Home Adestramento Exercício militar Aurora 17 na Suécia coincide com o Zapad 2017 da...

Exercício militar Aurora 17 na Suécia coincide com o Zapad 2017 da Rússia

3501
13
Soldados suecos em treinamento

Tropas francesas e norte-americanas se dirigem para Gotemburgo, enquanto começa o maior exercício militar da Suécia em 20 anos

O maior exercício militar sueco em mais de 20 anos começou em Gotemburgo, com unidades de defesa aérea francesas e americanas, bem como outras tropas estrangeiras que se juntaram aos suecos no exercício Aurora 17 de mais de 20 mil militares.

Ocorrendo entre os dias 11 e 24 de setembro, o Aurora 17 envolve um total de 19 mil soldados suecos, bem como 1.435 soldados dos EUA, 120 da França e outras unidades da Finlândia, Dinamarca, Noruega, Lituânia e Estônia. O exercício começa na costa oeste da Suécia e também abrangerá a área de Estocolmo, o vale Mälaren e a ilha báltica de Gotland.

O primeiro evento, que pratica o “Apoio da Nação Anfitriã” em Gotemburgo, envolve o teste da “capacidade de receber e prestar apoio a outras nações, um elemento importante em um momento de crise”, de acordo com as Forças Armadas suecas.

A partir de 11 de setembro e até o dia 20, cerca de 1.200 soldados suecos, bem como 200 das unidades de defesa aérea francesas e americanas, participam da primeira fase no Aeroporto Landvetter de Gotemburgo, bem como do porto da cidade e da ilha de Hisingen.

A demosntração de força ocorre em um período em que a defesa sueca está em foco após o aumento da atividade militar da Rússia na região do Báltico. Em junho, a Suécia convocou o embaixador da Rússia depois que um caça SU-27 voou perigosamente perto de um avião de reconhecimento sueco no espaço aéreo internacional acima do mar Báltico.

O governo de coalizão da Suécia recentemente concordou com um novo acordo de defesa no valor de 2,7 bilhões de coroas (US$ 334 milhões) por ano até 2020 com dois dos partidos de oposição de centro-direita. A conscrição também foi trazida de volta para fortalecer o número de tropas disponíveis para as Forças Armadas suecas após as unidades de recrutamento não conseguirem produzir resultados.

O exercício Aurora 17 custará à Suécia cerca de 580 milhões de coroas, cerca de duas vezes mais do que as Forças Armadas geralmente gastam em exercícios militares em um ano inteiro, de acordo com a SVT. O governo sueco argumenta que uma situação de piora da política de segurança na Europa significa que as capacidades de defesa da Suécia e a cooperação com outras nações da região precisam ser fortalecidas.

“Aurora é a maior operação em 23 anos, onde o Exército, a Força Aérea e a Marinha colaboram em um exercício. O treinamento é um importante sinal da política de defesa. Isso eleva o limiar contra diferentes tipos de incidentes e fornece uma base importante para avaliar nossas capacidades militares “, disse o ministro da Defesa, Peter Hultqvist, em um comunicado.

A Suécia não é membro da OTAN, mas fortaleceu os laços com a aliança nos últimos anos diante das advertências russas de que uma OTAN em expansão seria vista como uma “ameaça”. O país nórdico tem um Acordo de Apoio à Nação Anfitriã (HSNA) com a Otan, o que significa que helicópteros, aeronaves e navios podem ser transportados por membros em todo o território sueco após o convite da Suécia.

Em julho, o tenente-general dos EUA, Ben Hodges, que é um comandante geral do Exército dos EUA na Europa, destacou a importância de Gotland, dizendo: “Não creio que haja nenhuma ilha em qualquer lugar que seja mais importante”.

Ao mesmo tempo que o Aurora 17 começa, as forças russas e bielorrussas estão se preparando para iniciar seu próprio grande exercício militar conjunto em 14 de setembro. O exercício Zapad 2017 (“Oeste 2017”) começará no enclave russo de Kaliningrado, depois se moverá para a Bielorrússia e, finalmente, para a Rússia continental.

Blindados suecos CV90

FONTE: thelocal.se

13
Deixe um comentário

avatar
13 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
11 Comment authors
sergio ribamar ferreiraDelfim SobreiraAugustFredRodrigo Martins Ferreira Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Bueno
Visitante
Bueno

Os exércitos estão exercitando , China e Paquistão ‘Shaheen VI’ , – Georgia Agile Spirit – Battle Goups NATO

Não é só aqui, Soldado com a mão no carregado na foto 1.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Bueno 14 de setembro de 2017 at 16:50

Bem lembrado! “Os exércitos estão exercitando , China e Paquistão ‘Shaheen VI’ , – Georgia Agile Spirit – Battle Goups NATO”

Bem observado! “Não é só aqui, Soldado com a mão no carregado na foto 1.” Já podemos dar credibilidade pro nosso Sd aqui!

DaGuerra
Visitante
DaGuerra

O exercicio multinacional na tríplice fronteira em Tabatinga-AM também está em preparação.

Joshua
Visitante
Joshua

Até agora nenhum comentário sobre o primeiro soldado empunhando o fuzil com a mão no carregador e não o correto que é no punho tático do fuzil?
Se fosse um soldado do EB brasileiro tava cheio de comentários desaprovando tal posição.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Joshua, dois dos três comentários acima do seu mencionaram isso.

joshua
Visitante
joshua

Leandro Costa,
Verdade acabei não observando atentamente os comentários.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Tem a Finlândia de barreira, ajuda muito.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Joshua 15 de setembro de 2017 at 6:51 É o da primeira foto ? Pegar como ele pegou não tem problema algum, só deixa o tiro um pouco mais instável, mas em um ambiente de tiro a curta distância é mais fácil alternar os alvos, fora que não estressa o ombro como faz uma pegada mais a frente. O FAL, original, não tem como fazer uma empunhadura com a mão de apoio na vertical, sem pegar no carregador. As críticas que eu vejo é quando o cara pega embaixo do carregador na horizontal fazendo a mão de mesa… Não sei… Read more »

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

E a Noruega na retaguarda,
e a NATO nos pés.

Fred
Visitante
Fred

E o CV 90, não nos cai bem?

August
Visitante
August

Acho que ficaria largo Fred, não precisamos pra tanto. Não temos uma Rússia do lado

Delfim Sobreira
Visitante
Delfim Sobreira

Contei 26 províncias no mapa. No Wiki são 21. Para um país de 450.000 km² e pouco mais de 9 milhões de habitantes, é para pasmar. Imagino que lá não haja tantos políticos, cargos comissionados, verbas e emendas, ssasporras. . Vcs não sabem a treta que dá no Face o debate sobre qual a melhor posição de empunhadura frontal. Aqui no RJ é pior ainda, os “nutellas” usam o M16car com coronha retraída (a alça de mira a centímetros do nariz) e segurando pelo carregador. Cano curto + alça de mira desfocada + empunhadura frontal arisca = falta de precisão.… Read more »

sergio ribamar ferreira
Visitante
sergio ribamar ferreira

Pergunta: algum engenheiro do EB pode me explicar se há possibilidade de usar uma plataforma do CC Paton para versão de canhão autopropulsado de 155mm, ou mesmo do Leo 1?? Obrigado e grande abraço.