CNN – As equipes ucranianas que operam os tanques Abrams fornecidos pelos EUA disseram à CNN que identificaram várias fraquezas e falhas nos veículos blindados, colocando em dúvida sua utilidade nas linhas de frente em constante mudança da guerra. A doação foi anunciada pelo presidente dos EUA, Joe Biden, como evidência do “compromisso duradouro e inabalável dos Estados Unidos com a Ucrânia”.

Os jornalistas da CNN foram os primeiros a ver os M1 Abrams na Ucrânia, em um local no leste do país, onde cerca de seis veículos estavam visíveis, escondidos na vegetação.

As equipes treinadas na Alemanha disseram que os veículos – o principal tanque de batalha de US$ 10 milhões do exército dos EUA usado no Iraque contra as forças de Saddam Hussein e insurgentes – não têm blindagem suficiente para parar armas modernas.

“A blindagem não é suficiente para este momento”, disse um membro da equipe, com o codinome Joker. “Ela não protege a tripulação. Na verdade, hoje esta é a guerra dos drones. Então agora, quando o tanque avança, eles sempre tentam atingi-los.”

Seu colega, Dnipro, acrescentou que eles são o “alvo número um”.

“Sem defesa, a tripulação não sobrevive no campo de batalha”, disse ele.

A tripulação mostrou à CNN suas tentativas de fixar uma blindagem ativa em um tanque danificado. Eles usaram placas de explosivos plásticos que, quando atingidas por um projétil, detonam e fornecem uma contra-explosão protetora.

Todos os 31 Abrams enviados para a Ucrânia estão engajados perto da linha de frente no leste, segundo oficiais da 47ª Brigada Mecanizada, que os recebeu todos. O pedido ucraniano pelos Abrams, tanques complexos e pesados, gerou um debate significativo no início de 2023, pois o veículo americano tem uma cadeia de suprimentos complexa. Algumas versões até funcionam com combustível de aviação.

Oficiais do Pentágono disseram em abril que os Abrams foram retirados da linha de frente devido à ameaça de drones de ataque russos, embora a 47ª tenha dito que alguns ainda estavam em ação, apesar das deficiências que surgiram.

Grande parte da linha de frente ucraniana é agora dominada pelo uso de drones de ataque autodestrutivos, dispositivos pequenos e precisos que podem atacar infantaria e até causar danos significativos a tanques. O advento desses drones chamados de Visão em Primeira Pessoa (FPV), pilotados por soldados usando óculos de jogos, mudou a natureza da guerra, limitando o movimento e introduzindo um novo elemento de vulnerabilidade aos veículos blindados.

Esta equipe ucraniana aprendeu sobre as limitações dos Abrams da maneira mais difícil, em batalhas acirradas ao redor da cidade de Avdiivka, que a Rússia finalmente tomou em fevereiro. Um motorista perdeu uma perna quando a blindagem foi penetrada. No entanto, não é apenas a inovação que está prejudicando os tanques – eles também parecem ter problemas técnicos.

Um tanque, estacionado sob uma árvore, estava quase imobilizado durante a visita da CNN, devido a um problema no motor, segundo a equipe, apesar de o veículo ter sido recentemente enviado da Polônia. Eles também reclamam de como, na chuva ou no nevoeiro, a condensação pode fritar os eletrônicos dentro do veículo.

A CNN procurou o Pentágono para comentar.

A munição também é um problema, como em outros lugares na linha de frente ucraniana. Eles dizem que parecem ter o tipo errado para a luta em que estão.

“O que temos é mais para combates diretos de tanque contra tanque, o que acontece muito raramente”, disse Joker. “Muito mais frequentemente trabalhamos como artilharia. Você precisa desmontar uma linha de árvores ou um prédio. Tivemos um caso em que disparamos 17 tiros em uma casa e ela ainda estava de pé.”

O desempenho ruim do tanque foi ridicularizado por analistas russos, que os apelidaram de “latas vazias”. Um modelo foi capturado pelas forças russas e, danificado, foi exibido na Praça Vermelha.

A equipe ucraniana expressou frustração pelo fato de que os tanques foram feitos para um estilo de guerra da OTAN, em que o poder aéreo e a artilharia preparam o campo de batalha antes do avanço de tanques e infantaria. Kyiv há muito lamenta sua falta de artilharia e poder aéreo.

“Eles nunca fariam isso”, disse Joker, referindo-se aos soldados da OTAN realizando os mesmos avanços que eles fazem sem apoio aéreo. Ele mudou para o inglês para imitar um soldado da OTAN: “‘Chame a aviação, chame a artilharia’”, disse ele. “Não temos aviação nem artilharia. Temos apenas o tanque. E esse é o problema.”

Um porta-voz do ministério da defesa ucraniano disse à CNN que “a Ucrânia está agora testando e melhorando equipamentos que não foram inicialmente preparados para a nossa guerra.”

“Estamos pedindo a todos os países que nos apoiem com equipamentos de qualquer nível de capacidade técnica. Usamos todos eles de acordo”, acrescentou o porta-voz.

A decisão de Biden de fornecer os Abrams veio após aliados europeus prometerem enviar seus próprios tanques de batalha no início de 2023, antes da fracassada contraofensiva de verão da Ucrânia no ano passado, uma medida que havia sido considerada impensável meses antes.

Os aliados de Kyiv têm lentamente superado os limites do que equipamento eles uma vez se recusaram a fornecer. Os F-16 podem chegar à Ucrânia nos próximos meses. Oleksandr Syrsky, comandante militar da Ucrânia, disse na segunda-feira que assinou a documentação inicial para permitir que a França envie treinadores militares ao país para tentar reverter um problema urgente de pessoal nas linhas de frente. O ministério da defesa da França recusou-se a confirmar o plano, mas disse que ele, e outras ideias, estavam em discussão há muito tempo. O movimento marcaria uma escalada significativa no envolvimento do Ocidente na guerra, agora em seu terceiro ano.

O ministério da defesa ucraniano posteriormente pareceu reduzir essas expectativas, dizendo em uma declaração à CNN que “começou a documentação interna para avançar quando a decisão for tomada.”

Para a tripulação dos Abrams, cada atraso no equipamento ou assistência custa vidas de amigos. “Eu só tenho uma pergunta”, disse Joker sobre a assistência dos EUA. “Por que isso está demorando tanto e vem parcialmente? Estamos perdendo tempo. É morte para nós.”

FONTE: CNN

Subscribe
Notify of
guest

149 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wagner Figueiredo
Wagner Figueiredo
24 dias atrás

Hummmm.. tanque ” amostradinho” , já estou fazendo a passagem..rsrsr

Senhor morte
Senhor morte
Reply to  Wagner Figueiredo
24 dias atrás

EDITADO
COMENTARISTA BLOQUEADO.

Fábio CDC
Fábio CDC
Reply to  Wagner Figueiredo
23 dias atrás

Que audácia! Na minha presença? Vou já fazer sua passagem…

Orivaldo
Orivaldo
Reply to  Wagner Figueiredo
23 dias atrás

Como anda os Armatas ?

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Orivaldo
21 dias atrás

Dentro das fabricas de chocolates para serem colocados como brindes em barras.

Armata, Abrahms, seja o que for.
são alvos em uma guerra. Perdem para brinquedos voadores que custam uma fração de seus valores.

bruno
bruno
Reply to  Wagner Figueiredo
22 dias atrás

Se é o alvo numero um, mostra que é o mais temido pelo inimigo.

Mirade1969
Mirade1969
Reply to  bruno
21 dias atrás

Era o mais temido antes da guerra agora é mais um para ser destruído e esta sendo destruído. Mais um equipamento ocidental que a fama não se justifica, era _____
_____

_____

COMENTÁRIO APAGADO POR PROVOCAÇÃO INÚTIL AO DEBATE. DISCUTA OS ARGUMENTOS SEM ATACAR OS OUTROS COMENTARISTAS.
LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  bruno
21 dias atrás

Concordo.

Rafael Coimbra
Rafael Coimbra
Reply to  bruno
19 dias atrás

É o mais “divertido”

daniel
daniel
Reply to  bruno
18 dias atrás

Exatamente! Vale lembrar a caçada aos lançadores astro do Iraque na guerra do Golfo, quase não foram usados, mas o temor na linha de comando fez deles objetos estratégicos. Os M1 Abrams tem em sua história elementos que os torna temíveis para qualquer força opositora; em seu cartel consta vasta experiência em combate real em pelo menos três conflitos: Guerra do Golfo 1990; Afeganistão e guerra do Golfo 2 de 2003. Sua reputação independe das opiniões de russets.

Quirino
Quirino
Reply to  daniel
17 dias atrás

Abrams só foi util quando tinha o apoio aéreo massivo dos estados unidos contra nações porcaria que não conseguiam se defender, contra uma nação que tem meios para abate-lo se mostrou a mesma droga que qualquer outro tanque.
Definitivamente a reputação desse tanque esta manchada após enfrentar linhas russas, não conseguir rompe-las e ainda ser destruído facilmente.

Last edited 17 dias atrás by Quirino
sergio 02
sergio 02
Reply to  Wagner Figueiredo
18 dias atrás

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Cara eu ri alto aqui !!!!!!!!1

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
24 dias atrás

A mídia adora isso né….vamos melhorar….”cavalo dado não se olha os dentes”, “a Ucrânia calada é uma poeta”
Agora falando sério, o que se ganha em reclamar do material “doado” para lhe ajudar a combater pela “sua causa”? Não faz sentido essa reportagem por mais ingrato que um governo seja, normalmente se tem um depto de comunicação social para lidar com a imprensa, falando nisso….o que essa imprensa quer falando com soldado?
a pressão da opinião publica com sensacionalismo é algo perigoso, talvez estes seriam ingênuos demais para mensurar isso ou não…..reflitam.

Nativo
Nativo
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
24 dias atrás

Sensacionalismo já é modo normal da imprensa americana e já bem copiado por aqui.
Agora quanto ao fato narrado, já já muito sou crítico do despreparo, para a Ucrânia nessa guerra previsível contra a Rússia.

Eles possuíam uma boa indústria bélica, mas porque não investiram em novos equipamentos?

Não compraram boas quantidades dos equipamentos que já produziram?
Porque esperaram acontecer isso e ficar esmolando dos ricos?

Agora Inês é morta.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Nativo
24 dias atrás

Perguntei isso várias vezes:

Do tempo em que a Rússia invadiu a Criméia até a invasão russa ao resto do país, o que a Ucrânia fez em suas FA’s pra aumentar sua dissuasão e prontidão?

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Willber Rodrigues
21 dias atrás

Fez no começo e levou chumbo.
Depois disso para não cair, contou e continua contando com as açoes da OTAN.

Chris
Chris
Reply to  Nativo
24 dias atrás

Creio que o problema maior… É que o ocidente so anda enviando velharias pra la !

Mas ja é muito mais do que se eles tinham !

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Chris
21 dias atrás

Esse ponto eu até comentei em outro post.

Essa velharia é para fazer a Russia se desgastar.

Já está dando um pau danado nos Ursinhos.
Quando chegar a hora, o que há de mais moderno na OTAN + EUA e Aliados, varrem a Rússia facilmente.
Não o fizeram pelo FATOR NUKES.

Se não fosse isso, Já teríamos um novo continente chamado EUROPA RUSSA.

Vitor
Vitor
Reply to  Nativo
24 dias atrás

Cadê o florista dito analista militar que foi persuadido com ações mediático para defender dessa reportagem.

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Nativo
23 dias atrás

Então a Rússia não recebe drones, mísseis, artilharia, da Coreia do Norte, um dos países mais pobres do mundo e do Irão???!!?
Não é ajudada á grande pela China, mas aí é por baixo da mesa.
E é o invasor.
Era o que faltava, um país ser invadido, por um mais rico e forte e não poder receber ajuda.
A Ucrânia não está sendo original, ao receber ajuda, isso sempre aconteceu, praticamente em todas as guerras, mas como não à outros argumentos, vêem com a “esmola”.

Mirade1969
Mirade1969
Reply to  Rui Mendes
21 dias atrás

A direita Ucrânia deixou se levar pelo canto da sereia do ocidente e o ocidente procurava um idiota o suficiente para enfrentar a Rússia e achou neles. Não pense que antes de 2014 já não tinha agentes “estrangeiros” sendo pagos para fazer valer a “liberdade e democracia” de araque destes países. Tá pagando pelos seus erros, vc acha que a Rússia que tem um dos melhores serviços de inteligência não sabia quais eram os planos da Ucrânia e que ela não tentou fazer que isso chegasse a este ponto. É muita inocência acreditar nisso que eles não tinham terceiras intenções… Read more »

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Rui Mendes
21 dias atrás

Era o que faltava, um país ser invadido, por um mais rico e forte e não poder receber ajuda.”

Cara seu comentário foi o melhor.
Eu não sei como voltar no tempo, fiz uma replica do Delorian e não funcionou.

Más adoraria pegar seu texto e colar nas principais manchetes da época em que os EUA e Aliados (OTAN), literalmente I N V A D I R A M os países que você já sabe.

Sadam teria te dado um beijo na testa por essa fala. Kadaff tbm.
E outros tiranos do mal, idem.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Nativo
23 dias atrás

A Ucrânia achou que seria fácil travar uma guerra de procuração junto da OTAN defendendo os interesses do Biden e seu filho com o gás e petróleo na Ucrânia.
Tinham o maior exército da Europa que foi dizimado pelo inimigo. E não tem mais como repor e substituir as perdas. Certamente terão que assinar um tratado muito pior do que o oferecido em abril de 2022. A vida segue e as lições dela decorrentes tambem.

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Antonio Palhares
22 dias atrás

Espera, e os Russos não tinham um exército muito maior?
A Ucrânia defende os seus interesses, se assim não fosse, o presidente Ucraniano,botinha aceite a boleia de Biden, no início da guerra, para os EUA.
Isso que repetes á exaustão, é lenta lenha dos Russos, só vos engana a vós, os amiguinhos dos ditadores.
Eu como defensor de viver em liberdade, de poder escolher e retirar quem me governa, tinha vergonha de apoiar ditaduras, mesmo.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Rui Mendes
21 dias atrás

Espera, e os Russos não tinham um exército muito maior?”

Ah vá….acreditou mesmo?

Acho que não duram um mês contra uma França por exemplo.

Se o CdG colar no litoral Russo manda Moscou para os ares ou para os porões em meia hora.

Argos
Argos
Reply to  Rogério Loureiro Dhiério
19 dias atrás

Da mesma forma como fez na II Guerra contra os nazis… Pediram arrego em um mês e meio!

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Antonio Palhares
21 dias atrás

Cara, a Ucrânia nunca achou nada.

O ditado ali foi simples.

“Ou dá ou desce”.

Deram, olha ai.
Agora aguenta o fiote de Cruz Credo.

Mirade1969
Mirade1969
Reply to  Nativo
21 dias atrás

Pelo simples fato que eles não tinham orçamento, o pior de tudo é que eles viram a casaca para seu maior parceiro comercial, uma receita para dar errado e deu. Estão colhendo o fruto amargo disso.

maurizio
maurizio
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
24 dias atrás

Porque talvez quem reclama, são os que operam o equipamento na linha de frente… não políticos ou burocratas de —— EDITADO ——

Nelson Leite
Nelson Leite
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
24 dias atrás

Parece claro o uso do equipamento em missões que não lhe cabem… Uso equivocado.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
21 dias atrás

Não vi reclamação.
Apenas relatos de quem utiliza o material no Front.

Se o Iraque tivesse drones na época da invasão americana do pais árabe, o relato viria do lado americano justificando exatamente o mesmo cenário.

A guerra hoje é essa.
Drone X Todo o resto (Inclui-se Tanques também).

Luís Henrique
24 dias atrás

Acho que algo semelhante vai ocorrer com os F-16.
A Bélgica anunciou ontem um pacote de ajuda incluindo 30 F-16 com entregas até 2028.
Parece piada. 2028.
Serão 6 por ano?

Tanto estes MBT como os caças F-16 não são estado da arte, e mesmo que sejam equivalentes aos MBTs e caças russos, sofrerão baixas pesadas por causa dos drones no caso dos Abrams e por causa dos sistemas antiaereos no caso dos F-16.
Essas entregas pequenas a conta gotas não vão mudar nada nesta guerra.

JHF
JHF
Reply to  Luís Henrique
24 dias atrás

Vai mudar a grana de mão. É o único q interessa para quem está “doando” o material bélico que sai de linha em casa….

Charles
Charles
Reply to  Luís Henrique
23 dias atrás

Nao tem 30 Pilots capacitados para MIG29 na Ucrania no moment, imagina de F16.

Last edited 23 dias atrás by Charles
Marcelo De Luca Penha
Marcelo De Luca Penha
Reply to  Charles
22 dias atrás

Confia …

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Luís Henrique
23 dias atrás

As entregas vão de acordo, com os pilotos formados, pois tanto Holanda, Bélgica, Dinamarca e Noruega podiam entregar mais de 100 F-16, eles estão aí, prontos, para seguirem para a Ucrânia, mas não são drones, precisam de pilotos, mas mesmo assim é melhor ter do que não ter. Quanto aos MBT’S se eles estivessem a lutar contra os MBT’S Russos, era muito bom, mas os Russos não são estúpidos. Mesmo assim, com a Rússia a dar tudo que tem e mais alguma coisa, com forte apoio também de várias potências, a nível militar, industrial e financeiro, estão com a iniciativa,… Read more »

Luís Henrique
Reply to  Rui Mendes
23 dias atrás

Então todo o plano da Otan de treinamento de pilotos ucranianos é uma piada, um fracasso.
Se após todo esse tempo só conseguiram treinar 30 pilotos ou menos e vão demorar até 2028 para entregar algumas dezenas de F-16, acho mais fácil já sentar e negociar, pq vão perder essa guerra.

Marcelo De Luca Penha
Marcelo De Luca Penha
Reply to  Luís Henrique
22 dias atrás

____

COMENTÁRIO REPETIDO APAGADO

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Luís Henrique
22 dias atrás

Achas que a Ucrânia mandou todos os pilotos da força aérea para ser treinada, de uma vez??? E quanto achas que demora a treinar um piloto de F-16, quando muitos nem Inglês falam??? Mas veremos, se os F-16 não vão adiantar nada, aguardemos. Até 2028 a Bélgica vai entregar algumas dezenas, mas não te esqueças, que Holanda, Dinamarca e Noruega, também vão entregar. Sabes quantos países têm 100 caças como os F-16 no mundo??? Não são muitos. Quanto ao perder a guerra, depende, por exemplo no início os Russos diziam que iam decapitar este governo e entregar a Ucrânia, a… Read more »

realista
realista
Reply to  Rui Mendes
4 dias atrás

F-16..um caça de quase 50 anos de desenvolvimento. mas de forma surreal eh tratado como essa nova “super arma” que com 12 ou 24 unidades vai mudar completamente o cenário. ilusão. repito, é um projeto dos anos 70. a URSS/Russia, ja conhecem as capacidades e fraquezas desse projeto. n vai mudar nada na guerra.no maximo um ataque ou outro a alguma instalaçao russa em seu território para dar atençao midiática ao conflito..dando a atender que a ucrania esta ganhando. mas em termos praticos..nada.

Marcelo De Luca Penha
Marcelo De Luca Penha
Reply to  Luís Henrique
22 dias atrás

Os pilotos ucranianos estão adorando voar nos F16. A formação de pilotos ucranianos para pilotar os Vipers será constante dentro de um programa de treinamento articulado e contínuo. Os primeiros pilotos ucranianos já concluíram o treinamento e os primeiros F16 devem ser entregues aos ucranianos a partir de julho. Os russos terão a chance de abater os F16, mas será bem diferente da experiência que tiveram com os antigos e obsoletos Mig 29 ucranianos. Vamos ver como as defesas aéreas russas vão se sair …

RPiletti
RPiletti
24 dias atrás

“Eu só tenho uma pergunta”, disse Joker sobre a assistência dos EUA. “Por que isso está demorando tanto e vem parcialmente? Estamos perdendo tempo. É morte para nós.”
Soldado ucraniano reclamando da demora da assistência yanke, deveria reclamar de seu presidente e não de outro país que via de regra não possui obrigação alguma de enviar suporte para eles. Essa guerra de ex-soviéticos rende muito aos EUA…

Chris
Chris
Reply to  RPiletti
24 dias atrás

Imagino ser difícil pra um brasileiro entender isto… Mas algumas culturas preferem a morte do que serem dominados…

Fato é que nunca vi um protesto sequer… Dos ucranianos contra a guerra ou seu presidente !

RPiletti
RPiletti
Reply to  Chris
24 dias atrás

Aí vão reclamar dos yankes que estão estendendo a mão para eles?

Lopes
Lopes
Reply to  Chris
24 dias atrás

A Ucrânia não tem presidente o mandato do Zelensky acabou .

Henrique
Henrique
Reply to  Lopes
23 dias atrás

Fonte: “não tenho ideia do que to falando, descobri a guerra agora”

Lopes
Lopes
Reply to  Henrique
23 dias atrás

E a guerra impede a votação ? Ainda mas pra um país que segundo você está ganhando ? ( 🤡 )

EUA, Russia , Coreia e outros já tiveram eleições durante guerra, qual problema ?

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Lopes
23 dias atrás

Já???
Quando??
Estavam a ser invadidos???
E a Rússia, não tem eleições em paz, quanto mais em guerra.

Mirade1969
Mirade1969
Reply to  Lopes
23 dias atrás

Não na “democracia” Ucrania não tem eleições que eram para ser este ano. Já era de se esperar isso afinal os EUA sempre usaram esta desculpa de democracia para apoiar regimes safados pelo mundo na maior cara de pau.

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Lopes
23 dias atrás

“Putin dix”.
Quem não os deixa ter eleições, quem é?????

LUIZ
LUIZ
Reply to  Chris
24 dias atrás

Tem muitos protestos na Ucrânia contra o recrutamento. A população ucraniana tá emgessada pela propaganda ocidental e do gv do seu próprio país que não divulga números reais. Parece que a democracia e a liberdade de expressão é uma ilha da fantasia na Ucrânia.

Henrique
Henrique
Reply to  LUIZ
23 dias atrás

aham kkkkkk
protestos imaginários

RodrigoW
RodrigoW
Reply to  Henrique
23 dias atrás

Os protestos até podem ser imaginários, já os vídeos de homens ucranianos se vestindo de mulher, usando máscaras com rosto de idosos, homens sendo espancados por militares do recrutamento, se afogando no rio tisa tentando escapar e cemitérios a perder de vista infelizmente são bem reais, então protestos são questão de tempo… Eu sei que vc tem uma visão meio clássico de futebol da guerra, seus comentários deixam isso claro, mas o hoje no mundo da otan fica para o outro lado, lá o pessoal leva tudo no fla X flu, talvez você se sinta em casa.

Werner
Werner
Reply to  RodrigoW
23 dias atrás

Fora os que puxam pino de granada,atiram e batem nesses sequestradores,digo alistadores.

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  RodrigoW
23 dias atrás

Na Rússia e outros que afins, protestar dá cadeia e cemitério. Quanto a haver desertores, sempre os houve e vai continuar a haver, na Rússia também fugiram e continuam a fugir, mas para quem só acredita nos mídia Russos e os do Ocidente são propaganda, não existem desertores Russos, assim como para vocês, só os Ucranianos estão a morrer, mas militares, já morreram mais Russos que Ucranianos, agora cívis, já morreram muitos mais Ucranianos. A luta Ucraniana é mais que justa, é obrigatória, senão deixam de ter pátria, a Russa é pelo ego de um ditador sanguinário, que mata até… Read more »

Last edited 23 dias atrás by Rui Mendes
Dorgival santos
Dorgival santos
Reply to  Rui Mendes
23 dias atrás

Ao meu ver depois que toda essas falacias acabarem todos aqueles que tem bom senso ira~o comentar inclusive os aqueles que perderam seus filhos queridos tudo isso não poderia ser evitado. Por que os fazedores da guerra não manda seus filhos pra linha de frente.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Rui Mendes
23 dias atrás

Tudo bem Mr Rui. A Ucrania que escutou o canto do cisne da OTAN está ganhando a guerra.
O povo ucraniano está feliz “massacrando” os russos.
Tá bom assim ?

RodrigoW
RodrigoW
Reply to  Rui Mendes
23 dias atrás

Vocês… Mídia russa… Bla Bla Bla
Sempre o mesmo papo, não se pode criticar a imaculada Ucrânia que você é pró russo, e não pode criticar os russos que você é fantoche do Zé, vocês tem que se decidir, esse papinho barato não cola mais

Henrique
Henrique
Reply to  RodrigoW
22 dias atrás

pode criticar, mas tenta não usar propaganda russa pra fazer isso kkkkk

RodrigoW
RodrigoW
Reply to  Henrique
20 dias atrás

____

COMENTÁRIO APAGADO. DEBATA OS ARGUMENTOS SEM ATAQUES PESSOAIS.
LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  RodrigoW
23 dias atrás

Com certeza.

LUIZ
LUIZ
Reply to  RodrigoW
23 dias atrás

Agora o gv ucraniano mandou colocar minas nas fronteiras entre a Ucrânia e a Romênia e em outras regiões fronteiriças. É aquela máxima na Ucrânia:” se ficar o bicho pega e se correr o bicho come”. Zelenski só sobrevive politicamente com uma vitória. Uma derrota até sua vida corre risco no exterior onde ele deve se esconder caso venha se confirmar uma derrota da Ucrânia.

Henrique
Henrique
Reply to  RodrigoW
22 dias atrás

” homens sendo espancados por militares do recrutamento, se afogando no rio tisa tentando escapar e cemitérios a perder de vista infelizmente são bem reais”

fonte: propaganda russa

engaçado que todos esses vídeos os caras tão falando russo e com uniforme russo e adivinha só NA RUSSIA kkkkkk

Last edited 22 dias atrás by Henrique
Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  LUIZ
23 dias atrás

As ditaduras que tanto adoram, pena só as adorarem ao longe, na TV e internet.

Carlos
Carlos
Reply to  Chris
24 dias atrás

Será que pode protestar?

Gabriel Pereira Lima
Gabriel Pereira Lima
Reply to  Chris
24 dias atrás

Tem uns protestos sim, mais é bem menos dividido é noticiado(vi protestos de mulheres Ucrânianas sobre o porque não receberam mais notícias sobre os seus filhos maridos) o problema é se reclamar o menor dos problemas seram os benefícios governamentais que seram cortados, e o mais incrível que já vi muitos relatos de Ucrânianos pro-russos nos canais pro-russos no telegram dizendo dos fanáticos é estremistas políticos que ficam ameaçando pessoas que fazem qualquer indício de protesto e descontentamento.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Gabriel Pereira Lima
24 dias atrás

É a tal da democracia que dizem existir na Ucrânia.

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  LUIZ
23 dias atrás

É de um descaramento, virem para aqui dizer, que é na Ucrânia que as pessoas não se podem manifestar, porque são logo castigadas.
Que lata e falta de noção.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Rui Mendes
23 dias atrás

Os opositores ao gv Zelenski foram presos. Partidos de oposição foram extintos na Ucrânia. População de outras etnias estavam sendo perseguidas pelos ultranacionalistas ucranianos.

Henrique
Henrique
Reply to  LUIZ
22 dias atrás

“Os opositores ao gv Zelenski foram presos. Partidos de oposição foram extintos na Ucrânia. “

ainnnnnnn num pode prender opositor que claramente defendeu o ataque russo
não pode censurar partido claramente a favor da Rússia KKKKK

wilhelm
wilhelm
Reply to  Gabriel Pereira Lima
23 dias atrás

A guerra é um celeiro de malucos extremistas — tanto para um lado quanto para o outro.

Achar que um pai de família ou uma mãe vai sair pra protestar contra a guerra em um ambiente cheio de nacionalistas malucos, armados e dispostos a achar bodes expiatórios para os seus fracassos é um tanto quanto ingênuo. No caso da Ucrânia isso é um problema ainda mais profundo, já que desde2014 existem extremistas que se inseriram no alto escalão político de lá.

Acredito que só vão ocorrer protestos em massa caso a fome se instale na Ucrânia.

Vitor
Vitor
Reply to  Chris
24 dias atrás

Está oculto na escuridão… a quarta mobilização tem a resposta …ucranianos sendo esculachado na rua …o destino todos sabem.

Charle
Charle
Reply to  Chris
24 dias atrás

“Fato é que nunca vi um protesto sequer… Dos ucranianos contra a guerra ou seu presidente!”

Então você viu e vê pouco, colega.

Last edited 24 dias atrás by Charle
Werner
Werner
Reply to  Chris
23 dias atrás

Não viu ou não passa na mídia?
Procure vídeos de como é o alistamento dos soldados para lutar,é um verdadeiro sequestro de pessoas aleatórias e que não querem lutar.

Nemo
Nemo
Reply to  Chris
23 dias atrás

Voce não verá protesto algum, protesto contra a guerra dá cadeia. Tanto na Ucrânia, quanto na Rússia!

Felipe
Felipe
Reply to  Chris
21 dias atrás

Mais da metade da população quer a cabeça do Zelensky e o mesmo ja sofreu atendados, devidamente abafados pela mídia…

Fábio Jeffer
Fábio Jeffer
24 dias atrás

Todos sabem que não existe armas indestrutível. A mídia americana transformou o Abrams e outras armas norte-americanas como armas insuperáveis, até que a guerra na Ucrânia fizesse o castelinho yankee desmoronar…

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Fábio Jeffer
24 dias atrás

Até ontem, eram game-changer’s, e não sou eu que diz isso, é a mídia que dizia isso toda hora.

Quando o 1° Abrams, Leopard e ATACMS voaram, começou o papo de “ora, vejam bem, jamais dissemos que eram game-changer’s…”

Atirador 33
Atirador 33
Reply to  Fábio Jeffer
24 dias atrás

Quando a doação dos Abrans foi anunciada, foi falado que seriam os excedentes estocados da primeira versão do MBT, e que ainda seriam retiradas algumas tecnologias sensiveis. Os americanos não enganaram, é um excelente vetor militar, porém depende de uma doutrina que contempla outros meios militares para a sua utilização eficiente e eficaz. Quando analisamos a situação ucraniana, temos de analisar a situação russa que também perdem seus MBTs aos montes, com a utilização de drones caça tanque “improvisados ou nao” pelos dois lados, todos os MBTs são vulneráveis, tem que se em conta que utilização de drones como vem… Read more »

Last edited 24 dias atrás by Atirador 33
RDX
RDX
Reply to  Atirador 33
24 dias atrás

Curiosamente, mais uma vez o Bradley está fazendo mais sucesso que o Abrams no campo de batalha. O Bradley é mais versátil porque transporta infantaria e está armado com um canhão 25mm e um lançador TOW. Existem videos impressionantes do Bradley destruindo posições e blindados inimigos com o canhão 25mm, bem como caçando tanques inimigos com o TOW.

Last edited 24 dias atrás by RDX
Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Fábio Jeffer
23 dias atrás

Castelinho Yankee???
Quem achava que conquistava toda a Europa em um mês e agora se vê no terceiro ano de guerra, sem ter mais de 25 por cento de um único país ocupado, país esse que fica logo na fronteira Russa e nem sequer tem força aérea e marinha com as mínimas capacidades, e mesmo assim consegue travar a tais que iam avançar até ao atlântico e já contam também com centenas de milhares de mortos, quem era, quem era????

LUIZ
LUIZ
Reply to  Rui Mendes
23 dias atrás

Quem do alto escalão do gv russo falou isso?

Orivaldo
Orivaldo
Reply to  Fábio Jeffer
23 dias atrás

Quando os Armatas entrarem na Guerra … pobres Ucranianos. Eu vi no RT, e Sputinik, que o Armata é a melhor máquina de Guerra do Mundo.

Marcos Bishop
Marcos Bishop
24 dias atrás

🇷🇺⚔️🇺🇦 Russian Defense Ministry report on the progress of the special military operation 29 May 2024 ▫️ The Sever Group of Forces continues to advance into the depth of the enemy’s defense. The Group inflicted fire damage on manpower and hardware of the 82nd Air Assault Brigade, 3rd Tank Brigade of the Armed Forces of Ukraine, and 125th Territorial Defense Brigade near Liptsy, Volchansk, Vilcha, Neskuchnoye, and Malaya Danilovka (Kharkov region). In addition, four counter-attacks launched by assault groups of the AFU 57th Motorized Infantry Brigade, the 71st Jaeger Brigade, and the 13th Ukrainian National Guard Brigade were repelled. The AFU… Read more »

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
24 dias atrás

Vamos dizer o óbvio aqui: O Abrams é um tanque norte-americano, feito por norte-americanos, desenhado e criado para os tipos de guerras que os norte-americanos planejaram. Ele é complexo, caro, e bebe igual Opala. Mas pras FA’s norte-americanas, que nunca precisaram contar moedinhas pra manter F-14 e F-22 operando, isso nunca foi problema. O fato dos EUA terem bases logísticas espalhadas pelo mundo, tambem faz com que isso não seja um problema, além de todo aparato militar que eles tem pra dar cobertura aérea pra esse tanque. A partir do momento em que você o compra, mas não tem a… Read more »

Chris
Chris
Reply to  Willber Rodrigues
24 dias atrás

Pior que é por ai…

Pra comprar velharias, num mundo cada vez mais eletrônico… É melhor não ter !

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Chris
24 dias atrás

Era muito mais vantagem os aliados da Ucrânia terem comprado T-72 das ex-repúblicas soviéticas, tanque simples e que os ucranianos conhecem com a palma da mão, e mandado pra Ucrània, do que mandar pra eles uma miscelânea de tanques ocidentais que eles não sabem usar 100%, além de sobrecarregarem sua linha logística.

J-20
J-20
Reply to  Willber Rodrigues
23 dias atrás

E teve gente me negativando na época que eu disse que era para os ucranianos manterem a sua cadeia de produção e reparo de tanques da série T. Os caras tem fábricas com peças dedicadas para esses blindados, o que não teria gerado esse caos logístico que se tornou o exército ucraniano.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  J-20
23 dias atrás

Tú prefere F-5M, mais simples, e que sua Força Aérea tem larga experiência em uso e em manutenção, ou tú prefere F-22, que vive no hangar, e precisa de uma logística e cadeia de manutenção que você não pode contar com ela?

José de Souza
José de Souza
Reply to  Willber Rodrigues
22 dias atrás

Mas não é “F-22”, é “F-111″… Melhor mais F-5!

Felipe
Felipe
Reply to  Willber Rodrigues
21 dias atrás

Já fizeram isso…todos T-72 e MiG-29 que estavam em algum país europeu, já foram mandados pra Ucrânia.

José
José
Reply to  Willber Rodrigues
23 dias atrás

Ia comentar exatamente isso.

Carlos Campos
Carlos Campos
24 dias atrás

Bom não vi nada demais, sem apoio aérea, sem apoio de artilharia, é isso mesmo que vai acontecer, é como esse soldado falou, os soldados da OTAN não teriam coragem de atuar como eles atuam, indo pra linha de frente com os inimigos tendo heli, drone, artilharia e etc;

JOAQUIM ROCHA
JOAQUIM ROCHA
Reply to  Carlos Campos
24 dias atrás

Carlos, exatamente o que pensei e muito do que está acontecendo com esse blindado aconteceu com os russos, Não existe material game-charger. Só entendo um erro nessa analise dos ucranianos, que os soldados da OTAN não teriam coragem. E fato se eles forem para algum confronto será por completo, simples assim ou alguém acha mesmo que se existir um confronto em que a OTQAN for entrar eles não irão levar tudo que possuem.

War de Betim
War de Betim
24 dias atrás
Maurício.
Maurício.
24 dias atrás

É, parece que as tais “bestas do ocidente” (Leopard, Abrams e Challenger) que iriam “fazer e acontecer”, não são lá grandes coisas…

sergio 02
sergio 02
24 dias atrás

Velocidade, esse e o tom desta guerra e das proximas, se ficar parado vc morre, velocidade de avamço velocidade de evolução, velocidade, vi um video dias desses na GM um novo tanque russo T-90 proriv com uma nova blindagem reativa, foi atingido por 3 drones ucranianos, são so sobrteviveu como continuou operacional, os Russos estão evoluindo, evoluindo taticas , equipamentos etc.

RPiletti
RPiletti
Reply to  sergio 02
24 dias atrás

Se for o mesmo vídeo, ele fica inoperante e outro drone o liquida. 3 ou 4 drones no total.

RDX
RDX
Reply to  RPiletti
24 dias atrás

Existem vídeos mostrando tanques russos sendo atacados por enxames de drones. Teve um T-90 que foi atingindo sucessivamente por 7 drones.

Andreia didea
Andreia didea
Reply to  sergio 02
24 dias atrás

Sabemos que maior interesse tanto da china e UEA é que eles demorem muito e queime todos os recursos nessa guerra.simples.fornecendo o mínimo.

Nemo
Nemo
Reply to  Andreia didea
23 dias atrás

Acredito que o corretor mudou de USA para UEA, não?

Filipe
Filipe
24 dias atrás

Game Change

LUIZ
LUIZ
Reply to  Filipe
23 dias atrás

“The dream is over”

Jefferson B
Jefferson B
24 dias atrás

Qual a novidade dessa matéria?
Blindados de uma forma geral perderam a grande relevância que tinham.
É um alvo relativamente simples para armas anti-tanque portáteis e drones, sem falam as antigas minas terrestres.
Eu acho extremamente burro gastar recursos desenvolvendo e comprando blindados.
Certo fez a Rússia em cancelar o desenvolvimento do Armata.

Augustus
Augustus
24 dias atrás

Lembro dos Fedayeen do Saddam destruindo alguns M1 Abrams no Iraque lá em 2003 kkkkkkkk. Quem poderia imaginar que seria um fracasso na Ucrânia, né????

Werner
Werner
Reply to  Augustus
23 dias atrás

Israel também não está tendo vida fácil na diminuta faixa de gaza,os merkava que o digam.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Werner
23 dias atrás

Mundus mutantis. Parece que o respeito acabou.

RDX
RDX
24 dias atrás

Matéria definitiva! Já cansei de dizer que o MBT está morto. O MBT foi desenvolvido para enfrentar outro MBT. Sua blindagem foi desenvolvida para suportar o impacto frontal de munições HEAT e flecha disparadas por outros MBTs. O uso maciço de drones kamikazes atingindo o topo da torre ou o compartimento do motor e a ausência de combates entre tanques o MBT colocam em xeque a utilidade desse meio. Para atirar em posições inimigas qualquer meio armado com uma excelente arma antimaterial (e utilizando munição adequada ao alvo) tem valor. Isto explica porque os EUA desenvolveram o M10 Booker…e porque… Read more »

RDX
RDX
24 dias atrás

Os ucranianos revelaram recentemente quais são os meios mais importantes para tentar anular a superiodade numérica russa: 1- defesa AA, em especial o SAM Patriot. Penso que o Patriot é o único meio capaz de dissuadir a aviação de ataque russa. As potentes bombas planadoras possuem até 70 km de alcance, ou seja, está fora do alcance dos sistemas SAM de curto e médio alcance. 2 – tropas de infantaria 3 – artilharia, em especial suporte de munições 4 – Blindados transporte de tropas sobre rodas (principalmente VBTP e VCI) – a infantaria ucraniana está operando desmontada porque é suicídio… Read more »

Last edited 24 dias atrás by RDX
Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  RDX
24 dias atrás

As únicas coisa dessa lista que dá pra arranjar a curto prazo e em boa quantidade é VCI e VBTP, que de resto…

fjuliano
fjuliano
24 dias atrás

(…) “A blindagem não é suficiente para este momento”, disse um membro da equipe, com o codinome Joker. “Ela não protege a tripulação. Na verdade, hoje esta é a guerra dos drones. Então agora, quando o tanque avança, eles sempre tentam atingi-los.” Seu colega, Dnipro, acrescentou que eles são o “alvo número um”. “Sem defesa, a tripulação não sobrevive no campo de batalha”, disse ele. (…) De repente aquele pessoal dos comentários do tipo: “veja bem! eles são atingidos mas mantém a tripulação viva!”; sumiu…Cadê esse pessoal? As duchas de realidade que essa guerra tem dado nesse pessoal ao invés… Read more »

Marcelo De Luca Penha
Marcelo De Luca Penha
Reply to  fjuliano
24 dias atrás

Há controvérsias entre os ucranianos sobre o valor dos M1A1 Abrams. Uma brigada de tanques ucraniana discorda da opinião do Jokker.
https://www.thedefensepost.com/2024/04/29/ukraine-sidelines-abrams-tanks/#google_vignette

fjuliano
fjuliano
Reply to  Marcelo De Luca Penha
24 dias atrás

Não existe controvérsia alguma no valor desses tanques que quando mandados para o front queimam e explodem destruídos iguais outros blindados. Abri esse link/site e, para variar como já sabia o q encontraria, puro chorume em forma de propaganda e narrativas de torcida. No mais, leia novamente a matéria, veja bem meu caro, da CNN, gigante da mídia global com sede nos EUA, que sempre lançou as narrativas e mentiras grotescas das mais variadas nesses dois anos passados. Veja o que a própria está noticiando. Veja q nem mesmo esse povo consegue esconder mais. Veja que se falam 10 é… Read more »

Henrique A
Henrique A
24 dias atrás

Posso estar errado, mas pra mim o problema está em como os ucranianos operam o CC.

Em vídeos e no próprio comentário dessa matéria eles utilizam esse CC como artilharia, em pequeno número, não foi feito para operar assim.

Vejam este material doutrinário do US Army:

https://www.globalsecurity.org/military/library/policy/army/fm/71-1/index.html

Marcelo De Luca Penha
Marcelo De Luca Penha
24 dias atrás

Informação e comunicação também são armas em uma guerra. Em um texto de 29/04/2024, o The Defense Post traz informações importantes sobre os M1A1 Abrams na Ucrânia: 1) dos 31 M1A1 Abrams fornecidos à Ucrânia, apenas 5 foram destruídos pelos russos; 2) os M1A1 Abrans foram retirados da linha de frente devido à crescente ameaça dos drones russos em campo aberto; 3) ucranianos e americanos estão discutindo mudanças de táticas para uma melhor eficiência dos M1A1 no campo de batalha. Os ocupantes dos M1A1 Abrams feridos após a perfuração da blindagem, permaneceram vivos, para dar entrevistas. Já as tripulações dos… Read more »

Last edited 24 dias atrás by Marcelo De Luca Penha
Bispo
Bispo
24 dias atrás

EUA foi surrado no Vietnã… hoje na Europa como seria… irrelevante, rapidamente escalaria para nuclear , o vencedor, se houver, será o que irá morrer … aos poucos, de fome , com câncer em um mundo radioativo.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Bispo
22 dias atrás

Independente do resultado da intervenção no Vietnã, os EUA são o país com mais experiência em combate e o que mais investe em equipamentos e P&D militar.
Subestimar a importância do apoio e esforço de atuação de tal força é, no mínimo, incoerência.
Guerra envolve muito mais que o bom uso de uma dúzia de equipamentos.
Uma coisa é a Rússia enfrentando um país menor, com muito menos recursos e pega “desprevenida”.
Outra bem diferente é enfrentar os EUA, União Europeia ou pior, um coalisão, onde nem a China embarcaria nessa.

Demolidor
Demolidor
24 dias atrás

Os caras estão reclamando de doação kkkkkkkk se os EUA não doassem nada está guerra tinha acabado em menos de 1 mês.

Manus Ferrum
Manus Ferrum
Reply to  Demolidor
23 dias atrás

E muito menos gente teria morrido.

wilhelm
wilhelm
Reply to  Demolidor
22 dias atrás

Não existe doação nenhuma nessa guerra. Todos os países que estão enviando armas o fazem com algum interesse de retorno em mente, e obviamente não envolve altruísmo.

Last edited 22 dias atrás by wilhelm
Nilton L Junior
Nilton L Junior
24 dias atrás

Que barbaridade, a CNN só constatou obvio pois não faltou quem apontassem que empregar esses veículos no campo de batalha privado por um conjunto de meios não traria o resultado pretendido, para completar só falta fazer matéria culpando os ucras por não saberem lutar.

Mr.White
Mr.White
24 dias atrás

Todo equipamento dos EUA é muita propaganda e pouca efetividade, parecem imbativeis em guerras assimetricas lutando contra criadores de cabra, mas em um conflito em cenario de guerra total, demonstram suas centenas de fraquezas e falhas.

Marcos Bishop
Marcos Bishop
24 dias atrás

A tentativa da OTAN de se expandir para a Ucrânia é somente os EUA tentando implementar a Teoria Geopolítica de Brzezinski?

Henrique
Henrique
Reply to  Marcos Bishop
23 dias atrás

a OTAN de se expandir para a Ucrânia

cara ainda ta nessa fanfic kkkkkkkk

Lopes
Lopes
Reply to  Henrique
23 dias atrás

Teoria mesmo pq de fato a OTAN se expandiu muito e só pro lado da Rússia ..

Marcos Bishop
Marcos Bishop
Reply to  Henrique
23 dias atrás

Explica pro Zelenzky então. Afinal é ele quem tem declarado a intenção de fazer a Ucrânia integrar a OTAN.
É cada um ..

Jefferson B
Jefferson B
Reply to  Marcos Bishop
23 dias atrás

A Rússia invade a Ucrânia e é a Otan querendo se expandir? Quanta hipocrisia dessa Rússia! Anexando solo de outro país.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Jefferson B
23 dias atrás

Mas o propósito da Rússia é essa mesma. Colocar a Ucrânia como território tampão pra se proteger de futuras invasões terrestres e eliminar de vez a pretensão de bases da OTAN a poucos km de suas fronteiras originais. Se a Rússia tiver intenções de instalar bases no México os EUA ia querer?

Cristiano ciclope
Cristiano ciclope
Reply to  LUIZ
23 dias atrás

Aínda mais a fronteira da Ucrânia estando a 500km de Moscou!

JHF
JHF
Reply to  Jefferson B
22 dias atrás

“A Rússia invade a Ucrânia e é a Otan querendo se expandir?” Eu suspeito que está confundindo a causa e o efeito.

J-20
J-20
23 dias atrás

O que tem de Abrams com ERA kontakt-1 não tá no gibi. Os soldados ucranianos estão compensando bastante as partes mais fracas da blindagem deles com soluções soviéticas, uma coisa que é a primeira vez que acontece com os blindados de primeira linha dos EUA pós ww2

RDX
RDX
Reply to  J-20
23 dias atrás

Os ucranianos instalaram Kontakt-1 e desenvolveram uma engenhosa blindagem tipo gaiola para proteger o Abrams contra ataques de drones.

Em resposta aos novos tanques russos equipados com jammers, os ucranianos desenvolveram drones guiados por fio.

Last edited 23 dias atrás by RDX
Camargoer.
Camargoer.
23 dias atrás

Cableviev Newsbovsky Networkbov

Fernando
Fernando
23 dias atrás

Já dizia Platão: “enfrentar tribos andando a cavalo e fácil. Quero ver enfrentar um exército de verdade”

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Fernando
23 dias atrás

Tipo Vietnam né!

Sergio Machado
Sergio Machado
23 dias atrás

Sérioooo? Arma americana não é tudo o que propagavam? Pior, é inadequada ( não serve )?
Tem cidadão por aí que vai ter um chilique.
Hollywood vai ter que dar um up daqui pra frente. Criar novos mitos.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Sergio Machado
23 dias atrás

E o F-35?

Sergio Machado
Sergio Machado
Reply to  LUIZ
22 dias atrás

O F35 tem dificuldade até em virar mito.

cipinha
cipinha
23 dias atrás

Armas doadas a conta gotas e já relativamente obsoletas. Não parece que querem que a Ucrânia ganhe, mas só desgaste bastante os russos

Orivaldo
Orivaldo
23 dias atrás

Nesse ritmo a a Rússia chega às portas de a Kharkiv em 20 anos

Marcelo De Luca Penha
Marcelo De Luca Penha
22 dias atrás

OFF TOPIC – Os EUA deram permissão à Ucrânia para atacar alvos dentro da Rússia com armas fornecidas nos pacotes de ajuda. Agora vai ficar mais difícil para os russos lançar ataques e concentrar tropas perto da fronteira ucraniana. O abate de aviões no espaço aéreo russo também está liberado. Mais uma linha vermelha sendo cruzada. Logo a França e a Alemanha também vão liberar o uso de seus armamentos … aguardando o envio dos mísseis de cruzeiro Taurus.
https://www.bbc.com/news/articles/cy770l9llnzo

Melky Levi
Melky Levi
22 dias atrás

Tudo que se mexe é alvo nesse conflito.
Porém a reportagem não comentou que quem destruir um Tank ocidental, seja Abrams, Challenger ou Leopard ganha um bônus de até 100.000 rublos.
Então sim são alvos mais lucrativos, até eu ia querer destruir um.

Last edited 22 dias atrás by Melky Levi
Andre E.
Andre E.
Reply to  Melky Levi
20 dias atrás

Esses prêmios de guerra são uma piada. Poucos sobrevivem pra receber.

Rafa
Rafa
21 dias atrás

Estou impressionado como são reclamões.
É o que eu falo. Pra que vai arrumar confusão com a Rússia então?

Mendigou munições;
Mendigou armas;
Mendigou Himars;
Mendigou Patriot;
Mendigou mísseis;
Mendigou tanques;
Mendigou F16;
Agora vai mendigar soldados;
Nunca está bom.

Tá doido.

Andre E.
Andre E.
Reply to  Rafa
20 dias atrás

Embarcaram nunca guerra por procuração acreditando que seriam acudidos, agora não recebem apoio de verdade e não sabem como sair da guerra sem perder muito.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
21 dias atrás

Posso estar enganado más a realidade logo logo fará a guerra engolir que tanque seja qual for já está obsoleto e os drones são o futuro.

André Garcia
André Garcia
18 dias atrás

Assim como as Malvinas, essa guerra tem apresentado inúmeras lições sobre conflitos nos dias atuais, emprego massivo de drones, necessidade de uma defesa aérea robusta , etc. Só não aprende quem não quer…

Zé Lensky
Zé Lensky
16 dias atrás

EDITADO:
COMENTARISTA BLOQUEADO.

Vitor Botafogo
Vitor Botafogo
14 dias atrás

Imagina o comentario do Joker a respeito do T-72…