Home Armamento SIPRI: China tem a segunda maior indústria de defesa do mundo

SIPRI: China tem a segunda maior indústria de defesa do mundo

4984
128
Desfile Militar na China

ESTOCOLMO – Novas pesquisas do Instituto Internacional de Pesquisa da Paz de Estocolmo (SIPRI) sugerem que a China é o segundo maior produtor de armas do mundo, atrás dos Estados Unidos, mas à frente da Rússia. Esta pesquisa representa o quadro mais abrangente da produção de armas das empresas chinesas até o momento.

No passado, uma falta de transparência significava que o valor das vendas de armas das empresas chinesas era desconhecido ou difícil de estimar com segurança. Por esse motivo, o SIPRI Top 100 – um ranking anual das 100 maiores empresas produtoras de armas e serviços militares do mundo – até agora não conseguiu incluir empresas chinesas de armas.

Avanços em estimativas confiáveis

O SIPRI identificou informações de 2015 a 2017 sobre o valor da venda de armas pelas principais empresas chinesas de armas. A pesquisa analisa quatro empresas para as quais informações financeiras confiáveis ​​estão disponíveis. As empresas abrangem três setores de produção de armas convencionais: aeroespacial, eletrônica e sistemas terrestres. Com o aumento dos dados disponíveis sobre essas empresas, agora é possível desenvolver estimativas razoavelmente confiáveis ​​da escala da indústria de armas chinesa.

Clientes de armas produzidas pela China

A China tem alguns dos maiores produtores de armas do mundo

Com base nas vendas estimadas de armas em 2015–17, as quatro principais empresas de armas chinesas escolhidas para o estudo agora podem finalmente ser comparadas com as principais empresas de armas do resto do mundo.

Em 2017, das 20 maiores empresas do SIPRI Top 100, 11 estavam baseadas nos EUA, 6 na Europa Ocidental e 3 na Rússia. Se as quatro empresas chinesas de armas investigadas no estudo fossem incluídas no Top 100, todas elas figurariam entre as 20 melhores, com vendas estimadas combinadas de armas totalizando US$ 54,1 bilhões. Três das empresas seriam classificadas no top 10.

A maior das empresas chinesas é a Avic Industry Corporation of China (AVIC), que com vendas de armas totalizando US$ 20,1 bilhões, seria a sexta maior do mundo. A China North Industries Group Corporation (NORINCO), que ficaria em oitavo lugar no Top 100 com vendas de 17,2 bilhões de dólares, é de fato o maior produtor mundial de sistemas terrestres.

Produção de armas mais especializada

Ao contrário da maioria dos outros grandes produtores mundiais de armas, as empresas chinesas de armas se especializam principalmente em um setor de produção de armas, por exemplo, a AVIC produz principalmente aeronaves e aviônicos. A maioria das grandes empresas de armas não chinesas produz uma gama mais ampla de produtos militares em diferentes setores – abrangendo aeroespacial, sistemas terrestres e construção naval dentro de uma empresa.

Essas novas estimativas provavelmente ainda estão subestimadas. A falta de transparência nos números de vendas de armas das empresas chinesas de armas continua a dificultar um entendimento completo da indústria de armas da China.

Esta nova pesquisa, no entanto, atua como um importante estudo de escopo que abre a possibilidade de mais pesquisas e prepara o terreno para uma estimativa mais completa das vendas de armas chinesas.

Para acessar o relatório completo em inglês (20 páginas em PDF), clique aqui.

Subscribe
Notify of
guest
128 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
8 meses atrás

A China tomando o lugar da Rússia como a maior exportadora de armas pra África e Ásia e, em breve, na América do Sul.
Tudo com variedade de produtos e “precinho camarada” na base de commoditties ou no “carnê das Casas Bahia”.

rafael
rafael
Reply to  Willber Rodrigues
8 meses atrás

Tudo cópia de produtos russos e de péssima qualidade, os caras são tão ruins que nem copiar sabem, até o Mini Cooper tentaram copiar mas a BMW conseguiu na justiça a proibição da exportação daquele lixo chinês.

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  rafael
8 meses atrás

Não é querer defender ninguém, mas seu comentário me lembrou nosso IA2 556. Ruim solta pecinhas etc.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  rafael
8 meses atrás

Longe de mim defender a China, mas…
Toda vez que alguem fala que os produtos chineses “soltam pecinha”, eu me pergunto…
E o Brasil, produz o que mesmo?

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Willber Rodrigues
8 meses atrás

Bananas,soja,mandioca,laranjas…

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Joao Moita Jr
7 meses atrás

“Bananas,soja, mandioca, laranjas e “laranjas” e os melhores políticos corruptos do mundo. Que não soltam pecinhas

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Antonio Palhares
7 meses atrás

Porra!!!! Tô chateado contigo!!! Esquecestes do Tropa De Elite???
Ah, e aqui na Califórnia todo dia que conheço outro brasileiro, ele é…
Professor De Jiu Jitsu!!!
🤗🤗🤗

Camargoer
Reply to  Willber Rodrigues
8 meses atrás

Antes fazia aviões, mas agora quem faz e a Boeing

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Camargoer
8 meses atrás

Cuidado, Camargoer. O outro dia me esculacharam porque escrevi exatamente isso. Lol
Mas sem brincadeira, quando era menino lá no fim dos anos 80 um tio me disse que o PIB do Brasil era bem maior do que o da China, e que o Brasil em breve estaria brigando com os Estados Unidos pela liderança mundial, junto com a China logo atrás.
Deu no que deu.
Abs

Camargoer
Reply to  Joao Moita Jr
7 meses atrás

Caro João. Uma vez, fazendo um vôo regional nos EUA indo para um congresso de química, sentei ao lado de um indiano que ia ao mesmo congresso. Ele ia contando os sucessos da industria indiana até que perguntou para mim o que o Brasil produzia. Apontei ao redor e disse “Este avião”. Ficamos em silêncio o resto da viagem. De fato, na década de 70 o PIB do Brasil era maior que o da China, mas ao longo das década seguintes ocorreu uma migração das industrias de bens de consumo para a China em busca de baixos salários e baixa… Read more »

Otto Lima
Reply to  Joao Moita Jr
7 meses atrás

A Boeing não é aquela empresa dos EUA que tem feito aviões que soltam pecinhas?

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Otto Lima
7 meses atrás

Hehe.Vou contar uma anedota que aconteceu no Iraque, na rodovia que liga Fallujah a Bagdah, em meados de 2009. Iamos em comboio, quando caiu aparentemente do nada um imenso charuto de metal bem no meio da rodovia, aproximadamente 300 pés adiante.
Paramos, estabelecemos a segurança do perímetro, e fomos investigar…
Era um tanque de combustível da Boeing, aparentemente cheio, que despencou de um F-15!!! Não explodiu, mas parecia um sprinkler.
Colocamos no radio, e desparamos de lá o mais rápido possível.

Camargoer
Reply to  rafael
8 meses atrás

Cara Rafael. É importante evitar a confusão. É fato que a China produz um número enorme de quinquilharias de péssima qualidade. Baterias que funcionam por poucos dias, brinquedos que usam polímeros inadequados (cheiro de borracha, grudentos, quebradiços), lâmpadas que queimam com poucas horas de uso, etc. São produtos produzidos sem controle de qualidade, com materia prima reciclada, mão de obra sem treino e sem certificação. Por outro lado, existem empresas que produzem equipamentos certificados, com desempenho atrelado a contratos com clientes, e tudo mais. A China faz produtos que soltam pecinha porque os importadores que preferem esses produtos para amplias… Read more »

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Willber Rodrigues
8 meses atrás

Se fosse Russo me bandeava para as “bandas de cá”… ainda estarei vivo no dia que os Chineses perderem o respeito para os Russos e avançarem por sobre as riquezas das longínquas planícies Siberianas Russas… repletas de óleo e gás. Só a Republica de Sakha já estava de bom tamanho para os Chinas, repleta de óleo e gás e com 25% da produção de diamantes do mundo… ao alcance das mãos, sem precisar de nenhum navio… os milhões de soldados Chineses exterminaria as menos de 950.000 almas que vivem num território maior do que a Argentina com um piscar de… Read more »

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
Reply to  Ricardo Bigliazzi
8 meses atrás

Ricardo Bigliazzi
Vc se esquece das milhares de ogivas nucleares de todos os tipos que Rússia possui

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Fabio Jeffer
8 meses atrás

Você esqueceu que um ataque nuclear da Rússia na China levaria a radiação até a Rússia, Coreia do Sul e Japão que estão ali ao lado, e isso um ataque só no leste da China onde fica a capital e também é a parte mais industrializada.

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Émerson Gabriel
8 meses atrás

Acho que negativaram meu comentário por acharem que um ataque nuclear não traria consequências

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Fabio Jeffer
7 meses atrás

E ele esquece que aqui nos círculos militares dos Estados Unidos, estamos muito preocupados com exatamente o oposto. Os laços comerciais e militares Sino-Russos estão cada vez melhor, especialmente com o programa a largo prazo chamado One Belt One Road.
https://theasiadialogue.com/2018/03/16/what-the-belt-and-road-means-for-sino-russian-relations/

Camargoer
Reply to  Joao Moita Jr
7 meses atrás

Olá João. Acho que é necessário cuidados com dois tipos de análises. 1) economistas ligados aos mercados financeiros 2) militares ligados aos mercados de defesa. Os primeiros vão das pouca importância às demandas da industria, os segundo vão dar muita atenção ás demandas de conflito.

José Carlos David
José Carlos David
Reply to  Ricardo Bigliazzi
8 meses atrás

A resposta da Rússia seria devastadora!

Rustam
Rustam
Reply to  Ricardo Bigliazzi
8 meses atrás

Ricardo Bigliazzi
——–

Well, you and the clown))))

Brunow
Reply to  Rustam
8 meses atrás

Eu quero viver para ver uma potência nuclear invadida…
Mesmo que seja a fraca Koreia do Norte…

Marcelo
Marcelo
Reply to  Brunow
8 meses atrás

O paquistao foi invadido pelos americanos para pegar o bin laden i nada aconteceu !!!! Eai ???

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Marcelo
8 meses atrás

E tú acha MESMO que o Paquistão ia declarar guerra contra os EUA por causa do Bin Laden? Sério mesmo???

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Marcelo
8 meses atrás

O que os EUA fez foi uma incursão e não uma invasão em larga escala.

Cristiano de Aquino Camposkv
Cristiano de Aquino Camposkv
Reply to  Marcelo
7 meses atrás

Comparar invasão de forças especiais para capturar um alvo de baixo valor militar próximo da fronteira com uma invasão em larga escala e forçar de mais.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Marcelo
7 meses atrás

Marcelo.
Como diz o matuto mineiro. Tem dó.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Ricardo Bigliazzi
8 meses atrás

Ricardo Bigliazzi Se fosse Russo me bandeava para as “bandas de cá”… ainda estarei vivo no dia que os Chineses perderem o respeito para os Russos e avançarem por sobre as riquezas das longínquas planícies Siberianas Russas… repletas de óleo e gás. Só a Republica de Sakha já estava de bom tamanho para os Chinas, repleta de óleo e gás e com 25% da produção de diamantes do mundo… ao alcance das mãos, sem precisar de nenhum navio… os milhões de soldados Chineses exterminaria as menos de 950.000 almas que vivem num território maior do que a Argentina com um… Read more »

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Ricardo Bigliazzi
8 meses atrás

Deixa esta gente lá…

William Duarte
William Duarte
Reply to  Ricardo Bigliazzi
8 meses atrás

Eu foco pensando é como deve ser complicado a situação da Mongolia, divisa ao norte é a Russia ao sul a China, 1,5 milhões de Km2 e 3 milhões de habitantes, boa parte morando na capital, um enorme vazio no interior, sua quarta maior cidade possui apenas 36 mil almas, forças armadas pequena e mal equipada e para complicar mais ainda pertencia a China até 1921 quando conseguiu sua emancipação, muito parecido com o Tibete quando em 1950 os “os amigos” chineses libertaram seu povo e o resto da história todo mundo conhece, pois o mundo todo se acovardou e… Read more »

Farroupilha
Farroupilha
Reply to  William Duarte
7 meses atrás

Pois é caro William, alguns adoram falar que não temos inimigos na nossa porta, portanto não precisamos de FFAA poderosas. No entanto a Mongólia tem dois gigantes bélicos encostados do seu lado e não possui Força alguma… Conclusão ou lição a ser tirada: O que faz um país precisar ter FFAA fortes não são seus vizinhos de porta, mas as riquezas que ele guarda. Pois atrás de riquezas correm inimigos até do outro lado do mundo, exemplo factual os antigos piratas (bando de bandidos amigos que se juntavam num navio para levar pilhagem em qualquer lugar onde houvesse ouro). Quem… Read more »

Juliano
Juliano
Reply to  Ricardo Bigliazzi
7 meses atrás

Sabe de nada , eles não são Loko de querer invadir a Rússia , nem os EUA fizeram , os últimos quebraram a cara , exemplo que não falta , um ataque e a China some do mapa , estão mais para aliados , os russos estão e gostando dos chineses os que mais compram produtos russos .

Ricardo
Ricardo
Reply to  Willber Rodrigues
8 meses atrás

Quem tem mais medo da União Rússia e China é o ocidente. É bom abrirem o olho. Ligação entre os 2 aumentou muito nos últimos anos. Os jornais oficiais chineses falam muito bem dos russos e atualmente 1,5 milhão de turistas chineses visitam a Russia todos os anos. Daí a burrice ocidental de antagonizar os russos. É tudo que a China quer!

Millenium
Millenium
Reply to  Ricardo
8 meses atrás

Alguém por um acaso consegue ver por uma linha diferente daquela do super-trunfo, tipo “eu tenho mais ogivas do que vc, eu tenho mais tanques, aviões e navios, minha bolsa escrotal é roxa e maior que a sua, etc, etc”. Esqueçam isso, não haverá guerra nuclear, no máximo uma ou duas “possiveis” detonações, mas guerra de nukes não. É ruim para os negócios. Ninguém ganha com isso. As empresas de armamentos não vendem. Se eu não vendo, vc também não. Esse pessoal vive de vendas, mas tem que ter alguém vivo pra poder comprar. Quanta gente doida.

J-20
J-20
8 meses atrás

O colar de pérolas não precisa nem da marinha chinesa para estar feito. Quase todos os países vizinhos da Índia são parceiros chaves da China.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  J-20
8 meses atrás

Sempre digo isso aqui.
A Índia está ‘encaixotada’ entre aliados da China.
E para piorar, a própria China é bem mais avançada do que ela.

Ricardo
Ricardo
Reply to  J-20
8 meses atrás

Quem tem mais medo da União Rússia e China é o ocidente. É bom abrirem o olho. Ligação entre os 2 aumentou muito nos últimos anos. Os jornais oficiais chineses falam muito bem dos russos e atualmente 1,5 milhão de turistas chineses visitam a Russia todos os anos. Daí a burrice ocidental de antagonizar os russos. É tudo que a China quer!

Antoniokings
Antoniokings
8 meses atrás

É natural que a China com seu tamanho monstruoso, competência e persistência assuma lugar de destaque em todos os setores.
Em termos gerais. já são os maiores na indústria, agricultura, mineração e etc.
E representam 25% do fluxo comercial do Mundo.
Estão no caminho certo.

Space Jockey
Space Jockey
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

E a Rússia vai ficando pra trás…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Space Jockey
8 meses atrás

Não há o mínimo problema.
Basta seguir o gigante oriental que terá longa vida.
Aliás, atualmente, estão parecendo unha e carne.

Space Jockey
Space Jockey
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Hahaha vai pensando que eles são assim tão amiguinhos… A Rússia sempre teve o pé atrás com a China e e teme uma invasão sim, nào quer dizer que vá acontecer, mas teme.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Space Jockey
8 meses atrás

Os territórios Russos são os mais ricos da região, óleo, gás e minérios em profusão… isso na mão de quem sabe fazer “negócios da china”…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Ricardo Bigliazzi
8 meses atrás

‘Os territórios Russos são os mais ricos da região, óleo, gás e minérios em profusão… isso na mão de quem sabe fazer “negócios da china”…’

Exatamente.
Por isso, chineses e russos lançaram o mega-gasoduto chamado ‘Força da Sibéria’ para suprir a voracidade chinesa pelo combustível.
Sem contar a inauguração de pontes, rodovias e ferrovias para integrar as regiões.
Li, inclusive, que os russos estão começando a arrendar terras aos chineses para o plantio, inclusive, de soja.
A integração entre eles vai de vento em popa.

Rene Dos Reis
Rene Dos Reis
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

O ocidente virou as costas pra Russia ai ela olhou para o oriente. estou pagando muito caro pela energia elétrica , meu governo virou as costas para min também estou olhando para o oriente com suas tecnologias em energia renovável.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Isso mesmo… lembra muito a Russia e Alemanha em 1939…

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
Reply to  Ricardo Bigliazzi
8 meses atrás

Vc lembra qual foi o fim da Alemanha

Jacinto
Jacinto
Reply to  Fabio Jeffer
8 meses atrás

A Alemanha perdeu a guerra, mas não acabou. Ao contrário, enriqueceu, tornou-se o coração econômico da Europa, e por meio do Euro e da UE trouxe para sua esfera de influência os países que em 1945 eram satélites da URSS ou pertenciam a ela. Já a URSS ganhou a guerra, mas, literalmente, acabou. Foi extinta e sua sucessora legal (Rússia) tem uma economia muito menor do que os vencidos e sua influência na Europa Central e Oriental foi substituída pela a da UE.

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  Jacinto
8 meses atrás

E a razão é muito simples, e até óbvia: A Alemanha foi conduzida para o caminho da democracia e livre mercado, enquanto o povo russo continuou sob a esfera do comunismo. Hoje a Alemanha conquistou com a paz o que não conseguiu na guerra. Já os Russos se apegam às suas armas nucleares para continuarem relevantes.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  paddy mayne
8 meses atrás

E a razão é muito simples, e até óbvia: Plano Marshall.
Só não pergunte quantos recursos dos países periféricos (Brasil no meio), esfolados na venda de seus produtos e que geravam lucros abundantes para os países centrais, fizeram parte desse plano.

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Exato. De um lado o plano Marshall e do outro o plano Stalin, invadindo e oprimindo o leste europeu. O resultado final dispensa comentários. Quando o assunto é arranjar desculpas para o sucesso alheio (e o fracasso próprio), os esquerdistas são os maiorais.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  paddy mayne
8 meses atrás

Vc, certamente, sofre de Síndrome de Estocolmo.

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

“Sindrome de Estocolmo”???
O Brasil é o país que mais tem casos dessa doença. No último levantamento feito em 28/10/2018 tinha 47.038.963 de enfermos diagnosticados.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
7 meses atrás

É, mas tem cura.
O tratamento dura no máximo quatro anos, mas geralmente é bem menos.

Bosco
Bosco
Reply to  paddy mayne
7 meses atrás

Paddy,
Não liga a Rússia atual com comunismo não que você vai ser linchado. Pega leve!!! http://www.jrnyquist.com/is-putin-a-communist.html

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Se não fossem as armas nucleares russas, esse “best Friends forever” acabava em 1 semana. Em cima, uma nação gigante e rica em minérios mas com pouco mais de 100 milhões de habitantes. Em baixo, 1,5 bilhão de pessoas sequiosas por recursos e espaço, sob o comando de uma minoria extremamente imperialista, vide as ilhas artificiais que gostam de fazer no mar do sul.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Kings,

Em têrmos de saúde pública e contrôle epidêmico, a China está a beira do precipício.

Não se esquêça que a economia só funciona se a população fôr saudável, e de não controlarem essa epidemia, a China poderia sêr a primeira potência da história, a colapsar por causa de um vírus.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Tadeu Mendes
8 meses atrás

Tadeu.
Calma.
Vc está muito ‘catastrófico’.

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

“Tadeu.
Calma.
Vc está muito ‘catastrófico’.”
hahahahahahha
Vivi pra ver isso. O cara que prevê há 10 anos, todo santo dia , que no dia seguinte o império americano vai desmoronar, chamando outro de “catastrófico” rsssss
Essa você se superou Toinho. Por isso que eu gosto de você…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
7 meses atrás

A ‘catástrofe’ que vai se abater sobre os EUA será bem maior, mais lenta e bem mais dolorosa.
Não há necessidade de tanta pressa, apenas da certeza de que ocorrerá.
Tipo isso:

‘U.S. national debt projected to rise to $31.4 trillion by 2030: CBO’

https://www.marketwatch.com/story/us-national-debt-projected-to-rise-to-314-trillion-by-2030-cbo-2020-01-28?mod=home-page

Se o coronavirus não nos alcançar, estaremos vivos para assistir.

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Então a China tá encrencada porque se a dívida pública dos EUA será de 98% do PIB em 2030 a da China já é de 250% hoje. https://valor.globo.com/mundo/noticia/2019/06/21/divida-sobe-para-249-do-pib-na-china.ghtml

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
7 meses atrás

A economia planificada chinesa vai ruir e não demora. Não tem capitalismo de estado que dê jeito.
Agora fazem tanques e navios feito bala de coco pra poder manter alguns empregos da construção civil que em dois anos consumiu , na construção de cidades (fantasmas) , a mesma quantidade de aço que os EUA em todo o Século XX.
Os desempregados são mantidos pelo Estado para que se mantenham calmos. Uma receita certa para o fracasso.
Ou seja, uma panela de pressão sem válvula de segurança. Vai ter pecinha voando pra todo lado.

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
7 meses atrás

A China tinha que ter modernizado suas armas nucleares e aperfeiçoado suas forças armadas de modo a manter uma dissuasão efetiva e apostado num crescimento mais lento, baseado no consumo de uma classe média em formação.
Mas não! Inventou de querer ser potência e peitar o mundo todo e se vangloria de ter alguns dos bilionários mais bilionários da Terra, e ainda por cima, continua comunista.
Vai entender…

Space Jockey
Space Jockey
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Isso é verdade mesmo Bosco, tem milhões de desempregados as custas do estado lá ? Realmente a indústria militar daqui a pouco encontra a crista do crescimento e começa a cair, só não sei que tipo de curva será. Quem ja possui os navios tanques e aviões de que precisa para de comprar.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
7 meses atrás

A relação de divida;PIB tem o Japão disparado em 1º com 238,2%, os EUA com 106,1% e a China com 50,50%.

Importante nessa relação é como ela foi constituída, como ela está crescendo (nos caso dos EUA é dramático) e como será paga (no caso dos EUA não há previsão).

https://pt.tradingeconomics.com/country-list/government-debt-to-gdp

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Toinho,
Esses caras não concordam com o Tradingeconomics não: https://www.reuters.com/article/us-china-economy-debt/chinas-debt-tops-300-of-gdp-now-15-of-global-total-iif-idUSKCN1UD0KD
Quem tá certo?

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Toinho,
E tô perguntando “de boa”.
Quero realmente saber quem tá certo. Há nitidamente um equívoco de alguma parte. Como eu não sou do ramo e talvez você seja, pode me explicar onde e por que há tanta divergência assim referente a esses dados.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
7 meses atrás

A dívida americana fechou 2019 em US$ 23 tri e o PIB na casa de US$ 20 tri.
Disso eu tenho certeza absoluta.
Sem contar que a sociedade americana tem passivos não financiados na casa de US$ 200 tri.
Uma bomba de hidrogênio financeira de efeitos mais que catastróficos.

Naamã
Naamã
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Bosco,isso inclui “shadow banking”?Por que se não,a China já tá nos 350%

Farroupilha
Farroupilha
Reply to  Naamã
7 meses atrás

Exato meu caro. E Shadow Banking não é um problema só da China é de todo o antigo mundo socialista, cuja população se acostumou com um sistema financeiro fora do controle central. Ou seja, têm muita coisa podre embaixo dos panos pelo mundo euro-asiático. O que não falta lá é dividas, cobradores, vinganças etc. Justamente por isto… sociedades sempre cheias de criminosos e espertalhões só vão pra frente com governos linha dura e extremamente centralizados. Não sou eu que falo, mas a História… Uma coisa leva a outra. O que deve ter de títulos falsos por lá, além dos títulos… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Os EUA estão voltando para taxas de crescimento perto ou abaixo de 2% a.a. e com juros baixíssimos.
Apesar desses juros, a tendência é que o serviço da dívida vai consumir cada vez mais recursos do Governo o que vai impactar negativamente ainda mais o crescimento nos próximos anos.
Alguns economistas já consideram que é irreversível o processo de ‘japanização’ dos EUA, ou seja, estagnação econômica e possibilidade de juros até negativos.

Brummbär
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Os americanos já tem uma divida acima de 300% do PIB.
https://cointimes.com.br/divida-dos-estados-unidos-e-de-uss-22-trilhoes/

Space Jockey
Space Jockey
Reply to  Tadeu Mendes
8 meses atrás

Isso eu não acredito, mas seria ótimo para tio Sam.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Tadeu Mendes
7 meses atrás

PsyOps

Brunow
8 meses atrás

Apesar da matéria não dizer claramente, possivelmente a China se tornou o segundo somando vendas externas/internas, nas exportações ela ainda não figura na segunda posição.. Segundo o site Amnsty.org citando dados do SIPRI entre 2014-2018, esses foram os principais clientes dos 5 principais exportadores: •EUA: Arábia Saudita (22% do total de exportações),Austrália (7,7%), Emirados Árabes Unidos (6,7%) •Rússia: Índia (27%), China (14%), Argélia (14%) •França: Egito (28%), Índia (9,8%) Arábia Saudita (7,4%) •Alemanha: Coréia do Sul (19%) Grécia (10%) Israel (8,3%) •China: Paquistão (37%), Bangladesh (16%), Argélia (11%). A China ainda é um grande cliente russo de equipamentos militares, mas… Read more »

XFF
XFF
Reply to  Brunow
8 meses atrás

Matéria fala muito e não diz nada. A China ainda é um grande comprador de armamento Russo. Equipamentos militar de alta tecnologia a China continua comprando da Rússia.

Brunow
Reply to  XFF
8 meses atrás

No final da matéria (original) o editor deixa uma ressalva, por causa dos dados escassos fornecidos pelas empresas Chinesas, em comparação com as empresas ocidentais que tem a política de fornecer seus dados anualmente, as fabricantes Russo/Chinesas fornecem dados incompletos e muitas das vezes antigos, pois na maioria dos casos nesses países os acordos são feito de governo para governo, quando externo, e secretos (em relação a valor) quando interno.. Mas não é novidade o crescimento Chinês, afinal eles buscam ser primeiro no mundo em tudo. Ao contrário do que muitos escrevem por aí, a China não tomará mercado só… Read more »

Jacinto
Jacinto
Reply to  XFF
8 meses atrás

A China hoje produz mais ciência do que a Rússia e sua economia é incomparavelmente maior. É uma questão de tempo até a China alcançar a ultrapassar a Rússia em tecnologia.

Rustam
Rustam
Reply to  XFF
8 meses atrás

XFF

S-400 / Su-35 / Aircraft engines / Helicopters / Aircraft armament

Foxtrot
Foxtrot
8 meses atrás

É, contra fatos não há argumentos!
E ficam alguns invejosos aqui do fórum tentando desmerecer os produtos de defesa chineses, sem nem ao menos ter dados ou qualificação técnica para isso.
A inveja realmente contamina !
Parabéns aos chineses, Indianos, Turcos e todo país sério que busca se desenvolver autonomamente sem precisar se submeter aos interesses das grandes nações ocidentais!

João Moro
João Moro
8 meses atrás

Constatei que das TOP 20 de empresas de armamentos, não tem nenhuma brasileira. Precisamos mudar isso.

francisco Farias
francisco Farias
Reply to  João Moro
8 meses atrás

Para a industria bélica nacional deslanchar teria que ter mercado interno. Porém os militares brasileiros preferem adquirir lixo, em vez de apoiar e comprar produtos nacionais.

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  francisco Farias
8 meses atrás

Me desculpe, mas o caso do IA2 atesta o oposto. No entanto, é inegável que o mercado interno é fraco.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  paddy mayne
8 meses atrás

Enquanto o lixo do T4 vai custar para o mercaod civil na casa dos 9k dependendo do estado..

A versão carabina do IA2 me falaram que será 18k

Rui Chapéu
Rui Chapéu
Reply to  João Moro
8 meses atrás

Monte uma empresa no Brasil! Veja que maravilha é e depois tenta entender pq não tem nenhuma brasileira ali!

Caio
Caio
Reply to  Rui Chapéu
8 meses atrás

Mas no caso da indústria militar os nossos líderes políticos e militares deveriam ser os primeiros a prestar mais ajuda, no entanto é mais fácil manter a tese da incompetência brasileira, e a subserviência a interesses externos; do que fomentar um ramo crucial para qualquer nação que se queira forte.

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Caio
8 meses atrás

Sem falar que esta indústria agrega alto valor tecnológico e educacional ao povo produtos, e trás divisas consideráveis com vendas de qualquer coisa. Qualquer produto militar, gera muita riqueza cientifica e econômica. Mas para que o Brasil precisa de divisas e emprego? Segue o futebol e cachaça.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Caio
8 meses atrás

Prezado
Uma análise rápida evidenciará q a indústria militar q há no Brasil ainda existe pelo empenho das Forças Armadas.
Sds

Mauricio Siqueira
Mauricio Siqueira
8 meses atrás

A China já se consolidou como potencia militar mundial, e eu particularmente tenho grandes receios da fome do Dragão e do tamanho da população.

Uma dúvida, esse surto do Coronavírus não merece um tópico aqui? Existem suspeitas que o vírus saiu do Laboratório de guerra biológica da China?

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Mauricio Siqueira
8 meses atrás

Isso não passa de conspiração pela coincidência que o Instituto de Virologia chinês estar também em Wuhan. O que se conhece dessa família de vírus é que ela tem origem zoonótica (da mesma forma que o SARS e o H1N1) e que certamente passou para humanos devido aos hábitos alimentares bem estranhos da população de Wuhan e região.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Filipe Prestes
8 meses atrás

Estão ligando o vírus ao hábito de comer morcegos(um tipo bem nojento de sopa a propósito). Há,claro que sem comprovações pois a China é fechadassa quando se trata de vazar informações, relatos de chineses q moram lá falando para parentes no Brasil em que a situação é pior ,e muito, do que se mostra e que já se alastrou na China toda e são milhões infectados.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Tomcat4.0
8 meses atrás

Tenho grande admiração pelo povo chinês, mas alguns hábitos alimentares deles são intragáveis.
Essa sopa de morcego não tem a menor condição.

Camargoer
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Olá Antonio. Ao contrário da maioria dos japoneses que encara a fila numa boa, fico irritado com o hábito da maioria dos chineses de cortar fila no aeroporto na hora do embarque.

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  Camargoer
8 meses atrás

direto. muito mal-educados.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Cara, sem condições nenhuma de comer certas “iguarias” dessa região de Wuhan como essa escabrosa sopa de morcego, e outras loucuras de lá como um tal prato chamado de “Tigre e Dragão” feito com gato e cobra. Não me admira que a gripe aviária e a gripe suína tenham surgido na China tendo em vista esses hábitos alimentares horrendos.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

O nome disto é falta de comida…

Que falta que faz um boi para fazer churrasco.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
8 meses atrás

Falta de comida?
Alguns desses pratos são servidos em restaurante que vc talvez não tenha capacidade de pagar.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Continua sendo falta de comida..

quem pode comer uma picanha não come rato, escorpião, barata, etc…

Isto de gosto exótico é balela…é falta de opção.

Tanto que quando vêem para o Ocidente estes hábitos rapidamente são perdidos..

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
8 meses atrás

Lembre-se que a China tem uma das civilizações mais antigas do Mundo (talvez a mais antiga), e que tem costumes enraizados na população.
Provavelmente em 2.000 AC a vida fosse bem mais difícil sendo comum comer essas coisas.
Além do mais, vc não vai encontrar morcego para vender na Ceasa.
Hoje um trabalhador chinês já ganha consideravelmente mais que um brasileiro.
Melhor vc se atualizar.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

E não deixou de comer este monte de lixo até hoje ? Você acha que é tradição, para mim é falta de evolução.

Space Jockey
Space Jockey
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
8 meses atrás

E eu achava que na Índia é que serviam iguarias repugnantes

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

No México comem insetos assim como em outro lugares. Aqui comemos lagarto e feijão com miudos de porco que tem gente pelo mundo que nâo gosta. Tradições surgidas da necessidade do passado.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
8 meses atrás

Essa tal sopa de morcego de Wuhan tá longe de ser uma necessidade. Segundo reportagem da Deutsche Welle, cada tigela dessa coisa grotesca custa ao redor de 900 yuan. Isso é caro demais para uma refeição do dia a dia do cidadão médio chinês.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Filipe Prestes
7 meses atrás

Filipe Prestes.
Isso dá uns 130 dólares.
Essas pessoas pagam caríssimo para comer esses pratos exóticos.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Eu pagaria pra passar longe desse treco! Não deixe de perder se visitar a China!

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Filipe Prestes
8 meses atrás

Felipe,
Ontem saiu a notícia de dois chineses foram detidos pelo FBI aqui em Boston.
Um dêles é uma mulher a qual trabalhava em uma companhia de pesquisa em robótica. Ela é oficial do Exército chinês.

O outro, é um pesquisador da área de saúde, o qual foi detido no aeroporto internacional de Boston, carregando vários frascos de amostras biológicas. O espião trabalhava no centro de pesquisa virológico em Wuhan.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Tadeu Mendes
8 meses atrás

Olá, Tadeu! Boa tarde Me perdoe o ceticismo, mas para além da coincidência de que o Instituto de Virologia fica em Wuhan, qual é a relação desses episódios que mencionou com o surto dessa nova cepa de coronavírus? O quê liga de fato esses dois casos com a epidemia que agora se espalha naquela província? Desculpe, mas sem evidências que apontem paralelo entre ambos fatos, conjecturar um plano militar chinês acerca desse episódio é pura especulação midíatica e um baita de um clickbait. Se essa hipótese (por mais conspiranóica que seja) se confirmar, o que acho muito difícil, algo dessa… Read more »

Jacinto
Jacinto
8 meses atrás

Há anos eu digo que a política russa de fornecer equipamentos militares para a China – que famosamente, não respeita direitos relacionados à propriedade industrial (ou seja copiam tudo, descaradamente) – não é sábia a longo prazo. Aí está o resultado: a indústria bélica chinesa vai tomando mercado que tradicionalmente eram russos, com preços e condições melhores do que os dos russos com equipamentos que, ou são equivalentes, ou cuja inferioridade não é tão acentuada a ponto de compensar a aquisição dos russos. Veja por exemplo que a AVIC, que fabrica o J-11 e seus derivados (versão local da família… Read more »

Brunow
Reply to  Jacinto
8 meses atrás

A Sukhoi esta “dentro” da UAC, 17° posição..
A AVIC fusão da AVIC I e II, expandiu muitos seus negócios, pois não atua somente na China (ao contrário da UAC), num passado recente ela comprou a empresa americana fabricante de motores Continental Motors e a fabricante de aeronaves leves Cirrus Aircraft ; ela é uma gigante, e em breve estará no nível de Boeing, Airbus e LM…

Jacinto
Jacinto
Reply to  Brunow
8 meses atrás

A Sukhoi também tem uma linha de aeronaves civis, mas neste gráfico – pelo menos foi este o meu entendimento – estão apenas as vendas militares. E o que vemos aí é uma empresa chinesa que, provavelmente, tem menos capacidade técnica do que sua congênere russa ter uma receita militar 300% superior.

Antunes 1980
Antunes 1980
8 meses atrás

Ainda há um caminho considerável para a China ter a qualidade e confiabilidade russa ou norte americana.

comment image

wwolf22
wwolf22
8 meses atrás

alguem tem conhecimento se a China vende as “cyber weapons” produzidas por eles?? ou se eles fazem “consultorias” com seus hackers junto a Korea do Norte ou outros paises?

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
8 meses atrás

A China está fazendo jus ao seu passado de grande nação rica e próspera. Uma pena que seu povo ainda se sujeite aos desmandos do PC.

Nelson Daher Junior
Nelson Daher Junior
8 meses atrás

Este documento do SINPRI revela que a indústria de defesa da China tem vendas que são o dobro do orçamento total anual de defesa do Brasil. Nossa indústria de defesa tem um longo caminho a percorrer para conquistar uma fatia deste mercado bilionário…

Gabriel BR
Gabriel BR
8 meses atrás

Contra fatos não há argumentos.

ANGELO CHAVES
ANGELO CHAVES
8 meses atrás

Em 2020 essa informação não é surpreendente.

Marcelo Danton
Marcelo Danton
8 meses atrás

E é a primeira em Guerra Biológica. Não tem pra ninguém em matéria desenvolver e espalhar vírus pelo mundo. Experiências de milênios.

Marcelo Danton
Marcelo Danton
Reply to  Marcelo Danton
8 meses atrás

E POR FAVOR!!
Sem essa de xing ling ou de que são plagiadores… temos que ser honestos e dar o mérito merecido.

Pedro
Pedro
8 meses atrás

Eu acho que Nixon e os estrategistas Americanos não sabiam o tamanho do monstro que criariam quando se aproximaram da China para se contrapor a URSS, bem como, deviam saber que a atual aliança deles, seria muito ruim de se contrapor.Pois temos o maior fornecedor de material do mundo, junto com o maior consumidor de material do mundo.

Marcelo Danton
Marcelo Danton
Reply to  Pedro
8 meses atrás

Pode ter certeza absoluta que os Soviéticos eram BEM piores. Tanto que a China ficou “inimiga” deles a maior parte do tempo. Tinham muitas tropas chinesas na fronteira,,,vc sabia disso?!

Pedro
Pedro
Reply to  Marcelo Danton
7 meses atrás

Com quem a URSS e a China não possui problema fronteiriços Kkkkkkkkkkkk, pelo que lembro a inimizade das duas, foi por que a URSS foi Nutella em relação ao que a China de Mao-tsung queria, que era a guerra.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Marcelo Danton
7 meses atrás

Na Ásia é difícil achar quem n tem problema um com o outro e tem os seus massacres no CV.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
7 meses atrás

No Ocidente também.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Gabriel BR
7 meses atrás

Não sistemáticos como você tem por lá..

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
7 meses atrás

Made in China = copias e quinquilharias de péssima qualidade.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Entusiasta Militar
7 meses atrás

Brasileiro falar mal dos produtos dos outros é igual o Lula chamar os outros de corruptos. A exceção de uns produtos agrícolas, aço e aviões, o resto dos produtos brasileiros nem cheira nem fede em matéria de qualidade, pois sequer existem…

Mattos
Mattos
7 meses atrás

O que vai destruir a China será a própria China. Vejam a quantidade de vírus que sai de lá.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Mattos
7 meses atrás

A China está sendo isolada do mundo por causa disso, até a Rússia fechou a fronteira com a China.

Leonardo
Leonardo
7 meses atrás

Parabéns China !!