Home Defesa Dinamarca propõe 20% de aumento na Defesa para deter Rússia

Dinamarca propõe 20% de aumento na Defesa para deter Rússia

3652
36

COPENHAGUE — O governo dinamarquês quer aumentar o seu orçamento de defesa em 20% nos próximos cinco anos, em resposta à intensificação da atividade militar da Rússia no leste e norte da Europa.

Ele disse que o aumento proposto de 20% do orçamento de defesa deve ser realizado gradualmente ao longo de um período de cinco anos. O aumento total seria de 4,8 bilhões de coroas dinamarquesas (US$ 762 milhões) até 2023.

Grande parte do Ocidente tem sido incomodada com as ações da Rússia desde sua anexação em 2014 da Península do Mar Negro da Ucrânia e seu apoio aos rebeldes separatistaS no leste da Ucrânia em uma guerra que matou mais de 10 mil pessoas.

O aumento proposto elevará as despesas de defesa da Dinamarca para 1,3 por cento do PIB em 2023, ante 1,2% no ano passado. A OTAN, à qual a Dinamarca pertence, exige que seus membros gastem 2% do PIB em defesa anualmente, embora este seja um alvo informal.

FONTE: Reuters, publicado em 11 de outubro de 2017

Subscribe
Notify of
guest
36 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
PauloR
PauloR
2 anos atrás

A OTAN se aproximando da linha de fronteira com a Russia e os caras vem com esse argumento batido de que a Russia é uma ameaça.
Mas ate que funcionou porque tem muito Pato achando que a Russia é uma ameaça ao ocidente, mesmo o ocidente disseminando e patrocinando guerras mundo a fora.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
2 anos atrás

A OTAN se aproxima da fronteira com a Rússia, porque quem esteve sob ocupação da URSS quer distância dela e se aproxima da aliança do Ocidente.

Simples assim..

Luciano
Luciano
2 anos atrás

Real ou não, a ameaça russa trouxe grandes benefícios ao parque industrial militar ocidental! As grandes empresas do setor deveriam dar um prêmio ao Putin! rsrs

PARA
PARA
2 anos atrás

De qualquer forma os dinamarqueses possuem uma das melhor adestradas infantarias do bloco da OTAN.

Mabeco
Mabeco
2 anos atrás

Toda essa russofobia começou quando a Victoria Nuland começou a distribuir biscoitinho na praça Maydan. Antes disso, caso não se lembrem, a Rússia era o maior fornecedor de gás para a Europa, com passagem pela Ucrânia (que também recebia sua graninha), o que deixou Tio Sam com a pulga atrás da orelha, já que ele não participava dessa relação. A partir dai foi conduzido um golpe de estado, colocando-se o poroshenko no poder, levando à secessão do donbas e reanexação da criméia pela Russia. O restante todo mundo já conhece.

Agnelo
Agnelo
2 anos atrás

As tropas dinamarquesas são bem treinadas, muito bem, mas eles, como, praticamente toda a OTAN, negligenciaram. A Dinamarca optou por ter somente tropas leves, com pouquíssimos blindados.
Agora, estão vendo o erro.
A Rússia sempre foi protagonista de sanhaço na Europa. Há muitas e muitas décadas não são bonzinhos. A Europa também não.
Geopolítica tensa….
O velho continente está vendo crescer coisas de antes da primeira guerra…

oganza
2 anos atrás

Não irá acontecer nada.
A Rússia será convidada a entrar SE a primeira parte do plano der certo. E Ele tem grandes chances de dar… Infelizmente.
Grande Abraço.

Alex
Alex
2 anos atrás

Para a Dinamarca deter a Russia teria que aumentar 20.000% a verba de Defesa e 1000% a população.

sub-urbano
sub-urbano
2 anos atrás

Como minha avó dizia: “galinha que acompanha pato morre afogada” – Uma coisa é estrar atrás da Alemanha e perto do guarda chuva nuclear francês. Outra coisa é estar do lado de lá do antigo muro de Berlim. – A Ucrânia foi mexer com uma antiga superpotência e se deu muito mal, lá se foi 1/4 do seu território, incluído aí a valiosa Crimeia. – Lembram da Geórgia? A mesma coisa. – O próximo lugar onde o sarrafo vai comer é nos países bálticos. Depois que Putin ajudou a eleger um presidente americano a coisa ficou ainda mais fácil.

_RR_
_RR_
2 anos atrás

Mabeco ( 12 de outubro de 2017 at 20:55 )

O problema foi como as forças de segurança reagiram aos biscoitinhos…

Primeiro de tudo, sempre houve um movimento independentista ucraniano, enraizado no seio da sociedade ucraniana, e reprimido duramente durante muitos anos.

E a revolta contra o governo não foi sem motivo:
http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/02/multidao-invade-casa-de-presidente-deposto-ucraniano-veja-fotos.html

Segundo: o fato dos europeus dependerem de hidrocarbonetos russos não significa qualquer simpatia em particular… Eles entendem perfeitamente o risco dessa dependência e sempre procuraram alternativas ao gás putiniano.

_RR_
_RR_
2 anos atrás

sub-urbano ( 13 de outubro de 2017 at 1:35 ), A Ucrânia não “mexeu” com o Rússia… Os russos é que meteram o betelho na crise ucraniana, assim como todo mundo… — Acredita mesmo que Trump vai fazer o jogo de Putin…? Não vai… Já deu indícios de que não vai… Aliás, ele mesmo fez questão de dar um sacode geral na Europa, que realmente não estava fazendo o dever de casa. E os resultados estão aí… — Diferente da Ucrânia, os Países Bálticos já estão na OTAN… Não vai ser possível fazer com eles o que fizeram com os… Read more »

Bispo
Bispo
2 anos atrás

Impressionante como a Rússia, com o PIB consideravelmente menor que o do Brasil, e sem se valer do poderio nuclear, consegue meter medo na Europa inteira.

jose luiz esposito
jose luiz esposito
2 anos atrás

o TITIO SATÃ financiou a Oposição Ucraniana em um Golpe de Estado , derrubando um Governo Legítimo , para colocar um Fantoche em seu lugar , e esperavas que a Rússia uma Potência Militar e Mundial a mais de 200 anos assistisse calada , pense que a População do Leste da Ucrânia , embora lá nascida se diz Russa , etc , não são Otários quanto aos brasileiros que adoram ao nosso **MUI AMIGO** do Norte , lá a** Mãe é a Rússia ** então de Cara retomaram a Crimeia p , que embora com a administração da Ucrânia por… Read more »

donitz123
2 anos atrás

Já combinaram com os russos essa ameaça toda para justificar os gastos?
.
Me parece que os europeus já se esqueceram que a próxima guerra na Europa será a última.

Augusto
Augusto
2 anos atrás

Não acho que a Dinamarca irá aumentar o exército não tem fronteira com a Rússia masss ela é a chave do mar báltico a torneira do mesmo pode fecha-lo se quiser, então minha humilde opinião de entusiasta de Wikipedia como alguns me rotularam pejoritivamente, eu acho que será mais gasto em meios navais e aéreos esse último incluindo anti-aereos tbm.

_RR_
_RR_
2 anos atrás

jose, Se é assim, se for seguir esse seu raciocínio, então poderíamos dizer que o Uruguai e a Guiana Francesa não deveriam existir porque sempre foram “brasileiros” ou existem lá “brasileiros étnicos”… E invertendo o mesmo raciocínio, alguma outra potência estrangeira também poderia dizer que as reservas brasileiras não seriam do território brasileiro, mas países independentes porque não existiriam “brasileiros étnicos” morando lá. Percebe o quão falho é esse raciocínio? Percebe o quão falha é a idéia…? Percebe a confusão que pode causar…? Na moral, esse argumento de que “a Criméia sempre foi russa” não cola… Não pode ser usado… Read more »

Augusto
Augusto
2 anos atrás

http://www.guiageo-europa.com/mapas/baltico.htm. Vou dar uma de Ivan e apresentar o mapinha.

Ricardo da Silva
Ricardo da Silva
2 anos atrás

“E mais uma vez o Malvado Império Russo deve ser combatido pelas forças nobres e incólumes da OTAN capitaneadas pelo Altivo e Generoso País da Liberdade.”

Alguém aí consegue infantilizar mais o tema ?

donitz123
2 anos atrás

Ricardo da Silva 13 de outubro de 2017 at 11:55
.
Alguém aí consegue infantilizar mais o tema?
.
Claro que sim. Todos aqueles que dizem que a Rússia é uma ameaça a paz mundial.
A Olavetes que acreditam que existe um diabólico plano leninista-trotskista-stalinista-maoísta-Kim Jon Umzista, Lulista e por fim Putinesco no qual a Rússia em parceria com a China pretendem dominar a galáxia.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
2 anos atrás

Quem vê bem a Rússia como ameaça, são os países que viveram sob o comando da URSS…

Mas eles são ingratos, espertos são vocês.

Walfrido Strobel
2 anos atrás

Eu só vejo isso colo lobby da industria de armamento de olho em contratos bilionários.

Adler Medrado
2 anos atrás

Alguém disse: O próximo lugar onde o sarrafo vai comer é nos países bálticos. Depois que Putin ajudou a eleger um presidente americano a coisa ficou ainda mais fácil.

No Báltico eles não mexem. Já são da OTAN. Colocar as mãos lá é pedir para começar a terceira guerra mundial

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
2 anos atrás

“Quem vê bem a Rússia como ameaça, são os países que viveram sob o comando da URSS…
Mas eles são ingratos, espertos são vocês.”
Também, mas não só, os países do leste europeu só querem a grana da Europa, mas no fundo são muito mais parecidos com os russos, mini russias, que com o oeste europeu.

Matheus G.
Matheus G.
2 anos atrás

donitz123 13 de outubro de 2017 at 12:23 Engraçado, não acreditam no diabólico “plano leninista-trotskista-stalinista-maoísta-Kim Jon Umzista, Lulista e por fim Putinesco no qual a Rússia em parceria com a China pretendem dominar a galáxia”, mas acreditam no plano diabólico imperialista-yankee-sionista em parceira com Israel para dominar o mundo, inclusive na ambição incessante por petróleo no Iraque e na Líbia. Vamos falar sobre a Rússia: Falando sério agora, a Rússia tem como único instrumento geopolítico o poder militar, em sua grande era, o estado soviético tinha mais ativos geopolíticos com o que contar como econômico, cultural e outros. Com essa… Read more »

donitz123
2 anos atrás

Vai ser um choque para muitos o que vou dizer mas Olavo de Carvalho NÃO TEM RAZÃO.
Ele é só um maluco com canal no Youtube.
.
Agora já podem cortar os pulsos.

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
2 anos atrás

La vem mais um estimulo pras empresas de armamentos faturarem, e a velha dsculpa é; advinhem só, a Russia

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
2 anos atrás

A Russia ta c_gando e andando pra Dinamarca, e a Dinamarca com esse histetismo sem motivo. Cuidado: a Russia vai invadir e dominar toda a europa até os Açores.

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
2 anos atrás

Alias podiamos usar a Russia como dsculpa pra aumentar o orçamrnto d nossas forças armadas, quem sabe

sub-urbano
sub-urbano
2 anos atrás

A discussão estava boa até começarem com as maluquices de Olavo de Carvalho.

Agora conta aquela dos Reptilianos que moram no Oco da Terra.

Matheus G.
Matheus G.
2 anos atrás

BRZEZINSKI, Zbigniew. The Grand Chessboard: American primacy and its geostrategic imperatives. Nova Iorque: Basic Books, 1997. KISSINGER, Henry. La Diplomacia. México: Fondo de Cultura Económica, 2004. MARCU, Silvia. La Geopolítica de la Rusia postsoviética: desintegración, renacimiento de una potencia y nuestras corrientes de pensamiento geopolítico. Revista Scripta Nova, vol XI, nº 253. Universidad de Barcelona, 2008. MELLO, Leonel Itaussu A. Quem tem medo da Geopolítica. São Paulo: Edusp/Hucitec, 1999. SANTOS, Eduardo Silvestre dos. O Eurasianismo na Nova Geopolítica Russa. Jornal Defesa e Relações Internacionais. Lisboa, 2004. _____. A Geopolítica Russa: de Pedro o Grande a Putin, a Guerra Fria, o… Read more »

Arariboia
Arariboia
2 anos atrás

Melhor a OTAN subir isso pra 1 milhão de vezes. A Russia em 2008 era um rochinha bruta e praticamente sem refinamento e tecnologia no Soft power, só refinamento no Hard power (Nuclear) e a OTAN temia ela…

Hoje em dia!

2nd Guards Tamanskaya Motor Rifle Division and 27th Independent Guards Sevastopolskaya Motor Rifle Brigade

*(Ratnik infantry combat system in two variants for scouts)

comment image

comment image

comment image

comment image

comment image

comment image

comment image

comment image

comment image

Ivanmc
Ivanmc
2 anos atrás

A Europa é boi de piranha dos EUA.

Agnelo
Agnelo
2 anos atrás

Há um grande risco da Europa voltar à tempos distantes, parecido com pré-I GM. Na Alemanha, os problemas com imigrantes estão horríveis. A mídia chama partidos de extrema-direita neonazista aqueles q são contra a imigração desenfrada, levando o país mais forte da OTAN enfraquecer. Inglaterra já quer se afastar. Áustria está pra eleger um jovem conservador. Espanha com problemas na Catalunha. Turquia tomando seu próprio rumo. Etc etc etc Berço se preparando pra confusões q já vimos, nas quais a Rússia foi um dos protagonistas. Por isso, a Dinamarca começou a se coçar.

MadMax
MadMax
2 anos atrás

0,1% do PIB atual em 5 anos, e esse carnaval todo, como diria Joel Santana: tá de brinqueichon with me?

TIGER 777
TIGER 777
2 anos atrás

A pergunta é?? Vale a pena ir a uma guerra, com a Rússia, pela (Estônia, Letônia e Lituânia)????
Existem muitos russos etnicos nestes países, e se Moscou fizer uma guerra híbrida, fica difícil a Otan intervir…
Alemanha, França, Itália e Inglaterra, os maiores da OTAN, vão mandar seus jovens morrerrem por causa destes países???? Eu duvido. Aquilo, ali, é quintal da Rússia. Eles que se resolvam.

Soares
Soares
2 anos atrás

Os países bálticos seriam os últimos a quererem uma guerra na Europa e os que mais têm motivos para fazer todo esse alarde que no fundo para eles é coisa séria, sobre tudo para a Lituânia, pois seriam os primeiros a serem invadidos , para os russos criarem o corredor até Kaliningrado, enquanto a Dinamarca só seria invadida por ar ou mar, mas se a marinha russa tiver mesmo apenas a capacidade de proteção territorial, e, se os grandes aviões de transportes de tropas da Rússia forem mesmo apenas sucatas da era soviética, como muitos afirmam, não há o que… Read more »