Home Conflitos em andamento Militares chineses vão fornecer ‘ajuda e assistência de treinamento’ para governo sírio

Militares chineses vão fornecer ‘ajuda e assistência de treinamento’ para governo sírio

3860
18
admiral-Guan-Youfei
O oficial diz que a China vai continuar o intercâmbio e a cooperação com militares sírios

Os militares chineses vão fornecer ajuda e assistência de treinamento para o governo sírio, segundo militar chinês que visitou o ministro da Defesa sírio em Damasco, no último domingo.

O movimento é outro passo dado por Pequim para fortalecer o engajamento no Oriente Médio. Pequim nomeou Xie Xiaoyan, seu ex-embaixador para o Irã, como seu enviado especial para a Síria em março.

A delegação militar chinesa para a Síria, chefiada pelo contra-almirante Guan Youfei, diretor de cooperação internacional da Comissão Militar Central, reuniu-se com Fahd Jassem al-Freij, vice-primeiro-ministro e ministro da Defesa da Síria, informou a agência Xinhua nesta terça-feira.

“Eles chegaram a um consenso sobre o reforço de treinamento do pessoal e militares chineses que oferecem ajuda humanitária para a Síria”, disse o relatório Xinhua, sem dar mais detalhes.

Al-Freij agradeceu ao governo chinês e militares por sua ajuda, enquanto Guan disse que o Exército Chinês estava disposto a continuar o intercâmbio e a cooperação com os militares sírios.

Guan também se reuniu com o tenente-general Sergei Chvarkov, chefe do centro russo para a reconciliação de lados opostos na Síria na segunda-feira.

FONTE: South China Morning Post

Subscribe
Notify of
guest
18 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Isaque freitas
3 anos atrás

Com certeza assad vai vencer essa guerra

augusto
augusto
3 anos atrás

Movimento bem pensado pelos Chineses só entraram no conflito depois de saberem quem já ia ganhar. Mais uma coisa SINK ROAD 2.0 a vista !

Carlos Campos
Carlos Campos
3 anos atrás

Finalmente a China mostra que realmente está presente no conflito, pelo visto o Assad vai ganhar mesmo, mas pode perder também.

wwolf22
wwolf22
3 anos atrás

Assad venceu a guerra quando o Ira, Hezbollah e a Russia se juntaram ao seu favor e não com a ajuda dos china…

Renato B.
Renato B.
3 anos atrás

Isso significa dinheiro, o que é um alívio para os russos. Para os chineses é uma chance de testar algumas coisas e mostrar o que sabem.

wwolf22
wwolf22
3 anos atrás

a China esta brincado em outro quintal americano… eles não estão pra brincadeira….
vejo num futuro próximo uma união entre Russia e China…

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
3 anos atrás

Israel está de olho!!!

Mas como são as coisas né, esse ditador Assad, que atira contra a própria população, sendo bajulado assim. Não vai cair tão cedo!!!

Mas, logo ali também tem outra ditadura saudita apoiada pelos EUA, então tá tudo certo. Tabuleiro de xadrez este Oriente Médio.

E pensar que o Brasil quase se meteu nessa briga de cachorro grande no caso do Programa Nuclear Iraniano.

XFF
XFF
3 anos atrás

Marcelo Andrade 17 de agosto de 2016 at 14:52 ,

Isso mostra que o que você está falando não é verdade.Assad defende o seu povo contra os terroristas financiadas pelos EUA, Arábia Saudita para derrubar o governo Sírio para colocar um fantoche no poder.
A China está consciente que precisa ajudar Assad, poisos EUA podem tentar fazer uma revolução coloridas na China também. Tentaram fazer no Irã alguns anos atrás , mas não deu certo.

wwolf22
wwolf22
3 anos atrás

XFF,
exatamente isso…

Lucas Lima
Lucas Lima
3 anos atrás

Assad é algo necessário em uma Síria onde o povo não consegue viver sem uma ditadura

Carlos Campos
Carlos Campos
3 anos atrás

XFF kkkkkkkkkkkkkkkkk Assad defende seu povo kkkkk ele defende seu poder, o problema é que tinha umas mortes e agora virou um genocídio, a Síria e o OM so funciona na base da mão de ferro.

Emerson R.B
3 anos atrás

“wwolf22 17 de agosto de 2016 at 14:18 “”vejo num futuro próximo uma união entre Russia e China…”
LOL em que mundo vc vive wolf?????Essa união ja acontece a pelos menos 60 anos.Volta pra terra meu caro…. =/

carlosegoes
3 anos atrás

Assad defende apenas ele. Mas ele é um mal necessário, pois sem ele, poderia ser alguém bem pior no poder lá. Quem de certa form segurou as pontas com o Estado Islamico foi ele, caso contrário, estariam no Líbano hoje.

jose luiz esposito
jose luiz esposito
3 anos atrás

Muito bom a atitude chinesa , os EUA destruíram o Iraque, a Síria e a Líbia , mas com a intervenção da Rússia e agora a ajuda chinesa , Quebraram a Cara!

TTTT
TTTT
3 anos atrás

Na minha opiniao iraque,coreia do norte,siria,ira,china e russia tinha q sevtd destruida vejo eles como novas alemanhas nazistas é o q melhor q se faz com nazista é matar porque eles quando puderem nao pensaram 2 vezes em nos matar !

junior
3 anos atrás

Com tanto país estrangeiro na Síria esses grupos terroristas não vão acabar nunca, podem até tomar o território deles mas iraõ continuar existindo e promovendo uma série de atentados na Síria. A Rússia e os EUA não aprenderam nada de quando invadiram o Afeganistão e o Iraque…

junior
3 anos atrás

Agora entrou a China que virou a maior importadora de petroleo do mundo, nem tem interesse nenhum no oriente médio rsrs

Renato B.
Renato B.
3 anos atrás

A China ficou esperando e parece ter escolhido o seu lado. Acreditam que Assad vai ganhar e provavelmente querem ganhar não apenas influência no Oriente Médio, mas uns bons bilhões com a reconstrução do país.

Significa que estão apostando que o fim do conflito está próximo e querem ficar do lado que vai ganhar. Especialmente depois que russos e iranianos fizeram a parte sangrenta do trabalho.