quarta-feira, julho 28, 2021

Saab RBS 70NG

MoD seleciona General Dynamics UK como licitante preferencial no programa SV

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

ASCOD 2 SV

O Ministério da Defesa britânico selecionou a General Dynamics UK como licitante preferencial para a fase de demonstração do novo programa SV.

O primeiro lote do programa Specialist Vehicle (SV) deve entregar cerca de 600 veículos para a linha de frente, com a possibilidades de novas encomendas no futuro.

Isto incluirá o desenvolvimento do Scout, o principal veículo de reconhecimento que substituirá os Scimitar atualmente desdobrados no Afeganistão.

O SV vai prover proteção melhorada contra uma série de ameaças e trará benefícios significativos ao Royal Army, incluindo maior poder de fogo, sensores e sistemas de visada de maior alcance e maior confiabilidade.

Na atual proposta, 70% dos veículos serão fabricados no Reino Unido, garantindo 10.000 empregos britânicos no setor de blindados.

- Advertisement -

18 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
18 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader
Vader
11 anos atrás

Impressão minha ou parece um M-113 grandão? Perfil alto, lateral reta… sei não…

Honestamente, com a tecnologia de hoje (tração e pneus) não sei até que ponto veículos de lagarta compensam na relação custo-benefício.

Danilo
Danilo
11 anos atrás

Não parece mesmo o M-113 !

Estranho isto ?

Francoorp
Francoorp
11 anos atrás

HUmmm… Não parece não, tem muita angulação nele!!

De traseira pode ser, mas não sei como é, não vi ainda!!

Valeu!!

Jorge Lee
Jorge Lee
11 anos atrás

Na verdade, parece mais um Bradley neste angulo.

Jorge Lee
Jorge Lee
11 anos atrás

Ja estou providenciando o gravatar, minhas sinceras desculpas, até lá.

Ivan
Ivan
11 anos atrás

Vader em 25 mar, 2010 às 20:18

Para ter a mesma mobilidade dos modernos MBTs (Main Battle Tanks) é necessário também usar lagartas.
E, em tempo, a moderna técnica de combate blindado preconiza que as forças blindadas devem operar como forças combinadas – Tanques, Veículos de Combate de Infantaria, Artilharia Autopropulsada (canhões, obuseiros e morteiros), Veículos de Comando e Veículos de Combate de Engenharia – para proteção mútua e máximo aproveitamento de cada vetor. Desta forma todos os veículos devem ter mobilidade semelhante.

Abç,
Ivan, o Antigo.

bidas
bidas
11 anos atrás

Este veiculo é um ASCOD de ultima geração da Steyr-SFF adaptado pela General Dynamics(atual dona da Steyr-SFF)para cumprir as especificações do MoD britânico.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
11 anos atrás

Lindo desenho!já estava na hora do nosso Exército atualizar nosso meios também.

Antonio M
Antonio M
11 anos atrás

A Engesa chegou a projetar algo parecido na década de 80, o EET4 Ogum.

http://www.ecsbdefesa.com.br/fts/Ogum.pdf

Me parece que bem menor mas, muito parecido nas linhas. Não sei se no teatro atual dos combates teria utilidade. Se realmente não ter, talvez com o tamanho maior resolveria o problema.

Antonio M
Antonio M
11 anos atrás
Marine
11 anos atrás

Ivan,

E isso mesmo! Formacoes blindadas para acompanhar tanques em qualquer terreno exigem que desde o transporte de infantaria ate a artilharia seja movida por lagartas. Nos EUA essas formacoes recebem o nome de “Armored” ou “Heavy”, enquanto as que se movem por veiculos de roda geralmente sao conhecidas como “Infantry (Mechanized)”.

Semper Fidelis!

Alex Nogueira
Alex Nogueira
11 anos atrás

Nossa que legal o projeto da engesa. Eu acredito que teria lugar nas nossas FA com pequenas atualizações. è uma pena perder um projeto tão bom, assim como o do Osório. São veiculos com potêncial de vendas para toda a AML e para muitos outros paises.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
11 anos atrás

O tanque da engesa casaria bem com o C-390?

Paulo
Paulo
11 anos atrás

O mercado mundial de blindados sempre foi muito promissor. Pena que o Brasil, mais uma vez, perdeu o Bonde da História.

Antonio M
Antonio M
11 anos atrás

Se as dimensões do Ogun não são problema, uma modernização em termos de motor e blindagem (principalmente anti-minas) e com uma torreta automática que já desenvolvida no Brasil poderiam ser muito interessantes:

http://defesabrasil.com/laad2009/index.php?option=com_content&view=article&id=74:remax-ares-e-ctex-acertam-no-alvo&catid=39:noticias&Itemid=78

Essa torreta com várias opções de armamento fariam desse tanque um bom equipamento de reconhecimento/patrulha e aero-transportável sim …..

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Ivan e Marine: só disse que a relação custo-benefício talvez não compense, especialmente para nosso caso. O ideal, obviamente, seria ter quase tudo sobre lagartas (maior mobilidade, conquanto menor velocidade).

Sds.

Samuel
Samuel
11 anos atrás

O desenho me lembra muito um Bradley com torre melhorada! Quanto ao assunto do Ogum, este era um veiculo de reconhecimento leve, até 5 ton. Que eu acredito ser uma excelente opção para tropas blindadas leves e ou paraquedistas (por ser facil de transportá-lo em aeronaves). Assim como o jararaca, também Engesa, que seguia uma configuração parecida porem sobre rodas. Também vale lembrar os Charruas (Moto peças), um blindado de transporte de tropas que também não foi para frente por imcompetencia de nossos governantes! Sua blindagem não era muito pesada, porem, o veiculo tinha um silhueta muito beixa e uma… Read more »

Caipira
Caipira
11 anos atrás

Esse carro é da mesma categoria do Puma alemão?

Últimas Notícias

Taiwan testará mísseis Patriot III nos EUA

TAIPEI (Taiwan News) - Os militares de Taiwan em breve testarão mísseis Patriot III no White Sands Missile Range...
- Advertisement -
- Advertisement -