sábado, julho 31, 2021

Saab RBS 70NG

Senador defende reaparelhamento das FAs

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

O senador Gilvam Borges (PMDB-AP) defendeu nesta quarta-feira (25) o reaparelhamento das Forças Armadas. Ele afirmou que “o Orçamento Geral da União tem de contemplar a modernização do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, no âmbito dos quais verifica-se um sucateamento vertiginoso”.

– Essa degradação compromete a segurança nacional – declarou o parlamentar, acrescentando que “há um desprestígio absoluto das Forças Armadas”.

Gilvam Borges argumentou ainda que o Brasil, “como líder da América Latina, não pode deixar de se apresentar como um porto seguro para a democracia, ainda mais diante das manifestações de chefes de Estado como os da Venezuela [Hugo Chávez] e da Bolívia [Evo Morales], que, de certa forma, ameaçam a estabilidade do continente”.

– Portanto, as Forças Armadas necessitam de atenção especial do presidente Lula, do ministro da Defesa, Nelson Jobim, e também do Congresso Nacional – disse ele.

O senador informou ainda que se encontrou na terça-feira (24) com o comandante da Marinha, Julio Soares de Moura Neto. Segundo Gilvam Borges, os assuntos tratados na reunião foram o patrulhamento das 200 milhas da costa norte do país, a assistência hospitalar às populações ribeirinhas do estado do Amapá, a solicitação de licença para a construção de uma ponte sobre o Rio Vila Nova (localizado nesse estado) e a possibilidade de uma operação de assistência social no Arquipélado do Bailique (também no Amapá).

FONTE: Agência Brasil

- Advertisement -

8 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
zocca
12 anos atrás

sera que o senador foi ouvido, pois no congresso quando um fala os outros ficam batendo papo, ainda mais em se tratando de verbas para as forças armadas.

Carlos
Carlos
12 anos atrás

Será uma luz no fim do túnel que está crescendo ou mais um querendo aparece, tomara que esse senador seja ouvido por todos, será que todos os políticos estão pensados agora no Brasil como potência.

João Curitiba
João Curitiba
12 anos atrás

É um começo. Inicialmente ele prega no deserto, até que alguém começa a ouvi-lo e daí já são dois a pregarem. Sua preocupação é com o Amapá e se cada senador pedir providências a favor do seu estado, logo teríamos os 26 estados pedindo melhoras para as FAs, usando como argumento problemas específicos de cada região.

Jacubão
12 anos atrás

Bom, em se tratando de parlamento brasileiro, acho que o primeiro senador a ouví-lo, será daqui a 57 anos, imaginem o restante.

Jorge Luiz Bezerra
12 anos atrás

Amigos,

Realmente é um começo, bastaria a ajudo do Jair Bolsonaro, Heráclito Fortes, Aldo Rebelo e assim por diante.

Sds,

J Roberto
J Roberto
12 anos atrás

Bem,Se o senador Gilvam Borges gritasse igual a um senador ou deputado não me lembro agora que uns dias atrás gritou contra o seu colega aos berros no senado,talvez fosse ouvido!

sds.

Paulo Renato
Paulo Renato
12 anos atrás

Apenas 1, mas já é grande coisa, tem ser todo o congresso a empurrar as medidas necessárias para o reaparelhamento das Forças.

O minimo que eles podem fazer, já que não fazem nada e ainda ganham absurdos pra isso !!!!

Abs.

joao terba
joao terba
12 anos atrás

Eu como cidadão brasileiro me convenço cada vez mais que não precisamos de senado,reduzir a quantidade de deputados,e eliminar os vereadores,os conselhos comunitário pode fácilmente substituir.um abraço.

Últimas Notícias

Rússia e China realizarão treinamento conjunto no exercício Zapad/Interaction 2021

A Rússia deve se juntar a um exercício militar no noroeste da China em agosto com o tema de...
- Advertisement -
- Advertisement -