Home Divulgação Campanha ‘O Canhão é nosso!’

Campanha ‘O Canhão é nosso!’

495
32

“Nas comemorações do final da Guerra do Paraguai, em 1 de março de 2010, o vice-presidente do Paraguai, Federico Franco, pede a devolução do canhão “El Cristiano” para reparar a honra do povo paraguaio. Sendo um obus de grande capacidade para a época, o mesmo estreou na Batalha de Curupayti, quando o General Mitre, a frente do comando das tropas aliadas, logrou uma severa derrota e a baixa de mais de 8 mil de seus comandados. Definitivamente, dadas as proporções de formação do contingente aliado, o bronze do canhão, não ressoando mais durante os cultos, ressoou ao expulsar projéteis, para perfazer a morte de milhares de brasileiros…”

Conheça a campanha e participe do abaixo-assinado:

SAIBA MAIS:

Subscribe
Notify of
guest
32 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
V.T.G.
V.T.G.
10 anos atrás

Assinado, ele fica!

Aldo Ghisolfi
Aldo Ghisolfi
10 anos atrás

Devolver ‘El Cristiano’ é pisotear nas sepulturas de todos quantos pelearam para que ele acabasse aqui. Repugna-me mais esse gesto ideológico de puro crime de lesa pátria. Digo gesto ideológico, pois devolvendo ‘El Cristiano’ parte heróica da nossa história é apagada, o que interessa somente àqueles que desejam prestigiar as terroristas ditaduras de esquerda, do conhecimento de todos. Ele fica!

Mauricio veiga
10 anos atrás

Aldo,

Concordo em grau e gênero!!!
Ótimo comentário!!!

Abraço.

Andre_Oliveira
Andre_Oliveira
10 anos atrás

Uma vez que se trata de um artefato feito com o bronze das igrejas paraguaias eu prefiro que ele seja derretido, convertido em um cruzeiro e instalado num dos sítios de batalha no Paraguai para servir como lembrança para que em nosso continente nunca mais ocorra um conflito vergonhoso como este no qual o unico e grande beneficiado foram os financistas ingleses e muitos especuladores que construíram fortunas as custas do sangue de muitos soldados, no caso do Brasil, a maioria de negros escravos, ou Voluntários da Pátria capturados a laço pelo sertão afora. Toda Guerra é uma vergonha, mas… Read more »

Andre_Oliveira
Andre_Oliveira
10 anos atrás

Uma vez que se trata de um artefato feito com o bronze das igrejas paraguaias eu prefiro que ele seja derretido, convertido em um cruzeiro e instalado num dos sítios de batalha no Paraguai para servir como lembrança para que em nosso continente nunca mais ocorra um conflito vergonhoso como este no qual o unico e grande beneficiado foram os financistas ingleses e muitos especuladores que construíram fortunas as custas do sangue de muitos soldados, no caso do Brasil, a maioria de negros escravos, ou Voluntários da Pátria capturados a laço pelo sertão afora. Toda Guerra é uma vergonha, mas… Read more »

Andre_Oliveira
Andre_Oliveira
10 anos atrás

Houve um comentário repetido. Se possível peço aos editores que retirem o primeiro.

Andre_Oliveira disse:
29 de junho de 2010 às 10:07

Vader
Vader
10 anos atrás

Assinado: o canhão fica!

Vader
Vader
10 anos atrás

Se é para mandar canhão pro Paraguai, tá cheio deles nos altos postos da república… tem um que até quer ser “presidenta”… 🙂

Vader
Vader
10 anos atrás

No mais, a guerra sempre é uma porcaria não é mesmo? Mas é sempre bom lembrar: quem começou a guerra foi o Paraguai, que invadiu o Mato Grosso (o que derruba a desculpa de encontrar uma “saída para o mar”). Na ocasião, foram chacinados do primeiro ao último brasileiro da guarnição de Corumbá. O Ditador do Paraguai era um sujeito tão bonzinho e normal que assassinou um irmão que com ele disputava o poder quando da morte de seu pai. Posteriormente, mandou matar sua mãe. Conferiu honras militares e postos na república a seu CAVALO! Enfim, o sujeito achava que… Read more »

Andre_Oliveira
Andre_Oliveira
10 anos atrás

Isso é perda de tempo e uma tentativa tosca de dar uso político a um fato que deveria ficar nos anais da discussão historiográfica..O que a sociedade brasileira decidir fica bem decidido..O respeito a memória do Exército brasileiro passa por coisas muito superiores.. É o Exército de Guararapes, de Caxias e Osório, do cearense Sampaio, de Rondon, e, principalmente do POVO brasileiro..O Exército não é propriedade da extrema direita como ela insiste em afirmar…Aqui não cidadão..!!! Da mesma forma que partidarizam as interpretações historiográficas a fim de acusar o país de estar em franco processo de comunização mentem grosseiramente e… Read more »

Vader
Vader
10 anos atrás

O mesmo blábláblá revisionista e esquerdopata de sempre… a história vista sob um ângulo muuuuito peculiar… Sob o ângulo monetarista do materialismo histórico… Como se tudo se resumisse a dinheiro. Querem “reinventar a roda”. Não conseguirão. Não em nome de seu bizarro internacionalismo. No mais, o fato histórico é: a dívida externa brasileira foi concebida APÓS a república. Os economistas que se debruçaram sobre a questão desmascararam a ridícula tese revisionista de Francisco Doratioto de que foi a Inglaterra que “financiou” o Brasil (e os aliados) na Guerra. Não foi: o Império do Brasil tinha lá suas reservas, apesar de… Read more »

Vader
Vader
10 anos atrás

Ah, por fim, um lembrete: a ditadura Stroessner acabou há 21 anos. Mais de um quinto de século já.

E mesmo assim, o Paraguai continua pouco melhor do que era: só produz whisky falsificado, maconha e contrabando.

É um FATO (“linguagem preconceituosa do elitismo” UMA OVA!). Senão, que me mostrem o que mais o Paraguai exporta.

A soja quem produz são os brasiguaios. O resto do PIB vem da exportação da energia de Itaipú binacional, ou seja, do Brasil…

Culpa da ditadura? Ah, qualé…

Aldo Ghisolfi
Aldo Ghisolfi
10 anos atrás

Não posso deixar de responder! Essa história de devolver o canhão, porque blábláblá, é coisa de quem não tem passado, de quem não tem uma história para contar, de quem não teve avós chorando a perda de filhos e maridos, mortos nem se sabe onde. De certeza apenas que seus ossos branquejaram a pampa e o charco por causa de motivos que não criaram e que lá foram morrer apenas porque a Pátria pediu, caráco!Esse canhão, por dever de honra, de respeito, de dignidade é de todos os herdeiros dos que morreram para que ele viesse para cá! Essa histório… Read more »

Mauricio veiga
10 anos atrás

É ISSO AI GALANTE!!!

Abraço.

Aldo Ghisolfi
Aldo Ghisolfi
10 anos atrás

AO GALANTE: exatamente isso aí! E amplio tuas palavras, dizendo que não respeita ninguém, porque está pisoteando a cidadania mesma! E, para registro, a repercussão que esta campanha está tendo é mérito teu que a iniciastes aqui mesmo, atendendo um pedido. Ou estou errado e já existia algo antes?

dante caleffi
dante caleffi
10 anos atrás

Troféu são símbolos primitivos de superioridade bélica. Paraguai,tem uma história trágica resultante dessa guerra,seus efeitos perduram até os dias atuais.
O golpe de 64 ,só agravou essa situação apoiando Stroessner decrépito pedófilo que se apossou daquele país.Portanto ,um gesto de grandeza que só aproxima é a devolução. A manutenção mesquinha desse símbolo anacrônico,não engrandece e se opõe a imagem que o nosso país tem construído e como se projeta entre as nações de todos os continentes.

Wiltgen
10 anos atrás

Aldo,

Independentemente de quem foi o primeiro ou segundo a levantar a bandeira em defesa da permanência do “El Cristiano”, aqui, nós incentivamos o debate e assim como você é a favor da devolução, nós somos contra!

Mais uma assinatura!

Abraços a todos!

Aldo Ghisolfi
Aldo Ghisolfi
10 anos atrás

WILTGEN: só pode ser piada! Se realmente estás te dirigindo à minha pessoa, penso que não entendestes nada do que eu escrevi. Sou absolutamente contra a devolução, no melhor e mais singelo português possível!

Andre_Oliveira
Andre_Oliveira
10 anos atrás

Eu assinei favoravelmente a manutenção do canhão no país e acho este conflito foi uma vergonha para a América Latina..Acho mais vergonhoso ainda que esta peteca tenha sido levantada agora. A esquerda latino americana tem coisa muito mais séria a fazer do que desencavar conflitos, principalmente os desta natureza.. Não vou entrar em méritos de onde e quando começou nossa longa tradição de devedores (agora bem menos, por sinal) em respeito a seriedade do Blog.. Historiadores e acadêmicos sérios da direita e da esquerda sabem bem quando e como ela começou e ela não se iniciou na República…Até achei que… Read more »

Andre_Oliveira
Andre_Oliveira
10 anos atrás

Para as pessoas não associarem alho a bugalhos gostaria de dizer que o Brasil está tão longe de ser uma ditadura de esquerda quanto a terra está longe de Marte. Quem sabe explicar o que é uma ditadura comunista sabe que isso é uma “assombração” criada pela direita do CANSEI… A segunda categoria social no Brasil que mais ama o Lula são os banqueiros, que foram os que mais melhoraram de vida no país nos últimos anos. isso porque o Lula é comunista..E fiquem tranquilos pois Lula leu Maquiavel e Henry Ford direitinho. Ele tem a maioria do povo e… Read more »

Wiltgen
10 anos atrás

Aldo,

Me desculpe se te entendi errado!

Leandro RQ
Leandro RQ
10 anos atrás

Concordo com tudo o que o Galante falou:

“Devolver esse canhão é o fim da picada! Estão pisando nos túmulos dos soldados brasileiros que morreram nessa guerra.

Quem não respeita os soldados do passado, não respeita os do presente nem os do futuro.”

Aldo Ghisolfi
Aldo Ghisolfi
10 anos atrás

Leandro e outros: reforço tudo o que foi dito, acrescentando que não é somente sobre os túmulos dos soldados brasileiros que morreram nesta guerra que estão pisando. Estão pisando sobre a cidadania, sobre todos nós, sobre mim mesmo! Essa é a afronta! Apesar dos sapatos finos e delicados, sinto o cheiro ruim dos pés desta gente!

Marcos
Marcos
10 anos atrás

Olá Vader… Acho que vc confundiu os autores. O livro de Doratioto é único que presta em relação a guerra do Paraguai, pois tem uma visão histórica da guerra, Doratioto, aliás, é historiador formado. Em seu livro “Maldita Guerra” ele desconstrói o mito do “Paraguai potência” e da participação inglesa na guerra. O Brasil, inclusive, estava de relações cortadas com o Império Britânico naquela época. Os alienados de esquerda justamente odeiam a obra de Doratioto porque não corrobora vários mitos sobre a guerra que são ensinados nas escolas hoje em dia. Pra quem gosta de história do Brasil bem contada… Read more »

Tito
Tito
10 anos atrás

Já aderi ao abaixo assinado, vamos evitar essa vergonha.

Já basta ter de aturar pseudo historiadores esquerdopatas dizendo que o Brasil teve influencia inglesa, que foi pau mandado, que o Paraguai era uma potência industrial, etc, etc, etc, bua, bua, buaaaaaaá.

Abraços aos de boa fé

Andre_Oliveira
Andre_Oliveira
10 anos atrás

A discordância respeitosa fortalece a motivação para a pesquisa e para que se cumpra o objetivo maior deste Blog que é o de difundir uma cultura de defesa na sociedade brasileira. Segue abaixo um link para uma resenha de um historiador relativo ao que é a historiografia relativa ao conflito da tríplice aliança, como o denominam muitos. Quero salientar que neste texto o autor apresenta as diversas correntes historiográficas sobre o conflito, com foco sobre as linhas ufanista e revisionista e apresenta sua visão sobre o que deveria ser a linha acadêmica a ser explorada neste embate. A validade de… Read more »

Marcos RC
Marcos RC
10 anos atrás

Sim podemos devolver, mas não o Canhão e sim o som que ele produz será que eles querem realmente ouvir?
Se quiserem temos mais, muito mais, é só pedirem.

andresvital
andresvital
10 anos atrás

Excelentes comentários Aldo e Galante.
Já Assinei.

Aldo Ghisolfi
Aldo Ghisolfi
10 anos atrás

Cessada a discussão, por favor, aqueles que aprovam a permanência do ‘El Cristiano’ conosco, levem a campanha para seus amigos e familiares e peçam para que eles participem também, assinado o abaixo-assinado no site:

http://www.ocanhaoenosso.com.br

adlermedrado
adlermedrado
10 anos atrás

Não fui militar por puro capricho do destino, mas sou brasileiro, patriota e quando for preciso, certamente irei à luta.

Votei o abaixo assinado, estou divulgando e acho um absurdo passar pela cabeça dessa pseudo-democracia de esquerda, devolver o canhão e qualquer outro troféu de guerra.

Tenho uma pergunta: Soube que tem alguns documentos que também foram trazidos que não podem tornar-se públicos por recomendação do Itamaraty. Isso é verdade? Se for, porque?

Andre_Oliveira
Andre_Oliveira
10 anos atrás

adlermedrado: Muitos documentos já estão dispníveis e alguns são até considerados irrelevantes por quem os observou. Teme-se na verdade que algumas biografias do Exército sejam manchadas em função do tom de muitas correspondências em que diversos “patronos” acusavam-se mutuamente de casos de corrupção, incompetência e atrocidades não esclarecidas. Quem conviveu com a vida militar, principalmente em instâncias de comando sabe que muitos generais e comandantes odeiam mais seus colegas de farda do que os próprios inimigos (vide os debates entre Montgomery e Patton na Segunda Guerra, ou as discordâncias brutais entre Hitler e seu estado maior. Só cito estes dados… Read more »