A Agência de Apoio e Aquisição da OTAN apoiará uma coligação de Aliados, incluindo a Alemanha, os Países Baixos, a Romênia e a Espanha, na aquisição de até 1.000 mísseis Patriot para reforçar as suas defesas aéreas no meio da guerra da Rússia contra a Ucrânia. O contrato irá expandir a produção europeia de mísseis, aumentando a oferta e garantindo a reposição dos arsenais Aliados.

“Congratulo-me com o anúncio oportuno dos Aliados de investir em até 1.000 novos mísseis de defesa aérea Patriot para reforçar a segurança da Aliança”, disse o Secretário-Geral da OTAN, Jens Stoltenberg. “Este investimento mostra a força da cooperação transatlântica em matéria de defesa e o compromisso da NATO em manter o nosso povo seguro. Os ataques russos com mísseis e drones contra civis, cidades e vilas ucranianas mostram quão importantes são as defesas aéreas modernas. Aumentar a produção de munições é fundamental para a segurança da Ucrânia e para a nossa.”

O contrato de US$ 5,5 bilhões foi concedido à COMLOG, uma joint venture entre a empresa norte-americana Raytheon e a empresa alemã MBDA, localizada em Schrobenhausen, Alemanha. O grande volume do pedido apoiará a instalação de uma unidade de produção de mísseis Patriot na Alemanha. Os sistemas de defesa aérea Patriot podem ser usados para defesa contra aeronaves, helicópteros e mísseis, interceptando-os a grandes distâncias. Na sequência da guerra da Rússia contra a Ucrânia, a OTAN enviou baterias de mísseis Patriot para proteger os seus Aliados no seu flanco oriental. Os Aliados da OTAN também entregaram sistemas Patriot à Ucrânia e estão empenhados em reforçar ainda mais as defesas da Ucrânia.

FONTE: OTAN

Subscribe
Notify of
guest

32 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
lucena
lucena
1 mês atrás

Muita grana em jogo… sangue…suor…lágrimas …. e muita grana .

Marcelo
Marcelo
1 mês atrás

Isso é o medo dos russos começarem avançar contra os paises da OTAN que fazem fronteira com Rússia .
A única certeza é que os russos ira avançar sem medo.

Tutor
Tutor
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Nem o Putin tem certeza se vai conseguir ficar na Ucrânia, mas, o Sr. Marcelo, um cidadão comum do Brasil, tem certeza que os russos avançarão sobre a OTAN, e sem medo kkkkkkk
As vezes eu me pergunto: se que o cara acredita mesmo no que escreve?

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Tutor
1 mês atrás

É daqueles que falavam que a invasão na Ucrânia duraria poucos dias, que chegariam em Paris em duas semanas e por ai vai …

Bosco
Bosco
Reply to  Plinio Jr
1 mês atrás

O que se diz é que o Putin achava que a Ucrânia iria se render em 48 horas ante o temor de ter que enfrentar o terrível poder russo. Esqueceram de combinar com os ucranianos e com o comediante. Como os ucranianos não se renderem e nem consideraram os russos seus “salvadores” e ante a incompetência dos russos a estratégia passou a ser a do terror atacando alvos civis por pura vingança, estratégia essa que aliás foi desenvolvida muito pela ex-URSS junto aos seus aliados islâmicos . O terror pelo terror sendo fim último. Do ponto de vista militar é… Read more »

Carlos Crispim
Carlos Crispim
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Pelo que sei não foi terror, ele foi convencido por um general de que forças especiais tomariam o aeroporto de kiev e prédios do governo, apoiados por fortes forças blindadas e tropas aerotransportadas vindas de Belarus, prenderiam o presidente da Ucrania, acabando com a guerra em algumas horas, mas não funcionou porque os ucranianos receberam os planos russos da CIA algumas horas antes e as forças russas foram massacradas. Recentemente um brasileiro que luta na Ucrania contou que 90% das forças especiais russas não existem mais.

Carlos Crispim
Carlos Crispim
Reply to  Carlos Crispim
1 mês atrás

Esse general foi o mesmo que usou exatamente essa tática no Afeganistão, mas ocorre que a Ucrânia não é Afeganistão, mas ele achou que seria a mesma coisa…

Henrique
Henrique
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

não avançou na Finlândia pq mesmo? kkkkkk

Macgaren
Macgaren
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Vimos o grande avanço sem medo do Putin quand o WG ameaçou ir para moscow kkk

Imagina partir para cima de países da otan.

Rafael Aires
Rafael Aires
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Mas quem tá indo em direção à Rússia é a OTAN. Mas voltando ao assunto, vender armas é um bom negócio dos EUA, principalmente quando os conflitos estão longe do seu quintal.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Rafael Aires
1 mês atrás

Claro, a Otan se estiver em Portugal e for para Espanha, está a ir na direção da Rússia, mas não entra em território Russo e tendo autorização dos países onde entra, é livre de o fazer.

Jose
Jose
Reply to  rui mendes
1 mês atrás

Provavelmente ele se referiu a expansão de seus membros com a entrada da Finlândia que é vizinha de fronteira com a Rússia, da Suécia e quem sabe a própria Ucrânia, certamente foi nesse sentido o comentário do Rafael.

Rafael Aires
Rafael Aires
Reply to  rui mendes
1 mês atrás

Explicação elucidativa!

Kkce
Kkce
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Não conseguem nem tomar Kiev que vive de doações do ocidente e você achando que a Rússia vai avançar contra a OTAN haha

Tutor
Tutor
1 mês atrás

A Raytheon já deve ter mandado confeccionar uma placa de agradecimento, feita em ouro, para entregar ao melhor vendedor de armas do Ocidente, Mr. Vladimir Putin.

Henrique
Henrique
Reply to  Tutor
1 mês atrás

O homem só vai parar quando a China for Otan kkkkk

comment image

LUIZ
LUIZ
Reply to  Tutor
1 mês atrás

E o Putin tinha outra saída? Com a guerra ou não a expansão da OTAN estava em curso pra perto das fronteiras russas. O erro foi calcular mal o oponente e seu principal aliado os EUA. Agora é um caminho sem volta pra ambas as partes.

Henrique
Henrique
Reply to  LUIZ
1 mês atrás

“E o Putin tinha outra saída? ” sim, ficar caladinho no canto de ele pegar lentamente as fabricas da Europa, continuar vendendo o gas pra eles e deixar a treta rolar dentro da OTAN…. mas naooooo alguém acordo um dia e pensou… “pora e se eu refutar o Sun Tzu e toda a guerra moderna” kkkkk “guerra ou não a expansão da OTAN ” kkkkk piada pronta né, melhor maneira de evitar a suposta expansão é justificando a existência da NATO e ressuscitado ela kkkk giniau Caminho só é sem volta pra Russia agora, OTAN ta justificada por 1 século fácil não… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Henrique
Ravengar
Ravengar
1 mês atrás

Esse míssil é aquele que protegeu as refinarias sauditas quando os Houthis a bombardearam?

RPiletti
RPiletti
Reply to  Ravengar
1 mês atrás

É da mesma versão que derrubou os 3 Su-34 há alguns dias…

Henrique
Henrique
Reply to  Ravengar
1 mês atrás

é a mesma versão que derrubou o kinzhal, o tal míssil hipersônico de Taubaté…

Radagast, o Castanho
Radagast, o Castanho
Reply to  Ravengar
1 mês atrás

Put@ M&lda… já se cansou de dizer que aqui que o Patriot não foi desenvolvido para abater drones do tipo usado para atacar as refinarias da Arábia Saudita e o cara me posta uma pérola dessa.

Porém, Kinzhal, SU34, entre outros misseis mandam notícias lá do inferno.

Só para acrescentar, o melhor armamento para abater o tipo de drone usado para atacar as refinarias Sauditas é o ressurgido das cinzas Gepard alemão.

Last edited 1 mês atrás by Radagast, o Castanho
Bosco
Bosco
Reply to  Radagast, o Castanho
1 mês atrás

Essa turma anti-horária tem a convicção que a narrativa pode mudar a realidade. Por isso é considerado meio que uma religião e meio como uma psicopatia.
Eles não se importam com a realidade. Na verdade para eles a realidade é relativa e depende do observador e de como ele processa a informação tendo em vista que não acreditam em valores absolutos.
Como não há nada absoluto (Ex: Deus) tudo “depende” já que não há como aferir o certo do errado, o bem do mal, o amor do ódio, e portanto repetir inverdades é tão comum e legítimo como respirar.

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
1 mês atrás

2+2=5
Guerra é paz
Liberdade é escravidão
Ignorância é poder
Homem é mulher
Compre batom…

Last edited 1 mês atrás by Bosco Jr
Dexter
Dexter
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Eles chamam de “Ressignificar”….
Seja lá o quê Ressignificar, significa rs

Wilson França
Wilson França
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Perdeu mais um parafuso….

Vedo
Vedo
1 mês atrás

A Rússia vem recuando já há 30 anos e agora ela não vai recuar mais e tudo isso vai acabar numa grande guerra nuclear

Tenente Blaco
Tenente Blaco
1 mês atrás

Até agora ninguém consegue partilhar o dia, o local, a hora e o meio de comunicação onde Putin disse em discurso direto que tomaria Kiev em horas ou dias.
O que se sabe é que entre 2022 e 2024, a Rússia aumentou a tomada de território da Ucrânia e este país, mesmo tendo violado a indivisibilidade da segurança da região, não entrou para a NATO e não faz parte da UE.

Henrique
Henrique
Reply to  Tenente Blaco
1 mês atrás

“O que se sabe é que entre 2022 e 2024, a Rússia aumentou a tomada de território da Ucrânia e este país”

UASHuahsuah
deve ter sido o aumento reverso kkkk

comment image

“, não entrou para a NATO e não faz parte da UE.”

ja é otan por osmose… e ta no processo de entrada pra UE

agora sabe quem é já é NATO? Finlândia kkkk parabéns ai a Russia por ter aumentado a fronteira com a OTAN

Last edited 1 mês atrás by Henrique
Bosco
Bosco
Reply to  Tenente Blaco
1 mês atrás

Mas então partilha com a gente um discurso do Putin logo após a invasão de 24 de fevereiro de 2022 em que ele diz que só queria a parte da Ucrânia que ele ocupa hoje. Quanto aos objetivos do Putin deixados explícitos no discurso que antecedeu à invasão: 1- Desnazificar a Ucrânia (e não parte dela) – Ainda que fosse verdade a narrativa do genocídio e dos neonazistas apenas 16% do território ucraniano (incluindo a Crimeia) está sob “governo” dos russos. *Vale salientar que após 2 anos de ocupação da região de Donbass nenhuma prova foi apresentada de que estava… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Em tempo.
Ainda que sem dúvida seja um objetivo do Putim que a Ucrãnia não entre nem para a OTAN e nem para a UE ele não disse isso de forma literal apesar de você considerar que essa era a vontade dele , então não há o que você cobrar um discurso onde ele tenha dito de forma literal que poderia chegar a Kiev em alguns dias. Não há dúvidas que era a vontade e a expectativa dele.

Carlos Crispim
Carlos Crispim
1 mês atrás

Um grana respeitável, parabéns!