quinta-feira, outubro 28, 2021

Saab RBS 70NG

Colômbia mostra ceticismo antes de reunião da Unasul sobre Venezuela

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Ministros de bloco regional discutem crise diplomática entre os dois países hoje no Equador

O ministro de Relações Exteriores da Colômbia, Jaime Bermudez, disse ter poucas expectativas sobre a reunião da União das Nações sul-americanas (Unasul) desta quinta-feira, 28, em Quito, no Equador, que discutirá a crise diplomática entre Bogotá e a Venezuela.

“Realmente não tenho altas expectativas. O secretário-geral (Nestor Kirchner) não vai à reunião. E vários ministros enviaram representantes”, disse Bermúdez à rádio Caracol.

De acordo com o chanceler, alguns dos ministros da região não consideram conveniente a reunião. “Qualquer decisão requer consenso e já sabemos a posição de alguns países”, acrescentou Bermúdez.

O ministro vai pedir que a Venezuela entregue guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que, segundo o governo de Alvaro Uribe, estão no país vizinho.

Bermúdez também descartou retirar as acusações feitas na Organização dos Estados Americanos (OEA) que levaram o presidente Hugo Chávez a romper relações diplomáticas com a Colômbia.

Para o chanceler colombiano, o governo do presidente eleito Juan Manuel Santos deve ter melhor sorte nas relações com a Venezuela.

“Tomara o governo que assuma tenha a possibilidade de conseguir a cooperação eficaz e não retórica da Venezuela nestes temas”.

FONTE: Reuters, via Estadão

BATE-PAPO ONLINE: Converse com outros leitores sobre esse e outros assuntos no ‘Xat’ do ForTe, clicando aqui.

- Advertisement -

11 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader
Vader
11 anos atrás

Eita que começa a cair a máscara do bolivarianismo canalha do nosso “Sol-da-Humanidade” e “Grande-Timoneiro”, hehehehe… Pra quem entende a linguagem diplomática isso aqui é um tapa na cara: “Uribe considera deploráveis comentários de Lula sobre crise com a Venezuela O presidente da Colômbia criticou o posicionamento do presidente brasileiro O presidente colombiano Álvaro Uribe condenou as declarações do presidente Lula sobre a ruptura das relações de seu país com a Venezuela. Em nota, Uribe condenou o fato de Lula “referir-se à nossa situação com a República Bolivariana da Venezuela como se fosse um caso de assuntos pessoais, ignorando a… Read more »

Vader
Vader
11 anos atrás

No tópico: Já sabemos quem manda nessa tal de UNASUL: os miseráveis bolivarianos continentais. Logo, a Colômbia tem mesmo que ir lá só para bater cartão: mandar um assessor de terceiro escalão, que ficará ouvindo algum estúpido discurso do palhaço de Caracas ou de seus biquinhos amestrados: o cafetão equatoriano, o índio-cocaleiro, a bocuda argentina, o guerrilheiro uruguaio, o padreco-safado ou, caso ele tenha cojones pra isso, o molusco… 🙂 Esse é o nível dos governantes continentais. Os únicos países sérios na região são Colômbia e Chile. O resto é território cubano. Quem vai resolver essa parada é o Tio… Read more »

ALDO GHISOLFI
11 anos atrás

Mais uma vez bateram no nosso líder…

Y por qué no te callas Lula?

Luis
Luis
11 anos atrás

O Lula calado é um poeta!

Pinochet74
Pinochet74
11 anos atrás

UNASUL- União dos analfabetos do Sul

CosmeBR
CosmeBR
11 anos atrás

Daqui a pouco se dirão a favor de bases americanas no Brasil.

BRASIL acima de tudo!

Tito
Tito
11 anos atrás

E outros se dirão a favor de bases das FARC.

BRASIL acima dos “vermelhinhos”.

CosmeBR
CosmeBR
11 anos atrás

Nem de um nem de outro!

BRASIL acima de TUDO!

Pinochet74
Pinochet74
11 anos atrás

Por que nós temos que optar somente por dois modelos de alianças- ou subserviente aos EUA ou subserviente a Cuba e aos bolivarianos? Por que não podemos ter uma autonomia em relação a isto como tem a India, a Indonésia, a Tailândia? Para ter projeção mundial não é necessário concordar com tudo que os EUA propugnam, mas muito menos alimentar ditadorezinhos latinos e africanos. Por uma política de defesa e uma diplomacia autonoma, de veradeira potência, não submetida a ditames ideológicos, sejam dos american hawks, seja do jurassic park comunista latino-americano.

Pinochet74
Pinochet74
11 anos atrás

“Supostos” rebeldes islamitas- como o jahmal al Islamia que mataram mais de 2000 pessoas desde 2002. 35 instrutores americanos, segundo a Foreign Affairs, fev. 2010. Ter instrutores para treinar forças especiais é bem diferente de ter sua política externa pautada por Chavez e Fidel. Aliás o próprio Exército americano recebeu instrutores israelenses em 2005 para treinar suas forças em guerra assimétrica urbana, intercambios de instrução são a coisa mais comum que existe no meio militar. E vejas bem seu analfabetismo funcional, pois onde eu escrevi “Como você disse se os EUA colocassem algumas bases aqui com o aval do governo… Read more »

Pinochet74
Pinochet74
11 anos atrás

Ops, retiro o que disse no final d0 post anterior, voce não se referia a mim, e sim ao comentário do Cosme- li apressado. Agora quem lhe deve desculpas sou eu. Giap. Portanto, desculpe-me.

Últimas Notícias

Forças Armadas da Ucrânia usam drone turco Bayraktar TB2 em Donbass

As Forças Armadas da Ucrânia usaram drones de ataque de média altitude Bayraktar TB2 em Donbass. Os drones de ataque...
- Advertisement -
- Advertisement -