quarta-feira, outubro 27, 2021

Saab RBS 70NG

RPG: arma anti-tanque mais usada no mundo

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

RPG

RPG-29

A robustez, simplicidade, baixo custo e eficácia do RPG-7, tornou-o a mais usada arma anti-tanque, equipando mais de 40 países, sendo fabricado em uma série de variantes por nove países. É também muito popular entre guerrilheiros e forças irregulares. O RPG tem sido usado em quase todos os conflitos em todos os continentes, desde meados dos anos 1960, a partir da Guerra do Vietnã, até as atuais Guerras no Afeganistão e Iraque.
O RPG-29, seu modelo mais avançado, conseguiu penetrar a blindagem de um carro Challenger 2 e de um M1 Abrams, no Iraque. Abaixo, fotos de um M2 Bradley atingido por RPG.

M2 Bradley atingido por RPG

M2 Bradley atingido por RPG

M2 Bradley atingido por RPG M2 Bradley atingido por RPG

M2 Bradley atingido por RPG

- Advertisement -

43 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
43 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
konner
konner
13 anos atrás

Inspirado no Panzerfaust alemão e no Panzershreck, que era uma cópia da Bazooka norte-americana, os sistemas do tipo RPG tornaram-se muito comuns em variados cenário de guerra. Desde o inicial RPG-2 fabricado na União Soviética até ao RPG-7, este tipo de arma tornou-se num dos principais problemas para os veículos blindados modernos. Fácil de utilizar e de fabricar o RPG-7 tornou-se quase tão comum quanto a arma de assalto AK-47. Embora seja uma arma muito divulgada pela sua facilidade de utilização, são armas complicadas de operar de forma eficaz se não foram utilizadas por pessoal com experiência. O principal problema… Read more »

Luiz Marcelo
Luiz Marcelo
13 anos atrás

Impressionante o estrago no Bradley, imagino que o ocupante naquela posição de impacto não tenha sobrevivido. Prova da inovação Russa, sempre acreditei que os Americanos gastam um monte de dinheiro desenvolvendo equipamentos ulta-modernos, mas são surpreendidos por contra-medidas Russas simples e baratas.

Alfredo_Araujo
Alfredo_Araujo
13 anos atrás

Destruir um Bradley é “mole”… queria ver a foto do Chalenger e do Abrans!!
Esses sim sao “casca dura”!

Alfredo_Araujo
Alfredo_Araujo
13 anos atrás

Um assunto “off topic”…

Apertei, sem querer, 2 vezes o botao de enviar… veio a mensagem “Comentarío repetido detectado. Mais parece q vc ja sabe disso!!”

Nossa!!! Desculpa!! Foi sem querer!!!

Mensagem agressiva!!! =]

ViniciusModolo
ViniciusModolo
13 anos atrás

Eles abatem até Black Hawks….ahahahhaha

Mas fala sério…eles são muito lokos!!!!!!

Vassily Zaitsev
Vassily Zaitsev
13 anos atrás

O Bradley não poderia ter a ” gaiola” do Stryker????????????? Se um Abrans não segurou o rojão ( como é chamado esse tipo de arma no EB – Lança Rojão),imagina Cascavel e Urutu.

Vassily Zaitsev
Vassily Zaitsev
13 anos atrás

Essa vai para quem vive no meio,

Marine,

A ” gaiola” usada na Brigada Stryker realmente funciona??????????? ajuda à reduzir os danos que um impacto de RPG-7 provoca????????

Vassily Zaitsev
Vassily Zaitsev
13 anos atrás

Se bem que prefiro o Bill, já qua não temos Javelin, Spice, Hellfire ou BGM-71 Tow.

Ah, vamos de estilingue mesmo, kkkkkkkkkkkkkkkkkk…………..sem graça.

Vassily Zaitsev
Vassily Zaitsev
13 anos atrás

Galante,

Taí uma boa opção para equipar os NaPa de 500 tons, que estão sendo construídos no Ceará, já que todo mundo ( inclusive eu) acha que é sub-armado. Se for atacado por um Sea Hawk, atiramos no rotor de cauda e ele vai para as picas; se vier um sub, atiramos bem na proa, no meio dos torpedos, vai ficar parecendo o KursK( é assim???)
se vier um destróyer, aí chamamos os ” hermanos”, eles sabem como resolver o pobrema.

RPG neles, nem que seja igual ao Charlie Sheen, com uma galinha na ponta.

JSilva
JSilva
13 anos atrás

Essa foto do Bradley me deixou com a barata atrás da orelha.

O veículo esta peladinho e arrumadinho demais, ou a foto é da primeira Guerra do Golfo ou é de algum exercício real no NTC da Califórnia.

Obs: Pulga atrás da orelha é politicamente incorreto, porque sou acima do peso e por isso a elementa a meliante em questão pode ter um problema com colesterol e eventualmente posso ser processado por fornecer substancias ilícitas ao distinto bichinho.

paulo costa
paulo costa
13 anos atrás

Os RPG´s atuais,tem uma carga quimica/explosiva,que quando detonam produzem um jato de 50cm de comprimento,e uns tres mil graus de calor,derretendo a blindagem,e incendiando o interior da viatura.Como o RPG,é de baixa velocidade,a gaiola inicia a ignição da cabeça explosiva,ao contrario,se fosse um canhão antitanque,a gaiola seria facilmente rompida,e a cabeça de guerra impactaria na lateral blindada do veiculo.Na ultima foto,tem um projetil de RPG,em tandem,ou seja em serie,no caso a primeira carga rompe a gaiola ,que fica a 50cm da lateral da viatura,e a segunda passa pela abertura e vai a lateral com posterior ignição. Existem varios tipos de… Read more »

Ulisses
Ulisses
13 anos atrás

Quando o MSS1.2 vier,ha,vai fazer um estrago muito maior que esse.

Bosco
Bosco
13 anos atrás

A penetração e a conseqüente inutilização de um M1 por estar armas é um fato pontual e não a norma. Um evento fortuito. As ogivas HEAT tem seu poder de penetração diretamente relacionada com o diâmetro. Nada com menos de 15 cm de diâmetro consegue perfurar a couraça Cobhan de um MBT moderno quando atingido pelas laterais e principalmente na parte frontal. Mísseis com diâmetros menores devem usar técnicas de atacar por cima como o Javelin, Bill, Tow 2 B, etc, onde a blindagem é mais fraca. E como comentado acima, fazendo uso de carga dupla em tandem e disparo… Read more »

Bosco
Bosco
13 anos atrás

O TOW, embora tenha um diâmetro nominal de 152 mm, já se tornou relativamente ineficiente contra os MBTs modernos, incluindo a versão 2A que possui carga em tandem. Daí a criação de uma versão com capacidade de “overfly top attack” afim de se manter efetivo por mais algum tempo. Hoje é muito usado na versão antibunker. O Javelin tem 127 mm e ataca por cima (pode impactar de lado mas contra MBTs é usado sempre no modo “top attack”. O Hellfire tem 178 mm e também pode atacar por cima (embora seja letal por qualquer “norma”) Armas menores como o… Read more »

Bosco
Bosco
13 anos atrás

correção:
seria “chover” no molhado? Se for, me desculpem o “chuver”.
Sinceramente, acho que nunca tinha escrito esta frase. rsrs…

Cinquini
13 anos atrás

Senhores, tive aoportunidade de ver um disparo de AT-4 e digo, sem sombra de dúvidas, que foi uma das armas que fizeram o maior barulho, e olha que teve emprego de Artilharia de Campo também!!!

Um modelo em exposição:
https://i48.photobucket.com/albums/f243/jcvcinquini/V%20CADN%20-%20AMAN/01-09-08_1713-1.jpg

E ele em operação:
https://i48.photobucket.com/albums/f243/jcvcinquini/V%20CADN%20-%20AMAN/Foto17.jpg

Cinquini
13 anos atrás

Haaa tinha esquecido, tinha aqui esse sistema de míssel exposto, o MILAN 3 (não é placar de futebol europeu não), mas estava só exposto, das armas ali presente foi a única a nao ser usada, uma pena, terei que ir numa outra oportunidade rsrss

https://i48.photobucket.com/albums/f243/jcvcinquini/V%20CADN%20-%20AMAN/01-09-08_1712.jpg

Marine
Marine
13 anos atrás

Cinquini,

O AT-4 e principalmente o SMAW sao as armas mais barulhentas do campo de batalha…realmente sao de assustar!

Vassily,

Acho que ja explicaram ai em cima a funcao e como funciona essas gaiolas mas nos aqui no USMC nao as utilizamos pelo o que eu sei.

Sds.

XR
XR
13 anos atrás

Alguém saberia dizer até que ponto o ALAC seria similar ou superior (ou eventualmente inferior) ao RPG 7?

Bosco
Bosco
13 anos atrás

Interessante os comentários do Cinquini e do Marine sobre o estampido alto das AT-4 e SMAW. Provavelmente tal fato decorre do som não ser atenuado pelo sistema de lançamento sem recuo, já que muita energia é direcionada para trás para permitir a compensação da arma. Em uma arma de tubo convencional (com recuo) provavelmente o som do disparo seja direcionado para a boca do cano não se propagando tanto para os lados e para trás. Sem dúvida é um defeito tático para uma arma de curto alcance e que teoricamente deveria ser discreta para não expor a posição do atirador.… Read more »

Marine
Marine
13 anos atrás

Bosco,

Na verdade a SMAW e a mais barulhenta de todos tendo em alguns casos causado surdez temporaria…Me parece que a unica coisa mais alta do que ela sao as linhas explosivas disparadas de veiculos blindados para detonacao de minas.

Semper Fi!

Cinquini
13 anos atrás

Bosco e amigos,
Nessa apresentação que nos foi feita, distribuíram protetores auriculares para todos, e olha, mesmo assim, antes do tiro com o “Canhão Sem Recuo” (AT-4) eles solicitaram aos que não tinham se precavido para que o fizesse. Com o perdão da expressão: foi um barulho DUCA!!!!

Abração!

Cinquini
13 anos atrás

Marine,

Eu fico imaginando como deve ser, quando vc está dentro de um blindado, escutar algo assim do lado de fora, não sabendo se é você o alvo.

Abração
p.s to precisando de umas claças tamanho XXL padrão MARPAT rsrss

Bosco
Bosco
13 anos atrás

XR, O ALAC é apenas uma cópia do AT-4 feita por engenharia reversa. Ele, como todos os sistemas antiblindados portáteis, é eficaz apenas contra veículos blindados leves. Alguns destes sistemas se tornam mais ou menos eficazes contra alguns tipos de veículos, dependendo do mesmo usar ou não um sistema adicional de blindagem. Não sei se o ALAC foi projetado com uma ogiva dupla em tandem para contrapor a blindagem espaçada e reativa. As exceções a esta regra (apenas contra veículos de blindagem leve) são os sistemas que atacam a blindagem por cima como o NLAW, o Spike SR, o Predator(?),… Read more »

Marine
Marine
13 anos atrás

Cinquini,

Realmente e do camarada repensar a vida nao e?! Rsrsrsrs…Nunca tive essa experiencia, gracas a Deus mas ja tive RPG disparado contra meu Humvee e tbm nao foi nada de interessante…rsrsrsrs

Vou te mandar uma website depois pra vc dar uma olhada mas infelizmente elas sao cara ate pra nos aqui…

Sds.

konner
konner
13 anos atrás

Em detrimento da narrativa, as imagens são interessantes.

http://www.youtube.com/watch?v=JqJIuvaPJfw&feature=related

konner
konner
13 anos atrás
Bosco
Bosco
13 anos atrás

Embora sabendo que as armas anti-tanques portáteis convencionais devem ser usadas contra veículos de combate leves e não possuem capacidade de penetrar a blindagem lateral e frontal (e nem a da torre em toda a sua circunferência) dos modernos tanques de combate principais, elas podem sim ser úteis contra os mesmos afetando a sua mobilidade (lagarta, motor pela parte de trás, etc) e seus sensores, dificultando ou impedindo a sua utilização. Daí justificar seu emprego contra os MBTs, principalmente na guerra urbana onde é maior a possibilidade de atacar de qualquer direção (inclusive por trás e por cima) e mesmo… Read more »

Luiz Marcelo
Luiz Marcelo
13 anos atrás

Olhem o estrago de um Javelin em um T72. Pulveriza o T72. Incrível. Deve fazer a mesma coisa com qualquer MBT moderno.
http://www.youtube.com/watch?v=8VdRnY-TUb4&NR=1

Capitão
Capitão
13 anos atrás

Bosco, é impressionante seu lingaujar e sua capacidade de acreditar que realmente tem conhecimento nessa área, até concordo algumas vezes, mas normalmente lhe falta o conhecimento prático, experiência, que eu tenho por ter participado não só de exercícios, mas também como alguém que participou da força de paz.

konner
konner
13 anos atrás

Se o combate do futuro será URBANO,

o controle de grandes áreas urbanas será crítico para a consecução dos objetivos táticos, operacionais e estratégicos nos futuros conflitos.

Combatentes operando em áreas urbanas podem utilizar uma grande variedade de métodos assimétricos para reduzir o ritmo das operações militares, criar um grande número de baixas através de uma variedade de meios simples.

Ao invés de procurar chegar à vitória, bastará apenas evitar a derrota.

Posso até estar enganado, mas este cenário será para os RPGs !

Marine
Marine
13 anos atrás

Cinquini,

Tente a http://www.uscav.com acho que o preco e $30.99

Sds.

Cinquini
13 anos atrás

Marine,

Valeu, aqui no BR eu até encontro, o problema é que meu número nem sempre tem no estoque! Quando quiser mandar algo pessoal pode mandar pro meu e-mail cinquini@gmail.com

Obrigado e abração

Cinquini

Marine
Marine
13 anos atrás

Lembre-se que somente as originais e que tem o simbolo do “Eagle,Globe and Anchor” misturado na camuflagem…

Semper Fi!

Cinquini
13 anos atrás

Marine, eu to ligado nisso, aqui é difícil encontrar a original, mas se for em “Rip Stop” e num preço bom já ta valendo!

Abração!

Bosco
Bosco
13 anos atrás

Galante, este capitão de meia tigela que postou às 15:43 é um boçal amigo meu que não é capitão nem na cozinha da casa dele e não sabe nem qual é o lado que a bala sai de um revólver. E salvo engano, tem fortes tendências aviadadas. Ele veio filar a bóia aqui em casa e enquanto eu “navegava” ele pegou seu inseparável notbook (coisa de v….., vale salientar) e resolver também dar pitaco no seu blog sem que eu percebesse só pra me aporrinhar. Mas não liga não. A mulher dele já pois focinheira e camisa de força no… Read more »

XR
XR
13 anos atrás

Bosco,
feito carrapato e cocô de pomba!!!hahahaha …ótima!!!
Agradeço seu post, valeu pela aula, muito sensatas as informações nele contido.
Abs

Bosco
Bosco
13 anos atrás

correção:
“pôs” e não “pois”.
É a pressa!

brasileiro servindo tio sam
brasileiro servindo tio sam
13 anos atrás

Estas drogas de rpgs são uma verdadeira praga!!! Mas não são o pior. Nós temos medo realmente sabe de que? Dos snipers.

Quando o inimigo utiliza o RPG, podemos esperar que ele realmente vai tentar lutar conosco. Mas os snipers são uma sensação ruim com a qual você tem que conviver, sabendo que podem se revelar a qualquer hora…

Paulo Costa
Paulo Costa
13 anos atrás

Com as especificações do AT-4 Specifications Length: 101.6 cm (40 in.) Weight: 6.7 kg (14.75 pounds) Bore diameter: 84 mm Maximum effective range: 300 metres (984.3 feet)although it has been used in excess of 500 meters for area effect. Penetration: 400 mm of rolled homogeneous armour (also see below) Time of Flight (to 250 metres): less than 1 second Muzzle velocity: 285 metres (950 feet) per second Operating temperature: -40 to +60° C (-40 to +140° F) Ammunition: Fin-stabilized projectile with shaped charge warhead RHA stands for Rolled Homogeneous Armour. … Sectioned HEAT round with the inner shaped charge visible… Read more »

Paulo Costa
Paulo Costa
13 anos atrás

Ok,senhores,os tanques foram feitos para combates classicos,
tipo, nos aqui,e eles la,em cidades sem apoio da infantaria,
o tanque fica vulneravel,e pode ser cercado,e destruido,
com varias armas ,inclusive improvisadas.
Nas batalhas de tanques,as tripulações que conseguem sair deste
apos ter sido atingido,continuam a lutar entre si,como na Infantaria
Na primeira guerra do golfo,foi testado com relativo sucesso,ao
inves de tanques a frente,helicopteros com armas anti tanque,
e depois blindados leves sobre rodas ,na funcão de combater
os tripulantes dos tanques atingidos da outra força.

Corsario-DF
Corsario-DF
12 anos atrás

Excelente seu comentário Bosco, realmente as armas anti-tanques portáteis são utilizadas contra os MBTs modernos justamente para impedir sua ação e não destruí-los por completo (motor, sensor, largata, etc). Sem dúvida alguma, juntamente com os mísseis AA portáteis (Igla por exemplo) uma das principais armas das guerrilhas e terroristas modernos, podem até não serem muito eficazes, mas a “aurea” de terror que causam por sí só, já pagam seu preço. Sds.

trackback
12 anos atrás

[…] no Afeganistão e Iraque. O RPG-29, seu modelo mais avançado, conseguiu penetrar a blindagem de um carro Challenger 2 e de um M1 Abrams, no Iraque. Abaixo, fotos de um M2 Bradley atingido por […]

Últimas Notícias

Saab leva soluções para defesa e segurança civil para SITDEF 2021

A Saab exibirá sua ampla gama de soluções terrestres, aéreas e navais de ponta para defesa militar e segurança...
- Advertisement -
- Advertisement -