domingo, dezembro 5, 2021

Saab RBS 70NG

Isto tem fim?

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Depois de dez meses de ocupação, Complexo do Alemão volta a ter madrugada violenta

Após uma noite de intensos tiroteios no complexo do Alemão, zona norte do Rio, a região amanheceu nesta quarta-feira com patrulhamento reforçado por parte da polícia e de militares. Seis tanques do Exército que participariam do desfile de 7 de Setembro, no centro da cidade, foram enviados ao local.

Cerca de 50 PMs também ocuparam os morros do Adeus e da Baiana, próximos ao Alemão, por sua posição estratégica. No Twitter, moradores relatam que um “caveirão” –o carro blindado do Bope– e dois carros da PM continuavam no alto do morro da Baiana nesta quarta.

A situação no Alemão, no entanto, aparenta estar mais tranquila na manhã de hoje, segundo relatos dos próprios moradores e de militares.

De acordo com o capitão Sobral, da Força de Ocupação, não houve tiroteios durante a madrugada e a situação se normalizou por volta das 23h30. Os acessos às favelas da região, que tinham sido fechados durante o tiroteio, foram reabertos.

Ainda não há uma confirmação do número exato de detidos, mas ao menos uma mulher foi presa por passar informações via rádio aos traficantes que tentavam invadir o local.

Segundo Sobral, somente uma pessoa ferida foi achada pelos soldados no Morro da Fazendinha. De acordo com o Exército, ela estava alcoolizada e havia sofrido uma queda.

A Força de Ocupação não confirmou a informação de que uma jovem de 15 anos havia morrido após ser atingida por um tiro na cabeça.

Ontem, a tia da adolescente Ana Lúcia da Silva, Carla Cristina da Silva, afirmou que a sobrinha foi atingida por uma bala perdida enquanto saía de uma escola na favela Nova Brasília. Ainda segundo a tia, ela foi levada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Penha, zona norte, e teve morte cerebral decretada.

TRÁFICO

De acordo com informações da Secretaria de Segurança, o tiroteio começou na terça (6) à noite quando um grupo de traficantes, estimado em cerca de 50 pessoas, tentou invadir o Complexo do Alemão, ocupado por tropas do Exército desde novembro do ano passado.

Fortemente armados, os traficantes atiravam em várias direções. Um dos alvos eram as lâmpadas nos postes de luz. A região ficou às escuras.

Um reforço de cerca de 100 homens do Exército foi mandado para o complexo. Policiais do Bope, equipados com um “caveirão” –o carro blindado da corporação– também se deslocaram para a área.

Todos os acessos às favelas da região foram fechados. No quartel da Força de Pacificação, na parte baixa do morro, carros de combate do Exército, do tipo Urutu, foram preparados para entrar nas comunidades.

O comércio fechou as portas mais cedo. Os moradores procuraram se refugiar em casas também na parte baixa do Complexo do Alemão. Veículos evitaram passar pela avenida Itararé, que margeia o complexo.

Além do barulho dos tiros, moradores afirmaram que também ouviam barulhos de explosões de bombas e fogos de artifício. Quem chegava do trabalho se concentrava nos acessos do morro, com medo de subir rumo às suas casas.

FONTE/FOTO: Folha.com/afro reagge

- Advertisement -

6 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marine
Marine(@marine)
10 anos atrás

E a midia brasileira continua ilustre! Desde quando existem “tanques” no estado do RJ para participarem dessa operacao?

Luiz Paulo
Luiz Paulo
10 anos atrás

Enquanto continuarem lá no Rio tratando segurança pública com o método ‘corra que a polícia vem aí’, ao invés de se prender, isso vai ser recorrente.

Sds.

Vader
Vader(@fbmenegazzo)
10 anos atrás

Texto magistral do Reinaldo Azevedo sobre o tema: “O “milagre” de Cabral e Beltrame é uma fraude, como sempre se disse aqui. Mas o Jabor quer mais… Leiam esta afirmação, que uso como epígrafe neste texto. Revelo a sua autoria daqui a pouco e explico por que ela é o emblema da uma empulhação que está em curso no Rio. “(…) soldados não podem subir [o morro] para impor uma moral oficial aos moradores. Estão lá para impedir conflitos e não para fechar bocas de fumo, que existem em Ipanema, Copacabana, Tijuca” O pau comeu de novo no Complexo do… Read more »

dududepadua
dududepadua
10 anos atrás

Vader, concordo com sua opinião, e eu mesmo escrevi um post hj sobre este assunto. Não sob a ótica de que nunca se prendeu narcotraficante ( lógico que nunca daria certo, parece que o governo “esqueceu” este pequeno detalhe), mas sobre o que a sociedade vai fazer a partir de agora.

Tá aew o link para quem quiser conferir e comentar.

dududepadua
dududepadua
10 anos atrás

Últimas Notícias

23° Esquadrão de Cavalaria de Selva recebe instrução sobre simulador da Viatura Blindada Guarani

Tucuruí (PA) – Entre os dias 23 e 24 de novembro, o 23° Esquadrão de Cavalaria de Selva (23...
- Advertisement -
- Advertisement -