacia, nesse momento, do que gastar recursos num conflito aqui, recursos esses que são necessários em outros lugares nesse exato momento.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Willber Rodrigues
2 meses atrás

Olá Wilber. Exato. Partindo da presunção que todos todos os envolvidos nesta crise entre a Venezuela e Guiana sejam racionais, o melhor caminho é o diálogo diplomático. Uma guerra, mesmo de baixa intensidade, seria ruim para todos os países. O diálogo é o caminho que permitirá uma solução negociada. Em diplomacia não existem vencedor e vencidos. Geralmente, a melhor solução é aquela na qual todos perdem pouco, o que na prática significa uma vitória de todos. Sobre a guerra na Ucrânia, minha leitura é que a guerra se transformou em um conflito de atrito que será mantido até que a… Read more »

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Maduro não é burro. Ele, e seus militares, sabem que não teriam chance nessa guerra, por mais estragos que eles fizessem. No “melhor” dos casos, ele teria o mesmo destino de Saddam, e seu regime ruiria. Nem ele, nem seus apoiadores e nem seus militares querem isso. Acredito que ele esteja usando isso pra “pressionar” os EUA a levantarem alguns pontos em seu embargo, embora eu não ache que ele consiga a suspensão de todo o embargo. Os EUA poderiam mandar a 8° Frota fazer chover Tomahawnks pelo país? Sim, poderiam. Mas como eu disse, isso apenas desestabilizaria “seu quintal”,… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Willber Rodrigues
2 meses atrás

Olá Wilber. Ainda que todo ditador ou líder democrático cometa erros, seu sucesso é medido por uma taxa de acertos maior que uma taxa de erros. Ainda assim, nenhuma pessoa chega a um cargo de liderança política sendo burro. Há os que chegam lá pela violência, outros pela via democrática, outros por meio da corrupção ou da fraude. Mas em nenhum caso, se chega a um cargo de liderança por burrice. Eu ainda tenho alguma dificuldade para entender exatamente o que aconteceu. Tenho hipóteses. 1) Maduro fez o plebiscito como uma vacina contra uma decisão da CIJ favorável á Guiana.… Read more »

Renato B.
Renato B.
Reply to  Willber Rodrigues
2 meses atrás

Confiar na inteligência ou racionalidade de ditadores é sempre complicado, mas concordo com a lógica de vocês. Acho que o Maduro está fazendo só jogo de cena interno e testando a reação internacional.

O problema é o quanto ele está seguro de sua continuidade no poder. Se entrar em pânico pode dar uma de Galtieri e fazer essa besteira. Ainda que isso certamente seja seu último ato como governante.

Vinicius
Vinicius
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Exato mas eu não entendo… Impressionante o que a Venezuela fez com a PDVSA depois que o Hugo Chaves demitiu grande parte da mão de obra qualificada. Temos um vizinho extremamente rico em petróleo mas que não tem capacidade de extrair tal elemento (corrupção, falta de mão de obra, roubo de peças e equipamento das plataformas).

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  Vinicius
2 meses atrás

Mas isso é o que qualquer autocrata faz, tira qualquer um que não concorde com ele ou que seja ligeiramente mais capaz.
Lembremos que petroleiros, aqui ou na Venezuela, são ou eram, um grupo organizado e combativo (sindicalmente falando). Alguém acha que um ditador iria deixar este povo trabalhando e enchendo o saco dele, falando no mínimo.
Com isto ele acabou com a capacidade técnica da empresa.

JapaSp Jantador
JapaSp Jantador
2 meses atrás

Na verdade o Brasil que tem de agradecer os EUA por ter prometido defender a Guiana, isso sim dissuadiu Maduro. Alguém duvida? Vergonha!

Tínhamos que ser nós o garantidor da proteção da Guiana em troca de contratos de exploração de recursos.

Nemo
Nemo
Reply to  JapaSp Jantador
2 meses atrás

Japasp, hoje o Beasil não tem capacidade para garantir o proteção da Guiaba contra a Venezuela. Eu sou otimista, aparentemente as forças estão mais pé no chão e estamos caminhando. MB com Riachuelo e Tamandaré, FAB Gripen e EB com Centauro e AAA; 15 anos é um prazo realista paea termos uma real capacidade de dissuasão.

Daniel
Daniel
Reply to  JapaSp Jantador
2 meses atrás

Amigo, você já viu como está o RJ? Acha que o Brasil tem capacidade de garantir alguma coisa?

ODST
ODST
2 meses atrás

risos

Kommander
Kommander
2 meses atrás

Diplomacia?? 😅😅😅

A diplomacia funcionou depois que um c-130 GhostRider começou a disparar seus canhões. 😝😝

Fëanor
Fëanor
2 meses atrás

Brasil fez aquilo que foi possível em razão das circunstâncias.

Nem mais, nem menos, fez o suficiente. Não carece de elogios, nem de repreensões.

ODST
ODST
Reply to  Fëanor
2 meses atrás

Estender o tapete vermelho em nosso país para o mesmo ditador que armou essa confusão toda é fazer o possível? Perceba que no governo anterior o Maduro não estava tão a vontade para fazer essas coisas, isso começou só agora.

Realista
Realista
Reply to  ODST
2 meses atrás

Isso não tem hora e nem lugar .. pode começar em qualquer país e a qualquer momento agora para de delirar .

O governo anterior também tinha seus laços com ditador tanto que recebeu até joias de presente .

ODST
ODST
Reply to  Realista
2 meses atrás

Não havia laço nenhum com ditadores no governo anterior, ao contrário do mensaleiro atualmente no poder que FINANCIA ditadores.

Realista
Realista
Reply to  ODST
2 meses atrás

Governo anterior recebeu até joias de ditador filho ..

Daniel
Daniel
Reply to  Realista
2 meses atrás

Nem vou falar dos contêineres de presentes que estão em um certo sindicato . . . 😁

É muita ilusão achar que justo os governos anteriores envolvidos em corrupção não tem presentinhos guardados.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Daniel
2 meses atrás

Daniel. Sem precisar ir muito fundo no assunto, em 2002 FHC assina um decreto (4344) sobre a preservação e organização do acervo presidencial. É um decreto relativamente curto. Em 2016, o TCU publicou uma nova interpretação do decreto de 2002, O atual entendimento é que os presentes, exceto aqueles de uso pessoal, são propriedade da União, não podendo ser vendidos ou doados. A preservação do patrimônio pode ser feita pelos próprios presidentes, incluindo documentos e objetos, que devem estar registrados e declarados. Então, quando um presidente recebe um presente que não é declarado ou é colocado á venda sem comunicar… Read more »

Daniel
Daniel
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Na verdade, a própria legislação não é clara sobre o que fazer com presentes presidenciais. Tudo leva a crer que houve mais uma trapalhada geral da equipe do Bolsonaro e que o TCU vai obrigar a devolver os objetos e vai ficar por isso mesmo. Igual ao que aconteceu com a Dilma e o Lula. Há algumas notícias que dizem que as jóias ficaram esquecidas um tempão em um cofre sem ninguém se lembrar de que elas existiam. Mas claro, faz parte do jogo a esquerda perseguir o nome mais forte da direita e o caso ganhar uma proporção maior… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Realista
2 meses atrás

Caro. O problema é receber os presentes e não declara-los ou vendê-los sem comunicar a Casa Civil.

Receber presentes não é crime.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  ODST
2 meses atrás

Caro. A reunião entre os dois presidentes ocorreu em San Vicente e Granadinas. O que para muita gente parecia uma escalda que resultaria em uma guerra, virou uma disputa diplomática.

Muito melhor.

Se for preciso um tapete vermelho para os presidentes da Venezuela e Guiana, que seja, Se quiserem um tapete com as cores do arco íres, tudo bem. Pode ser até um tapete com desenhos de unicórnios.

O importante é a crise foi esvaziada.

ODST
ODST
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Você nem sabe do que está sendo dito aqui, isso foi MUITO antes dessa confusão toda, sem contar que o cara em quem você votou SEMPRE foi amigo dos ditadores de sempre, não vem com conversinha fiada não.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  ODST
2 meses atrás

Vice não sabe em quem votei. Nunca contei para ninguém… E se tivesse contado, poderia ter mentido.

Nem a Madame Natasha, que lê o futuro nas cartas de Tarô sabe do meu voto.

BVR
BVR
Reply to  Fëanor
2 meses atrás

Correto. Não temos ideia do que é dito nessas reuniões e muito menos do material de inteligência que chega às mãos da diplomacia brasileira.

Patta
2 meses atrás

Que comédiakkkkkk de “anão diplomático” para “liderança diplomática”

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Patta
2 meses atrás

Ora, anão ou gigante… o tamanho não importa desde que faça o necessário.

ODST
ODST
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Aí que está, nada foi feito, não foi nem o Brasil que propôs essa conversa entre as duas partes, para de viajar.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  ODST
2 meses atrás

Nada foi feito porque não aconteceu nada. Nenhuma tripa Venezuela entrou no Brasil em na Guiana. Nenhuma tripa da Guiana entrou no Brasil nem na Venezuela.

Nesta situação, parece óbvio que nenhuma tripa brasileira teria entrado na Venezuela ou na Guiana.

Eu não consigo pensar em outra situação mais vantajosa para o Brasil que nada ter acontecido.

Se nada aconteceu, o Brasil não precisou fazer qualquer coisa. Relação de causa efeito. Sem ação sem reação.

adriano Madureira
adriano Madureira
2 meses atrás

“Blinken e Vieira ainda discutiram o apoio à missão de segurança multinacional no Haiti contra gangues locais. O Brasil, por sua vez, reafirmou o apoio com foco no treinamento das forças policiais. O governo brasileiro se recusou a liderar a operação apesar dos pedidos da Organização das Nações Unidas (ONU)”. Se eles são tão preocupados com o povo haitiano, por que eles mesmos não abraçam tal missão?! Não abraçam porquê sairam escorraçados de lá, pois o povo haitiano adoram eles ,pois juntos com os franceses ferraram e muito o país durante a ocupação deles. Procurem outro otário para abraçar a… Read more »

Carlos I
Carlos I
2 meses atrás

Blinken reafirmou a posição americana de que a fronteira terrestre entre Venezuela e Guiana deve ser respeitada.

Parece mais um aviso para o Brasil e sua diplomacia e o povo comemorando rs.

ODST
ODST
Reply to  Carlos I
2 meses atrás

Os que estão comemorando são os mesmos de sempre, aqueles que votaram no brasileiro lavador de dinheiro adorador de ditadores, relaxa.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  ODST
2 meses atrás

Considerando o voto é secreto, acho difícil saber quem votou em quem… Mas seguindo o seu raciocínio, só estão reclamando são os que votaram no Bolsonaro.

Wagner Figueiredo
Wagner Figueiredo
2 meses atrás

Uma página de artigos militares e cheio de nego da esquerda comentando e negativando quem tá mais a direita!!! Vai entender a cabeça do mesmo que diz não gostar de militares e tá aqui… realmente um ser esquisito.. hehehe

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Wagner Figueiredo
2 meses atrás

Caro. Todo mundo considera a Coreia do Norte um regime de extrema esquerda, algo com o que concordo, e é um regime extremamente militarizado. A ex-URSS também. A China é considerada um regime de esquerda também é tem uma impressionante produção militar.

Então, fica óbvio que a questão militar interessa tanto a quem é de direita quanto de esquerda.

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  Wagner Figueiredo
2 meses atrás

ue, comentar defesa é de exclusividade de pessoas de direita? Então os militares chineses são de direita? ou os Norte Coreanos?

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Marcelo Baptista
2 meses atrás

Pois é. Riso.

Um dos grandes problemas é achar que as forças armadas brasileiras servem para combater comunistas ao invés de defender a democracia.

Claudio Moreno
Claudio Moreno
2 meses atrás

Salve Senhores camaradas do Forte! Muita esmola o Santo desconfia. Esse tal Antoni sabe que os EUS estão no talo e está buscando de lâmpada acesa uma nação trouxa para embarcar nos devaneios do velho Bidê ( parece que o o argentino Melei “as calças”) já embarcou pois vai doar os helis russos para a Ucrânia. É capaz que foi pra isso que o mandatário da Ucrânia também passou por aqui, para ver se o GF doaria os Sabre e uns Guaraní também. Seja como for, vejam que o americano está com as calças nas mãos, quase que implorando pra… Read more »

Emmanuel
Emmanuel
2 meses atrás

Conversa mole.

Maduro deu para trás quando viu os Estados Unidos “brincando” de guerra com a Guiana, usando uma pequena parcela de todo seu poderio bélico.

Depois veio aquela reunião faz de contas para tirar umas fotos e o Brasil não sair tão mal.

O Brasil foi, é e será um anão diplomático. Isso é típico de governos de esquerda. E os de direita não estão se salvando também.

cipinha
cipinha
2 meses atrás

Parece aquele reforço positivo, só de não apoiar a Venezuela já foi de bom tamanho

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  cipinha
2 meses atrás

Caro. Creio que a situação é de reforço negativo. O reforço positivo é para fixar um comportamento. O reforço negativo é para excluir um comportamento.

Fagundes
Fagundes
2 meses atrás

Posturado e calmo…

Ricardo
Ricardo
2 meses atrás

Adoro ver uns indivíduos que nem conjugar um verbo sabem tecendo análises sobre a formação dos integrantes do Itamaraty. Sempre baseados na opinião ” abalizada ” de um funça de 3o. escalao da chancelaria de um pais hostil.

Daniel
Daniel
2 meses atrás

Isso que é ganhar nota sem mover um dedo para ajudar na resolução do problema, hein?

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Daniel
2 meses atrás

Olá. Apenas os Jedi conseguem isso. Que a força esteja com vocẽ.

Daniel
Daniel
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Com você também, amigo. Mas jedis não ganham nota. Quem ganha nota com o trabalho dos outros é aluno vagabundo ou, na diplomacia, presidente omisso.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Daniel
2 meses atrás

Obrigado Daniel. Aproveitando, Boas Festas e Feliz 2024.

Sergio
Sergio
2 meses atrás

Política!! É necessária boa dose de diplomacia e palavras doces ao ” aliado” – de ocasião- que ” venceu” o amigo- bolsonaro – do inimigo deles , Trump. Mas o que fez o vadio de Caracas recuar, bem sabemos, foi a ameaça do uso daquela ” diplomacia”. Aquela que tem chumbo grosso na esferográfica.

ricardo
ricardo
2 meses atrás

É o minimo que devemos fazer para proteger a Guiana e garantir a integridade de seu Territorio Nacional diante de pretensas ações de agressão por parte da Venezuela. É isso que o povo brasileiro quer.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  ricardo
2 meses atrás

Caro. Eu suponho que o povo brasileiro queria uma solução diplomática da crise. A reunião entre os presidentes venezuelano e da Guiana acordando que não haverá ações militares e que o dois países vão se reunir novamente no início de 2024 no Brasil para continuar a negociação diplomática é sinal de bom senso e do sucesso da via diplomática.

Aliás, eu comentei aqui inúmeras vezes que a montanha iria parir um rato.

bingo.

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
2 meses atrás

Se ele quiser mandar mais Black Hawk ao estilo MOMEP para garantir mais uma vez a paz na américa latina nós aceitaremos….hashtag gratidão

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
2 meses atrás

Olá Rafael, Pelo que lembro, o Brasil pagou pelos helicópteros usados no MOMEP. Ainda assim, concordo que é um excelente equipamento. Eu só tenho dúvidas se o EB precisa de mais UH60. Pelo que lembro, são apenas 3 UH60 no EB, sendo que a maior frota é de helicópteros da Helibras. Acho que são mais de 90 Esquilos, Panteras, Caracal e Cougar.

Marco
Marco
2 meses atrás

Anão diplomático

Bernardo
Bernardo
2 meses atrás

Maduro = fogo de palha esse ditador é igual assistir Chaves é engraçado mesmo já sabendo do final.

Curiango
Curiango
2 meses atrás

Acho q quem deveria agradecer seria a Guiana não é? Ou a Guiana e território Estadunidense?