quinta-feira, setembro 16, 2021

Saab RBS 70NG

Conflito no Mali: França pode ter ajuda dos EUA e Reino Unido

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

37719522

Enquanto a França expande o combate às células extremistas islâmicas no Mali, há informações de que os Estados Unidos e o Reino Unido já estão colaborando com a ofensiva. Aviões britânicos já teriam sido enviados ao país do leste africano.

Ainda não foi confirmado como os dois países aturão junto com as forças francesas. O ministro das Relações Exteriores francês, Laurent Fabius, declarou que os EUA, estão auxiliando nas áreas de “comunicação e transportes”. O gabinete do primeiro-ministro britânico, David Cameron, divulgou um comunicado ontem afirmando que o governo “se dispõe a dar apoio logístico para transportar tropas e equipamentos ao Mali”.

Segundo dados da Associated Press, os Estados Unidos teriam oferecido também enviar drones de vigilância ao Mali, para rastrear as movimentações dos grupos radicais, que já tomaram a região norte e parte do território central do país. Ainda não há informação sobre o governo francês ter aceitado a oferta.

A França mandou um contingente de 400 soldados para o Mali, juntamente com aeronaves de ataque. Senegal e Níger – que fazem fronteira com o país – também teriam se comprometido a enviar mais 500 soldados cada para reforçar as operações.

FONTE: antiwar.com e examiner.com (Tradução e adaptação do Forças Terrestres)

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias

Radar Saab Giraffe e sistema C2 comprovados em exercício multinacional de defesa aérea

O radar Giraffe 1X da Saab e um sistema de Comando e Controle (C2) participaram com sucesso do multinacional...
- Advertisement -
- Advertisement -