segunda-feira, dezembro 6, 2021

Saab RBS 70NG

Exército recebe primeiro Guarani de pré-série

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

O Exército Brasileiro recebeu nesta semana o primeiro blindado 6X6 Guarani de pré-série da Iveco Defense. A entrega aconteceu em uma cerimônia formal ocorrida na Eurosatory.

O Guarani é um veículo anfíbio 6×6 desenvolvido pela Iveco em parceria com o EB conforme contrato formalizado em 2009.

O seu peso é de cerca de 20 toneladas, com comprimento de 26 pés. O Guarani pode transportar uma variedade de armamentos e poderá ser embarcado em aeronaves como o C-130 Hercules e o Embraer KC-390. Diversos dos sistemas do veículos são do tipo COTS (commercial off-the-shelf products).

Projeta-se uma produção de 100 veículos por ano ao longo de 20 anos. Eles serão construídos em uma fábrica no Brasil que estará completa ainda este ano.

FONTE: UPI

- Advertisement -

16 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

Esse projeto ia melhor que os outros, da FAB, aonde existe uma inexplicável “predileção” pela aviônica da Elbit.
Ou da MB, que se vendeu ao diabo, pelo sonho do submarino nuclear.

“At the ceremony, it was also announced that the Brazilian Army has decided to entrust Iveco with the development of a new version of the Guarani armoured vehicle for use by the Brazilian Infantry.”

(http://www.defense-aerospace.com/articles-view/release/3/136039/iveco-delivers-first-pre_production-guarani-afv-to-brazil.html)

Qual o problema em se fazer uma concorrência, p/ este novo veículo???
Ao invés de “colocar tdo no mesmo cesto”, como a FAB está fazendo.

ReturnOfTheKing
ReturnOfTheKing
9 anos atrás

Que boa noticia!
Quantos serão equipados com a torre com o canhao?

rsbacchi
rsbacchi(@rsbacchi)
9 anos atrás

Mauricio R. – a noticia fala em “… NOVA VERSÃO do Guarani …”.

Se é uma nova versão, significa que vai se trabalhar sobre o projeto do Guarani.

Se se vai trabalhar sobre o projeto do Guarani, não é logico que deve ser a IVECO???

Bacchi

Vader
Vader(@fbmenegazzo)
9 anos atrás

Então, salvo engano o projeto do Guarani é do EB…

Mas acho mesmo que deve ficar com a Iveco. Time que tá ganhando não se mexe…

Vader
Vader(@fbmenegazzo)
9 anos atrás

Não que o Guarani seja a sétima maravilha do mundo. Mas ao menos é novo, e é produzido aqui.

rsbacchi
rsbacchi(@rsbacchi)
9 anos atrás

Vader, ele é tão bom quanto qualquer outro.

Podemos nos orgulhar dele.

Bacchi

Augusto
Augusto
9 anos atrás

Não há por quê fazer outra concorrência porque é a mesma viatura, só que para uso da infantaria blindada. O VBTP Guarani foi originalmente elaborado para uso da cavalaria.

O veículo é tão bom quanto qualquer outro modelo produzido hoje no mundo.

Vader
Vader(@fbmenegazzo)
9 anos atrás
Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

Bom, espero ao menos que nesta nova versão, incluam o chassis em “V”, p/ proteção antí minas e ied’s.
Mesmo c/ o fim das operações no Iraque, os americanos pretendem incorporá-lo ao “Stryker”.
Qnto ao veículo ser tão bom qnto qualquer outro no mercado, sem haver sido empregado em combate e até se-lo; permanecerá a dúvida.
Mas o “Guaraní” não está sózinho nesta condição, há outros blindados novinhos de mercado na mesma condição:

BV= Blindagem virgem!!!

rsbacchi
rsbacchi(@rsbacchi)
9 anos atrás

Vader, me desculpe, mas o que quer dizer “… menos vai …”?

Sinceramente, não entendi tua mensagem!

Bacchi

rsbacchi
rsbacchi(@rsbacchi)
9 anos atrás

Mauricio R. – o Guarani é alto por que seu projeto já inclue caracteristicas que protegem sua tripulação das minas e dos IEDs.

Não ha necessidade de incluir mais alguma coisa.

Projeto pronto!

Bacchi

Bosco Jr
Bosco Jr(@joseboscojr)
9 anos atrás

“Silhueta baixa” era um requisito essencial na década de 80 onde as armas anti tanques eram os canhões e mísseis de tiro direto. Já na década de 90 estava generalizado uma série de armas que atacavam o veículo de combate por cima e ser baixinho deixou de ser vantajoso e garantia de sobrevivência. Sem falar do uso generalizado de helicópteros e hoje, dos UAVs, que observam do alto. Não é que um veículo de combate deva ser da altura de um ônibus londrino, mas ser nanico não é hoje o principal fator para não ser visto ou atingido. Sem falar… Read more »

Bosco Jr
Bosco Jr(@joseboscojr)
9 anos atrás

Vader,
Esse que você colocou não faz medo no Guarani não. rsrsrs
Só se for esse:http://www.murdoconline.net/wordpress/wp-content/uploads/2010/08/stryker-mgs-3.jpg
Rssssss

Bosco Jr
Bosco Jr(@joseboscojr)
9 anos atrás

Pelo menos em uma coisa vamos estar à frente dos americanos, que é a adoção de um canhão de calibre maior que 25 mm para nossos veículos de combate.
Eles que fiquem com aquela metralhadorinha (M-242) que nós vamos de canhão 30 mm.
Nois é nois!
Rsrssss

rsbacchi
rsbacchi(@rsbacchi)
9 anos atrás

Diante de tanta informação errada e sem nexo vou encerrar minha participação.

Boa sorte para vocês.

Bacchi

luidpossan
luidpossan
9 anos atrás

se lembro bem o guarani já tem chassis em V p/ proteção anti mina, li uma matéria q ele pode ter ate proteção anti radiação e anti biológica.

Últimas Notícias

23° Esquadrão de Cavalaria de Selva recebe instrução sobre simulador da Viatura Blindada Guarani

Tucuruí (PA) – Entre os dias 23 e 24 de novembro, o 23° Esquadrão de Cavalaria de Selva (23...
- Advertisement -
- Advertisement -