Home Adestramento Exercício militar Aurora 17 na Suécia coincide com o Zapad 2017 da...

Exercício militar Aurora 17 na Suécia coincide com o Zapad 2017 da Rússia

3573
13
Soldados suecos em treinamento

Tropas francesas e norte-americanas se dirigem para Gotemburgo, enquanto começa o maior exercício militar da Suécia em 20 anos

O maior exercício militar sueco em mais de 20 anos começou em Gotemburgo, com unidades de defesa aérea francesas e americanas, bem como outras tropas estrangeiras que se juntaram aos suecos no exercício Aurora 17 de mais de 20 mil militares.

Ocorrendo entre os dias 11 e 24 de setembro, o Aurora 17 envolve um total de 19 mil soldados suecos, bem como 1.435 soldados dos EUA, 120 da França e outras unidades da Finlândia, Dinamarca, Noruega, Lituânia e Estônia. O exercício começa na costa oeste da Suécia e também abrangerá a área de Estocolmo, o vale Mälaren e a ilha báltica de Gotland.

O primeiro evento, que pratica o “Apoio da Nação Anfitriã” em Gotemburgo, envolve o teste da “capacidade de receber e prestar apoio a outras nações, um elemento importante em um momento de crise”, de acordo com as Forças Armadas suecas.

A partir de 11 de setembro e até o dia 20, cerca de 1.200 soldados suecos, bem como 200 das unidades de defesa aérea francesas e americanas, participam da primeira fase no Aeroporto Landvetter de Gotemburgo, bem como do porto da cidade e da ilha de Hisingen.

A demosntração de força ocorre em um período em que a defesa sueca está em foco após o aumento da atividade militar da Rússia na região do Báltico. Em junho, a Suécia convocou o embaixador da Rússia depois que um caça SU-27 voou perigosamente perto de um avião de reconhecimento sueco no espaço aéreo internacional acima do mar Báltico.

O governo de coalizão da Suécia recentemente concordou com um novo acordo de defesa no valor de 2,7 bilhões de coroas (US$ 334 milhões) por ano até 2020 com dois dos partidos de oposição de centro-direita. A conscrição também foi trazida de volta para fortalecer o número de tropas disponíveis para as Forças Armadas suecas após as unidades de recrutamento não conseguirem produzir resultados.

O exercício Aurora 17 custará à Suécia cerca de 580 milhões de coroas, cerca de duas vezes mais do que as Forças Armadas geralmente gastam em exercícios militares em um ano inteiro, de acordo com a SVT. O governo sueco argumenta que uma situação de piora da política de segurança na Europa significa que as capacidades de defesa da Suécia e a cooperação com outras nações da região precisam ser fortalecidas.

“Aurora é a maior operação em 23 anos, onde o Exército, a Força Aérea e a Marinha colaboram em um exercício. O treinamento é um importante sinal da política de defesa. Isso eleva o limiar contra diferentes tipos de incidentes e fornece uma base importante para avaliar nossas capacidades militares “, disse o ministro da Defesa, Peter Hultqvist, em um comunicado.

A Suécia não é membro da OTAN, mas fortaleceu os laços com a aliança nos últimos anos diante das advertências russas de que uma OTAN em expansão seria vista como uma “ameaça”. O país nórdico tem um Acordo de Apoio à Nação Anfitriã (HSNA) com a Otan, o que significa que helicópteros, aeronaves e navios podem ser transportados por membros em todo o território sueco após o convite da Suécia.

Em julho, o tenente-general dos EUA, Ben Hodges, que é um comandante geral do Exército dos EUA na Europa, destacou a importância de Gotland, dizendo: “Não creio que haja nenhuma ilha em qualquer lugar que seja mais importante”.

Ao mesmo tempo que o Aurora 17 começa, as forças russas e bielorrussas estão se preparando para iniciar seu próprio grande exercício militar conjunto em 14 de setembro. O exercício Zapad 2017 (“Oeste 2017”) começará no enclave russo de Kaliningrado, depois se moverá para a Bielorrússia e, finalmente, para a Rússia continental.

Blindados suecos CV90

FONTE: thelocal.se

Subscribe
Notify of
guest
13 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bueno
Bueno
2 anos atrás

Os exércitos estão exercitando , China e Paquistão ‘Shaheen VI’ , – Georgia Agile Spirit – Battle Goups NATO

Não é só aqui, Soldado com a mão no carregado na foto 1.

Agnelo
Agnelo
2 anos atrás

Bueno 14 de setembro de 2017 at 16:50

Bem lembrado! “Os exércitos estão exercitando , China e Paquistão ‘Shaheen VI’ , – Georgia Agile Spirit – Battle Goups NATO”

Bem observado! “Não é só aqui, Soldado com a mão no carregado na foto 1.” Já podemos dar credibilidade pro nosso Sd aqui!

DaGuerra
DaGuerra
2 anos atrás

O exercicio multinacional na tríplice fronteira em Tabatinga-AM também está em preparação.

Joshua
Joshua
2 anos atrás

Até agora nenhum comentário sobre o primeiro soldado empunhando o fuzil com a mão no carregador e não o correto que é no punho tático do fuzil?
Se fosse um soldado do EB brasileiro tava cheio de comentários desaprovando tal posição.

Leandro Costa
Leandro Costa
2 anos atrás

Joshua, dois dos três comentários acima do seu mencionaram isso.

joshua
joshua
2 anos atrás

Leandro Costa,
Verdade acabei não observando atentamente os comentários.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

Tem a Finlândia de barreira, ajuda muito.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
2 anos atrás

Joshua 15 de setembro de 2017 at 6:51 É o da primeira foto ? Pegar como ele pegou não tem problema algum, só deixa o tiro um pouco mais instável, mas em um ambiente de tiro a curta distância é mais fácil alternar os alvos, fora que não estressa o ombro como faz uma pegada mais a frente. O FAL, original, não tem como fazer uma empunhadura com a mão de apoio na vertical, sem pegar no carregador. As críticas que eu vejo é quando o cara pega embaixo do carregador na horizontal fazendo a mão de mesa… Não sei… Read more »

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

E a Noruega na retaguarda,
e a NATO nos pés.

Fred
Fred
2 anos atrás

E o CV 90, não nos cai bem?

August
August
2 anos atrás

Acho que ficaria largo Fred, não precisamos pra tanto. Não temos uma Rússia do lado

Delfim Sobreira
Delfim Sobreira
2 anos atrás

Contei 26 províncias no mapa. No Wiki são 21. Para um país de 450.000 km² e pouco mais de 9 milhões de habitantes, é para pasmar. Imagino que lá não haja tantos políticos, cargos comissionados, verbas e emendas, ssasporras. . Vcs não sabem a treta que dá no Face o debate sobre qual a melhor posição de empunhadura frontal. Aqui no RJ é pior ainda, os “nutellas” usam o M16car com coronha retraída (a alça de mira a centímetros do nariz) e segurando pelo carregador. Cano curto + alça de mira desfocada + empunhadura frontal arisca = falta de precisão.… Read more »

sergio ribamar ferreira
sergio ribamar ferreira
2 anos atrás

Pergunta: algum engenheiro do EB pode me explicar se há possibilidade de usar uma plataforma do CC Paton para versão de canhão autopropulsado de 155mm, ou mesmo do Leo 1?? Obrigado e grande abraço.