• MAN e ABB E-mobility assinam acordo de cooperação para colaboração técnica
  • Sistema de carregamento Megawatt (MCS) marca o início da cooperação estratégica
  • Cooperação se concentrará ainda mais nas necessidades dos clientes de logística

A MAN Truck & Bus, fabricante líder de veículos comerciais na Europa, e a ABB E-mobility assinaram um acordo de cooperação exclusivo, conforme anunciado pelas empresas na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas. O objetivo da parceria estratégica é trabalhar em conjunto ainda mais estreitamente, especialmente na área de pesquisa e desenvolvimento.

Thomas Nickels, vice-presidente sênior de engenharia da MAN, vê a cooperação como uma especialidade no mercado: “A cooperação na área de pesquisa e desenvolvimento é bastante rara em nosso setor. Juntamente com a ABB E-mobility, estamos nos esforçando para estabelecer uma parceria confiável, vinculativa e transparente. Já estamos começando com o desenvolvimento de produtos e padrões e estamos nos concentrando nos requisitos especiais da indústria de veículos comerciais.”

A importância da cooperação entre indústrias para todo o setor é particularmente evidente para o sistema de carregamento de megawatts (MCS), continuou Nickels: “Na MCS, estamos trabalhando com participantes de todo o setor para possibilitar capacidades de carregamento na faixa de megawatts no futuro e, portanto, um transporte sustentável e econômico de longa distância de mercadorias pesadas e passageiros. Ao cooperar com a ABB E-mobility, podemos enfrentar os desafios da nova tecnologia em um estágio inicial e impulsionar a padronização mais rapidamente.” Esses desafios incluem o padrão de comunicação ISO15118-20 e novas formas de transmissão de sinais. A base do MCS é a comunicação Ethernet, que está sendo usada pela primeira vez na eletromobilidade. Os primeiros testes de software e interoperabilidade com veículos e estações de carregamento devem ajudar a estabelecer produtos confiáveis o mais rápido possível em um ambiente de mercado emergente. É por isso que a cooperação, que inicialmente está programada para durar três anos, está se concentrando na experiência do cliente desde o início, além do desenvolvimento interno e do desenvolvimento adicional de estações de recarga, veículos e software.

“Alto desempenho de carregamento, tecnologia confiável e confiança do cliente – esses são os pré-requisitos para o sucesso da eletromobilidade no transporte de cargas pesadas e de passageiros de longa distância. Ao trabalhar em conjunto com a MAN desde a fase inicial do produto, podemos responder ainda melhor às necessidades de nossos clientes. Até 2025, queremos trazer ao mercado um produto que atenda às exigências da logística”, diz Floris van de Klashorst, vice-presidente sênior de produtos e plataformas de hardware da ABB E-mobility.

“O mercado precisa de um ecossistema que se interliga e funciona de forma confiável. É por isso que queremos desenvolver em conjunto um conceito para a interação de MCS e CCS que aborde questões como espaço, fornecimento de energia e expansão da rede. A ampla experiência da MAN nos ajuda a desenvolver soluções orientadas para o cliente – tanto para uso no depósito quanto na pista”, diz van de Klashorst, dando uma perspectiva sobre projetos futuros.

A cooperação não se limita apenas à logística: “O MCS também será usado no futuro no setor de viagens, por exemplo, para motorhomes e ônibus. Isso trará desafios adicionais e uma mudança no comportamento do usuário”, continua o chefe de desenvolvimento.

A MAN Truck & Bus é um dos principais fabricantes de veículos comerciais e fornecedores de soluções de transporte da Europa, com um faturamento anual de cerca de 11 bilhões de euros (2022). O portfólio de produtos inclui vans, caminhões, ônibus, motores a diesel e a gás, bem como serviços para o transporte de passageiros e de carga. O acionamento elétrico já é parte integrante da linha padrão de ônibus e vans MAN, e um portfólio abrangente de caminhões elétricos produzidos em série está à venda desde outubro de 2023. Juntamente com a digitalização e a automação no transporte rodoviário de cargas, a transição para a direção livre de CO2 é um pilar fundamental da estratégia NewMAN para o futuro, com a qual a empresa está se transformando de um fabricante de veículos comerciais em um fornecedor de soluções de transporte inteligentes e sustentáveis até 2030. A MAN Truck & Bus é uma empresa do TRATON GROUP e emprega cerca de 33.000 pessoas em todo o mundo. www.man.eu

A ABB E-mobility está possibilitando um futuro de mobilidade mais sustentável e eficiente em termos de recursos como líder global em soluções de carregamento de veículos elétricos (VEs). A ABB E-mobility é a parceira preferida dos maiores OEMs de VEs do mundo e das operadoras de redes de carregamento de VEs em todo o país. Oferece o mais amplo portfólio de soluções de carregamento de VEs, desde carregadores inteligentes para uso doméstico até carregadores de alta potência para as estações rodoviárias do futuro, soluções para a eletrificação de frotas e carregamento de ônibus e caminhões elétricos. Com cerca de 1.500 funcionários em todo o mundo, a ABB E-mobility já vendeu mais de um milhão de carregadores de veículos elétricos em mais de 85 mercados, incluindo mais de 50.000 carregadores rápidos DC. e-mobility.abb.com

DIVULGAÇÃO: Tamer Comunicação

Subscribe
Notify of
guest

9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
A C
A C
1 mês atrás

A eletrificacao no setor militar tem grande apelo e tambem muito potencial.

Zezão
Zezão
1 mês atrás

Recentemente, em 28 de dezembro de 2023, a ABB concluiu a venda de sua participação restante no negócio de redes de energia para o conglomerado japonês Hitachi. No entanto, essa parte do negócio relativo a infraestrutura pra veículos elétricos parece que continua no controle da ABB.

Fonte:

https://new.abb.com/news/detail/95386/abb-to-sell-remaining-stake-in-hitachi-energy-to-hitachi

Last edited 1 mês atrás by Zezão
lucena
lucena
1 mês atrás

Veículos elétricos ainda estão em fases laboratoriais … ainda esbarram em questões práticas com relação ao consumidor. . Um camião para abastecê-lo em um posto normal … não leva mais que 2 horas..( presumo ) … já para carregar uma bateria deverá ser igual ou pouco acima da hora de abastecê-lo com diesel. . E para aqueles que teria carro elétrico mas não tem garagem … como carregar a bateria desse carro ? .. moro em condomínio onde a vaga é rotativa isso ficaria quase impossível em ter carro elétrico . . Como se pode vê … para alguns o… Read more »

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  lucena
1 mês atrás

Não sei aí, mas na Europa o carro eléctrico já vende muito mesmo e cada vez se vê mais eléctricos.

lucena
lucena
Reply to  Rui Mendes
1 mês atrás

Em muitos países da Europa a questão polêmica … é quanto a sua matriz energética… visto que o escopo da questão do veículo ser elétrico é a questão do meio ambiente .. . A matriz energética em alguns países europeu ainda é o gás ..já outros … o carvão …e outros …a energia atômica .. em fim.. fica para alguns países …que defendem o meio ambiente… a sua ambiguidade da sua posição quanto a sua política do meio ambiente .. que muitas das vezes são contraditória com a a questão do meio ambiente. . Já o gás de hidrogênio …… Read more »

bruto
bruto
Reply to  Rui Mendes
1 mês atrás

o costume europeu sao mais apegado pelo ambiental

Fred jorge
Fred jorge
Reply to  Rui Mendes
1 mês atrás

Na Europa realmente se vê muitos pontos em vias públicas, na América Latina, ” Brsil6′ percebo que estamos caminhando em passos lentos, presente já foi, k futuro é hoje realmente…

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
1 mês atrás

Sabemos que os veículos elétricos estão ganhando mercado e isso é inevitável, mas é minha obrigação como entusiasta trazer para o assunto militar…rs….isso me faz questionar e colocar na balança os pós e contras uma operação com essas viaturas 100% elétricas de todas as classes. Por um lado as operações com essas viaturas elétricas se tornam mais furtivas devido a baixa assinatura acústica, esses dias li um artigo de uma moto offroad 100% elétrica sendo testada e que seria ideal para equipes de reconhecimento leves/pqd…por outro lado como ficaria o suporte logísticos dessas viaturas?…lembrando que uma operação de ataque é… Read more »

Senor batata
Senor batata
1 mês atrás

Maior revolução do transporte rodoviário de cargas será a adoção de veículos autônomos em larga escala. Com isso o gargalo q alguns países tem (Canadá e EUA por ex.) seja superado. E nesse embalo veículos elétricos trazem vantagens TB em especial pela disponibilidade de torque e manutenção simplificada. Mesmo a recarga levando mais tempo não creio q seja grande empecilho comparado com as vantagens trazidas.