Home Adestramento 4° GAC L: exercício de longa duração no Curso de Formação de...

4° GAC L: exercício de longa duração no Curso de Formação de Sargentos

1923
10

Juiz de Fora (MG) – No período de 30 de julho a 3 de agosto, foi realizado o 2° Exercício de Longa Duração (ELD) dos alunos do Curso de Formação de Sargentos do 4° Grupo de Artilharia de Campanha Leve (4° GAC L).

A atividade foi iniciada com uma marcha de 16km, seguida de diversas instruções teóricas e práticas como orientação por carta terreno, comunicações com os meios fio e rádio, defesa química, biológica, radiológica e nuclear, fortificações e combate à baioneta.

As instruções ministradas propiciaram aos alunos o contato com atividade fim, além de reforçar atributos inerentes ao militar, que os acompanharão durante toda a carreira.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

10 COMMENTS

  1. Sei que se trata apenas de treinamento, contudo vejo tb o emprego deste tipo de capacete (mich) tático tb nas ações reais no Rio. Uma pergunta que faço: as forças táticas estrangeiras bem equipadas, utilizam em sua maioria o modelo helmet (fast) nas operações , os capacetes mich são menos evoluídos que estes?

    • O helmet fast é mais confortável, tem mais opções de acoplar acessórios, etc. Ambos tem o mesmo nível de proteção. Nossas forças táticas também usam o helmet fast

      • Parece que vocês se referem ao modelo da Ops Core, certo? Parece que está sendo adotado por toda a Força de Ação Rápida do EB. Já vi em uso com a Infantaria Leve Aeromóvel, Precursores pára-quedistas e até algumas tropas blindadas. Fora o EB, somente o Grumec, Para-Sar, PF e algumas forças de elite das polícias estaduais.

    • So forças especiais ou com funções especiais usam capacetes diversos ( FE, precursores aeromóveis e paraquedistas no caso do EB). O M88 é o padrão pro resto. E o Mich ( M88- 2000) teve a compra barrada por uma ação civil publica. A diferença é o tamanho e a presença de abra na frente.

  2. Aliás, instrução com os elementos com fuzil baixado? EB mudando. Era seguro pra cima ou então em “saboneteira”. Volta e meia um “tora” e o cano bate no capacete do da frente

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here