segunda-feira, julho 26, 2021

Saab RBS 70NG

EUA desenvolvem planos de contingência para ação militar na Venezuela

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

C-17 da USAF na Colômbia
C-17 da USAF na Colômbia

Resgate de pessoal diplomático e intervenção na distribuição de ajuda são cogitados

Em meio ao impasse que domina a política venezuelana, oficiais do Comando Sul, o comando regional do EUA que coordena operações na América Latina, têm preparado planos para uma série de possíveis ações militares na Venezuela, informaram funcionários ao New York Times.

Tais ações incluiriam a retirada de diplomatas da capital Caracas, um reforço da segurança na embaixada e a implementação do plano para a distribuição de ajuda no país, que até agora tem sido bloqueada pelo governo de Nicolás Maduro. No mês passado, depois que Maduro rompeu relações diplomáticas com Washington, o Departamento de Estado ordenou a retirada da maior parte do pessoal diplomático no país, mas os EUA mantiveram um pequeno número de funcionários em Caracas.

— Estamos preparados para proteger vidas americanas e as instalações diplomáticas na Venezuela — afirmou o almirante Craig Fuller, chefe do Comando Sul, durante visita ao Brasil na semana passada. — Há uma série de opções na mesa.

Recentemente, o conselheiro de Segurança Nacional, John Bolton, foi fotografado com um bloco no qual havia escrito “5 mil soldados para a Colômbia”. Questionada sobre a frase, a Casa Branca voltou a afirmar que “todas as opções estavam na mesa”.

Três aviões militares americanos chegaram no sábado à cidade colombiana de Cúcuta, onde estão armazenados remédios e alimentos desde 7 de fevereiro, perto da ponte limítrofe Tienditas, bloqueada por militares venezuelanos.

Rebecca Chávez, que atuou como vice-secretária-assistente de Defesa para o Hemisfério Ocidental durante o governo de Barack Obama, afirmou ao New York Times ser “muito provável” que as Forças Armadas americanas se envolvam na crise venezuelana com a escalada da disputa entre o presidente Nicolás Maduro e o presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino e foi reconhecido por 49 países.

A eleição de governos de direita nos países sul-americanos torna esse cenário mais provável do que no passado, mas, até o momento, Brasil e Colômbia demonstram preocupações com a possibilidade de intervenção armada dos Estados Unidos na Venezuela.

— Qualquer intervenção militar unilateral seria um erro enorme — diz Rebecca, acrescentando que ações externas das Forças Armadas americanas devem ser feitas em conjunto com uma coalizão de países.

FONTE: O Globo e New York Times

- Advertisement -

266 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
266 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rui Chapéu
Rui Chapéu
2 anos atrás

Se existe algo que o Trump vai errar vai ser nisso.

Deixe a VEnerruela dormir na cama que arrumou. Eles escolheram o Chávez, eles escolheram o Maduro. Que arquem com suas consequências.

Só vai dar corda pro povo da esquerda.

Vamos ver se ele é burro o suficiente pra lutar essa guerra que é perdida.

Pedro Bó
Pedro Bó
Reply to  Rui Chapéu
2 anos atrás

Penso a mesma coisa… a vontade da maioria do povo venezuelano escolheu o “Bolivarianismo” por anos à fio, agora quem pariu pedro que o embale. Os políticos são o retrato de seus governados.

cwb
cwb
Reply to  Pedro Bó
2 anos atrás

é mateus…desculpe corrigir..

Mateus gomss
Mateus gomss
Reply to  Rui Chapéu
2 anos atrás

As eleições foram fraudadas a empresa q registra o voto ja revelou isso ( mesma empresa que fabrica as urnas eletronicas)

francisco
francisco
Reply to  Mateus gomss
2 anos atrás

A Eleição do Maduro foi fiscalizada inclusive pelos norte-americandos e nenhuma fraude foi detectada. Veja abaixo o que disse Jimmy Carter. “O processo eleitoral na Venezuela é considerado o melhor do mundo pelo ex-presidente dos Estados Unidos Jimmy Carter, que coordena uma instituição de monitoramento de eleições ao redor do mundo há mais de uma década. Em conferência anual do Carter Center, o norte-americano também garantiu que Hugo Chávez venceu de forma “justa” o último pleito presidencial, em 2006. Carter elogiou o sistema de votação venezuelano por incluir duas formas de contagem, o que dificulta qualquer tipo de tentativa de… Read more »

Fernando
Reply to  francisco
2 anos atrás

Francisco, pragmatismo político…Ai não dá.Pleito de 2012. A última eleição o ditador gordinho distitui o suprema corte, vez uma nova constituinte na marra sem o consentimento do povo, prendeu todos os adversários que tinha chance de vencer, e matou outros, eleições com menos da metade da população foi votar, as instituições sul-americana foi impedidas de acompanhar e fiscalizar a eleição de 2018 e a própria empresa das urnas eletrônicas falaram publicamente que houve fraude.

Carta Branca
Carta Branca
Reply to  Mateus gomss
2 anos atrás

As eleições de agora foram mas o Rui Chapéu está falando das eleições do Chavez que além de insano ainda alterou a constituição varias vezes com a conivência do povo.

Marcos
Marcos
Reply to  Rui Chapéu
2 anos atrás

Acontece que isso desestabiliza toda a América Latina e não estou falando de uma ação militar, e sim de o Maduro continuar no poder.

francisco
francisco
Reply to  Marcos
2 anos atrás

Maduro no governo destabiliza o Brasil porque? não comemos a custa deles, não usamos o petróleo deles (os USA sim dependem do petróleo da Venezuela).
Se o Maduro cair nada significará para o Brasil, pois só os USA vão cair lá com unhas e dentes e levar o ouro e petróleo enquanto puderem.

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Rui Chapéu
2 anos atrás

Na última eleição Maduro ganhou “roubado”.

francisco
francisco
Reply to  Rafael Oliveira
2 anos atrás
HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  francisco
2 anos atrás

Essa matéria é de 2012, estamos em 2019 e a própria empresa que produziu as urnas afirmou que foram fraudadas

Hélio
Hélio
Reply to  Rafael Oliveira
2 anos atrás

E o Trump não? É a mesma alegação, independente de eleição, quem tem que resolver isso são os venezuelanos, é óbvio que o interesse ali é o petróleo. E você não pense que o maduro não tem apoio, ao contrário do que aconteceu no Brasil, a revolta popular de lá é bastante homogênea, não é o povo que está nas ruas, são os militantes, isso nunca é boa coisa. Isso sem falar que a oposição de lá é só mais uma esquerda moderninha e corrupta, estão até na lista da Odebrecht.

Hélio
Hélio
Reply to  Rafael Oliveira
2 anos atrás

Sem falar que a oposição boicotou a eleição, ela não reconheceria o resultado nem com fraude e nem sem fraude.

Maus
Maus
Reply to  Rui Chapéu
2 anos atrás

É só continuar aplicando sanções, quando faltar dinheiro os generais tirarão o maduro de lá.

Paulo Costa
Paulo Costa
Reply to  Maus
2 anos atrás

Talvez não … os altos oficiais estão com medo de serem presos por corrupção e outros crimes, então podem tomar outras medidas para continuarem com a vida que tem, inclusive se aliar ao Narcotráfico internacional.

Mas o que me admira e ter pessoas morrendo de fome e os dirigentes de la mentirem e mentirem dizendo que no país ta tudo ótimo.

francisco
francisco
Reply to  Paulo Costa
2 anos atrás

A pobreza existe no mundo todo. ” 6,3% da população da Suécia vive abaixo da linha da pobreza, nos EUA, essa estatística chega a 13,6%. O Reino Unido tem uma alta taxa de analfabetismo funcional, de 21,8%, e de 15,7% das pessoas vivendo abaixo da linha da pobreza.” EUA têm o pior índice de pobreza dos países ricos, lá 40 milhões vivem na miséria. Ver em: (http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI118951-EI1660,00-EUA+tem+o+pior+indice+de+pobreza+dos+paises+ricos.html)

Beserra(FN)
Beserra(FN)
Reply to  francisco
2 anos atrás

Sei, e o que o bumbum tem haver com as calças? A fala do outro colega foi sobre a esmagadora maioria da população que não está abaixo da linha da pobreza, estão realmente passando fome.

francisco
francisco
Reply to  Maus
2 anos atrás

Por sanção entenda-se: roubar o dinheiro da venda de petróleo venezuelao e/ou tomar o ouro que a Venezuela depositou na Inglaterra?

Cinturão de Orion
Cinturão de Orion
Reply to  Rui Chapéu
2 anos atrás

OS EUA não vão intervir “militarmente”.

Henrique
Henrique
Reply to  Rui Chapéu
2 anos atrás

Creio que os Venezuelanos acreditaram em Chaves pois os populistas da AL foram (foram) muito bons em sua “parlatória” (diga-se lábia) em enganar o povo…. mas a “eleição” do Maduro foi a aberração das aberrações com pleito fraudado ao extremo e suas milícias e militares amedrontando a população e praticando execuções seletivas e todo o tipo de abuso. Concordo que os EUA ou qualquer outro país (inclusive o Brasil) não devam se meter nesse imbróglio pois é tudo que o nefasto “podre”, juntamente com seus mentores de Cuba e financiadores de certos partidos do Foro de São Paulo querem para… Read more »

Diego K
Diego K
Reply to  Rui Chapéu
2 anos atrás

Comunistas não trocam riquezas, pros EUA não é interessante uma Venezuela como está. Vão torná-la capitalista pra consumir seus produtos.

DaGuerra
DaGuerra
2 anos atrás

Vai precisar ao menos de 75.000 tropas . Mais um efetivo igual da Colômbia e outros 75.000 homens do titubeante e covarde Brasil.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  DaGuerra
2 anos atrás

O Brasil não tem que se meter nisso. Devemos cuidar dos nossos problemas que não são poucos.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Antonio Palhares
2 anos atrás

A Venezuela é um dos nossos problemas… Só para lembrar 😉

Mateus Gomes
Mateus Gomes
Reply to  Leandro Costa
2 anos atrás

Enteda que em uma possivel guerra nao vai acabar em menos de 2 anos se o maduro nao for morto logo na primeira.. se ele ficar vivo a guerra vai ser longa e o brasil nao tem dinheiro pra isso .
Segundo que o maior prejudicado vai ser o brasil ja q a imigração vai aumentar e a venezuela tem capacidade de ataque para alcançar no mínimo roraima .
E por ultimo as forcas paramilitares e a GNB são fieis ao maduro

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Mateus Gomes
2 anos atrás

Mateus, sua argumentação não faz muito sentido. Se a Venezuela não tivesse capacidade ofensiva para alcançar qualquer estado fronteiriço à ela, acho que estaríamos todos rindo deles, né?

Mas de qualquer forma, não acho que qualquer um queira guerra, exceto talvez pelo Maduro.

DaGuerra
DaGuerra
Reply to  Mateus Gomes
2 anos atrás

Que guerra? Ajuda humanitária.

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Reply to  Mateus Gomes
2 anos atrás

Nossa, que Venezuela super poderosa heim. Enfrentar os EUA e ainda tirar onda atacando o Brasil. Kkkkkk

francisco
francisco
Reply to  Mateus Gomes
2 anos atrás

E o Brasil entraria em guerra com a Venezuela porque? fomos agredidos ou invadidos pelos bolivarianos ou seria somente para agradar aos norte-americanos?
Brasil não é vassalo dos USA para tomar as dores por ele.

Rui Chapéu
Rui Chapéu
Reply to  Leandro Costa
2 anos atrás

Liga pro Trump passar o zap do pedreiro que vai construir o muro deles e manda fazer um aqui, separe eles pra lá e boa.

francisco
francisco
Reply to  Leandro Costa
2 anos atrás

O brasileiro não come, não usa o petróleo e nem pretende roubar o ouro da Venuezuela, portanto, não é problema nosso o que acontece por lá.

Hélio
Hélio
Reply to  Leandro Costa
2 anos atrás

Onde que a Venezuela é problema nosso? A Venezuela só é um problema para quem quer fazer um ataque ideológico por lá.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Hélio
2 anos atrás

A Venezuela tem extensa fronteira com o Brasil, a energia consumida pelo Estado de Roraima vem de lá via o linhão de Guri, o BNDES é credor do Estado Venezuelano pelos empréstimos camaradas concedidos no período de 2003 a 2016 e apenas no ano passado nosso país recebeu 10 mil refugiados venezuelanos.

Portanto a Venezuela é, sim, problema nosso….

Hélio
Hélio
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Não, não é, desde quando isso é justificativa para intervencionismo dentro da Venezuela? Oras, sendo assim a Venezuela também é problema de China e Rússia e esses tem total direito de intervir por lá, ou pior, qualquer país com o mínimo de interação com o Brasil tem legitimidade para intervir aqui. Agora, se você acha que isso é responsabilidade do Brasil, cabe ao Brasil impedir qualquer tipo de intervenção por lá, porque uma intervenção americana não iria fazer com que eles fornecessem energia para Roraima, que pagassem o BNDES e muito menos que os fugitivos parassem de vir para cá,… Read more »

Antonio
Antonio
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

É bom saber que: a) A energia vinda da Venezuela não é de graça, sendo assim qualquer governo na Venezuela vai continuar fornecendo energia para Roraima; b) Uma intervenção militar americana na Venezuela não garantiria o pagamento ao BNDES, pelo contrário, poderiam até eleger outras prioridades; c) Refugiados é problema de quem recebe e não de quem envia, sendo assim nem Maduro nem outro possível governo estariam preocupados se o Brasil recebe refugiados.

Dodo
Dodo
Reply to  Antonio Palhares
2 anos atrás

Infelizmente, não funciona assim Antonio, um país como o Brasil, líder militar e econômico da região, acabaria se envolvendo. Imago é por exemplo uma guerra civil na Indonésia ou no Timor Leste, acha que a Austrália não interfira ?

francisco
francisco
Reply to  Dodo
2 anos atrás

A Argentina já entrou em guerra com o Chile, o Chile já guerreou com a Bolívia e a Colômbia com o Peru. E em nenhum desses casos o Brasil entrou nessas guerras, portanto, com a Venezuela não teria que ser diferente.

nonato
nonato
Reply to  francisco
2 anos atrás

Não se trata de guerra do Brasil contra a Venezuela.
Trata-se de uma intervenção internacional para tirar um ditador comunista.
Os EUA já esperaram demais.
Inclusive Cuba e Nicarágua que deseja a região.

Daniel Ricardo Alves
Daniel Ricardo Alves
Reply to  DaGuerra
2 anos atrás

Bobagem! Isso não é prolema nosso. Que os venezuelanos paguem o preço por escolherem serem governados pelo Chavez e Maduro. E o mais importante: que direito tem os EUA de intervirem no país dos outros? Acho que se isso não for apoiado pela OEA e pela ONU, é um caminho perigoso para toda região.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Daniel Ricardo Alves
2 anos atrás

Fique sossegado, é apenas um blefe….

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Daniel Ricardo Alves
2 anos atrás

A ONU não vai tomar qualquer decisão sobre isso tão cedo. Rússia e China estão se agarrando com unhas e dentes aos péssimos investimentos que fizeram na Venezuela, então não conte com a ONU.

Já a OEA seria o caminho natural e uma via que eu gostaria que fosse explorada, mas um conglomerado de países regionais debatendo e tomando ações em conjunto já seria legitimação suficiente.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Leandro Costa
2 anos atrás

Sinto muito.
Os americanos não lideram mais.
A tarefa agora é de Rússia e China, segundo o prestigioso Der Spiegel

http://www.spiegel.de/politik/ausland/muenchner-sicherheitskonferenz-die-befehlsausgabe-des-mike-pence-a-1253629.html

francisco
francisco
Reply to  Leandro Costa
2 anos atrás

A OEA só defende os interesses dos USA. Na guerra das Malvinas a OEA não deu apoio aos hermanos porque os USA não deixaram e optaram por apoiarem a Inglaterra.
Essa tal de OEA já deveria ter acabado desde aquele tempo.

nonato
nonato
Reply to  francisco
2 anos atrás

Agora você quer que a OEA apoie os interesses da Rússia e da China, não é?
Em detrimento da democracia na Venezuela.

Flanker
Flanker
Reply to  francisco
2 anos atrás

O TIAR determina a defesa recíproca dos países do continente quando algum dos signatários for atacado. Acontece que quem atacou foi a Argentina….os ingleses se defenderam. A Argentina atacou território do Reino Unido e os ingleses não atacaram território argentino.

Helio Eduardo
Helio Eduardo
Reply to  Daniel Ricardo Alves
2 anos atrás

ONU? Não esqueça o veto dos russo ou chineses.
OEA? Pode até ser, mas a crise teria que subir muito a temperatura para justificar o enorme sacrifício econômico….

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Reply to  Daniel Ricardo Alves
2 anos atrás

Que direito os russos tem de permitir o grupo Wagner na Venezuela ? Que direito Maduro tem de quebrar a soberania trazendo tropas estrangeiras cubanas e russas para massacrar seu povo ?
Conversa fiada sua. Os americanos tem todo o direito. Se os russos vieram lá da puta que pariu pra cá, é logico que os americanos tem TODO o direito.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS

O grupo Wagner não amedronta mais ninguém desde que 200 membros do mesmo foram transformados em picadinhos pelas forças norte-americanas na Síria.

Hélio
Hélio

Ué? Primeiro que o governo Russo não tem nada a ver com essas empresas de segurança, segundo, agora tropas estrangeiras são uma violação da soberania? Você mesmo não está defendendo uma invasão de tropas estrangeiras por lá? Claro, isso sem falar que muito provavelmente defende bases estrangeiras no Brasil. Os americanos tem o direito de permanecer calados, se eles querem fingir ser os paladinos da democracia e dos direitos humanos, tem que parar de financiar e armar todas essas ditaduras malucas que eles tem como grandes aliados.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Hélio
2 anos atrás

O Wagner Group atua a serviço do Kremlin da mesma forma que a Blackwater o faz a serviço do Pentágono, inclusive o dono da empresa é muito próximo ao Putin sem falar que seus integrantes são egressos das forças armadas russas. E foi a serviço do Kremlin que foram se engraçar com as forças norte-americanas na Síria ( e voltaram para a “mãe rússia” em sacos pretos).

Ademais, quer dizer então que Maduro não é um “Ditador amalucado” apenas por ser apoiado pelos russos? Seria ele então o quê, o “presidente legítimo eleito democraticamente”?

Hélio
Hélio
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Meu amigo, isso é o que você está dizendo, que essas firmas de mercenários são compostas por ex-militares todo mundo sabe, daí para isso ter relação com o governo não tem o menor cabimento, tanto tem que o governo russo não deu a mínima para aqueles mercenários mortos na Síria, assim como o governo americano nunca deu a mínima quando mercenários americanos são feitos de picadinho. Oras, e quem está dizendo isso é você, se os americanos querem derrubar o maduro com o argumento de ser um ditador, porque cargas d’água os EUA continuam sendo os maiores financiadores de tiranias… Read more »

Alexandre
Alexandre
Reply to  Daniel Ricardo Alves
2 anos atrás

Sabias Palavras meu nobre Daniel , mas muita gente aqui não entende isso querem que pegue fogo no parquinho , eu sou militar de carreira e sou completamente contra uma ação militar lá .

Helio Eduardo
Helio Eduardo
Reply to  DaGuerra
2 anos atrás

Não vejo o Brasil como “titubeante e covarde” por não querer gastar recursos e arriscar vidas numa crise que não é nossa.

Aldo Ghisolfi
Reply to  DaGuerra
2 anos atrás

ESTA briga não pode nos envolver.
Não por covardia, mas por questões de logística e geopolítica que nos dizem para ficarmos em casa.
Precisamos primeiro resolver os NOSSOS problemas internos, que não são poucos!

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Aldo Ghisolfi
2 anos atrás

Aldo, desculpe, mas por questões econômicas e geopolíticas, o Brasil precisa estar envolvido em qualquer coisa que diga respeito à resolução dos problemas Venezuelanos. E torcendo para que a resolução disso não envolva qualquer conflito armado, mas o país precisa estar preparado para tal e eu acredito bastante que nossos comandos militares estejam sim estudando diversos cenários, mas temos que torcer para que nada disso seja necessário.

Wilston
Wilston
Reply to  Leandro Costa
2 anos atrás

Tá bom Leandro. De todos, você é quem defende com unhas e dentes uma ação militar. Pega seu fuzil e vai…não reclama se ninguém mais quiset dar a vida pro petróleo barato pros usa. Tá afim de lutar por Democracia? Aproveita e passa na Arábia Saudita….

Vovozao
Vovozao
Reply to  DaGuerra
2 anos atrás

18/02/19 – segunda-feira, bnoite, DaGuerra, você não considera uma temeridade as FFAA, se envolverem num conflito deste porte, além de termos vários de nossos soldados voltando em sacos pretos, teremos um gasto monumental, coisa que não temos. Também temos a questão de logística, equipamentos militares, que teríamos de recorrer ao mercado para comprar; ou você acredita que nossos irmãos do Norte nós daria alguma coisa. Não esqueça na IIGM, nossos irmãos nos armaram, cederam aviões/navios e depois mandaram a fatura que pagamos durante muitos anos; se não estou enganado 20 anos. É uma podre o Brasil se envolver.

Fernando Pereira
Fernando Pereira
Reply to  DaGuerra
2 anos atrás

Ninguém te deu o direito de chamar a nós, brasileiros, de covardes. Covarde são pessoas que se escondem atrás de um computador e frustrados por serem dispensados sem chance de servir a pátria. Vários sites importantes deixamos de seguir por postagens chulas como a sua. Tenho dúvidas se você é brasileiro. Cadê os moderadores do forte ?

Esse tipo de gente cansa qualquer leitura decente .

francisco
francisco
Reply to  DaGuerra
2 anos atrás

O Brasil não é burro de ir gastar dinheiro e perder vidas para tomar a Venezuela do Maduro e entregar ao Trump.
Se os norte-americanos querem o ouro e o petróleo da Venezuela que vá lá, em vez de querer botar o Brasil nesta barca furada.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  DaGuerra
2 anos atrás

Covarde Brasil??? Porque isso? Porque não quer se meter nesse mato sem cachorro? Você já viu guerra real de perto? Não é Xbox, não. O Brasil atravessa um momento muito sério, com estopims sociais que de vez em quando pegam fogo. Como exemplos estão o Rio, o Nordeste, etc. O melhor para o Brasil e para os brasileiros é tratar de arrumar a bagunça em casa, antes de querer redecorar a casa alheia.

Abs

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Joao Moita Jr
2 anos atrás

Você está certo! Depois de 13 anos de corrupção elevada à categoria de praxe administrativa e depredação institucional, que abriram caminho para a eleição de uma milícia, o Brasil precisa arrumar a casa.

De todo modo acho que você não precisa se preocupar com sua integridade física pois Maduro cai e os milicianos vão debandar com isso. Seu trabalho irá se resumir à distribuir ajuda humanitária aos famintos. Fará bem à você.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
2 anos atrás

A verdade é uma só, a Venezuela do modo que está não favorece ninguém, nem os venezuelanos, nem os americanos, nem os russos, nem os chineses, nem nós brasileiros e de um modo geral, nem a América do Sul.

É muito triste ver nossos vizinhos nessa situação, vejo o continente como um todo, se um vai mal, de certo modo afeta a todos.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Alex Nogueira
2 anos atrás

Infelizmente não terá jeito mesmo,o Mauduro só sairá na bala. A Venezuela do jeito que está só impactará negativamente nos países ao seu entorno pela grande migração de seu povo, veja o gasto e transtornos causados no Brasil o qual não recebeu nem um terço do que a Colômbia tem recebido. Quem fala que eles têm que se ferrar por suas escolhas não tem coração, crianças comendo lixo e morrendo por doenças já erradicadas devido a falta de remédios, pessoas iludidas como aqui se vê tbm por falta de instrução e por ter sua miséria explorada por pessoas vis .… Read more »

Elton
Elton
Reply to  Tomcat4.0
2 anos atrás

Uma coisa pode ter certeza, uma intervenção militar de coalizão certamente soldados brasileiros irão morrer e como explicar para a mídia e população que militares brasileiros morreram em uma guerra num lugar que nem deveriam estar só porque os venezuelanos fizeram escolhas burras.

Rafael Coimbra
Rafael Coimbra
Reply to  Elton
2 anos atrás

Se os Americanos pensassem como você seriam um Brasil…. e não a maior potência do mundo!

elton
elton
Reply to  Rafael Coimbra
2 anos atrás

me explica qual beneficio economico,geopolitico ,estrategico ou militar o brasil teria para justificar perdas de equipamentos e soldados numa eventual guerra na venezuela.

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Reply to  elton
2 anos atrás

A ocupação da Venezuela pelo Brasil, que estabelecerá um protetorado na Venezuela. Kkkkkk

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Reply to  Elton
2 anos atrás

Só voltar no tempo e explicar para as mães de milhares de soldados americanos mortos na primeira e segunda guerras que eles foram morrer para libertar povos estranhos a eles e consertar as cagadas de Hitler, Mussolini e Tojo.

Elton
Elton

Só que a Alemanha hitlerista e o Japão imperial ameaçavam diretamente as zonas de influência norte americana na europa e Pacífico e era apenas questão de tempo para lançarem uma ofensiva ao território continental americano caso a Inglaterra e URSS fossem derrotadas ou fizessem um arcodo de paz com o eixo bem diferente da situação da nossa vizinhança.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Tomcat4.0
2 anos atrás

Tomcat, eu torço para que esteja errado. Vai chegar em um determinado momento, em que finalmente os próprios comandantes militares do Maduro vão acabar por prendê-lo. Se ele resistir com a guarda pretoriana/russa da vida, ele vai acabar numa cova, espero. Isso tudo vai acabar sendo resolvido entre eles conforme a situação no país vá se deteriorando cada vez mais.

Mas não vejo problema em acelerar um pouco esse processo 😉

MGNVS
MGNVS
Reply to  Tomcat4.0
2 anos atrás

Tomcat4.0 É simples, pegue as armas e va voce libertar os pobres venezuelanos “bolivarianos” das garras do Maduro. Faça igual alguns brasileiros malucos que foram lutar pelo Estado Islamico e outros que foram lutar na Guerra da Ukranya. Mas antes ve se voce da uma passadinha no Rio e ajude o BOPE a invadir as favelas de lá para ajudar nossas crianças a serem livres do trafico de drogas pq esse sim é um problema do Brasil. Faça isso na vida real pq atras de um teclado de computador é facil pedir para nossas tropas irem resolver um problema que… Read more »

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  MGNVS
2 anos atrás

Quanta hipocrisia e covardia, se me for solicitado eu vou e cumpro com meu dever. Em momento algum disse estar delirando de emoção querendo ardentemente que haja conflito armado e afins criatura ,vai aprender a interpretar texto.

MGNVS
MGNVS
Reply to  Tomcat4.0
2 anos atrás

Tomcat4.0
“… se me for solicitado eu vou e cumpro com meu dever.”
Perfeito! Exatamente isso!
Pegue as suas armas e va la lutar pela liberdade dos “coitadinhos” dos venezuelanos “bolivarianos” ja que eles mesmos escolheram o atual governo. Va la trocar tiros com “Le Bigodón Maduro” numa guerra que nao é sua. Boa Viagem.

Marcos
Marcos
2 anos atrás

O certo seria a Colômbia e o Brasil fechar as suas fronteiras, alegar uma epidemia de doenças e colapso social nas cidades fronteiriças. Deixar o povo da Venezuela sofrer na Venezuela, apenas assim e só assim vai ter uma reação muito forte por parte dos venezuelanos. Eu não engulo esse Juan Guaidó, é um oportunista. Os verdadeiros líderes da Venezuela ou estão presos ou no exílio. Juan Guaidó tem passe livre e não acontece nada com ele. Mas você pode dizer “Mas ele tem os holofotes da opinião pública internacional” O Henrique Capriles também tinha, teve os direitos políticos cassados… Read more »

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Reply to  Marcos
2 anos atrás

Ele não é um oportunista, ele é a via natural e legitima do poder como presidente da Assemblea Nacional numa situação dramática dessas.

Marcello Magnelli
Marcello Magnelli
Reply to  Marcos
2 anos atrás

Marcos, perfeito. Você foi no ponto certo agora. Este Guaidó não era ninguém ate algumas semanas atrás e, do nada, se auto intitula presidente, conclama os miliares a sedição e continua livre, leve e solto. Outros, antes dele, muito mais poderosos foram calados como os exemplos que você citou. Mas não acredito que ele seja oportunista. Para mim ele é a própria alternativa do sistema que atualmente suporta o Maduro, para se preservar. Ele já declarou que, como presidente, vai cumprir com os acordos prévios da Venezuela com Rússia e China, que vai “anistiar” os comandantes militares que declarem lealdade… Read more »

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
2 anos atrás

Esse erro (intervir militarmente na Venezuela) Trump não vai cometer apesar de ser quem é. Me parece muito claro que ele está blefando para que Maduro, que não pode se dar esse luxo, mobilize as suas forças armadas e queime as suas já parcas reservas.

Leandro Costa
Leandro Costa
2 anos atrás

Eu concordo com o Rui. Seria um erro tremendo uma intervenção militar unilateral na Venezuela por parte dos EUA. Seria cair na narrativa do Maduro e isso poderia angariar um apoio interno que já está praticamente inexistente. Eu não gostei da política externa de Obama, em nenhum ponto e desconfio bastante de qualquer coisa publicada no The New York Slimes, mas essa senhora não está completamente enganada. Mas perceba que ela diz que qualquer ação militar deveria ser feita em coalizão de outros países, ou seja, ela não está negando que seria à favor de uma intervenção militar. Eu descartaria… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
2 anos atrás

Por que em vez de ‘distribuir ajuda humanitária’, os EUA não param de bloquear os recursos externos e suspendem o bloqueio à Venezuela?

Bardini
Bardini
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Esse é o novo argumento que a esquerdalha doentia vem pregando, como o grande problema do regime destes ditadorzinhos de M…
.
Não foi o socialismo, a corrupção das instituições e a exploração predatória do povo que ferrou com a Venezuela. Não… Foram, como sempre haverá de ser, os malvados dos EUA. Sempre eles… Sempre.
.
A Venezeula é apenas uma colônia de coitadinhos, que não fez nada de errado. Nada.

Daglian
Daglian
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Por que a Venezuela é afetada por um “bloqueio” dos imperialistas ianques? Não seria o socialismo bolivariano de Maduro autossuficiente e imune às interferências americanas? Mais: com o apoio da China e da Rússia, não deveria a Venezuela conseguir suprir suas demandas internas? Ou a China e a Rússia não ajudam ninguém e, pelo contrário, parasitam a Venezuela em troca de toneladas de – literalmente – ouro? O argumento usado será, pelo visto, o mesmo que foi utilizado para Cuba: muita birra e choro contra os americanos mas “por favor ianques, não parem de comercializar conosco, se não o seu… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Daglian
2 anos atrás

Que papo furado.
Hoje mesmo saiu notícia que os EUA querem boicotar um Banco russo que está recebendo recursos da Venezuela.
Os EUA têm de se acostumar que eles não mandam mais no mundo.
Acabou.
E a cada dia que passa essa situação se consolida.
Esses espasmos americanos de nada vão adiantar e só deixa mais caracterizada essa nova situação.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Os mesmos “espasmos”que impediram companhias europeias, russas e chinesas de fazer comércio com o Irã? Ademais quando você reconhece que Maduro está na iminência de cair em virtude das sanções termina por se contradizer! Não adianta, o que a Sputnik diz não tem respaldo no mundo real…..

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Sim. Esse mesmos espasmos que farão com que iranianos comprem da Rússia e da China.
Aliás, fato que vai se espalhando como rastilho de pólvora pelo Oriente Médio e Eurásia e grande parte do resto da Ásia.
Sinto muito. Mas, os EUA não foram convidados para esse baile.
Essa é a nova realidade. Acostume-se com ela.

Rafael Coimbra
Rafael Coimbra
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Juro que acredito que seus comentários são todos sarcásticos, de humor apenas para dar corda nas discussões, vc deve estar com um Nike, iphone, Boné NY tomando uma coca bem de boa! kkk

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Ora, pois se você afirma que os iranianos estão comprando de Rússia e China, então qual o problema em a Venezuela fazer o mesmo ? Do que diabos você reclama, afinal de contas, se você mesmo apontou a solução ?
Por que cargas d’água a Venezuela compra mísseis S-300, fuzis, caças e tanques, mas não pode comprar comida da Rússia e da China ?
Você calado é um poeta.

Antoniokings
Antoniokings

Estude um pouco de História (e a recente) e pare de escrever asneiras.

Daglian
Daglian
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Papo furado é o seu. Os EUA têm o direito de boicotar quem eles bem entenderem. Qual é a sua reclamação? Se o Brasil decidir, hoje, que não quer mais fazer negócios com a Zâmbia, qual é o problema? Os EUA não têm que se acostumar com nada. Diga que “acabou” para os dez porta aviões nucleares que os americanos possuem. Torcer contra eles não muda os fatos: a Venezuela está no quintal americano e, para o seu desespero, se os americanos decidirem, eles irão sim intervir lá e ninguém poderá fazer nada. Quer um exemplo paralelo? Quando os russos… Read more »

Augusto
Augusto
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Antoniokings, qual é o nome do psiquiatra que faz o seu acompanhamento?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Augusto
2 anos atrás

Olavo de Carvalho.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

E as ‘consultas’ são via Youtube.

Foragido da KGB
Foragido da KGB
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

ai ai ai… esses co_mu_nis_tas não tem cura mesmo…

HORÁCIO
HORÁCIO
Reply to  Augusto
2 anos atrás

Boa kkkk… sem mais!

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Daglian
2 anos atrás

Sim daglian, és parvo? Claro que bloqueios comerciais destroem economias! Sejam elas governadas por que ideologia for. Um país sancionado sofre e por mais que possa haver motivos para essas mesmas sanções, impedir a venda de medicamentos ao regime para depois os oferecer de forma humanitária é no mínimo imoral e hipócrita. Conheço um caso em que até óleo alimentar os americanos pediram para não ser entregue, por isso não me venha agora sugerir que é tudo inocente menos maduro e o seu chavismo, são todos culpados. Sim fora o regime, mas não, os americanos não são inocentes e não… Read more »

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Peter nine nine
2 anos atrás

Amigo Peter, antes mesmo do bloqueio e das sanções norte-americanas a Venezuela já estava mergulhada no caos político, econômico e social.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Peter nine nine
2 anos atrás

Peter.
Olavetes são impagáveis.

Foragido da KGB
Foragido da KGB
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Falou o seguidor, adorador e discípulo de Marx, Lenin, Engels, Stalin, Trótski, Gramsci, Mao, Fidel, Che Guevara…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Foragido da KGB
2 anos atrás

Se não me falta essa agora. Querer comparar Marx, Lenin, Engels, Stalin, Trótski, Gramsci, Mao, Fidel, Che Guevara, grandes nomes da História Universal com Olavo de Carvalho.
Onde vamos parar?

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Onde vamos parar? Com Maduro sendo chutado da Venezuela junto com Rússia e China. Talkei!?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Faça um bolão. Quem cai primeiro: Bolsonaro, Maduro, Trump o u Netanyahu?

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Se todos caírem antes de Maduro isso apenas deixa claro que as instituições de Brasil, EUA e Israel são mais fortes que as da Venezuela, que é uma narcoditadura. Talkei!?

Foragido da KGB
Foragido da KGB
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

“Marx, Lenin, Engels, Stalin, Trótski, Gramsci, Mao, Fidel, Che Guevara, grandes nomes da História Universal”. Essa sua afirmação e resposta só confirma sua adoração ao co_mu_nis_mo . Em nenhum momento defendi Olavo , só expus sua paixão por genocidas e voce mordeu a isca . Touché , old communist…

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Foragido da KGB
2 anos atrás

Você me fez lembrar da manchete de um jornal inglês quando o ARA General Belgrano foi torpedeado e afundado pelo HMS Conqueror: “Gotcha”

Marcos
Marcos
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Você quer dizer os maiores demagogos, ladrões, estupradores, falsários, assassinos, ou seja,

Psicopatas da História.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Olavo de Carvalho é um abobado……. Todos os outros citados são “grandes” nomes da história por serem ditadores, assassinos e idealizadores de ditaduras sanguinárias e opressoras….só um exemplo, que e o mais perto de nós: Che Guevara – esse psicopata admitiu ter matado, pessoalmente, mais de 700 pessoas nos seus tempos de Cuba. Isso foi ratificado em entevista dada pelo autor de um livro sobre ele…..autor simpatizante assumido de Che. Se você acha todos esses personagens grandes nomes da história, só mostra que você pensa como eles e comunga da ideia de eliminar, fisicamente, seus opositores. E isso, vindo de… Read more »

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Maduretes são demais

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Peter nine nine
2 anos atrás

Malta, pelos “gostos” e “não gostos” aplicados no meu comentário vejo que não gostaram muito da minha opinião, sinto necessidade de me esclarecer: isto que disse não é a minha simples opinião, eu vi, sei e conheço as situações que refiro, seja por familiares que tenho na Venezuela (tinha) seja por conhecidos que de alguma forma experiênciaram certas situações (exemplo do óleo alimentar que referi). Claro que muito leio e lá desenvolvo uma opinião nem sempre muito correcta, afinal que sabemos nós meros mortais. Não me engano muito ao dizer que são todos culpados e não se enganem que são… Read more »

MGNVS
MGNVS
Reply to  Peter nine nine
2 anos atrás

Peter
Louvavel seus argumentos.
Mas ser imparcial num site dividido entre comentaristas de extrema direita entreguista pro-EUA e da esquerda comunista saudosista da URSS so vai lhe garantir o titulo pejorativo de “insentao” por mais que sua argumentacao esteja correta e seja permeada de bom senso.
Nem adianta tentar rebater, apenas ignore esse tipo de gente mediocre e de cabeça doutrinada.

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Reply to  Peter nine nine
2 anos atrás

Sei, agora no seu mundo de fantasia só os EUA produzem medicamentos e óleo de cozinha. Porque fácil mesmo é refinar petróleo, difícil é produzir óleo de comida.

MGNVS
MGNVS
Reply to  Peter nine nine
2 anos atrás

Peter Nine Nine
Perfeito seu comentario.
Mas nao se iluda pois aqui no blog tem uns comentaristas com umas mentes obtusas e pequenas que foram doutrinadas por ideologias de extrema direita e de esquerda que nao vao entender uma virgula do que vc disse mesmo que seu argumento tenha sido extremamente plausivel e sensato.

Sidney
Sidney
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Você acredita mesmo nas bobagens que fala ou você ainda é um adolescente? Se for o caso da idade, e logo a consequente falta de conhecimento, cultura e maturidade, é importante você começar a entender que em ditaduras pesadas e cruéis, e principalmente em ditaduras comunistas, o dinheiro e o fruto da riqueza e do trabalho do povo e da maioria, a estes não chega nunca. Apenas enriquece mais quem esta no poder e os grupos que este poder sustentam. O dinheiro serve em primeiro lugar para manter mais forte quem detém o poder, ao povo são dadas migalhas como… Read more »

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Sidney
2 anos atrás

Perfeito Sidney.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Sidney
2 anos atrás

blá blá blá.
Deixe a Venezuela em paz.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Se os problemas internos venezuelanos não tivessem transbordado para o nosso quintal, até se poderia deixar a Venezuela ‘em paz’ mas como transbordou, é DEVER do Brasil tentar resolver esse problema, sempre nos pautando pela diplomacia/diálogo em primeiro lugar. Não é algo opcional, e se nos furtarmos disso voltaremos à era negra da política externa brasileira de quando estávamos com o banana do Celso Amorim no MRE.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Leandro Costa
2 anos atrás

A quantidade de expatriados brasileiros pelo Mundo afora é muito maior que os 30,8 mil venezuelanos no Brasil.
Isso é metade de um estádio de futebol.
Menos drama, ok?

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

A quantidade de venezuelanos expatriados passa fácil de 1 milhão de pessoas. Sugiro a você sair do seu Bunker e dar um pulo em Manaus e Boa Vista, cujas ruas estão coalhadas de refugiados venezuelanos que vivem de esmolas, pequenos bicos e mesmo de pequenos furtos.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Reportagem de um panfleto marxista

‘Brasil tem cerca de 30,8 mil imigrantes venezuelanos; somente em 2018 chegaram 10 mil, diz IBGE’

https://g1.globo.com/economia/noticia/2018/08/29/brasil-tem-cerca-de-308-mil-imigrantes-venezuelanos-somente-em-2018-chegaram-10-mil-diz-ibge.ghtml

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Saia de seu casulo infanto juvenil, onde o zênite é Miami a a sua eterna varonil Disneylândia.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

O Brasil não é o único país da América do Sul para onde estão indo os refugiados venezuelanos portanto a sua tentativa, como de costume, resta inócua. O país que mais recebeu refugiados foi a Colômbia, que já recebeu mais de um milhão de pessoas fugindo do país vizinho.

https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2018/11/colombia-pede-ajuda-internacional-para-acolher-refugiados-da-venezuela.shtml

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Bem, até onde eu sei temos quase 100.000 deles aqui, com pelo menos uns 60.000 com status de refugiados, e de acordo com a ONU, o número tende à dobrar em 2019. Mas isso se levarmos em consideração que a crise transbordou apenas em relação à refugiados, o que não é o caso, apesar de ser uma crise humanitária. Apenas as visões mais estreitas enxergam isso apenas como tal. Se temos uns 100.000 deles aqui e a população de Roraima inteira é de pouco menos de 600.000 pessoas, boa parte delas já vivendo em condições precárias e sendo um Estado… Read more »

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

” Deixe a Venezuela em paz”: deixe o ditador continuar podre de rico às custas da miséria do povo, assassinando opositores e mandando a Sebin sequestrar políticos de oposição.
Deixem o crime em paz.
Você é um canalha.

Antoniokings
Antoniokings

Preocupe-se com o povo miserável de seu País.
Tenho certeza absoluta que temo mais miseráveis que três vezes a população total da Venezuela.
Portanto, aquiete-se.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Mais de um milhão de pessoas tiveram de fugir da Venezuela por causa da fome. Quem tem mais miseráveis mesmo?

Ademais se o espectro da fome, do desemprego e do aumento da desigualdade hoje assonbram o Brasil a culpa é da incompetência administrativa, corrupção generalizada e depredação institucional havida de 2003 a 2016. Talkei!?

Marcos
Marcos
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Quanto a essa questão concordo com você em totalidade.

O que é mau que consuma a si mesmo.

Os “pobres, oprimidos, famélicos, assassinados e tolidos filhos da revolução bolivariana que pagem pela covardia, mentiras, inércia, erros e delírios”.

Que paguem que seja com o próprio sangue pelos seus crimes e pecados

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Reply to  Sidney
2 anos atrás

Apenas faço uma correção: os generais venezuelanos ganham muito dinheiro com o narcotráfico

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

“Por que em vez de ‘distribuir ajuda humanitária’, os EUA não param de bloquear os recursos externos e suspendem o bloqueio à Venezuela?”

Cabe lembrar que muito antes do congelamento de ativos, dos embargos e das sanções o povo venezuelano já estava passando fome. Ademais tais medidas (bloqueio de ativos, embargos e sanções) decorrem exclusivamente do fato de Maduro ser usurpador visto ter fraudado escancaradamente as eleições.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Passar fome se passa em toda a América Latina. Da Venezuela à Argentina, passando por Peru e Brasil.
Argumento falho.
Nunca é demais lembrar que, de 2016 para cá, o Brasil voltou ao mapa da fome da ONU.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Nenhum dos países que você citou ( Argentina, Brasil e Peru) enfrenta a situação de fome generalizada da Venezuela, de onde mais de 1 milhão de pessoas fugiram a maioria para a Colômbia.

Quanto ao Brasil, voltou ao mapa da fome em virtude da crise econômica provocada pela incompetência e depredação institucional havida de 2003 a 2016.

Adriano Luchiari
Adriano Luchiari
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Ué, mas os governos brasileiros de 2003 a 2015 não tinham erradicado a pobreza e a fome no país? A presidAnta não dizia que éramos um país de classe média, exaltando a ascensão dos pobres a essa categoria?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Adriano Luchiari
2 anos atrás

Sim. A partir de 2016 a fome voltou. E tudo segundo a insuspeita ONU.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

E voltou por culpa justamente daqueles que governaram de 2003 a 2016 quando por incompetência provocaram a maior recessão da história. Talkei!?

Sagaz
Sagaz
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Entenda uma coisa. O mundo é capitalista e quem é o dono da bola são os EUA.

Rússia, China, Cuba, Venezuela e todos os países do mundo tem que jogar nas regras deles, agora se vão conseguir fazer uma economia pujante entre si? Bom azar para eles.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Sagaz
2 anos atrás

O último dono da bola tomou de 7 x 1.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Maduro vai cair e China e Rússia irão assistir impotentes. Aceite

COIN
COIN
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

A Venezuela é um país falhado.

O único bloqueio real existente é o que foi autoimposto pelo governo venezuelano ao ter destruído a moeda do país e inviabilizado as importações.

Rafael Coimbra
Rafael Coimbra
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Simples… se Maduro utilizasse os recursos em prol do povo venezuelano, nem estaríamos discutindo isso… mais simples que 2+2…

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Por que diabos a Venezuela não negocia com o restante do mundo e não manda as empresas e cidadãos americanos irem às favas ?
O bloqueio é SOMENTE para empresas e cidadãos americanos. Manda seu ditador negociar com os outros. Quem precisa do ” Império”??

art
art
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

O Bloqueio total americano começou dia 28/01/2019, os EUA eram o segundo comprador de petróleo Venezuelano até este dia…logo, a culpa é do Socialismo mesmo.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
2 anos atrás

Interessante que essas hienas só invadem países em dificuldades humanitária cujo os mesmos há reservas de petróleo…
Existem mais de 40 ditaduras, mas só as que realmente interessam aos EUA, eles sabem mostrar seu amor, sua postura humanitária e sua solidariedade com o sofrimento do próximo.
Se mostram como defensores da paz e da democracia, mas andam de rabo preso com muitos ditadores, que deixam Maduro no chinelo, pois os mesmos têm laços estreitos com Washington e seus interesses.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Adriano Madureira
2 anos atrás

Legal, não sabia que Granada tinha reservas de petróleo. Nem Somália…

Marcio Cosentino
Marcio Cosentino
Reply to  Leandro Costa
2 anos atrás

Caro Leandro. No caso da Somália, o Estreito de Bab el Mandeb seria o suficiente. Em relação a Granada, em 1983 o muro de Berlim ainda existia, os EUA gostariam de outra Cuba no seu quintal ?
A geopolítica é muito mais complexa do que sonham as pessoas.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Marcio Cosentino
2 anos atrás

Eu concordo, Marcio. Não significa que petróleo seja a chave para tudo. Existem N motivos para intervenções em defesa dos interesses próprios.

Heitor
Heitor
Reply to  Alexandre Galante
2 anos atrás

Assino embaixo, Galante. Ninguém está pensando em venezuelanos ou Guaidó.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Alexandre Galante
2 anos atrás

Galante. Concordo plenamente contigo.
Eu quero que a Venezuela se dane por sua incapacidade de gerir sua própria riqueza. E o Trump tambem. Quanto ao Brasil, que cuide melhor dos seus interesses.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Alexandre Galante
2 anos atrás

Pois é Galante, infelizmente na geopolítica só existem interesses.

Porém, é de se pensar que esses interesses estão ligados a sobrevivência de uns e de outros e tal qual na natureza sempre irá existir predadores e presas.

É um jogo implacável, muitas vezes sujo e cruel.

Por isso defendo que a educação moral e cívica seja ensinada desde cedo para as crianças, pois um país de cidadãos patriotas dificilmente se deixará levar por ursupadores que querem se manter eternamente no poder as custas dos mais fracos.

Heitor
Heitor
Reply to  Alex Nogueira
2 anos atrás

Não sei se patriotismo ajudaria em algo… creio que isso já seja antiquado. O que devemos ensinar às crianças vem de casa, de berço, e se chama respeito pelo próximo e que a “minha liberdade termina na sua”. Países de 3o mundo são famosos por terem leis não cumpridas, falta de fiscalização. Falo de respeito ao próximo (brasileiro, argentino, venezuelano etc.), leis exercidas devidamente, estado que sirva ao povo e também seja altamente fiscalizado, doa a quem doer. O verdadeiro amor deve ser pelas vidas humanas e respeito ao eleitor. A instituição chamada governo foi eleita para trabalhar pelo povo… Read more »

XFF
XFF
Reply to  Alexandre Galante
2 anos atrás

Isso sem contar que esse possível intervenção na Venezuela é ilegal perante as leis internacionais. Não existe autorização do Conselho de Segurança da ONU para isso acontecer. È uma decisão unilateral que os EUA estão tomando.

Rafael Coimbra
Rafael Coimbra
Reply to  Alexandre Galante
2 anos atrás

Mas isso é uma questão lógica, qual a novidade nisso, acredito vc imagina que qualquer intervenção seja ela de qualquer natureza demanda investimento ok? Todos nos só investimos em algo que poderá nos trazer lucro em algum momento, mesmo que seja paz de espirito, mas é óbvio que se tratando de um país, e nesse especifico caso, a maior reserva de petróleo do mundo é o alvo do mais poderoso país do mundo…. tudo é muito simples quando se tira o mimimi da questão!

Jacinto
Jacinto
Reply to  Alexandre Galante
2 anos atrás

Galante
Jesus continua vendo quem negativa o Moderador?

Lucas Silva
Lucas Silva
Reply to  Alexandre Galante
2 anos atrás

Concordo. Infelizmente a geopolítica real é assim. Interesses econômicos são prioridades.

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  Alexandre Galante
2 anos atrás

As nações são amorais e atuam de acordo com seus próprios interesses. Isso não é novidade. Mas isso não invalida a essência da questão, que é a perversa destruição de uma nação em tempo recorde pelos “libertadores marxistas”.

Vovozao
Vovozao
Reply to  Alexandre Galante
2 anos atrás

18/02/19 – segunda-feira, bnoite. Galante concordo plenamente com vc, após queda do Maduro a primeira empresa a entrar será a Halliburton para reconstruir todo setor petrolífero venezuelano……….. Mas como eles não tem dinheiro, Halliburton vai fazer ”de gratis”, claro que não, teremos ”participacoes” na produção dos poços. Veja só a grande CHEVRON, não saiu da Venezuela, a boca é muito boa, petróleo ruim, porém, só a 2 dias de navios das refinarias Americanas no Caribe…….. Só não concordo com envio de tropas, além dos sacos pretos, ficaríamos devendo muito para desencalhar as armas/viaturas/sistemas/aviões que estão em Sierra Nevada. SDS.

MGNVS
MGNVS
Reply to  Alexandre Galante
2 anos atrás

Galante
Imagino como deve estar sendo dificil pra vc e para os demais editores gerenciarem a Trilogia depois do advento dessa briguinha de torcida que aportou aqui. Agora toda e qualquer materia vira tema para briga ideologica inutil.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Alexandre Galante
2 anos atrás

Você entende bem de meios navais, mas nem tanto de geopolítica. os EUA não precisam invadir a Venezuela por causa de petróleo. eles são o segundo ou o maior produtor mundial de petróleo e tem boas relações com outros produtores. acho que você mesmo sabe que essa afirmação é infundada e eu realmente não sei o porque ficar repetindo isso.

Foragido da KGB
Foragido da KGB
Reply to  Victor Filipe
2 anos atrás

Exatamente, até por que os EUA já estão parando de comprar petróleo da Venezuela .
https://www.bol.uol.com.br/noticias/2019/02/01/eua-determinam-prazo-para-que-empresas-parem-de-comprar-petroleo-da-venezuela.htm

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Adriano Madureira
2 anos atrás

Adriano, não se pode dizer que estejas incorrecto, gostando ou não é assim que funciona.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Adriano Madureira
2 anos atrás

Adriano , o nome disso é defesa de interesses estratégicos, geopolítica é coisa braba, desumana até mas mantém o mundo “na miúda” e a roda girando. As vezes rola uns contratempos e a merla vai no ventilator mas….infelizmente é assim que os players jogam e não há santos neste jogo de poder. Tacar pedra nos EUA apenas chega a ser inocente demais.

Diego K
Diego K
Reply to  Adriano Madureira
2 anos atrás

Bom saber que o dono do site é antenado. Nao se trata do povo Venezuelano, do Guaidó, Maduro, esquerda e nem direita, se trata de negócios! Qualquer situação é boa aos EUA, uma guerra vende armas, a pós Guerra reconstrói a Venezuela e move economia americana, uma Venezuela capitalista alinhada aos interesses americanos então? Perfeito, venderá e comprará muito. Espólios de Guerra? Petróleo a perder de vista na mão do novo integrante da Opep, os EUA! Que terá num pós guerra, gente americana que controlará o petróleo venezuelano.

TeoB
TeoB
2 anos atrás

Bem, felizmente a situação é essa! se ficar o bicho pega e se correr o bicho come, quem me conhece sabe que eu sou contra qualquer conflito! espero que tudo la termine em paz, pq se existe inferno na terra é uma guerra! Porém se acabar desse jeito cabe a nos (Brasil) não se acovardar igual ao mané que vê o vizinho bater na mulher e não faz nada, ai depois que ela morreu vai pra igreja pedir perdão… não estou falando em ser a ponta da lança, mas temos que nos comportar como apoiadores de uma saída de maduro,… Read more »

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  TeoB
2 anos atrás

Concordo plenamente e é exatamente o que penso tbm , devemos esperar sempre o melhor enquanto nos preparamos para o pior!!!!

TeoB
TeoB
Reply to  TeoB
2 anos atrás

digo: Infelizmente

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
2 anos atrás

Suponhamos que os EUA realmente chutem o balde e invadam militarmente a Venezuela, independente do apoio ou não do Brasil, Colômbia ou comunidade internacional.
Qual a possibilidade daquilo virar um Afeganistão ou Iraque, com a Venezuela amargar décadas de guerra civil em plena América do Sul?

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Willber Rodrigues
2 anos atrás

Bem, acho difícil que façam isso, mas não vejo relação com Iraque ou Afeganistão. Para começar, a cultura é completamente diferente, para não falar da História. Mas de qualquer maneira, Maduro já está encaminhando a Venezuela para uma guerra civil.

Júlio Costa
Júlio Costa
Reply to  Alexandre Galante
2 anos atrás

Some-se a essa lista Síria, Iraque, Líbano e Iêmem, além do conflito no sul do Líbano.
Uma guerra só se prolonga quando existe um forte interesse politico externo para financiar e/ou auxiliar os inimigos da nação invasora ou para destabilizar uma nação e provocar um conflito. Esses são os casos das guerras da Síria, Iraque e Iêmem, além do conflito armado do sul do Líbano. O denominador em comum dessas guerras e conflitos é o apoio externo do Irã.

É como o antigo monarca saudita uma vez disse ao Obama: “Quando vocês americanos, irão cortar a Cabeça da Serpente(Irã)?”.

Rafael Coimbra
Rafael Coimbra
Reply to  Alexandre Galante
2 anos atrás

A guerra só se prolonga quando tem muitos lados ativos no conflito, cada um buscando seu interesse, os exemplos do oriente médio e sudeste asiático são a prova disso! Na Venezuela é só Maduro contra os EUA e seus aliados… não dura 3 semanas

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rafael Coimbra
2 anos atrás

Os EUA não tiveram coragem de atacar Cuba e vão atacar a Venezuela?!?!?!
Conta outra.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Para quê atacar a Venezuela se Maduro vai cair (e levar consigo China e Rússia do país) sem que seja disparado um único tiro?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Olha o bolão!

sagaz
sagaz
Reply to  Antoniokings
2 anos atrás

Para que chutar defunto? Cuba tornou-se exemplo do fracasso que é um país liderado pela turma da “justiça social”..

DaGuerra
DaGuerra
Reply to  Willber Rodrigues
2 anos atrás

Vai ser um piquenique, em 3 semanas estará resolvido. Os rapazes voltarão em tempo para o carnaval!

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Willber Rodrigues
2 anos atrás

Will, eu acho que seria pouco probavel, na Venezuela não existem as mesmas condições religiosas, sociais e intelectuais impostas pelos costumes árabes, dito isto acredito que a Venezuela deverá conseguir unir se após uma mudança de estado. Havendo claro alguma instabilidade durante a década seguinte, mas nada que se compare ao Afeganistão.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Peter nine nine
2 anos atrás

O problema é, como o Galante disse acima, todo mundo sabe como começar uma guerra, mas ninguém sabe prever como ela acabará, ou se acabará. Praticamente todos os generais venezuelanos tem muito a perder com a queda do Maduro, por causa da corrupção. Quem me garante, por exemplo, que eles não formem milícias no meio da Amazônia? Outra coisa, mesmo que o Maduro e seus asseclas caiam hoje, quem assumiria no vácuo de poder que seria deixado? E mesmo que seja realmente uma guerra rápida, com o mínimo de derramamento de sangue, quem vai resolver o problema da economia, fome… Read more »

Antonio
Antonio
Reply to  Willber Rodrigues
2 anos atrás

Décadas de guerra acho muito improvável. Falta o componente do fanatismo religioso para tal. Também precisariam receber apoio logístico (víveres, armas, munições) afim de manter uma guerra contínua, o que é muito difícil na America do Sul, caso seus parceiros apoiadores sejam Rússia e China.

Antunes 1980
Antunes 1980