Home Exército Brasileiro Início do embarque do 24º Contingente para o Haiti

Início do embarque do 24º Contingente para o Haiti

2672
10

24 CONTBRAS - 1

Brasília (DF) – O Comando Militar do Planalto deu início, no dia 19 de junho, ao embarque dos militares que comporão o 24º Contingente Brasileiro (CONTBRAS) de Força de Paz da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (MINUSTAH).

Esse novo Contingente, oriundo principalmente do Comando Militar do Planalto, está sendo desdobrado em Porto Príncipe, com a missão de contribuir para a manutenção de um ambiente seguro e estável, bem como de prestar apoio às atividades de assistência humanitária e de fortalecimento das instituições nacionais

A formatura preparatória para o embarque ocorreu no 16º Batalhão Logístico e contou com a presença do Comandante Militar do Planalto, General de Divisão Cesar Leme Justo, e do Comandante da 3ª Brigada de Infantaria Motorizada e coordenador do Preparo do 24º Contingente do Batalhão Brasileiro de Força de Paz (BRABAT 24), General de Brigada Heber Garcia Portella, além de familiares dos integrantes do Contingente.

24 CONTBRAS - 2

A Missão no Haiti
O Brasil possui tropas no Haiti desde o ano de 2004 e já empregou, nesse país caribenho, considerando apenas o Exército Brasileiro, mais de 26.200 militares. As tropas recebem constantes referências positivas por sua atuação nessa importante missão da Organização das Nações Unidas (ONU).

O BRABAT 24 é composto por 610 militares do Comando Militar do Planalto e, ainda, 75 integrantes da Marinha e da Aeronáutica. O embarque está sendo realizado por escalões, no Aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília, e a previsão é que até o dia 26 de junho todo o CONTBRAS já esteja em solo haitiano, para uma missão que deve durar aproximadamente oito meses.

FONTE: EB

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Renato Vieira
4 anos atrás

[…] 24° contingente, 25°, 26° … Quando isso vai acabar? Quando nossas forças vão parar de gastar os já escassos recursos em projetos e Missões que são verdadeiros incineradores de dinheiro e que pouco ou nada contribem para o nosso país? Já falei aqui em outra ocasião, se quer empregar as FFAA em missões reais temos vários Haitis aqui, temos vizinhos complicados e fronteiras desprotegidas então parem com essa mania de mostrar o que não somos e comecem a cuidar de nossas estradas, de proteger nossas fronteiras visando atenuar a entrada de .30 , .50 , 762 , 556 ,… Read more »

Delfim Sobreira
Delfim Sobreira
4 anos atrás

Pois é. o Temer bem poderia acabar com isso, o Canadá não ia pro Haiti ?

Dan
Dan
4 anos atrás

Compartilho da opinião Renato Vieira

Yuji N.
Yuji N.
4 anos atrás

Me desculpe Renato Vieira.
Todos sabemos que o que você está falando é verdade. Mas não podemos ignorar o sofrimento do povo haitiano, não estamos mostrando nosso poderio militar ou econômico, apenas a nossa solidariedade.
Nós brasileiros, compartilhamos do mesmo sofrimento dos haitianos, a miséria que a currupção e a má gestão traz, então não devemos ser como os nossos políticos que tanto criticamos, e virar as costas para os mais necessitados. Vamos parar de pensar apenas em si próprios, e sim contribuir para um mundo melhor para todos. Mais do que brasileiros somos todos HUMANOS.

Yuji N.
Yuji N.
4 anos atrás

Renato Vieira.Me desculpe. Todos sabemos que o que você está falando é verdade. Mas o povo haitiano compartilha dos mesmos sofrimentos que a currupção e a má gestão traz a nós. Entendemos bem, sentimos na pele que eles estão passando. Por isso esta missão é HUMANITÁRIA, não é para mostrar o nosso poder militar ou econômico, estamos mostrando o que o povo brasileiro realmente carrega, a solidariedade. Não podemos nos igualar aos nossos políticos que tanto criticamos, e virar as costas para os mais necessitados. Vamos parar de pensar apenas em si próprios, e sim deixar a nossa contribuição para… Read more »

Leonardo
Leonardo
4 anos atrás

Eu também compartilho da opinião do Renato Vieira. Adoraria ver um Brasil grande, mas no momento precisamos nos concentrar nos nossos problemas.

Soldat
4 anos atrás

Maneiro finalmente as opiniões estão mudando!

Brasil acima de tudo e de todos……

Alexandre Samir Maziz
4 anos atrás

Concordo caro Renato , vamos vigiar melhor nossas fronteiras e deixar o Haiti de lado , temos vários problemas dentro “de casa” para resolver , “Brasil para os Brasileiros” ,abraços !!!

Kolchak
Kolchak
4 anos atrás

parece que o Haiti se tornou o 28º estado brasileiro.

Gustavo S.
Gustavo S.
4 anos atrás

Me dá ânsia ao ler certos comentários aqui no blog, cujo o qual, eu acompanho há anos pela seriedade do trabalho em informar dos editores. O Brasil não deve nada ao Haiti. Não temos que ser babás deles. Eles não são nossa responsabilidade. Não é problema nosso! São bilhões e mais bilhões de reais de dinheiro público indo pelo ralo com estas tais missões de paz. É por isso que esse país está do jeito que está, por ter pessoas querendo que sejamos a mãe dos pobres de todo o mundo, enquanto que o Brasil registra a cada ano recorde… Read more »