domingo, outubro 24, 2021

Saab RBS 70NG

‘Homem de Ferro’ serve de inspiração para futuros soldados

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

US Army RDECOM

Equipes de pesquisas do Exército norte-americano trabalham no desenvolvimento de uma armadura de alta tecnologia que dará aos soldados “uma força sobre-humana” como a da personagem dos filmes de ação do ‘Homem de Ferro’.

Esta armadura revolucionária, que em inglês será conhecida como “Tactical Assault Light Operator Suit” (ou Talos), terá um esqueleto externo para permitir ao soldado transportar equipamento pesado, um computador e proteção balística, além de um sistema de controle de sinais vitais, explicou o Exército norte-americano.

“Algumas tecnologias que estão sendo pensadas para o Talos incluem uma armadura avançada, computadores que permitem ao soldado saber onde se encontra a qualquer momento no campo de batalha e comunicar com o seu comandante, além de um sistema de alimentação elétrico e um esqueleto exterior muito móvel”, segundo o Exército.
O comando de operações especiais norte-americano lançou um apelo especial aos pesquisadores para que apresentem projetos de tecnologias que possam ser incorporadas numa “armadura de combate inteligente”. Os projetos poderão ser apresentados até setembro de 2014.

Um vídeo de demonstração deste tipo de armadura, divulgado pelo Exército dos EUA, mostra um soldado com equipamento inspirado na fição científica. Apesar de reconhecerem que o Talos é parecido com a armadura de Tony Stark no filme “Homem de Ferro”, os militares defendem que a armadura do futuro, ao contrário da do super-herói, não permitirá voar.

FONTE: AFP

- Advertisement -

2 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
edurval
edurval
8 anos atrás

Senhores,

Achei a noticia interessante, mais pergunto, será que as FA dos EUA estão preparadas para o custo da “Armadura”?

Essa noticia me parece indicar que as perdas humanas estão cada vez menos aceitáveis pela sociedade americana, acho que essa “armadura” permitiria um menor efetivo em um exercito de intervenção, concordam?

Alias não seria mais produtivo e mais fácil a construção de drones de batalha ?

Vida Longa e Prospera a Todos.

Sniper
Sniper
8 anos atrás

Uns 12000 BTUs pra lutar no deserto ja deve ser suficiente rs

Últimas Notícias

Recife (PE) sediará a nova Escola de Formação de Sargentos do Exército

O CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO EXÉRCITO INFORMA: Na 339ª Reunião do Alto Comando do Exército, realizada de 18 a...
- Advertisement -
- Advertisement -