3° Esqd C Mec realiza exercício de tiro

3° Esqd C Mec realiza exercício de tiro

1971
5

Brasília (DF) – No período de 27 a 29 de junho de 2017, o 3° Esquadrão de Cavalaria Mecanizado (3° Esqd C Mec) realizou exercício no contexto da fase de Instrução Individual de Qualificação (IIQ) com a execução do tiro das armas coletivas, conduzido no Campo de Instrução de Formosa-GO (CIF).

Durante o exercício foram realizados tiros com o Morteiro 81mm, o canhão 90mm, as metralhadoras MAG 7,62mm e Browming .50, todos orgânicos do Pelotão de Cavalaria Mecanizado (Pel C Mec).

A atividade teve como objetivo a fixação e a prática dos conhecimentos necessários à formação do militar e ao desempenho de suas funções adquiridos ao longo do ano de instrução.

FONTE: Exército Brasileiro

5 COMMENTS

  1. Servi nessa unidade nos idos de 92, pós guerra fria, impeachment do Collor, guerra na Bósnia, e os velhos urutus e cascaveis continuam na ativa, das duas uma, ou sāo a excelência da indústria bélica brasileira ou é o nosso atestado vivo da falência de nossas FFAA, estou mais inclinado pela segunda opção.

  2. Por isso mesmo que tem que existir o substituto logo pro cascavel a rxemplo do Urutu. A versão do Guarani 8×8 com canhão de 105mm. Seria ideal. E ajudaria reforçar as fileiras dos pesado com mais de 40 toneladas

  3. Mas gente, o Guarani está chegando aos poucos, vcs queriam logo de uma vez as 1.580 unidades!!

    Os Cascavéis estão sendo revitalizados, pois, doutrinariamente ainda dão para o gasto em nosso TO, até serem totalmente substituídos pois, o EB sabe que nunca tivemos um plano de Estado para Defesa e sim de Governo, não vão ficar esperando os humores de Brasília.

    Parabéns ao EB, não está “coçando o saco nos quartéis” como dizem os entendidos aqui!!!

  4. Quais tipos de munição o canhão 90mm do Cascavel utiliza? Li que na guerra entre África do Sul e Angola, durante a guerra fria, veículos similares ao Cascavel, devido à táticas e manobrabilidade, abatiam frequentemente MBTs soviéticos dos angolanos. (T55 ou T62?) Atacavam em número superior, de pontos diferentes, utilizando munição HESH (é isso mesmo?), entravam e contato e se retiravam. Além disso, o canhão de 90mm tinha cadência de tiro mais rápida.

    O uso dos mísseis anti carro no EE9 modernizado fará alguma diferença?

    As ameaças no nosso entorno são baixas. Embora o Cascavel não seja destinado a combater os MBTs dos “inimigos”, no nosso entorno, acredito que se viram bem. Alguém sabe como os “pilotos” e comandantes de Cascavel se sentem (Moral?)?

  5. Marcelo Andrade 9 de julho de 2017 at 13:41
    “Parabéns ao EB, não está “coçando o saco nos quartéis” como dizem os entendidos aqui!!!”

    Acompanho a trilogia há muitos anos e não me recordo de tal afirmação por aqui.

LEAVE A REPLY