terça-feira, agosto 9, 2022

Saab RBS 70NG

França apoia Brasil como membro permanente do Conselho de Segurança da ONU

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Brasília – A ministra das Relações Exteriores da França, Michele Alliot-Marie, defendeu hoje (22) a reforma imediata da estrutura do Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU) para que o Brasil ocupe um assento permanente no organismo. O apoio da França é fundamental porque o país é membro permanente do órgão. Segundo ela, o Brasil tem desempenhado “um papel essencial” no contexto internacional.

A chanceler acrescentou ainda que o Reino Unido – que é o outro país que tem assento permanente no conselho – também apóia o ingresso do Brasil como membro permanente. Para ela, é “natural” o pleito brasileiro para ocupar um assento permanente no conselho.

“O pleito do Brasil para ter um assento permanente deve ser levado em consideração por ele desempenhar a um papel essencial [no cenário internacional]. O Conselho de Segurança ignora o papel muito essencial que o Brasil tem desempenhado para o mundo”, disse a chanceler.

A chanceler chegou ontem ao Brasil e esteve por São Paulo e Brasília. Em Brasília, Alliot-Marie se reuniu com a presidenta Dilma Rousseff, além dos ministros das Relações Exteriores, Antonio Patriota, e o da Defesa, Nelson Jobim.

O Conselho de Segurança tem a mesma estrutura desde a sua criação em 1945, com 15 membros, sendo cinco permanentes e dez com vagas provisórias, por dois anos.

Uma das propostas em discussão é que, entre os seus integrantes permanentes, sejam incluídos dois países da Ásia, um da América Latina, um do Leste Europeu e um da África. Atualmente, são integrantes permanentes do conselho os Estados Unidos, a Rússia, China, França e o Reino Unido. Já o Brasil, Japão, México, Líbano, Gabão, a Turquia, Bósnia Herzegovina, Nigéria, Áustria, e Uganda são membros provisórios do órgão.

FONTE / FOTO: Agência Brasil (reportagem de Renata Giraldi)

- Advertisement -

3 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo
Rodrigo
11 anos atrás

Da série “ser francês é”

Ser francês é não desistir nunca.

Wagner
Wagner
11 anos atrás

Tudo isso só para reconquistar o contrato dos rafale ??? Nossa que desespero da França !!

Rodrigo
Rodrigo
11 anos atrás

O problema maior são os outros a beira do cancelamento.

Últimas Notícias

Pentágono anuncia assistência adicional de US$ 1 bilhão em armas e equipamentos para a Ucrânia

Atribuído ao secretário de imprensa interino do Pentágono, Todd Breasseale: Hoje, o Departamento de Defesa (DoD) anuncia a autorização de...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -