sábado, outubro 16, 2021

Saab RBS 70NG

“China infeliz”

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Livro prega supremacia chinesa e acusa Ocidente de complô

Um livro que defende mais agressividade da China em relação ao resto do mundo e que acusa um complô do Ocidente para derrubar o país chegou ao topo da lista dos mais vendidos.

Em menos de três semanas, o ultranacionalista “China infeliz” já vendeu mais de 150 mil cópias. Edições piratas são encontradas em camelôs, e o conteúdo já foi pirateado para a internet.

Com ensaios de cinco autores -três professores universitários e dois jornalistas-, “China infeliz” diz que o país precisa “liderar o mundo”, ver os Estados Unidos “como maior inimigo, pois se trata de uma disputa”, e pede que o governo invista mais em força militar e em tecnologia.

“Olhando a história da civilização humana, nós somos os mais qualificados para liderar o mundo; os ocidentais devem vir em segundo”, diz o livro.

Com o subtítulo “A grande época, grande visão e nossos desafios”, a obra alega que os chineses ainda se sentem “sufocados pelas críticas ocidentais e pelo desrespeito à nossa soberania” e defende que o país abandone seu complexo de inferioridade.

A crise econômica deixou o Ocidente mais fraco e a China mais forte, é hora de exigirmos nosso lugar no mundo”, disse à Folha um dos autores, o jornalista Song Qiang, 43.

A China já é a terceira maior economia do planeta e deve superar o Japão, a segunda, em menos de dois anos. Mas o país ainda não está no G8, nem tem posição de peso no Banco Mundial, apesar de ter assento permanente no Conselho de Segurança da ONU. Os autores querem mais.

O plano do Ocidente a longo prazo é derrubar a China. Os EUA são nosso maior inimigo, nunca compartilharão sua tecnologia conosco“, diz Song. “A China precisa investir mais em segurança, em suas Forças Armadas, investir mais na África e na América Latina, precisamos de aliados”.

Vários trechos do livro se parecem à retórica dos livros escolares chineses -“o mundo conspira contra a China”, “não se pode confiar nos estrangeiros”- e até repete obsessões do governo em mais investimentos militares e em tecnologia autóctona.

Críticas ao governo

Mas o livro também critica o governo, dizendo que parte da infelicidade chinesa se dá pela ausência de democracia e de abertura, pela corrupção generalizada e pela falta de uma defesa maior da soberania.

A obra tem causado tanta polêmica que os principais portais da internet chinesa tem fóruns diários sobre se a China está ou não infeliz.

Quem não parece feliz com o livro é o governo. A mídia estatal tem criticado duramente a obra, por “faturar em cima do nacionalismo dos mais jovens”, “ter linguagem extremista, radical” e “não promover o diálogo, necessário em tempos de crise”. “”China infeliz” pesca dinheiro dos bolsos dos jovens raivosos e dos idosos raivosos”, escreveu um colunista no estatal “Diário da Juventude Chinesa”.

“É muito irônico porque há elogios ao livro em reportagens em chinês, e críticas ao livro nos despachos em inglês”, defende-se Song. “Parece que o governo quer dizer aos ocidentais que o nacionalismo está sob controle.”

O autor vai além. “Talvez o governo prefira o nacionalismo que ele mesmo promove, pois o nosso é autônomo, sincero, patriótico”.

O sucesso da obra é mais um sinal do crescente ultranacionalismo na China – às vezes, estimulado pelo governo.

No ano passado, depois que ativistas tibetanos tumultuaram a passagem da tocha olímpica de Pequim 2008 por Paris, chineses fizeram boicote a marcas francesas e houve manifestações de milhares de pessoas nas portas dos supermercados Carrefour.

Song afirma que o combate à autonomia do Tibete é fundamental. “Os tibetanos exageram a sua situação para os jornalistas estrangeiros. Admito que eles sofreram muito com a Revolução Cultural e que o governo fez coisas erradas por lá, mas todos os chineses já sofreram nas mãos do governo”, diz.

FONTE: Folha de São Paulo

- Advertisement -

36 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
36 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Flamenguista
Flamenguista
12 anos atrás

Ao menos o governo chinês se posicionou contra o movimento nacionalista. Longe de mim defender o regime de governo chinês mas, seria muito fácil o governo deixar um sentimento nacionalista surgir e botar a culpa de centenas de milhões de miseráveis nas politicas ocidentais. No entanto, em “democracias” consolidadas como a da Venezuela, usa-se de retóricas anti-imperialistas para justificar a criação de um regime totalitário.
Mais uma vez… Apesar de a China ter se distanciado muito dos preceitos comunistas, não estou defendendo o regime chinês. É como alguém disse “a pior das democracias é melhor que a melhor das ditaduras”.

Marco
Marco
12 anos atrás

Não posso deixar de dizer o quanto ironica é esta situação, o Ocidente abriu as portas ao mundo, permitiu que países como a China, India,Países do Leste Europeu e América Latina crescecem e agora esses mesmos países são aqueles que querem ver o ocidente destruido. Em relação ao livro é obvio que a historia do governo central chines não ter gostado é mentira, se eles não gostassem o livro nem sequer tinha sido posto a venda. Por ultimo para aqueles que odeiam os EUA, esperem até a China se tornar nº1 vão ver o quão pacifica ela é, se eles… Read more »

Rodrigo
Rodrigo
12 anos atrás

Essa é boa, tratar os EUA “como maior inimigo, pois se trata de uma disputa” parece coisa do Hugo Chaves. Os americanos são os maiores compradores das porcarias chinesas, e eles querem acabar com o melhor cliente? Que lógica mais torta.

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Bem, ultranacionalistas e dementes patrióticos tem uma coisa em comum, no mundo todo: são umas mulas, umas antas. Isso não é “privilégio” da China. Já vi vários aqui no Brasil mesmo, entre outros países.

Agora, a parte divertida foi esta:

“Edições piratas são encontradas em camelôs, e o conteúdo já foi pirateado para a internet.”

Pô! Que sacanagem, né? Um livro chinês sendo pirateado, onde já se viu uma coisa assim? Este mundo está perdido mesmo!….hehehehe

abraços a todos

Ulisses
Ulisses
12 anos atrás

E o que já disse aqui:A CHINA NÃO MERECE SER NEM MÉDIA POTÊNCIA QUANTO MAIS SUPER POTÊNCIA.

E o pior de tudo e que eles vão ainda acabar sendo a maior economia do mundo!

Comunistas miseráveis,Carl Marx nunca deveria ter nascido.

Ulisses
Ulisses
12 anos atrás

Sabem porque acontecem na China tanto acidente em minas de carvão?

Por que eles não investem em equipamento melhores para os trabalhadores.

Sabem porque a maioria dos imigrantes mundiais vem da China?

Por que la não é bom de se morar,pois eles são infinitamentes maiores em pobreza,miséria e desigualdade.

SENHORES,LA EXISTEM DESDE 1979 UMA LEI QUE OBRIGA DEIXAR CRIANÇAS RECÉM-NASCIDAS MORREREM NAS RUAS!!!UM CASAL NÃO PODE TER MAIS DE UM FILHO!

E isso não é de vez em quando,é SEMPRE.

PQP,e ainda tem gente(muita gente)que defende essa droga!

SDS.

Ulisses
Ulisses
12 anos atrás

E obrigado aos dirigentes do blog por terem postado essa matéria,pois existem muitas poucas ocasiões que posso falar sobre isto aqui.

Excel
Excel
12 anos atrás

Essa é a imagem que o resto dos países da Ásia tem da China, e claro, temem-a. A história da China é testemunha da ambição desmedida de seus governantes.O mundo inteiro tem muitoa se preocupar com este país.

paulo s
paulo s
12 anos atrás

sr ulisses acho que o senhor nao deve se preocupar tanto,a china ultrapasou a alemanha como 3 economia mundial,mas com uma qualidade bastante inferior,a alemanha continua rica ,tecnologicamente avançada e com qualidade de vida.o que pesa afavor da china e o peso dos numeros.
boa tarde

Don D
Don D
12 anos atrás

Agora é tarde demais, a China vai atropelar que se por no caminho, os EUA não tem mais a grande superioridade militar, vão acabar fazendo uma negociação, eles não têm saída…

Ulisses
Ulisses
12 anos atrás

Prezado Paulo S Respeito sua opinião,mas o que eu quero dizer é que comunismo nem um presta e nunca prestou.Agora vem a Coréia do Norte com seus mísseis de longo alcance ameaçar o Japão e a Coréia Sul.Porque o senhor acha que eles estão fazendo isto?bom o porque exatamente eu não sei mas com certeza só comunista mesmo para fazer tanta confusão. E se eu dissesse que a China num futuro não muito distante poderia fazer coisa muito pior,será?Eu acho que sim. Ora,a URSS quase causou a terceira guerra mundial,então porque não a China poderia criar tal guerra? O objetivo… Read more »

Marine
Marine
12 anos atrás

Ja ouvimos esse papo de superioridade racial com justificativa historica antes e nao deu bem…

Sds!

Ulisses
Ulisses
12 anos atrás

Na história existem fortes exemplos disto,vejamos alguns deles: -Na 1°GM o império alemão não mostrava hostilidades,assim como seus “amigos”Austro-Hungaros e Turco-Otomanos.E deu no que deu. -Hitler surgiu como um líder a favor da Alemanha,e foi eleito democraticamente em 1933.E depois?Deu no que deu. -O Japão era um dos maiores aliados dos EUA,e depois?deu no que deu. -A URSS era grande aliada dos EUA e da GB na 2°GM e depois?deu no que deu. -A grécia destruiu Tróia por causa de Helena. -Caim matou Abel por ciúmes e eles eram irmãos. -Romulo assassinou Remo pelo controle de Roma. Então senhores acho… Read more »

paulo s
paulo s
12 anos atrás

sr ulisses acho que o sr me interpretou mal,tambem nao gosto de comunistas,mas comparando as economias por exemplo do japao e da china,qual a que produz mais produtos de alta tecnologia com alto valor agregado?o quero dizer e que mesmo tendo um pib maior(dizem que em breve china ultrapassara o japao) a china vai continuar por muito tempo produtora de quinquilharias baratas em grande quantidade,e com trabalhadores em semi escravidao.
abs .boa noite

Ivan
Ivan
12 anos atrás

Um sujeito muito doido, chamado Nostradamus, há muito tempo atrás, escreveu algo mais ou menos assim:
“A ÁGUIA E O URSO SE UNIRÃO PARA ENFRENTAR O DRAGÃO.”
Faz uns vinte anos que eu li esta doidice…
Parece que vou ver esta profecia se realizar.

Ulisses
Ulisses
12 anos atrás

Senhor Paulo S

Se lhe enterpretei mau peço desculpas,não foi minha intenção.

Mas o que estou tentando dizer não é sobre o crescimento da China mas sim os males que eles trarão.

Um forte abraço

CesarF
CesarF
12 anos atrás

“o Ocidente abriu as portas ao mundo, permitiu que países como a China, India,Países do Leste Europeu e América Latina crescecem e agora esses mesmos países são aqueles que querem ver o ocidente destruido.” Essa é boa! A séculos que as grandes potências fazem de tudo pra que os outros países não consigam se industrializar (vejam as políticas do FMI, Banco Mundial, OMC, etc) e ainda tem gente que acha esses países “bonzinhos” 🙂 Quem conhece história, sabe que a China nunca se caracterizou pelo expansionismo. Pelo contrário, sofreu inúmeras intervensões ocidentais, com destaque para a guerra do ópio. Mesmo… Read more »

Ivan
Ivan
12 anos atrás

Fazem 25 anos que eu li sobre um cara muito doido, chamado Nostradamus, que escreveu há muito tempo mais ou menos o seguinte:
“A ÁGUIA E O URSO SE UNIRÃO PARA ENFRENTAR O DRAGÃO.”
Bem, talvez eu testemunhe algo parecido acontecer.

Ivan
Ivan
12 anos atrás

Efetivamente o Brasil deve tomar muito cuidado em negociar com a China.
Eles tem 1,5 bilhões de bocas para alimentar, pouca terra agriculturável, pouca água e, para piorar a situação suas megalópolis estão crescendo sobre ests poucas terras férteis.
Vão buscar comida e água a qualquer custo.
É melhor ter cautela ao negociar…
E, pelo amor de Deus, economia de mercado nem aqui, nem na China e nem “nos cafundós de Judas”… Só mesmo na cabeça desmiolada de Marco Aurélio Garcia e Lula…

Francisco AMX
Francisco AMX
12 anos atrás

Tomara que o governo ditatorial da China continue bem “capitalista” só assim veremos só retóricas… Se tem, uma coisa que eu tenho medo são destes asiáticos todos! este jeito de viver e ver as coisas desta gente não tem nada a ver conosco! mulher em segundo plano… comer cachorro e insetos… incluo aí, em menor escala, os Japoneses também… acho que não me adaptaria… mas China e India!??!! que horror! já pensaram uma coisa, para quem mora em SP e já tem o Tietê podre, se a moda Indiana pega, os funerais vão começar a acontecer nas margens do Tietê,… Read more »

Francisco AMX
Francisco AMX
12 anos atrás

E a Globo tah mostrando as “maravilhas” indianas na nova novela! um amigo meu foi ao Tajmahall e disse que aquilo parece uma latrina a céu aberto, o cheiro de mijo e fezes é o “aroma” mais comum! o Rio Gandghis é um mortuário a céu aberto também… a pobreza e o lixo perpetuan pela capital… só os palácios estão salvos da “maldição”… Mas desde quando a Globo mostrou a verdade?? 🙂

Dalton
Dalton
12 anos atrás

Já que o Francisco citou a novela da Globo, fica aqui a recomendaçao do filme ” Quem quer ser um milionario ” que ainda está passando nos cinemas.

Filme ganhador do Oscar 2009 , na minha opiniao , justificado, mostra o real estado da India ao contrario do cenario “Jeannie é um genio ” da Globo.

Para alguem acostumado a ver Toni Ramos em grandes papeis, ele parece mal aproveitado.

abraços

Heverton Ribeiro
Heverton Ribeiro
12 anos atrás

Devemos analisar com frieza este fato, sob a ótica histórica. Quando o partido comunista chines adotou a política dual de um governo centralizador e ditatorial em uma economia de mercado, claramente abriria espaço para o surgimento de uma classe social nova, dos empresários, que com o passar do tempo poderia dominar e destituir a classe comunista dirigente. A meu ver a liberação de tal livro pelo governo da china, é mostrar um contraponto a esta nova classe econômica. Mostrar que eles ainda tem o domínio do povo. É claro que a China jamais mataria sua galinha dos ovos de ouro,… Read more »

Adler Medrado
12 anos atrás

A China tão forte, superior e poderosa ainda não teve colhões pra tomar Taiwan.

Bosco
Bosco
12 anos atrás

O pior se a China virar a superpotência mundial é termos que aturar os filmes de lutadores dentuços de Kung Fu. Ninguém merece!
Pra mim então que não aprendi o inglês direito vai ser muito difícl ter que me adaptar ao mandarim.rsrs…
一個大大的擁抱每一個人。

Noel
Noel
12 anos atrás

Prestem atenção ao produto que a China esta exportando em grande quantidade para os Estados Unidos, Brasil e outros: GENTE, hoje muitos chineses tem vindo para o Ocidente, tá certo que sempre existiram colônias, mas o fluxo migratório aumentou muito, e em silêncio, no Brasil já é perceptível essa presença em algumas cidades, como Rio e Brasília. Nada contra essa onda, se não virar um Tsunami, e nem a favor, mas é algo bem interessante de ser observado.

Bosco
Bosco
12 anos atrás

Agora falando sério, eu não compartilho a idéia que a China seja uma ditadura. Lá não é uma democracia “a la” ocidente, que diga-se de passagem também não é assim uma “Brastemp”, mas uma ditadura com certeza também não é. Existem eleições em todos os níveis e há alternancia de poder e inclusive mais de um candidato disputam vagas importantes. Está certo que todos são de um único partido mas dentro desse partido há tendências claramente distintas e são bem toleradas. Não é muito diferente dos EUA onde só existem 2. A diferença para a china é de apenas 1.rsrsr..… Read more »

Adler Medrado
12 anos atrás

Noel, é verdade. Aqui em Brasília está cheio de chineses vendendo bugiganga e nos importunando quando estamos almoçando ou num happy hour por exemplo.
Tem também a feira dos importados que já está parecendo com uma chinatown miniaturizada. Na verdade a feira está divida entre chineses, coreanos(dizem) e árabes.

Eu não tenho nada contra imigrantes e imigração pois creio que como a minha, a família de muitos aqui são provenientes de outros países. Só estou expondo o fato.

Bosco
Bosco
12 anos atrás

O Hornet com sua tradução perfeita do chinês tradicional fez uma descoberta importantíssima. O “Cebolinha” é chinês! rsrs….
Provavelmente um agente secreto infiltrado. rsrs…..

joao terba
joao terba
12 anos atrás

As maiores empresas do mundo estão na China produzindo de tudo,só com nome diferentes,se aproveitando da mão de óbra barata e escrava,e nós aqui criticando.um abraço.

Adler Medrado
12 anos atrás

joao, se você está achando ruim as críticas, pare criticar e vá lá fazer igual a estas supostas empresas.

Não generalize. A Apple, apenas para citar uma, ameaçou quebrar contrato com uma empresa chinesa se eles utilizassem de tal mão-de-obra.

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Pra quem não entendeu, vou traduzir o que o Bosco escreveu:

一個大大的擁抱每一個人。= significa: “aplender chinês é fácil, né? Todo chinesinho fala chinês desde cliancinha. O difícil é comer com pausinho. A esposa reclama semple!”

Foi uma tradução mais ou menos literal, mas o sentido é por aí.

Qualquer dúvida é só perguntar que o Bosco reponde depois…hehehe

abraços a todos

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Elementar, meu caro Bosco!!!…hehehehe

abração

Noronha
Noronha
12 anos atrás

Para quem já leu ‘Nostradamus’ sabe muito bem de onde virar o exercito de 200 milhões de soldados que tentarão cruzar o rio Eufrantes rumo ao ocidente, os japoneses que se cuide pois o dragão deseja vingança.

Jonas rafael
Jonas rafael
12 anos atrás

Hmmm, isso não bom…Hitler começou assim. Será que ainda teremos saudades dos comunistas?

Zero Uno
Zero Uno
12 anos atrás

Não devemos confiar num país que cresce com a escravidão de seus operários, anti-democrático, que tem total desrespeito a propriedade intelectual (é o maior “pirateiro” do mundo) e que desrespeita e massacra povos desarmados. Os Chineses estão construindo um país capitalista com uma ditadura comuninsta no poder. O que os seus líderes querem é não “largar o osso” enquanto promovem abertura econômica deixando a abertura política estagnada e sem viés democrático. Estes autores não levam em consideração o que a China faz inundando vários países do mundo com produtos “copiados” do ocidente dando impulso à criminalização e fomentando a máfia… Read more »

Últimas Notícias

ESPECIAL: Apresentação das capacidades do Exército Francês

Por Jean François Auran* Colaborador especial do Forças Terrestres/Forças de Defesa Parece às autoridades militares francesas que o mundo está se...
- Advertisement -
- Advertisement -