Home Ministério da Defesa Brasil discute com EUA criação de base no Rio

Brasil discute com EUA criação de base no Rio

166
58

Objetivo seria reforçar combate ao narcotráfico e ao contrabando, sempre sob o comando de brasileiros

Rui Nogueira, Rafael Moraes Moura

Por sugestão da Polícia Federal, o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva discutiu ontem com o comandante do Comando Sul dos EUA, tenente-brigadeiro Douglas Fraser, a proposta de criação de uma base “multinacional e multifuncional” que teria sede no Rio de Janeiro.

A base formaria, com duas já existentes, em Key West (EUA) e em Lisboa (Portugal), o tripé de monitoramento, controle e combate ao narcotráfico e contrabando, principalmente de armas, além de vigilância antiterrorista.

Douglas Fraser passou o dia de ontem em Brasília. Após reunião de trabalho e almoço com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, o comandante americano encontrou-se com o diretor-geral da PF, Luiz Fernando Corrêa.

A PF já tem um adido de inteligência trabalhando na base de Key West, na Flórida. O Planalto está para decidir se o adido junto à base de Lisboa será um delegado federal ou um oficial da Marinha.

A base no Rio, assim como as outras duas, não admite operações sob comando de estrangeiros. Os países que aceitam participar dos programas de cooperação de combate ao crime organizado enviam adidos que atuam sempre sob supervisão dos agentes do país soberano sobre a base. A ideia é que com a base da Flórida, que vigia de perto o tráfico no Caribe, e a de Lisboa, que exerce controle sobre o Atlântico Norte, a base brasileira sirva como posto avançado de monitoramento do Atlântico Sul.

Tragédia. Key West é uma base aérea e naval que atua em cooperação com os departamentos de Defesa e de Segurança Nacional, agências federais e forças aliadas. Desde 1989, possui força-tarefa de inteligência que conduz operações contra o narcotráfico no Caribe e na América do Sul. Foi de lá que partiu o primeiro avião de resgate no caso da tragédia do voo AF 447, da Air France, em junho passado, no litoral do Brasil, perto de Fernando de Noronha. Notificada do acidente, a base mobilizou o adido brasileiro, que providenciou o início do socorro.

O grupo de agentes da força-tarefa de Key West tem como objetivo combater o cultivo, a produção e o transporte de narcóticos. Os governos britânico, francês e holandês contribuem com o envio de navios, aeronaves e oficiais. O grupo reúne ainda representantes de Argentina, Brasil, Colômbia, Equador, Peru e outros países latino-americanos.

A presença dos Estados Unidos na região começou em 1823, com o objetivo de combater a pirataria local. Foi usada inicialmente como patrulha de operações submarinas e como estação de treinamento aéreo, utilizada por mais de 500 aviadores na época da Primeira Guerra Mundial (1914-1918). Em 1940, ganhou a designação de base aérea e naval.

Em Lisboa, a base naval fica à margem do Rio Tejo, no Perímetro Militar do Alfeite. Foi criada em dezembro de 1958.

Fraser também veio ao Brasil para organizar a viagem do secretário de Defesa dos EUA, prevista para meados de abril. A visita é retribuição da viagem de Jobim aos EUA, em fevereiro, em Nova York. Em pauta, a cooperação estratégica militar entre os dois países, a compra de caças pelo Brasil e o interesse dos EUA em adquirir aviões de treinamento – a Embraer produz o Supertucano. A americana Boeing produz o F-18, Super Hornet, que está entre os três classificados na concorrência da FAB.

FONTE: Estadão

58
Deixe um comentário

avatar
58 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
44 Comment authors
AthosfalconthiagoMustafahGeneral Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Yasser
Visitante
Yasser

Desde que seja 100% controlado pelos brasileiros, vejo essa parceria como uma grande ajuda ao combate ao narcotráfico.

João Gabriel
Visitante
João Gabriel

Muito bom isso!

Em defesa da liberdade e da democracia,contra o comunismo,terrorismo e o crime organizado,uma parceria dessas é sempre bem vinda,aos esquerdas de plantão,só lamento,a farra acabou kkkkkkkk

Vitor
Visitante
Vitor

Isso ajudaria nossa PF que ja possui acordo com diversos países. Neste caso, a PF estaria dentro do que ocorre e no meio do fluxo de informacao e inteligencia mundial. Fornecendo e recebendo informacoes de uma forma mais clara e rapida.

Paulo henrique
Visitante
Paulo henrique

Não gostei, não sou um anti-americano radical, mas não nenhuma base americana no Brasil. o Brasil tem capacidade de combater o narcotràfico sozinho.

Cláudio
Visitante
Cláudio

Genial a idéia…!!!

Ela é totalmente positiva para o Brasil, assim como as Bases de combate as FARCs estão sendo para a estruturação das Forças Armadas da Colômbia.

Essa Base com os EUA (Binacional) traria uma proximidade maior entre os dois Países (algo íntimo), e serviria para os Americanos apagarem de sua mente a idéia de que o Brasil pode enrriquecer energia nuclear além do que necessita para o futuro Submarino.

Esse intercambio binacional com os Americanos excelente ao Brasil.

Vader
Visitante
Member

Excelente notícia.

lucas
Visitante
lucas

Pessima noticia o Brasil e capaz de combater sozinho o crime ñ presisa sa paises gananciosos para “ajudar” no combate

ricardo
Visitante
ricardo

Na minha opinião, nao gostei nada disso, por que o Brasil pode muito bem combater o trafico de drogas no pais só nao faz por que nao quer, nunca precisamos de ajuda de ninguem o BOPE é considerado melhor tropa de elite urbana do mundo forcas de outros paises desconhecem totalmente como se invade uma favela, entao eu acho que ai dentro tem treta.
Mas se essa porcaria for aprovada espero que seja totalmente contralada pelo Comando do Brasil.

ALDO GHISOLFI
Visitante
ALDO GHISOLFI

É algo a ser pensado, pois a proposta é para a instalação de uma base multinacional e multifuncional com sede no Rio de Janeiro. Não é apenas para receber tropas norte americanas e nem apenas para tratar apenas do problema ‘droga, portanto; é possível que essa base tenha vários quartéis pelo país, além da sede carioca. De outra banda, é de ser levado em conta que a proposta partiu da PF, o que ameniza, no meu ver a ingerência dos norte-americanos. Creio que por não estarmos combatendo eficientemente o tráfico, isso não quer dizer que devamos buscar o Tio Sam… Read more »

#Wagner
Visitante
#Wagner

Não adianta: Colônia uma vez, colônia sempre… interessante ver os aplausos a uma idéia dessas; Como disse o PERSONAGEM Darth Vader naquele filme: Yes, my Master ! Mas se realmente pegarem traficantes vai ser realmente muito bom. Tem que fazer convenios e acordos com a PF para cortar as rotas de fornecimento. Mas eles deveriam tambem criar uns bons programas educativos anti-drogas lá, e não só vir para cá, já que o maior mercado consumidor é o deles. E deveriam usar o onipotente poderio deles para destruir os cartéis do México e restaurar a Ordem… Eles ter poder para isso…

Galileu
Visitante
Galileu

Não entendo, não há produção de droga aqui, não há motivos relevantes……

Tenho muito receio que venha a se tornar como an Colombia, F15 E C17 para combater o tráfico.

Mas se for controlada por brasileiros, não vejo o porque não, se nos trouxer benefícios.

Galileu
Visitante
Galileu

Wagner, você tocou num assunto muito importante.

Uma vez vi uma foto de um soldado americano, no meio de uma plantação de Ópio no Afeganistão, que é o maior produtor do mundo.
É interessante a foto pois mostrava o soldado do país que mais consome drogas no mundo, na maior plantação dessa planta usada para produzir essa droga.

Eduardi
Visitante
Eduardi

Noticia lamentável!! pq não usa as Forças Armadas do Brasil?? e outra isso tbm mostra que o Brasil não eh capaz de resolver seus problemas internos sobre a Segurança, tirando q daki a pouco vão querer colocar bases na Amazônia para lutar contra as Farc

João Gabriel
Visitante
João Gabriel

Se o Brasil tem condições de combater o narco-terrorismo sozinho e o crime organizado,porque então até hoje não o fez de forma efetiva,compromissada e séria? até o México faz melhor…Os americanos só estão empregando a filosofia deles “se quer uma coisa bem feita,faça você mesmo”…O caso é que através de relatórios de inteligência eu suponho,eles tem percebido que aqui não se tem feito nada sério nesse sentido,que o que está sendo feito é insuficiente,porém o problema que isso está afetando o EUA de alguma forma,por isso a instalação de bases militares por aqui,estou de pleno acordo,talvez se fizéssemos por onde… Read more »

Leandro RQ
Visitante
Leandro RQ

Tem que ver como vai funcionar.

Se for um acordo bem amarrado, poderá ser muito útil. Pode até ajudar na modernização do nosso sistema de segurança pública.

Eles virão com novas doutrinas, novas políticas de ação e estratégias diferentes das que conhecemos.

Em principio a turma fica desconfiada. Mas pode ser uma boa.

Marine
Membro
Member

Ja estao procurando chifre em cabeca de cavalo… Primeiramente a iniciativa partiu da propria PF Brasileira. Ninguem esta falando em bases militares com tropas americanas permanentes em solo brasileiro. Nao tem nada a ver com isso. A intencao e um esforco conjunto pelas partes interessadas, uma uniao de forcas e monitoramento da area to Atlantico Sul que e sim uma grande area de movimento de drogas. Todo o trabalho e feito sobre controle do pais local e os unicos extrangeiros envolvidos sao os adidos que funcionam como “liaisons” para a coleta e dessiminacao de inteligencia entre os paises interessados. O… Read more »

ricardo
Visitante
ricardo

Nao acho bom, por que eles vao estar aqui dentro, vao ver como funciona a doutrina militar brasileira vao ver o treinamento do Batalhao de operacoes especiais mais temido do mundo, vao ver como os militares trabalham vao saber tudo que precisa para daqui um futuro proximo invadir o Brasil sem problemas pois vao conhecer tudo até mesmos as cidades predio por predio favela por favela, rua por rua, e vao saber os principais pontos extrategicos dos militares. Nao gostei disso nem um pouco, pode até ser que a PF que quér mas vai saber se nao esta avendo corrupcao… Read more »

ricardo
Visitante
ricardo

Ahh uma resposta para aqueles que querem que os EUA criem a base contanto que eles cumprirem o que disserem.

Só uma coisinha: QUEM DISSE QUE EUA CUMPRE O QUE FALA POMBAS, PARECE QUE SAO CEGOS, ELES SAO PARASITAS SAFADOS SEM PALVRA NENHUMA.

Vader
Visitante
Member

Ai ai ai, essa mania de que tudo do Brasil é o “melhor do mundo” realmente cansa…

felipe alberto
Visitante
felipe alberto

O Hai cof,cof… O iraque é aqui

essa não é a solução nunca foi e nunca será

se a questão fosse força uma nova ditadura de uns 2 anos e o crime organizado quebra por completo

Biel
Visitante
Biel

Não achei ruim não

Muito pelo contrario , se essa base se tornar realidade vou dormir um pouco mais tranqüilo . já tava na hora de acabar com esta farra dos traficantes , estou cansado de ver traficante fazer oq quer nesse país .

abraços

Biel apoia Boeing no FX2

da costa veigga
Visitante

somos suficientemente capas de cuidarmos de nós mesmos é só o governo dar verbas para nosso serviço de inteligencia e aotonomia para a PF e para nossas forças armadas e não precisaremos de outra bandeira qualquer para nós ajudar somos aoto suficientes em tudo. nossos politicos em vez de ajudarem o brasil e cuidarem de nossa soberania fica ajudando os outros paises querendo lugar na ONU. esses politicos tinhão que cuidar da nossa casa para depois querer aparecer e cuidar a casa dos outros

Paulo
Visitante
Paulo

Notícia velha. Este texto já foi publicado aqui mesmo no Blog. Muitos dos parágrafos (quem sabe todos) são exatamente os mesmos da vez anterior.
E como da vez anterior, continuo sendo a favor.

J Curitiba
Visitante
J Curitiba

ricardo disse:
1 de setembro de 2010 às 17:04
“…vao ver o treinamento do Batalhao de operacoes especiais mais temido do mundo, … vao saber tudo que precisa para daqui um futuro proximo invadir o Brasil… e vao saber os principais pontos extrategicos dos militares.”

Hahahahaha!!! Rapaz, vc tá de brincadeira, né? Tá de sacanagem, né? É piada, né? Ou… pior… vc realmente acredita em tudo que vc escreveu?????
Se sim, “meu” , o Fidel te espera de braços abertos te espera de braços abertos camarada! Hahahahha

J Curitiba
Visitante
J Curitiba

Quanto ao post, apesar de noticia velha, muito boa noticia! Cooperação nunca é demais!

defourt
Visitante
defourt

Que o Brasil pense muito bem nesta proposta antes!
Muito bem! Antes!

Sou a favor do diálogo. Mas lembro: se forem os mesmos militares Norte-americanos que queriam Alcântara, tempos atrás, e que nós tivéssemos permissão deles para adentrá-la…

Pense bem Brasil!
Antes!

Arthur
Visitante
Arthur

Não entendi por que “requentaste” esta notícia do final de MARÇO/2010, sem menção à data original. Se foi para provocar a discussão (atitude louvável), sugiro a indicação clara de que os fatos narrados são antigos e, infelizmente, até o momento, exercício de retórica.
O Gen. Fraser esteve no Brasil em MARÇO/2010.

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

“Ai ai ai, essa mania de que tudo do Brasil é o “melhor do mundo” realmente cansa…”

Onde Assino Vader?

Aliás, sejamos francos, quase tudo no Brasil é abaixo da média, se compararmos o número de anos que tivemos de democracia… ou ditadura “branca”… se observarmos que não temos guerra desde de 1944… não hove revolução nestes 100 anos passados… como fomos ficar tão atrasados?….

Sopa
Visitante
Sopa

Capacidade o Brasil e os Brasileiros sempre tiveram, o que não tem é VONTADE política pra isso, somos muito bem capazes de sozinhos usar inteligência para combater as drogas, mas……….!!

sDs,

claudio alfonso
Visitante
claudio alfonso

É bom ver quem são os traíras que saúdam a instalação de bases americanas no Brasil, assim vemos na prática quem além dos Ptralhas estão abrindo um precedente perigoso.

Colt
Visitante

Interessante essa cooperação. Agora, o problema principal, no meu entender, é a educação. Só existe esse tráfico todo de drogas porque pessoas compram. É tudo por baixo do pano, mas a droga está disseminada por toda a sociedade. É preciso começar a tratar o problema pela fonte, ou seja, pelos compradores. Campanhas maciças na mídia mostrando os malefícios dos entorpecentes. Propaganda na TV, rádios e internet, mostrando o caminho do dinheiro da droga, do comprador, passando pelo traficante, pelo assaltante que rouba pra pagar o vício ou pra se capitalizar e comprar entorpecente. O governo deve, começar a enfrentar esse… Read more »

Leandro Requena
Visitante
Leandro Requena

A melhor forma de acabar com o narcotráfico e o tráfico de armas é a criação de uma Polícia de Fronteira, igual os US Customs ou até mesmo a Gerndamaria Argentina.

Tropas especializadas em combater, fiscalizar e vigiar as fronteiras.

Hoje em dia nossas fronteiras estão quase sempre expostas, entra quem quer com o que desejar.

Para mudar isso, só investindo alto em uma tropa especializada.Pode até mesmo ser do Exército, tipo os Pelotões de Fronteira.

Mas tem que ser tropas com treinamento de policial de fronteira, e não de combatente do EB.

Wagner Ulisses
Visitante
Wagner Ulisses

Brasil precisa disso? Estão chamando os brasileiros de incompetentes, temos o Bope uma ótima policia e acho que os EUA tem problema demais com drogas para se preocupar com bases, não adianta EUA não da para confiar, como o amigo disse F15 para narcotráfico?

ouragan
Visitante
ouragan

“Não adianta: Colônia uma vez, colônia sempre… interessante ver os aplausos a uma idéia dessas; Como disse o PERSONAGEM Darth Vader naquele filme: Yes, my Master !” simplesmente perfeito! Ridículo essa história de que não temos capacidade para tal… temos e muita. O que acontece é que se eles acabarem de fato com a produção/consumo de entorpecentes (coisa que nunca acontecerá, vide a história da humanidade) o nosso modelo de sociedade desaba… Concordo com o que você falou: que eles reeduquem sua sociedade. Abaixo essa hipocrisía de Au Au… ou façam como em alguns paises europeus: liberem. Mas para tanto,… Read more »

fuzileiro
Visitante
fuzileiro

Cada comentário imbecil…

lucas
Visitante
lucas

esses pro americanos como VADER e outros c achão o Brasil ruim então rapa fora daqui sou totalmente contra esse base q supostamente e pra combater o crime.

rodrigo ds
Visitante
rodrigo ds

Se for para acabar com os traficantes e/ou politicos com dinheiro na cueca, sejam bem vindos, se for para melhorar nossa segurança podem transformar numa colonia americana, quem sabe respiramos um pouco de civilização.

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin
Visitante

Lendo os comentário é triste constatar que esse é o retrato do brasileiro médio, que lê e escreve(mal), mas é incapaz de compreender um texto e defender uma tese, expor suas idéias com clareza.

lOl
Visitante
lOl

Excelente comentário rodrigo ds,se for assim eu prefiro o Brasil colonia também. Eu quero respirar um pouco de civilização pelo menos um dia na minha vida enquanto eu estiver no Brasil…

DaGuerra
Visitante
DaGuerra

Muito bom. Mais ajuda na guerra contra o narco-terrorismo. A 4ª frota faz parte do convênio também? E o USMC, SEAL, NAe…? Há Há Há, seria muito engraçadas as passeatas da comunalha protestando contra a “invasão”…

Tito
Visitante
Tito

Acho que vão invadir o Brasil. heheheh

O assunto pra deixar os vermelhuxos com urticária, tem nego que não vai dormir a noite de tanto pesadelo. 🙂

Quanto a base…

…não sai, se fosse da Venefavela talvez, mas americana, não mesmo.

Biel
Visitante
Biel

Esse negocio de liberar drogas é muito indecente

Não quero ver dinheiro publico destinado a pagar tratamento medico de gente que precisa , sendo gasto com playboy vagabundo que se droga.

Gunsalmo
Visitante
Gunsalmo

Não vejo nenhum propósito oculto na criação dessa base. Acho até uma medida bastante lógica, pois o Brasil é um corredor por onde passa a droga que vai para os EUA e a Europa. Alem disso, de uns tempos pra cá, nos tornamos também um mercado consumidor importante de crack e cocaina. Isso mostra que a situação tem piorado e que o estado brasileiro não tem conseguido lidar com a questão das drogas como deveria. O episódio recente do Hotel Intercontinental em São Conrado ilustra isso perfeitamente. Os EUA são um dos principais destinos da droga que passa por aqui,… Read more »

Leandro
Visitante
Leandro

Ô!!! Essa notícia é velha!!!!

Vader
Visitante
Member

lucas disse:
2 de setembro de 2010 às 13:03

Cara, pega eu Ô! 🙂

Vai escrever mal assim na… Venefavela! 🙂

Dinho
Visitante
Dinho

Parceria é sempre muito bem vinda, pois aproxima os dois lados e criam um ambiente de cooperação. Só acredito que antes de um passo tão grande nessa direção, deveria-se adotar um modelo exclusivamente nacional. Quanto às opiniões de que não há com o que se preocupar com os EUA desembarcando por aqui, duvido que manteriam a mesma opinião se fosse firmado com outra nação, China ou Rússia, por exemplo. O discurso americano é muito bonito no papel, mas se fossem tão eficientes no combate ao narcotráfico, não deixariam tantas drogas entrarem em seu território. Se não dão conta de vigiar… Read more »

#Wagner
Visitante
#Wagner

Engraçado que acho que colocaram essa notícia aí de novo só para ferver o blog,. era óbvio que um tema polêmico desses vai fazer esquerda e direita, chavistas e anti-americanos, pró russos , servos de Washington e amantes da Direita, capitalistas e anarquistas se quebrarem no blog. É uma reportagem totalmente política. Para uma discussão militar precisamos de mais dados. Que tipo de base ? onde ? para fazer exatamente o que ? como ? com quem ? para onde ? Vão trazer meia dúzia de Fox Mulders para cá ou um esquadrão de F15s ??? Claro que se trouxerem… Read more »

#Wagner
Visitante
#Wagner

“”””Dinho disse:
2 de setembro de 2010 às 20:59

mas se fossem tão eficientes no combate ao narcotráfico, não deixariam tantas drogas entrarem em seu território.

Se não dão conta de vigiar suas fronteiras, que dirá de todo o Atlântico Sul. “”””

Perfeito. Disse tudo.

Obrigado ao Ouragan também.

Marine
Membro
Member

Wagner,

Concordo com voce que a noticia e antiga e polemica com certeza. Agora o objetivo de se repostar uma noticia dessas nao cabe a mim discutir…

Henrique
Visitante
Henrique

Não adianta criar base multinacinoal se a justiça não mantiver os traficantes e bandidos em geral atrás das grades e sob trabalhos forçados. Força tarefa, base multinacional, serviço de inteligência internacinoal etc..etc.. isso tudo vai pro lixo quando vemos os criminosos recebendo indulto de Natal pra visitar a “mamãe”.
Que se invista no EB e na PF para aí sim, criar uma força tarefa conjunta e coordenada para controlar de fato as fronteiras terrestres do país.
Abraços.