O ex-comandante do Comando Conjunto de Forças do Reino Unido alertou que a Ucrânia poderia enfrentar uma derrota pela Rússia em 2024.

O General Sir Richard Barrons disse à BBC que existe “um sério risco” de a Ucrânia perder a guerra este ano.

A razão, segundo ele, é “porque a Ucrânia pode chegar a sentir que não pode vencer”.

“E quando chegar a esse ponto, por que as pessoas vão querer lutar e morrer mais, apenas para defender o indefensável?”

A Ucrânia ainda não está nesse ponto.

Mas suas forças estão criticamente baixas em munição, tropas e defesas aéreas. Sua tão anunciada contraofensiva no ano passado falhou em desalojar os russos do território que haviam conquistado e agora Moscou está se preparando para uma ofensiva de verão.

Então, como isso vai parecer e quais são seus prováveis objetivos estratégicos?

“A forma da ofensiva russa que vai acontecer é bastante clara”, diz o Gen Barrons.

“Estamos vendo a Rússia atacar a linha de frente, empregando uma vantagem de cinco para um em artilharia, munição e um excedente de pessoas reforçado pelo uso de armas mais novas.”

Isso inclui a bomba deslizante FAB, uma “bomba burra” da era soviética adaptada com barbatanas, orientação por GPS e 1500kg de explosivos de alto poder, que está causando estragos nas defesas ucranianas.

“Em algum momento deste verão”, diz o Gen Barrons, “esperamos ver uma grande ofensiva russa, com a intenção de fazer mais do que avançar com pequenos ganhos para talvez tentar romper as linhas ucranianas.

“E se isso acontecer, corremos o risco de as forças russas romperem e então explorarem áreas da Ucrânia onde as forças armadas ucranianas não podem detê-las.”

Mas onde?

No ano passado, os russos sabiam exatamente onde a Ucrânia provavelmente atacaria – da direção de Zaporizhzhia ao sul em direção ao Mar de Azov. Eles planejaram de acordo e conseguiram neutralizar o avanço ucraniano.

Agora a situação se inverteu, pois a Rússia acumula suas tropas e mantém Kiev adivinhando onde vai atacar a seguir.

“Um dos desafios que os ucranianos têm”, diz o Dr. Jack Watling, pesquisador sênior de guerra terrestre no think tank Whitehall, o Royal United Services Institute (Rusi), “é que os russos podem escolher onde comprometer suas forças.

“É uma linha de frente muito longa e os ucranianos precisam ser capazes de defender tudo isso.”

O que, é claro, eles não podem.

“O exército ucraniano perderá terreno”, diz o Dr. Watling. “A questão é: quanto e quais centros populacionais serão afetados?”

É bastante possível que o Estado-Maior russo ainda não tenha decidido firmemente qual direção designar como seu principal esforço. Mas é possível dividir amplamente suas várias opções em três localizações principais.

Kharkiv

“Kharkiv”, diz o Dr. Watling, “é certamente vulnerável.”

Como a segunda maior cidade da Ucrânia, situada perigosamente perto da fronteira russa, Kharkiv é um objetivo tentador para Moscou.

Atualmente, está sendo bombardeada diariamente com ataques de mísseis russos, com a Ucrânia incapaz de apresentar defesas aéreas suficientes para afastar a mistura letal de drones, mísseis de cruzeiro e balísticos direcionados em sua direção.

“Eu acho que a ofensiva deste ano terá como primeiro objetivo sair do Donbas”, acrescenta o Gen Barrons, “e eles estarão de olho em Kharkiv, que fica a 29km [18 milhas] ou mais da fronteira russa, um grande prêmio.”

A Ucrânia ainda poderia funcionar como uma entidade viável se Kharkiv caísse? Sim, dizem os analistas, mas seria um golpe catastrófico tanto para seu moral quanto para sua economia.

O Donbas

A área do leste da Ucrânia conhecida coletivamente como Donbas está em guerra desde 2014, quando separatistas apoiados por Moscou se declararam “repúblicas populares”.

Em 2022, a Rússia anexou ilegalmente as duas oblasts de Donbas, ou províncias, de Donetsk e Luhansk. É onde a maior parte dos combates em terra tem ocorrido nos últimos 18 meses.

A Ucrânia tem, controversamente, despendido enormes esforços, tanto em mão de obra quanto em recursos, tentando manter primeiro a cidade de Bakhmut e depois Avdiivka.

Ela perdeu ambas, assim como alguns de seus melhores combatentes, na tentativa.

Kyiv contra-argumentou que sua resistência infligiu baixas desproporcionalmente altas aos russos.

Isso é verdade, com o campo de batalha nesses lugares sendo apelidado de “o moedor de carne”.

Mas Moscou tem muito mais tropas para jogar na luta – e a Ucrânia não.

O Comandante das Forças dos EUA na Europa, General Christopher Cavoli, alertou que, a menos que os EUA enviem rapidamente mais armas e munições para a Ucrânia, suas forças serão superadas em dez para um no campo de batalha.

A massa importa. As táticas, liderança e equipamento do exército russo podem ser inferiores aos da Ucrânia, mas ele tem tal superioridade em números, especialmente em artilharia, que, se não fizer mais nada este ano, sua opção padrão será continuar empurrando as forças ucranianas para trás em direção oeste, tomando vilarejo após vilarejo.

Zaporizhzhia

Este também é um prêmio tentador para Moscou.

A cidade sul ucraniana de mais de 700.000 (em tempos de paz) fica perigosamente perto das linhas de frente russas.

Também é uma espécie de espinho no lado da Rússia, dado que é a capital de uma oblast de mesmo nome que a Rússia anexou ilegalmente, e ainda assim a cidade ainda vive livremente nas mãos ucranianas.

Mas as formidáveis defesas que a Rússia construiu ao sul de Zaporizhzhia no ano passado, na expectativa correta de um ataque ucraniano, agora complicariam um avanço russo a partir daí.

A chamada Linha Surovikin, consistindo de três camadas de defesas, está entrelaçada com o maior campo minado mais densamente embalado do mundo. A Rússia poderia desmontar parcialmente isso, mas seus preparativos provavelmente seriam detectados.

O objetivo estratégico da Rússia este ano pode nem mesmo ser territorial. Pode simplesmente ser esmagar o espírito de luta da Ucrânia e convencer seus apoiadores ocidentais de que essa guerra é uma causa perdida.

Dr. Jack Watling acredita que o objetivo russo é “tentar gerar uma sensação de desesperança”.

“Esta ofensiva [russa] não encerrará decisivamente o conflito, independentemente de como vá para qualquer lado”, diz ele.

O General Barrons também é cético de que, apesar da situação difícil em que a Ucrânia se encontra agora, a Rússia automaticamente aproveitará sua vantagem com um avanço decisivo.

“Eu acho que o resultado mais provável é que a Rússia terá feito ganhos, mas não terá conseguido romper.

“Ela não terá forças que sejam grandes o suficiente ou boas o suficiente para avançar até o rio [Dnipro]… mas a guerra terá virado a favor da Rússia.”

Uma coisa é certa: o presidente russo Vladimir Putin não tem intenção de desistir de seu assalto à Ucrânia.

Ele é como um jogador de pôquer apostando todas as suas fichas em uma vitória. Ele está contando com o fracasso do Ocidente em fornecer à Ucrânia os meios suficientes para se defender.

Apesar de todas as cúpulas da Otan, todas as conferências e todos os discursos emocionantes, há uma chance de ele estar certo.

FONTE: BBC

Subscribe
Notify of
guest

143 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
1 mês atrás

“Estamos vendo a Rússia atacar a linha de frente, empregando uma vantagem de cinco para um em artilharia, munição e um excedente de pessoas reforçado pelo uso de armas mais novas.” Ampla vantagem em artilharia, mas tem nego que ainda acredita nessa de que, pra cada ucraniano atingido de raspão no dedo mindinho, 7 russos tombam… “A massa importa. As táticas, liderança e equipamento do exército russo podem ser inferiores aos da Ucrânia (…)” Ano 2024 depois de Cristo, século XXI, e ainda temos que ler essa ladainha de “os equipamentos russos são inferiores, e só prestam por causa de… Read more »

fjuliano
fjuliano
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

É a quarta? Quinta convocação em massa, forçada, q o governo do boneco faz? Se brincar deve ser até mais. Pessoas com sérias debilidades psicológicas no front lutando pelo governo do boneco, na marra. Meu caro, toda uma geração de ucranianos foi obliterada. Esse conflito vai ficar na história como a maior ofensiva midiática contra um país, a escala de mentiras contra os russos ultrapassa o bizarro. Pois bem, a realidade segue deprimindo a moçada doutrinada por filmes de Hollywood.

Carlos
Carlos
Reply to  fjuliano
1 mês atrás

Suponho que estejas a falar da Rússia, já que foi a única a convocar homens para o exército russo e agora que estipulou a existência de vários exércitos, necessita de mais 500mil soldados. Primeiro convocou mercenários do Grupo Vagner, depois convocou 300mil homens e 600mil foram retirados do convívio das suas mulheres e a Rússia já tem um decréscimo populacional grave, sim 600 mil porque aos 300 mil convocados, existem mais 300mil que saíram da Rússia e agora com a terceira convocatória, convocados 500 mil homens, irá desagregar toda a Federação Russa, mas se há a quarta ou quinta isso… Read more »

fjuliano
fjuliano
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Meu deus kkkkkkkk….. cara não é necessário nem rebater, seus argumentos são um “up” tremendo para quem reconhece a realidade exposta pelo artigo em questão.

Carlos
Carlos
Reply to  fjuliano
1 mês atrás

Sem comentário

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Carlos, a situação de recrutamento na Rússia é ruim, mas isso é como um cadeirante rir de alguém que quebrou a perna, a Ucrania está conovacando mulheres e adolescentes.

Carlos
Carlos
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

Deves estar a brincar. A Ucrânia apenas diminuiu a idade de recrutamento de 27 para 25 anos, o que disseste foi comparar cheiro de m**** com perfume de marca porque para convocar 300mil homens ficaram sem 600mil homens na vida ativa e agora convocar 500 mil irão desagregar a Federação porque todo o mundo sabe que as convocatórias são feitas onde existe uma baixa densidade populacional e a ausência de uma imprensa livre atenuam toda e qualquer vontade de revolta, porque se fosse nas áreas metropolitanas de Moscou e de São Petersburgo onde se houvesse uma convocatória grande, o governo… Read more »

Joao
Joao
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Estão “convocando” até na África e em Cuba…

Carlos
Carlos
Reply to  Joao
1 mês atrás

É isso aí mas esqueceste da Índia, já que o governo indiano tenta que os seus cidadãos regressem a casa

KarlBonfim
KarlBonfim
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Pouco se aprende com a vitória, mas muito com a derrota.
Provérbio japonês

Carlos
Carlos
Reply to  KarlBonfim
1 mês atrás

É bem verdade, ninguém pensaria que a Ucrânia resistisse uma semana, mas já entrou no terceiro ano

Charles
Charles
Reply to  fjuliano
1 mês atrás

Exatamente!

Last edited 1 mês atrás by Charles
Joao
Joao
Reply to  fjuliano
1 mês atrás

Mais bizarro que 3 dias em mais de 2 anos impossível…

KarlBonfim
KarlBonfim
Reply to  fjuliano
1 mês atrás

Você já ouviu em vitória de Pirro?

Joao
Joao
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Ampla vantagem em artilharia:
Os EUA lançou no Vietnã 2,5 mais do que lançou em todo mundo na IIGM.

Muitos equipamentos russos são realmente inferiores, mas o pior é a Doutrina russa.

Sem dúvida erraram muito na dimensão informacional.

KarlBonfim
KarlBonfim
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Se a Rússia “vencer”, seria certamente um vitória de Pirro!
Por que em verdade voz digo: a Rússia de uma forma ou de outra já é uma grande perdedora, sempre foi…

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  KarlBonfim
1 mês atrás

“Vitória de Pirro”

Qual país está tendo toda sua infra-estrutura destruída, e qual país só se mantém na guerra graças a empréstimos dos outros mesmo?

Carlos
Carlos
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Ele tem razão porque a grande perdedora é a Rússia, a maior empresa de energia da Rússia viu diminuir em 40% a sua receita, dos 900milhões de euros que recebia diariamente, ainda recebe 15% desse valor graças aos cavalos de Troia que ainda existem, não tem acesso a tecnologia de ponta, embora usem estratagemas cujo o circulo está ficando cada vez mais apertada, está 100% dependente da China que se aproveita comprando combustível com 40% de desconto. A URSS era uma potência militar, mas não era uma potência económica e foi dissolvida, agora a Rússia, apesar dos pés de barro,… Read more »

Vitor
Vitor
1 mês atrás

Qual país vai oferecer exílio a gangue de Zelensky ?

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Vitor
1 mês atrás

Sabe qual a suprema ironia disso tudo?

Se chegar realmente nesse ponto, o ÚNICO lugar do mundo que poderia oferecer asilo e seguranço pro Zé seria…

A Rússia.

Fábio CDC
Fábio CDC
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Por que?

Vanguard
Vanguard
Reply to  Fábio CDC
1 mês atrás

EDITADO:
COMENTARISTA BLOQUEADO.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Vanguard
1 mês atrás

Não, eles sabem muito é verdade, mas sabem ficar calados

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Fábio CDC
1 mês atrás

O Zé chegou naquele nível em que o que ele sabe, o torna uma ameaça pra sí e seus apoiadores, e uma fonte de informações valiosas pra seus inimigos. Ele é um PC Farias elevado a enésima potência. Essa guerra da Ucrânia e o envio de dinheiro e armas praquele país deve ser o maior esquema de lavagem de dinheiro da História. Ou você realmente acredita que 100% dos recursos enviados realmente chegaram na Ucrânia, e que 100% desses recursos foram usados na guerra? O Zé sabe demais. Sabe demais das operações especiais que aconteceram lá, das manobras diplomáticas por… Read more »

Carlos
Carlos
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

“Essa guerra da Ucrânia e o envio de dinheiro e armas praquele país deve ser o maior esquema de lavagem de dinheiro da História.”. Praquele não sei o que é mas esta frase fez-me lembrar os cem mil fardamentos que existiam no papel mas que ninguém sabia onde estavam, quando da convocatória dos 300 mil, fez-me lembrar do espião russo que liderava uma rede de espionagem que existia no papel e nas despesas do orçamento russo, mas que na realidade não existia no terreno e daí muitos erros nos primeiros dias da invasão e lembrando o índice de corrupção do… Read more »

Edu
Edu
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Você está enganado ou mente ao afirmar sobre os índices de corrupção, o Brasil e a Ucrânia estão na mesma posição: 104. Busque o CPI 2023 da transparency international que é a referência.

Carlos
Carlos
Reply to  Edu
1 mês atrás

Há pergunta “indice de corrupção da Ucrânia” a resposta do google é Ano 2021 Ucrânia posição 68, ano 2020 Ucrânia posição 67, ano 2019 Ucrânia posição 70.
Para mim todas as resposta do Google estarão corretas daí ter apresentado esse número, mas de qualquer forma o índice de corrupção na Ucrânia tem a tendência a diminuir porque necessita disso para entrar na UE

Alaor
Alaor
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Queiroz ucraniano

Henrique
Henrique
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

sim sim… a rusisa que a todo custo quer matar o Zé, mas quer a todo custo dar asilo ao zé pq pra eles é mais vantagem ele ta vivo

kkkkk nivel de delírio
impossível não ser baitkkkkk

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Henrique
1 mês atrás

Se a Rússia quisesse eliminar o Zé, já o teria feito.

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

O que o conflito escancarou foi a corrupção dentro do Pentágono/Otan… Quando foram abrir os barracões aonde estavam estocados projéteis de artilharia, peças de reposição para os armamentos enviados, entre outras coisas, descobriu-se que estavam vazios…
Talvez esse seja o real motivo do bloqueio de novos envios de armas para a Ucrânia.

Talisson
Talisson
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

A Otan quer Zelensky vivo pelo que ele é, e o quer morto pelo que ele sabe.
A Russia o quer morto pelo que ele é, e o quer vivo pelo que ele sabe.

Werner
Werner
Reply to  Vitor
1 mês atrás

Ele comprou um castelo ou mansão do Rei Charles 3,o feioso.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Vitor
1 mês atrás

UK

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Vitor
1 mês atrás

Aposto uma cervejinha que vai ser Israel. Ele não estará seguro em nenhum outro lugar.

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Vitor
1 mês atrás

Parace que o Zelenski nem está mais sendo recebido pelos parlamentos mundo afora.

JuggerBR
JuggerBR
1 mês atrás

A Otan está numa encruzilhada… Se a Rússia por fim ganhar esse conflito, ficará muito mal na fita, mesmo não tendo oficialmente participado dele, pois deu apoio desde antes do primeiro dia de confronto. Por outro lado, se resolver participar ativamente, abrirá a Caixa de Pandora Russa, e aí pode acontecer qualquer coisa com a Europa…

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

Olá Jugger. Antecipei este cenário há mais de um ano atrás. Também comentei que o desenlace da guerra a partir de 2025 dependeria do resultado das eleições em 2024. No caso, Puitn venceu na Rússia, o que significa manutenção da estratégia russa. A eleição dos EUA será decisiva. Caso BIden efetivamente concorra e vença, provavelmente o envolvimento dos EUA poderá ser intensificado. Por outro lado, Trump parece decidido a concorrer e te tem feito declarações que encerrará o apoio á Zelensky. Neste contexto, o tempo parece favorecer Putin. Pelo visto, Zelensky não irá realizar eleições, o que poderá enfraquecer sua… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Camargoer.
Carlos
Carlos
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Mas na Rússia houve alguma eleição? Num estado de guerra quem poderá, seriamente falando, garantir umas eleições livres, limpas, e garantir a veracidade dos resultados. Na Catalunha quem poderá garantir o número de votantes no referendo à independência e quais os resultados? Tem juízo nas afirmações porque numa situação de guerra nada está garantido, só mesmo as eleições na Rússia onde todo o mundo já sabia qual o resultado mesmo antes de ser realizado. Todo o mundo gostaria que essa guerra acabasse mas ela só vai acabar quando a Rússia sair da Ucrânia e deixo-te um desavio, “Se a Venezuela… Read more »

Edu
Edu
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Falácia da falsa analogia ao hipotetizar sobre RR, as situações não são historicamente comparáveis.

Carlos
Carlos
Reply to  Edu
1 mês atrás

A sério mas em 1994 a Rússia reconheceu num tratado, Memorando de Budapeste”, a soberania e territórios da Ucrânia, já nos anos 2000 e com Putin à frente, a Rússia voltou a reconhecer a soberania e territórios da Ucrânia, mas este reconhecimento não é uma lei? Não é uma lei a Carta das nações unidas que defende a soberania e integridade dos povos? Viola-se tudo e todos consoante a vontade e interesse de alguém? Nem precisas de me dizer pois se isso acontecesse era a terceira opção que tomavas. E quanto à falácia o que aconteceu em RR aconteceu na… Read more »

Edu
Edu
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Não entendeste ou não me fiz explicar: RR é a sigla do estado de Roraima que citaste como ‘exemplo’. Não é uma situação comparável.
Mais sentido faria se exemplificasse com a Espanha anexando Portugal: as ligações históricas, étnicas e linguísticas são muito mais semelhantes com as ligações entre os dos dois países eslavos do que a de Roraima com a Venezuela.

Carlos
Carlos
Reply to  Edu
1 mês atrás

Uauu ___________________ RR foi escolhido porque faz fronteira com a Venezuela e não escolhi AM por outro motivo mas o teu conhecimento é diminuto porque não consegues associar o fato que se a Venezuela quiser aceder por terra só poderá fazê-lo por RR, além disso as fronteiras de RR foram ditadas por um tratado já que o Brasil reclamava a região de Pirara, em Essequibo e os tratados são leis internacionais que são reconhecido por todos e não apenas por interesses. Nunca em momento algum falei de Portugal mas já agora digo que é o país mais antigo na Europa… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Carlos
Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Caro. Putin foi reeleito para mais 6 anos, até 2030. Este é o fato. Você pode questionar a legitimidade das eleições sem que isso mude o fato. Putin é reconhecido como presidente da Rússia até 2030 e, nesta condição, ele continuará definindo as decisões russas nesta guerra. Sobre a Venezuela, “Se” é uma condicional”… “se o quadrado fosse redondo, o cubo mágico seria uma esfera”. Sempre repito isso porque alguém sempre tenta usar uma condicional como argumento, As respostas para eventos hipotéticos são tão obscuras quanto mais obscura for a condicionalidade. “A opinião dos brasileiros também seria clara se uma… Read more »

Carlos
Carlos
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Reconheces que essas eleições foram uma farsa. Mas o que se passa no interior da Federação Russa é com os russos, mas fora da Rússia, afeta outros povos como tal essas são relações internacionais, leis e tratados que regem essas relações e por muito que queiras limpar, Putin está tão sujo que não consegues. A Venezuela foi o cubo ou esfera que usei para saber que apoiavas a terceira opção. Sobre Timbuctu, duvido que 95% dos brasileiros saiba onde fica sem consultar um atlas. Outro exemplo de condicionalidade, se uma girafa tivesse tromba, era um elefante e não uma girafa… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Carlos
Joao
Joao
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Pois é
Sempre que o Se desfavorece o “raciocínio”, vem essas colocações…

Como então raciocinar, SE houver a chegada ou não de Trump? SE a Ucrânia entrar de fato na OTAN? SE as populações de grandes cidades russas forem convocadas?

Sulamericano
Sulamericano
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Caro Carlos, Se as eleições na Rússia são limpas ou não (e sabemos que não são) não muda nada. O que importa é que o Putin não vai ceder nessa guerra. Ele não vai sair da Ucrânia. Outro ponto importante é o fato de que a ajuda do ocidente não está mudando o rumo da guerra. Ou seja, fazer mais do mesmo não vai reverter o cenário. Agora se a Europa está querendo pagar pra ver, e escalar o conflito, vai ter que se preparar para isso. Acredito que todos já entenderam bem que, mesmo com toda a tecnologia militar… Read more »

Quirino
Quirino
Reply to  Sulamericano
1 mês atrás

Rússia quisesse colocar mísseis balísticos em Cuba
Isso já aconteceu na década de 60 e a reação dos Estados Unidos, a nação mais hipócrita desse mundo, foi quase invadir cuba e entrar em guerra com a URSS.

Carlos
Carlos
Reply to  Sulamericano
1 mês atrás

Putin não cede e assim beneficia-se o bandido, Se tens medo compra um cão porque nada deve ser pensado com base no medo porque esse não é bom conselheiro. Qual ajuda do ocidente? Os F-16 já chegaram? Chegaram todos os MBT prometidos? As munições têm chegado com regularidade? E apenas quero recordar que o primeiro impacto da invasão foram os militares ucranianos que se defenderam com o que tinham Uma brigada de paraquedistas foi destruída no aeroporto de Gostomel, a coluna com 40 km de comprimento foi destruída com recurso a canhões da era soviética e os tiros eram corrigidos… Read more »

Sulamericano
Sulamericano
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Caro Carlos, Os F16 e os MBTs não vão fazer diferença. Não se aprende a operar e criar uma doutrina de guerra em um cursinho de três meses de operação. Quanto as derrotas da Rússia que você citou, sim houveram várias e, principalmente as do início da guerra, foram vergonhosas. Coisa de um exército corrupto. Mas mesmo assim, os russos se adaptaram ao cenário e passaram para uma guerra de atrito. Já o desmantelamento da Rússia é um sonho antigo de muitas potências. Mas te digo uma coisa: não vai acontecer. A Rússia é um dos impérios mais antigos do… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Sulamericano
Carlos
Carlos
Reply to  Sulamericano
1 mês atrás

Nada de novo no teu comentário e para que o meu comentário não seja editado pelo editor de serviço apenas te recomendo que leias todos os comentários que fiz

Last edited 1 mês atrás by Carlos
Joao
Joao
Reply to  Sulamericano
1 mês atrás

Não está mudando o rumo da guerra?

Já mudou…. Ela duraria 1 semana no máximo e já está em 2 anos.
Toda a OTAN está se fortalecendo.
Todo intuito russo em relação aos países do báltico e Polônia foram pro brejo.

A Rússia muito provavelmente vai ficar com o que roubou em 2014. Dificilmente vai além disso, sob pena de aturar uma guerrilha interminável.
E ficará com o Donbass sem acordo de paz. Provavelmente um cessar fogo igual das Coreias.

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Sulamericano
1 mês atrás

Essa ficou fácil e nem é preciso exercício de imaginação… Já ocorreu no mundo real e vimos qual foi a reação americana.

Quirino
Quirino
Reply to  Carlos
1 mês atrás

______

COMENTÁRIO APAGADO. DEBATA OS ARGUMENTOS SEM ATACAR AS PESSOAS.
LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Carlos
Carlos
Reply to  Quirino
1 mês atrás

_____

COMENTÁRIO APAGADO. DEBATA OS ARGUMENTOS SEM ATACAR AS PESSOAS.
LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

“Outro ponto é saber se, caso Trump vença e retire o apoio dos EUA, se a Europa irá sustentar o apoio militar para a Ucrânia. Estou bastante curioso sobre isso.” Duvido muito. É só ver a diferença, em dólares, da ajuda que cada país doou. A discrepância entre a ajuda, em dólares, enviadas pelos EUA e o resto dos países europeus é grande. Se os EUA caírem fora, muito dificilmente os europeus darão conta de continuar financiando os ucranianos. É só ver o quanto a suspensão do novo pacote de ajuda dos EUA, que está até hoje parado no Senado… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Olá Wilber. Eu ainda não tenho condições de formar uma opinião sobre o que Europa faria caso os EUA abandonassem a Ucrânia

Neste momento, o que acontece nos EUA é um embate pré-eleitoral. Se Binden quiser pintar a Casa Branca de azul, Trump vai defender que se pinte de vermelho. Se Binden declarar que torce pelo Palmeiras, Trump vai aparecer com a camisa do Corinthians. Se Biden usar uma roupa de Papai Noel, Trump vai vestir uma fantasia de Coelho da Páscoa.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Não seria a 1° vez em que um candidato prometesse “X” na eleição, e após eleito, fizesse “Y”. O problema é que acabar com essa ajuda é um dos pilares da campanha dele. Se ele der pra trás nisso após eleito, ele perde muito poder com sua base aliada, que tambem defende acabar com essa ajuda. Trump vai queimar seu capital político com sua base aliada e seu eleitorado insistindo em ajudar um moribundo que vive ligado em aparelhos, e que não consegue apresentar bons resultados depois de todos os bilhões que já foram enviados? Duvido. Sobre a Europa, duvido… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Sua análise sobre o contexto político de Trump é muito boa. Sobre a Europa, eu realmente não tenho dados para avaliar por enquanto.

Acredito que o único meio de encerrar este conflito será pela via diplomática. Para a Ucrânia seria vantajoso terminar este conflito o mais rápido possível, mas Zelensky está preso em uma armadilha retórica.

Um caminho político seria chamar eleições presidenciais e fazer corpo mole para perder a eleição. Isso seria uma saída política adequada para ele sair com algum capital politico, mas….

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Que isso vai acabar, uma hora ou outra, por vias diplomáticas, isso é fato.
A questão é que, atéo momento, ambos os lados não aprecem interessados em ir por essa via.
O que acontecerá primeiro?
Os aliados ucranianos forçando o Zé a ir pra uma mesa de negociações?
Os aliados cortarem a ajuda, e a ucrânia ser obrigada a ir pra uma mesa de negociações?
Uma terceira variável , como o envio direto de tropas da OTAN, que faça todo mundo ir pra uma mesa de negociações?

Vai saber…

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Pois é. Até aqui, o que dá para supor é que a Russia manterá esta guerra de atrito na intensidade necessária para anular a vantagem ucraniana. Enquanto isso, continuará destruindo a infraestrutura da Ucrânia até o momento que os dois decidam iniciar as negociações de paz.

Do lado russo, a reeleição de Putin indica que a guerra pode durar muito tempo.

A dúvida é pelo lado dos países que apoiam a Ucrânia. Escrevi isso há mais de um ano…,

Henrique
Henrique
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

“Pelo visto, Zelensky não irá realizar eleições, o que poderá enfraquecer sua posição internacional, visto que a Ucrânia passara á ser vista como um regime de exceção.” cara sabe que ele não pode fazer eleições pq a própria Constituição diz que não pode mas como, mas vai fingir pra dizer que o sujeito é um ditador malicio pior que o Putin kkkkkk “ é um cessar fogo imediato e início das negociações de paz.” e de novo defendendo a posição Russa de manutenção do conflito com um falso cessar fogo que todo mundo sabe que legar o mundo pra 2014 e… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Henrique
1 mês atrás

AchKKKK qKKmeu tecKKKKdKK tambḰKK esKKtá com KKKblema.

Moriah
Moriah
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Concordo. Não há mais como ganhar esse jogo. Cessar-fogo e negociações para que a Ucrânia ainda venha existir. A Rússia vai levar o Donbas, mas a Ucrânia poderia assim entrar na união europeia. Obviamente a Rússia sempre será uma ameaça, mas se estiver economicamente melhor, poderá reforçar suas defesas no futuro. O único senão seria entrar para a OTAN. Este poderia ser um argumento de um tratado onde a Ucrânia teria a garantia de não ser mais atacada pela Rússia, o que levaria direto a uma guerra com a OTAN, enquanto o país renunciaria oficialmente ao Donbas, garantindo assim que… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Moriah
Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Moriah
1 mês atrás

Esqueça esse negócio de Ucrânia na OTAN´´. A principal desculpa do Putin ter invadido a Ucrânia é evitar isso. Esqueçam, a Rússia jamais aceitará isso. Eles já chegaram até aqui nessa guerra. Se for pra continuarem em guerra pra impedir isso, eles o farão. O máximo que a Ucrânia pode almejar a é entrar na UE, mas, se a Ucrânia tiver o bom-senso que Deus deu a uma mosca, eles PRIMEIRO aceitarão a entrada oficial na UE, e só depois aceitar negociar com os russos. Contar com promessas do tipo faça a paz e depois a gente vê´´, seria atestado… Read more »

leonidas
leonidas
Reply to  Moriah
1 mês atrás

Meu deus do céu, isso tudo é para a Ucrânia não entrar na Otan colega…

fjuliano
fjuliano
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

A OTAN abertamente treinava e fornecia equipamentos para os militares dos governos pós golpe de 2014 na Ucrânia, isso já foi até artigo aqui no forte e está amplamente documentado em diversas mídias. A partir de fevereiro/2022 a OTAN movimentou todo seu aparato logístico e de inteligência da Europa em auxílio ao governo do boneco, fato q nunca foi sequer escondido. Então sim, é uma derrota, uma derrocada dessa chamada ordem mundial. E vão tarde.

Henrique
Henrique
Reply to  fjuliano
1 mês atrás

“governos pós golpe de 2014 na Ucrânia,”

kkkkk

Zorann
Zorann
Reply to  Henrique
1 mês atrás

Sim cara! Foi um golpe que derrubou o presidente eleito da Ucrânia. Não tem outro nome pra isto.

Carlos
Carlos
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

Não existe nenhuma encruzilhada na OTAN, a OTAN é composta por 32 países e cada cabeça sua sentença, mas no fim todos vão para o mesmo lado. A Rússia não vai ganhar este conflito, custe o que custar, doa a quem doer e a Europa nunca será controlada por Putin e continuará a ser uma região livre, onde as pessoas são livres mesmo em usar celulares na rua, o que Putin queria com o gás barato era controlar os países da UE, mas enganou-se.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Carlos
1 mês atrás

A Ucrânia a cada dia que passa perde territórios,equipamentos e soldados. Não tem como repor essas perdas rapidamente. E isso é uma questão de tempo pra colapsar. Agora diz o que a Ucrânia vai fazer pra Rússia não ganhar?

Carlos
Carlos
Reply to  LUIZ
1 mês atrás

Neste site https://www.oryxspioenkop.com/2022/02/attack-on-europe-documenting-equipment.html?m=1 podes ver o material que a Rússia perdeu e o material que os russos ofereceram aos ucranianos

Nemo
Nemo
Reply to  Carlos
1 mês atrás

O problema é que sem o gás barato da Rússia a Europa está sofrendo uma migração de empresas industriais para os EUA. O aliado EUA está com um enorme programa se subsídios para isto.

Carlos
Carlos
Reply to  Nemo
1 mês atrás

E…?

Sulamericano
Sulamericano
Reply to  Carlos
1 mês atrás

A encruzilhada da OTAN acontecerá se a Ucrânia perder a guerra. E aí? O que a OTAN vai fazer? Vai continuar avançando em direção ao leste? Vale a pena confiar nos EUA e se meter em guerra com outros países esperando o apoio militar deles? Quanto ao Putin controlar a Europa, não acredito que esse era o objetivo dele. Tava todo mundo feliz com o gás barato (tanto a Rússia quanto a UE). Só quem não estava feliz era os EUA, porque estava vendo a UE crescer com uma fonte de energia barata e com produtos manufaturados da China, deixando… Read more »

Carlos
Carlos
Reply to  Sulamericano
1 mês atrás

A OTAN nunca avançou para lado nenhum porque a OTAN não convida nem impõe nenhuma adesão pela força mas se tens curiosidade podes ver este vídeo https://www.youtube.com/watch?v=u09L8LhoTs8&ab_channel=HojenoMundoMilitar

Quanto aos EUA, lê os meus comentários.

Tio Sam escreve-se com “m” e gás barato era para dominar a Europa já que esta poderia morrer de frio.

jairo
jairo
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Quem nao tem gás suficiente em seu território estará sempre dependente de algum outro pais..e a Europa nao tem nada…e pelo andar da carruagem nao vai poder nem se valer do Imperialismo pq na Africa as nações ja perceberam a natureza Caracu de qualquer acordo com os europeus.

Carlos
Carlos
Reply to  jairo
1 mês atrás

Quem não tem gás morre de frio.
Mas porque será que o Brasil quer tanto o acordo UE-Mercosul? Isto porque a Europa nem dinheiro tem. A Europa não tem nada, tem que importar tudo, como tal não consegue exportar nada porque tudo fica caro.
nações africanas já perceberam a natureza Caracu de qualquer acordo com os europeus”, mas africano que se prece tenta sempre emigrar para a Europa?
Essas tuas piadas são de alguém que tem pouco conhecimento (pronto lá vai o comentário ser editado)

Vitor
Vitor
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

Otan participa ativamente com operadores e inteligência.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Vitor
1 mês atrás

A OTAN participa com MUITO MAIS do que com apenas operadores e inteligência…

Ou vocês querem me convencer de que quem operava aqueles HIMAR´s e Patriot´s eram os ucranianos?

fjuliano
fjuliano
1 mês atrás

Deve ser por isso q o sujeito é ex comandante pq é muita desfaçatez de uma autoridade inglesa falar isso depois desses mais de dois anos de guerra e todo tipo de bizarrice que falaram – mentiras absurdas do “serviço de inteligência” britânico, isso na melhor das hipóteses pq se não eram mentiras pode trocar esse pessoal todo e o nome desse departamento; além do q é público e notório q aquele descabelado bêbado maluco do Boris Johnson não permitiu o acordo de paz logo no primeiro mês de guerra. Toda uma geração de homens ucranianos em idade ativa laboral… Read more »

Bispo
Bispo
1 mês atrás

Há relatos que o comédia pode buscar asilo na UK… creio que será assinado por ucranianos.

Que a Ucrânia já perdeu é fato , resta saber quanto perdeu, até a onde a Rússia irá na sua invasão.

Os EUA deixaram claro a OTAN , não dependam de nós, pulamos fora conforme interesses.

Carlos
Carlos
Reply to  Bispo
1 mês atrás

O problema é que o comediante se tornou um dirigentes querido pelo seu povo e respeitado pelos seus pares enquanto outros que pensavam que eram feiticeiros e adivinhos, estão agora num beco sem saída e sem saber o que fazer para limpar a face. Não sei em que noticia soubeste que a Ucrânia já perdeu e que o comediante tinha apanhado uma carona, e claro como feiticeiro e adivinho já viste que os EUA deixaram a OTAN, já agora qual será o próximo bicho a sair?

LUIZ
LUIZ
Reply to  Carlos
1 mês atrás

“O problema é que o comediante se tornou um dirigentes querido pelo seu povo e respeitado pelos seus pares”

O povo ucraniano tá louco pra essa guerra acabar logo. Metade da Ucrânia odeia esse palhaço.

Carlos
Carlos
Reply to  LUIZ
1 mês atrás

Como adivinho e feiticeiro sabes tudo e lês a mente de quem nunca viste na vida. Vais ficar famoso por isso como tal prevejo um grande futuro para ti

Zorann
Zorann
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Carlos é só ver as noticias! Povo ucraniano esta cansado. As pessoas estão fugindo do recrutamento. As noticias do front, do moedor de carne, da luta que não pode ser vencida, já alcançou as pessoas comuns. O entusiasmo acabou

Carlos
Carlos
Reply to  Zorann
1 mês atrás

É pena que não tenhas visto as mesmas noticias que eu. Viste noticias de ucranianos que viviam no exterior da Ucrânia, regressaram à Ucrânia para combater os russos, claro não deves ter lido. Vistes as noticias que relatavam a debandada de 300mil homens russos para fugir ao recrutamento? Claro que também não deves ter visto. O que tu vês não vejo eu porque notícias do South Front nem as quero ver porque sei que é um veiculo de propaganda do Kremlin, o animo que teriam os ucranianos era receber as armas prometidas a tempo e horas e também o recebimento… Read more »

Quirino
Quirino
Reply to  Carlos
1 mês atrás

De acordo com informações ucranianas a popularidade do Zelensky caiu para sessenta e poucos por cento, esse foi um dos motivos de ele ter se livrado do Zaluzhny, porque a popularidade deste batia quase noventa por cento.
Cada dia que passa a popularidade do Zelensky cai mais um pouco.

Last edited 1 mês atrás by Quirino
Carlos
Carlos
Reply to  Quirino
1 mês atrás

Deixa-me adivinhar a fonte. Serviço de propaganda do Kremlin

Zorann
Zorann
Reply to  Carlos
1 mês atrás

A fonte é ucraniana mesmo. Vai procurar saber.

A situação é muito pior. Estes são dados de popularidade divulgados pela Ucrania

Carlos
Carlos
Reply to  Zorann
1 mês atrás

Quero provas porque senão vou continuar a pensar que é propaganda do Kremlin

Quirino
Quirino
Reply to  Carlos
1 mês atrás

A pesquisa de popularidade foi feita por Instituto de Sociologia de Kiev.
Lê ai, CNN, fonte mais pró ucrania que essa impossível, no final da reportagem esta mostrando os dados da pesquisa, aposto que ainda sim você vai dizer que é propaganda do kremlin e a CNN esta trabalhando para o Kremlin kkkkkkkkkkkkk….
Zelensky avalia mudanças na liderança da Ucrânia | CNN Brasil

Last edited 1 mês atrás by Quirino
Vitor
Vitor
Reply to  Bispo
1 mês atrás

Para pacificar a Ucrânia pós conflitos vão pedir a cabeça do Zelensky em praça pública.

Jose
Jose
Reply to  Bispo
1 mês atrás

Comédia que diz é o seu amado russo ? Pq é o comédia em questão…muito oba oba , se acha O cara e no final é um nada.

naval762
naval762
1 mês atrás

Notícias como essa aparecem há dois anos. torcedores torcerão.

MATHEUS AUGUSTO
MATHEUS AUGUSTO
Reply to  naval762
1 mês atrás

A guerra não é Call of Duty para acabar em 6 horas. Mas independente do tempo que está levando, é fato que a Ucrânia está perdendo, mas não simplesmente a Ucrânia, mas a Ucrânia com pleno apoio da OTAN está perdendo, e pode ser que a guerra ainda dure até 2025, mas nada vai evitar o inevitável. É isso que o pessoal do mantra meme repetitivo de 3 dias se recusa a aceitar.

Carlos
Carlos
1 mês atrás

Alguém acreditava que a Ucrânia pudesse resistir mais de uma semana à invasão russa? Ninguém são acreditaria que a Ucrânia pudesse resistir, mas resistiu. Este tipo de notícias não passam de campanhas de desestabilização e de desmotivação para que cesse a ajuda ocidental à Ucrânia, principalmente por causa das eleições que existem este ano em muitos países europeus. Todo o mundo já viu o quanto de mentiras os russos são capazes. Dados económicos errados ou fabricados á medida da propaganda, fazendo querer que a economia está para durar, mas nada dizendo que por exemplo a Gazprom perdeu 40% da sua… Read more »

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Carlos
1 mês atrás

“Resumindo, este é mais um texto encomendado pela Rússia, mas que só resulta para os pró-russos”

Um texto encomendado pelos russos, e sendo pós-russo, publicado pela…

BBC.

Uma mídia inglesa, e aliada da OTAN e da Ucrânia?

🤔🤔🤔🤔

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Britichevsk Broadcastinov Companiev

Last edited 1 mês atrás by Camargoer.
Carlos
Carlos
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Já não existiu um jornalista americano que entrevistou Putin fazendo um frete ao mesmo?

fjuliano
fjuliano
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Cara, se os russos tivessem 10% dessa força midiática que vc diz, eles fariam muito bem em contratar vc aq por essas bandas. Seus argumentos em contraste com a realidade seriam uma excelente propaganda para os russos.

Henrique
Henrique
Reply to  fjuliano
1 mês atrás

“”Cara, se os russos tivessem 10% dessa força midiática”

não ta vendo a larga maioria aqui comprando o discurso russo e sentimento antiamericano e inveja? kkkkkk

Last edited 1 mês atrás by Henrique
Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Até onde me lembro, foi um jornalista independente, que trabalhou anteriormente na BBC, mas que já não era de lá. Tanto que a entrevista dele não foi transmitida por nenhum canal, apenas pela mídia russa e pelo X ( Twitter ).

Tú vai falar agora que o X é braço direito da Pravda ou da Sputnik, né?

Carlos
Carlos
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

______
______

COMENTÁRIO APAGADO.
OS EDITORES AVISARAM MILHARES DE VEZES E A PACIÊNCIA ACABOU.
LEIAM AS REGRAS DO BLOG:
https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Carlos
1 mês atrás

______
______

COMENTÁRIO APAGADO.
OS EDITORES AVISARAM MILHARES DE VEZES E A PACIÊNCIA ACABOU.
LEIAM AS REGRAS DO BLOG:
https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Carlos
Carlos
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Tucker Carlson trabalhava para a Fox News e não para a BBC, mas aquela entrevista não deixa de ser um frete

Faver
Faver
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

É muita torcida!

BISPO
BISPO
Reply to  Carlos
1 mês atrás

toc toc…Terra abri/2024 ….hora de acordar.

Edimur
Edimur
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Sem ajuda da otam como estaria ? Seja verdadeiro Rússia luta contra armas da otam e auxílio de radares e etc…. da otam

Carlos
Carlos
Reply to  Edimur
1 mês atrás

Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). Quem deu uma ajuda para a Ucrânia lutar foi a Rússia basta ver quantos blindados os russos ofereceram à Ucrânia https://www.oryxspioenkop.com/2022/02/attack-on-europe-documenting-equipment.html?m=1 , e não me vou repetir, basta ler os meus comentários sobre o que a Ucrânia fez, mas nunca ninguém falou dos drones e misseis fornecidos pelo Irã à Rússia nem nunca ninguém falou das munições fornecidas pela Coreia do Norte á Rússia porque isto não faz parte do catalogo de propaganda do Kremlin

Adriano
Adriano
1 mês atrás

Os Russos tem lutado na melhor posição possível desde que sua guerra relâmpago não teve o efeito previsto Eu poderia apostar como a Russia vai colocar seus esforços no norte e no sul. Norte: buscando não apenas Kharkiv mas pressionando toda a linha da fronteira colocando ainda mais pressão no exercito Ucraniano. Sul: Buscando Odessa e uma ligação com a transnístria privando a Ucrania do mar e até certo ponto trazendo sua marinha de volta para o mar negro. Qualquer avanço nessas regiões forçaria as defesas ucranianas abrindo os demais fronts, no norte é onde a logística russa teria a… Read more »

Bispo
Bispo
Reply to  Adriano
1 mês atrás

Creio que abrirão 03 frentes … o exercito desmilinguido ucraniano nada poderá fazer.

Quirino
Quirino
Reply to  Adriano
1 mês atrás

Não acredito que eles atacarão Odessa agora, para atacar Odessa existe apenas duas possibilidade, por terra ou por mar. Um desembarque anfíbio é altamente improvável já que os drones ucranianos limitaram profundamente a movimentação da frota do mar negro. Por terra, devido ao rio Dnieper, o único caminho possível seria através da cidade de Zaporizhzhia, Kherson não é uma opção viável devido ao rio que atrapalha profundamente a logística, basta a ponte ser destruída (coisa que os ucranianos já fizeram em 2022) e a logística vira um pesadelo, então primeiro os russos precisam conquistar Zaporizhzhia para somente depois ir para… Read more »

deadeye
deadeye
1 mês atrás

Ouço isso desde 2022.. e nada

Emmanuel
Emmanuel
1 mês atrás

É…a guerra no Twitter é diferente da guerra no campo de batalha.

Marcus Pedrinha Pádua
Marcus Pedrinha Pádua
1 mês atrás

Em termos de estratégia, a melhor opção para a FR seria atacar Zaporizhia, cuja conquista lhe daria uma série de benefícios: primeiro, cortar um nó logistico que a Ucrânia usa para abastecer seus efetivos no Sul e no Donbass; segundo, abrir uma base a partir da qual podem ser lançadas operações a norte, em direção a outro nó logistico em Pavligrad, do qual dependem os ucranianos para suprir Donbass e a região de Kharkiv; a oeste, tentando transpor o Dnieper com as opções de atacar ao sul (margem direita do rio em direção a Kherson) e/ou a sudoeste, visando Odessa… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Marcus Pedrinha Pádua
Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Marcus Pedrinha Pádua
1 mês atrás

Sendo sincero, de longe, o melhor prêmio´´ dessa guerra pros russos seria Odessa. Isso simplesmente privaria os ucranianos de uma de suas principais cidades, seu principal porto, e com isso os russos colocariam todo o litoral ucraniano no bolso. Isso seria um golpe de proporções bíblicas pros ucranianos. Óbvio que, para fazerem isso, os russos teriam que apostar alto demais, teriam que deixar desprotegidas todas as suas outras regiões, e eles não tem condições nesse momento de fazerem uma investida dessa envergadura para tomar aquela cidade. Então, nesse momento, os russos se contentam em chegar nas margens do Dniper, avançando… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
1 mês atrás

Situação continua pedindo um acordo, melhor fazer um acordo do que assinar uma rendição

Zorann
Zorann
1 mês atrás

Se a BBC está falando isso, é porque a situação é bem pior!
Ainda insistem em “baixas desproporcionalmente altas aos russos” em Bakhmut e depois Avdiivka. Oque é uma grande mentira.

Parabens aos russos e bora vencer de vez a Ucrania

Jose
Jose
Reply to  Zorann
1 mês atrás

“Bora vencer a Ucrania”. É de rir isso ! Um brasileiro comentando isso! kkkkkkkk

Zorann
Zorann
Reply to  Jose
1 mês atrás

Eu me orgulho de ser brasileiro e saber oque de fato está acontecendo. Torço realmente para o fim da Ucrânia enquanto país independente.

Eles provocaram esta situação e merecem sofrer uma derrota completa com sua rendição incondicional.

Seu comentário não acrescentou nada. Deveria respeitar as opiniões contrárias às suas

Antonio Palhares
Antonio Palhares
1 mês atrás

Esta guerra nunca deveria ter acontecido. Muita arrogância e soberba dos “especialistas” ocidentais impediram uma conversa mais realista.

Jefferson B
Jefferson B
Reply to  Antonio Palhares
1 mês atrás

O Putin nunca quis diálogo, inclusive o Macron tentou de todas as formas impedir isso.
A otan estava quase morta, gastos militares bem baixos na Europa.
A Rússia tem desejo de expansão, juntamente com o crescente apoio de grupos nazistas dentro da Rússia, um fenômeno forte desde 2014.
A Rússia não vai para na Ucrânia, vai continua invadindo outros países.
Os discursos dentro da Rússia há anos são de expansão, isso não tem nada a ver com Otan.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Jefferson B
1 mês atrás

E o tratado de 2022 na Turquia que o Boris não deixou o Zelensky assinar ?
Era muito melhor que qualquer tratado que será proposto a Ucrânia depois da derrota certa que já é iminente.
Outra coisa. A Russia vai parar na Ucrânia sim.

Zorann
Zorann
Reply to  Jefferson B
1 mês atrás

Para vc ver como vc está desinformado. Procure saber antes de postar informações erradas.

Houve um acordo que a Ucrania já tinha aceitado de:

  • Crimeia pertencer a Russia.
  • dar autonomia relativa às áreas separatistas no Dombass
  • neutralidade na constituição

O ocidente mandou não aceitar. O acordo estava para ser assinado no dia 18 de março de 2022

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Jefferson B
1 mês atrás

Subestimaram a Rússia no início e subestimaram a capacidade que a Rússia tem de aprender com os próprios erros.

Antunes 1980
Antunes 1980
1 mês atrás

Agora é o momento certo para a Ucrânia negociar. Recuar e reforçar Kharkiv, Odessa e Kiev.

Solicitar apoio militar dos Estados Unidos, França e Alemanha, criando uma zona desmilitarizada próximo a Kiev.

Qualquer ação tardia custará muito para os ucranianos. Vamos ver o Zelensky terá a capacidade de decidir “sozinho” o melhor para a Ucrânia.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Antunes 1980
1 mês atrás

Zelensky já não tem capacidade de decidir mais nada sozinho, outros de outros países decidem por ele e pela Ucrânia, ele está mais para um porta-voz.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Antunes 1980
1 mês atrás

Vamos ver o Zelensky terá a capacidade de decidir “sozinho” o melhor para a Ucrânia.´´

Nessa altura do campeonato, o que o Zé acha ou deixa de achar, não tem importância.
Ele vai fazer o que os EUA e seus aliados ditarem.
Se eles disserem pro Zé entregar pros russos tudo na margem oriental do Dnieper e assinar um acordo, é isso que ele vai fazer.

Zorann
Zorann
Reply to  Antunes 1980
1 mês atrás

O momento de negociar já passou. O povo russo, em sua enorme maioria, apoia a operação especial e deseja a vitória total sobre a Ucrânia. Esta maioria foi aumentando à medida que a Ucrânia fez ataques à Rússia e à medida em que a produção de armamentos aumentou, aumentando a oferta de emprego e o crescimento econômico do país. Só lembrando: Hoje a Russia éstá entre os países que mais produzem, compram e guardam ouro. A divida interna diminuiu de 15% para 14% do PIB no último ano. Alias, este é o descontentamento do povo russo: reclamam do Putin por… Read more »

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Zorann
1 mês atrás

Sem contar os 300 bilhões de dólares em ativos russos que foram “congelados” pelos bancos ocidentais.

ChinEs
ChinEs
1 mês atrás

Se nada for feito este ano, a Rússia vai dizimar a Ucrania, tal como fez com a Alemanha na 2ªGM , a não ser que a Ucrania entre na OTAN ainda esse ano, se a Ucrania receber os 60 Bilhões dos EUA e entrar na OTAN , vai mudar os rumos do conflito, caso contrário a Rússia é moedor de carne humana, vai varrer a Ucrânia do Mapa, vai destruir tudo por completo.

Zorann
Zorann
Reply to  ChinEs
1 mês atrás

Uai, é só a Ucrânia se render, que a destruição acaba.

Jose
Jose
Reply to  Zorann
1 mês atrás

Rendição pra bandido ? Não dá né cidadão. Você tem seu pais invadido com pretextos falaciosos e ainda tem que se render ? Apoia isso ?

Zorann
Zorann
Reply to  Jose
1 mês atrás

Isto vai reverter a derrota da Ucrânia? A Ucrânia tem de se render o quanto antes para evitar uma destruição maior. Prefere lutar até o último homem? Isto faz sentido pra você? A Ucrânia é uma coitada que acreditou nas promessas do ocidente que só queria enfraquecer a Rússia. Havia um acordo para assinatura em 18/03/2022, que a Ucrania concordou e que incluía a retirada das tropas russas, neutralidade da Ucrania, cessão da Criméia e autonomia administrativa no Dombass. Adivinha quem não deixou assinar? _____ _____ COMENTÁRIO EDITADO. MANTENHA O RESPEITO, NÃO OFENDA OUTROS COMENTARISTAS. LEIA AS REGRAS DO BLOG:… Read more »

Marcus Pedrinha Pádua
Marcus Pedrinha Pádua
Reply to  Jose
1 mês atrás

O sujeito invade sua casa, onde está sua família, à noite. Você sai na porrada com ele, dá uns tabefes, mas ele puxa o revólver e diz: fica quieto que eu só quero o laptop, o rolex, o carro e os celulares. Se não ficar eu vou esculachar todo mundo aqui. O que você faz: a – continua indo pra cima do cara, porque você tá com a razão e não aceita ordem de bandido; b – se acalma e pensa que é melhor perder uma parte dos bens, conservando o resto deles, além da integridade e da vida da… Read more »

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  ChinEs
1 mês atrás

`´(…) a não ser que a Ucrania entre na OTAN ainda esse ano´´

Você está ciente de que a Rússia invadiu a Ucrânia JUSTAMENTE pra evitar isso, e que ela jamais aceitará isso, né?

Tio Velho Comuna
Tio Velho Comuna
1 mês atrás

Putin só está ganhando tempo esperando a possível vitória de seu grande amigo nos EUA: Trumpalhão que vai começar entregar a Ucrânia de presente para o Putin

Zorann
Zorann
Reply to  Tio Velho Comuna
1 mês atrás

Não precisa entregar nada de presente! A Russia esta conquistando a Ucrania. Uma batalha de cada vez. Lutando sozinha contra toda assistência da Otan, que não resolveu nada.

Jose
Jose
Reply to  Zorann
1 mês atrás

Está sim…óh. 99% de ganhos. É cada idéia lunática…

Jose
Jose
1 mês atrás

Rapaz, quando a notícia é contra a UcrÂnia uma “galera” aparece sempre. Já em outras postagens, ainda se for contra a Rússia, quase não aparecem. Curioso.

Zorann
Zorann
Reply to  Jose
1 mês atrás

____
____

COMENTÁRIO APAGADO POR ATAQUE DIRETO A OUTRO COMENTARISTA.
VOCÊ JÁ FOI ADVERTIDO MAIS DE UMA VEZ, É VETERANO DESTE ESPAÇO E JÁ DEVERIA CONHECER AS REGRAS DO BLOG.
DEPOIS NÃO RECLAME SE FOR BLOQUEADO.

COMENTÁRIO EDITADO. MANTENHA O RESPEITO, NÃO OFENDA OUTROS COMENTARISTAS.

LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Otto Lima
1 mês atrás

A Ucrânia já não existe mais como nação soberana. O que não foi tomado pela Rússia virou protetorado da OTAN.