segunda-feira, agosto 2, 2021

Saab RBS 70NG

Decreto de armas: Exército veta fuzil para cidadão comum e libera pistolas 9 mm e .45

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Bolsonaro ampliou a potência das armas que podem ser adquiridas pela população em geral, mas cabia ao Exército definir os modelos

Por Tahiane Stochero e Vitor Sorano, G1

O Exército Brasileiro vetou a compra de fuzis por cidadãos comuns, mas liberou o acesso a pistolas que antes eram de uso restrito das forças de segurança, como a 9mm e a .45. As regras constam de uma portaria publicada nesta quinta-feira (15) no Diário Oficial da União. O texto regulamenta um dos decretos sobre armas do presidente Jair Bolsonaro, que foi publicado em junho.

A portaria define quais armas são classificadas de uso permitido, que podem ser adquirido por qualquer pessoa que cumpra os requisitos legais para ter uma arma; e as de uso restrito, que só podem ser usados por categorias específicas.

Os fuzis de diversos calibres, como 5.56mm e 7.62mm, foram classificados como restritos – ou seja, não podem ser adquiridos pelo cidadão comum.

Já pistolas como a 9mm Parabellum e a 45 Glock Automatic foram classificadas como de uso permitido – ou seja, podem ser adquiridas pelo cidadão comum. As duas arma, antes, eram de uso restrito de forças de segurança.

Logo após a publicação dos decretos de Bolsonaro, a fabricante de arma Taurus afirmou que seu fuzil T4 estaria liberado à população, o que não ocorreu. A arma não está entre as de uso permitido e o calibre dela, 5.65, foi classificado como restrito.

Para comprar uma arma, o cidadão precisa obter a autorização para a posse, que o permite ter o equipamento em casa. Para transportá-lo fora de casa é preciso ter uma outra autorização, a de porte.

Decreto ampliou potência

Em maio, Bolsonaro publicou um decreto que ampliou a potência das armas que poderiam ser classificadas como de uso permitido. O texto estabeleceu que estariam nessa categoria armas e munições com energia cinética de até 1.620 joules – número quatro vezes superior ao que era permitido até então.

O decreto, de número 9.785, alterava uma série de outras normas sobre posse e porte de armas, e acabou revogado pelo próprio presidente, mas a ampliação da potência foi mantida, por meio do decreto 9.847, que está vigente.

Os decretos, entretanto, estabeleceram que caberia ao Exército definir quais armas e munições se enquadram nos novos limites estabelecidos pelo presidente. A tarefa foi atribuída à a Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados.

Os militares, então, fizeram diversos testes reais e em simulador para verificar a energia cinética emitida no cano da arma e, com isso, definiram as listas de armas permitidas e restritas publicada nesta quinta-feira (veja abaixo).

Os calibres que não estiverem listados vão ser avaliados para serem incluídos em novas versões das listas. O G1 questionou a posição da Taurus e do Exército sobre o fato do fuzil T4 ter ficado fora dos permitidos, e aguarda retorno.

Armas de porte e portáteis

A lista de armas de uso permitido publicada nesta quinta-feira inclui dois tipos de arma: as como “de porte”, como as pistolas e revólveres; e as “portáteis”, como carabinas e espingardas.
Há, entretanto, uma divergência em dois decretos de Bolsonaro sobre a possibilidade de o cidadão adquirir as armas portáteis.

O decreto nº 9.845, que está em vigor, diz que “não será concedida autorização para armas de fogo portáteis”. Ou seja, carabinas e espingardas não poderiam ser vendidas ao cidadão comum.

Mas, o decreto nº 9.847, que também está em vigor e que foi publicado no mesmo dia, não faz essa restrição, e autoriza a venda de armas portáteis por estabelecimentos comerciais.
O G1 questionou o Planalto sobre a contradição, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem.

Posse e porte

Posse e porte são coisas diferentes. Enquanto a posse é a autorização para comprar e ter a arma em casa ou no escritório, o porte é a autorização, concedida em um procedimento separado, para carregá-la consigo fora de casa, sendo concedido a determinadas categorias e sob o cumprimento de certas condições.

Calibres nominais de armas e munições de uso PERMITIDO

Calibre Nominal Energia (Joules) Classificação*
9x19mm PARABELLUM 629,81 Permitido
9×18 Makarov 285,95 Permitido
9×23 Winchester 795,6 Permitido
10mm Automatic 927,55 Permitido
221 RemingtonFireball 955,74 Permitido
25 Automatic 87,78 Permitido
25 North American Arms 151,7 Permitido
30 Luger (7.65mm) 396,41 Permitido
32 Automatic 195,65 Permitido
32 H&R Magnum 320,94 Permitido
32 North American Arms 268,81 Permitido
32 Short Colt 117,99 Permitido
32 Smith &Wesson 129,79 Permitido
32 Smith &WessonLong 177,17 Permitido
327 Federal Magnum 815,61 Permitido
356 TSW 680,34 Permitido
357 Magnum 1322,76 Permitido
357 Sig 685,72 Permitido
38 Automatic 419,17 Permitido
38 Smith &Wesson 202,51 Permitido
38 Special 437,88 Permitido
38 SuperAutomatic +P 569,23 Permitido
380 Automatic 280,26 Permitido
40 Smith &Wesson 666,25 Permitido
400 Cor-Bom 854,35 Permitido
44 S&W Special 632,48 Permitido
45 Automatic 590,48 Permitido
45 Auto Rim 471,2 Permitido
45 Colt 755,15 Permitido
45 Glock AutomaticPistol 661,6 Permitido
45 Winchester Magnum 1318,42 Permitido
6 x 45mm 1505,01 Permitido
17 Hornet 791,07 Permitido
17 Remington 1204 Permitido
17 RemingtonFireball 1115,4 Permitido
218 Bee 1028,16 Permitido
22 Hornet 973,61 Permitido
221 RemingtonFireball 1332,02 Permitido
25-20 Winchester 540,51 Permitido
30 Carbine 1278,46 Permitido
32-20 Winchester 433,44 Permitido
38-40 Winchester 716,53 Permitido
38-55 Winchester 1297,16 Permitido
44-40 Winchester 831,14 Permitido
17 Mach 2 206,73 Permitido
17 Hornady Magnum Rimfire 332,46 Permitido
17 Winchester Super Magnum 541,8 Permitido
22 Short 101,82 Permitido
22 Long 128,86 Permitido
22 Long Rifle 247,93 Permitido
22 Winchester Rimfire 228,91 Permitido
22 Winchester Magnum (Rimfire) 440,64 Permitido
- Advertisement -

110 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
110 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fernando Turatti
Fernando Turatti
1 ano atrás

Nós podemos agradecer ao nosso congresso e ao nosso exército por trabalharem em conjunto para limitarem a liberdade de defesa do povo brasileiro.
São duas categorias muito pouco simpáticas ao povo, afinal, é difícil dar 80 tiros ou reprimir uma população bem armada, em contrapartida, ambos são deveras afeitos a salários elevados, aposentadorias integrais e precoces.
Braço forte, mão amiga, mas só dos poderosos, ok?

Maurício.
Maurício.
Reply to  Fernando Turatti
1 ano atrás

Fernando, e pode ter certeza absoluta que o EB liberou o 9mm e .45 com muita dor no coração.

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Maurício.
1 ano atrás

O mais interessante é a turma se doendo com as críticas, afinal, gado dificilmente é capaz de se rebelar contra seus donos né?
O mais divertido é que eu aposto que os deslikes vem de quem votou no Bolsonaro, o mesmo Bolsonaro que, por ele, liberava fuzil fácil(um acerto aliás).

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Fernando Turatti
1 ano atrás

Fernando Turatti, no primeiro comentário eu votei positivo mas nesse que agora eu respondo votei negativo, pois sou totalmente contra liberar fuzil para população. Fuzil não é arma para esta na mão de cidadão comum e sim nas mãos de forças de segurança. Mas vejo com bons olhos liberar pistolas dos mais variados calibres para população. O que eu espero que não vire bagunça, por que se nos EUA já tá um descontrole do jeito que tá que dirá o que pode acontecer aqui.

Wellington Rossi Kramer
Wellington Rossi Kramer
Reply to  Luiz Trindade
1 ano atrás

Luiz Trindade, qual seria o descontrole que você diz haver nos EUA?

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Wellington Rossi Kramer
1 ano atrás

Qualquer um compra uma arma sem ter que apresentar “nada consta” de antecedentes criminais. Ae o cara compra um fuzil e dá nas tragédias noticiadas nos jornais. Agora o que mais me impressiona é que é liberado o porte de arma, ainda mais no Texas aonde todo mundo exibe uma arma na cintura e teve ninguém para evitar ou dar logo um tiro nesse cara?

Wellington Rossi Kramer
Wellington Rossi Kramer
Reply to  Luiz Trindade
1 ano atrás

O “descontrole” americano me parece ser mais benéfico à vida que o “controle” brasileiro.

Rafaelsrs
Rafaelsrs
Reply to  Wellington Rossi Kramer
1 ano atrás

Se no estado do texas, que tem uma das mais rígidas leis penais dos eua e praticamente todo mundo anda armado, um cara entrou num shopping e matou uma galera e NINGUÉM reagiu, aqui nos trópicos tupiniquins vamos ter reações armadas efetivas por parte dos cidadãos sem treinamento contra bandidos armados e que mal ou bem sabem usar o armamento? É isso mesmo?! É viajar muito na maionese esse seu pensamento!
Nem mesmo o “nosso” presidente reagiu quando foi assaltado tempos atrás, levaram a moto e a arma do valoroso oficial do EB.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Luiz Trindade
1 ano atrás

Podem votar negativo no meu comentário. Sou a favor da vida e não da morte. Quem quer ter arma na maioria do que defende a liberação são pessoas que estão morrendo de vontade de dar uma de policia no meio da população.

Atirador 33
Atirador 33
Reply to  Luiz Trindade
1 ano atrás

Também sou a favor da vida, não tenho vontade de ter arma, mas que quer tê-las, tem o direito de tê-las, esse direito foi referendado e nunca liberado pelos governos anteriores. Já vimos o caos da criminalidade com o desarmamento, vamos ver como será o comportamento da sociedade com o armamento, tomara que não seja pior que o que foi até agora.

Edimur
Edimur
Reply to  Fernando Turatti
1 ano atrás

Legal eu coloco um fuzil em casa e vem 10 do PCC com fuzil mata minha família e leva o fuzil ?para proteção pessoal precisa mais que uma 9mmm ou .45 ? Precisa controlar a entrada de arma pesada no País isso sim de resto é coisa de ignorante !!!!

Camargoer
Camargoer
Reply to  Edimur
1 ano atrás

Olá Edmur. É preciso avaliar sobre os riscos reais. Considerando o número de mortes por armas pesadas, é menos provável que alguém invada sua casa com um fuzil do que com uma arma leve. Além disso, o número de latrocínios é menor que dos mortos pela polícia. Então seria mais provável você ser alvejado por disparo da polícia do que durante um assalto. Por fim, a maioria dos homicídios ocorrem com revólveres ou pistolas por motivos fúteis (crime passional, brigas entre vizinhos/motoristas, vingança, sob efeito do álcool). Essas situações envolvem maior risco de morte do que ser alvejado por disparo… Read more »

João Moro
João Moro
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Com todo o respeito, Camargoer, mas discordo da frase “Então seria mais provável você ser alvejado por disparo da polícia do que durante um assalto.” O Policial mata, em quase sua totalidade, bandidos perigosos ou que entraram em combate com os policiais. Eu faria a seguinte correção para ficar mais adequada a realidade: “Então seria mais provável você ser alvejado por disparo da polícia do que durante um assalto, SE VOCÊ FOSSE UM BANDIDO.”

Delfim
Delfim
Reply to  Edimur
1 ano atrás

Para defesa residencial espingarda 12 é insuperável.

Jundiaí
Jundiaí
Reply to  Fernando Turatti
1 ano atrás

EB não tem nada com isso não.
O EB cumpre ordens, interessante é para os partidos de esquerda que a população fique desarmada.
Poxa a .308 winchester fico proibido pelo que eu entendi esta correto ?

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Jundiaí
1 ano atrás

Na boa…

Não fale o que você n sabe…

O exército sempre que pode complica a vida dos CACs

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Jundiaí
1 ano atrás

exército mantém o monopólio da Taurus. essas restrições são antigas e o EB sempre pode facilitar,

Taso
Taso
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Esse monopólio é um dos piores problemas que temos aqui, sem concorrência temos armas de baixa qualidade a preço absurdos.

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Jundiaí
1 ano atrás

Durante a ditadura militar até pistola .380 era de uso restrito e você me vem falar uma bobagem dessas de que “o EB não tem nada com isso”?

Samuel
Samuel
Reply to  Rafael Oliveira
1 ano atrás

Tens alguma lei de lá para me provar? Por favor explique.

Samuel
Samuel
Reply to  Fernando Turatti
1 ano atrás

O nosso “querido” regime militar foi que implantou aqui o Banco Central, uma das tábuas do Manifesto Comunista do Marx!

Delfim
Delfim
1 ano atrás

Partiu Carabina .30M1 + pistola .400 Corbon + Revólver .357 Magnum !

Maus
Maus
Reply to  Delfim
1 ano atrás

Não estou feliz, por que proibiram o 12,7×99?

Claudio Reis
Reply to  Delfim
1 ano atrás

30.000 reias facil nos EUA 1500 doletas as 3

Space jockey
Space jockey
Reply to  Claudio Reis
1 ano atrás

30 ??!! pode por 50 pila aí meu amigo.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
1 ano atrás

Calibre de fuzil não é permitido. Mas e como ficam carabinas e armas de cano longo em 9mm? Essas são permitidas?

Alexandre ziviani
Alexandre ziviani
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

Eu fico na dúvida também em relação ao calibre 12,será que é permitido?

Señor batata
Señor batata
Reply to  Alexandre ziviani
1 ano atrás

Oi Alexandre td tranquilo? No caso o 12 já é permitido tendo limite no tamanho do cano. E só pontuando de maneira amigável, cuidado em falar calibre 12, em espingardas o cartuchos são classificados em gauge (uma medida bem antiga q vale).
Tchau e saudações.

Alexandre ziviani
Alexandre ziviani
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Obrigado senor batata!a minha duvida era porque em um dos decretos redigidos pelo Bolsonaro,não havia liberação de armas longas para civis(apenas pistolas)e em outro decreto redigido posteriormente este ponto estava bastante confuso,e olhando a tabela dos calibres permitidos não havia menção ao espingarda 12GA.Por isso a minha indagação.

Saudações

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Alexandre ziviani
1 ano atrás

É permitido há algumas décadas.

Juan Soares
Juan Soares
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

pelo jeito sim, eles também não baniram o 6×49 e o Remington 221 fireball, que são basicamente cartuchos disponíveis para AR-15s, sem falar tem um loophole nesse decreto que não fala nada sobre armas similares ao comprimento de uma AR-15s que não e classificada como um fuzil, como AR-15s de 9mm e cano curto que são classificadas como pistolas, o governo foi inteligente de passar isso sem soar extremo mas também deixando albums “”loopholes”” para a população

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

São.

Delfim
Delfim
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

Parece que sim. Aliás as armas de cano longo em 9mmP, mesmo com balística melhorada, não chegam a 100m de alcance útil.

Bardini
Bardini
1 ano atrás

6 x 45mm???

Mateus Lobo
Mateus Lobo
Reply to  Bardini
1 ano atrás

Também achei isso estranho, apesar de ser uma calibre quase extinto é derivado do .223

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
1 ano atrás

Só por que eu iria comprar uns fuzis aqui para a fazenda. 😖😖😖

Claudio Reis
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

vai de puma 357 e olhe lá

Jesus Baccaro
Jesus Baccaro
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Produza, cumpra a função social da terra e ninguém vai querer ocupar sua fazenda, “defensor”!

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Jesus Baccaro
1 ano atrás

É provavelmente o pior comentário que eu li aqui.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Jesus Baccaro
1 ano atrás

Função social é a que eu o dono defino para minha propriedade. O Estado não apita nada por aqui.

Ph4nt0m
Ph4nt0m
Reply to  Jesus Baccaro
1 ano atrás

A terra é dele e ele faz oq ele quiser.

Jorene
Jorene
Reply to  Jesus Baccaro
1 ano atrás

Sr. Baccaro, saiba que: primeiro: terras produtivas já foram invadidas; segundo: terras produtivas já foram griladas; terceiro:qualquer propriedade rural pode ser assaltada, inclusive pelo PCC cabuloso; quarto: animais e crianças podem ser atacados por animais selvagens.

João Moro
João Moro
Reply to  Jesus Baccaro
1 ano atrás

E o Caso do fazendeiro descendente de Japonês que cumpria sua função social e até aplicava maquinários modernos e aquela cambada de desordeiros do MST invadiu e destruiu a fazenda e os maquinários dele?

José
José
1 ano atrás

Vou receber críticas severas, mas vou deixar a minha opinião aqui, sempre fui a favor do direito do cidadão a posse de armas de fogo, no entanto, com posicionamento contra esta liberação de calibres. Explico, hoje se argumenta que os criminosos estão muito bem armados é uma verdade parcial, pois não atinge a todos os criminosos. As armas de qualidade estão na mão do crime organizado e não em poder da maioria dos deliquentes de menor poder aquisitivo e estes infestam as cidades. São aqueles que roubam o cidadão no ponto de ônibus nas ruas e a sua arma de… Read more »

Wellington Rossi Kramer
Wellington Rossi Kramer
Reply to  José
1 ano atrás

Não há mundo perfeito! As armas estarão dos dois lados. Deve-se garantir que não estejam apenas do lado dos bandidos.

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  José
1 ano atrás

Paciência. O fato de parte das armas legais caírem nas mãos de bandidos no futuro não deve impedir que o cidadão tenha acesso a elas (tal como acontece com carros, celulares, facas e etc).

Zygmunt-toni
Zygmunt-toni
Reply to  José
1 ano atrás

Mais de 80% das armas apreendidas são nacionais e são revolveres.
Adivinha ? Roubadas e furtadas de manés na década de 80 e 90. Agora liberando mais armas para manés teremos mais armas para sermos assaltados.

Rafael M. F.
Rafael M. F.
Reply to  Zygmunt-toni
1 ano atrás

Zygmunt, essas armas são desviadas principalmente de firmas de segurança privada. Palavra do próprio presidente do Sou da Paz.

Nada a ver com furto a PF.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Rafael M. F.
1 ano atrás

Caro Rafael. Existem vários estudos sobre a origem das armas ilegais apreendidas pelas polícias. Em um levantamento sobre as 14 mil armas apreendidas em SP em 2011 e 2012, 93% eram revólveres ou pistolas, sendo 73% fabricadas pela Taurus. Das poucas carabinas, fuzis e metralhadoras apreendidas (231 unidades), 56% entraram como contrabando sendo 36% fabricadas nos EUA, enquanto que 21% delas foram fabricadas no Brasil (11% Taurus). Segundo o IPEA, cerca de 70% dos homicídios registrados no Brasil foram por armas de fogo (incluindo aqueles que resultaram de confronto com a polícia, que são cerca de 10% dos homicídios com… Read more »

Delfim
Delfim
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Olha… aqui na Baixada Fluminense usam muito as Glock, elas deixam uma marca quadrada na espoleta. 9mmP então, que nem as Polícias nem os cidadãos até agora não usam, é o que mais tem.
“Estatísticas” de instituições desarmamentistas não são confiáveis. Números não mentem, mas podem ser escolhidos.

João Moro
João Moro
Reply to  Delfim
1 ano atrás

Faria um aperfeiçoamento nesta frase que seria: “Números não mentem, mas a coleta e a direção podem ser manipulados para dar o resultado que desejar”

Farroupilha
Farroupilha
Reply to  José
1 ano atrás

Quanta besteira, defendendo a tese esquerdista de arma na mão das pessoas de bem não pode, só na dos crápulas. Além disto, delinquente usa simples canivete, até caco de vidro para agredir e roubar. O que está em questão é a insistência de tratar o povo que paga os impostos como perigoso para segurança nacional, ou seja uma cretina inversão de valores.

FABIO SILVA DE CARVALHO
FABIO SILVA DE CARVALHO
1 ano atrás

O exercito brasileiro deixa usar o estilingue?

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  FABIO SILVA DE CARVALHO
1 ano atrás

se vc for CAC pode

Cidadão
Cidadão
1 ano atrás

Dizer o que? Roraima está lá sendo submergida por indio fajuto, Vaticano e ongs estrangeiras mas o exército está preocupado em desarmar a população enquanto se recusa a combater a ameaça nacional de PCC e CV que comandam tráfico de drogas. Só Bolsonaro encara esses estrangeiros e comunistas da “comissão verdadi”.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Cidadão
1 ano atrás

Bolsonaro encara o quê mesmo? Kkkkkk e se a terra é dos índios eles vendem para quem eles quiserem oras! Inclusive as riquezas que estão na terra. E sobre o tráfico essa guerra o Estado já perdeu, se nem a CIA consegue nos EUA e o US Army no Afeganistão, imagine o EB…

Señor batata
Señor batata
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Defensor as reservas indígenas ainda pertencem a união.
Tchau e abs.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Cidadão
1 ano atrás

usar a ABIN para espionar os inimigos externos e internos? se tá maluco! melhor mesmo é proibir pistola e lançar edital para Sargento e Oficial.

Señor batata
Señor batata
1 ano atrás

45 Glock automático ou 45 acp? O primeiro eu não sei se existe.

Señor batata
Señor batata
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Errata minha: existe o 4t da Glock :/
Desculpa aí galera 😅

Eduardo
Eduardo
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

O curioso foi a reportagem do G1 citar nominalmente o 45 Glock Automatic que é o menos comum ao invés do 45 Colt, quando li pensei, “acho que ganharam um dinheiro da Glock”, mas no segundo seguinte pensei, “eles não fazem uma pt ideia do que estão escrevendo” ahahahah

Señor batata
Señor batata
Reply to  Eduardo
1 ano atrás

E aí Eduardo, te tranquilo? No meu caso eu estranhei o calibre mesmo, admito w vivia na mais completa ignorância em relação às esse calibre. Mas é isso vivendo e aprendendo.
Tchau e abs.

Dod
Dod
1 ano atrás

Eu nem julgo,isso ae já é um começo.Antes nem se falava em porte para o cidadão.

Patriota
Patriota
1 ano atrás

Já que o Fuzil foi proibido, ao menos poderemos comprar Carabinas como a S&W MP 15-22 LR ou Ruger SR 22 LR ou MSR MK 22 LR? Os especialistas recomendam?

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Patriota
1 ano atrás

Pode…

Se o EB não implicar com a MP15 por ser “tática demais” como já vi várias negadas de CII.

Claudio Reis
Reply to  Patriota
1 ano atrás

armas que não custam 500 dolares nos EUA e aqui …10.000 reais

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Claudio Reis
1 ano atrás

Isto é complicado mesmo…

Glock 599 dólares… no Brasil dependendo do dólar mais de 12k

Carlos Campos
Carlos Campos
1 ano atrás

Minha AK74 foipro ralo, estava preparado para andar de ônibus para comprar uma

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

kkkkkkkkkkkkkkkkkk boa

Patriota
Patriota
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Pois é, os favelados vão continuar ateando fogo nos busão e os movimentos sociais bloqueando avenidas e estradas…

Camargoer
Camargoer
Reply to  Patriota
1 ano atrás

Caro Patriota. Não se esqueças dos filhos de promotores e juízes ateando fogo em índios no ponto de ônibus, empreendedores descarregando suas pistolas em moradores de rua, universitários arrastando as ex-namoradas pelo asfalto presas em suas pickups…

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Também não podemos esquercer das Sininhos da vida, que matam trabalhadores e dos Adélios que esfaqueiam quem não gostam.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

Caro Rodrigo. Bem lembrado. Aproveito para incluir os Champinhas, Nardonis, Richthofen, Cravinhos…

Atirador 33
Atirador 33
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Sou praticante de Airsoft, o exército teve a cara de pau de proibir as aegs sniper Dragunov e os rifles FAL, essas armas disparam esferas plásticas de 6 mm a 520 FPS e a segunda a 475 FPS.
Isso é que é falta do que fazer.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Atirador 33
1 ano atrás

Onde isto ? Tem por escrito ou é mais uma lei de boca que criaram ?

Jorene
Jorene
Reply to  Atirador 33
1 ano atrás

Se proibirem minha airsoft AK-47, juro que crio uma guerrilha.

Igor
Igor
Reply to  Atirador 33
1 ano atrás

Ainda está melhor que eu que pratico paintball (0.68).

Bruno
Bruno
1 ano atrás

“Calibres nominais e munições de uso RESTRITO” Leia-se: “Calibres nominais e munições de uso RESTRITO ao cidadão e PERMITIDAS somente aos bandidos”.
Mais um dia no país da piada pronta.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Bruno
1 ano atrás

Não é que eles (os bandidos) podem ter armas, é que eles estão pouco se lixando para o que o Estado acha ou deixa de achar, vão na biqueira e compram a arma que quiserem. Nós deveríamos fazer o mesmo e comprar as armas que quiséssemos, eles não vão prender todo mundo, e se começarem a prender, a gente vai lá e derruba a Bastilha.

Engraçado que antigamente o povo fazia revolução por qualquer besteira. Hoje em dia o Estado pinta e borda e ninguém faz nada. Sofremos uma lavagem cerebral danada no último século.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Bruno
1 ano atrás

Uso restrito é para CAC

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

CAC, Policial, Militar, Promotor, Juiz…

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Rafael Oliveira
1 ano atrás

Descreveu os bandidos direitinho…

Shiftdel
Shiftdel
1 ano atrás

Engraçado, ninguém está falando da liberação do aumento da blindagem nos carros, para suportar disparos desses novos calibres, a blindagem máxima permitida hoje é contra disparos de calibres até .40…

Fernandes
Fernandes
Reply to  Shiftdel
1 ano atrás

Que eu saiba o Nível III-A segura 44 Magnum, que aliás está categorizado como calibre restrito por ultrapassar o limite de 1.620 joules, vale ressaltar que o 44 Magnum é quase 3 vezes mais forte que o 40 S&W, acredito que nenhum dos calibres que passaram a ser permitido tenha a capacidade de perfurar a blindagem III-A que temos disponível hoje.

horatio nelson
horatio nelson
1 ano atrás

como cac na 11º rm eu tenho uma duvida q muitos cac´s como eu tbm tem… os calibres 9mm e .45 acp sempre nos foram permitidos…porém com a liberação deles como de uso permitido os cidadões poderão ir na loja e comprar ? como ocorre hoje com as 380 e 38 ? pois hj para se ter armas restritas somente comprando do representante. e se para a posse(processo feito na pf sinarm)as pessoas poderão comprar os 9mm e .45 acp ? grato a quem puder me responder com conhecimento de causa.

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  horatio nelson
1 ano atrás

Sim, a partir de agora, tanto o CAC quanto quem tem posse/porte pelo Sinarm, poderá comprar armas calibre 9mm, .40, .45 no comércio. Eles serão como o 380 é hoje.

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Rafael Oliveira
1 ano atrás

isso será maravilhoso…dará menos trabalho.

paulof
paulof
1 ano atrás

Rifle como TSB17-9 é proibido? Algum Bullpup é possível ?

horatio nelson
horatio nelson
1 ano atrás

existe um plataforma ar15 q utiliza o 6×45…

MFB
MFB
Reply to  Rafael Oliveira
1 ano atrás

Só louco pra comprar arma da taurus.

Oganza
Oganza
1 ano atrás

Alguma coisa está errada… proibiram o 5,56×45 mas liberaram 6×45, mais conhecido como 6mmAR? Esse foi um dos calibres que inspirou o calibre “bala de Prata” 6.5 Grendel e 6.5 Creedmoor. E no fim, ambos tem mais DNA da família .264
Ps.: O SOCOM e o US Army estão trocando nesse exato momento as munições 7,62×51 OTAN pelo 6.5 Creedmoor para os DMR. Só necessitando para isso a troca do cano da arma, todo o resto funciona com a nova munição.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Oganza
1 ano atrás

Eu vi que tinham adotado oficialmente o 6.8 SPCII

Oganza
Oganza
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

6.8 SPC já pode ser considerado um calibre morto… tentaram, mas não rolou.

Delfim
Delfim
Reply to  Oganza
1 ano atrás

Assim como o .300blk, só trocar o cano.

Oganza
Oganza
Reply to  Delfim
1 ano atrás

O 300 BLK não foi adotado como padrão em nenhuma Força. Algumas FS como a da Bélgica o adotaram como “um calibre para determinadas funções”. O 300 BLK tem sido muito bem aceito por forças SWAT por conta de sua alta transferência de energia em CQC com carabinas e a bocibilidade de usar munições subsônicas+supressores… a SWAT adorou essa combinação.

Oganza
Oganza
Reply to  Delfim
1 ano atrás

Sem falar que é uma maravilha para hog hunter. 🙂

Oganza
Oganza
Reply to  Delfim
1 ano atrás

O 300 BLK não chega nem perto do desempenho balístico do 6.5 Grendel e muito menos da energia do 6.5 Creedmoor.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

Citar nominalmente um calibre é coisa de amador e faz o Exército passar vergonha mundialmente.

Deveriam unicamente basear na energia e não permitir munição explosiva.

Por exemplo..

Nesta lista não tem o 4.6×30 da MP7

Na remota possibilidade da H&K lançar uma MP7 semi-automática iriam ter que alterar a legislação para adicionar este calibre, nos restritos ou permitidos

Ou seja…

É bem lusitano liberar ou proibir nominalmente.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

Caro Rodrigo. Seu argumento que a regulamentação deveria ser em termos de energia ao invés de calibre faz muito sentido para mim (mesmo sendo leigo). Fico pensando sobre como fiscalizar a munição pela energia. Imagino que pelo calibre basta apenas observar o código na munição. Você acha que seria apropriado uma classificação por energia (supondo usando letas A, B, C… ou qualquer outro código) que permitisse ao fabricante inserir na munição?

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Prezado Camargoer,
Munições do mesmo calibre podem ter energia diferentes, conforme a pólvora usada, o formato do projétil e o tamanho do cano da arma.
Mas há órgãos independentes e mesmos os fabricantes divilgam tabelas com as energias das munições para um tamanho de cano padrão.
O Exército poderia usar alguma dessas tabelas e empregar a energia máxima de determinado calibre para classifica-lo como permitido ou restrito.
Dito tudo isso, tem uns 20 calibres mais comuns e o restante é bem raro, sendo bem irrelevantes no mercado.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Rafael Oliveira
1 ano atrás

O fabricante sabe o quanto a munição dele vai gerar de energia para tal comprimento de cano.

E as armas tem limitação…

Pode usar a munição +PPPPPPPPPPPPPP belza..

Vai estourar a arma na cara dele e vamos rir muito no Youtube.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

Caro Rodrigo. Imagino que o fabricante saiba ou que seria possível criar uma norma ABNT para medir a energia de um projetil. Fico pensando sobre a viabilidade de legislar usando a energia ao invés do calibre. Como fazer para que esse tipo de classificação fosse facilmente entendida ou coisa assim.

Delfim
Delfim
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Camargoer, existem as normas técnicas SAAMI norte-americanas sobre armas de fogo e munições. Nada que não possa ser acessado.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Já tinha sido feito assim na primeira versão..

Só que a imprensa fez tanto circo que acabou nesta m…. de hoje

Por isto que tem que deixar a esquerda e a imprensa gritarem até pegarem um câncer na garganta.

Delfim
Delfim
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

É o tal “poder discricionário”.
No mundo civil o que não é proibido é automaticamente permitido, mas se tratando de Forças militares e até policiais, se não for explicitamente permitido é automaticamente proibido.
O 4,6×30 se encaixa na faixa de energia permitida, mas como é recente e militarmente usado, não foi citado.
Eu adoraria usar o MP7, é leve, pode ser portado em coldres de coxa, seu calibre é mais efetivo que calibres de pistola.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Delfim
1 ano atrás

Eu tenho uma a gás de Airsoft, que tem mais recuo que a real…

É maravilhosa…

Luis
Luis
1 ano atrás

como tudo o q não é proibido por lei é permitido, exceto em países q não tem instituições democráticas como china, venezuela, brasil com o atual stf, teocracias e demais ditaduras, espero q muitos bandidos filhos da puta sejam neutralizados por projéteis 9mm RIP antes q os reis divinos e onipotentes, donos do povo bovino, se lembrem de castrar o rebanho, alegando q é para a própria proteção deste, já q gado não é capaz de tomar conta de sí sozinho. sendo obviamente retardado e por isso implora e agradece a seres superiores q possam tomar conta dele. aguardar q… Read more »

Jadson Cabral
Jadson Cabral
1 ano atrás

Acredito que só proibiram o 5.56mm por causa da polêmica do T4.

Lucas Snoider
Lucas Snoider
1 ano atrás

Esse e o nosso exercito tirando a liberdade do povo e mantendo a dele. E ainda tem idiota que diz que esses generais amam o Brasil!

Últimas Notícias

Rússia e China realizarão treinamento conjunto no exercício Zapad/Interaction 2021

A Rússia deve se juntar a um exercício militar no noroeste da China em agosto com o tema de...
- Advertisement -
- Advertisement -