domingo, novembro 28, 2021

Saab RBS 70NG

Coreia do Norte lança quatro mísseis de curto alcance, diz Seul

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Pyongyang dispara projéteis no Mar do Japão; Tóquio alertou para exercícios militares norte-coreanos em julho

A Coreia do Norte lançou nesta quinta-feira, 3, quatro mísseis aparentemente de curto alcance terra-mar da costa oriental do país, em direção ao Mar do Japão, informou o Ministério da Defesa sul-coreano, citado pela agência Yonhap.

O primeiro dos projéteis foi lançado às 17h20 locais (5h20 de Brasília), enquanto o segundo foi disparado às 18h locais (6h da capital brasileira). O terceiro foi lançado horas mais tarde, às 19h50 (7h50 no Brasil), e o quarto projétil às 21h20 (9h50 de Brasília). Os mísseis terra-mar lançados foram disparados de plataformas próximas da cidade norte-coreana de Wonsan, disse em Seul uma fonte no Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas da Coreia do Sul.

Citando uma autoridade militar sob anonimato, a agência Yonhap afirmou que os quatro mísseis percorreram uma distância de cerca de 100 quilômetros. Os projéteis foram identificados como mísseis KN-01, com alcance de cerca de 160 quilômetros.

Observadores de outros países aguardavam a realização de novos testes de mísseis pela Coreia do Norte desde o mês passado, quando o governo do país comunista advertiu a embarcações que evitassem diversas áreas do Mar do Japão onde poderiam ocorrer manobras militares até 10 de julho.

Os serviços da Inteligência da Coreia do Sul já tinham informado no mês passado que o regime comunista estava se preparando para o teste de vários mísseis, incluindo de longo alcance. Analistas militares e de inteligência em Seul e Washington têm buscado indícios de que Pyongyang venha a promover novamente um míssil de longo alcance, mas não acreditam que seja algo iminente.

O ministro porta-voz do governo japonês, Takeo Kawamura, disse nesta quinta em entrevista coletiva que o Japão não descartava a possibilidade de a Coreia do Norte lançar de forma iminente vários mísseis de curto e médio alcance perto do dia 4 de julho, por causa das comemorações da independência dos Estados Unidos.

A Coreia do Norte possui cerca de 600 mísseis de curto alcance, 300 projéteis de médio alcance e promove diversos testes todos os anos. Este ano, porém, os testes passaram a atrair mais atenção porque Pyongyang testou em abril um míssil de longo alcance pela terceira vez na história e, em maio, promoveu seu segundo teste nuclear. O regime também reduziu atividades diplomáticas com outros países, expulsou agentes humanitários estrangeiros e passou a reprimir atividades econômicas vistas como ameaça a sua autoridade.

Autoridades da Coreia do Sul dizem que as recentes ações militares da Coreia do Norte, que também incluem testes de mísseis e ameaças em atacar o Sul, visam provavelmente angariar apoio interno ao líder Kim Jong-il, de 67 anos, enquanto ele prepara o terreno para seu filho mais novo tomar a frente da única dinastia comunista da Ásia.

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Igo
Igo
12 anos atrás

Coitado dos norte coreanos, possuem um louco como governante e deverão pagar um preço altíssimo pelas loucuras cometidas por ele. A CN não dura uma semana!!

Excel
Excel
12 anos atrás

Trata-se de assunto não diretamente ligado ao tópico mas interessante mencionar: Existe conflito entre a Coréia do Sul e o Japão a respeito do nome do mar que todos conhecemos como “Mar do Japão”. A Coréia quer que o nome mude para “Mar do Leste” pois alega que antes da anexação da Coréia pelo Japão esse era o nome do mar, e o Japão mudou o nome unilateralmente junto aos países ocidentais quando a Coréia não tinha condições de se opor. Obviamente o Japão se opõe a essa mudança. Recentemente a Coréia do Sul solicitou formalmente a mudança do nome… Read more »

Andre Luiz
Andre Luiz
12 anos atrás

Esta rivalidade entre japoneses e coreanos é coisa muito antiga

Mas rivalidades entre povos-irmaos nao é nenhuma novidade, franceces, ingleses, alemaes e italianos que descendem dos antigos indo-europeus ficaram trocando sopapos durante seculos

Bosco
Bosco
12 anos atrás

Tudo bem que o tal de Kim Jong-Il não é flor que se cheire, agora, implicar que a Coréia do Norte faça testes até com mísseis anti-navios já é um pouco demais.
Agora o ‘coitado” do ditador sanguinolento não pode nem soltar um punzinho mais vigoroso que já pegam no pé do infeliz.
Quanto ao teste em si, lançaram quatro mísseis anti-navios (terra-mar ????) contra o que? Nada? Caíram no Mar?
Será que transformaram os mísseis KN-01 para operarem como mísseis de cruzeiro de curto alcance?

Excel
Excel
12 anos atrás

Bosco,
Também não tenho nada contra os norte coreanos realizarem esses testes, afinal de tanto fazerem testes quem sabe um dia acabam com todo o estoque de mísseis que eles tem?
Esses testes são a prova da mendicância dos norte coreanos que apelam pra tudo que tem pra ver se conseguem alguns trocados…

Marcelo Tadeu
Marcelo Tadeu
12 anos atrás

Engraçado, 2 pesos, 2 medidas. Os EUA acabaram de testar um míssil Minutemam 3 com alcance de 6.800 km e ninguém falou nada. Qual a moral que eles têm para impedir que outros países testem os seus? Na boa, sem ideologias tipo,”ah, mas este país é governado por malucos!!!… Lá só tem radicais que sairão explodindo bombas atomicas semi-prejudiciais pelo mundo afora….!!!!

Tudo é uma questão comercial!!!! As minhas armas são melhores que a do vizinho, compre as minhas….

Últimas Notícias

O sistema de defesa aérea turco de curto alcance HİSAR-A

O sistema de defesa aérea de curto alcance HİSAR-A turco é montado em um ACV-30 derivado de M113. Carrega 4...
- Advertisement -
- Advertisement -