quinta-feira, outubro 6, 2022

Saab RBS 70NG

Líbia: eleições dia 7 de julho e resistências

Destaques

Alexandre Galante
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

1. No mais sério incidente, até o momento, antes das eleições de 7 de julho, cerca de 300 homens armados invadiram a sede da Comissão Eleitoral Nacional em Benghazi, destruíram seus computadores, urnas e materiais de votação, enquanto gritavam frases em favor do federalismo no país. No mesmo dia, na região de Kufra, Issa Abdel-Majid, líder da tribo “tabu”, uma das mais importantes etnias do sudeste líbio, declarou que seu povo “boicotará as eleições nacionais do dia 7”, se o governo (Conselho Nacional de Transição) não retirar as tropas e os tanques que tinha enviado para intervir nos recorrentes conflitos intertribais naquela área, que se agravaram na semana passada, causando centenas de vítimas.

2. Prevalece, ainda, o otimismo com o sucesso da realização das eleições. As informações acima confirmam os reiterados prognósticos sobre a escassa possibilidade de manter-se uma Líbia unida.

FONTE: Ex-Blog do Cesar Maia

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias

Impressões de um oficial do US Army sobre os exércitos da Rússia e da Ucrânia antes da guerra – PARTE III

por Mark Hertling (*) Depois do meu tempo O Coronel-General Vorobyov e eu perdemos contato depois que me aposentei em 2013...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -