Home Aviação do Exército (AvEx) Paraquedistas do EB treinam salto com óculos de visão norturna

Paraquedistas do EB treinam salto com óculos de visão norturna

3519
21

Taubaté (SP) – Entre os dias 8 e 12 de junho, a Companhia de Precursores Pára-quedista, por intermédio do 1º Destacamento de Precursores e do 4º Destacamento de Inteligência, Reconhecimento, Vigilância e Aquisição de Alvos (IRVA), apoiada por especialistas do Batalhão de Dobragem, Manutenção de Pára-quedas e Suprimento pelo Ar (DOMPSA), realizou um adestramento de salto livre operacional (SLOp) com o 2º Batalhão de Aviação do Exército (2º BAvEx), por meio de suas 1ª e 2ª Esquadrilhas de Helicópteros de Emprego Geral, nos municípios de Taubaté e Tremembé, ambos em São Paulo.

A atividade teve por objetivo desenvolver a capacidade operativa de infiltração por SLOp das tripulações e equipes de precursores. Para tanto, foram realizados módulos de adestramento diurno e noturno, com e sem apoio de solo, e com o emprego de óculos de visão noturna (OVN) de última geração e meios infravermelhos diversos por parte de todos os envolvidos no salto: pilotos, mecânicos de voo, saltadores e mestres de salto livre.

Ao todo, foram realizados 22 lançamentos diurnos e nove noturnos das aeronaves Pantera K2 (HM-1) e Cougar (HM-3). A importância desse adestramento, em particular para a Força Terrestre, reside em um duplo ineditismo: execução de lançamentos SLOp de pessoal com esses modelos de aeronave em voo noturno, com OVN, e emprego dos meios da Cia Prec Pqdt e do 2º BAvEx.

Esse tipo de atividade especializada traz consigo um considerável incremento operacional nas capacidades operativas da Brigada de Infantaria Pára-quedista e do Comando de Aviação do Exército, Forças de Emprego Estratégico do Exército Brasileiro.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Salim
Salim
25 dias atrás

Parabéns a tropa, aumenta em muito letalidade e eficacia operação noturna com NVG. Precisa qualificar maior numero tropa possível com utilização destes equipamentos e doutrina forte com treinamentos constantes e evolução técnica pois poucas tropas tem esta capacidade mundo.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
25 dias atrás

Uns Chinook’s cairiam bem para o EB para esse tipo de operação, acho que seria até melhor que os Sherpas pois também poderiam ser usados no transporte.
 

Last edited 25 dias atrás by Fabio Araujo
Doug385
Doug385
Reply to  Fabio Araujo
25 dias atrás

Sim, seriam melhor e de operação bem mais cara.

Fabricio
Fabricio
Reply to  Fabio Araujo
25 dias atrás

Seria bom, mas vão usar esses veículos até não poderem mais kkkkk que sabe daqui a 15 anos.

Welington S.
Welington S.
Reply to  Fabio Araujo
25 dias atrás

O Exército Brasileiro não estava interessado em comprar esse helicóptero via FMS? Me lembro de ter lido algo nesse sentido em algum lugar e olha que já faz alguns anos…

Eduardo
Eduardo
Reply to  Welington S.
23 dias atrás

Wellington, se não me engano a primeira matéria com maiores detalhes sobre essa possível aquisição foi https://www.forte.jor.br/2015/01/14/exercito-brasileiro-ja-prepara-recebimento-dos-helicopteros-ch-47f-chinook-americanos/

LAURITO
Reply to  Fabio Araujo
25 dias atrás

Tá viajando na maionese sinceramente fala sério

Salim
Salim
Reply to  Fabio Araujo
24 dias atrás

CHINOOK e sonho consumo, daria um poder de resposta tremendo ao EB. Ai teria que ter helicóptero ataque e super tucano para CAS. Melhor parar se náo FAB me enquadra rsss

Lu Feliphe
Reply to  Fabio Araujo
24 dias atrás

Sim, um helicóptero dessa categoria iria melhorar a capacidade de transporte do nosso Exército.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
25 dias atrás

Welcome to the 21st Century!!!

Peter nine-nine
Peter nine-nine
25 dias atrás

Noto que está a haver uma maior atenção quanto ao soldado individual no Brasil, pelo menos em certas unidades.
“Novos” capacetes, o uso de sistemas de visão nocturna, comunicações e, em matéria anterior, coletes balísticos.
O próprio fardamento aparenta apresentar traços de maior qualidade.
 

Overandout
Overandout
25 dias atrás

Ótimo! Exército está entrando nos anos 90

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Overandout
25 dias atrás

Como sempre tem uns Id…. para rebaixarem o EB.

Salim
Salim
Reply to  Overandout
24 dias atrás

Poucas tropas mundo tem esta capacidade, pesquisa um pouco. Implementar na tropa paraquedista e bem diferente de operações especiais. Da um poder tremendo, pensa nisto antes escrever.

LAURITO
25 dias atrás

Sinceramente vir alguns comentários abaixo e percebi que tem muitos assim posso dizer comandantes e generais assim falando sobre o exercício aqui praticado ninguém sabe como é a dificuldade de fazer o tal, primeiro que não somos como o exército dos estados unidos que possuem um alto investimento na suas manobras vamos respeitar pessoal isso foi somente a ponta do iceberg quem nunca esteve em combate não sabe como é a verdadeira missão selva. . . Brasil ADSUMUS.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
24 dias atrás

Boa noticia! Parabéns a todos envolvidos

Theo Gatos
Theo Gatos
24 dias atrás

Infelizmente um soldado faleceu após falha no equipamento, não foi neste exercício específico, mas que ele descanse em paz.

https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2020/06/20/soldado-morre-rio-salto-paraquedas-falha-exercicio-aeronave-militar.htm

Salim
Salim
Reply to  Theo Gatos
23 dias atrás

Triste episodio, vi pela TV imagens, condolências a familia.

Mauro Cambuquira
Reply to  Theo Gatos
22 dias atrás

Eu vi os vídeos, de dentro e fora da aeronave. Falei com um Tenente, meu amigo e ele disse que isso pode acontecer, inclusive em salto com helicóptero. A família do soldado, minhas condolências.

Wellington Góes
Wellington Góes
21 dias atrás

Por causa do uso de helicópteros, esse curso saiu mais custoso do que se fosse feito com aviões, como os Sherpas que virão…. Mas um exemplo da necessidade do EB ter sua própria aviação de transporte tático leve/ligeiro.