A Comissão Eleitoral da Rússia vetou nesta quinta-feira, 8, a candidatura de Boris Nadezhdin, que pretendia disputar a eleição presidencial de março, anunciou o político nas redes sociais. “A Comissão Eleitoral Central se negou a registrar minha candidatura ao cargo de presidente da Federação Russa”, afirmou Nadezhdin, 60 anos, em uma mensagem no Telegram. “Participar nas eleições presidenciais de 2024 é a decisão política mais importante da minha vida. Não vou desistir das minhas intenções. Vou recorrer contra a decisão da Comissão Eleitoral Central à Suprema Corte”, acrescentou.

Em uma audiência nesta quinta-feira em Moscou, as autoridades eleitorais rejeitaram por unanimidade o registro da candidatura de Nadezhdin, segundo um correspondente da AFP que acompanhou a sessão. A Comissão Eleitoral alega que detectou falhas em mais de 9.000 das 105.000 assinaturas de apoio à candidatura apresentadas por Nadezhdin. O número supera a margem erro permitida de 5%.

As possibilidades de reverter a decisão com um recurso de apelação parecem nulas, pois o Kremlin exerce controle total sobre os processos eleitorais na Rússia.

Antes da decisão, a equipe de Nadezhdin explicou que as supostas “falhas” encontradas pela comissão incluíam pequenos erros de digitação introduzidos no processo de transcrever as assinaturas manuscritas para um computador.

“Segundo, atrás de Putin”

Os apelos do opositor pela interrupção da ofensiva militar na Ucrânia levaram muitos russos a apoiar sua candidatura no mês passado. As imagens de longas filas de pessoas aguardando para assinar o apoio à candidatura de Nadezhdin desmontaram a narrativa do Kremlin de que a sociedade russa está unida no respaldo à campanha de Putin contra Kiev.

Na audiência no centro de Moscou nesta quinta-feira, Nadezhdin afirmou que “dezenas de milhões de pessoas” votariam nele. “Estou em segundo lugar, atrás de Putin”, declarou.

A normalmente dividida oposição russa expressou apoio a Nadezhdin, do crítico detido Alexei Navalny ao oligarca exilado Mikhail Khodorkovski. Eles afirmaram que era a única forma legal e segura de protestar contra o Kremlin.

Desde o início da operação militar na Ucrânia em fevereiro de 2022, a Rússia intensificou ainda mais suas já rigorosas leis contra a dissidência e várias pessoas foram detidas depois que criticaram a intervenção militar.

Em uma entrevista à AFP em janeiro, Nadezhdin descreveu o conflito na Ucrânia como “catastrófico” e declarou que pretende “libertar os presos políticos” na Rússia. Deputado municipal em uma cidade da região de Moscou, os 30 anos de trajetória política de Nadezhdin aconteceram em grande parte no âmbito local. Também já trabalhou como assessor de políticos famosos, em particular de grupos opositores, mas nos primeiros anos de governo de Putin foi próximo ao Kremlin.

A presidência russa não escondeu o desprezo pelo opositor. “Não o consideramos um adversário”, declarou no fim de janeiro o porta-voz de Putin, Dmitri Peskov. Nesta quinta-feira, ele insistiu que a Comissão Eleitoral encontrou “um grande número de erros nas assinaturas” de Nadezhdin. “É um critério importante que não foi respeitado”, destacou Peskov. “A comissão segue claramente as regras estabelecidas para os candidatos, acrescentou.

Putin, 71 anos, governa a Rússia como presidente ou primeiro-ministro desde 1999. Durante as mais de duas décadas de poder, ele sufocou toda a oposição interna de alguma relevância, proibiu os meios de comunicação independentes e os protestos e reduziu as liberdades políticas e civis. As eleições de março terão apenas três outros candidatos, todos de partidos supostamente opositores, mas que contam com o beneplácito do Kremlin. Em 2020, Putin conseguiu aprovar emendas constitucionais polêmicas para reiniciar a contagem do limite de mandatos presidenciais, o que abriu o caminho para que ele possa permanecer no poder até 2036.

FONTE: AFP, via Portal Exame

Subscribe
Notify of
guest

65 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Profyler
Profyler
19 dias atrás

Surpeende um total de 0 pessoas. Toda ditadura trabalha dessa forma. E pensar que Russia ja teve um breve período de democracia. Russia só se afundará com esse Tsar no poder, assim como quase todo país ditatorial se afunda.

Jose
Jose
Reply to  Profyler
19 dias atrás

E tem quem defenda um ser desprezível como esse ditador hein…

Last edited 19 dias atrás by Jose
Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Jose
18 dias atrás

José. Todo ditador ou todo aquele que aspira ser um ditador são desprezíveis. Concordo com vocẽ. Contudo, é preciso compreender Putin em pelo menos trẽs contextos. Este tipo de pensamento serve para Zelensky e até Biden 1) fazendo uma análise geopolítica da guerra. Se o resultado é favorável ou desfavorável, tanto faz. É preciso uma análise crítica, confrontando as hipóteses com as informações que temos acesso. Um erro comum é desprezar uma ou outra fonte, acabe desequilibrado a análise. Se um lado mente, o outro também. O mais adequado é confrontar as informações de todas a fontes. Com isso, fica… Read more »

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Profyler
19 dias atrás

Essa forma de governo funciona para eles. E a “democracia” occidental moderna nāo passa de um engodo.

Lord-M
Lord-M
Reply to  Allan Lemos
19 dias atrás

Apenas suspenderam um traidor.

Estão corretíssimos.

Sergio
Sergio
Reply to  Allan Lemos
18 dias atrás

Exatamente. Funciona a séculos. Veja que nem os embargos afetaram a qualidade de vida da população.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Allan Lemos
18 dias atrás

Eu acho que não se trata de engodo, só que tem países que a democracia como conhecemos, nunca vai funcionar, principalmente países como o Afeganistão, Iêmen e tantos outros, são culturas diferentes, com visões diferentes.
Quanto a Rússia, ela é e sempre será uma ditadura, nesse ponto, acho que ninguém discorda.

Last edited 18 dias atrás by Maurício.
Lord-M
Lord-M
Reply to  Maurício.
18 dias atrás

Não deixa de ser curioso que muitos tão “preocupados” com a “democracia” (ocidental) na Rússia defendem qualquer Golpe dos EUA pelo mundo e inclusive tentativa bem próxima de nós recentemente…

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Lord-M
18 dias atrás

Bem, uma minoria, na qual pareço fazer parte, defende a democracia incondicionalmente, seja nos EUA, no Brasil ou Shangrilá.

Quando os EUA atuam contra a democracia, seja onde for, o mundo todo sente a consequência.

O ressurgimento da extrema-direita no mundo é consequência, em grande parte, dos ataques feitos contra a pŕopria democracia nos EUA, como por exemplo as prisões de Guantanamo e Abu Ghraib, que afrontaram a base da democracia em qualquer lugar, que é o respeito aos direitos humanos.

Bosco
Bosco
Reply to  Allan Lemos
18 dias atrás

xxss

Last edited 18 dias atrás by Bosco Jr
Groosp
Groosp
Reply to  Allan Lemos
18 dias atrás

Sim, funciona para o establishment.

Macgaren
Macgaren
Reply to  Allan Lemos
18 dias atrás

Funciona mesmo, vemos como as coisas estão dando certo para a Rússia.

Paulo Sollo
Paulo Sollo
Reply to  Profyler
19 dias atrás

Uma coisa que a maioria das pessoas tem uma tremenda dificuldade em compreender e aceitar é que, assim como acontece com os países do O. Médio e com a China, a fórmula de governança ocidental não funciona na Rússia. Os países do O. Médio se mantém estáveis e ricos porque as diversas tribos e clãs que compõem cada país são mantidas sob controle por um clã mais forte. Quando isto é desmantelado, geralmente pela via de guerras civis patrocinadas pelos “ocidentais bonzinhos” que querem levar sua fórmula de democracia ao mundo, temos desgraças como as ocorridas na Líbia, Síria e… Read more »

Henrique
Henrique
Reply to  Paulo Sollo
18 dias atrás

“Os países do O. Médio se mantém estáveis e ricos porque as diversas tribos e clãs que compõem cada país são mantidas sob controle por um clã mais forte.  A China consegue seu crescimento vertiginoso graças ao modelo de governança que existe lá. A Rússia conseguiu se erguer do colapso pós desmantelamento da urss graças ao modelo de governança com um homem forte no poder mantendo a coesão política, social e militar.” Entendenda pq um país ter uma ditadura, fazer purgas, perseguição politica ou religiosa parece ruim, mas é bom e todos deveria fazer… Se for colocar um Governor no… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Paulo Sollo
18 dias atrás

xxs

Last edited 18 dias atrás by Bosco Jr
Bosco
Bosco
Reply to  Paulo Sollo
18 dias atrás

xx

Last edited 18 dias atrás by Bosco Jr
Nemo
Nemo
Reply to  Profyler
19 dias atrás

A Venezuela também está utilizando a máquina judiciária para bloquear a candidata da oposição. Assim como os Estados Unidos estão tentando impedir judicialmente Trump; a França Le Pen, a Alemanha quer excluir judicialmente o segundo partido mais influente do país e o Paquistão prendeu o principal líder oposicionista. Isto sem contar outros países tropicais rsrs.

Sergio
Sergio
Reply to  Profyler
18 dias atrás

Não se afunda.

Saltará de um ditador para outro.

Vivem assim a séculos. O anormal foi o período de ” democracia” daquele pobre diabo, ieltsin.

É um belíssimo, organizado, seguro e limpo país. Mudar para que?

Last edited 18 dias atrás by Sergio
Monarquista
Monarquista
Reply to  Sergio
18 dias atrás

Rússia segura e organizada?????

Profyler
Profyler
Reply to  Sergio
18 dias atrás

Fala isso pra quem foi morto ou preso por expressar uma opinião diferente.
Mudar pra que né? Continuem matando e pretendo….

ai esses brasileiros….é cada uma…

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Profyler
18 dias atrás

Pois é. A gente pode mesmo suspeitar que a Comissão Eleitora possa ter atuado em favor de Putin, mas é preciso entender que Nadezhdin vacilou.

Até o mundo mineral sabe que o sistema irá usar qualquer brecha para remover os adversários de Putin.

Deixar 9 mil assinaturas em desacordo é muita barbeiragem.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Profyler
18 dias atrás

O planeta está assim. Ou é governado pelas ditaduras ou é governado pelas grandes corporações. Principalmente os grandes e importantes países

Rui Chapéu
Rui Chapéu
19 dias atrás

ah, isso virou moda agora

até nos eua tão querendo barrar o Trump de qualquer jeito…

e no Brasil… – Comentário editado!

Victor
Victor
Reply to  Rui Chapéu
19 dias atrás

______

COMENTÁRIO APAGADO. NÃO FAÇA PROVOCAÇÕES INÚTEIS. MANTENHA O RESPEITO.

LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Rui Chapéu
19 dias atrás

Nos EUA, a SC já está decidindo, ao que parece, vāo anular a decisāo do Colorado.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Allan Lemos
18 dias atrás

Caro. Se a pessoa cometeu um crime, seja nos EUA, no Brasil ou em Timbuktu, cabe ao poder judiciário avaliar a sua culpa.

Apenas em ditaduras a suprema corte se curva á vontade do ditador ou do pretendente a ditador.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Camargoer.
18 dias atrás

A SC nāo está julgando a inelegibilidade, mas se um Estado pode tirar um candidato dos ballots.

Pelo que andei lendo, é provável que haja até um placar unânime em rejeitar tal medida, dada a sua flagrante inconstitucionalidade.

E nāo há sentença transitada em julgando relacionada a uma suposta participaçāo do candidato em uma suposta insurreiçāo, portanto presume-se seu estado de inocência.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Allan Lemos
18 dias atrás

Caro Allan. Qualquer um que acompanha meus comentários ao longo de anos sabe que sou um defensor da democracia, ainda que constantemente criticado e ridicularizado por isso. Um dos principais pontos da democracia é a presunção da inocência, o que vai ao encontro do que vocẽ escreveu. Em 2018 havia um candidato á presidência cuja sentença caberia recurso, mas foi retirado do pleito. Tempos depois, a sentença foi anulada pelo STF. Um dos princípios colocados por Voltaire é que maus justo um criminoso livre que um inocente preso. Como escrevi diversas vezes ao longo de anos, em uma democracia a… Read more »

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Camargoer.
18 dias atrás

Comparaçāo descabida a sua, desculpe. No exemplo que citou, o candidato havia sido condenado em todas as instâncias(STJ e STF nāo julgam questões de fato). Ainda assim, elas confirmaram a inelegibilidade em questāo, pois nāo havia dúvidas à cerca da materialidade da conduta e o seu efeito no âmbito da capacidade eleitoral passiva. Apenas posteriormente tal condenaçāo foi anulada por razões conhecidas por todos mas que nāo cabe eu citar aqui para nāo desviar do tema. Nāo sou especialista em direito eleitoral americano, mas costumo ler sobre o assunto e mesmo os justices apontados pelos democratas indicaram haver inconstitucionalidade na… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Allan Lemos
18 dias atrás

Não comparei nada com coisa alguma.

Afirmei que, em uma democracia, apenas o poder judiciário tem a prerrogativa de condenar uma pessoa e que em uma democracia é preciso garantir a presunção da inocência, independente da conveniência.

Quando um princípio democrático passa a ser condicional, a democracia se torna um regime de exceção.

Groosp
Groosp
Reply to  Camargoer.
18 dias atrás

É que um ditador nunca está sozinho. Ele sempre tem outras pessoas que lhe dão suporte. Pessoas do judiciário inclusive. Caso contrário, só poderia ser um ditador se tivesse os poderes do Super Homem.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Groosp
18 dias atrás

Exato. Uma ditadura demanda um apoio de substancial parte da elite industrial e financeira. Precisa do apoio militar. Precisa do apoio da mídia e dos meios de comunicação. Precisa do apoio da maioria do legislativo e do judiciário. Também precisa de algum apoio externo. Eventualmente, também precisa de algum apoio popular, mesmo que seja uma minoria.

Uma ditadura demanda um espectro de apoio (geralmente constituída de canalhas, alguns que rapidamente mudam do apoio incondicional para a oposição radical)

No caso dos golpes de estado, é o conhecido “dia seguinte”. Dar um golpe é mais fácil que sustentar um golpe.

Henrique
Henrique
19 dias atrás

23:59
FSB: “ovo colocar um candidato alucinado anti-guerra pra todo mundo votar no Putin e dai a mundo vai ver que a Rússia ta certa pq tem apoio da população ”

~~ população faz filas gigantescas pra apoiar o maluco anti guerra ~~

00:00
FSB: “tão achando que isso aqui é o que k**?”

kkkkkk

Last edited 19 dias atrás by Henrique
Hcosta
Hcosta
19 dias atrás

Putin não corre riscos.
Mesmo com a grande popularidade que os inquéritos lhe dão, ele também deve perceber que a realidade pode ser muito diferente do que aquela que as respostas “dadas” pelos Russos possam indiciar…

Mas, com a consolidação do seu poder em todo as esferas do Estado, havia a necessidade destes atos? Alguém acreditaria que este senhor ganharia a Putin, mesmo numa votação justa?

A paranoia é cada vez maior…

Carlos I
Carlos I
19 dias atrás

Quem acredita que teria eleições de verdade lá consegue ser mais inocente que os bobos que acreditaram no Maduro, esse já está proibindo e caçando candidaturas de qualquer um que tenha uma mínima chance de concorrer com ele da mesma forma que Putin, que o diga a Maria Corina.

Rodrigo
Rodrigo
18 dias atrás

Democracia russa…pq putin não assume como ditador e acaba com essa palhaçada mesmo…Rússia é ditadura..

Andromeda1016
Andromeda1016
18 dias atrás

Sejamos honestos: democracia hoje em dia é só uma palavra utilizada por um montão de pessoas para justificar a prática de inúmeras barbaridades que não seriam aceitos em situação normais. Transformaram essa palavra num coringa, num ideal sagrado que apela a todos por causa da forma como a política e a mídia dominante a manipularam transformando-a nisso que está aí. Democracia não é garantia absoluta de justiça ou progresso, pois ditaduras também conseguem isso, além do mais as mesmas violações nos direitos fundamentais das pessoas que se observam nas ditaduras se observam hoje em dia nas ditas democracias no ocidente… Read more »

Sergio
Sergio
Reply to  Andromeda1016
18 dias atrás

Não é mesmo…

Hcosta
Hcosta
Reply to  Andromeda1016
18 dias atrás

Diga lá um exemplo disso…

Já chegamos ao ponto de achar que as ditaduras são a mesma coisa que democracias…

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Hcosta
18 dias atrás

O problema não são as ditaduras, pois elas são o que são, mas as democracias que na maioria dos casos são apenas ditaduras travestidas de democracias, e só sobrevivem por que são uma forma de governo “menos pior” do que as ditaduras escancaradas …. Aristóteles odiava a democracia pois diluia o poder entre populistas baratos levando a sociedade ao desequilíbrio e o caos …. Me diga você, qual é o grande apelo que a democracia possui hoje em dia com base no que vemos agora no mundo …. Não há nenhuma democracia perfeita logo acredito que seu melhor argumento para… Read more »

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Andromeda1016
18 dias atrás

Parabéns que ginástica para defender putin…

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Rodrigo
18 dias atrás

Onde mencionei o nome dele? Se for falar dele preciso falar do comediante também afinal ele fez o mesmo na terra dele

Henrique
Henrique
Reply to  Andromeda1016
18 dias atrás

“Se for falar dele preciso falar do comediante também afinal ele fez o mesmo na terra dele”

fonte: delirante

deixa adivinhar: a CF deles fala que não pode ter eleição e o fato dele falar que não vai ter eleição, ficando em consonância com a CF que mais antiga que essa zona toda, é antidemocrático kkkkk

ve se não quebra a coluna na resposta em

Last edited 18 dias atrás by Henrique
Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Henrique
18 dias atrás

Eu li a Constituição ucraniana (está disponível na internet). O Art.83 (ou 86, agora não lembro) diz que em caso de lei marcial, o mandato dos representantes legislativos será prorrogado. Isso é uma proteção ao legislativo. Inclusive, o presidente ucraniano tem o poder de dissolver o parlamento e antecipar eleições, mas isso fica proibido durante o período de lei marcial. Não há menção sobre a prorrogação do mandato do presidente. Eu não sei qual é o entendimento da Suprema corte da Ucrânia sobre isso, mas tenho certeza que não há regra constitucional. Quem tiver curiosidade, como eu tive, pode ir… Read more »

Henrique
Henrique
Reply to  Camargoer.
17 dias atrás

“Eu li a”

ja ta mentindo pq não leu… se tivesse lido saberia que ta sim escrito no artigo 83 a prorrogação de mandado…

defender o Russia ta te cegando

Last edited 17 dias atrás by Henrique
Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Henrique
17 dias atrás

Talvez vocẽ tenha lido e incompreendido o Art 83… vamos lá. Art. 83 As sessões regulares da Verkhovna Rada da Ucrânia começam na primeira terça-feira de fevereiro e na primeira terça-feira de setembro de cada ano. (aqui nada demais, é apenas a detinição do calendário legislativo) Sessões especiais da Verkhovna Rada da Ucrânia, com a estipulação de sua agenda, são convocadas pelo presidente da Verkhovna Rada da Ucrânia, a pedido de não menos Deputados Nacionais da Ucrânia que um terço da composição constitucional da Verkhovna Rada da Ucrânia, ou a pedido do Presidente da Ucrânia. (perceba que o presidente da… Read more »

Last edited 17 dias atrás by Camargoer.
fjuliano
fjuliano
18 dias atrás

Dada a escassez de informação do presente artigo vez que afirma que Boris Nadezhdin é “contra a guerra” mas não diz qual ou quais são as propostas dele para o fim da guerra e após, fui atrás, por curiosidade, de outras fontes para saber o que ele pensa da Criméia por exemplo – obs: O governo do Zélascado afirma que quer todos os territórios incluindo a Criméia e não tem conversa; e então me deparo com isso: Notícia de 06 de fevereiro de 2024: (tradução) Qual a posição do oponente pró-paz de Putin na Crimeia? O adversário “pró-paz” do presidente… Read more »

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
18 dias atrás

Igual ao Brasil e Venezuela, não é mera coincidência.

Orivaldo
Orivaldo
18 dias atrás

A Democracia que muitos defendem. Só pode se candidatar quem eu quiser

Groosp
Groosp
18 dias atrás

“…ele sufocou toda a oposição interna de alguma relevância, proibiu os meios de comunicação independentes e os protestos e reduziu as liberdades políticas e civis”

Pobre Rússia que não desfruta de uma pujança de democracia.

Last edited 18 dias atrás by Groosp
Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Groosp
18 dias atrás

Na Ucrânia aconteceu o mesmo mas tudo bem não?

Groosp
Groosp
Reply to  Andromeda1016
18 dias atrás

Pobre Ucrânia que não desfruta de uma pujança de democracia.

Henrique
Henrique
Reply to  Andromeda1016
18 dias atrás

kkkk
fonte: delírios

deixa adivinhar.. não deixar o partido abertamente a favor do inimigo entrar e matar geral agora é antidemocrático?

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Henrique
18 dias atrás

Mas e a democracia então? Na Ucrânia pode ser suprimida mas na Rússia não? Não vamos proteger a democracia a qualquer custo? Não vamos morrer por ela?

Henrique
Henrique
Reply to  Andromeda1016
18 dias atrás

“não deixar o partido abertamente a favor do inimigo entrar e matar geral agora é antidemocrático?”

releia até entender

Last edited 18 dias atrás by Henrique
Lord-M
Lord-M
Reply to  Groosp
18 dias atrás

Fonte: AFP…

Antonio Palhares
Antonio Palhares
18 dias atrás

Ele não seria mais um ingênuo Guaidó ? Ou um Yeltsin ? Ou a versão Russa de um Zelensky ? Em que bases ele é contra a guerra ? Como vai termina-la ?

Henrique
Henrique
Reply to  Antonio Palhares
18 dias atrás

não, ele faz parte da oposição controlada pelo FSB.

Era só pra fazer um teatrinho e falar umas besteiras quaisquer de paz, só que a população compro a ideia kkkkk.

perceberam que iria dar ruim o plano e retornaram

Antonio Palhares
Antonio Palhares
18 dias atrás

Algures, na América latina. Um presidente não aceitou o resultado das urnas porque não foi vencedor. Quis porque quis continuar presidente. E tem muitos “democratas” que o apoiam. Quem somos nós para dizer se tal e qual país é uma democracia ?

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Antonio Palhares
18 dias atrás

Que país seria esse?

Carvalho2008
Carvalho2008
18 dias atrás

Toda ditadura é assim, mesmo quando tenta posar e se disfarçar de democracia:

– É elemento comum a todas elas caçar os direitos políticos dos adversarios para impedir que concorram a eleições livres fiscalizaveis….

E todos com a cooptação da justiça….mas em ditaduras, a justiça é cúmplice e patrocinado artífice, tal como Rússia, Venezuela, entre outros….

Last edited 18 dias atrás by Carvalho2008
fjuliano
fjuliano
Reply to  Carvalho2008
18 dias atrás

…entre outros…. EUA cabe nessa lista aí Carvalho? Trump perigando sequer conseguir se candidatar. Curto circuito? kkkkkk

Groosp
Groosp
Reply to  fjuliano
17 dias atrás

Os eventos ainda estão em curso. Como vc disse “perigando”. Portanto, ainda não dá pra saber.

Heinz
Heinz
18 dias atrás

Pobre senhor, tem que ter cuidado para não ter o mesmo destino de Navalyn, preso numa cadeia na Sibéria, ou ainda pior ter o mesmo fim do Prigozhin.

Henrique
Henrique
17 dias atrás

A CIA se comunicar com oposição russa, Putin esta correto em cortar esse tipo de candidato subserviente ao ocidente.