Home Estratégia ‘Imaginação sem limites’, reage França a informação de que seria ameaça ao...

‘Imaginação sem limites’, reage França a informação de que seria ameaça ao Brasil

6241
192
Presidente francês Emmanuel Macron

Em resposta à informação confidencial de que o Brasil considera o país europeu sua principal ameaça nos próximos 20 anos, a embaixada da França mencionou a “imaginação sem limites” dos autores da minuta do Ministério da Defesa.

No documento secreto, obtido pelo jornal Folha de S. Paulo, o Brasil cita a França como sendo a maior ameaça para o país nos próximos 20 anos, sob justificativa das tensões na Amazônia, onde os dois países possuem uma fronteira comum.

Paris, responsável pela fronteira da Guiana Francesa com o território brasileiro, no entanto, não levou a minuta a sério.

“Forças Armadas de todos os países realizam frequentemente esse tipo de exercício de análise de cenários. Entretanto, nós saudamos a imaginação sem limites dos autores desse relatório”, indicou a Embaixada Francesa em sua conta no Twitter.

A minuta confidencial, intitulada “Cenários de Defesa 2040”, foi elaborada a partir de entrevistas com 500 membros da elite militar brasileira em onze reuniões que ocorreram ao longo do segundo semestre de 2019.

Segundo a Folha, o documento, de 45 páginas, “traz considerações geopolíticas realistas e hipóteses algo delirantes”, como a de um atentado biológico em que “ultranacionalistas do Sudeste Asiático” espalham o coronavírus que provoca a Sars durante a edição do Rock in Rio em 2039.

A França é o único país citado como ameaça nos quatro cenários imaginados no documento.

Em um deles, espera-se que até 2035 a França formalize um “pedido de intervenção das Nações Unidas na Região Ianomâmi, anunciando o seu irrestrito apoio ao movimento de emancipação daquele povo indígena”, seguido de mobilização de “um grande efetivo suas forças armadas, posicionando-os na Guiana Francesa”.

“O fato é que o Brasil é o nosso principal parceiro estratégico na América Latina e que a França conserva, há décadas, relações de cooperação diárias, estreitas e amigáveis com as Forças Armadas brasileiras”, acrescenta a diplomacia francesa no Twitter.

Nelson Düring, à frente do site especializado em notícias militares, o Defesanet, disse à AFP que o documento “pega as coisas reais, outras muito loucas”. “Vejo muita incoerência” e o reflexo de uma “diplomacia por impulso”.

Segundo Düring, as considerações contidas na minuta estão “muito contaminadas pela discussão entre Macron e Bolsonaro”, acrescenta.

A tensão entre os dois países ganhou força em agosto passado, quando imagens dos incêndios na Amazônia causaram comoção internacional.

Na cúpula do G7, Macron fez um chamado de mobilização global pela Amazônia, que considera como sendo um “bem comum” do planeta. Na época, Bolsonaro acusou o presidente francês de ter uma “mentalidade colonialista” e de “questionar a soberania” do Brasil.

A divulgação da minuta confidencial “vai causar mais estrago nas relações Brasil-França”, alerta Düring.

A escalada de tensão pode ser consideravelmente prejudicial para o Brasil, dada a “importância da associação estratégica” bilateral. A França produz, por exemplo, submarinos e helicópteros para as Forças Armadas brasileiras.

FONTE: Isto É Dinheiro / AFP

192
Deixe um comentário

avatar
44 Comment threads
148 Thread replies
3 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
78 Comment authors
ALISON L C SILVADanielHAMESRogerioBueno Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Doug385
Visitante
Doug385

“Segundo Düring, as considerações contidas na minuta estão “muito contaminadas pela discussão entre Macron e Bolsonaro”, acrescenta.”

Esse é o ponto chave. Ademais, a França não possui condições financeiras e nem militares de se aventurar do outro lado do Atlântico.Teriam que arrastar toda a OTAN numa provável aventura.

Junior
Visitante
Junior

A Argentina pensou dessa mesma maneira quando invadiu as Falklands/Malvinas, o regime militar estava passando por problemas internos e tiveram a brilhante ideia de invadir as ilhas pensando que Reino Unido não teria condições financeiras de mobilizar pessoal e equipamentos para uma ilha quase inabitada no sul do Atlântico, acharam que o Reino Unido ia deixar para lá e olhe que naquela época o Reino Unido passava por dificuldades financeiras e a Thatcher estava com baixa aprovação, bom o final da história todos conhecemos. Tem gente aqui que acha, erroneamente, que os EUA vão ficar do nosso lado em uma… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Junior

Assino embaixo.
Além disso, os brasileiros (os lunáticos, principalmente) devem ter em mente o poder de ‘convencimento’ dos M45s franceses.

jose luiz esposito
Visitante
jose luiz esposito

A França e outros paisécos europeus são os nosso inimigos prováveis , já coloquei aqui e em outros sites , A França tentará fazer um Consórcio de Decadentes contra nós , ela sozinha ganharíamos no TAPA , pois ela é conhecida por Nação de Fujões e Cagões , porém em dez anos estaremos em um outro Patamar , e será dificil os Decadentes europeus formaram um Consórcio de Desesperados contra o BRASIL , só o tamanho e massa crítica do Brasil assusta , no entanto aparecerá aqui alguem desinformado com, o Papo de Bombas Atomicas etc , que aquela Naçãozinha… Read more »

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

A sério que um comentário tão decadente teve reações positivas?

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Acredite que teve reações positivas, visto que no Brasil, atualmente, estão tentando banir livros de Eça de Queiroz e Machado de Assis.

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Sério, estão a tentar banir livros?

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Acredite, se quiser.

https://ricmais.com.br/noticias/rondonia-manda-recolher-macunaima-livros/

Estamos indo para a Idade das Trevas.
E olhe o que Estudo comentava ‘ataque de países asiáticos com inveja do sucesso brasileiro’, ou algo parecido.
Tenha dó!

Lucas
Visitante
Lucas

Que masculinidade frágil hein.
Kit gay nunca existiu. O que teve foi uma cartilha de orientação para os professores lidarem com alunos gays.
Eu tive um colega na escola que apanhava só por ser gay.
Se o pessoal tivesse sido instruído ele poderia ter tido uma experiencia menos pior no colegio.
E no fim, esse menino gay nunca precisou do kit gay. Ele sempre foi assim.

Pedro
Visitante
Pedro

A terra é plana?

ALISON L C SILVA
Visitante
ALISON L C SILVA

O excesso são minions como vc… tomara que vc esteja certo e lhe tolham mesmo…

Flanker
Visitante
Flanker

O governo de Rondônia tentou banir das bibliotecas publicas estaduais os livros de Euclides da Cunha, Machado de Assis, Mário de Andrade e outros.

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Um verdadeiro crime contra o patrimônio cultural deste país.

Lucas
Visitante
Lucas

Um dos livros é Macunaíma.
Deve ser pq foi escrito na época do PT né.
😛

Renato B.
Visitante
Renato B.

Um caso de um governador do PSL (ex-partido do presidente) que queria banir livros impróprias. A medida foi recebida com tanta indignação no Brasil que o sujeito voltou atrás. Mas o caso demonstra como é preciso estar de guarda, a idiotice está sempre à espreita e esperando uma oportunidade.

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

Correto,

O pais precisa de mudanças e realinhamento, mas todos nós precisamos ser vigilantes para que oportunistas do extremismo de qualquer dos lados não se aproveitem e coloquem suas garras de fora

A vida precisa de equilíbrio, tal qual o barco que pode adernar se inclinar demais a bombordo, também afunda se inclinar Alem do limite a estibordo.

Estevtipo de ação, tal como foi precisa ser responsabilizada e punida na forma da lei

Daniel
Visitante
Daniel

Bombordo ou boreste?

Luis
Visitante
Luis

cultuar paulo freire?!? não existe limites para a estupidez humana

André Bueno
Visitante
André Bueno

Caro Peter, em Rondônia, um de nossos 27 estados e localizado a oeste, a Secretaria da Educação (!) teria tido a iniciativa de elaborar uma lista de, digamos assim, livros proibidos. A intenção era recolhe-los. Felizmente a imprensa noticiou abundantemente tal ação e ela não foi levada a cabo. Uma gigantesca estupidez, sobre qualquer ângulo de visão. Nosso país está ficando cada vez mais pobre. Governos anteriores pecaram muito na administração mas o atual é muito pior!

ALISON L C SILVA
Visitante
ALISON L C SILVA

93 jumentos , provavelmente minions, negativaram esse comentario que em nada mentiu…

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Em que pese eu não confiar na França nem na UE realmente foi decadente.

Junior
Visitante
Junior

Não leve em consideração Peter, o comentário foi bem baixo nível mesmo, vi muita gente comentar sobre o assunto do relatório, alguns defendendo, alguns criticando, mas a maioria quase que absoluta argumentou de forma respeitosa

jose luiz esposito
Visitante
jose luiz esposito

Se for Respeitosa a França , somente por ignorância e vassalagem , esta Nação não Merece e nem se da ao respeito , além de ser uma Nação de Perdedores , Fujões e Cagões !

ADRIANO MADUREIRA
Visitante
ADRIANO MADUREIRA

Perdedores?! Se eles são perdedores na sua existência,nós somos oquê?! A França é o berço da democracia,foi durante muito tempo referência em arquitetura em vários países e até mesmo aqui no Brasil no sec XIX,assim como na literatura,pedagogia. durante décadas, à formação dos filhos da elite brasileira que procurava naquela escola uma educação inspirada no modelo clássico e humanista francês. Tiveram influencia na política, na filosofia e na religião, franceses brindaram o mundo ao longo da história com algumas das mais belas, ou pelo menos mais significativas, realizações humanas. Lá também foram gestadas ideias e adotadas políticas que se espalharam,… Read more »

Daniel Ricardo Alves
Visitante
Daniel Ricardo Alves

Verdade. A cultura francesa teve uma grande importância na cultura ocidental. Acho exagero dizer que são o berço da Democracia, mas tirando a parte inicial das campanhas napoleônicas, a historia militar deles é repleta de fracassos e algumas das derrotas mais catastróficas que um país já teve. Duvido que eles se aventurem contra qualquer país hoje em dia sem o apoio da OTAN. Ou seja, dependem da boa vontade americana. E verdade seja dita, os tempos são outros. Se os EUA não cuidarem do quintal deles, a Rússia ou a China adorariam fazer o serviço.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Adriano
Acredito q a referência é q a França não ganhou guerra nenhuma ha anos…. só se atrelada a forças bem mais fortes, como a Primeira Guerra do Iraque.
Sds

Glasquis7
Visitante

A democracia como a conhecemos hoje, tem suas bases no sistema evocado à antiga Roma e as bases legais e individuas tem forte inspiração no Deuteronômio.

Não entendo por que considerar a França como berço da democracia

Jacó Olivie
Visitante
Jacó Olivie

O comentário ( e o fato de ser positivado) desse senhor intitulado “jose luiz esposito” diz muito sobre o Brasil atual, parece uma distopia, mas, o pior que é real, é por isso que dizem que papel (no caso o teclado mesmo) aceita tudo. Corre que dá tempo de apagar ainda.

rui mendes
Visitante
rui mendes

Quanta ignorância!!!! ´´Ganhavamos no tapa, ahahah.
Vai para os teus jogos de playStation, a França se quisesse, bastava só a Marinha Francesa, e nem precisava das armas nucleares. É querer ser uma potência militar, sem o ser. Depois falam dos sonhos fantasiosos com os amigos dos jogos de consola, e acreditam-se verdadeiramente, que a França é o seu inimigo, e que têm poder militar para ela. Sem a minima chance.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

A França só venceu a Líbia que é pouco maior que o NE do Brasil, com ajuda da OTAN e levou SEMANAS

Vai vencer um país do tamanho do Brasil com o que ? Empáfia ?

Lucas
Visitante
Lucas

A França tem muito mais soft power que o Brasil.
Isso faz diferença.

jose luiz esposito
Visitante
jose luiz esposito

Provem o contrário Boboquitos ?

francisco Farias
Visitante
francisco Farias

A França já tentou se aventurar outras vezes e não aguentou o pau. VER a expulsão dos franceses da baía da Guanabara (França Antártica), em 1566, e de São Luís (Maranhão) (França Equinocial), em 1615. Além da guerra da lagosta (onde a França afinou vergonhosamente) e o entrevero verbal com o atual governo.
Sou mais Brasil, paiseco do porte da França não dá nem para começar.

ALISON L C SILVA
Visitante
ALISON L C SILVA

volta dessa dimensão paralela garoto…

Matheus Santiago
Visitante
Matheus Santiago

São situações totalmente diferentes. Não há como comparar uma invasão ao Brasil(leia-se Amazônia) com a Guerra das Malvinas. Primeiro o governo americano reconhece que as Ilhas Malvinas são do Reino Unido, portanto a guerra que se situou no mar e na ilha não envolveu o território continental argentino, o que de certo modo foi uma fuga brilhante do governo Reagan para a não-condenação do ataque inglês aos argentinos. Embora os americanos tenham feito isso, não deixa de ser meramente ilustrativo o esforço que fizeram para se manter neutros entre um aliado da OTAN e a invocação do TIAR. Vários países… Read more »

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Aproveitando uma variável que o forista “O chato” trouxe para a discussão, não esqueçam da Rússia no tabuleiro geopolítico, pois se a UE vier pra cima de nós ficará com o flanco oriental enfraquecido, e as coisas por lá não andam nada boas.

Karl Bonfim
Visitante
Karl Bonfim

Verdade, pelo exemplo a não ser seguido a Argentina de 1982. Nós brasileiros já temos muitos problemas internos, deveríamos estar focados na solução desses nossos problemas, de toda ordem, e não ficarmos caçando chifre e cabeça de cavalo. Até quando, esses políticos sem noção (todos, de esquerda, direita e centro), vão continuar continuar nessa vida de mamatas as custas do sacrifício de toda uma nação? Uma hora a conta chega!

Doug385
Visitante
Doug385

Há uma diferença gritante entre ingleses e franceses. A Guerra das Malvinas foi há quase 40 anos, em plena Guerra Fria. Compare o contingente e disponibilidade de meios dos países europeus daquela época com o de agora. Tome por agravante o fato de um conflito armado hoje ser muito mais caro do que àquela época. Os próprios franceses dispunham de dois porta-aviões naquele tempo, sendo que hoje possuem somente um e de propulsão nuclear ainda por cima. Me diga quando foi a última vez que algum país europeu pôs tropas de ocupação no terreno inimigo. Os ingleses retomaram as Malvinas… Read more »

Agnelo
Visitante
Agnelo

Prezado
Parte de sua análise está correta, mas o resto está truncado.
Nas Malvinas, a Argentina atacou pra reaver a colônia britânica.
O Brasil não vai atacar ninguém. A Guiana não é nossa e nunca foi.
A ideia relatada é a França tentar algo aqui em terreno q não é dela e nunca foi.

José Carlos David
Visitante
José Carlos David

Vendo desse prisma nada temos a temer, tendo em vista que o Brasil não vai invadir a Guiana Francesa!

Cristiano de Aquino Camposkv
Visitante
Cristiano de Aquino Camposkv

Esta comparando a retomada de uma ilha longe do continente com a invasão de um país?
Comparanção dificil.

Glasquis7
Visitante

Tomar as Falklands, até então, território em disputa, é muito diferente de tomar a Amazônia.
Umas ilhas não requerem a mesma loistica do que se precisaria pra se aventurar continente adentro. Principalmente considerando o volume de forças que defenderiam o Brasil nesse caso, começando por Colômbia, Chile, Peru.

Karl Bonfim
Visitante
Karl Bonfim

Um documento não oficial obtido de maneira espúria, clandestina e temerária, publicado por um jornal sem credibilidade, decadente e desesperado por um furo de reportagem, que venda um pouquinho de exemplares, e ainda tem essa repercussão toda. Só no Brasil mesmo!

Emerson Duarte de Lima
Visitante
Emerson Duarte de Lima

Nem a OTAN tem esse poderio para uma guerra fora da Europa sem ajuda dos EUA.Vejamos a capacidade militar se os Americanos ,A OTAN tem uma marinha média que não atua em conflitos já faz décadas (tirando a marinha britânica que atuado em various conflitos e é mais poderosa da Europa) um exemplo é o conflito da Bósnia e Sérvia no quintal deles .

Mário SAE
Visitante
Mário SAE

O que mais me incomoda nesta situação, é que certo setor da imprensa fica gastando seu tempo, tentando buscar por qualquer coisa, que possa se tornar polêmica e nos deixar em posição delicada com a comunidade internacional, ou com parceiros estratégicos. Tais exercícios de criar cenários hipotéticos, faz parte da rotina de nossas forças armadas, das forças americanas, alemãs, francesas, chinesas, russas, ou de qualquer outro país de bom senso, que não queira ser apanhado de surpresa em alguma situação inesperada ou absurda. Acaso alguém aqui pensa que na França, em algum momento, seus militares não estudaram a possibilidade de… Read more »

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

É aquilo que falei em outros posts Ja vivemos um inicio de guerra global A pulverização de pequenas potencias faz com que cada uma delas se aventure naquilo que lhe propicie vantagem econômica Não são guerras como outrora em que você desejava destruir o inimigo Você apenas deseja enfraquece-lo E tomar lhe o mercado concorrencial e ate interno. Se vc deseja roubar-lhe o mercado externo e interno, precisa que vc tenha ou fabrique justificativas sociais de caráter internacional, afinal tudo no final da linha se Resumirá a consumidores, mesmo quando pode haver ate a briga por energia e minérios Então,… Read more »

Ersn
Visitante
Ersn

Os iraquianos também eram aliados estratégicos da França no oriente médio no início de 1980 mas em menos de 15 anos os franceses se recusavam até mesmo há fornecer peças de reposição e seguir os contratos de assistencia para equipamentos adiquiridos nesse periodo,também tem a Argentina que quando prescisou dos Exocet ficou na mão enquanto até Super Entendards eram fornecidos para o Iraque enquanto invadia o iran no mesmo período,isso para não citar os israelenses que ficaram sem receber os Mirage 5 já pagos porque a França resolveu que não queria desagradar os árabes, então essa conversa de parceria estratégica… Read more »

Diego
Visitante
Diego

Prefeito. A França deixou claro em seus ataques internacionais que não nos vê como aliados, apenas potencial parceiro de comércio. E nós devemos fazer o mesmo pra não ser feito de trouxa.

SmokingSnake 🐍
Visitante
SmokingSnake 🐍

O mesmo para Israel e hoje a França está mais para um inimigo de Israel, sempre viram as costas, não é um parceiro confiável.

Rogerio
Visitante
Rogerio

A Franca não é parceira de ninguém, vide o porta aviões que vendeu (bichado ) para o Brasil, é um pais com mais problemas que o Brasil e o Macron esta no fim de carreira, problemas de desemprego, problemas no sistema de seguridade social, enfim, não aguenta 5 min de Guerra na Amazônia. Isto se enviarem a legião estrangeira. Um bando de pai de pets.

Diego
Visitante
Diego

Só tinha duas coisas que a França podia fazer, botar lenha na fogueira, ou desdenhar. Preferiram o último. Não creio que esse vazamento de cenários seja proposital. Não imagino o que de bom ganhamos com isso. Se alguém tiver um palpite.

Junior
Visitante
Junior

Não se engane, desdenhou publicamente, mas cobrou explicações em privado. O último parágrafo da nota do ministério da defesa diz muitas coisas, ele não esta ali por acaso

João Moro
Visitante
João Moro

Diego, Não foi proposital do governo Brasileiro nem das FAs, mas foi proposital o vazamento para poder criar alguma coisa contra o governo atual. Nçao me surpreenderia se esta mídia entreguista fez isso só pra criar intriga com a França e desgastar o governo sem importar com as conseguências ao Brasil.

Bueno
Visitante
Bueno

Que vazamento? Se é um objeto de estudo pela acadêmico.Estão dourando a perola para ter peso jornalístico, estão sem moral atualmente .
“O documento mencionado pela Folha não reflete a posição da Escola Superior de Guerra ou do Ministério da Defesa.”
“Trata-se de trabalho acadêmico, desenvolvido no âmbito de uma escola, que reflete a primeira fase de um estudo preparatório, sendo importante destacar que cenários prospectivos são ferramentas empregadas por qualquer corporação ou país” Ministério da Defesa

Gelson
Visitante
Gelson

Bom dia,
do que eu mais sinto medo nisto tudo é desta citada “elite militar brasileira”…pois se forem os mesmos responsáveis pela administração das forças (des)armadas do Brasil, então…
Vamos rezar bastante, pessoal!

João Souza
Visitante
João Souza

Sem contar que o tal documento é extremamente enviesado tomando como parâmetro o governo atual, “anti-China” e lambe botas dos Estados Unidos. Ue…? Eles pensam que em 20 anos a ideologia de governo não mudará? Estamos numa democracia ora bolas…

Mgtow
Visitante
Mgtow

É a mesma elite que ao invés de pensar no desenvolmento de armas e de projetos nacionais de defesa, pois temos musculo e recursos pra isso,propõem um cenario do Brasil como meretriz dos EUA. Não aguento mais essa vassalagem.

João Moro
Visitante
João Moro

Gelson, As FAs já se pronunciaram informando que estas informações são informações de um trabalho acadêmico em andamento, e que não reflete a “Elite militar brasileira”.

Gelson
Visitante
Gelson

Ah, tá!
Esta não é a “Elite” que “faz” bobagens. É só a que “pensa” bobagens…
Entendi!
Não sabia que havia esta divisão.
Agora fico mais tranquilo.
Valeu!

Sergio Cintra
Visitante
Sergio Cintra

A cooperação francesa no treinamento de nossos militares, além do trabalho conjunto em desenvolvimentos e pesquisas para quem não os vive, se torna uma piada de muito mau gosto essa analise publicada. E olha que não sou muito da maneira que franceses se portam nos negócios, considero-os verdadeiros predadores, mas na maneira de negociar. Cabe ao outro lado aceitar ou não. Agora classificar como uma “possível atacante” é estar divagando muito. Somos muito respeitados como povo e a revolta por eles, está na maneira e forma como conduzimos a nossa formação, frente a grande capacidade de recursos que fomos abençoados… Read more »

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Vou até abrir um Monthelie aqui em homenagem à esta nota tão bem feita dos fazedores de queijo.

jef2019
Visitante
jef2019

Que a amazônia deve ser a principal preocupação concordo…tampouco irei menosprezar esse documento elaborado pelo pessoal que vive o dia a dia nas forças armadas e teoricamente tem muito mais embasamento do que simples palpiteiros…porém deve-se ressaltar que trata-se de um documento que ainda receberá análise final do MD, portanto não trata-se de um parecer final e sim apenas possíveis cenários…agora é fato que o pronunciamento do chefe de estado da frança acendeu um sinal vermelho, então essa preocupação faz sentido de no mínimo ter sido pautada, porém difícil saber qual outros países também não embarcariam em um apoio quanto… Read more »

Salim
Visitante
Salim

Vejam o lado positivo. Foi dado recado que deste lado as atitudes da França são consideradas inapropriadas e belicosas e a continuidade desta postura irá gerar posição equivalente brasileira, gerando desconfiança e redução significativa do acesso francês ao mercado brasileiro militar e Civil. O mercado irá precionar governo francês para rever seu posicionamento referente ao Brasil.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Posso imaginar o grau de preocupação da França e das potências europeias com os recados do Brasil.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Mas se importam tanto com o Brasil que não param de se meter no que acontece aqui dentro.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

É porque os descalabros não são tão dantescos que estão ganhando repercussão internacional.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

O que aconteceu na Austrália foi 10x pior que no Brasil e e eles não deram um pio.

ALISON L C SILVA
Visitante
ALISON L C SILVA

La foi o clima, e nao queimadas seu tosco…

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

A França historicamente é um país traiçoeiro. O massacre de milhares na Indochina, crimes bárbaros em todas as suas ex colônias na África, parceiros do oriente médio traídos e argentinos deixados na mão nas falkland etc.
Quem pensa em uma França correta, se engana.
O Brasil não deve apenas ter uma desconfiança em relação a França mas principalmente a Europa em geral. Eles agem sempre por debaixo dos panos.
O momento de agora é ficarmos próximos aos Estados Unidos e Israel.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Vai confiando nos EUA vai…

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Ehehhe, yesssyesss… Já o disse no passado, só não gosta de europeu quem ainda não foi f0d&d0 por americano.
Por mais, é de uma incrível falta de conhecimento o que certos comentários aqui estão a dizer relativamente aos “europeus”, já não se limitando ixclusivamente só a França. A mim assusta me, no Brasil surgiu a ideia de que a Europa é inimiga e parece que agora não querem parar até que de facto o seja.

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Ui, com essa Gustavo é que eu já nem vou tentar dizer mais nada.

Renato B.
Visitante
Renato B.

Relaxe… tem gente que acha que relações internacionais são feitas na base de bem x mal e não em interesses.

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

fala então, temos parcerias comerciais e só, mesma coisa com os americanos

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Para começar, parcerias raramente se fazem com inimigos. Segundo, eu pouco tenho de dizer, já que quem toma este tipo de posição é que tem de o fazer. Ora diga me lá desde quando é que a Europa alguma fez foi inimiga do Brasil ou, se assim preferir, quando é que deixou de ser aliada ou, se preferir, quando é que a Europa hostilizou o Brasil. O problema europeu com o Brasil, não é com o Brasil, é com bolsonaro, é importante dizer isto porque são coisas diferente. A Europa também tem um problema com Trump e nem por isso… Read more »

Alessandro
Visitante
Alessandro

O problema do Bolsonaro é que ele resolveu ENFRENTAR esse sistema nefasto, e parou de dar dinheiro do contribuinte brasileiro para ONG PARASITA, que fica explorando índio e nossas terras, pra depois sair bonito na foto dizendo que estavam cuidando do meio ambiente.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Que ONG PARASITA?
O que mais tem na Amazônia é missionário religioso americano.
Estão querendo catequizar índio como se fazia na época de Cabral.
Dizem que tem lugares que índio só fala a língua nativa e inglês.

Flanker
Visitante
Flanker

Isso é verdade……e esses “missionários” estão lá há décadas……e teu partido governou o Brasil durante 16 anos……e nesse período eles permaneceram lá…..intocados…..fazendo o que sempre fizeram! Na sua tentativa de impingir ao atual governo todos os males dos últimos 520 anos por aqui, nessas terras, tu te perdes e mostra que não passa de um papagaio….que só repete discursos enviesados e caolhos….que só vêem um lado….independente de ser bom ou ruim para o país…desde que seja bom para tua ideologia….

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Se o ‘meu’ partido não conseguiu expulsá-los, não significa que o teu aprove e incentive a presença deles por lá.

Flanker
Visitante
Flanker

O teu partido eu sei….já o meu tu não sabes. Só votei em Bolsonaro porque ele era o único que poderia derrotar o PT. Se na próxima eleição tiver outro candidato com capacidade de derrotar o PT vai ser nesse que eu votarei. Não tengo partido!!! Só se algum dia for criado o PAPT (Partido Anti-PT)…Aí serei seu primeiro afiliado.

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

Eu também, O pior é ter de votar de novo nele, mas se forem estes mesmos ai concorrendo, voto nele novamente

Votar nele novamente será o símbolo de que a faxina Nos partidos ainda não acabou.

Será a resistência as mudanças necessárias que farão a reeleição dele

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Nunca vi esse batalhão de religiosos americanos por aqui não

Alessandro
Visitante
Alessandro

Xing, procura um video do instintuto plinio correa de oliveira, do cacique Macuxi lá no Vaticano sobre o sínodo da amazônia, ele denúncia como é feita a doutrinação dos índios por ONGs estrangeiras e nacionais, e padres católicos INDICADOS por políticos da região e como funciona a distribuição de terras e dinheiro entre eles, e aproveita e assisti outros vídeos que há VÁRIAS denúncias desse tipo com outros índios, detalhe, eu sou católico, e nem por isso eu vou passar pano para que a igreja vem fazendo.

Flanker
Visitante
Flanker

A europa não tem problemas com o Brasil e sim, com Bolsonaro? Por que será? Será que é por que Macron e Merkel, só para citar os dois maiores da UE, são de partidos de esquerda e Bolsonaro é de direita e bate de frente com tudo que tiver ligação com a esquerda? E numa análise bem direta, nem Macron, nem Merkel e nem ninguém tem que gostar ou deixar de gostar de Bolsonaro. Ele foi eleito pela maioria dos votos numa eleição democrática. Então, quem são os franceses, alemães ou quem quer que seja, para gostar ou deixar de… Read more »

Alessandro
Visitante
Alessandro

Flanker, e o engraçado é que a atitude deles é pura INTROMISSÃO em assuntos que não cabem a eles, mas a lacrosfera apoia, agora quando o presidente brasileiro apenas rebate as acusações infundadas e mentirosas que criam do nosso país, o que é o DEVER de um verdadeiro chefe de Estado, oq a nossa lacrosfera faz? Ofende e faz gracinha se comportando como se estivessem na 5º série, sinceramente, estamos vivendo uma total inversão de valores nos países ocidentais que chega dar nojo!!

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Peter a França ja tentou impor sua presença no nosso mar. Epoca do Gaulle mandando navios para perto do Brasil. Eu não acgo isso nem um pouco amigável. Miterrand falou sobre a Amazônia e a vontade de tirar ela do Brasil. Agora o Macron fala sobre internacionalização da Amazônia… Tudo isso é ou não é motivi para a França como um provável inimigo? E pra vc ver não é problema com o Bolsonaro… e mais uma coisa o Bolsonaro so falou do Macron pq ele ficou falando fake news sobre a Amazônia brasileira. Depois ainda fala em orquestrar uma invasão… Read more »

Junior
Visitante
Junior

O engraçado é que esse Macron tem a capacidade de desagradar todo mundo por onde passa, ele foi ao Egito e no meio de uma coletiva com o Sisi por pressão de ongs quis dar uma aula de direitos humanos para o Ditador, nem preciso dizer que o Sisi ficou puto, no dia seguinte o governo egípcio chamou o adido militar da embaixada francesa na chancelaria egípcia e ali mostrou descontentamento e disse que a parceria estratégica acabava ali, depois disso o Egito que tinha comprado caças, porta helicópteros, fragatas e corvetas da França, desistiu de 12 rafales, desistiu de… Read more »

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Perfeito, mas um país que a França perde oportunidades por causa do Macron, Israel está com situação ruim com eles também pela Ida do Macron à Israel, onde ele supostamente disse que Jerusalém não é dos Israelenses e injuriou com palavras os mpoliciais que o escoltavam

Wellignton
Visitante
Wellignton

Quem é israel na fila do pão?

Maus
Visitante
Maus

Não confundam política de governo com política de estado, cada país busca o que é melhor para ele. Depois que o EUA sair da Otan e mover seu orçamento para a Ásia não vai haver nada pra barrar o colonialismo europeu. Por acaso se esqueceram do quanto a França e Portugal lutaram pra manter suas colonias na África?

Maus
Visitante
Maus

Eles bancam toda a organização.

rui mendes
Visitante
rui mendes

Deve ser, eles que saiam, mas parece que não querem sair, porque será? Será medo da Rússia?? Ou da China?? Ou dos dois???

Maus
Visitante
Maus

Conforme os equipamentos russos vão envelhecendo eles vão perdendo ainda mais relevância, e com 20 milhões de russos vivendo na linha da pobreza eu tenho certeza que eles não vão votar em políticos para a renovação de suas forças armadas. A China será a maior inimiga do EUA mesmo que o PCC saía do poder, até prevejo a criação de uma organização do pacífico.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

“eles” a quem vc se refere é os EUA ?! Não que eu morra de amaores por eles, mas quem tem medo da Rússia é a Europa, que depois do passeio na Criméia e clemencia com a Ucrânia não teve mais sossego.

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Curiosamente, tendo os EUA e Rússia falhado no apoio às guerrilhas, o golpe final a Portugal terá sido dado internamente. Para o bem e para o mal, facto é que a grande maioria das personalidades da revolução do 25 de Abril, assim com a grande maioria dos indivíduos que governaram e governam Portugal, com os seus respectivos movimentos políticos, até aos dias de hoje, são os mesmos sujeitos, muitos na altura exilados, que pela Europa se reuniam com contactos comunistas, americanos e franceses. O que quero dizer é, em 74, militarmente Portugal estava bem posicionado contra as guerrilhas, sendo que… Read more »

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Portugal cedeu terras pra Espanha ?

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Quer dizer, não foi bem ceder…

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Trata se mais de um assunto de séculos que com 74 ficou ainda mais esquecido. Precipitei-me genuinamente nas escolha da palavra. Mas se formos a ver bem, nem tanto. Repare, tirando Angola, Moçambique e Guiné, restantes territórios não demonstraram nenhuma vontade de sair da administração de Lisboa, e, portanto, falamos de pura e simples cedência, no caso, à sorte. Até mesmo em Moçambique existem relatos da tentativa de realização de referendos para que a população da altura decidisse para que lado ia, independência ou Portugal, mas foram ignorados por Lisboa, ainda hoje sem se perceber porquê. Este assunto é de… Read more »

Agnelo
Visitante
Agnelo

Servi com angolanos.
Conheci como portugueses tratavam aquela gente…

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Não terá sido pior que a forma como os angolanos mais tarde se trataram uns aos outros

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Por fim, serviu com angolanos, deveria ser mais específico, serviu quando, com que geração e serviu como? Portugal cometeu atrocidades durante a guerra colonial? Sem dúvida, mas contra guerrilheiros e aldeias de guerrilheiros, é lamentável? Sim. Mas Repare, no estourar da guerra independentista, não foram os portuguesas que decapitaram civis inocentes e os penduradam em postes, foram os angolanos. Na guerra do ultramar, exceptuando a Guiné, o ambiente entre as tropas portuguesas e civis era harmonioso em 80% do território, havendo relacionamentos normais, principalmente nas grandes cidades como Luanda. Os independentistas, no iniciar do seu processo de luta armada, cometeram… Read more »

rui mendes
Visitante
rui mendes

Ui, só a zona Euro, não é a UE toda, mas só os países da moeda unica, têm um pib 11 vezes o Brasileiro, imagina toda a União Europeia.

Maus
Visitante
Maus

Em todas as fontes que eu vejo o PPP da UE é 22 trilhões, do Brasil 3,5 trilhões.

Flanker
Visitante
Flanker

rui, tu é português, não é? Vive aqui, enchendo o saco…..pra que? Se você só vem aqui pra criticar, pra que vens? Tu não fazes a menor falta aqui! E já que falou em PIB, o de Portugal, em 2017, foi de 217,6 bilhões de dólares. O PIB, só do estado de São Paulo, em 2018, foi de mais de 492 bilhões de dólares. E o pior que poderia ter acontecido ao Brasil foi ter sido colônia de Portugal. Hoje, aqui no a Rio Grande do Sul, meu estado, a parte mais pobre, atrasada é estagnada é a metade Sul…justamente… Read more »

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Vai com calma flankerzito, tu tem sangue ibérico correndo em tuas veias e eu também, sinceramente não troco a cultura ibérica por nenhuma outra neste mundo.

Flanker
Visitante
Flanker

Infelizmente! Mas, graças a Deus, 50% do meu sangue é italiano. Quanto à cultura ibérica, é questão de gosto….lamento pelo seu….

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Gustavo, do fundo do meu coração, sabe quando é que a Europa (quando diz ocidental presumo que esteja a fazer o apanhado da dita UE, expecificmanete Espanha, França, Alemanha) vai estar num estado de “já era”? Nunca.
E é completamente incompreensível os motivos pelos quais existe gente que assim o deseja.

rui mendes
Visitante
rui mendes

A UE é 1ºMundo, não te enganes.
Sem comparação.

Flanker
Visitante
Flanker

Então fica aí e para de escrever seus bostejos por aqui!! Vaza!!!

William
Visitante
William

A relevância disso pra um brasileiro é nula, vc devia raciocinar mais sobre isso… vivemos aqui… Olha, nem Portugal tem relevância para os brasileiros

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

A UE é a Alemanha governando a Europa sem precisar de nenhum soldado na rua.

DaGuerra
Visitante
DaGuerra

Muito bom a ESG ter mente todas as possíveis ameaças, principalmente um poder colonial nuclear junto à foz do Amazonas. Entretanto, um povo francês enfraquecido e envenenado por esquerdismo há mais de 200 anos, elles estão acabados.

rui mendes
Visitante
rui mendes

Sabes ao menos, as diferenças entre políticas de esquerda e de direita????

Cidadão
Visitante
Cidadão

Quem falou em politica, zé?

Jacinto
Visitante
Jacinto

Embaixada soltando nota em resposta a uma reportagem de jornal sem averiguar antes a correção e fidelidade da reportagem… a diplomacia francesa também involuiu muito nos últimos tempos.

rui mendes
Visitante
rui mendes

Ao contrário de ti, eles só falam depois de averiguar a veracidade.

Jacinto
Visitante
Jacinto

Então prove, meu caro, que a embaixada francesa fez alguns esforço em averiguar se o conteúdo da reportagem da Folha de São Paulo era correta.

Flanker
Visitante
Flanker

Continuascl empesteando o ambiente da Trilogia?

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

Mestre Rui, e a embaixada independente da realidade da tese, iria admitir? Ela errou feio também, ou melhor, para alguém que vive aqui, para saber o que ocorre aqui, as disputas politicas daqui, que é sua obrigação decodificar, se assim reage, sob documento que não pertence ao Itamaraty, ao Ministério da Defesa, a Presidência da Republica, fica claro o desejo de tomar lado, responder a um jornal, opinar sobre assinto que não imanou do governo brasileiro. Se deseja alimentar e perpetuar o assunto na mídia, ou são imbecis ou de fato manter o assunto na mídia Estranho para uma embaixada… Read more »

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

Refiro-me a embaixada Francesa

Caio
Visitante
Caio

Se for verdade essa análise, que mostra só a França como.maior ameaça externa, e de se repensar a formação da elite militar nacional; principalmente porque entra governo sai governo, nos últimos 15 anos e os gastos militares, aumentando sem uma contrapartida, proporcional na capacidade de defesa do país,salvo vagarosos e poucos programas, e o que está “elite militar” diz sobre isso.

jose luiz esposito
Visitante
jose luiz esposito

Vamos parar com este Papo bobo de Aliado pra lá e pra cá . A França que necessita de Aliados , ela já Morreu somente Falta Deitar. Estão com Medo das Francesinhas de seu Exército de Cagões e seus Cozinheiros de Materchefs !

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

José…

rui mendes
Visitante
rui mendes

Só que eles ao contrário de ti, sabem e têm experiência de bombas reais a rebentar ao lado deles, já tu e os teus, sabem lá o que é uma guerra, nunca participam de nada, já de letra, são uns campeões. Acusam verdadeiros soldados de cagões por inveja de não saber o que é uma guerra, a não ser na playStation. Os Franceses constroem o seu poder bélico sozinhos, e ainda ajudam a construir quem não sabe construir como eles. Falam dos colonizadores, acorda, isso foi há séculos, ainda não ultrapassaste isso???

Ersn
Visitante
Ersn

Foram tão eficientes que para segurar a Alemanha na 1 GM que precisaram da Inglaterra e Estados Unidos e na SGM os alemães deram conta deles em menos de um mês,sem falar da surra que levaram dos vietnamitas armados com sucata da SGM.

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Toda a gente levou uma surra dos vietnamitas…

João
Visitante
João

Justo os colonizadores? Aqueles que mais deveriam conhecer o próprio território colonizado?

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

E foram ate hoje os maiores culpados da guerra do vietna Os EUA eram pro independencia mas a França assim que a WWII finalizou, tentou reaver suas ex colonias. Pressionou os EUA que nao tiveram alternativa e ficaram ao lado da Franca. Noves fora, a Franca apanhou mais que cachorro magro na Indochina e foi expulsa, Russos aproveitaram e entraram oferecendo todo o apoio que foi neegado a HoChiMin, que abandonado e sozinho contra a França, Teve de abraçar o capeta e dai em diante, nos bracos do comunismo, os EUA entraram na guerra que se tornou o Vietnã….engracado que… Read more »

BMIKE
Visitante
BMIKE

Se Macrom disse que não vai atacar pode acreditar, aliás acreditar como um coletes amarelos acredita no Macrom….

Welington S.
Visitante
Welington S.

Sabemos que a ”Folha de S. Paulo” é bem conhecida por suas previsões e divulgações um tanto que traiçoeiras contra o Brasil e os brasileiros. Agora, essa questão dessa ”Elite Militar”, está bem estranha. E como assim essa minuta vazou? Como isso aconteceu? Ou será que alguém foi no ouvido do outro e jogou essa bomba para causar mais problemas para o Brasil? Não sei, tenho minhas dúvidas. No mais, sim, a França, é um perigo para nós, ainda mais agora, com a crescente guerra contra os ”matadores de floresta”, Greta tendo atenção de burros e uma nova geração de… Read more »

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Só faltava o Macron chegar e falar…

Putz…eles se ligaram que são nossos competidores em uma área sensível para nós e tem larga vantagem, maior possibilidade de crescimento e nós não..

O problema não está no Macron admitir, negar, desdenhar ou qualquer coisa..

O problema está no PT que não enxergou um cenário muito provável e nos deixou nas mãos dos franceses..

Mas para que né ? Pagando a comissão o Brasil que se f….

Caio
Visitante
Caio

Isso é o Brasil desde 1500.

rui mendes
Visitante
rui mendes

Realmente, pelo menos nos sonhos próprios, são sempre os maiores, é que vão crescer mais, é o país com mais recursos do mundo, é isto e aquilo, mas é sempre no futuro, porque passado e presente, que é a verdade nua e crua que não se pode negar, a gente sabe como é.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

A questão do agronegócio já é realidade…

Hoje já temos queijos superiores aos franceses, ganhando prêmios na França.

Todo o nosso agronegócio é massificado, produzindo produtos de qualidade a preços muito baixos que na Europa.

Flanker
Visitante
Flanker

De recursos naturais brasileiros os teus ancestrais conheciam bem…e gostavam muito!! Some, portuga…

737-800RJ
Visitante
737-800RJ

A França deve ser um parceiro comercial e só. Tenho implicância com eles desde sempre é não é à toa; a soberba deles é desagradável. Um dos poucos estereótipos que não apenas possui um fundo de verdade, mas que representa a própria realidade.
Temos que fazer parcerias e alianças com Itália, Portugal, Israel, Japão e Estados Unidos. A chance de tomar uma punhalada nas costas é muito menor!

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Não percebendo, como já dei a entender claramente em outros comentários, o ódio pela França,
Sinto me lisonjeado com a segunda parte do comentário, concordando igualmente com a mesma. 🙂🇵🇹🇧🇷🙂.

Quanto aos EUA, aconselho que não se entreguem de mais.

rui mendes
Visitante
rui mendes

Portugal, Itália e França, são todos UE, por isso não há acordos um a um, é UE como um todo, e o acordo que havia a fazer já foi feito, UE/Mercosul.

Junior
Visitante
Junior

Não acho que acordos militares com Portugal ou qualquer outro pais europeu precise passar pelo crivo de Bruxelas, o KC-390 é um bom exemplo, Portugal não precisou pedir autorização de Bruxelas para participar do programa

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Junior, a parceria entre Brasil e Portugal recebeu de facto aval da UE, tanto assim o é que houve incentivos fiscais assim como fundos comunitários envolvidos.
Um país não fica necessariamente restringido, mas no caso em questão houve de facto boa aceitação pela parte da UE na “ponte para a Europa” da Embraer.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Então a Inglaterra está certa mesmo, essa UE restringe a soberania, é a Alemanha governando a Europa sem precisar dar um único tiro.

Junior
Visitante
Junior

Portugal não tem autonomia para decidir com quem pode fazer parceria militar?

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Junior…. Claro que tem, deixei bem claro que sim. Releia o meu comentário.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Só que nós aqui não precisamos pedir a benção pra ninguém no Mercosul, fazemos os negócios e acordos que quisermos.

Doug385
Visitante
Doug385

O que sei sobre os franceses é que, não fossem americanos e ingleses, estariam falando alemão.
Povo soberbo e arrogante. Não entendem que há muito não são o que acham que ainda são.

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Americanos, ingleses e, não se esqueça, também soviéticos.
Não tivesse sido a união destes três e não seriam só os franceses a falar alemão Doug.

Juscelino S. Noronha.
Visitante
Juscelino S. Noronha.

E a “Foice de São Paulo”, onde fica nesta história?!

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

França e seu histórico de apunhalar pelas costas seus aliados é fato, o último foi a Libia, com Israel até hj não se dão bem, Macron foi lá “causou” com a polícia

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Se não fosse a França Israel nem armas nucleares teria, fora a ajuda dada em 70 em Suez.

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Ue da inde tirou que Israel doi ajudada pela França cim armas nucleares. Me de as fontes

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade
Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Carlos, se a França provou alguma coisa com Malvinas, ou no caso Líbia, é que é de facto aliada.

Posicionou se ao lado dos EUA no assunto líbio. Tomando o lado de um aliado.
Posicionou se ao lado da grabretanha no assunto Malvinas. Tomando o lado de um aliado.

Quanto a Israel, refere se necessariamente a que, ah muito por onde pegar, só não percebi o ponto que você queria deixar.

Ersn
Visitante
Ersn

Se lembra da história dos Mirage 5 que já estavam pagos e a França desistiu de entregar deixando os israelenses na mão e obrigando eles a fazer cópias não licenciadas locais ,o Nescher.

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

A Libia tinha muito a contribuir para a França. Os EUA estavam ali fazendo m. A França ganhou o quê? Impostos americanos uma década depois e mais uma base de envio de imigrantes ilegais.. A França so ajudou os EUA pq o Sarkozy queria o kadafi morto. Aliás aquilo foi nem ato de aliado voi vassalagem mesmo. A Libia não atacou diretamente os EUA…. A França ficou mais neutra no caso das Malvinas. Nisso para mim esta absolvida. Em Israel se vc não sabe melhor investigar quem sabe assim vc aprende mais

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Quem sabem assim você sabe mais…. Amigo, so pedi que apontasse um ponto em específico, eu próprio disse que entre França e Israel “tem muito por onde pegar”.

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Peter apesar de pessoas como vc e o Rui eu gosto dos portugueses tanto pela minha ancestralidade quanto pela história, não sei pq vc fica se fazendo de advogado da frança

Pedro Bó
Visitante
Pedro Bó

O mais curioso é que esse cenário imaginado criado pelos militares brasileiros não considera perigos internos, como eventuais guerrilhas, politização do tráfico de drogas, terrorismo interno, etc. Esses parecem cenários muito mais plausíveis em curto-médio prazo.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Extrema-imprensa e esquerdas radicalizadas, grandes inimigos internos.

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Nem mais 👌

O Chato
Visitante
O Chato

Para mim, o mais interessante foi o documento não considerar sequer um cenário onde os EUA possam vir a se tornarem uma ameaça relevante aos nossos interesses, sendo que, na prática, são o único país com capacidade real de oferecer riscos à nossa integridade territorial a curto e médio prazo (Rússia, China e mesmo a UE teriam dificuldades por falta ou limitação nos meios ou por questões financeiras, políticas ou de opinião pública, como é o caso da UE). O mais incrível, por sua vez, foi ter um cenário que, ingenuamente, cita a possibilidade de os EUA nos darem (se… Read more »

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Chato, é da minha humilde opinião que ocorre um sério problema dentro das elites brasileiras.
No caso, a militar, terá talvez gente menos apta que a maioria de nós, o que podemos comprovar com o referido relatório. Qualquer um de nós, mesmo o mais maluquinho, edificava um relatório mais completo, preciso, detalhado e realista do que esse monstro que vasou.

Flanker
Visitante
Flanker

Você está falando sério?? Você é militar? Você nunca ouviu falar em ensaios acadêmicos? Você não tem ideia do que faz e o que realiza uma instituição como a ESG!! Você falar que a elite militar brasileira tem gente menos capaz do que a maioria daqui do fórum é de uma imbecilidade sem par!!! O que é cômico é que muitos acreditam nisso que você escreveu!!! Olha essa parte do texto: “Forças Armadas de todos os países realizam frequentemente esse tipo de exercício de análise de cenários. Entretanto, nós saudamos a imaginação sem limites dos autores desse relatório” Os próprios… Read more »

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Flanker, em algum momento, mesmo sendo português, alguma vez demonstrei ódio ou até necessidade de denegrir o Brasil? Digo lhe, zelo bastante pelo bem estar brasileiro, pelo Brasil. Muitos dos meus comentários em assuntos que só ao Brasil dizem respeito demonstram aliás esse facto. Concordamos todos, com certeza, que estes assuntos são delicados, sendo para mim normal que existam choques de opiniões, mas nem por isso eu ofendo o Brasil, ou denegrino as suas capacidades. Agora, facto, esse relatório é uma piada, e, a elite militar brasileira já demonstrou diversas vezes a sua inaptidão. Em momento algum, tão pouco, disse… Read more »

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

exato, se isso foi feito pela nata militar eles foram muito ingenuos de não incluir os EUA.

Junior
Visitante
Junior

Ao mesmo tempo que tem coisa “sobrando” demais naquele estudo, tem coisa “faltando” demais, a impressão que eu tenho é que esse estudo foi feito com o fígado e não com a cabeça logo depois daquelas declarações do Macron e toda aquela confusão entre Brasil e França. Só isso explicaria a não menção dos EUA no relatório, o único país que realmente teria alguma possibilidade de tomar pelo menos uma parte da Amazônia, a não menção de atentados terrorista no Brasil e fora deles contra cidadãos e instalações brasileiras por grupos islâmicos radicais revoltados com a mudança da embaixada brasileira… Read more »

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Vez, flanker, até o Junior é mais apto que essa “elite”.

Flanker
Visitante
Flanker

Isso….claro!! Ele é tão mais apto que vai receber o diploma de estrategista do ano! Kkkkkk
Ora, por favor! Tenham um mínimo de discernimento sobre o que é a ESG e sobre a diferença entre um estudo acadêmico com cenários fictícios e um documento pficial expressando o pensamento do Estado brasileiro. Uma das funções dos estrategistas é pensar e desenvolver cenários de todos os tipos,mesmo que pareçam absurdos.

H.Saito
Visitante
H.Saito

Ah tá, parece então que os Franceses não venderão mais Scorpènes, Exocets e sabe lá o que mais para o Brasil!

Ari
Visitante
Ari

Se tem uma coisa em que a França é especialista, essa é perder conflitos.

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Vdd talvez quando puderem reviver napoleao a coisa mude

Observador
Visitante
Observador

Não acredito que a França sozinha tenha poder para invadir e desmembrar uma parte do Brasil. Os EUA, que tem um poder bélico infinitamente superior ao francês, sofre para manter dominio sobre um país pequeno e com poucos recursos, como o Afeganistão, a França não teria meios de nos submeter dessa maneira. Agora, sim, se eles quiserem, tem capacidade de lançar ataques contra nós, e na nossa atual situação, pouco poderíamos fazer para evitar, só reconstruir o que for destruído.
E quanto as nukes, esqueçam, jamais serão usadas num cenário desses.

Alexandre
Visitante
Alexandre

‘Imaginação sem limites’ é mesmo ?? quem garante que eles não vão nos querer atacar daqui a uns 20 anos ? cada vez mais os recursos naturais do mundo estão mais escassos , devido a poluição desenfreada do meio ambiente . Se os Brasil for sábio é melhor ter forças armadas com um grande poder de combate , para evitar qualquer aventura de alguma superpotência no futuro …

Daniel Ricardo Alves
Visitante
Daniel Ricardo Alves

A galera da importância demais a essa notícia. Todos os países do mundo fazem esse tipo de simulação. O importante é fazermos o nosso trabalho e sermos o mais independente possivel militarmente.

Wagner
Visitante
Wagner

Se o documento e vdd nao saberemos . Mais percepçao e essa mesma nao so a frança canada entre outrosja sinalizol possitivamente ao discurso do do macron !

Geraldo
Visitante
Geraldo

…a França é um poço de boas intenções…

Geraldo
Visitante
Geraldo

…aos comentaristas da esquerda, idade das trevas seria mais um ou dois governos do PT…uma desgraça irreversível.

Junior
Visitante
Junior

As guerras são territórios de estratégia e mentiras. Se tem algo que não impera nas guerras é a verdade. Prefiro ficar com a “teoria da conspiração” do que ser surpreendido. O governo francês atual já deu diversos sinais desse propósito!

Cristiano de Aquino Camposkv
Visitante
Cristiano de Aquino Camposkv

Lembrar que qualquer ação de invasão em qualquer país, depende de apoios e antes de ação militar, sempre vem os embargos econômicos que tambem dependem de apoios. O principal deles e dos EUA, ainda mais contra um país do continente. O tratado da OEA serve para isso.
Não devemos esquecer que com tudo isso, a Venezuela continua com o Maduro, imagina o Brasil.

Charles Dobignies
Visitante
Charles Dobignies

O Brasil precisa de um justificativa plausível para aumentar os investimentos militares, that’s all!! O exército brasileiro é o mais bem treinado no mundo nesse tipo te terreno, a França nunca iria se aventurar dessa meneira.

JoaoBosco
Visitante
JoaoBosco

Pois bem…… o governo brasileiro acha que os franceses serão nosso problema geopolitico nos próximo 30 anos?
Não acredito nessa opinião além da imaginação de nossos o Ministerio da Defesa, mas seguro morreu de velho……
A pergunta que faço e:quem perde mais numa pendenga entre brasileiros e franceses num conflito hipotetico? A França por um acaso quer um conflito com o Brasil? Será que ela tera apoio direto da OTAN?
Quanto ao Tio Sam ficar do lado brasileiro, esqueçam, eles preferem seus amigos europeus do que uma República das bananas governada por um insano inconsequente.

Teropode
Visitante

Bobagem tremenda , uma nação com a dimensão do brasil só é destruida de dentro pra fora , assimetria aplicada por movimentos anarquico por exemplo e sabemos quais sao estes movimentos .

IBIZ
Visitante
IBIZ

Se a Amazônia fosse internacionalizada mesmo, o maior beneficiário seria os EUA que o nosso governo e nossa elite tanto bajulam e se submetem. Então os militares brasileiros estão no minimo surtando!

Bolsonaro contra RAPA
Visitante
Bolsonaro contra RAPA

A quantidade de especialistas militares de facebook no grupo ‘e incrivel, FRANCA paizeco??? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Nelson
Visitante
Nelson

Nosso problema é com o Macrom. Brasil e França serão sempre amigos, nos admiramos Como povos e fazemos parte do ocidente Cristão.

R_cordeiro
Visitante
R_cordeiro

A França tá certa, muito desvaneio brasileiro. A “guerra da lagosta” nunca existiu e o “tartu” nunca invadiu nossas águas jurisdicionais e muito menos mandaram um subnuc pra nos intimidar. Na vdd se houve isso foi somente para reforçar nossos laços de amizade. A França é uma piada! Já dizia um oficial australiano numa briga de bar com um francês “São muito valentes mas não duram 46 dias”

Nicolas_RS
Visitante
Nicolas_RS

É uma mistura de sentimentos, de chorar e rir de alguns comentários. Como muitos dizem, não existem países amigos e sim interesses em comum… E historicamente a França está longe de ser um país com interesse em comum com o do Brasil.

Tem uma galerinha que é muito inocente, para não dizer tola, alguns dizendo que o Brasil e França fazem isso e aquilo juntos. É como dizer que os EUA e Rússia/China dentre outros são “melhores amigos” por terem parcerias… O que falar da Estacão que começou com a Dupla EUA e Rússia?

Everaldo Lameira
Visitante
Everaldo Lameira

O Brasil, têm que está preparado para qualquer ameça externa de outras nações.

Renato
Visitante
Renato

‘Imaginação sem limites’ ? Sei. Do Brasil colonia té os anos 60 a França ja entrou em conflito com Brasil pelo menos umas 20 vezes.

Renato B.
Visitante
Renato B.

Curiosidade: o povo se batendo sobre o tal estudo chegou a ler o original?

Luis
Visitante
Luis

se não gostam de serem encarados como possível ameaça futura, então que no presente não se comportem como tal. imaginação deles q podem falar atrocidades contra o governo brasileiro e fingirem surpresa qdo os enquadramos de forma justa.

HAMES
Visitante
HAMES

Colocam como “imaginação sem limites”, mas quando falam de “internacionalizar a Amazônia”, não existe delírio algum??? Tem que ver como ameaça sim, não agora mas num futuro não muito distante!!

HAMES
Visitante
HAMES

Amazônia..