sábado, novembro 27, 2021

Saab RBS 70NG

Presidente deposto retorna a Honduras

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, retornou nesta sexta-feira ao território do país, pela primeira vez desde que foi tirado do poder. Segundo a rede de TV americana CNN e a agência de notícias internacional France Presse, Zelaya cruzou a fronteira, a pé, na altura da localidade de Las Manos, na Nicarágua. “Tenho direito de voltar para minha casa, para minha família e voltar à Presidência”, disse o presidente deposto à CNN, pouco antes da entrada em Honduras.

Em entrevista à CNN, o ministro de Segurança do governo interino, Mario Eduardo Perdomo, confirmou estar pronto para prendê-lo, sob pena de “cair em uma irresponsabilidade”. Sobre o fato de Zelaya não ter sido preso imediatamente após cruzar a fronteira, o ministro afirmou que as forças de segurança irão agir “com compreensão, porém com firmeza”. “Temos uma preparação e sabemos como fazê-lo e quando fazê-lo”, afirmou o ministro.

Informações preliminares indicam que a barreira de policiais e militares que guardava o posto fronteiriço entre Nicarágua e Honduras recuaram. Zelaya chegou a conversar com um militar hondurenho, antes de cruzar o posto. Na comitiva de Zelaya está o chanceler da Venezuela, Nicolás Maduro.

Zelaya pode ser preso porque é acusado de 18 crimes vinculados à ação que levou à sua deposição, a tentativa de promover uma consulta sobre uma Assembleia Constituinte que Justiça e Congresso consideram ilegal. Com a consulta, ele pretendia instalar a reeleição.

Não foi a primeira vez que o presidente deposto tentou retornar a Honduras. No último dia 5, Zelaya tentou aterrissar na capital hondurenha, Tegucigalpa, porém a pista foi bloqueada por militares. Confrontos com as forças de segurança deixaram dois manifestantes mortos.

O governo interino liderado por Roberto Micheletti, além de prometer deter Zelaya, impôs um toque de recolher a partir das 12h (15h em Brasília) desta sexta-feira até as 4h30 de sábado (7h30 em Brasília), nas cidades da fronteira de Honduras com Nicarágua e com El Salvador.

Nesta quinta-feira (23), Zelaya afirmou considerar “fracassada” a tentativa de mediação entre ele e o governo golpista conduzida pelo presidente costa-riquenho, Óscar Arias.

Histórico

Zelaya foi deposto nas primeiras horas de 28 de junho, dia em que pretendia realizar uma consulta popular sobre mudanças constitucionais que havia sido considerada ilegal pela Justiça. Com apoio da Suprema Corte e do Congresso, militares detiveram Zelaya e o expulsaram do país, sob a alegação de que o presidente pretendia infringir a Constituição ao tentar passar por cima da cláusula pétrea que impede reeleições no país.

O presidente deposto, cujo mandato termina no início do próximo ano, nega que pretendesse continuar no poder e se apoia na rejeição internacional ao que é amplamente considerado um golpe de Estado –e no auxílio financeiro, político e logístico do presidente venezuelano, Hugo Chávez– para desafiar a autoridade de Micheletti e retomar o poder.

Isolado internacionalmente, o presidente interino resiste à pressão externa para que Zelaya seja restituído e governa um país aparentemente dividido em relação à destituição, mas com uma elite política e militar –além da cúpula da Igreja Católica– unida em torno da interpretação de que houve uma sucessão legítima de poder e de que a Presidência será entregue apenas ao presidente eleito em novembro –as eleições estavam marcadas antes da crise.

Mas a pressão externa não é apenas diplomática, e o governo de Micheletti começa a enfrentar a suspensão de financiamentos externos cruciais para as finanças de um dos países mais pobres do continente. O impacto desses cortes, que se somam aos efeitos da crise econômica mundial, é um dos elementos que pesam nas decisões do governo interino em meio à crise.

FONTE: Folha Online – FOTO: Esteban Felix/AP

SAIBA MAIS:

- Advertisement -

20 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
20 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
COMANDANTE MELK
COMANDANTE MELK
12 anos atrás

Senhores,

que situação escabrosa essa pela qual passa Honduras, é de ficar com os cabelos em pé…
Vamos ver no que isso tudo vai dar.

luiz
12 anos atrás

É, pelo visto mais um bolivariano alcançará seu intento, a perpetuação no poder.
O que este animalzinho de estimação do hugo chavez fez foi tentar atropelar a constituição de seu país e assim não largar a rapadura.
Estão certos os militares hondurenhos ao negar apoio à tentativa golpista deste marionete e aplicar o contra golpe salvaguardando a constituição.
Em um outro grande país da latrino américa, algum tempo atrás, o mesmo ocorreu…
O pior é que ninguém enxerga a verdade.

Sds.

Cantarelli
Cantarelli
12 anos atrás

Queria saber se a ONU vai intervir ou algum pais militarmente.

Harry
Harry
12 anos atrás

Caros,
Sabe qual vai ser a resposta para o Manuel Zelaya, DITADURA (Elite,
Militar, Igreja unidas), caso contrario não resiste a pressão internacional.
Apoio de outra ditadura (China), ajuda.
He,He,,,,

Felipe Cps
Felipe Cps
12 anos atrás

O título do post está em dissonância com seu conteúdo. Deveria ser “Presidente deposto TENTA retornar a Honduras”.

Caipira
Caipira
12 anos atrás

“Com apoio da Suprema Corte e do Congresso, militares detiveram Zelaya e o expulsaram do país…”

“…auxílio financeiro, político e logístico do presidente venezuelano, Hugo Chávez– para desafiar a autoridade de Micheletti e retomar o poder…”

Pra mim é o suficiente….já tenho minha opinião sobe Zelaya…Parabéns aos militares e ao governo interino…

Rodrigo Marques
Rodrigo Marques
12 anos atrás

Zelaya não foi deposto por enviar um projeto de lei agendando um referendo consultando o povo afim de se promover uma nova Assembléia Nacional Constituinte, não foi esse o motivo, mesmo Honduras não tendo vivido recentemente algo que tornasse necessário uma nova Assembléia… É de bom grado deixar claro que Zelaya foi deposto pura e simplesmente por não respeitar o Congresso e o Judiciário de seu país, ele tornou-se um fora da lei, pois quis forçar o comandante do Exercito Hondurenho a promover o referendo na marra, DESRESPEITANDO as decisões do Congresso e do Judiciário contrárias a promoção do referendo.… Read more »

Rodrigo Cesarini
Rodrigo Cesarini
12 anos atrás

Já li todo tipo de opinião sobre este assunto, então resolvi por conta própria formar a minha, sem filtro ideológico ou de interesses de terceiros.

No site do Congresso de Honduras existe o texto da constituição e suas posteriores alterações, em formato PDF para download: http://www.congreso.gob.hn/constitucionVigentes.htm

Na universidade Georgetown podemos consultar o texto online:
http://pdba.georgetown.edu/Constitutions/Honduras/hond05.html

Recomendo a todos que leiam, depois postem sua opinião, se a deposição de Zelaya foi ou não injusta.

[]s

claudio alfonso
claudio alfonso
12 anos atrás

Caro Rodrigo Marques
A perda do mandato ocorre apenas DEPOIS do devido processo judicial e não ANTES como ocorreu no caso de Zelaya, que foi deposto CONTRA as regras constitucionais. Golpistas tantam distorcer os fatos mas tdos mesmo orgãos conservadore como OEA, ONU e até mesmo os EUA já condenaram os golpistas, veja bem GOLPISTAS!! Todos eles sabem que o presidente constitucional é ZELAYA. Não é Chabes que diz isso, é a ONU, OEA, etc.

Felipe Cps
Felipe Cps
12 anos atrás

Errado Cláudio Alfonso, no caso de Honduras o “processo” se limita a uma decisão judicial referendada pelo Congresso. Não há “processo” no sentido jurídico que tem no Brasil. Hondurenho é esperto…

E até os EUA já estão mudando de opinião contra o golpista bolivariano Zelaya, a despeito das ONGs gigantes ONU e OEA…

Harry
Harry
12 anos atrás

Caros, esta quemera bolivariana chamada Zelaya, logo logo vai esta esquecido em um hotel cinco estrelas as custas do povo da venezuela,
Abs

João DS
João DS
12 anos atrás

“Democracia é isto: se o povo não sabe votar os tanques ensinam…

Os homens de bem não se cansam de explicar aos ignorantes em quem eles tem que votar, mas os parvos insistem em votar errado comprometendo a democracia, então a elite diplomada no exterior é obrigada a usar as urnas com lagartas…”

João DS
João DS
12 anos atrás

“É tudo culpa desta tal democracia, desse sistema horroroso que iguala o voto de uma pessoa de nível superior, de verniz, ao de uma lavadeira mal aculturada…”

João DS
João DS
12 anos atrás

Só falta tirarem do poder Obama, aquele INFIEL dos EUA,até o cachorro dele é terrorista já que o nome dele é ‘BO’ abreviatura de BOLCHEVISTA…

João DS
João DS
12 anos atrás

“Alvíssaras, Alvíssaras, chego a ficar comovido, emocionado mesmo, ao ver tanques nas ruas de Honduras, me lembram como era doce nossa Ditabranda. Há! as unhas arrancadas, o estalido dos ossos partindo-se, o doce aroma da carne queimada pelos eletrochoques,hããã…bons tempos aqueles!
______________________

*
Sei que deve ter alguns fascistas, direitistas doentes, viúvas da ditadura, que levam à sério e aprovam tudo que disse nos comentários acima.

– MÁS DEIXANDO CLARO, FAÇO IRONIA E PARA MIM É TUDO RIDÍCULO E ABSURDO!

João DS
João DS
12 anos atrás

“Alvíssaras, Alvíssaras, chego a ficar comovido, emocionado mesmo, ao ver tanques nas ruas de Honduras, me lembram como era doce nossa Ditabranda. Há! as unhas arrancadas, o estalido dos ossos partindo-se, o doce aroma da carne queimada pelos eletrochoques,hããã…bons tempos aqueles!
______________________

*
Sei que deve ter alguns fascistas, direitistas doentes, que levam à sério e aprovam tudo que disse nos comentários acima.

MÁS DEIXANDO CLARO, FAÇO IRONIA E PARA MIM É TUDO ABSURDO!

Harry
Harry
12 anos atrás

De qualquer forma as duas ocções de governo é ruim para Honduras. A que esta e que demonstra não ser uma democracia representativa do povo mas sim de uma elite militar, Clerica e empresarial. A outra um socialismo afinado com os ideais bolivarianos em que o estado é o Senhor Supremo e a estatização é o meio fim para controle de uma elite que se diz representar a vontade do povo. Zelaya, se empolgou achou que levaria facil como Evo, foi na conversa de Hugo Chaves,se deu mal. Mesmo que ele volte para o governo, as as eleições gerais de… Read more »

ivan
ivan
12 anos atrás

Governo brasileiro abram os olhos, o Ditador Mor está aí fomentando e municiando Grupos Guerrilheiros de Armas e a ONU , OEA e a propria imprensa faz vista grossa ignorando e não analisando os computadores dos guerrilheiros das Farc mortos, bem como o seu Dream team com o irmão de Zacarias , comandante Zero e o presidente do Equador sem fala no Pai de todos os Paraguaios, com seus teco teco botam banca no Brasil. Abram os olhos, HUGO CHAVES A FIGURA!

Sol do Deserto
Sol do Deserto
12 anos atrás

Nosso Norte é o Sul
Informem-se pela TELESUR – informações fidedignas –
http://www.telesurtv.net/

João DS
João DS
12 anos atrás

Até multinacionais pressionam EUA por solução… As multinacionais fabricantes de artigos esportivos Nike e Adidas e as confecções Gap e Knight Apparel enviaram uma carta ao Departamento de Estado norte-americano, na qual se unem ao chamado internacional para a restituição de Manuel Zelaya como presidente de Honduras. “É necessário nos unirmos ao presidente dos EUA, aos Governos das Américas, à Organização dos Estados Americanos, à Assembleia Geral das Nações Unidas e à União Europeia, que fizeram o chamado para a restauração da democracia em Honduras”, diz a carta, reproduzida no site do jornal hondurenho “Tiempo”. As três multinacionais, que possuem… Read more »

Últimas Notícias

O sistema de defesa aérea turco de curto alcance HİSAR-A

O sistema de defesa aérea de curto alcance HİSAR-A turco é montado em um ACV-30 derivado de M113. Carrega 4...
- Advertisement -
- Advertisement -