A Guarda Revolucionária do Irã afirma ter atacado o que alegava ser “quartel-general de espionagem” israelita na região do Curdistão iraquiano e também atingiram alvos do Estado Islâmico dentro da Síria.

Quatro civis foram mortos e seis feridos depois que mísseis atingiram uma área nobre perto do consulado dos EUA em Irbil, sede da região curda semiautônoma do Iraque, de acordo com o conselho de segurança do governo regional curdo.

A Guarda Revolucionária do Irã afirmou num comunicado que atingiu a sede da Mossad, a agência de inteligência israelita, na região curda do Iraque. Outra declaração dizia que o país disparou uma série de mísseis balísticos contra “operações terroristas”, incluindo alvos do Estado Islâmico, na Síria e os destruiu.

Os ataques, que ocorreram na noite de segunda-feira, ocorrem num momento de tensões elevadas na região e de receios de uma repercussão mais ampla da guerra em curso em Gaza.

Um oficial de defesa dos EUA que falou sob condição de anonimato para discutir detalhes que não foram tornados públicos disse que os EUA rastrearam os mísseis, que atingiram o norte do Iraque e o norte da Síria, e nenhuma instalação dos EUA foi atingida ou danificada nos ataques. O funcionário disse que as indicações iniciais eram de que os ataques foram “imprudentes e imprecisos”, segundo a AP.

Subscribe
Notify of
guest

97 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
marcos.poorman
marcos.poorman
1 mês atrás

1200Km percorridos e acertar no alvo pretendido é um feito técnico que poucas nações conseguem realizar.
Foi uma tremenda sinalização de força do Irã.

Carlos Crispim
Carlos Crispim
Reply to  marcos.poorman
1 mês atrás

Só que não acertaram.

Talisson
Talisson
Reply to  Carlos Crispim
1 mês atrás

Claro.
Temos que lembrar que americanos e seus proxy só morrem de acidente. Jamais em combate.

Migs
Migs
Reply to  Carlos Crispim
1 mês atrás

Não precisa acertar.

Emmanuel
Emmanuel
Reply to  Migs
1 mês atrás

Aviso de quê?

De que eles querem voltar a usar orelhão com ficha?

Santamariense
Santamariense
Reply to  Emmanuel
1 mês atrás

Comentário padrão Twitter…

Bosco
Bosco
Reply to  Emmanuel
1 mês atrás

Aham!
As armas nucleares israelenses são só de enfeite.
Você está certíssimo.

Patta
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Hahaha ele deve ter esquecido desse pequeno detalhe.

Wagner
Wagner
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Qual seria o impacto de radiação ao alvejar a usina nuclear em Israel? Um alvo que não se pode descartar.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Wagner
1 mês atrás

Olá Wagner. O acidente de Chernobyl nos dá uma dimensão do problema. Um reator operacional estará carregado de combustível nuclear. Um explosão em torno de dele pode causar vários problemas. 1) destruir a proteção do reator, causando um espalhamento do combustível nuclear. O material nuclear será espalhado em torno da usina, tornando a área contaminada por milhares de anos. O material também poderá ser levado pelo vento, contaminando uma área muito maior 2) o combustível continuará ativo, decaindo e liberando outras espécies nucleares que podem ser solúveis, contaminando irremediavelmente as reservas de água, as pessoas, os animais e a flora… Read more »

Wagner
Wagner
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Obrigado pela resposta.

Bosco
Bosco
Reply to  Emmanuel
1 mês atrás

Carlos, Mísseis cruise e balísticos/hipersônicos são caros e devem ser utilizado com parcimônia contra alvos selecionados ou em situações atípicas muito específicas. Não se ganha guerras jogando mísseis de longa alcance a esmo como se fosse fogo de apoio de artilharia que tem objetivos mais psicológicos do que práticos. Atingir um monte de alvos civis com 6000 caros mísseis de longo alcance iria quebrar o Irã e só iria provocar mais ódio nos israelenses que revidariam com mais fervor. Veja o que os israelenses fizeram agora na Faixa de Gaza que é 20 vezes menor que Israel. Há afirmações que… Read more »

Alecs
Alecs
Reply to  Emmanuel
1 mês atrás

Boa! kkkkkkkkkkkkk

Alecs
Alecs
Reply to  Emmanuel
1 mês atrás

O Irã não tem “uns 5 a 6 mil dessas bestas”, mas se tiver a metade e disparar contra Israel decreta, no mínimo, o fim do atual governo. Depois disso se voltar a usar orelhão com fichas está ótimo, pois acho que a retaliação será muito pior!

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Emmanuel
1 mês atrás

“Bla bla bla você acha que Israel é invencível ?” Exatamente por não ser invencível Israel desenvolveu a Opção Sansão com uma tríade nuclear e cerca de 400 ogivas. Faz parte da doutrina militar deles devido à sua falta de profundidade estratégica. “deixa esses caras dispararem uns 5 a 6 mil dessas bestas e ver como fica Tel Aviv…” Fica parcialmente destruída. Israel tem uma força aérea gigante e uma defesa antiaérea robusta. A distância e o tempo fariam Israel conseguir destruir a maioria desses mísseis. Mas caso não conseguisse e todos passassem, a Opção Sansão está bem ali, para… Read more »

André
André
Reply to  Ten Murphy
1 mês atrás

Com todo respeito, duvido muito da quantidade de ogivas nucleares ditas. Só comparar o número de ogivas da França e China, países nucleares e abaixo de Rússia e EUA em número de ogivas.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  André
1 mês atrás

Analistas falam entre 80 e 400. Eles tem 90 mísseis balísticos Jericho II, fora os Jericho III e mais 6 meios de entrega entre caças, submarinos, malas, artilharia etc. Acredito que o número esteja entre 100 e 200, e o número de 400 inclua os veículos de reentrada (6 por Jericho III e possivelmente alguns por Jericho II).

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  André
1 mês atrás

Respondi. Está sob análise.

Jose
Jose
Reply to  Emmanuel
1 mês atrás

Gostaria de entender quais as reais normas para comentários neste canal, o cidadão aí ofendeu o colega assim como apelou para ofensas a um grupo religioso específico também e sequer foi repreendido, difícil entender, aparentemente as regras não são as mesmas para todos, como gostam de dizer o canal é de vocês até aí tudo bem, só pedimos a gentileza de esclarecer se as regras para os comentários são iguais para todos, se sim porque muitos mas muitos comentários mesmo, entre eles este não são moderados e outros que sequer são ofensivos são rechaçados imediatamente.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Carlos Crispim
1 mês atrás

Há vídeos mostrando o momento em que o míssil acerta seu alvo em Erbil.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

O alvo era a tenda do Mohamaed.

Santamariense
Santamariense
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

Tinham câmeras filmando e esperando o ataque?

Ciclope
Ciclope
Reply to  Carlos Crispim
1 mês atrás

Não acertaram a milhares de quilômetros do alvo , mas destruíram um prédio e só mataram 4 civis e feriram 6. Israel, acerta tudo a dezenas de quilômetros e mata mais de 20 mil!

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Carlos Crispim
1 mês atrás

Qual era o alvo?

SUTERMINATOR
SUTERMINATOR
Reply to  Carlos Crispim
1 mês atrás

Sim, dois espiões do Mossad morreram.

L G1e
L G1e
Reply to  Carlos Crispim
1 mês atrás

Misericórdia….

leonidas
leonidas
Reply to  marcos.poorman
1 mês atrás

Concordo, resta saber se não houve assessoria russa direta ou indiretamente né?
De todo modo, há noticiais que houve ataque ao Paquistão tambem!!!
Como se diz: – Não reclame do que vc permite.
O Irã se criou debaixo do nariz do Obama né?
Todo mundo querendo evitar o inevitável, já tem muitos anos que o Irã deveria sentir o peso de um ataque maciço do Ocidente em suas infraestruturas sensiveis.
Mas para evitar problemas foram dando tempo do Irã se transformar em um monstro deste naype que agora ousa se comportar como nem a China estaria disposta a fazer…
rs

Nemo
Nemo
Reply to  marcos.poorman
1 mês atrás

https://www.reuters.com/world/middle-east/irans-revolutionary-guards-say-they-have-attacked-espionage-centers-iraqs-erbil-2024-01-15/
Segundo a Reuters um dos objetivos era um multimilionário com vínculos com o Mossad. Outros sites citam o vínculo. O suposto alvo foi eliminado.

João
João
Reply to  marcos.poorman
1 mês atrás

realmente acredita q acertaram? sério mermo?

Marcelo Soares
Marcelo Soares
1 mês atrás

Falta pouco para no mínimo uma guerra regional…

Adiposo do Bitcoin
Adiposo do Bitcoin
Reply to  Marcelo Soares
1 mês atrás

Já estramos numa guerra mundial desde 2019.

Patta
Reply to  Adiposo do Bitcoin
1 mês atrás

Eu diria que estamos em uma corrida armamentista.
Note que estamos vivendo em uma “bomba relógio” que pode estourar a qualquer momento e não sabemos o tempo que falta.

Last edited 1 mês atrás by Patta
Talisson
Talisson
1 mês atrás

Atacou alvo no Paquistão. Seria certeza de impunidade? Algo como já ter as armas nucleares operacionais?

Nativo
Nativo
Reply to  Talisson
1 mês atrás

Atacou o Paquistão?? Nem os aiatolas são tão loucos assim.
Seria a guerra do século, para os interesses dos EUA .

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Nativo
1 mês atrás

Para os interesses dos EUA, porquê???
Para os Norte-Americanos, se calhar até seria bom, o Irão é um inimigo e aliado de outro inimigo, a Rússia, já o Paquistão passou de aliado dos EUA, mas sempre sem os Norte-Americanos confiarem neles, foi mais por interesse, mas como dizia, passou de aliado de circunstâncias, para aliado Chinês.
Por este lado era bom até, mas no geral, é mais mau do que bom, por escalar as actuais guerras e prejudicando muito a economia mundial.

Nativo
Nativo
Reply to  Rui Mendes
1 mês atrás

Meu nobre seu texto ta meio confuso, mas vou melhorar um pouco o meu ponto de vista.
Quando escrevi que seria ótimo aos interesses doa EUA, pelo fato de que são duas grandes potências militares , o Paquistão mais ainda.
E como você mesmo escreveu o Irã e inimigo declarado dos EUA e o Paquistão tá roendo a corda de décadas com os EUA, se tornando cliente fiel da China em aquisições militares.
Por isso se ambos entrassem em conflito, seriam a derrocada de dois coelhos de uma vez, sem grande esforço.

Patta
Reply to  Nativo
1 mês atrás

Sim, atacaram Alvos no Paquistão nessa madrugada.
Só não sabemos que alvos foram.
Até o momento:
Iraque
Síria
Paquistão

Last edited 1 mês atrás by Patta
Santamariense
Santamariense
Reply to  Nativo
1 mês atrás

Atacaram, sim.

Brandão
Reply to  Nativo
1 mês atrás

Parece que foram sim…

Renato
Renato
Reply to  Nativo
1 mês atrás

Eu também já li algo no sentido que se o Irã declarasse possuir armas nucleares o Paquistão poderia através de um acordo repassar algumas para a Arábia Saudita. Poderia…

Brandão
Reply to  Talisson
1 mês atrás

Paquistão?

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Talisson
1 mês atrás

Não seria Qurdistão?

Talisson
Talisson
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

Teria bombardeado milicia apoiada por Israel no Baluquistão paquistanês. É o que vi no youtube.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Talisson
1 mês atrás

Curdistão e não Paquistão.

Gabriel BR
Gabriel BR
1 mês atrás

Cadê aquele pessoal que disse que os misseis do Irã eram de papelão e isopor ?
Quem tem capacidade de lançar satélite tem capacidade plena de fazer míssil de longo alcance…por isso os americanos e europeus jogam contra o programa espacial brasileiro…entenderam ?!

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Jogam??
Não sabia, então mostra lá, onde eles jogaram contra o programa Brasileiro.

Talisson
Talisson
Reply to  Rui Mendes
1 mês atrás

EUA já mostraram antipatia até com o programa do submarino nuclear brasileiro.
Um dos nossos maiores engenheiros foi (bem ou mal) alvo da Lava Jato.
Há também o caso da morte de um engenheiro do programa da bomba atômica brasileira (José Alberto Albano do Amarante) que morreu de forma muito suspeita, justamente nos mesmos dias em que um agente israelense foi detido na localidade. O governo israelense nutria desconfiança com o governo militar brasileiro que cooperava com o programa nuclear do Iraque.

Last edited 1 mês atrás by Talisson
Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Talisson
1 mês atrás

O “Acidente” em Alcântara matou cientistas que eram figuras chave do programa espacial brasileiro. Os americanos já sabotaram equipamentos comprados pela FAB direcionados ao programa espacial…casos não faltam!

Rogerio
Rogerio
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Vc falou td, sempre digo o mesmo, e aind atem brasileiro paga pau esse americanos 😣😣😣

Gilson Elano
Gilson Elano
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

No meu ponto de vista. Quem mais teria prejuízo com o programa espacial brasileiro, seriam os franceses.
Nunca duvidei que o acidente de Alcântara, tenha as digitais dos franceses.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Gilson Elano
1 mês atrás

Olá Gilson. Todos os programas de foguetes passam por acidentes. Infelizmente, o acidente em Alcântara foi uma perda enorme, principalmente da equipe.

Caso fosse uma sabotagem, as impressões digitais estariam em algum lugar. Seria muito difícil esconder os indícios de sabotagem. Foi instaurada uma comissão independente de investigação que encontrou indícios de um acidente

http://md-m09.sid.inpe.br/col/sid.inpe.br/banon/2005/02.10.14.17/doc/Aprovado%20relatorio%20final%20sobre%20o%20CLA.pdf

este artigo da Revista FAPESP é muito bom

https://revistapesquisa.fapesp.br/radiografia-de-uma-tragedia/

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Talisson
1 mês atrás

Defendo o indulto a Alm. Othon há anos.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Eu também

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Um grande cientista e patriota brasileiro que foi preso por um juiz que trabalhava para o departamento de estado americano. Um juiz que a batata está assando.

Santamariense
Santamariense
Reply to  Antonio Palhares
1 mês atrás

Hehehe…que barbaridade….

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Santamariense
1 mês atrás

Vamos esperar mais um tempo para o Hehehe… que barbaridade. Um abraço

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Antonio Palhares
1 mês atrás

Olá Palhares.

Um documento importante para atualizar a situação do processo do Alm.Othon

https://www.conjur.com.br/wp-content/uploads/2023/09/toffoli-almirante-othon-acesso.pdf

Santamariense
Santamariense
Reply to  Antonio Palhares
1 mês atrás

Espero que a moderação publique este meu comentário:
O problema do Moro é que ele mexeu com a alta cúpula do país, expôs as vísceras podres do poder, prendeu líderes políticos e empresários, bilhões foram devolvidos aos cofres públicos como resultado dessas investigações e processos judiciais. E o que aconteceu? O sistema se reinventou e colocou novamente no poder os mesmos que haviam sido condenados. O sistema é como a Hidra. E conta com pessoas crédulas e que negam a verdade, mesmo ela estando na ponta do seu nariz, para os apoiarem. Um abraço.

Lochi
Lochi
Reply to  Santamariense
1 mês atrás

Às vezes a imaginação do brasileiro me emociona.

AVISO DOS EDITORES A TODOS NESTA SEQUÊNCIA DE COMENTÁRIOS: ESSA DISCUSSÃO JÁ DEU O QUE TINHA QUE DAR E DESVIOU TOTALMENTE DO TEMA DA MATÉRIA.

AJUDEM OS EDITORES A GASTAR MENOS TEMPO COM MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS E MAIS COM O TRABALHO DE APURAR E PUBLICAR NOTÍCIAS. FOQUEM NOS TEMAS DAS MATÉRIAS.

LEIAM AS REGRAS DO BLOG:
https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Antonio Palhares
1 mês atrás

Olá Palhares.

O juiz Bretas está sendo investigado pelo CNJ e foi afastado da função

Em 2022, a pena de primeira instância de mais de 40 anos foi reduzida a 4 anos pelo TRF-2, em segunda instância. Creio que Othon recorreu ao STJ contra esta pena. Ele insiste em sua inocência.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Em qual país do planeta um cientista importante e do gabarito dele seria preso ?

ODST
ODST
Reply to  Talisson
1 mês atrás

E o que tem a Lava jato a ver com o EUA, terraplanista?

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Rui Mendes
1 mês atrás

Jogam?? Não sabia, então mostra lá, onde eles jogaram contra o programa Brasileiro.

Tanto o Wikileaks como o Snowden revelaram documentos comprovando isso.

Vitor
Vitor
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Ai sim um brazuca da gema .

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Nossos programas não funcionam por incapacidade/incompetência nossa mesmo… Ou você acha que iran, coreia do norte, russia, os eua não jogaram contra ?

Quem tem capacidade vai lá e faz, ta ai o iran para provar…

JPonte
1 mês atrás

Difícil Irã possuir tecnologia para acertar com precisão um alvo a esta enorme distância …. míssil de precisão não é foguete … mas … mas
Logo logo saberemos se de fato os iranianos tem já está capacidade….. se tiverem de fato assistamos como reagirão americanos e israelenses a este feito .

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  JPonte
1 mês atrás

Qual feito??
Ao tempo, que todos sabem, que o Irão tem mísseis balísticos convencionais, com esse alcance.
Então ainda à uns meses, os Iranianos atacaram uma base dos EUA no Iraque.

JPonte
Reply to  Rui Mendes
1 mês atrás

Não sabemos nada … Lemos o que a imprensa divulga daquilo que os iranianos informam ….
Sabemos de drones iranianos no Yemen e de foguetes iranianos sendo usados e se mísseis de curta distância sendo usados com eficiência …
Agora um míssil balístico comprovadamente eficiente não sabemos ainda …. só depôs de usado e comprovado .

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
1 mês atrás

Quando eu falo que a Síria é casa da mãe Joana, ninguem acredita….
Todo mundo joga bomba lá. Daqui a pouco até a gente envia alguns AMX pra fazer bombardeiro naquela área. Afinal, tá todo mundo fazendo mesmo….

Agora falando sério, o alcance desses mísseis mostra bem o porque o programa de mísseis balísticos iranianos preocupam tanto os EUA e Israel.

Sergio
Sergio
1 mês atrás

Eu não morro de paixões e quetais pelos aiatolas, mas…Com dor no coração, já que todos pagaremos na hora em que tiverem ogivas operacionais nestes mísseis, tenho que admitir, “INVEJA”!!!!!

Emmanuel
Emmanuel
1 mês atrás

“mísseis atingiram uma área nobre perto do consulado dos EUA”

Rapaz….se acerta…
Irã voltado para a Idade Média em 3…2…

Carlos 07
Carlos 07
Reply to  Emmanuel
1 mês atrás

Efeito colateral, lembra? Discurso de todo país que ataca alvos em outra nação. No máximo, os Estados Unidos iriam atacar alvos iranianos na Síria e Iraque. Somente!

Emmanuel
Emmanuel
Reply to  Carlos 07
1 mês atrás

Aham…verdade esse bilhete.

Talisson
Talisson
Reply to  Emmanuel
1 mês atrás

Em plena (e confusa) corrida eleitoral americana? Duvido.

Emmanuel
Emmanuel
Reply to  Talisson
1 mês atrás

Eu não tomaria por surpresa.

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  Emmanuel
1 mês atrás

Não seria a primeira vez que o Iran atacaria um consulado americano e nem por isso voltou a idade da pedra…

Emmanuel
Emmanuel
Reply to  Jefferson Ferreira
1 mês atrás

São outros tempos…

Renato
Renato
Reply to  Emmanuel
1 mês atrás

Já falaram isso da China, da Coréia do Norte, e mais recentemente da Rússia mas estão todos aí firmes e fortes..
Sim são outros tempos mesmo, os EUA já perceberam que não são mais o que já foram um dia e que hoje existe reação contraria.

Last edited 1 mês atrás by Renato
Maurício.
Maurício.
1 mês atrás

“Pois os grupos mercenários criados pela Otan, como o Daesh.”

Mercenários ou terroristas?

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Os dois

Paulo Sollo
Paulo Sollo
1 mês atrás

Estes “civis” que morreram no ataque devem ser da mesma categoria de muito “civis” da Ucrânia e da otan que adoravam uniformes militares e gostavam de se reunir em apartamentos de prédios habitados por civis de verdade até os Kalibr e Onix começarem a entrar por suas janelas… Aí quando os eua ou Israel mandam um míssil ou bomba de precisão num alvo deste, a mídia alardeia os militares e terroristas mortos num phodastic ataque de precisão, e os inocentes mortos por proximidade são minimizados. Mas em se tratando da Rússia, Irã, seus armamentos são porcarias imprecisas e eles atacam… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Paulo Sollo
Heinz
Heinz
1 mês atrás

É questão de tempo até Israel atacar alvos de importância estratégica do Irã. Aguardem…

Eromaster
Eromaster
Reply to  Heinz
1 mês atrás

Quem tem aquele orifício, tem medo.

Heinz
Heinz
Reply to  Eromaster
1 mês atrás

Como já fez no passado. E se for pro game nuclear, Israel também possuí.

SUTERMINATOR
SUTERMINATOR
1 mês atrás

1 dia antes um ministro russo esteve no Irã para discutir laços entre ambos os países, ajuda russa?

Jefferson B
Jefferson B
1 mês atrás

Que loucura o Irã atacar o Paquistão.
Algo bem grave, violação do território de um país soberano.
Paquistão é aliado da Arábia saudita, ambos não gostam do Irã.
Jogada estranha do Irã.

Fernando
Fernando
Reply to  Jefferson B
1 mês atrás

Ué… Mas quando foram os EUA que atacaram o Paquistão pra matar o terrorista, não foi uma grave violação do territorio de um país soberano?? Qual a diferença?

Bosco
Bosco
Reply to  Fernando
1 mês atrás

Mas onde no comentário do Jefferson ele validou uma ação e desaprovou a outra?
Acho que devia reler o que ele escreveu.

Jefferson B
Jefferson B
Reply to  Fernando
1 mês atrás

Tem umas diferenças entre a ação dos Eua e a do Irã.
O Paquistão tem uma relação razoável com os EUA, não há fronteira entre eles…e acredito que a cúpula militar do Paquistão era avisado horas antes da ação.
Já o Irã não tem boa relação, faz fronteira e dificilmente avisou a cúpula militar do Paquistão.

Bosco
Bosco
1 mês atrás

Mísseis balísticos com alcance de 1200 km são da categoria MRBM (míssil balístico de médio alcance) , que compreende os mísseis balísticos de 2 estágios com alcance entre 1000 e 3000 km. Esses mísseis alcançam velocidade na faixa de 3 a 5 km/s e altitudes em torno de 200 a 400 km e liberam um veículo de reentrada (BRV ou MaRV). Se foi esse dá foto dá pra ver que é um míssil dotado de um veículo de reentrada manobrável (MaRV). Esse tipo de veículo de reentrada indica que o míssil tenha grande precisão fazendo uso de algum referencial externo… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Interessante a forma como os chineses, iranianos e norte-coreanos desenvolvem seus mísseis balísticos. Eles adotam o mesmo método de desenvolvimento incremental do Elon Musk na Space X , o que é bem diferente da tradição ocidental/russa que desenvolvem mísseis baseados no método de desenvolvimento da NASA que foca num projeto específico de alto nível tecnológico.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Bosco
1 mês atrás

 Eles adotam o mesmo método de desenvolvimento incremental do Elon Musk na Space X , o que é bem diferente da tradição ocidental/russa 

Interessante. Gostaria de saber mais.

Maurício.
Maurício.
1 mês atrás

Vish, pelo visto até o Paquistão virou alvo, ninguém respeita mais ninguém na região, se bem que nunca se respeitaram mesmo, quase todos possuem bases que abrigam alguma vertente terrorista, que no final das contas é quase tudo a mesma coisa, só muda a hipocrisia como os países lidam com elas…

Fábio De Souza
Fábio De Souza
1 mês atrás

Eu lendo os Comentários , dos Colegas e observando um certo sarcasmo , Zombaria ,escárnio. Dizendo que o Irã , atingiu um alvo civil . Meus amigos a Espionagem sempre existiu , o Mossadi , CIA , KGB . Ou seja , onde a fumaça tem fogo , o Irã também deve ter a sua rede de espionagem , e não podemos subestimar , ou até mais além , quem sabe uma outra agencia de espionagem vendeu essa informação ao Irã ? Outra pergunta que nos leva a Reflexão ? O Irã , não iria arriscar um ataque , a… Read more »

Rick
Rick
1 mês atrás

Disparar um míssil é uma coisa, acertar com precisão milimetrica é outra.