quinta-feira, outubro 28, 2021

Saab RBS 70NG

Novo míssil balístico russo começará a ser construído ainda esse ano

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Um novo míssil balístico intercontinental de combustível líquido e 100 toneladas começará a ser construído ate o final deste ano. A informação foi transmitida nesta sexta-feira (19) à agência “RIA Nóvosti” pelo conselheiro do comandante da Força de Mísseis Estratégicos, o general aposentado Víktor Esin.

“No início de outubro, o Ministério da Defesa russo aprovou o projeto preliminar do novo míssil, pedindo aos engenheiros para rever alguns aspectos”, disse Esin, acrescentando que os trabalhos de pesquisa e desenvolvimento já tiveram início.

O anúncio está de acordo com as declarações anteriores do comandante da Força de Mísseis Estratégicos, Serguêi Karakáev, à agência de que a Rússia iria construir um novo míssil balístico intercontinental até 2018.

O novo aparato substituirá o míssil balístico pesado R-36M2 “Voevoda”, conhecido no Ocidente como Satanás, que é capaz de carregar uma carga útil de até 10 toneladas.

Todos os mísseis balísticos intercontinentais anteriores projetados para lançamento a partir de submarinos (Bulavá) ou da terra (Tópol-M e Iars) eram de combustível sólido.

FONTE: Agência RIA Novosti, via Gazeta Russa (edição pelo Forças Terrestres. Título original: “Construção de novo míssil balístico começará até o final deste ano)

IMAGEM: pravda.ru

- Advertisement -

4 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bosco Jr
Bosco Jr
9 anos atrás

Essa informação não tem nem pé nem cabeça. A tradução da Gazeta Russa não condiz com a realidade.
Improvável estarem desenvolvendo um ICBM de combustível líquido de 100 toneladas nessa altura do campeonato agora que desenvolveram o Topol/RS-24/Bulava de combustível sólido.
Também agora que há uma série de tratados limitando a quantidade de armas nucleares entre os EUA e a Rússia a não mais que 2200 artefatos.
Mas vamos esperar pra ver se os russos estão mesmo desenvolvendo esse ICBM já tendo o RS-24.

Uitinã
Uitinã
9 anos atrás

Como na matéria diz esse novo míssil vem pra substituir o R-36M2 que e um míssil de combustível liquido, segundo dados foram produzidos desde de 1974 300 desses monstros, uma parte foi desabilitada e a outra parte de cerca de 150 ficou na reserva e são utilizadas devido ao seu tamanho como VLS podendo colocar uma carga de 4500 kg a 650 km de altitude, recebeu o nome de Dnepr desde de 1999 colocou 17 satélites em orbita e deve ficar ativo até 2020 assim os russos não precisaram tão rápido de um novo VLS. Retirei essa parte de outro… Read more »

Bosco Jr
Bosco Jr
9 anos atrás

Pois é Uitinã, até ai tudo bem, mas como esperam substituir o SS-18 usando tecnologia ultrapassada de combustível líquido? Quanto a ser capaz e fazê-lo, são duas coisas totalmente diferentes. O R-36 (SS-18) pode até ser capaz de transportar 10 ogivas de 750Kt, mas com certeza não o fazia há muito tempo por força do tratado de redução de armas nucleares. Igual ao Minuteman III que pode levar 3 e hoje só leva 1. Ou o Trident II que pode levar 14 e hoje só leva no máximo 4. Ou os aposentados MX (Peacekeeper) que podiam levar 10 e nem… Read more »

Bosco Jr
Bosco Jr
9 anos atrás

Apesar dos russos terem hoje 4 ICBMs diferentes, eles tendem a padronizar ficando apenas com o TOPOL (SS-27) de ogiva única (SRV) e com o RS-24 (SS-29) dotado de MIRVs, os dois de combustível sólido, abandonando os SS-18 e SS-19, gigantes de combustível líquido que devido a imprecisão quilométrica, exigiam ogivas altamente poderosas.
Com o compacto SS-27 (TOPOL) e seu derivado de ogivas múltiplas, o SS-29, os russos se equipararam aos americanos em relação aos seus Minutemans.

Últimas Notícias

Forças Armadas da Ucrânia usam drone turco Bayraktar TB2 em Donbass

As Forças Armadas da Ucrânia usaram drones de ataque de média altitude Bayraktar TB2 em Donbass. Os drones de ataque...
- Advertisement -
- Advertisement -