Home Noticiário Internacional China nega aos EUA o direito de restabelecer sanções da ONU contra...

China nega aos EUA o direito de restabelecer sanções da ONU contra o Irã

3834
112

A China considera que os Estados Unidos, que deixaram o acordo nuclear com o Irã em 2018, não têm mais o direito de reimpor as sanções internacionais das Nações Unidas sobre Teerã, declarou nesta terça-feira o embaixador chinês nas Nações Unidas.

“A China se opõe à pressão dos Estados Unidos para estender o embargo de armas”, afirmou Zhang Jun durante uma videoconferência do Conselho de Segurança da ONU.

“Depois de deixar o JCPOA (Joint Comprehensive Plan of Action), os Estados Unidos não são mais membros (deste acordo nuclear) e não têm mais o direito” de fazer retornar as sanções internacionais, insistiu Jun.

FONTE: AFP

Subscribe
Notify of
guest
112 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gabriel BR
Gabriel BR
1 mês atrás

É isso ai…

MMerlin
MMerlin
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Isso não quer dizer nada. As sansões podem ser imposta de modo unilateral ou com adesão de múltiplos países. O texto deixa bem claro que apenas se opõem a decisão americana.
O regime do PCC combatem tudo o que eles não considerem “correto” enfrentando, inclusive, o próprio povo.
Entendam que a China é um país de partido único (multipartidarismo existe apenas no papel), e isto traz inúmeras vantagens a nível de projetos nacionais mas traz uma grave desvantagem, que é o direito de escolha.

Last edited 1 mês atrás by MMerlin
Paulo Lahr
Paulo Lahr
Reply to  MMerlin
1 mês atrás

PCC nao combate nada, o objetivo eh satisfazer o gozo dos lideres e nada mais. Achismo dizer que eles combatem alguma coisa.

Sim, a sansao eh unilateral como citou, mas o pensamento da China esta correto. Abandonaram o acordo e querem fazer sancoes. Nao estou dizendo que A esta certo e que B esta errado, mas faz sentido o que o zoiio puxado alegaram.

O que tem a ver o fato da China ser unipartidaria com esta questao?

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Paulo Lahr
1 mês atrás

Essa foi a minha linha de pensamento também , mas os fã boys não conseguem ler pontuação de reticências.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Paulo Lahr
1 mês atrás

Ora, e para satisfazer o gozo as vezes não é necessário combater? O combate não precisa ser físico, vide a situação de Hong Kong, que a cada dia perde mais a liberdade comercial, empresarial e industrial. Um país pode fazer uma sanção a outro, isso é jogo comercial amigo. Os EUA, querendo ou não, ainda são a maior fonte consumidora. Se ele aplicam sanção unilateral sobre um país, eles tem todo o direito de aplicar restrições de acesso ao mercado americano para indústrias que negociarem com os países sancionados, de forma unilateral, por eles. E o que isso tem a… Read more »

Last edited 1 mês atrás by MMerlin
Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  MMerlin
1 mês atrás

Sim, más ai todos aqueles países que não dependem dos EUA ao ponto de serem obrigados a segui-lo podem não adotar as sanções. Lembrar que a China e a segunda super-potência do mundo então e perfeitamente capaz de subatituir tudo ou quase tudo que o Iran perdeu com as sanções.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
1 mês atrás

Claro Cristiano. Faz parte do jogo. A China sem dúvida, hoje, é o segundo maior player mundial. Mas um país que é ainda o maior consumidor tem mais poder comercial que o maior fornecedor. Estamos falando de negociação e não estou entrando na questão militar, mesmo que seja o foco do site.

Rafael G de Oliveira
Rafael G de Oliveira
Reply to  MMerlin
1 mês atrás

MMerlin, isso vc tem toda razão…o governo chines impõe e cobra muito desses projetos “estatais” e colhe bons resultados disso…chines sabe que se vender a galinha, logo precisará pagar pelos ovos

o problema que os chineses…estão fazendo do mercado a granja deles…alguém precisa frear isso

Tomcat4,2
1 mês atrás

Esse flerte da China vs EUA uma hora vai dar cabuuuum e não deve demorar.

Francisco
Francisco
Reply to  Tomcat4,2
1 mês atrás

A China está esticando a corda.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Francisco
1 mês atrás

A China apenas vai asegurar condições legais de susbtituir todos os fornecedores e clientes do Iran, neutralizando as sanções que persistirem e com isso garantir muito petroleo e urânio para a sua econômia e defesa

Alexandre
Alexandre
Reply to  Francisco
1 mês atrás

Não há corda a ser esticada. O que existe é o caminho sem volta para o fim do unilateralismo. O mundo não deve nem pode ser refém de um maniqueísmo anacrônico que justifique os desmandos daqueles que se colocam acima de tudo e de todos .

Matheus Mascarenhas
Matheus Mascarenhas
Reply to  Tomcat4,2
1 mês atrás

Na verdade é muito pouco provável que ocorra. Veja bem, estamos falando de duas das maiores potencias militares do mundo (se não forem as duas mais) que lutam entre si por zonas de influencia, por desenvolvimento militar, desenvolvimento econômico, por espaço no comercio mundial e por aí vai. Durante todo o século XX isso foi visto de camarote pelo mundo inteiro só que com outra potencia, a União Soviética. É praticamente impossivel hoje você pensar em uma guerra entre duas grandes potencias ainda mais se são duas potencias nucleares

Sagaz
Sagaz
Reply to  Matheus Mascarenhas
1 mês atrás

China e o peão, EUA o patrão. Só o patrão amarrar a lata…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Sagaz
1 mês atrás

China e o peão, EUA o patrão.
China e o peão, EUA o patrão.
China e o peão, EUA o patrão.
Faça disso o seu mantra, até vc mesmo acreditar nisso.

Observador
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

De fato Xings, esta é a verdade: “O modelo econômico da China baseia-se em crédito subsidiado ao setor exportador, majoritariamente industrial, e se suas exportações para os EUA diminuírem não há outro mercado que possa substituir os EUA e contrabalançar uma queda das exportações. E a necessidade da China em manter as exportações para os EUA é muito maior do que a necessidade dos EUA em manter a China como principal compradora dos títulos da dívida pública dos EUA. Para começar, a China não é o principal detentor dos títulos públicos americanos Os principais detentores são os próprios investidores e… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Observador
1 mês atrás

Pelas últimas resoluções tomadas pelo Governo chinês, começou-se a implantar novas diretrizes econômicas, tirando a ênfase nas exportações e aumentando o mercado interno.
Hoje a divulgação do índice de atividade econômica da China mostrou a maior alta dos últimos seis meses impulsionado por mercado..
Devo destacar que o modelo de exportação foi e continua sendo um sucesso, fazendo com que o País tenha um colchão de reservas de mais de US$ 3 trilhões.
Destaco ainda, que a Europa em geral, e a Alemanha em particular, estão afinando seus instrumentos para poderem aumentar a integração com a China

WVJ
WVJ
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Verdade.
A China jogou muito bem qdo elaborou/executou essa sua revolução tecnológica. Vão continuar bem, apesar do trabalho ocidental contra; deve conseguir se adaptar a outros modelos qdo necessário.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Repetindo pelo menos um milhão de vezes em jejum..

Paulo Lahr
Paulo Lahr
Reply to  Tomcat4,2
1 mês atrás

Vc acha? Nao eh interessante pra ninguem, inclusive para as partes envolvidas. Eh como EUA e URSS, nao eram tao inimigos como os livros de historia nos contam.

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Paulo Lahr
1 mês atrás

logico q eram e se enfrentaram diversas vezes indiretamente…como no vietnã por exemplo ou afeganistão.

Tomcat4,2
Reply to  horatio nelson
1 mês atrás

Exatamente o que iria comentar e tbm sobre EUA e China Horatio, podem não se enfrentar diretamente mas fazerem guerras/conflitos de procuração usando outros países e povos como suas peças no tabuleiro e nisso testando ,tbm, seus armamentos como os russos na Síria.

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Tomcat4,2
1 mês atrás

sim tom e a tendência é acontecer cada vez mais.

Victor Filipe
Victor Filipe
1 mês atrás

Eu acho que ninguém aqui esta surpreso. acima de tudo o irã é um grande mercado em potencial para a china.

Mas eu sinceramente acho que aquele acordo nuclear era do tipo “você finge que cumpre e eu finjo que fiscalizo”

Matheus
Matheus
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Os Europeus simplesmente não querem ser puxados pra outra guerra idiota, olha o que a crise na Síria/Libia fez com ela.

JuggerBR
JuggerBR
1 mês atrás

Se os americanos falarem que vão retaliar empresas que fizerem negócios com o Irã já atrapalha bastante os iranianos. Já a China vai trocar armas por petróleo iraniano.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

E ontem, foi publicada reportagem sobre a união das empresas chinesas para compra conjunta de petróleo.
Algo como cerca de 20% de toda a produção da OPEP.
Em se confirmando tal situação, será a maior compradora de petróleo do Mundo.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Ué….dia desses vc falou que petróleo não era mais tão importante….agora é importante só porque os chinas vão comprar mais? Te decide….

Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
Reply to  Flanker
1 mês atrás

Esse aí defende a China em qualquer circunstância…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Flanker
1 mês atrás

Talvez vc tenha utilizado sua habitual capacidade de não entender as coisas.
O petróleo está em FASE DE SUBSTITUIÇÃO e levará um tempo para o processo se completar.
Enquanto isso, a China vai dominando mais esse mercado e alijando empresas americanas.
Em tempo. Ante-ontem a Chesapeak Energy, a pioneira e uma das maiores empresas de xisto dos EUA pediu falência.
I’m sorry!

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Minha capacidade de não entender as coisas ou de não entender o mundo china/ russo/iraniano que vc tanto sonha? Acorda, cidadão…..enquanto pessoas como vc estiverem por aqui, muitos estarão combatendo essa mania doentia de vcs em ter sempre um mestre e senhor a quem se sujeitar! Vc vive criticando só EUA como dominadores, opressores é exploradores….mas, defende com unhas e dentes uma dominação econômica e política da china sobre o resto do mundo. O que te diferencia dos fanaticos pelos EUA? Somente o senhor a quem prestam reverências….

Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
Reply to  Flanker
1 mês atrás

Esse tipo de comentário é o q valida vir aq ler as postagens. Se bem q convenhamos, a loucura ideologica, alinhamento doentio, subserviência patetica e etc… é muito mais comum pró-EUA uma entidade divina praticamente.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Fabricio Lustosa
1 mês atrás

Mesmo, concordo 100%

Edson Parro
Edson Parro
Reply to  Flanker
1 mês atrás

Flanker,
se o China compra petróleo do Irão, paga com o quê? Yuan? E quem vai aceitar yuan do Irão? A China e quem mais? Uma hora o Irão vai ter tanto yuan que vai precisar ter “armazéns gerais”.

Flanker
Flanker
Reply to  Edson Parro
1 mês atrás

hehehehe….exatamente, Edson!

ALISON L C SILVA
ALISON L C SILVA
Reply to  Edson Parro
24 dias atrás

Troca esse crédito por um dos diversossss produtos industrializados que a China produz… Precisa abrir mais a mente…

rui mendes
rui mendes
Reply to  Flanker
1 mês atrás

Igual para ti.

Flanker
Flanker
Reply to  rui mendes
1 mês atrás

Continua enchendo o saco por aqui, portuga……huehuehue

ALISON L C SILVA
ALISON L C SILVA
Reply to  Flanker
24 dias atrás

So falou o que qualquer ser pensante nota lendo vc…

Observador
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Enquanto a Europa caminha passos largos para se livrar do petróleo investindo pesado em geração de energia sustentável e os EUA já são auto suficientes e exportadores, isto demonstra apenas a grave dependência da China por petróleo estrangeiro, além de sua dependência dos EUA como principal destino de suas exportações.
E no jogo político e econômico internacional, depender demais dos outros é garantia de fracasso, principalmente para quem almeja dominar os outros.

Last edited 1 mês atrás by Observador
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Observador
1 mês atrás

Essas suas observações fariam sentido há um ou dois anos.
Hoje, China e Europa estão liderando o mercado de automóveis elétricos e geração de energia alternativa.
A indústria do petróleo americana simplesmente ruiu e a China está alterando sua politica econômica dando ênfase ao mercado interno.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Humm…..e aquela poluição atmosférica gigantesca sobre as cidades chinesas é miragem? E vc acha que a maior poluição é causada por veículos? Hahaha

Allan Lemos
Allan Lemos
1 mês atrás

Já passou da hora do Conselho de Segurança sofrer uma reformulação,incluindo mais países e eliminando a possibilidade de uma única nação poder vetar uma resolução,no máximo o direito a veto deveria pertencer a cada continente.A ONU gosta tanto de fingir que defende a democracia mas não faz nada para estabelece-la entre os países.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Se vc eliminar o direito de veto, estará estimulando a formação de ‘panelinhas’.
Sem chances.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Se fosse os EUA, ou outro Ocidental, o único a colocar esse veto, vc falaria o mesmo? Duvido muito….

Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

China e Rússia já formaram essa panelinha. Vamos ver se alguém mais entra nela. O Irã, talvez. E a Coréia do Norte, provavelmente. Panelinha do mal.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Antonio Renato Cançado
1 mês atrás

China e Rússia são minoria no Conselho e poder de veto todos os cinco tem. A chance do Irã ou CN entrar é a mesma que eu tenho de ficar milionário ganhando na mega-sena. Não viaja, cara.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Antonio Renato Cançado
1 mês atrás

[Antonio Renato Cançado].
“China e Rússia já formaram essa panelinha. Vamos ver se alguém mais entra nela. O Irã, talvez. E a Coréia do Norte, provavelmente. Panelinha do mal”.

“Panelinha do Mal”… E os estados unidos da América são oquê?

Mocinhos?! Conta outra piada !

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Já existe panelinhas,EUA e seus capachos de um lado,China e Rússia do outro.O Conselho deveria ser ampliado e as resoluções decididas de forma democrática,50 países a favor,49 contra,resolução aprovada,ou como eu disse,o direito a voto seria a cada um dos 5 continentes.

horatio nelson
horatio nelson
1 mês atrás

o ideal agora seria lançar 500 bombas de hidrogenio sobre a china e acabar com tudo q existe lá…acabaram com as vidas de milhões de pessoas sem contar a economia destruida;agora estão inventando um novo virus pra lançar sobre o mundo…essa gente tem q ser parada!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  horatio nelson
1 mês atrás

Para esse seu ódio e rancor, só tem uma solução: Muita oração.
E pode ir reclamar com o Papa.
Talvez ajude.

Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Esse tipo de gente, muito comumente, costumam ser os “mais religiosos”.

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Fabricio Lustosa
1 mês atrás

o comunismo ao qual vc defende pode se considerar uma religião tbm ja q o deus é o partido.

Fabrício Lustosa
Fabrício Lustosa
Reply to  horatio nelson
1 mês atrás

De onde vc tirou q eu defendo comunismo? A esquizofrenia óbvia (dissociação da ação e do pensamento e delírios persecutórios) q vc demonstrou em seu comentário me permite avaliar vc a partir do seu comentário. Dizer q, hj mais do q nunca, os mais religiosos, os fundamentalistas, são os mais doentes e que destilam loucuras como a dita por vc, é uma constatação. O q isso tem a ver com comunismo só encontra paralelo nos seus delírios persecutórios associados com dissociação do pensamento. Em um português claro: um doente mental q necessita de tratamento e, muito provavelmente, não pode sequer… Read more »

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Fabrício Lustosa
1 mês atrás

só existem 2 lados ou vc é contra ou é a favor não existe meio termo. então vc defende o comunismo se encaixa na new left

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

vc q tem q orar toinho pelos 500 milhões de mortos inocentes pelo regime comunista chines ao qual vc tanto defende! se somarmos o comunismo ao todo q vc defende passa de 1 bilhão de mortos.

Last edited 1 mês atrás by horatio nelson
Mgtow
Mgtow
Reply to  horatio nelson
1 mês atrás

Deixa de ser debiloide cara. O que anos e anos de olavismo não fez com cerebros como o seu hein? A China é imparavel Se lançar artefatos nucleares contra o povo chines, o pais agressor terá o revide a altura. O mundo mudou. Agora senta e chora seu evanjegue imbe@#

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Mgtow
1 mês atrás

um ataque em massa de saturação com bombas de hidrogenio todas com seus 20 ou 30 megatons tornaria impossivel uma reação.

Tulio Rossetto
Tulio Rossetto
Reply to  horatio nelson
1 mês atrás

Acho que você devia sair, tomar um sol, respirar um ar fresco, o isolamento não está te fazendo muito bem

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Tulio Rossetto
1 mês atrás

esqueceu q estamos em lockdown é proibido sair a rua…quem sai é preso como a velhina na praça algemada por 10 policiais…lute por sua liberdade enquanto ha tempo…

Rebert
Rebert
Reply to  horatio nelson
1 mês atrás

Horatio, eu recomendo pra vc um psiquiatra e depois umas sessões no psicólogo.

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Rebert
1 mês atrás

q triste q vc veja o q a china está fazendo com o mundo e não faz nada é por gente como vc q o comunismo conseguiu matar 1 bilhão de pessoas no mundo gente como vc da new left q deixa os crimes passarem impunemente e passam a mão na cabeça dos bandidos…recomendo a vc levar os chineses pra sua casa e ver o q vira…não vai sobrar nem os cachorros.

Rafael G de Oliveira
Rafael G de Oliveira
Reply to  horatio nelson
1 mês atrás

cada uma que eu leio…só rindo mesmo

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
1 mês atrás

China e Russia devem estar loucos pra que esse embargo seja logo suspenso…imagine a quantidade de armas que os iranianos não vão comprar desses 2?

Capela
Capela
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Para a Russia não interessa um Irã forte, pode ter certeza.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Capela
1 mês atrás

Acho que para Israel é que não interessa.
Bibi vai arrancar os poucos cabelos que ainda possui.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Capela
1 mês atrás

Lembrem-se, a Rússia possuí regiões majoritariamente islâmicas, como é o caso do Cáucaso e da Chechênia. Se “pisar no pé ” do Iran, a coisa pode ficar complicada nesses lugares.

Observador
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

O Irã está quebrado. Estão pensando em comprar poucas unidades do J-10, caça chinês descartável e inferior a qualquer coisa produzida no ocidente.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

Os EUA saíram por conta própria do acordo nuclear com o Irã, mas a Europa, China e Rússia e o próprio Irã permaneceram e por conta disso não cabe mais o embargo já que o Irã vem cumprindo o acordo.

Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

” Mas eu sinceramente acho que aquele acordo nuclear era do tipo “você finge que cumpre e eu finjo que fiscalizo” ” Victor Felipe

Last edited 1 mês atrás by Alexandre Cardoso
Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Alexandre Cardoso
1 mês atrás

Mas a razão do embargo era evitar do Irã desenvolver armar nucleares, nada impede do Irã ter tecnologia nuclear para uso civil, apesar do Irã não ser tão confiável, os europeus estão convencidos de que o Irã não esta desenvolvendo armas nucleares e esta cumprindo o acordo, se os europeus estão se fingindo de cegos para não ver as alegadas violações que levaram aos EUA sair do acordo ou se os EUA estão errados e o Irã esta cumprindo tudo não temos como saber. Mas o líder supremo do Irã já falou várias vezes que é contra armas nucleares e… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Fabio Araujo
Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Só lembrando após a primeira guerra do Golfo o Iraque foi obrigado a se desfazer de suas armas químicas e biológicas, mas os EUA para justificar a segunda guerra contra o Iraque alegou que eles ainda continuavam a fazer e armazenar armas químicas e biológica e depois da invasão não foi encontrada nenhuma fábrica e nenhum depósitos dessas armas. Naquela época apesar dos indícios apresentados serem fracos os europeus apoiaram os EUA, agora eles não querem repetir o erro, se os EUA apresentarem indícios fortes ou os fiscais do acordo descobrirem que o Irã esta descumprindo o acordo os europeus… Read more »

JORENE
JORENE
1 mês atrás

ERRATA: onde estiver escrito IRÃ leia-se MAGOG.

Zeca
Zeca
1 mês atrás

Não é confortável dizer isso, mas dessa vez a China tem razão.

Antoniokings
Antoniokings
1 mês atrás

O Mundo cansou das políticas erráticas dos EUA.
Além do mais, o Irã estava seguindo o acordo nuclear.
Quem se retirou foram os EUA.
Então o problema é só deles.

Anthony
Anthony
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Estavam cumprindo? Certeza?

Como voce sabe? Poderia, por favor, nos apresentar provas? Concretas?

Ou eh so mais um “achismo” seu?🤔

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Anthony
1 mês atrás

Todos os outros países apoiaram a continuação do acordo.
Só os EUA saíram.
Portanto, certamente ele estava dentro dos conformes.

Observador
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Estavam tão dentro dos conformes que receberam uma bomba na sua base de pesquisas atômicas.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Anthony
1 mês atrás

A AIEA e o pentágono confirmaram o cumprimento do acordo pelo Irã, inclusive o Mattis pediu exoneração por causa disso. Trump desfez o acordo para cumprir os caprichos dos sauditas e de Israel.

Matheus
Matheus
1 mês atrás

Vejo os comentários azedos aqui e me lembro de uma frase que vi aqui mesmo na trilogia.

“Ofender Israel na trilogia é ofensa pessoal”.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Matheus
1 mês atrás

E bota ofensa nisso! “Tudo que você dizer poderá e será usado contra ti no tribunal judaico.”

pgusmao
pgusmao
1 mês atrás

China sempre pensando em seus aliados presentes e futuros, vide a base chinesa na patagônia argentina, fantasiada de base de pesquisa.

Rafael G de Oliveira
Rafael G de Oliveira
Reply to  pgusmao
1 mês atrás

isso é só acordo comercial, não tem nada de “aliado”, a China enxerga o mundo diferente de nós….todo mundo é “cliente” pra eles…se precisar a china venderia até para o governo americano se ele pedisse….eles não estão nem aí.

Tome por base o quão lucrativo é para Russia e China as tensões entre Índia e Paquistão, o Irã é só mais um.

Pedro
Pedro
1 mês atrás

A melhor coisa que pode ter aos EUA é o Ira comprar armamentos chineses e parar de desenvolver os seus proprios. Pois os seus pode ter uma chance (pequena) de funcionar; os Chineses é certeza que nao (basta ver os EPIs made in china!).

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Pedro
1 mês atrás

Bom. Utilizando EPIs nacionais (deles) os chineses conseguiram debelar a pandemia a saíram bem na frente na retomada econômica.
Hoje, o índice econômico da China apresentou o maior valor em seis meses.
Já os EUA afundaram de vez na crise econômica e estão encarando uma epidemia que está totalmente fora de controle.

Tulio Rossetto
Tulio Rossetto
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Utilizando EPIs nacionais (deles) os chineses conseguiram debelar a pandemia a saíram bem na frente na retomada econômica.”

Claro, claro, todos acreditam plenamente nisso…

Falken666
Falken666
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Faltou combinar com os camaradas, rs.

Estadão 27/06: “Na China, foram registrados 21 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, sendo 17 na capital Pequim, com as autoridades de saúde locais reafirmando que o surto da doença na capital, originado em um mercado a céu aberto há algumas semanas e que causou o fechamento de escolas…”

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Falken666
1 mês atrás

E hoje os jornais noticiaram que os EUA bateram o recorde com 52 mil novos casos, o Brasil teve novamente mais de 1.000 mortes e a China suspendeu o lockdown nos bairros de Pequim que apresentaram novos casos.
Acredito que o trabalho dos chineses esteja dando excelentes resultados

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Tu usou um EPI feito na china? Vc não tem nem ideia do que está falando…..aqueles de Boa qualidade custam o mesmo que os feitos em outros países…..os mais baratos, que foram comprados, são uma porcaria….mas, pra ti, sendo china, é bom……haja paciência…..

Rafael G de Oliveira
Rafael G de Oliveira
Reply to  Flanker
1 mês atrás

Sobre seu EPI, a China vem melhorando seus processos a uma parcela bem pequena….a mentalidade do empresario chines está começando a “agregar valores” aos produtos e marcas e não só “lucros” como eram antes, mas ainda está caminhando lentamente…

Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
1 mês atrás

E segue a China afrontando o mundo, pra defender seus interesses crininosos. Sorte dela aquele bundão estar na Casa Branca…

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Antonio Renato Cançado
1 mês atrás

Bundão não! Sensato, sim. Os E-Mails vazados da Hilary comprovaram que e mesma era “belicistíssima” ao ponto de fazer um “anel nulcear” em volta da China. Imagina a cara do Xijinping quando soube disso?

João Bosco
João Bosco
1 mês atrás

E o dragão abrindo suas asas……

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
1 mês atrás

O Irã tem direito que comprar e vender com quem ele quiser, e isso inclui armas e o escambau, cadê o livre comércio?

Minha solidariedade ao bravo povo persa!

Luiz Trindade
Luiz Trindade
1 mês atrás

Apesar da China esta correta na afirmação do abandono do acordo, faço coro com os blogueiros MMerlin e Paulo Lahr… Os EUA tem plena capacidade de aumentar o embargo contra o Irã independente do Conselho de Segurança. O resto é mimimi polítiqueiro!

Matheus
Matheus
Reply to  Luiz Trindade
1 mês atrás

Mas ainda terão a Europa, China e Russia pra fazer negócio.
Exceto a Banânia onde o “lider” prefer lamber bota do “laranjão” ao invés de pegar essa oportunidade pra fazer negócios.

luiz ribeiro da silva filho
luiz ribeiro da silva filho
1 mês atrás

jamais deveria ter autorizado

Capela
Capela
1 mês atrás

O problema começa justamente na ONU, já que está perdeu sua credibilidade perante as nações do mundo desde que resolveram fazer daquilo um cabide de emprego e de militância ideológica para derrotados políticos de todo o mundo, está se tornando uma organização irrelevante por conta dos atos baseados em ideologias de seus membros.

sub urbano
sub urbano
1 mês atrás

Pessoal, meu vizinho da frente está reformando o banheiro. Hoje cedo o entulho foi retirado por um carroceiro e sua mula. O homem enchia a carroça com cacos de concreto e pedaços de azulejos azuis. Pessoal, 30 anos atrás a China tinha uma economia do tamanho da nossa, hoje ela é a segunda economia do mundo, rivaliza com os USA, lança satélites, faz navios, computadores, tem marcas importantes, produz de tudo. O mundo hoje se cala para ouvir a China falar. Enquanto isso aqui no Brasil eu vejo a mesma cena que via quando era criança, um carroceiro com sua… Read more »

Last edited 1 mês atrás by sub urbano
ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Acho que agora o Irã poderá ir as compras…

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Eu compraria um AEW&C, uma aeronave EW, uns Su-35, uns J-31, umas fragatas, uns subs e uns T-90 na última versão.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

[Antonio Renato Cançado].
“China e Rússia já formaram essa panelinha. Vamos ver se alguém mais entra nela. O Irã, talvez. E a Coréia do Norte, provavelmente. Panelinha do mal”.

“Panelinha do Mal”… E os estados unidos da América são oquê?

Mocinhos?! Conta outra piada !

Como se os estados unidos fosse referência de bom caratismo…

Em geopolítica não existem mocinhos existe apenas interesses…quando o bom estados unidos entrou pela porta dos fundos na Síria,não foi somente para ajudar os pobres turcos,aproveitaram e roubaram bastante petróleo também.

Por baixo da pose de bom moço existe um batedor de carteira safado.

Last edited 1 mês atrás by ADRIANO MADUREIRA
Rafael G de Oliveira
Rafael G de Oliveira
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Concordo contigo Adriano, se os EUA fossem os “mocinhos” do mundo eles não virariam as costas para as grandes conflitos que ocorrem na Africa…só existem interesses.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Isso resulta no que?

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Vamos analisar a Manchete do Post e o respectivo texto: “China nega aos EUA o direito de restabelecer sanções da ONU contra o Irã” analise: Dá para entender que a “festa acabou”, que a China definiu a questão e o o Mundo pode vender o que quiser para o Irã. Texto: “A China se opõe à pressão dos Estados Unidos para estender o embargo de armas”, afirmou Zhang Jun durante uma videoconferência do Conselho de Segurança da ONU. analise: O que a China quer e o que o conselho define podem ser coisas diferentes. Peço ao blog que se aprofunde… Read more »

O bloqueado.
O bloqueado.
1 mês atrás

A supremacia americana, digamos assim, só durou da queda da URSS até agora. Escassos 31 anos.
.
Asiáticos em geral não sabem o que é democracia, direitos, liberdade individual, esses são valores ocidentais.
Marco Polo séculos atrás escreveu que os chineses são extremamente inescrupulosos e tal informação foi ignorada.
.
Quem acha o bico da águia doloroso, e é, logo experimentará as garras do dragão.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  O bloqueado.
1 mês atrás

Só experimentaremos as garras do dragão se continuarmos agindo como no Bananil, pagando impostos caros para termos forças armadas como cabide de empregos e ferro velho.

Emmanuel
Emmanuel
1 mês atrás

A China é invencível, muitos dizem. Com seus foguetes destruidores de porta aviões, esses meros grandes alvos do mundo oriental, caças mirabolantes que bailam em gravidades só vistas pelos alienígenas, e, navios capazes de destruir frotas, e quiçá, continentes inteiros, as forças armadas chinesas se tornaram as armas mais espetaculares que esse mundo já viu, mesmo com um treinamento ainda deficiente e sem demonstração de problemas dos seus meios mais eficazes. Muito diferente do nosso mundo ocidental carcomido de democracias e caças furtivos que não voam em dias de chuva, mesmo esse sendo querido por 11 entre 10 forças aéreas… Read more »

Control
Reply to  Emmanuel
1 mês atrás

Jovem Emmanuel
Guerra convencional similar a da II GM entre países com armas nucleares é improvável pelo risco de derivar rapidamente em aniquilação mutua pelas armas nucleares.
AS armas convencionais dos países do clube atômico são para guerras e demonstrações de força contra países sem armas nucleares.
Portanto, a China esta montando uma grande força militar convencional para impor sua vontade a países sem o guarda chuva nuclear.
Países (Brasil incluso), aliás, que tem as matérias primas que eles precisam.
Sds

Antonio Palhares
Antonio Palhares
1 mês atrás

Resumindo. Não haverá sanções. O que estava ruim para alguns ficará pior.
O planeta está deixando de ser unipolar. Haja capacidade para conversar e estabelecer credibilidade.

Mgtow
Mgtow
1 mês atrás

Viva China! Viva o Irã!