Home Adestramento 4° GAC L: exercício de longa duração no Curso de Formação de...

4° GAC L: exercício de longa duração no Curso de Formação de Sargentos

2211
10

Juiz de Fora (MG) – No período de 30 de julho a 3 de agosto, foi realizado o 2° Exercício de Longa Duração (ELD) dos alunos do Curso de Formação de Sargentos do 4° Grupo de Artilharia de Campanha Leve (4° GAC L).

A atividade foi iniciada com uma marcha de 16km, seguida de diversas instruções teóricas e práticas como orientação por carta terreno, comunicações com os meios fio e rádio, defesa química, biológica, radiológica e nuclear, fortificações e combate à baioneta.

As instruções ministradas propiciaram aos alunos o contato com atividade fim, além de reforçar atributos inerentes ao militar, que os acompanharão durante toda a carreira.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

10
Deixe um comentário

avatar
5 Comment threads
5 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
mcolombellimReccecolombelliWAGNER CHAPMANDoug385 Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Eduardo Oliveira
Visitante
Eduardo Oliveira

Uma hora acaba!

R_Cordeiro
Visitante
R_Cordeiro

Sei que se trata apenas de treinamento, contudo vejo tb o emprego deste tipo de capacete (mich) tático tb nas ações reais no Rio. Uma pergunta que faço: as forças táticas estrangeiras bem equipadas, utilizam em sua maioria o modelo helmet (fast) nas operações , os capacetes mich são menos evoluídos que estes?

Eduardo Oliveira
Visitante
Eduardo Oliveira

O helmet fast é mais confortável, tem mais opções de acoplar acessórios, etc. Ambos tem o mesmo nível de proteção. Nossas forças táticas também usam o helmet fast

Doug385
Visitante

Parece que vocês se referem ao modelo da Ops Core, certo? Parece que está sendo adotado por toda a Força de Ação Rápida do EB. Já vi em uso com a Infantaria Leve Aeromóvel, Precursores pára-quedistas e até algumas tropas blindadas. Fora o EB, somente o Grumec, Para-Sar, PF e algumas forças de elite das polícias estaduais.

colombelli
Visitante
colombelli

So forças especiais ou com funções especiais usam capacetes diversos ( FE, precursores aeromóveis e paraquedistas no caso do EB). O M88 é o padrão pro resto. E o Mich ( M88- 2000) teve a compra barrada por uma ação civil publica. A diferença é o tamanho e a presença de abra na frente.

colombelli
Visitante
colombelli

aba, digo. A proposito, o Exercito argentino ja o usa largamente.

Recce
Visitante
Recce

Reparei nisso ao assistir os vídeos sobre a Operação Yaguareté 2016. O exercício envolveu pessoal da 12ª Brigada de Infantaria Leve (aeromóvel) e da IV Brigada Aerotransportada do Exército Argentino.
Os argentinos me pareceram mais atualizados em nível de equipamento individual.

Parte 1:
https://www.youtube.com/watch?v=P9sRN6Hh6-s
Parte 2:
https://www.youtube.com/watch?v=Igo3gKGlE1I

WAGNER CHAPMAN
Visitante

BOA NOITE! INTERESSANTE DESSA VEZ NINGUEM COMENTOU QUE OS CAPACETES ESTAVAM DEVIDAMENTE CAMUFLADOS, TEM SEMPRE UM QUE COMENTA QUE OS CAPACETES NAO ESTAO CAMUFLADOS.

colombelli
Visitante
colombelli

So olhem o ajuste do suspensório d0 497. Ia pra água até o talo.

mcolombellim
Visitante
mcolombellim

Aliás, instrução com os elementos com fuzil baixado? EB mudando. Era seguro pra cima ou então em “saboneteira”. Volta e meia um “tora” e o cano bate no capacete do da frente