terça-feira, outubro 19, 2021

Saab RBS 70NG

Obama aceita pedido de demissão de McChrystal

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

General criticou presidente norte-americano em entrevista

Barack Obama aceitou o pedido de demissão do general Stanley McChrystal, que fez severas críticas ao presidente dos Estados Unidos em entrevista à edição americana da revista “Rolling Stone”. Para o lugar dele, Obama convocou o general David Petraeus, encarregado das forças dos EUA no Iraque e no Afeganistão.

Durante seu pronunciamento na Casa Branca, Obama disse que a conduta de McChrystal em “não condiz com a forma que deve ser definida por um comandante geral” e mina a autoridade civil e a confiança. O presidente americano afirmou também que sua decisão de mudar o comandante no Afeganistão é “uma mudança de pessoal, mas não será uma mudança na política.”

Obama disse também que não poderia manter uma “unidade de esforço” na guerra do Afeganistão, sem uma mudança de comando. Ele ressaltou que não vai “tolerar” divisão entre seus comandantes militares. “Nossa nação está em guerra”, disse durante o pronunciamento. “Enfrentamos uma luta muito difícil no Afeganistão”.

A troca de comando no Afeganistão ocorre pouco depois de uma reunião de cerca de meia hora entre Obama e McChrystal.

“Está claro que houve erro de julgamento no artigo no qual ele e seu time aparecem”, disse Obama a jornalistas ao comentar a entrevista publicada pela revista antes do pronunciamento que fará na Casa Branca e antes do encontro com McChrystal.

O general McChrystal apresentou desculpas pela entrevista ontem. McChrystal pediu desculpas pelo artigo. “Tenho um enorme respeito e admiração pelo presidente Obama e sua equipe de segurança nacional, assim como pelos líderes civis e as tropas que lutam nesta guerra [afegã], e sigo comprometido com assegurar um resultado bem-sucedido”, disse o general em comunicado divulgado à imprensa.

“Ofereço minhas mais sinceras desculpas por este perfil. Foi um erro que reflete maus julgamentos e nunca deveria ter acontecido”, admitiu McChrystal. “Ao longo da minha carreira, vivi sob os princípios da honra pessoal e da integridade profissional. O que se reflete neste artigo está muito longe” destas ideias, continuou.

A reportagem da “Rolling Stone” mostrou as tensões entre McChrystal e a Casa Branca em um momento em que Washington mobiliza milhares de tropas adicionais na guerra que entra em seu nono ano. No texto, o general faz comentários ainda sobre o vice-presidente americano, Joe Biden – “Quem é este?” – e sobre o enviado especial dos EUA para o Afeganistão e o Paquistão, Richard Holbrooke.

McChrystal disse ainda, na entrevista, se sentir “decepcionado” por uma reunião que manteve com Obama na qual não se entenderam e inclusive “traído” pelo embaixador dos EUA em Cabul, Karl Eikenberry, que se mostrou publicamente contra o envio adicional de 40 mil soldados ao Afeganistão solicitado pelo general no final do ano passado.

Antes da reunião com Obama, o secretário da Defesa, Robert Gates, se reuniu com o general e disse, em nota, que McChrystal cometeu “um erro significativo” e que as tropas não precisam “desse tipo de distração”.

Presidente afegão defende McChrystal

O presidente afegão Hamid Karzai acha que substituir o comandante americano das forças internacionais no Afeganistão, o general Staley McChrystal, não ajudará a resolver o conflito que atinge o país, declarou seu porta-voz.

“O presidente considera que estamos numa situação delicada com nossos sócios, em nossa guerra contra o terrorismo, no processo de trazer a paz e a estabilidade ao Afeganistão, e que qualquer brecha nesse processo não ajudará”, afirmou Waheed Omar.

Karzai já havia expressado sua confiança no general McChrystal durante uma videoconferência na terça com o presidente Barack Obama, acrescentou o porta-voz.

FONTE: UOL/Reuters

- Advertisement -

18 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
18 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader
11 anos atrás

Uma pena o que fez esse general. Jogou sua carreira no lixo.

Mas há males que vem para bem. Esperemos agora que as críticas e as mudanças proporcionem melhorias e atinja-se finalmente a vitória da coalizão contra os inimigos do gênero humano Taleban e Al Qaeda.

Sds.

André Oliveira
André Oliveira
11 anos atrás

Essa vitória é impossível.. Um país não ganha, aliás nunca ganhou uma guerra de conquista contra um povo que não quer se deixar conquistar….Não importa quanto bilhões de dólares ou quantas armas de última geração se utilize..Nem mesmo se os Ianques promoverem um holocausto e matarem todo o povo afegão ou eles vencerão…O povo afegão não se dobrou frente aos ingleses, não se dobrou frente aos soviéticos e não se dobrará frente aos atuais invasores….O afeganistão foi o inferno e a ruína de todos que tentaram conquistá-los…A Al Qaeda e o Taleban são apenas os sintomas de uma doença chamada… Read more »

Marine
11 anos atrás

McChrystal, fez as criticas propositalmente. Ele ja ia pedir demissao por discordar com a data de saide de julho de 2011 mas ele preferiu fazer isso pois sabia que seria sua unica chance de talvez criar um alarde suficiente para que a postura e estrategia de Obama com relacao a data fosse reavaliada. Em sintese, ele sabia que esse “escandalo” traria um debate maior ao que ele via como uma postura errada do que se ele simplismente pedisse demissao. Infelizmente na minha opiniao pessoal a guerra esta perdida enquanto esse plano for a frente. A lideranca politica americana e seus… Read more »

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin
11 anos atrás

André Oliveira, “Os afegãos são uma cultura milenar, diversa, impossível de controlar e, apesar das diferenças tribais, tem uma coesão ideológica enorme baseada o Alcorão. Sabem o que querem e não irão esmorecer…”

Plantar ópio, morar em cavernas, fazer guerra contra a vila vizinha e oprimir as mulhers, que maravilha!

André Oliveira
André Oliveira
11 anos atrás

Prezado Mikhail O seu problema é que você enxerga o mundo a partir da CNN e do que os americanos inserem no seu cérebro. Você pensa que as opiniões são suas. Elas até saem da sua mente. Mas elas carecem de uma base real e de um pouco mais de conhecimentos.. Procure fontes mais interessantes para se informar. Não questiono uma pessoa por ser a favor dos EUA. Questiono pelo fato dela seguir a cartilha da Fox e da Voice of America como um cachorrinho contente. Ou seja é um troglodita guiando outro. Tente ler alguma coisa do Professor Henry… Read more »

André Oliveira
André Oliveira
11 anos atrás

Marine No dia que os bravos fuzileiros quiserem realizar algo de bom para o próprio país eles fuzilarão toda a cúpula das empresas que enriqueçeram seus acionistas aos bilhões as custas do sangue de seus companheiros, geralmente latinos, negros ou brancos pobres que entram para as FA de lá para poderem pagar uma faculdade..Se tem alguém que acha que o governo do PT é ladrão, ou que o Serra não é santo, não sabe ainda nada do que tem acontecido no Iraque e no Afeganistão. Para chegar um dólar de material para um soldado do ocidente com o “cu na… Read more »

Marine
11 anos atrás

Nao vou entrar em debate aqui sobre a validade da guerra, ja cansei de falar com a parede aqui… Entendo a frustracao de muitos alias, se tem alguem que deveria ficar frustrado sou eu, mas se eu tivesse um dolar pra cada opiniao dada aqui nesse blog sem a menor nocao do que ocorre todo dia la eu ja estaria aposentado em Copacabana a muito tempo… Tem muita gente dos dois campos que nao quer enxergar o que nao vai com a ideologia deles quer ser pro ou contra a guerra. Todos se deixam polarizar a um extremo ou outro.… Read more »

Vader
11 anos atrás

Excelente comentário Marine. Parabéns. Estou cada vez mais desiludido com os objetivos do ForTe. Não está mais servindo ao propósito de informar, mas apenas para servir de plataforma para a propaganda político-esquerdista da tchurmitcha esquerduxa e antiamericana. Uma pena. Quanto à coalisão “vencer” a guerra, tenho uma visão diferente. Ela não precisa “vencer” nada. Precisa apenas ficar lá. Quanto tempo for preciso: 20 anos, 30 anos, 40 anos, um século, dois, dane-se. Ou o Afeganistão se tornará um país civilizado ou os inimigos do gênero humano também não terão paz nunca. Os governantes ocidentais deveriam ter a seguinte política: anunciar… Read more »

André Oliveira
André Oliveira
11 anos atrás

1 – Uma de minhas atividades profissionais envolve analisar guerras. Só que esta análise se faz pelo viés da política e políticamente o afeganistão é uma Guerra perdida. 2 – Se é para perguntar sobre as matanças Taleban, assistam as dezenas vídeos sobre ataques errados da coalização no Afeganistão que trucidaram milhares de vidas inocentes e as pessoas que passaram anos em Guantanamo simplesmente porque foram confundidas com um líder Taleban. Ninguém presta por lá. 3 – É um sofisma muito fraco dizer que os EUA invadem o país e não estão contra o seu povo. E a acusação de… Read more »

João Gabriel
João Gabriel
11 anos atrás

Veja bem caros colegas…. Quem foi que criou o Taleban,e a AL Qaeda?EUA? Não… Quem alimentou e criou essas “cobras” foram os conglomerados bélicos e banqueiros covardes,que ganham trilhões lucrando com a venda de armas para os dois lados e é claro com a venda de ópio(matéria prima da heroína,a droga mais cara que se tem conhecimento,corrijam-me se eu estiver errado por favor),tudo isso a custa de inocentes que entram para as FAs dos EUA para pagarem a faculdade ou realizarem algum sonho ou então obter o green card…. Realmente,é uma cultura bem rica e milenar,que estão em lutas cerca… Read more »

João Gabriel
João Gabriel
11 anos atrás

Sem anti-americanismo hipócrita,de modinha e esquerdista…só queria reiteirar isso…

Abçs!!

Tito
Tito
11 anos atrás

“A guerra do Afeganistão, bem ao contrário da do Iraque por sinal (diga-se lateralmente), não é uma guerra dos EUA: é uma guerra da civilização contra a barbárie. É do mundo todo. E a civilização não pode e não se dará o luxo de “perdê-la”, como parecem querer os vermelhuxos e os ridículos antiamericanos de sempre.” Perfeito Vader, não poderia me expressar melhor. O que muitos colegas não enxergam é que esta guerra teve inicio com um ataque ao nosso modo de vida, um ataque ao Ocidente. Nos todos somos “infiéis” aos olhos fanáticos do Talebam. O ataque físico foi… Read more »

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin
11 anos atrás

Giap(vietnamita?), sua comparação com Hitler é tão idiota que não merece resposta, se vc for um adolescente(age como um) cresça; se já for velhaco, meus pêsames que não tenha aprendido nada na vida. Esse relativismo barato ainda vai destruir o ocidente. Se vcs acham bonito as barbaridades que o taliban faz, só por ser calcado em uma cultura atrazada “de 3.000 anos” (sic), paciência; mas eu não compactuo com isso. Existem valores e direitos que não abro mão, não permito que sejam desrespeitados, seja contra minha pessoa, seja contra meus amigos e familiares, seja contra camponeses do outro lado do… Read more »

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Nunca me esqueço da foto que correu o mundo de uma garota, acho que tinha uns 15 anos, linda, de olhos azuis, que estava casando (casamento arranjado), com um velho de 60 anos, chefe tribal e membro do Taleban, e que além de tudo já tinha várias mulheres.

São coisas desse gênero que essa guerra combate.

Agora, se alguém prefere respeitar esse tipo de coisa, sob o pretexto de “ser uma cultura de 3.000 anos”, paciência. Estamos em lados diferentes do combate então. Eu prefiro continuar do lado da civilização, mesmo com todos os erros que ela tem.

Sds.

Andre_Oliveira
Andre_Oliveira
11 anos atrás

1 – O ocidente busca ocupar o Afeganistão com o objetivo de roubar suas vastas reservas minerais e evitar que a China tenha acesso a recursos estratégicos para o seu desenvolvimento. Quem acha qué é para exportar a liberdade é , no mínimo, uma pessoa muito desinformada. Problemas muito piores ocorrem no Iemen por exemplo e os americanos estão pouco se lixando para eles. É tudo uma questão de dinheiro fácil e de manter a máquina da guerra em ação. Sem uma guerra os EUA vão a falência.. 2 – O sistema de ação do Taleban na conduta diária das… Read more »

Tito
Tito
11 anos atrás

“Estudar nunca fez mal a ninguém”

Então amigo, tome coragem e vá a luta.

Andre_Oliveira
Andre_Oliveira
11 anos atrás

Obrigado pela sugestão Tito. 1 – Eu realmente estudo e estou, aos 41 anos, em fase de conclusão do curso de História, na USP. Ainda pretendo estudar mais sim, bem mais, pois assim eu aprendo mais e consigo ajudar no desenvolvimento do meu país. Não me incomoda nenhum um pouco admitir que estudar cada vez mais é necessário. Dessa forma nós não paramos no tempo. 2 – A Guerra do Afeganistão é uma Guerra Perdida para os americanos. Barack Obama afirmou que suas tropas começam a sair de lá em 2011 e , provavelmente após essa retirada, Afeganistão e Paquistão… Read more »

Tito
Tito
11 anos atrás

Oia, que bela barrigada amigo, só espero que esse estudo todo seja realmente para a bem do Brasil, e não apenas para cumprir uma agenda esquerdopata.
Boa sorte na conclusão de seu curso, e não se esqueça de aprender algo de verdade.

Sds

Últimas Notícias

Colin Powell, líder militar e primeiro secretário de Estado negro dos EUA, morre após complicações da Covid-19

(CNN) – Colin Powell, o primeiro secretário de estado negro dos EUA cuja liderança em várias administrações republicanas ajudou...
- Advertisement -
- Advertisement -