quarta-feira, outubro 20, 2021

Saab RBS 70NG

Brasil rebate críticas de Israel sobre acordo nuclear com o Irã

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Estado judeu diz que iranianos ‘manipularam’ diplomatas e que pacto pode minar esforços por sanções

vinheta-clipping-forteJERUSALÉM – O governo brasileiro rejeitou as críticas de Israel a um acordo fechado nesta segunda-feira, 17, entre Irã, Turquia e Brasil sobre o programa nuclear de Teerã. Segundo esse acordo, o Irã enviará 1.200 quilos de urânio pouco enriquecido à Turquia e, em troca, receberá 120 quilos de combustível nuclear para seu reator em Teerã. Nesta segunda, um alto funcionário israelense acusou o Irã de ter “manipulado” os governos de Turquia e Brasil.

“Israel tem o direito de dizer o que quiser, mas é a primeira vez que o Irã concordou em enviar seu combustível nuclear para um terceiro país”, disse à agência de notícias AFP um assessor do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “O Brasil ajudou a alinhar as posições, como um facilitador do diálogo”, disse o assessor, ainda em Teerã. O acordo para troca de combustível foi firmado após conversas entre o presidente Lula, o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, e o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan.

O Irã pode sofrer uma quarta rodada de sanções no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) por conta de seu programa nuclear. Diplomatas ocidentais disseram que o acordo não resolve totalmente o impasse em torno do tema, embora dificulte a imposição de tais medidas e coloque as potências nucleares que desejam as sanções em situação delicada.

A Turquia e o Brasil são membros não permanentes do Conselho de Segurança e têm resistido aos esforços liderados pelos EUA para aprovar mais sanções ao Irã. Esse processo pode ser usado tanto para fins pacíficos como para a produção de uma bomba. Teerã alega ter apenas fins pacíficos.

Manipulação

Um alto funcionário de Israel afirmou que o Irã “manipulou” o Brasil e a Turquia em relação a um acordo para enviar seu urânio pouco enriquecido ao território turco, em troca de combustível para seu reator em Teerã. “Os iranianos já usaram um truque desse tipo no passado, fingindo aceitar um passo assim para reduzir as tensões e diminuir o risco de sanções internacionais mais duras, e então se recusando a prosseguir até o fim”, afirmou a fonte, que pediu anonimato.

O funcionário israelense disse que o acordo iria “complicar radicalmente” os esforços das potências envolvendo a questão. “Será muito mais difícil para os Estados Unidos ou para os europeus rejeitarem este acordo, porque nós não estaremos lidando apenas com o Irã, que é muito mais fácil de lidar, mas com potências emergentes, como o Brasil e a Turquia, com quem as relações são muito sensíveis.” As relações entre Israel e Turquia pioraram após os israelenses lançarem uma ofensiva de 22 dias na Faixa de Gaza, em dezembro de 2008.

A rádio pública israelense, citando altos funcionários locais, afirmou que a iniciativa em três partes “iria agravar o problema iraniano, ao complicar os esforços dos EUA e dos europeus para conseguir aprovar sanções”. As informações são da Dow Jones.

FONTE: Estadão

- Advertisement -

27 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
27 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
André Oliveira
André Oliveira
11 anos atrás

Israel quer uma desculpa para atacar o Irã, e a imprensa brasileira luta para que o acordo fracasse. Chamam o presidente Lula de ingênuo, mas ingênuos foram aqueles que acreditaram que o Iraque possuía armas de destuição em massa. Estes não aceitam a responsabilidade por centenas de milhares de mortos, mas aceitam que os E.U.A. bombardeiem os persas.

emilson
emilson
11 anos atrás

Israel deveria olhar para seu quintal e assumir que eles possuem armas nucleares , a ONU faz vistas grossas em questão as atrocidades no oriente, a instabilidade na região é causada pela falta de bom senso e respeito com o ser humano , e se por acaso alguem se impor ao governo israelense ou a maneira que eles agem jogam na cara as atrocidades que foram cometidas na 2 guerra, como se o mundo todo deveria pagar pelo crime de um maluco, mais quantos arabes inocentes ja peresseram aos obuses e misseis israelenses,o fanatismo religioso eh mais assasino que um… Read more »

Omega
Omega
11 anos atrás

Estou comentando aqui, neste post, sobre o tema “Irã”, no geral. Apesar do nosso governo acertar repetidamente no desenvolvimento do país, ser bem visto la fora, ter boas e inegáveis intenções de ajudar, algumas vezes o Brasil, ou o governo, se posiciona equivocadamente e ingênuamente, sim. Até daria pra falar assim: “pega o bonde andando e quer ir na janela vomitando.” Querer ajudar, tomar seu próprio lado, sem ter certeza das intenções Iranianas, é no mínimo, falta de responsabilidade. Não estou dizendo que os iranianos não estão querendo somente a paz, mas quem acompanha isso há pelo menos 5~6 anos… Read more »

Francoorp
Francoorp
11 anos atrás

Essa coisa de Israel ver potenciais inimigos por todos os lados já está cansando todos nós, essa coisa de afirmar que aqueles que estão contra a sua política agressiva é contra Israel ou esta sendo manipulado pelos seus “inimigos”, é retórica belicosa demais para ser aceita por um país pacifico como o Brasil. ““Israel tem o direito de dizer o que quiser,” Certamente, e o Brasil também tem o direito como nação independente de dialogar e acordar-se com quem quiser, e se Israel crítica o meu Brasil varonil, deve sim esperar criticas à si mesmo !! Então está corretíssimo e… Read more »

Invincible
Invincible
11 anos atrás

Israel não está com muita moral para falar do Irã hein…

Faz o que eu digo não faz o que eu faço! Esse é o lema de Israel.

Nesse balaio não tem santo…

Vader
Vader
11 anos atrás

O Irão nuclear só bota medo nos seus vizinhos árabes. Israel com seu escudo antimísseis faz e anda para eles. E o próximo passo é aguardar a corrida armamentista no OM e no mundo (ou alguém em santa ingenuidade acha que sauditas e iraquianos – inimigos naturais e religiosos dos persas – irão ficar muito tempo para trás?). Parabéns Lula! Parabéns PT! Parabéns por fazer do mundo um lugar mais seguro e aprazível para se viver! Muito bom o Itamaralívia e o governo da República Bolivariana do Brasil. Parabéns: resolveram com 6 meses de atraso um problema que não existe… Read more »

Leandro RQ
Leandro RQ
11 anos atrás

Minha opinião sobre o tema.

A diplomacia brasileira aproveitou a oportunidade para mostrar competência perante o resto do planeta.

Porém ao fazer isso caíram no conto do vigário, porque o Irã vai continuar desrespeitando esse e qualquer outro acordo nuclear que eles assinarem.

E agora deram a Israel a desculpa que eles precisavam para “atacar preventivamente” o Irã. Sempre com o apoio Yankee, é lógico.

Em resumo, aparecemos para o mundo. Mas não resolvemos problema nenhum. Muito pelo contrário…

Galileu
Galileu
11 anos atrás

Ontem tinha um otário de um professor num programa da record, um telespectador mandou a seguinte pergunta ao professor: -Porque Israel pode ter armas nucleares e o Irã não? O professor disse: Porque o Irã não é confiável, pois não considera o Estado Judeu Olocausto e etc… Depois não sabem porque esse país não vai para frente, um professor que fez mestrado e etc.. é mais burro que um porco. (ou é judeu) Mal o professor sabe, que o primeiro minstro judeu e os políticos de Israel em sua maioria, falaram tanta merd.. sobre o povo palestino, que não perde… Read more »

Jorge Nunes
Jorge Nunes
11 anos atrás

Saiu uma informação que ninguém deu atenção: – O Irã vende petróleo em euros – Decisão que o Iraque também tomou antes de ser atacado. A partir do momento que o Irã passar vender petróleo em euros ele passou se a ser pichado pelos EUA como o grande vilão (ponto). – O Brasil quer o acordo pois as mesmas proibições se aplicadas ao Irã vale para o Brasil. E o governo brasileiro se recusou a assinar um novo acordo sobre energia nuclear, que limita ainda mais o uso do urânio. – Outro ponto agrada os empresário brasileiros – Pois, se… Read more »

Vader
Vader
11 anos atrás

Jorge Nunes disse: 18 de maio de 2010 às 14:54 Jorge, sua análise é simplista, para dizer o mínimo. Por três motivos: 1. Se o grande problema do mundo (e dos EUA em especial) contra o Irão é que ele vende seu petróleo em euros, porque a União Européia, especialmente a “sempre do contra” França, é guturalmente a favor das sanções contra eles? Ou negociar petróleo na moeda européia é prejudicial à Europa? 🙂 2. Como é a volta do mundo né? A crise européia indica que muito em breve pode não ser mais um bom negócio para o “Zóio-Junto”… Read more »

Wilhelm Canaris
Wilhelm Canaris
11 anos atrás

É inegavel a vitoria diplomática do Brasil, e por mais que os falcões gritem, foi uma grande vitória, uma vitoria da paz. Chega do horror da guerra, da desesperança!
Ganhou a paz e todos nós!
A grande midia não deu o destaque, mas o detalhado texto do acordo, de 10 itens, que o Chanceler Mottaki leu em conferência de imprensa em Teerã, está dito lá que o Irã reafirma seu compromisso como signatário do NPT, reconhecido pelo Brasil e pela Turquia; e caracteriza o acordo como “ponto de partida para iniciar a cooperação”.

Wilhelm Canaris
Wilhelm Canaris
11 anos atrás

Imaginem a China, Russia… todos os detentores de titulos da divida americana, resolverem vender o mico americano, não sobra pena nehuma da aquia americana!!

Jorge Nunes
Jorge Nunes
11 anos atrás

Hoje o dólar não é aparado por nada. A dívida externa dos EUA é grande demais e ultrapassa a capacidade de produção do país. O dólar hoje só amparado no fato da China continuar a comprar títulos dos EUA e seu valor nas trocas comerciais. Ou seja as trocas do petróleo por dólares internacionalmente é uma perna que sustenta o dólar. Se os países começarem a retirar o dólar das trocas com o petróleo, isso seria um grande golpe econômico nos próprios EUA, que já sofrem com isso (no caso mascaram a sua inflação na cara dura). A economia europeia… Read more »

Vader
Vader
11 anos atrás

Jorge Nunes disse: 18 de maio de 2010 às 16:18 Jorge, vc deu voltas e voltas (pensamento cíclico), fez sua propagandinha antiamericanista bem da fajuta (e qual moeda no mundo tem lastro parceiro?), mas não respondeu a nenhuma das três questões que coloquei. Repito-as então: 1. Porque a França (e a UE) insiste em sanções contra o Irão, se este negocia seu petróleo em euros? 2. Até quando será rentável ao “Zóio-Junto” vender seu petróleo em euro? 3. Porque os EUA não poderiam trocar seus dólares em euros antes de comprar o petróleo iraniano? Agradeceria se o cidadão me respondesse… Read more »

Marcelo Ostra
Marcelo Ostra
11 anos atrás

caro Caetano

continua “quardando sabados’, sobre perder tempo, alguem lhe convidou ? veio porque quis né, ? ué pq esta perdendo tempo aqui ? ‘quarde’ seu time, então chau

e se considere previlegiado pois “quardei” um chau alias um shau pra vc

(nota pos coment) ihhh o cara rodou então perde o proposito meu coment …

bom, reescrevendo

Caetano, olha aqui em baixo:

8-P

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin
11 anos atrás

Lula é forte candidato ao prêmio Neville Chamberlain 2010.

Thomas
11 anos atrás

“Lula é forte candidato ao prêmio Neville Chamberlain 2010.”

😀

Rafael
Rafael
11 anos atrás

A Inglaterra no passado pagou caro por esse “erro diplomatico”, mas por sorte era um império, possui consideravel poder militar, e um povo que sabia lutar e era orgulhoso. E nós, oque temos, como nos defenderemos, temos aliados?

Não estou menosprezando o nosso pais e nosso povo, mas só acho que hoje não somos capazes de sustentar nossa palavra, contra alguns paises.

André Oliveira
André Oliveira
11 anos atrás

1- As reações dos Estado Unidos indicam que eles nunca levaram a sério a possibilidade de sucesso nas negociações entre Irã, Turquia e Brasil. Agora estão disposto a atropelar este acordo conforme se viu nas últimas declarações da Secretária Hillary Clinton. 2- De qualquer forma, os EUA acusaram o golpe, pressentem o risco e tratam de conseguir algum documento que interfira na possibilidade do acordo recém firmado dar certo. No Xadrez diplomático dois peões colocaram a rainha em perigo. 3- As duas potências diretamente interessadas em impedir a predominância americana no Oriente Médio, Rússia e China, podem se interessar em… Read more »

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin
11 anos atrás

André Oliveira, um abraço para os companheiros do bunker da Dilma.

Jorge Nunes
Jorge Nunes
11 anos atrás

Vader, eu não fiz “propagandinha antiamericana”, só levantei um fato. O grande problema que acho hoje afeta os brasileiros é a cegueira ideológica. Que pode no futuro levar muitos brasileiros a perder muito dinheiro. Até agora não entendi isso de a economia e as posições dos EUA serem consideradas divinas e não podem ser contestadas (Nem o Vaticano tratamos assim). Mas o fato é que: China e Japão tem tem juntos algo em torno de 1,5 trilhões de dólares de títulos dos EUA. A China tem que comprar anualmente estes títulos. Os americanos têm que comprar produtos chineses para que… Read more »

Vader
Vader
11 anos atrás

Jorge Nunes: Continua não respondendo minhas três questões. Aliás, como de hábito.

Yurgen Haltz Von Vienna
Yurgen Haltz Von Vienna
11 anos atrás

Que o Iran tem posições extremistas todos sabemos, porém Israel também o é…E para negar o desenvolvimento de tecnologia nuclear e exigir acesso irrestrito à tecnologia iraniana, tem-se que haver reciprocidade, Israel deve também abrir sua tecnologia nuclear a fiscalização da ONU…Os EUA, a CEI e a CCE possuem dois pesos e duas medidas quando o assunto é evitar o acesso a tecnologia nuclear, vide o caso brasileiro.

Vader
Vader
11 anos atrás

Israel não é signatário do TNP. O Irão é.

marcos adriano
marcos adriano
11 anos atrás

que vitória do brasil!!! que vitória de lula!!!apostou para tudo e se deu bem!!!o brasil é um ator no cenário mundial!!!queremos nossa vaga no conselho da onu!! é nosso direito tê-lo.eua esta com inveja que o país consegue que eles não conseguirão do irã!!!sanções não vão adiantar nada!!só vão fazer irã cumprir os acordos!!!eua não tem moral para aplicar sanções pois,tem a bomba e deixou israel ter-la!!!!desarmamento já!!!não é possivel mundo com armas de destruição em massa.eua não fazer acordo quer impor sanções a todo custo!!!vão pagar para ver e vão se dar mal ,como sempre assim como se estão… Read more »

marcos adriano
marcos adriano
11 anos atrás

querem continuar donos do mundo!!!como se mundo fosse deles!!!querem decidir tudo!!!quem lhes deu procuração para decidir que é bom para mundo?ficão naquele clubinho fechado se congratulando-se que são donos do poder!!!viva nova ordem mundial!!!viva bric!!!viva o brasil novo ator mundial!!!mundo precisa de nos não furtaremos em ajudar!!!contra imperialismo,hegemonismo de qualquer ordem!!temos que bater de frente contra esse que se acham que saõ senhores do mundos!!que nesse novo século as coisas mudarão no conserto das nações!!!

alcinedes joao
alcinedes joao
11 anos atrás

judeus , israelenses, o segundo soa melhor ., talvez por nos sabermos que judeu e um passado tenebroso escuro e um abismo sem precedentes na antiguidade na idade media e na era moderna . Esse povo que se diz na biblia que sao amados e protegidos por um deus que foi a nos mostrado pelos romanos e que se espalhou por toda a terra a sasbedoria que a religiao nos mostrou em ser irmaos , amigos e cordiais alem de que nao devemos julga os povos pelos seus costumes e religioes . judeus sao rancorosos e odeiam o mundo .… Read more »

Últimas Notícias

Colin Powell, líder militar e primeiro secretário de Estado negro dos EUA, morre após complicações da Covid-19

(CNN) – Colin Powell, o primeiro secretário de estado negro dos EUA cuja liderança em várias administrações republicanas ajudou...
- Advertisement -
- Advertisement -