Home Clipping Jordânia: Membros do serviço de inteligência foram mortos em ataque terrorista

Jordânia: Membros do serviço de inteligência foram mortos em ataque terrorista

1836
3

ng6964665

Cinco membros do serviço de inteligência foram mortos hoje em “ataque terrorista” contra o escritório no campo de refugiados palestinianos de Baqa`a, no norte da capital da Jordânia, anunciou o Governo.

“O escritório de inteligência no campo de Baqa’a foi alvo de um ataque hoje, pouco antes das 07:00 horas, que resultou na morte de cinco dos seus membros”, anunciou o porta-voz do Governo jordaniano, Mohammad al-Momani.

O porta-voz disse que um guarda, um funcionário e três suboficiais foram mortos no ataque, que coincide com o primeiro dia do mês santo do Ramadã para os muçulmanos.

A Jordânia participa desde 2014 na coligação internacional, liderada pelos Estados Unidos, contra a organização extremista Estado Islâmico (EI) no Iraque e na Síria.

Em março, Amã anunciou que havia frustrado os ataques do grupo Estado Islâmico após uma ampla repressão, que resultou na morte de sete ‘jihadistas’, o que levantou preocupações sobre a ameaça terrorista na Jordânia, que faz fronteira com a Síria.

FONTE: DN

3
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
joão silvaCarlos CamposMarco Araújo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marco Araújo
Visitante
Marco Araújo

A foto, parece-me ser das Equipas de Prevenção e Reação Imediata, da Polícia de Segurança Pública, força de segurança civil portuguesa.
Pela Ordem e pela Pátria.
Saudações de Portugal e continuem com o bom trabalho.

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

não é de se estranhar isso, afinal é fácil entrar na Jordânia, mas agora saber quem eram os alvos, isso é difícil acho que houve vazamento da inteligência Jordaniana.

joão silva
Visitante
joão silva

sim a foto não tem nada a ver com a Jordânia, trata-se sim das Equipas de Prevenção e Reação Imediata (EPRIS), da Policia PORTUGUESA